CEDUC

CEDUC

Centro de Educação

Projeto de alunos do Curso de Letras da UEPB leva cultura erudita e popular para escolas públicas de Campina

31 de maio de 2017
Clique para exibir o slide.

Um projeto desenvolvido por um grupo de estudantes do curso de Letras/Língua Portuguesa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, tem estimulado alunos da rede pública de ensino a descobrir aspectos insubstituíveis da cultura nordestina e estreitado o “abismo” entre o erudito e o popular. Intitulada “Cultura, Literatura e Criatividade: do erudito ao popular (CLIC)”, a iniciativa faz parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Sob a coordenação da professora Magliana Rodrigues e supervisão da mestranda Diana Nunes, o projeto, que já tem cinco anos de execução, tem por objetivo promover a integração entre a educação superior e a educação básica, destacando o importante papel no universo dos estudantes, além de introduzir os licenciandos no cotidiano escolar da rede pública, apresentando aulas com caráter proativo e dinâmicas.

As aulas acontecem nas quartas e quintas-feiras, das 14h às 16h, na escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Raul Córdula. Os alunos pibidianos Ana Daniele Félix, Andreia Aparecida Medeiros, Arthur Velázquez e Nathalia Pinto elaboraram uma sequência didática com a temática “Ôxente! Isso aqui é Nordeste: um passeio entre a Literatura e a Dramaturgia”, para levar os estudantes a conhecer e valorizar a literatura nordestina através de textos dramáticos de forma que despertassem neles o interesse de escrever uma peça teatral.

Até o momento já foram realizados 17 encontros que resultaram na montagem de uma peça teatral a ser apresentada no colégio no próximo dia 1º de junho, às 13h30. Com base nas aulas ministradas pelos estudantes de Letras da UEPB, os alunos da escola escreveram inicialmente um texto dramático e, posteriormente, montaram a peça teatral. “Simplesmente Sertão: ser tão arriado de xodó por você” é o título da encenação que conta, na linguagem do universo nordestino, aspectos da região. A história mostra o drama de uma família nordestina que sofre com a seca, enfrenta e vence problemas típicos de uma região castigada pelas intempéries climáticas, mas rica culturalmente, com valores insubstituíveis.

A peça está mobilizando todos os alunos desde a produção do texto, divisão dos personagens, pessoal responsável pelo cenário e produção, passando por figurinos, maquiagem e desenhos para divulgação. Segundo Nathália Pinto, as atividades do projeto têm surtido efeitos positivos, pois além de estimular o gosto pela leitura, poesia popular e pela produção textual, tem contribuído para elevar o desempenho escolar dos alunos.

“O que percebemos com isso foi a melhora significativa nas notas dos alunos que participam do projeto, desenvolvimento da oralidade e melhora considerável na escrita, o que é de grande valia para o desenvolvimento da educação da nossa cidade”, frisa a estudante Nathália Pinto.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação