CCTS

CCTS

Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde

Pesquisa

Projetos de Pesquisa

Análise de Fourier e Equações Diferenciais Parciais


Coordenação: Curso de Engenharia Civil  – Prof. Valdecir Alves dos Santos Júnior

Aluno (a) envolvida: José Elianderson Gomes de Almeida, matrícula 11670675 e Jandeilson da silva Oliveira, matrícula 11167052

Descrição: É vasta a aplicabilidade do estudo dos modelos matemáticos nas Engenharias. Tais modelos são expressos principalmente por Equações Diferenciais, sejam elas ordinárias ou parciais. As mesmas, em alguns casos, são difíceis de obter soluções. Para isso, faremos estudos sobre Equações Diferenciais Parciais e veremos que será necessário um estudo aprofundado sobre Análise de Fourier para entender e expressar matematicamente alguns desses modelos e fenômenos.  Teremos como enfoque principal a Equação do Calor. Estudando assim sua aplicabilidade em diversos áreas e campos.

Monitoramento Hidrometeorológico da Região do Curimataú Oriental do Estado da Paraíba


Coordenação: Laércio Leal dos Santos

Aluno (a) envolvida: HERIVELTON RUAN OLIVEIRA LUNA, 102670455

Descrição: O monitoramento contínuo do comportamento hidrometeorológico é uma alternativa para o entendimento dos fenômenos hidrológicos e meteorológicos, como também serve para fornecer dados para análises, tais como: identificação das culturas que provocam a menor perda do solo da região e de técnicas de cultivo que favorecem a conservação do solo. Para isso, a utilização de estações hidrometeorológicas automáticas tem contribuído para a formação de uma planilha eletrônica de várias variáveis climatológicas.

Tratamento de água através da radiação solar em comunidades rurais do Curimataú oriental paraibano


Coordenação: Laércio Leal dos Santos

Aluno(a) envolvida: Tulio Raunyr Candido Felipe ; José Valter Alves

Descrição: A água é um recurso fundamental à vida, recurso indispensável à agricultura e nos processos produtivos e metabólicos. A região do curimataú oriental paraibano sofre com a falta d’água em razão dos baixos índices pluviométricos e da seca prolongada. Como saída para essa problemática, os habitantes dessa região utilizam água de poços e cisternas. Localizada nessa região, e numa região serrana, o município de Araruna sofre constantemente com a falta d’água e a sua população também recorre ao uso da água de poços, cuja qualidade da água raramente é avaliada. Sem o tratamento prévio, essa água pode provocar doenças como diarreia, cólera, entre outras ocasionadas por coliformes fecais presentes, principalmente nas crianças. O presente trabalho tem como objetivo apresentar um sistema inovador de tratamento de água utilizando painéis de zinco e através da radiação solar minimizar ou eliminar poluentes presentes na água. A água passará por pequenos condutos presos a placa de zinco, recebendo assim, uma grande quantidade de radiação durante o dia. Espera-se com esse projeto, adequar as águas retiradas dos poços a índices de potabilidade aceitáveis.

Aplicabilidade do tratamento de água através da radiação solar em comunidades do curimataú paraibano


Coordenação: Laércio Leal dos Santos

Aluno (a) envolvida: Yuri Tomaz Neves

Descrição: No Brasil, principalmente na região Nordeste, um grande número de pessoas não tem acesso à água tratada, e a maior parte da água distribuída em áreas rurais não é desinfetada, expondo os usuários a consideráveis riscos de saúde. Insere-se aí uma problemática relacionada as cisternas, os quais representam um grande número como forma de garantir água e sustentabilidade. Muitos desses cisternas são construídos próximos de fossas séptica, o que pode ocasionar a contaminação. O consumo dessa água pode causar várias doenças, como exemplos, a cólera e a diarreia, dentre outros. Nesse sentido, será desenvolvido um sistema inovador que utiliza a radiação solar implementado por painéis feitos de zinco (Zn) com o objetivo de verificar a melhoria da qualidade da água das cisternas da cidade de Araruna e municípios circunvizinhos, numa região de grandes altitudes, semiárida, onde o recurso hídrico é bastante escasso.

O uso racional da água em edificações: Aplicação da tecnologia de Teto Verde.


Coordenação: Laércio Leal dos Santos

Aluno (a) envolvida: Bruno Menezes da Cunha Gomes

Descrição: Desde os primórdios da humanidade o homem tenta se organizar de maneira a estabelecer uma correlação com o meio em que vive. Os agrupamentos populacionais começaram a partir do século II a.C., através das conquistas territoriais realizadas pelo império romano, tornando-se assim, Roma uma cidade rica, com grande circulação de produtos e pessoas de diferentes regiões. A expansão territorial e o contato com outras regiões propiciaram uma expansão nas atividades comerciais e um aumento da população que afetou diretamente no crescimento da cidade e ocasionou diversos problemas urbanos, entre eles, o da gestão e abastecimento de água. Esses problemas são encontrados até hoje e necessitam de soluções para que sejam amenizados. A solicitação da bolsa de iniciação científica decorre do interesse de investigar a funcionalidade de telhados verdes como alternativa para o manejo sustentável de águas pluviais, além verificar a velocidade do seu escoamento.

Potência complexa na voz dos discentes de engenharia civil da UEPB


Coordenação: Cláudio Pereira da Costa

Aluno (a) envolvida:  ELONIR DAYANNA IZIDORO DO NASCIMENTO
Descrição:  Avaliação didática do conceito potência complexa compreendido pelos discentes do curso de engenharia civil da UEPB.

Eficiência energética em prédios públicos: estudo de caso no município de Araruna – PB


Coordenação: Laércio Leal dos Santos e Cláudio Pereira da Costa

Aluno (a) envolvida: Diego Rocha Barreto, Diogo De Lima Amorim, Hugo Lavor Fernandes

Descrição: Projeto de eficiência energética em edificações públicas novas e existentes.

Utilização da ferramenta planejamento experimental para análise das propriedades físico-mecânicas do tijolo ecológico de argila vermelha


Coordenação: Prof. Msc. Daniel Baracuy da Cunha Campos

Aluno (a) envolvida: Thiarly Feitosa Afonso de LavôR

Descrição: Tradicionalmente a tecnologia usada na produção de tijolos cerâmicos, utiliza como matéria-prima, argila plástica vermelha, e na sua queima geralmente utiliza-se como combustível lenha, serragem, cavaco, gás natural, energia elétrica, bagaço de cana de açúcar que gera prejuízos ambientais. Recentemente com a utilização da tecnologia de tijolos solo-cimento, cujo material é resultante da mistura homogênea do solo compactado com cimento e água em proporções adequadas, reduz-se estes prejuízos, produzindo assim um produto ecologicamente correto, visto que estes tijolos não vão ao forno. A metodologia adotada consiste no beneficiamento de uma argila vermelha arenosa, seguido da caracterização física que é constituída pela análise granulométrica, tamanho de partículas por peneiras; das características de plasticidade e dos processos de mistura e prensagem que será utilizado um planejamento experimental 22 + 3 repetições no ponto central, e assim a cura dos tijolos feita em ambiente coberto. O presente projeto tem como objetivo analisar em laboratório as propriedades físico-mecânicas do tijolos solo-cimento, usando uma argila vermelha arenosa, avaliando a influência do traço (proporção do cimento:solo) e do tempo de cura sobre as propriedades mecânicas do tijolo e verificar a viabilidade teórica de aplicação apresentada pelos corpos de prova.

Acessibilidade nos edifícios públicos no município de Araruna-PB: discurso, realidade e estratégias de ação. (Projeto de Extensão)


Coordenação: Maria das Vitórias do Nascimento

Aluno (a) envolvida: Drielly Rodrigues de Lima

Descrição: Este Projeto de Extensão visa alertar a população da cidade de Araruna quanto à necessidade e importância da adequação urbanística, de forma que possa satisfazer os mais diversos estereótipos.

Técnicas de construção e manutenção de cisternas de armazenamento de água no município de Araruna – PB. (Projeto de Extensão)


Coordenação: Maria das Vitórias do Nascimento

Aluno (a) envolvida: Thiago Pires Bezerra

Descrição: Este projeto tem como objetivo orientar a comunidade em geral de Araruna sobre as formas adequadas de construção e manutenção de cisternas para o armazenamento da água.

Formalismo de Primeira Ordem e Fluidos Lagrangianos


Coordenação: José Jamilton Rodrigues dos Santos

Alunos (as) envolvidos (as): Júlio Vinícius Miranda de Queiroz, Kássia dos Santos Sinhorelli.

Descrição: A presença de defeitos topológicos em modelos da física dos fluidos permite uma interface com a teoria de campos e torna a pesquisa sobre a criação de vórtices (em sistemas de um único fluido) e paredes de domínio (em sistemas de dois ou mais fluidos) bastante interessante. Durante esse projeto, focamos a nossa atenção em desenvolver e aplicar técnicas da teoria de campos à física dos fluidos, afim de entender melhor as propriedades relacionadas aos defeitos topológicos, além do interesse matemático envolvendo a busca por soluções analíticas para sistemas de equações diferenciais de segunda ordem, parciais, acopladas e não lineares, tópicas dessa linha de atuação. O mecanismo utilizado será o da redução de ordem de equações diferenciais de segunda ordem, mais conhecido como Formalismo de Primeira Ordem, nesse caso aplicado a sistemas de fluidos que podem ser descritos em uma formulação lagrangeana.

Soluções da Equação de Schrödinger Não-Linear Aplicadas a Sistemas Fluidos.


Aluno (a) envolvido (a): Maria Júlia de Oliveira Holanda

Descrição: A interface no estudo dos fenômenos quânticos não-lineares e a física dos fluidos, permite abranger uma variedade de técnicas advindas da teoria de campos e torna a pesquisa envolta a física de fenômenos não-lineares bastante interessante. Durante esse projeto, focamos a nossa atenção em desenvolver e aplicar essas técnicas a partir da similaridade relacionando as soluções da equação de Schrödinger não-linear às soluções de sistemas fluidos. Outro interesse advém do próprio tratamento matemático envolvendo a busca por soluções analíticas para sistemas de equações diferenciais de segunda ordem, parciais, acopladas e não lineares; tópicas dessa linha de atuação. Entre os mecanismos utilizados, abordaremos principalmente o da redução de ordem de equações diferenciais de segunda ordem, mais conhecido como Formalismo de Primeira Ordem.