CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

UEPB participa de Expotec com exposição de pesquisas e discussões sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU

5 de novembro de 2019

Com a exposição de projetos, oficinas, discussões e palestras de educação ambiental, Fake News, inclusão produtiva de mulheres, mídias e tecnologia, preservação digital e desenvolvimento sustentável a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi uma das instituições apoiadoras da 5ª Edição da EXPOTEC (Exposição Científica, Tecnológica e Cultural), realizada nos dias 30 e 31 de outubro e 1º de novembro no Centro de Convenções de João Pessoa.

Durante o evento foram oferecidas as oficinas “Educação ambiental e coleta seletiva solidária”, sob a coordenação da professora do curso de Ciências Biológicas do Campus V, Maria de Fátima Araújo, que apresentou orientações a partir da experiência do projeto de extensão “Mobilização, inclusão e formação de catadores/as de materiais recicláveis da cidade de João Pessoa: uma experiência necessária”, voltado a catadores de João Pessoa e cidades vizinhas e que desde 2013, gera renda e melhores condições para esse público e proporciona ações de educação ambiental junto ao público acadêmico e externo à instituição; e “Mídias digitais e Fake News”, com a mediação dos professores do Campus V, Filipe Reis e Sílvia Garcia Nogueira, que foi promovido com o objetivo de formar cidadãos para o uso crítico e criativo dos meios de comunicação.

Também foram ministradas as palestras “Fortalecendo a inclusão produtiva de mulheres na Paraíba: Economia solidária um novo jeito de trabalhar”, com a professora Maria de Fátima Araújo; “Mídias, tecnologias e Sustentabilidade na Educação Superior no Campus V (João Pessoa) da UEPB”, com os professores Vancarder Brito e Raquel Melo; e “Interoperabilidade e preservação digital para o Estado da Paraíba”, com o professor Josemar Henrique de Melo.

Segundo a professora Fátima Araújo, as atividades tiveram a participação intensa de docentes e discentes vinculados ao programa “Vivências Interdisciplinares” que é composto pelos projetos “Vivências em Ações Legislativas”, coordenado pela professora Martha Simone Amorim; “Mobilização, inclusão e formação de catadores/as de materiais recicláveis da cidade de João Pessoa: uma experiência necessária”, tendo como coordenadora a professora Maria de Fátima Araújo, que também foi responsável pela coleta de resíduos durante o evento, totalizando mais de 700 kg doados às cooperativas de catadores (entre estes, diversos banners doados por participantes da EXPOTEC); “Cineclube Ambiental”, que tem como responsável o professor Vancarder Brito Sousa, “Cineclube Campus V”, que é coordenado pelo professor Filipe Reis, e o projeto “Fortalecendo a inclusão produtiva de mulheres na Paraíba: um novo jeito de trabalhar”, coordenado pela professora Fátima Araújo.
Além disso, os estudantes do projeto “Empreendedorismo em organizações arquivísticas e bibliotecas: análise do impacto do modelo de negócio CANVA em órgãos públicos da cidade de João Pessoa-PB”, vinculado ao curso de Arquivologia do Câmpus V da UEPB e desenvolvido em parceria com o SEBRAE, com a coordenação da professora Jacqueline Echeverría Barrancos, estiveram presentes participando das atividades.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Na ocasião, o Centro Avançado de Estudos em Políticas Públicas e Governança da Universidade Estadual da Paraíba (CAEPPG), representado no evento pela professora do Câmpus V Lucila Vilhena, apresentou um protocolo assinado por universidades do Estado, com o apoio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado da Paraíba, a partir de uma atividade realizada pela UEPB na EXPOTEC 2018 quando o CAEPPG colheu sugestões dos participantes quanto ao que pode ser feito para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS). Na época, os visitantes da feira responderam a um questionamento sobre “como podemos ajudar a implementar os objetivos de desenvolvimento sustentável?”, e, a partir das respostas foi elaborado o termo de compromisso apresentado na 5ª edição da EXPOTEC.

“Observamos que a população espera que os governos se encarreguem dos ODS. Mas a perspectiva é que toda a sociedade esteja envolvida em atitudes que culminem para a concretização dos objetivos. O consumo consciente, por exemplo, depende de cada um de nós”, ressalta a professora Lucila Vilhena da UEPB que executa projetos no CAEPPG coordenado pelo professor Carlos Enrique Ruiz Ferreira. A professora Lucila Vilhena ainda ministrou o workshop “Como implementar os ODS na sua empresa e no dia-a-dia: planejamentos e práticas”.

O combate à fome, às desigualdades, às doenças, à degradação ambiental; a produção de energia limpa; o desenvolvimento de um modo de vida sustentável nas cidades, entre outros tópicos, estão apontados na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável adotada pelos 193 Estados membros da ONU, inclusive o Brasil. E cada ponto envolve o emprego da tecnologia e de inovação que possibilita a maior eficiência dos recursos usados para a produção – desde industrial até alimentar – além de avanços na medicina e até nas ferramentas educativas.

Texto: Juliana Marques

Foto: Divulgação Expotec