CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

Lei de Arquivo da Paraíba é tema de mesa de discussão realizada nesta quinta-feira (21) no Campus V

21 de fevereiro de 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com a presença de estudantes veteranos e novatos, arquivistas e docentes do curso de Arquivologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi realizada, na manhã desta quinta-feira (21) a mesa de discussão “Lei de Arquivo do Estado da Paraíba – mecanismo e perspectivas” com a participação Irene Fernandes, Lúcia Guerra, Ana Andréa e Esmeralda Porfírio de Sales, tendo o professor Josemar Henrique de Melo como mediador. A atividade foi pensada a partir da aprovação da Lei 11.263 que dispõe sobre a criação do Arquivo Público do Estado da Paraíba, do Sistema Estadual de Arquivos e define as diretrizes da política estadual de arquivos públicos e arquivos privados de interesse público e social.

Na oportunidade as responsáveis pela discussão apresentaram os relatos a respeito dos desafios superados e da conjuntura desde as discussões iniciais empreendidas pela comissão que ficou responsável por apresentar a proposta de criação do Arquivo do Estado da Paraíba (APEPB) até a implementação da legislação.

“A aprovação da Lei que cria o Arquivo Público do Estado a Paraíba é uma vitória que precisa ser comemorada, difundida e, ainda mais, fortalecida para que saia do texto e se torne realidade. Daí a importância de apresentar, conversar a respeito. Para que toda a comunidade que faz a Arquivologia na Paraíba se engaje nesse desafio. Na semana de abertura do período letivo 2019.1, o Curso de Arquivologia da UEPB abraça essa causa”, explica o professor Henrique França.

De acordo com o professor Josemar Henrique de Melo, proponente dessa discussão, é importante que todos os estudantes de Arquivologia integrem esse debate. “É muito importante a participação dos nossos estudantes, tendo em vista que a criação de um Arquivo Público no Estado possibilita o surgimento de um laboratório para os discentes, bem como um espaço de trabalho e de estágio. É importante destacar que quando falávamos sobre Arquivos Público tínhamos que ir à Recife para vermos um, agora podemos ver aqui e podemos acompanhar as etapas de trabalho de uma instituição deste porte. Então, essa Lei é a base para a concretização de uma luta a muito desenvolvida na Paraíba e hoje podemos comemorar o início das atividades fazendo parte de um projeto que é muito maior que apenas João Pessoa, é um projeto que engloba todo o Estado”, avalia o professor Josemar.

Texto e fotos: Juliana Marques