CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

4ª edição da Jornada Arquivística e seus Acervos Raros é realizada no Campus V com discussão sobre memória gastronômica

12 de novembro de 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

A relação entre a gastronomia e a cultura de um povo, intermediada pelos cadernos de receita enquanto objetos potenciais de informação, é uma das discussões suscitadas na 4ª edição da Jornada Arquivística e seus Acervos Raros (JACRO), realizada nesta terça-feira (12) no Câmpus V da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) com o tema “Memória gastronômica na perspectiva da identidade cultural”. O evento é organizado pelas turmas do 5º e 7º períodos diurnos e 5º período noturno do curso de Arquivologia, sob a coordenação da professora Manuela Maia. A abertura do evento contou a apresentação cultural do músico Beto Tavares.

A primeira mesa de discussão do evento realizada na manhã desta terça (12) contou com a participação da professora da UFPB e pós doutora em Ciência da Informação, Nayana Mariano e do gastrônomo e mestrando em Ciência da Informação, Alexandre Daher Sales. A mesa foi mediada pela professora Manuela Maia.

Na oportunidade, a professora Nayana que é historiadora, trouxe um resgate histórico do que significa a memória e seus desdobramentos socioculturais. Na sequência o pesquisador Alexandre Sales, apresentou o resultado de sua pesquisa intitulada “Diários culinários: rastros da recordação alimentar”, no qual busca compreender os cadernos de culinária enquanto espaços de memória.

À noite o evento conta com a mesa com a participação do mestre em Ciência da Informação e gastrônomo pela UFPB, Tadeu Valente e da professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFPB e líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Cultura, Informação, Memória e Patrimônio (GECIMP), Bernardina Juvenal Freire. A mesa conta com a mediação da professora Jacqueline Echeverría Barrancos.

Texto e fotos: Juliana Marques