CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

Docentes do CCBSA apresentam trabalhos em evento realizado em Portugal e articulam parcerias com instituições européias

20 de julho de 2016

Apresentação de trabalhos, moderação de mesas-redondas, reuniões que buscavam selar ou estender acordos de cooperação. Essas foram algumas das atividades das professoras Eliete Correia Santos e Jacqueline Echeverria Barrancos, ambas do curso de Arquivologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) durante a passagem por Portugal e Espanha, entre os dias 11 e 15 de julho.
Na oportunidade as docentes participaram do 5º Congresso Iberomericano em Investigação Qualitativa, realizado no Porto, Portugal, no qual apresentaram os trabalhos “Contribuições do círculo de Bakhtin para (des)construção do objeto científico em Arquivologia” e “Metodologia da Pesquisa Científica: uma orientação aplicada a luz do paradigma básico em Arquivologia”. Eliete Santos e Jacqueline Echeverria também integraram a comissão científica do evento, atuando como moderadoras de mesas-redondas.

Durante a passagem pela Europa as professoras da UEPB estiveram reunidas com as docentes Maria Beatriz Marques, da Universidade de Coimbra e Ana Lúcia Terra, do Instituto Politécnico do Porto, buscando estruturar um intercâmbio acadêmico, através de uma parceria do Curso de Arquivologia com os departamentos dos cursos em Ciência da Informação. Para a professora Ana Terra esse convênio “virá formalizar e dar continuidade às atividades de pesquisa e extensão conjuntas que já são desenvolvidas pelas docentes da UEPB, além de permitir o intercâmbio de estudantes de áreas científicas diversas, fomentando a internacionalização das respectivas instituições de ensino superior”.

A professora Maria Marques destaca a importância de parcerias entre instituições brasileiras e européias para o desenvolvimento de um ensino superior globalizado. “O desenvolvimento do Ensino Superior na era da Globalização implica o estabelecimento de parcerias nacionais e internacionais, formalizadas através de acordos e aditivos entre as mais variadas instituições. O Brasil é, por razões óbvias, um dos interlocutores privilegiados do processo de internacionalização das universidades portuguesas. Neste âmbito, devo assinalar o fato da Universidade de Coimbra ser a universidade, fora do Brasil, com mais estudantes brasileiros, o que é um motivo de orgulho para esta instituição”, avaliou a docente.

Também foi realizada uma reunião com a diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Fernanda Ribeiro e com o professor da Licenciatura em Ciência da Informação da referida instituição de ensino, Armando Malheiro, para acertar os detalhes da renovação dos acordos estabelecidos entre a UEPB e a Universidade do Porto.

Já existe um convênio entre as duas universidades firmado por intermédio da Coordenadoria de Relações Internacionais (Cori), após algumas reuniões, eventos, lançamentos de livros e diversas atividades realizadas em parceria, desde 2008. O professor Armando Malheiro, que já esteve em eventos da UEPB atuando como conferencista e colaborou na construção do Projeto Pedagógico do Curso de Arquivologia, enfatizou a necessidade de convênios entre universidades brasileiras e portuguesas que sejam efetivados com ações práticas e efetivas.

“A cooperação não é, nem pode ser a assinatura pomposa de documentos oficiais, mas o trabalho continuo, realista, por vezes até minuscule, mas efetivo, daqueles que acreditam na cooperação acadêmica a valer. Na UEPB, e em concreto no Departamento relacionado com a Documentação e Informação, a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, tem encontrado parceiros, como a Professora Eliete Correia dos Santos, empenhados na realização de iniciativas que permaneçam e impactem nas comunidades discente e docente de ambas as escolas. Pela nossa parte a vontade é prosseguir e ampliar os resultados”, avaliou Malheiro.

O último dia de atividades das docentes da UEPB foi dedicado à reunião com a professora Concepcion Mendo Carmona, da Facultad de Ciências de La Documentacion, em Madri, Espanha, quando também foi firmada uma proposta de convênio e ações conjuntas.