CH

CH

Centro de Humanidades

Geografia

Projeto X – O xadrez e a arte da guerra


Área de abrangência: Ciências Humanas

Área temática: Cultura e Lazer

Público alvo: Estudantes, professores, técnicos e visitantes

Duração: Indeterminado

Coordenadores: Prof. Dr. Belarmino Mariano Neto

Saiba mais: Contando com três tabuleiros de xadrez (Tamanho oficial), o projeto tem a finalidade de promover o exercício do xadrez entre os estudantes do Centro de Humanidades e a comunidade em geral, como forma de incentivar o desenvolvimento do raciocínio lógico e correlacionar o jogo com temas tais como: geopolítica, política, estratégia, educação, dentre outros. O projeto conta com o apoio da livraria Página 27, do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e dos Centros Acadêmicos.

Educação/Conscientização ambiental em Alagoinha/PB 2011-2012



Coordenadores: Luciene Vieira de Arruda, Cleóma Maria Toscano e Henriques
Carlos Antônio Belarmino Alves

Educação/Conscientização ambiental em Alagoinha/PB 2012-2013



Coordenadores: Luciene Vieira de Arruda, Cleóma Maria Toscano e Henriques
Carlos Antonio Belarmino Alves

Educação ambiental nos consumos de água no dia a dia



Coordenador: Dr. José Jakson Amancio Alves

Espaço Social: identidades, memórias e culturas

Período de execução: dezembro de 2015 a setembro de 2016

Carga Horária: 180 horas

Coordenadores: Professores Fábio Dantas (Departamento de Geografia) e Francisco Fagundes (Departamento de História)

Bolsista: Irineu Francisco de Sousa Neto (Geografia)

Professores colaboradores: Lanusse Salim Rocha Tuma, Sergerson Silvestre, Elaine Gurjão de Oliveira, Thiago Leite Brandão de Queiroz, Genivaldo Paulino Monteiro, Ivanildo da Costa Silva, Péricles Alves Batista, Diego Wagner Paulino.

Público alvo: alunos e profissionais das Ciências Sociais

Saiba mais: A nossa proposta de extensão partiu de diálogos realizados entre um grupo interdisciplinar e interinstitucional de professores e pesquisadores que estão vinculados às universidades e outras instituições no Estado da Paraíba. Esses profissionais que fazem reflexões no campo da História, Sociologia, Geografia, Pedagogia e Letras, demonstraram a possibilidade de fomentar discussões com o intuito de realizar um processo formativo junto aos egressos e acadêmicos das instituições de ensino superior, oriundos dos cursos das Ciências Humanas. O projeto objetiva estabelecer um enfoque plural das formas pelas quais os homens constituem e representam as sociedades, tanto nas suas relações em micro, como em macro escalas. Destarte, vemos o caráter desse empreendimento com o envolvimento e a colaboração de pesquisadores de várias áreas do conhecimento, cujas perspectivas permitem uma visualização por diversos ângulos acerca da temática em questão.

Cadastrado na PROEX sob nº 2.37.01.15/16-01, Área de Cultura (Cota PROBEX 2015-2016).

Educação ambiental e medidas de prevenção em áreas vulneráveis a desastres naturais

Área Temática: Meio Ambiente

Área de Abrangência: Geografia Física

Público Alvo: Comunidades carentes situadas em áreas de risco da Cidade de Guarabira-PB

Duração: 12 meses

Coordenador: Dr. Lanusse Salim Rocha Tuma (Edital PROAPEX Cota 2015/2016)

Objetivos:

O principal objetivo deste programa de extensão é fornecer uma formação humanística e sistêmica que habilite os(as) estudantes a intervir em comunidades carentes situadas em terrenos propensos a processos catastróficos (enchentes, desmoronamentos de rochas, solos instáveis, corrida de detritos etc), potencializados muitas vezes pelas ações antrópicas sobre o meio físico (solo, rocha, relevo e água) ao longo do tempo, bem como estejam engajados nos contextos da sustentabilidade e do bem estar social visando a redução dos danos materiais e de vidas humanas.

 Identidades Brasileiras e Cinema

Período de execução: dezembro de 2015 a setembro de 2016

Carga Horária: 100 horas

Coordenadores: Professores Francisco Fagundes (Departamento de História) e Fábio Dantas (Departamento de Geografia)

Bolsista: Hugo de Oliveira Silva (História)

Professores colaboradores: Lanusse Salim Rocha Tuma, Michelly Pereira de Souza Cordão, Ivanildo da Costa Silva.

Público alvo: alunos e profissionais das Ciências Sociais

Resumo: O projeto é uma atividade de extensão que se aproxima da proposta de um cineclube, onde serão realizadas sessões de cinema e debates sobre produções audiovisuais em suas mais variadas temáticas, objetivando o enriquecimento cultural e crítico a partir de um diálogo com os pesquisadores das Ciências Sociais e o público envolvido. Os filmes e documentários serão apresentados de acordo com o público, nos auditórios do Campus III ou em outros, conforme as relações de parcerias, e tais apresentações, seguidas de debates, serão divididas em ciclos temáticos que têm relação com o espaço social brasileiro, considerando as suas ramificações com a História, a Sociologia, a Geografia, a Literatura, a Pedagogia, o Direito, dentre outros.

Cadastrado na PROEX sob nº 2.37.01.15/16-02, Área de Cultura (Cota PROBEX 2015-2016).

Ferramentas (livres) para elaboração de mapas

Área de abrangência: GEOGRAFIA

Área temática: SOFTWARE LIVRE E CARTOGRAFIA

Público alvo: ALUNOS DE GEOGRAFIA

Duração: 50 horas

Coordenador: Wolhfagon Costa de Araujo

Saiba mais: (CURSO DE EXTENSÃO)Trata, especialmente, de disseminar, discutir e explorar o software livre no âmbito do curso de geografia e as ferramentas (livres) para elaboração de mapas e outros instrumentos didático-científicos.


Programas (livres) para estatística

Área de abrangência: GEOGRAFIA

Área temática: SOFTWARE LIVRE E ESTATÍSTICA

Público alvo: ALUNOS DE GEOGRAFIA

Duração: 50 horas

Coordenador: Wolhfagon Costa de Araujo

Saiba mais: (Curso de extensão) Trata, especialmente, de disseminar, discutir e explorar o software livre no âmbito do curso de geografia e os programas (livres) para estatística e outros instrumentos didático-científicos.

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I

Array ( [post_title] => Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I [post_content] =>

O projeto de extensão “Speak out: prática de conversação em Língua Inglesa”, desenvolvido no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), sob a coordenação do professor José Vilian Mangueira, inscreve, de até o dia 21 de março, os interessados em participar do Curso de Conversação – Módulo 1. As inscrições estão sendo feitas diretamente no Departamento de Letras do Centro de Humanidades (CH).

Para este módulo, 15 vagas serão ofertadas, com possíveis cinco vagas reservas, caso haja desistência de algum selecionado. Os inscritos passarão por uma entrevista para testar o nível de oralidade da Língua Inglesa. O módulo do curso explora a conversação em Inglês, usando como referência materiais preparatórios para o teste do IELTS – The International English Language Testing System.

As vagas são para toda a comunidade da UEPB e também para a comunidade em geral, das cidades que ficam em torno do Câmpus III. O projeto busca estimular o crescimento da habilidade de comunicação oral, consolidar o conhecimento dos aspectos linguísticos da Língua Inglesa, além de expandir a perspectiva cultural dos participantes. As aulas terão início no dia 4 de abril, às 19h30, em sala a ser definida e informada posteriormente.

O post Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O projeto de extensão “Speak out: prática de conversação em Língua Inglesa”, desenvolvido no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), sob a coordenação do professor José Vilian Mangueira, inscreve, de até o dia 21 de março, os interessados em participar do Curso de Conversação – Módulo 1. As inscrições estão sendo feitas diretamente Leia Mais...

O post Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-13 21:09:11 [post_date] => 2019-03-13 21:09:11 [post_modified_gmt] => 2019-03-13 21:09:11 [post_modified] => 2019-03-13 21:09:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47030 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 08b58036a8fc44f019375dd0182114fc [1] => aacd16cce0a5ce538c2a6dc56a380ae3 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I

Array ( [post_title] => Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I [post_content] =>

O projeto de extensão “Speak out: prática de conversação em Língua Inglesa”, desenvolvido no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), sob a coordenação do professor José Vilian Mangueira, inscreve, de até o dia 21 de março, os interessados em participar do Curso de Conversação – Módulo 1. As inscrições estão sendo feitas diretamente no Departamento de Letras do Centro de Humanidades (CH).

Para este módulo, 15 vagas serão ofertadas, com possíveis cinco vagas reservas, caso haja desistência de algum selecionado. Os inscritos passarão por uma entrevista para testar o nível de oralidade da Língua Inglesa. O módulo do curso explora a conversação em Inglês, usando como referência materiais preparatórios para o teste do IELTS – The International English Language Testing System.

As vagas são para toda a comunidade da UEPB e também para a comunidade em geral, das cidades que ficam em torno do Câmpus III. O projeto busca estimular o crescimento da habilidade de comunicação oral, consolidar o conhecimento dos aspectos linguísticos da Língua Inglesa, além de expandir a perspectiva cultural dos participantes. As aulas terão início no dia 4 de abril, às 19h30, em sala a ser definida e informada posteriormente.

O post Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O projeto de extensão “Speak out: prática de conversação em Língua Inglesa”, desenvolvido no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), sob a coordenação do professor José Vilian Mangueira, inscreve, de até o dia 21 de março, os interessados em participar do Curso de Conversação – Módulo 1. As inscrições estão sendo feitas diretamente Leia Mais...

O post Projeto de prática de conversação em Língua Inglesa do Câmpus III oferta 15 vagas para Módulo I apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-13 21:09:11 [post_date] => 2019-03-13 21:09:11 [post_modified_gmt] => 2019-03-13 21:09:11 [post_modified] => 2019-03-13 21:09:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47030 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 08b58036a8fc44f019375dd0182114fc [1] => aacd16cce0a5ce538c2a6dc56a380ae3 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-pratica-de-conversacao-em-lingua-inglesa-do-campus-iii-oferta-15-vagas-para-modulo-i )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III [post_content] =>

Em homenagem ao centenário do “Rei do Ritmo”, comemorado este ano, o Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus III, em Guarabira, realiza no dia 11 de março a acolhida aos feras e adere ao Ano Cultural Jackson do Pandeiro em evento intitulado “O CH no Ritmo Jackson do Pandeiro”.

O evento, organizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI-Guarabira), Centros Acadêmicos (CAs) e Biblioteca Setorial, contará com palestras, exibição de vídeos e atividades artísticas. Nos períodos da manhã e da noite serão feitas apresentações de pesquisas sob o título “Jackson e a mulher negra” com a graduanda em História, Maria do Carmo da Silva, e as professoras Ivonildes da Silva Fonseca e Flaviana Barbosa.

Na parte da tarde, o doutorando Daniel de Oliveira e o professor Waldeci Ferreira Chagas abordarão a religiosidade e a educação em uma mesa denominada “Jackson do Pandeiro, Educação e Umbanda”. No decorrer do evento será declamado cordel “Centenário de Jackson do Pandeiro”, pelo professor e poeta Vicente Barbosa, performance de Isaías Vicente, exibição de vídeos.

A gastronomia afro-brasileira, especialmente o acarajé, poderá ser degustada ao longo das atividades. A exposição visual “Jackson do Pandeiro: 100 Anos do Rei do Ritmo”, localizada no hall do Auditório, organizada pela Biblioteca Setorial, trará matérias jornalísticas, fotografias, livros e outros materiais concernentes ao artista paraibano.

Confira a programação completa clicando AQUI.

Texto: Severino Lopes

O post Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em homenagem ao centenário do “Rei do Ritmo”, comemorado este ano, o Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus III, em Guarabira, realiza no dia 11 de março a acolhida aos feras e adere ao Ano Cultural Jackson do Pandeiro em evento intitulado “O CH no Ritmo Jackson do Leia Mais...

O post Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-07 12:40:47 [post_date] => 2019-03-07 12:40:47 [post_modified_gmt] => 2019-03-07 12:40:47 [post_modified] => 2019-03-07 12:40:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46849 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f3d60fa1a3cf82edce0d634434c0744a [1] => a342f15e671a3e572d751f191405c328 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III [post_content] =>

Em homenagem ao centenário do “Rei do Ritmo”, comemorado este ano, o Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus III, em Guarabira, realiza no dia 11 de março a acolhida aos feras e adere ao Ano Cultural Jackson do Pandeiro em evento intitulado “O CH no Ritmo Jackson do Pandeiro”.

O evento, organizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI-Guarabira), Centros Acadêmicos (CAs) e Biblioteca Setorial, contará com palestras, exibição de vídeos e atividades artísticas. Nos períodos da manhã e da noite serão feitas apresentações de pesquisas sob o título “Jackson e a mulher negra” com a graduanda em História, Maria do Carmo da Silva, e as professoras Ivonildes da Silva Fonseca e Flaviana Barbosa.

Na parte da tarde, o doutorando Daniel de Oliveira e o professor Waldeci Ferreira Chagas abordarão a religiosidade e a educação em uma mesa denominada “Jackson do Pandeiro, Educação e Umbanda”. No decorrer do evento será declamado cordel “Centenário de Jackson do Pandeiro”, pelo professor e poeta Vicente Barbosa, performance de Isaías Vicente, exibição de vídeos.

A gastronomia afro-brasileira, especialmente o acarajé, poderá ser degustada ao longo das atividades. A exposição visual “Jackson do Pandeiro: 100 Anos do Rei do Ritmo”, localizada no hall do Auditório, organizada pela Biblioteca Setorial, trará matérias jornalísticas, fotografias, livros e outros materiais concernentes ao artista paraibano.

Confira a programação completa clicando AQUI.

Texto: Severino Lopes

O post Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em homenagem ao centenário do “Rei do Ritmo”, comemorado este ano, o Centro de Humanidades (CH) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus III, em Guarabira, realiza no dia 11 de março a acolhida aos feras e adere ao Ano Cultural Jackson do Pandeiro em evento intitulado “O CH no Ritmo Jackson do Leia Mais...

O post Centro de Humanidades promove evento para marcar o “Ano Cultural Jackson do Pandeiro” no Câmpus III apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-07 12:40:47 [post_date] => 2019-03-07 12:40:47 [post_modified_gmt] => 2019-03-07 12:40:47 [post_modified] => 2019-03-07 12:40:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46849 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f3d60fa1a3cf82edce0d634434c0744a [1] => a342f15e671a3e572d751f191405c328 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-promove-evento-para-marcar-o-ano-cultural-jackson-do-pandeiro-no-campus-iii )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa [post_content] =>

A Coordenação de Proficiência em Língua Inglesa do Departamento de Letras, localizado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Guarabira, lançou edital para os interessados em fazer o exame de proficiência no referido idioma.

As inscrições estão sendo realizadas até o dia 1º de março. O preenchimento e emissão da Guia de Recolhimento (GRUEPB) pode ser feito através do endereço eletrônico https://cpcon.uepb.edu.br/forms/responderGRU/4. O candidato deve entregar a documentação exigida no edital na Secretaria do Departamento de Letras.

O exame estará aberto a todos os que desejarem obter Declaração de Proficiência em Língua Inglesa expedido pelo Departamento. A prova será aplicada no dia 20 de março, às 10h, no Auditório do Centro de Humanidades (CH). O resultado será divulgado no dia 9 de abril e a entrega de Declaração de Proficiência ocorrerá no dia 16 de mesmo mês.

Confira o edital completo clicando AQUI.

Texto: Severino Lopes

O post Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação de Proficiência em Língua Inglesa do Departamento de Letras, localizado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Guarabira, lançou edital para os interessados em fazer o exame de proficiência no referido idioma. As inscrições estão sendo realizadas até o dia 1º de março. O preenchimento e emissão da Guia Leia Mais...

O post Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-22 13:22:08 [post_date] => 2019-02-22 13:22:08 [post_modified_gmt] => 2019-02-22 13:22:08 [post_modified] => 2019-02-22 13:22:08 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46592 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 5a03735ee5f317ce1d9b256a5fe994c8 [1] => f179d4ba4fa8fed6e75c9070605a5ef2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa [post_content] =>

A Coordenação de Proficiência em Língua Inglesa do Departamento de Letras, localizado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Guarabira, lançou edital para os interessados em fazer o exame de proficiência no referido idioma.

As inscrições estão sendo realizadas até o dia 1º de março. O preenchimento e emissão da Guia de Recolhimento (GRUEPB) pode ser feito através do endereço eletrônico https://cpcon.uepb.edu.br/forms/responderGRU/4. O candidato deve entregar a documentação exigida no edital na Secretaria do Departamento de Letras.

O exame estará aberto a todos os que desejarem obter Declaração de Proficiência em Língua Inglesa expedido pelo Departamento. A prova será aplicada no dia 20 de março, às 10h, no Auditório do Centro de Humanidades (CH). O resultado será divulgado no dia 9 de abril e a entrega de Declaração de Proficiência ocorrerá no dia 16 de mesmo mês.

Confira o edital completo clicando AQUI.

Texto: Severino Lopes

O post Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação de Proficiência em Língua Inglesa do Departamento de Letras, localizado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Guarabira, lançou edital para os interessados em fazer o exame de proficiência no referido idioma. As inscrições estão sendo realizadas até o dia 1º de março. O preenchimento e emissão da Guia Leia Mais...

O post Centro de Humanidades da UEPB lança edital para exame de proficiência em Língua Inglesa apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-22 13:22:08 [post_date] => 2019-02-22 13:22:08 [post_modified_gmt] => 2019-02-22 13:22:08 [post_modified] => 2019-02-22 13:22:08 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46592 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 5a03735ee5f317ce1d9b256a5fe994c8 [1] => f179d4ba4fa8fed6e75c9070605a5ef2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-da-uepb-lanca-edital-para-exame-de-proficiencia-em-lingua-inglesa )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência”

Array ( [post_title] => 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o objetivo de propor um espaço de diálogo entre professores, estudantes e a comunidade em geral, tiveram início, nessa quarta-feira (7), no auditório do Centro de Humanidades (CH), Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, as atividades do 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação. A edição deste ano apresenta com eixo de debate o tema “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência”.

A abertura do evento aconteceu no período da manhã, com a mesa redonda intitulada “Gênero e sexualidade”, cuja discussão ficou a cargo do Coletivo Violeta Formiga, responsável pela idealização e organização do simpósio. Trata-se de um grupo formado por estudantes de diferentes cursos do CH que buscam levar para além da sala de aula a discussao sobre as problemáticas que norteiam a realidade daqueles que são historicamente discriminados pela sociedade, sobretudo mulheres, negros e homossexuais.

Na ocasião, a coordenadora do Coletivo, a estudante do Curso de História Bruna Ariel, juntamente com outras integrantes, fez uma explanação sobre as experiências adquiridas através das ações promovidas pelo grupo, além de explicar termos e conceitos básicos abordados pela literatura em relação ao tópico identidade de gênero. “Este é um momento importante para afirmarmos nossa luta em prol das minorias e do direito a não discriminação”, disse Bruna.

Composto por 16 membros, o Coletivo Violeta Formiga vem desenvolvendo desde 2015, quando foi fundado, uma série de atividades acadêmicas e culturais por meio da realização de simpósios e de alguns projetos, tais como: “Empoderamento das minorias”, aplicado em escolas públicas de Guarabira e cidades circunvizinhas; “Cinefórum”, que consiste na exibição de filmes e documentários que discutem questões socioculturais; e “Formações”, que são encontros semanais promovidos pelo grupo para discutir obras que tratam sobre gênero.

A programação prosseguiu no turno da tarde com a realização da segunda mesa redonda, “Para as tintas não coagularem nas canetas: interseccionalidade e teoria queer”, que contou com as contribuições das professoras Susel de Oliveira, do Departamento de História do Centro de Humanidades, e Aline Cunha Andrade, do Departamento de História da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Em seguida, foi realizada a primeira intervenção cultural, “Seu Pereira – voz e violão”.
À noite, foi promovida a aula pública “A grande mídia e a comunidade LGBT”, temática abordada pelos professores Fernando Domingos, do Departamento de História da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e Carlos Adriano Ferreira de Lima, lotado no Departamento de História do CH. Mais de 200 pessoas se inscreveram no seminário, cuja programação se estenderá até esta sexta-feira (9), sendo composta por mesas redondas, minicursos, palestras, grupos de trabalho, lançamento de livros e intervenções culturais. Clique aqui e confira (anexar programação). Mais informações no site do evento. https://coletivovf.wixsite.com/violetaformiga/iii-simgesed-2018

Texto:  Simone Bezerrill
Fotos:  Ana Paula (Coletivo Violeta Formiga)

O post 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o objetivo de propor um espaço de diálogo entre professores, estudantes e a comunidade em geral, tiveram início, nessa quarta-feira (7), no auditório do Centro de Humanidades (CH), Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, as atividades do 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação. A edição deste ano apresenta Leia Mais...

O post 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-11-08 15:01:49 [post_date] => 2018-11-08 15:01:49 [post_modified_gmt] => 2018-11-08 15:01:49 [post_modified] => 2018-11-08 15:01:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=44599 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3529ed8e27fb6a9bbc4960b566cb3e39 [1] => afdfc161873a8b9784eaf7990659d887 ) ) [post_type] => post [post_author] => 35 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 15 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência”

Array ( [post_title] => 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o objetivo de propor um espaço de diálogo entre professores, estudantes e a comunidade em geral, tiveram início, nessa quarta-feira (7), no auditório do Centro de Humanidades (CH), Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, as atividades do 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação. A edição deste ano apresenta com eixo de debate o tema “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência”.

A abertura do evento aconteceu no período da manhã, com a mesa redonda intitulada “Gênero e sexualidade”, cuja discussão ficou a cargo do Coletivo Violeta Formiga, responsável pela idealização e organização do simpósio. Trata-se de um grupo formado por estudantes de diferentes cursos do CH que buscam levar para além da sala de aula a discussao sobre as problemáticas que norteiam a realidade daqueles que são historicamente discriminados pela sociedade, sobretudo mulheres, negros e homossexuais.

Na ocasião, a coordenadora do Coletivo, a estudante do Curso de História Bruna Ariel, juntamente com outras integrantes, fez uma explanação sobre as experiências adquiridas através das ações promovidas pelo grupo, além de explicar termos e conceitos básicos abordados pela literatura em relação ao tópico identidade de gênero. “Este é um momento importante para afirmarmos nossa luta em prol das minorias e do direito a não discriminação”, disse Bruna.

Composto por 16 membros, o Coletivo Violeta Formiga vem desenvolvendo desde 2015, quando foi fundado, uma série de atividades acadêmicas e culturais por meio da realização de simpósios e de alguns projetos, tais como: “Empoderamento das minorias”, aplicado em escolas públicas de Guarabira e cidades circunvizinhas; “Cinefórum”, que consiste na exibição de filmes e documentários que discutem questões socioculturais; e “Formações”, que são encontros semanais promovidos pelo grupo para discutir obras que tratam sobre gênero.

A programação prosseguiu no turno da tarde com a realização da segunda mesa redonda, “Para as tintas não coagularem nas canetas: interseccionalidade e teoria queer”, que contou com as contribuições das professoras Susel de Oliveira, do Departamento de História do Centro de Humanidades, e Aline Cunha Andrade, do Departamento de História da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Em seguida, foi realizada a primeira intervenção cultural, “Seu Pereira – voz e violão”.
À noite, foi promovida a aula pública “A grande mídia e a comunidade LGBT”, temática abordada pelos professores Fernando Domingos, do Departamento de História da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e Carlos Adriano Ferreira de Lima, lotado no Departamento de História do CH. Mais de 200 pessoas se inscreveram no seminário, cuja programação se estenderá até esta sexta-feira (9), sendo composta por mesas redondas, minicursos, palestras, grupos de trabalho, lançamento de livros e intervenções culturais. Clique aqui e confira (anexar programação). Mais informações no site do evento. https://coletivovf.wixsite.com/violetaformiga/iii-simgesed-2018

Texto:  Simone Bezerrill
Fotos:  Ana Paula (Coletivo Violeta Formiga)

O post 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o objetivo de propor um espaço de diálogo entre professores, estudantes e a comunidade em geral, tiveram início, nessa quarta-feira (7), no auditório do Centro de Humanidades (CH), Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, as atividades do 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação. A edição deste ano apresenta Leia Mais...

O post 3º Simpósio de Gênero, Sexualidade e Educação debate “Multidões queer: corpo, performance, luta e resistência” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-11-08 15:01:49 [post_date] => 2018-11-08 15:01:49 [post_modified_gmt] => 2018-11-08 15:01:49 [post_modified] => 2018-11-08 15:01:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=44599 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3529ed8e27fb6a9bbc4960b566cb3e39 [1] => afdfc161873a8b9784eaf7990659d887 ) ) [post_type] => post [post_author] => 35 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 15 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3o-simposio-de-genero-sexualidade-e-educacao-debate-multidoes-queer-corpo-performance-luta-e-resistencia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais?

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Pautando-se por um panorama contextual que parte da Ditadura Militar até a contemporaneidade, tiveram início na última segunda-feira (18), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades acadêmicas referentes à 1ª Semana Marginal: 64 nunca mais?. A iniciativa trata-se de uma iniciativa do Coletivo Pajeú: Resistência em Movimento, cujo objetivo está centrado no combate ao estigma da marginalidade sociocultural como sinônimo de delinquência.

Para atender a um público diversificado, composto por estudantes e professores dos diferentes cursos das Ciências Humanas, o encontro apresenta uma programação especial, composta por oficinas, intervenções artísticas, rodas de conversas e mesas redondas, dentre as quais estão: “Quem são as (os) Marginais?” “A figura social do marginal no Brasil”, “A Arte Marginal, quadrinhos alternativos e o underground”, “Praça da Guerra: a resistência estudantil da Ditadura Militar aos dias atuais”, “Censura e criminalização das Artes”, e “Construções de linguagens de Resistência”.

Durante os três dias de debates, o evento aborda, além dos tópicos acima citados, uma série de temáticas relacionadas à manipulação midiática e à imprensa livre, bem como levanta uma discussão enriquecedora sobre o grafite e os quadrinhos alternativos. A 1º Semana Marginal, que se estenderá até esta quarta-feira (20), é aberta à comunidade acadêmica do Centro de Humanidades (CH) e a todos que se interessarem pelo debate em foco. Confira, abaixo, a programação.

QUARTA-FEIRA (20/06)

OFICINA: 09h às 11h
Sensibilização em Danças Urbanas
Convidados: Ayleen Vant e Vant Vaz (Coletivo Tribo Éthnos)

MESA REDONDA: 13h às 15h
Construções de linguagens de Resistência
Convidado: Lau Siqueira

RODA DE CONVERSA: 15h30 às 17h
Representações e Representatividade na Música Popular Brasileira
Convidada (o)s: Maria do Carmo, William Sampaio*

A partir das 18h30
ADEUS ANO VELHO, FELIZ ANO NOVO/ DO PUNK AO FUNK
Convidada (o)s: Batalha do Quadrado, Banda Mumbaia,The T, Margaridas em Fúria, Matriarcaos

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Jarbelle Bezerra

O post Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Pautando-se por um panorama contextual que parte da Ditadura Militar até a contemporaneidade, tiveram início na última segunda-feira (18), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades acadêmicas referentes à 1ª Semana Marginal: 64 nunca mais?. A iniciativa trata-se de uma iniciativa do Coletivo Pajeú: Resistência em Movimento, cujo Leia Mais...

O post Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-06-20 13:13:03 [post_date] => 2018-06-20 13:13:03 [post_modified_gmt] => 2018-06-20 13:13:03 [post_modified] => 2018-06-20 13:13:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=41618 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e2ec4c95885e21d71f5c59bc8daed367 [1] => d71a4938b60a1f3f7b6515c4f86be622 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-da-universidade-estadual-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais?

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Pautando-se por um panorama contextual que parte da Ditadura Militar até a contemporaneidade, tiveram início na última segunda-feira (18), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades acadêmicas referentes à 1ª Semana Marginal: 64 nunca mais?. A iniciativa trata-se de uma iniciativa do Coletivo Pajeú: Resistência em Movimento, cujo objetivo está centrado no combate ao estigma da marginalidade sociocultural como sinônimo de delinquência.

Para atender a um público diversificado, composto por estudantes e professores dos diferentes cursos das Ciências Humanas, o encontro apresenta uma programação especial, composta por oficinas, intervenções artísticas, rodas de conversas e mesas redondas, dentre as quais estão: “Quem são as (os) Marginais?” “A figura social do marginal no Brasil”, “A Arte Marginal, quadrinhos alternativos e o underground”, “Praça da Guerra: a resistência estudantil da Ditadura Militar aos dias atuais”, “Censura e criminalização das Artes”, e “Construções de linguagens de Resistência”.

Durante os três dias de debates, o evento aborda, além dos tópicos acima citados, uma série de temáticas relacionadas à manipulação midiática e à imprensa livre, bem como levanta uma discussão enriquecedora sobre o grafite e os quadrinhos alternativos. A 1º Semana Marginal, que se estenderá até esta quarta-feira (20), é aberta à comunidade acadêmica do Centro de Humanidades (CH) e a todos que se interessarem pelo debate em foco. Confira, abaixo, a programação.

QUARTA-FEIRA (20/06)

OFICINA: 09h às 11h
Sensibilização em Danças Urbanas
Convidados: Ayleen Vant e Vant Vaz (Coletivo Tribo Éthnos)

MESA REDONDA: 13h às 15h
Construções de linguagens de Resistência
Convidado: Lau Siqueira

RODA DE CONVERSA: 15h30 às 17h
Representações e Representatividade na Música Popular Brasileira
Convidada (o)s: Maria do Carmo, William Sampaio*

A partir das 18h30
ADEUS ANO VELHO, FELIZ ANO NOVO/ DO PUNK AO FUNK
Convidada (o)s: Batalha do Quadrado, Banda Mumbaia,The T, Margaridas em Fúria, Matriarcaos

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Jarbelle Bezerra

O post Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Pautando-se por um panorama contextual que parte da Ditadura Militar até a contemporaneidade, tiveram início na última segunda-feira (18), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades acadêmicas referentes à 1ª Semana Marginal: 64 nunca mais?. A iniciativa trata-se de uma iniciativa do Coletivo Pajeú: Resistência em Movimento, cujo Leia Mais...

O post Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1ª edição da Semana Marginal: 64 nunca mais? apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-06-20 13:13:03 [post_date] => 2018-06-20 13:13:03 [post_modified_gmt] => 2018-06-20 13:13:03 [post_modified] => 2018-06-20 13:13:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=41618 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e2ec4c95885e21d71f5c59bc8daed367 [1] => d71a4938b60a1f3f7b6515c4f86be622 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-da-universidade-estadual-sedia-1a-edicao-da-semana-marginal-64-nunca-mais )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais

Array ( [post_title] => Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Na última sexta-feira (15), tiveram início as atividades acadêmicas da primeira turma do Curso de Especialização em Educação e Políticas Públicas, do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira. A aula inaugural contou com a experiência da professora Adelaide Alves Dias, vinculada aos Programas de Pós-graduação em Educação e em Direitos Humanos, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A partir do tema “O direito à Educação no contexto das atuais políticas públicas”, a docente fez uma abordagem sobre a ação do Estado na Educação nos últimos 15 anos, levantando um debate sobre as dificuldades enfrentadas pela área na contemporaneidade, mediante uma conjuntura política que tem como prioridade a diminuição de investimentos, além de um governo que apresenta uma postura que não preza pelo diálogo e respeito aos princípios democráticos. “Estamos vivenciando uma derrocada de nossas garantias constitucionais. É preciso lutar e resistir porque a Educação é um direito público e inalienável”, ressaltou a professora Adelaide.

Na ocasião, a professora Verônica Pessoa da Silva e o docente Marcelo Saturnino da Silva, que integram a coordenação colegiada da referida especialização, com a professora Germana Alves de Menezes, acolheram os estudantes e destacaram a importância do curso ao afirmarem que se trata de um programa voltado à reflexão crítica e à ampliação da perspectiva de renovação.

Apresentando cinco linhas de pesquisa, a especialização em foco foi idealizada enquanto espaço de formação dos profissionais de Educação que atuam para “além dos muros da escola”, bem como as diferentes modalidades educacionais, tais como: Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos, Educação do Campo, Educação Indígena, Educação de Afrodescendentes e Educação Infantil. Durante a aula inaugural, também ocorreu a apresentação do Coral Agny Shanthty, sob a regência da maestrina Flaviana Barbosa Galdino.

Texto e fotos: Simone Bezerrill

O post Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Na última sexta-feira (15), tiveram início as atividades acadêmicas da primeira turma do Curso de Especialização em Educação e Políticas Públicas, do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira. A aula inaugural contou com a experiência da professora Adelaide Alves Dias, vinculada aos Programas de Pós-graduação em Educação e em Direitos Leia Mais...

O post Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-06-18 17:22:55 [post_date] => 2018-06-18 17:22:55 [post_modified_gmt] => 2018-06-18 17:22:55 [post_modified] => 2018-06-18 17:22:55 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=41544 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 99c3eddd06178c785c1f8f1f9d491039 [1] => c0ab451277ebb9d473835c42613d58df ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 16 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais

Array ( [post_title] => Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Na última sexta-feira (15), tiveram início as atividades acadêmicas da primeira turma do Curso de Especialização em Educação e Políticas Públicas, do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira. A aula inaugural contou com a experiência da professora Adelaide Alves Dias, vinculada aos Programas de Pós-graduação em Educação e em Direitos Humanos, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A partir do tema “O direito à Educação no contexto das atuais políticas públicas”, a docente fez uma abordagem sobre a ação do Estado na Educação nos últimos 15 anos, levantando um debate sobre as dificuldades enfrentadas pela área na contemporaneidade, mediante uma conjuntura política que tem como prioridade a diminuição de investimentos, além de um governo que apresenta uma postura que não preza pelo diálogo e respeito aos princípios democráticos. “Estamos vivenciando uma derrocada de nossas garantias constitucionais. É preciso lutar e resistir porque a Educação é um direito público e inalienável”, ressaltou a professora Adelaide.

Na ocasião, a professora Verônica Pessoa da Silva e o docente Marcelo Saturnino da Silva, que integram a coordenação colegiada da referida especialização, com a professora Germana Alves de Menezes, acolheram os estudantes e destacaram a importância do curso ao afirmarem que se trata de um programa voltado à reflexão crítica e à ampliação da perspectiva de renovação.

Apresentando cinco linhas de pesquisa, a especialização em foco foi idealizada enquanto espaço de formação dos profissionais de Educação que atuam para “além dos muros da escola”, bem como as diferentes modalidades educacionais, tais como: Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos, Educação do Campo, Educação Indígena, Educação de Afrodescendentes e Educação Infantil. Durante a aula inaugural, também ocorreu a apresentação do Coral Agny Shanthty, sob a regência da maestrina Flaviana Barbosa Galdino.

Texto e fotos: Simone Bezerrill

O post Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Na última sexta-feira (15), tiveram início as atividades acadêmicas da primeira turma do Curso de Especialização em Educação e Políticas Públicas, do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira. A aula inaugural contou com a experiência da professora Adelaide Alves Dias, vinculada aos Programas de Pós-graduação em Educação e em Direitos Leia Mais...

O post Aula inaugural da Especialização em Educação e Políticas Públicas debate direitos educacionais apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-06-18 17:22:55 [post_date] => 2018-06-18 17:22:55 [post_modified_gmt] => 2018-06-18 17:22:55 [post_modified] => 2018-06-18 17:22:55 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=41544 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 99c3eddd06178c785c1f8f1f9d491039 [1] => c0ab451277ebb9d473835c42613d58df ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 16 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => aula-inaugural-da-especializacao-em-educacao-e-politicas-publicas-debate-direitos-educacionais )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas

Array ( [post_title] => Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Criar possibilidades para trabalhar o texto literário de forma lúdica, buscando despertar o hábito e o gosto pela leitura. Esse foi o objetivo principal que impulsionou a idealização do projeto de extensão “Relendo Clássicos: dinâmicas de sala de aula para textos de literatura de língua inglesa”, coordenado pelo professor José Vilian Mangueira, do Departamento de Letras do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira.

Como primeira parte do projeto, deu-se a criação do minicurso “A soundtrack for Hamlet: leitura da peça de Shakespeare através de músicas contemporâneas”, cuja atividade inicial aconteceu na noite dessa terça-feira (10), no Auditório do Centro de Humanidades (CH). Para o professor José Vilian, a proposta é oferecer ferramentas de interpretação da peça de William Shakespeare a partir do diálogo com músicas que abordam temáticas semelhantes às que são apresentadas pelo dramaturgo.

“Nesse processo de diálogo, serão discutidos pontos pertinentes quanto ao estudo do gênero tragédia, além de questões que abrangem a leitura estruturalista do texto Hamlet”, explicou o docente, que conta com estudantes bolsistas que lhe auxiliam na exceção do projeto.

A iniciativa envolve estudantes dos diferentes cursos de graduação do Centro de Humanidades, bem como professores da Educação Básica e a comunidade guarabirense. O minicurso se constituirá de três encontros. Os próximos estão marcados para os dias 17 e 24 deste mês, às 19h, no Auditório do CH.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Equipe da extensão

O post Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Criar possibilidades para trabalhar o texto literário de forma lúdica, buscando despertar o hábito e o gosto pela leitura. Esse foi o objetivo principal que impulsionou a idealização do projeto de extensão “Relendo Clássicos: dinâmicas de sala de aula para textos de literatura de língua inglesa”, coordenado pelo professor José Vilian Mangueira, do Departamento de Leia Mais...

O post Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-04-11 13:25:35 [post_date] => 2018-04-11 13:25:35 [post_modified_gmt] => 2018-04-11 13:25:35 [post_modified] => 2018-04-11 13:25:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=39611 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7fbdde4cad10f75c86dde05c77accdb6 [1] => 2569bdca9118203bc9eea5ad26dc3203 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 17 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas

Array ( [post_title] => Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Criar possibilidades para trabalhar o texto literário de forma lúdica, buscando despertar o hábito e o gosto pela leitura. Esse foi o objetivo principal que impulsionou a idealização do projeto de extensão “Relendo Clássicos: dinâmicas de sala de aula para textos de literatura de língua inglesa”, coordenado pelo professor José Vilian Mangueira, do Departamento de Letras do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira.

Como primeira parte do projeto, deu-se a criação do minicurso “A soundtrack for Hamlet: leitura da peça de Shakespeare através de músicas contemporâneas”, cuja atividade inicial aconteceu na noite dessa terça-feira (10), no Auditório do Centro de Humanidades (CH). Para o professor José Vilian, a proposta é oferecer ferramentas de interpretação da peça de William Shakespeare a partir do diálogo com músicas que abordam temáticas semelhantes às que são apresentadas pelo dramaturgo.

“Nesse processo de diálogo, serão discutidos pontos pertinentes quanto ao estudo do gênero tragédia, além de questões que abrangem a leitura estruturalista do texto Hamlet”, explicou o docente, que conta com estudantes bolsistas que lhe auxiliam na exceção do projeto.

A iniciativa envolve estudantes dos diferentes cursos de graduação do Centro de Humanidades, bem como professores da Educação Básica e a comunidade guarabirense. O minicurso se constituirá de três encontros. Os próximos estão marcados para os dias 17 e 24 deste mês, às 19h, no Auditório do CH.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Equipe da extensão

O post Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Criar possibilidades para trabalhar o texto literário de forma lúdica, buscando despertar o hábito e o gosto pela leitura. Esse foi o objetivo principal que impulsionou a idealização do projeto de extensão “Relendo Clássicos: dinâmicas de sala de aula para textos de literatura de língua inglesa”, coordenado pelo professor José Vilian Mangueira, do Departamento de Leia Mais...

O post Minicurso voltado à leitura de peça de Shakespeare inaugura projeto sobre obras clássicas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-04-11 13:25:35 [post_date] => 2018-04-11 13:25:35 [post_modified_gmt] => 2018-04-11 13:25:35 [post_modified] => 2018-04-11 13:25:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=39611 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7fbdde4cad10f75c86dde05c77accdb6 [1] => 2569bdca9118203bc9eea5ad26dc3203 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 17 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => minicurso-voltado-a-leitura-de-peca-de-shakespeare-inaugura-projeto-sobre-obras-classicas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

A comunidade acadêmica do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, já visualiza as mudanças estruturais realizadas no Centro de Humanidades (CH). Todos que percorrem os corredores e têm acesso às salas de aula, sobretudo, professores e estudantes, que diariamente convivem nesses espaços, identificam as melhorias e percebem como elas foram fundamentais para o aperfeiçoamento do processo de ensino-aprendizagem.

Podendo ser definida como um locus de convivência da diversidade, voltado para a troca de experiências, a sala de aula necessita, para cumprir satisfatoriamente sua função, dispor de uma estrutura capaz de proporcionar conforto e bem-estar. Atento a essa questão e atendendo a uma demanda conjunta de professores, estudantes e servidores técnicos administrativos, a Reitoria da UEPB promoveu uma série de reformas no Câmpus III, tendo como objetivo proporcionar condições mais adequadas de trabalho aos professores e ambientes mais favoráveis e seguros para os alunos.

Para o professor Waldeci Ferreira Chagas, diretor do Centro de Humanidades, as atividades acadêmicas, pedagógicas e científicas desempenhadas no CH ganharam mais potencialidade com a melhoria de sua infraestrutura. Segundo o docente, transformações estruturais sempre foram o anseio de todos os segmentos que compõem o câmpus.

“A reforma possibilitou aos estudantes comodidade para assistir aula, e aos professores, melhores condições para ministrar suas aulas, pois 60% das salas estão climatizadas e 90% contam com projetores, destacando, ainda, que já há licitação de mais equipamentos para continuar o processo de melhoria. Assim, o CH avançou e isso é benéfico para toda a comunidade. Esperamos, agora, a construção de outro prédio, para que tenhamos salas voltadas para grupos de estudo e ambientes de professor”, relatou o professor.

Melhorias nas estruturas do câmpus

O programa de reforma ultrapassou os limites da sala de aula e foi estabelecido tendo como base as necessidades de curto, médio e longo prazo. As primeiras melhorias começaram a ser realizadas a partir de maio do ano passado, com a execução do que ficou firmado acerca do que deveria ser modificado de forma urgente, após diálogo entre a Reitoria e os alunos. Assim, de acordo com o administrador do CH, Amarildo Henrique de Lucena, iniciou-se a remoção de todo o teto do prédio principal do Câmpus III para a substituição de madeiras em mau estado, de telhas quebradas e das telhas de cerâmica dos corredores A e B. Em seguida, ocorreu a troca do forro de gesso por PVC dos corredores e das salas de aula de três dos quatro blocos existentes, proporcionado conforto acústico.

Nessa etapa inicial, também foram feitos reparos em todos os banheiros, tendo sido, inclusive, um deles adaptado para atender pessoas com necessidades especiais. O Centro de Humanidades ainda foi contemplado com uma cadeira de rodas motorizada para facilitar a locomoção de estudantes e professores que necessitem desse apoio. Outras pequenas, mas essenciais, modificações se deram: pintura das paredes e portas das salas aula, bem como a colocação de visores nas portas para evitar que sejam abertas desnecessariamente, prejudicando a climatização e contribuindo para uso excessivo de energia. Em breve, serão instalados censores, visando o desligamento automático do ar-condicionado caso a porta fique aberto por mais tempo que o tolerado.

O processo de reforma continuou com a instalação de projetores nas salas de aula e implantação de uma subestação de energia elétrica com capacidade de 300 kilowatts, que deu suporte ao número de ar-condicionado que chegaria em seguida. De acordo com o administrador local, no quesito climatização, foram adquiridos aparelhos de ar-condicionado de 16 mil e 32 mil btus, sendo 14 deles colocados nas sete salas do Bloco A e cinco em salas do Bloco B. Os demais foram destinados ao Laboratório de Cartografia e à Coordenação do Curso de Pedagogia. Amarildo informou que novos aparelhos já se encontram nas dependências do CH para serem instalados nas salas do Bloco D e naquelas do Bloco B que ainda não foram beneficiadas.

Tratando-se de um espaço essencial para a leitura, a Biblioteca Professora Maria do Carmo Miranda não poderia ficar de fora das mudanças. Além de ser contemplado com novos ares-condicionados e armários para guardar volumes, o ambiente contou com a renovação de parte de seu acervo, adquirindo obras que abrangem diversas áreas das Ciências Humanas, com o intuito de facilitar o acesso ao conhecimento e estimular os alunos a buscarem o saber. O Setor de Diploma e Arquivo também recebeu um ar-condicionado, visando à conservação dos documentos institucionais.

Por sua vez, a sala dos professores passou por reformas primordiais, como troca de teto, pintura e instalação elétrica eficaz. Outro ponto que sofreu adequações diz respeito à rede wi-fi, cuja velocidade do acesso melhorou devido à substituição da conexão anterior, que era via rádio, por fibra ótica, estando em andamento a instalação de mais uma antena com o objetivo de melhorar o sinal da área externa. A segurança também foi reforçada com a instalação de câmeras de vigilância em vários pontos e a construção de uma cabine para os vigilantes, que permite uma visão mais ampla do CH.

“Sem dúvidas, a melhoria em termos de conforto e segurança para o desenvolvimento das atividades acadêmicas é primordial. Se ainda não temos a excelência nesse sentido, por outro lado, é visível que estamos trabalhando visando tal objetivo. Entretanto, neste momento, gostaria de contar com todos que fazem parte do Câmpus III para que tenham consciência da necessidade de preservação das conquistas alcançadas, por meio de uma conduta de cidadão. O espaço público é de todos e precisa de cuidados”, disse Amarildo Lucena.

Repercussão entre alunos e professores

O estudante Marco Antônio Dantas de Souza, do 4º período do curso de Direito, contou que antes da reforma, as salas eram muito quentes, havendo apenas dois ventiladores que não funcionavam adequadamente: “Agora, com a instalação do ar-condicionado, consigo me concentrar mais nas aulas, que não sofrem mais interferências externas, já que suas janelas podem permanecer fechadas, evitando barulho”.

Nessa mesma direção, a estudante Maria Cecília Oliveira Vidal de Lucena, do quinto período do Curso de Direito, diz que um ambiente favorável promove uma maior concentração nas aulas: “O estímulo para prestar mais atenção nas explanações dos professores se deu, sem dúvidas, com a melhoria estrutural de nossas salas”.

A mudança também foi percebida pelo professor Antônio Flávio, do Curso de Letras. Segundo ele, a nova estrutura possibilitou uma permanência mais significativa tanto dos alunos quanto dos professores nas salas de aula. “Considerando o clima quente da cidade, na maioria das vezes, os participantes das aulas não suportavam o calor e isso ‘causava’ interferência no processo de ensino-aprendizagem”, comentou o docente.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Romário Farias e Simone Bezerrill

O post Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A comunidade acadêmica do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, já visualiza as mudanças estruturais realizadas no Centro de Humanidades (CH). Todos que percorrem os corredores e têm acesso às salas de aula, sobretudo, professores e estudantes, que diariamente convivem nesses espaços, identificam as melhorias e percebem como elas foram Leia Mais...

O post Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-04-09 18:26:12 [post_date] => 2018-04-09 18:26:12 [post_modified_gmt] => 2018-04-09 18:26:12 [post_modified] => 2018-04-09 18:26:12 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=39579 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => dc6b86e0a8f966d7eb15392c86e66eec [1] => d9b6a939c472890e12e16473b9697c4d ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 13 [4] => 18 [5] => 19 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias-2 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

A comunidade acadêmica do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, já visualiza as mudanças estruturais realizadas no Centro de Humanidades (CH). Todos que percorrem os corredores e têm acesso às salas de aula, sobretudo, professores e estudantes, que diariamente convivem nesses espaços, identificam as melhorias e percebem como elas foram fundamentais para o aperfeiçoamento do processo de ensino-aprendizagem.

Podendo ser definida como um locus de convivência da diversidade, voltado para a troca de experiências, a sala de aula necessita, para cumprir satisfatoriamente sua função, dispor de uma estrutura capaz de proporcionar conforto e bem-estar. Atento a essa questão e atendendo a uma demanda conjunta de professores, estudantes e servidores técnicos administrativos, a Reitoria da UEPB promoveu uma série de reformas no Câmpus III, tendo como objetivo proporcionar condições mais adequadas de trabalho aos professores e ambientes mais favoráveis e seguros para os alunos.

Para o professor Waldeci Ferreira Chagas, diretor do Centro de Humanidades, as atividades acadêmicas, pedagógicas e científicas desempenhadas no CH ganharam mais potencialidade com a melhoria de sua infraestrutura. Segundo o docente, transformações estruturais sempre foram o anseio de todos os segmentos que compõem o câmpus.

“A reforma possibilitou aos estudantes comodidade para assistir aula, e aos professores, melhores condições para ministrar suas aulas, pois 60% das salas estão climatizadas e 90% contam com projetores, destacando, ainda, que já há licitação de mais equipamentos para continuar o processo de melhoria. Assim, o CH avançou e isso é benéfico para toda a comunidade. Esperamos, agora, a construção de outro prédio, para que tenhamos salas voltadas para grupos de estudo e ambientes de professor”, relatou o professor.

Melhorias nas estruturas do câmpus

O programa de reforma ultrapassou os limites da sala de aula e foi estabelecido tendo como base as necessidades de curto, médio e longo prazo. As primeiras melhorias começaram a ser realizadas a partir de maio do ano passado, com a execução do que ficou firmado acerca do que deveria ser modificado de forma urgente, após diálogo entre a Reitoria e os alunos. Assim, de acordo com o administrador do CH, Amarildo Henrique de Lucena, iniciou-se a remoção de todo o teto do prédio principal do Câmpus III para a substituição de madeiras em mau estado, de telhas quebradas e das telhas de cerâmica dos corredores A e B. Em seguida, ocorreu a troca do forro de gesso por PVC dos corredores e das salas de aula de três dos quatro blocos existentes, proporcionado conforto acústico.

Nessa etapa inicial, também foram feitos reparos em todos os banheiros, tendo sido, inclusive, um deles adaptado para atender pessoas com necessidades especiais. O Centro de Humanidades ainda foi contemplado com uma cadeira de rodas motorizada para facilitar a locomoção de estudantes e professores que necessitem desse apoio. Outras pequenas, mas essenciais, modificações se deram: pintura das paredes e portas das salas aula, bem como a colocação de visores nas portas para evitar que sejam abertas desnecessariamente, prejudicando a climatização e contribuindo para uso excessivo de energia. Em breve, serão instalados censores, visando o desligamento automático do ar-condicionado caso a porta fique aberto por mais tempo que o tolerado.

O processo de reforma continuou com a instalação de projetores nas salas de aula e implantação de uma subestação de energia elétrica com capacidade de 300 kilowatts, que deu suporte ao número de ar-condicionado que chegaria em seguida. De acordo com o administrador local, no quesito climatização, foram adquiridos aparelhos de ar-condicionado de 16 mil e 32 mil btus, sendo 14 deles colocados nas sete salas do Bloco A e cinco em salas do Bloco B. Os demais foram destinados ao Laboratório de Cartografia e à Coordenação do Curso de Pedagogia. Amarildo informou que novos aparelhos já se encontram nas dependências do CH para serem instalados nas salas do Bloco D e naquelas do Bloco B que ainda não foram beneficiadas.

Tratando-se de um espaço essencial para a leitura, a Biblioteca Professora Maria do Carmo Miranda não poderia ficar de fora das mudanças. Além de ser contemplado com novos ares-condicionados e armários para guardar volumes, o ambiente contou com a renovação de parte de seu acervo, adquirindo obras que abrangem diversas áreas das Ciências Humanas, com o intuito de facilitar o acesso ao conhecimento e estimular os alunos a buscarem o saber. O Setor de Diploma e Arquivo também recebeu um ar-condicionado, visando à conservação dos documentos institucionais.

Por sua vez, a sala dos professores passou por reformas primordiais, como troca de teto, pintura e instalação elétrica eficaz. Outro ponto que sofreu adequações diz respeito à rede wi-fi, cuja velocidade do acesso melhorou devido à substituição da conexão anterior, que era via rádio, por fibra ótica, estando em andamento a instalação de mais uma antena com o objetivo de melhorar o sinal da área externa. A segurança também foi reforçada com a instalação de câmeras de vigilância em vários pontos e a construção de uma cabine para os vigilantes, que permite uma visão mais ampla do CH.

“Sem dúvidas, a melhoria em termos de conforto e segurança para o desenvolvimento das atividades acadêmicas é primordial. Se ainda não temos a excelência nesse sentido, por outro lado, é visível que estamos trabalhando visando tal objetivo. Entretanto, neste momento, gostaria de contar com todos que fazem parte do Câmpus III para que tenham consciência da necessidade de preservação das conquistas alcançadas, por meio de uma conduta de cidadão. O espaço público é de todos e precisa de cuidados”, disse Amarildo Lucena.

Repercussão entre alunos e professores

O estudante Marco Antônio Dantas de Souza, do 4º período do curso de Direito, contou que antes da reforma, as salas eram muito quentes, havendo apenas dois ventiladores que não funcionavam adequadamente: “Agora, com a instalação do ar-condicionado, consigo me concentrar mais nas aulas, que não sofrem mais interferências externas, já que suas janelas podem permanecer fechadas, evitando barulho”.

Nessa mesma direção, a estudante Maria Cecília Oliveira Vidal de Lucena, do quinto período do Curso de Direito, diz que um ambiente favorável promove uma maior concentração nas aulas: “O estímulo para prestar mais atenção nas explanações dos professores se deu, sem dúvidas, com a melhoria estrutural de nossas salas”.

A mudança também foi percebida pelo professor Antônio Flávio, do Curso de Letras. Segundo ele, a nova estrutura possibilitou uma permanência mais significativa tanto dos alunos quanto dos professores nas salas de aula. “Considerando o clima quente da cidade, na maioria das vezes, os participantes das aulas não suportavam o calor e isso ‘causava’ interferência no processo de ensino-aprendizagem”, comentou o docente.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Romário Farias e Simone Bezerrill

O post Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A comunidade acadêmica do Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado em Guarabira, já visualiza as mudanças estruturais realizadas no Centro de Humanidades (CH). Todos que percorrem os corredores e têm acesso às salas de aula, sobretudo, professores e estudantes, que diariamente convivem nesses espaços, identificam as melhorias e percebem como elas foram Leia Mais...

O post Centro de Humanidades recebe reforma estrutural para melhoria de suas dependências apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-04-09 18:26:12 [post_date] => 2018-04-09 18:26:12 [post_modified_gmt] => 2018-04-09 18:26:12 [post_modified] => 2018-04-09 18:26:12 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=39579 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => dc6b86e0a8f966d7eb15392c86e66eec [1] => d9b6a939c472890e12e16473b9697c4d ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 [3] => 13 [4] => 18 [5] => 19 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-recebe-reforma-estrutural-para-melhoria-de-suas-dependencias-2 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro

Array ( [post_title] => 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o tema “Desafios e perspectivas da ciência geográfica frente ao cenário sociopolítico brasileiro”, tiveram início, nessa segunda-feira (4), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades referentes à 7ª Semana de Geografia (SEMAGEO). Trata-se de um evento que tem a interdisciplinaridade como característica fundamental, predominando a troca de saberes e experiências entre estudantes, professores e pesquisadores de diferentes áreas das Ciências Humanas.

Coordenada pelo Centro Acadêmico de Geografia Professor Milton Santos, em parceria com o Departamento de Geografia do Centro de Humanidades (CH), a iniciativa, que convida a comunidade acadêmica para pensar em possíveis caminhos e propostas que defendam e exerçam uma geografia cidadã, foi prestigiada por diversos docentes do Câmpus III, inclusive pelas professoras Luciene Vieira de Arruda e Ivonildes Fonseca, diretora adjunta do CH, que destacou a importância do evento para o fortalecimento e a ampliação de horizontes conceituais na esfera política.

Pautada por problemáticas que norteiam a conjuntura política contemporânea, a abertura da SEMAGEO se deu com a realização da mesa redonda “Geografia política e geografia no Brasil: os golpes e contra golpes e o neoliberalismo”, que teve como debatedor o professor Matusalém Lima da Silva, que atua na rede estadual de ensino; além dos docentes Agassiz de Almeida Filho e Belarmino Mariano Neto, ambos vinculados, respectivamente, aos Departamentos de Direito e Geografia do Centro de Humanidades.

Em sua explanação, o professor Matusalém tratou sobre o que ele denominou de nova roupagem da política neoliberal e de sua relação com as questões atuais, enfocando também a atuação dos meios de comunicação nesse processo: “A mídia vem desempenhando um papel de manipulação da realidade, ao maquiar números para transparecer uma estabilidade econômica e política, que é meramente aparente”, disse o docente.

Para o professor Agassiz, o contexto político que se vivencia hoje implica em pensar o futuro da Democracia no Brasil, reflexão que dever ter, segundo o docente, como ponto de partida o que ele classificou como “golpe de 2016” e “ruptura do regime democrático”, em referência ao impeachment presidencial ocorrido naquele ano. O professor, que é mestre em Direito Constitucional, considerou que é fundamental, na busca pela saída da crise política e institucional, o envolvimento da sociedade na tomada de decisões e na reconstrução da Democracia. “Não podemos ter Democracia sem a participação popular, esse elemento é essencial para o Estado democrático de direito”, frisou.

Já o Professor Belarmino Mariano Neto compartilhou sua experiência de militante político e seu conhecimento acadêmico ao traçar um quadro histórico das configurações geopolíticas de conjunturas nas quais os direitos e a Democracia se encontravam suspensos. Nessa direção, fez uma abordagem sobre governos militares, redemocratização no Brasil e o que se definiu como golpe no passado e como o conceito poderia ser aplicado aos acontecimentos recentes da história brasileira.

O chefe do Departamento de Geografia, professor Lanusse Tuma, parabenizou o Centro Acadêmico e os professores do Departamento de Geografia pelo empenho para transformar a SEMAGEO em um evento de grande relevância acadêmica e social. “Tem-se uma iniciativa cuja consolidação se torna evidente a cada ano. Com certeza, teremos uma semana produtiva, de muito debate e enriquecimento intelectual, tendo como base a geopolítica e a conjuntura que o Brasil enfrenta no momento”, disse Lanusse.

Por sua vez, o estudante Roberto Borges, um dos representantes do Centro Acadêmico Milton Santos, agradeceu a todos os envolvidos e destacou o grande interesse dos alunos do Centro de Humanidades e de outras instituições para participar do evento, demonstrando, segundo ele, a significância da sétima edição da SEMAGEO.

A programação, que segue até sexta-feira (8), é composta por minicursos, mesas redondas, Grupos de Trabalho e Aula de Campo. Clique aqui e tenha acesso a mais informações.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Jarbelle Bezerra

O post 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Desafios e perspectivas da ciência geográfica frente ao cenário sociopolítico brasileiro”, tiveram início, nessa segunda-feira (4), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades referentes à 7ª Semana de Geografia (SEMAGEO). Trata-se de um evento que tem a interdisciplinaridade como característica fundamental, predominando a troca de Leia Mais...

O post 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-05 18:18:31 [post_date] => 2017-12-05 18:18:31 [post_modified_gmt] => 2017-12-05 18:18:31 [post_modified] => 2017-12-05 18:18:31 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37564 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0fb0def1623bfb6386258770144113fa [1] => b9f857b6b60ee473a1aa829993c8893c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro

Array ( [post_title] => 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o tema “Desafios e perspectivas da ciência geográfica frente ao cenário sociopolítico brasileiro”, tiveram início, nessa segunda-feira (4), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades referentes à 7ª Semana de Geografia (SEMAGEO). Trata-se de um evento que tem a interdisciplinaridade como característica fundamental, predominando a troca de saberes e experiências entre estudantes, professores e pesquisadores de diferentes áreas das Ciências Humanas.

Coordenada pelo Centro Acadêmico de Geografia Professor Milton Santos, em parceria com o Departamento de Geografia do Centro de Humanidades (CH), a iniciativa, que convida a comunidade acadêmica para pensar em possíveis caminhos e propostas que defendam e exerçam uma geografia cidadã, foi prestigiada por diversos docentes do Câmpus III, inclusive pelas professoras Luciene Vieira de Arruda e Ivonildes Fonseca, diretora adjunta do CH, que destacou a importância do evento para o fortalecimento e a ampliação de horizontes conceituais na esfera política.

Pautada por problemáticas que norteiam a conjuntura política contemporânea, a abertura da SEMAGEO se deu com a realização da mesa redonda “Geografia política e geografia no Brasil: os golpes e contra golpes e o neoliberalismo”, que teve como debatedor o professor Matusalém Lima da Silva, que atua na rede estadual de ensino; além dos docentes Agassiz de Almeida Filho e Belarmino Mariano Neto, ambos vinculados, respectivamente, aos Departamentos de Direito e Geografia do Centro de Humanidades.

Em sua explanação, o professor Matusalém tratou sobre o que ele denominou de nova roupagem da política neoliberal e de sua relação com as questões atuais, enfocando também a atuação dos meios de comunicação nesse processo: “A mídia vem desempenhando um papel de manipulação da realidade, ao maquiar números para transparecer uma estabilidade econômica e política, que é meramente aparente”, disse o docente.

Para o professor Agassiz, o contexto político que se vivencia hoje implica em pensar o futuro da Democracia no Brasil, reflexão que dever ter, segundo o docente, como ponto de partida o que ele classificou como “golpe de 2016” e “ruptura do regime democrático”, em referência ao impeachment presidencial ocorrido naquele ano. O professor, que é mestre em Direito Constitucional, considerou que é fundamental, na busca pela saída da crise política e institucional, o envolvimento da sociedade na tomada de decisões e na reconstrução da Democracia. “Não podemos ter Democracia sem a participação popular, esse elemento é essencial para o Estado democrático de direito”, frisou.

Já o Professor Belarmino Mariano Neto compartilhou sua experiência de militante político e seu conhecimento acadêmico ao traçar um quadro histórico das configurações geopolíticas de conjunturas nas quais os direitos e a Democracia se encontravam suspensos. Nessa direção, fez uma abordagem sobre governos militares, redemocratização no Brasil e o que se definiu como golpe no passado e como o conceito poderia ser aplicado aos acontecimentos recentes da história brasileira.

O chefe do Departamento de Geografia, professor Lanusse Tuma, parabenizou o Centro Acadêmico e os professores do Departamento de Geografia pelo empenho para transformar a SEMAGEO em um evento de grande relevância acadêmica e social. “Tem-se uma iniciativa cuja consolidação se torna evidente a cada ano. Com certeza, teremos uma semana produtiva, de muito debate e enriquecimento intelectual, tendo como base a geopolítica e a conjuntura que o Brasil enfrenta no momento”, disse Lanusse.

Por sua vez, o estudante Roberto Borges, um dos representantes do Centro Acadêmico Milton Santos, agradeceu a todos os envolvidos e destacou o grande interesse dos alunos do Centro de Humanidades e de outras instituições para participar do evento, demonstrando, segundo ele, a significância da sétima edição da SEMAGEO.

A programação, que segue até sexta-feira (8), é composta por minicursos, mesas redondas, Grupos de Trabalho e Aula de Campo. Clique aqui e tenha acesso a mais informações.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Jarbelle Bezerra

O post 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Desafios e perspectivas da ciência geográfica frente ao cenário sociopolítico brasileiro”, tiveram início, nessa segunda-feira (4), no Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, as atividades referentes à 7ª Semana de Geografia (SEMAGEO). Trata-se de um evento que tem a interdisciplinaridade como característica fundamental, predominando a troca de Leia Mais...

O post 7ª Semana de Geografia do CH tem início com debate sobre o cenário geopolítico brasileiro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-05 18:18:31 [post_date] => 2017-12-05 18:18:31 [post_modified_gmt] => 2017-12-05 18:18:31 [post_modified] => 2017-12-05 18:18:31 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37564 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0fb0def1623bfb6386258770144113fa [1] => b9f857b6b60ee473a1aa829993c8893c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 7a-semana-de-geografia-do-ch-tem-inicio-com-debate-sobre-o-cenario-geopolitico-brasileiro )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o tema “Direitos fundamentais em crise: reforma trabalhista e construção de cidadãos de segunda categoria”, o Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, promoveu um painel de debates que teve como objetivo principal abordar as consequências que a nova legislação do trabalho traz à vida dos brasileiros. O evento, que aconteceu nessa segunda-feira (27), no auditório do Centro de Humanidades (CH), reuniu professores, estudantes e membros da comunidade em geral.

O debate contou com as contribuições e experiências do professor Davi Teles, da Universidade Ceuma (Centro de Ensino Unificado do Maranhão), bem como dos docentes Agassiz Almeida Filho, Luciana Souto e Antônio Cavalcante, lotados no Departamento de Direito do CH. Todas as abordagens suscitadas se pautaram não apenas pela preocupação com a perda de direitos dos trabalhadores, mas, sobretudo, com a ameaça às conquistas históricas de um Estado de direitos.

O professor Antônio Cavalcante parabenizou o evento e destacou a relevância do debate tanto para a formação dos estudantes do curso de Direito quanto para a sociedade brasileira que, segundo ele, passa por momentos de incertezas. Por sua vez, a professora Luciana Souto levantou diversas questões em torno dos efeitos que as alterações advindas com a reforma trabalhista poderão surtir.

Dentre uma série de pontos cujas modificações atacam substancialmente os direitos fundamentais, a docente destacou a restrição das horas extras, o parcelamento das férias, o trabalho de gestantes em lugares insalubres, assim como a instabilidade e a insegurança de trabalhos intermitentes. Outro quesito ressaltado por Luciana diz respeito à desvantagem que o trabalhador terá na relação que estabelece a prevalência do negociado sobre o legislado.

Ao traçar um quadro histórico acerca das relações trabalhistas no Brasil e no exterior e considerar o trabalho como definidor da história da humanidade, o professor Davi Teles afirmou: “Tenho a impressão de que o que está ocorrendo nas relações produtivas é uma fração dentre um conjunto de estratégias voltadas para destruir um Estado nacional de direitos e, consequentemente, desestabilizar a sociedade brasileira e seu patamar civilizatório”. Em seguida, ele enfatizou: “Precisamos reagir a tudo isso. Como juristas, não podemos nos furtar desse embate”.

Para o professor Agassiz, mestre em Direito Constitucional, “nenhuma palavra pode ser dita sem que seja considerada a dimensão política na qual o país está mergulhado”. Nessa direção, questionou: “O fato das instituições estarem funcionando significa que estamos vivendo na normalidade de uma realidade democrática?”. Baseando-se no teórico alemão Carl Schmitt, ele pondera que não se pode alterar constituições em momentos de instabilidade política e institucional. Tal conduta, segundo ele, pode levar à configuração de um Estado de Exceção.

“Os direitos fundamentais são conquistas históricas das quais não podemos abrir mão. É preciso lutar de todas as maneiras pela preservação da Democracia. Tem-se uma nova lei que restringe direitos sociais e limita o caminho do trabalhador em sua busca pela dignidade humana. A denominação cidadão de segunda categoria não surge apenas porque alguns direitos foram extintos, mas pelo fato de que a extinção desses direitos coloca os trabalhadores submetidos à CLT numa posição diferente daqueles cidadãos que não se vinculam ao regime celetista. Na prática, há uma limitação da cidadania”, explicou o docente, que também é chefe adjunto do Departamento de Direito do CH.

A atividade se tratou de uma iniciativa do Centro Acadêmico de Direito Antônio Cavalcante (CADI), em parceria com o Departamento de Direito do Centro de Humanidades. A ideia foi debater as mudanças e os impactos trazidos pela reforma trabalhista para os brasileiros, apontando as interpretações que norteiam a Lei nº 13.467/2017, que alterou em mais de 100 pontos a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A nova legislação entrou em vigor no último dia 11 de novembro, após ser aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente da República.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Adriano Santos

O post Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Direitos fundamentais em crise: reforma trabalhista e construção de cidadãos de segunda categoria”, o Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, promoveu um painel de debates que teve como objetivo principal abordar as consequências que a nova legislação do trabalho traz à vida dos brasileiros. O evento, que Leia Mais...

O post Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 18:24:18 [post_date] => 2017-11-28 18:24:18 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 18:24:18 [post_modified] => 2017-11-28 18:24:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37148 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 48b2971d1e316de5fa5fd6bb885aa5e8 [1] => bb7471e296299c1ad471c455098c8579 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista

Array ( [post_title] => Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Com o tema “Direitos fundamentais em crise: reforma trabalhista e construção de cidadãos de segunda categoria”, o Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, promoveu um painel de debates que teve como objetivo principal abordar as consequências que a nova legislação do trabalho traz à vida dos brasileiros. O evento, que aconteceu nessa segunda-feira (27), no auditório do Centro de Humanidades (CH), reuniu professores, estudantes e membros da comunidade em geral.

O debate contou com as contribuições e experiências do professor Davi Teles, da Universidade Ceuma (Centro de Ensino Unificado do Maranhão), bem como dos docentes Agassiz Almeida Filho, Luciana Souto e Antônio Cavalcante, lotados no Departamento de Direito do CH. Todas as abordagens suscitadas se pautaram não apenas pela preocupação com a perda de direitos dos trabalhadores, mas, sobretudo, com a ameaça às conquistas históricas de um Estado de direitos.

O professor Antônio Cavalcante parabenizou o evento e destacou a relevância do debate tanto para a formação dos estudantes do curso de Direito quanto para a sociedade brasileira que, segundo ele, passa por momentos de incertezas. Por sua vez, a professora Luciana Souto levantou diversas questões em torno dos efeitos que as alterações advindas com a reforma trabalhista poderão surtir.

Dentre uma série de pontos cujas modificações atacam substancialmente os direitos fundamentais, a docente destacou a restrição das horas extras, o parcelamento das férias, o trabalho de gestantes em lugares insalubres, assim como a instabilidade e a insegurança de trabalhos intermitentes. Outro quesito ressaltado por Luciana diz respeito à desvantagem que o trabalhador terá na relação que estabelece a prevalência do negociado sobre o legislado.

Ao traçar um quadro histórico acerca das relações trabalhistas no Brasil e no exterior e considerar o trabalho como definidor da história da humanidade, o professor Davi Teles afirmou: “Tenho a impressão de que o que está ocorrendo nas relações produtivas é uma fração dentre um conjunto de estratégias voltadas para destruir um Estado nacional de direitos e, consequentemente, desestabilizar a sociedade brasileira e seu patamar civilizatório”. Em seguida, ele enfatizou: “Precisamos reagir a tudo isso. Como juristas, não podemos nos furtar desse embate”.

Para o professor Agassiz, mestre em Direito Constitucional, “nenhuma palavra pode ser dita sem que seja considerada a dimensão política na qual o país está mergulhado”. Nessa direção, questionou: “O fato das instituições estarem funcionando significa que estamos vivendo na normalidade de uma realidade democrática?”. Baseando-se no teórico alemão Carl Schmitt, ele pondera que não se pode alterar constituições em momentos de instabilidade política e institucional. Tal conduta, segundo ele, pode levar à configuração de um Estado de Exceção.

“Os direitos fundamentais são conquistas históricas das quais não podemos abrir mão. É preciso lutar de todas as maneiras pela preservação da Democracia. Tem-se uma nova lei que restringe direitos sociais e limita o caminho do trabalhador em sua busca pela dignidade humana. A denominação cidadão de segunda categoria não surge apenas porque alguns direitos foram extintos, mas pelo fato de que a extinção desses direitos coloca os trabalhadores submetidos à CLT numa posição diferente daqueles cidadãos que não se vinculam ao regime celetista. Na prática, há uma limitação da cidadania”, explicou o docente, que também é chefe adjunto do Departamento de Direito do CH.

A atividade se tratou de uma iniciativa do Centro Acadêmico de Direito Antônio Cavalcante (CADI), em parceria com o Departamento de Direito do Centro de Humanidades. A ideia foi debater as mudanças e os impactos trazidos pela reforma trabalhista para os brasileiros, apontando as interpretações que norteiam a Lei nº 13.467/2017, que alterou em mais de 100 pontos a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A nova legislação entrou em vigor no último dia 11 de novembro, após ser aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente da República.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Adriano Santos

O post Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Direitos fundamentais em crise: reforma trabalhista e construção de cidadãos de segunda categoria”, o Câmpus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira, promoveu um painel de debates que teve como objetivo principal abordar as consequências que a nova legislação do trabalho traz à vida dos brasileiros. O evento, que Leia Mais...

O post Centro de Humanidades promove painel de debates para abordar consequências da reforma trabalhista apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 18:24:18 [post_date] => 2017-11-28 18:24:18 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 18:24:18 [post_modified] => 2017-11-28 18:24:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37148 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CH – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ch/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 48b2971d1e316de5fa5fd6bb885aa5e8 [1] => bb7471e296299c1ad471c455098c8579 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 3 [2] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-humanidades-promove-painel-de-debates-para-abordar-consequencias-da-reforma-trabalhista )