Centros

Centros

Centros da Universidade Estadual da Paraíba

Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica
1 de Fevereiro de 2018

O Laboratório de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), vinculado ao Departamento de Matemática do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Instituição, promoverá uma oficina para alunos e professores voltada ao uso da calculadora científica. A atividade será ministrada pelo professor Jalman Lima, coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil. A oficina Leia Mais...

O post...

Mini cursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos
30 de Janeiro de 2018

Teve início nesta segunda-feira (29) no Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Bodocongó, a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos, promovida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição. O curso conta com um total de 76 inscritos, entre graduandos e pós-graduandos Leia Mais...

O post...

Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas
26 de Janeiro de 2018

O Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro Vocacional Tecnológico Agroecologia e Produção Orgânica: Agrobiodiversidade do Semiárido, divulgou edital de seleção para preenchimento de vagas para bolsistas. Ao todo, estão sendo ofertadas cinco vagas, sendo uma para Iniciação ao Extensionismo, com bolsa no valor de R$ Leia Mais...

O post...

Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas informa sobre local de prova do processo seletivo 2018
22 de Janeiro de 2018

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa aos candidatos inscritos no Processo Seletivo 2018 que a prova de conhecimentos específicos do Mestrado Acadêmico será realizada no dia 29 de janeiro, das 8h30 às 12h30, no Auditório I da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, Leia Mais...

O post...

Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas informa sobre local de prova do processo seletivo 2018
22 de Janeiro de 2018

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa aos candidatos inscritos no Processo Seletivo 2018 que a prova de conhecimentos específicos do Mestrado Acadêmico será realizada no dia 29 de janeiro, das 8h30 às 12h30, no Auditório I da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, Leia Mais...

O post...

Universidade Estadual da Paraíba emite nota de pesar pelo falecimento de estudante do curso de Pedagogia
13 de Janeiro de 2018

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), juntamente com a chefia do Departamento de Pedagogia e em nome de toda a comunidade acadêmica, lamenta com o mais profundo pesar o falecimento do estudante Danrley Breno, ocorrido neste sábado (13). Aluno dedicado, Danrley era considerado um dos melhores alunos do curso pelos professores e Leia Mais...

O post...

Escola Agrotécnica do Cajueiro oferta 120 vagas para matrícula no Curso Técnico em Agropecuária
11 de Janeiro de 2018

Entre os dias 15 e 19 de janeiro, a Escola Agrotécnica do Cajueiro, localizada no Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, estará realizando as matrículas dos interessados em participar do Curso Técnico em Agropecuária, nas modalidades “Integrado ao Ensino Médio” e “Subsequente ao Ensino Médio”. Estão sendo ofertadas 80 Leia Mais...

O post...

Universidade Estadual da Paraíba emite nota de pesar pelo falecimento de ex-professor do CCBS
5 de Janeiro de 2018

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) externa o seu profundo pesar pelo falecimento do professor aposentado Calton Ferreira da Nóbrega, ocorrido nesta quinta-feira (4). Homem íntegro, competente, dinâmico e zeloso, era querido por todos com os quais conviveu na Instituição durante os vários anos que lecionou no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Leia Mais...

O post...

Inscrições para ingresso de graduados no Bacharelado em Educação Física se encerram dia 2 de fevereiro
4 de Janeiro de 2018

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está com inscrições abertas até o dia 2 de fevereiro para os interessados em participar do edital de seleção para ingresso de graduados no curso de Bacharelado em Educação Física, turno integral, no Câmpus I, em Campina Grande. Estão sendo disponibilizadas 50 vagas para Leia Mais...

O post...

Equipamentos produzidos pelo Nutes são entregues às Secretarias de Saúde da Bahia e Rio de Janeiro
2 de Janeiro de 2018

Bahia e Rio de Janeiro foram os primeiros estados a receberem os equipamentos produzidos pela Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), da qual faz parte o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a empresa de dispositivos médicos Lifemed e o Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde Leia Mais...

O post...

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas

Array ( [post_title] => Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas [post_content] =>

O Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro Vocacional Tecnológico Agroecologia e Produção Orgânica: Agrobiodiversidade do Semiárido, divulgou edital de seleção para preenchimento de vagas para bolsistas. Ao todo, estão sendo ofertadas cinco vagas, sendo uma para Iniciação ao Extensionismo, com bolsa no valor de R$ 360; duas para Extensão no País, com bolsa no valor de R$ 1.100; uma em Apoio Técnico em Extensão no País (Bacharelado em Agroecologia), com bolsa de R$ R$ 550; e uma para Apoio Técnico em Extensão no País (Técnico em Agropecuária ou Agroecologia), com bolsa de R$ 400. As bolsas têm validade de 12 meses, podendo ser renovadas.

As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de janeiro, através do e-mail cvtagrobiodiversidadesemiarido@gmail.com. Para se inscrever, basta o candidato enviar cópia do Currículo Lattes (atualizado no sistema do CNPq) indicando a confirmação de chegada do e-mail e informando o perfil desejado. A divulgação do resultado da seleção será no dia 31 de janeiro. Já as entrevistas acontecerão no dia 1º de fevereiro, das 8h às 16h, no Câmpus II da UEPB, localizado no Sítio Imbaúba, S/N, Zona Rural, Lagoa Seca-PB.

A divulgação dos resultados será realizada no dia 2 de fevereiro, por meio do envio de e-mail e ligação telefônica para os selecionados. A implantação das bolsas será realizada a partir do dia 5 do mesmo mês. A seleção tem como objetivo dar suporte e promover ações de Agroecologia e Produção Orgânica, principalmente junto aos territórios paraibanos da Borborema e Cariri Oriental. Um dos critérios de avaliação é o conhecimento em informática (Word, Excel, Power Point).

O bolsista passará por um período de experiência de três meses. Ele também deve apresentar disponibilidade e flexibilidade para viagens e atividades na área de atuação, ter habilidade para trabalhar em equipe, com organizações populares e comunidades rurais e ainda facilidade de se comunicar. Confira o edital da seleção clicando AQUI. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3366-1297.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro Vocacional Tecnológico Agroecologia e Produção Orgânica: Agrobiodiversidade do Semiárido, divulgou edital de seleção para preenchimento de vagas para bolsistas. Ao todo, estão sendo ofertadas cinco vagas, sendo uma para Iniciação ao Extensionismo, com bolsa no valor de R$ Leia Mais...

O post Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-26 15:27:35 [post_date] => 2018-01-26 12:27:35 [post_modified_gmt] => 2018-01-26 15:27:35 [post_modified] => 2018-01-26 12:27:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38217 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 74398c7ebebbf06c9961563eac4e61f4 [1] => a0d71afd869ecf9c305feabae763d2f6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas

Array ( [post_title] => Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas [post_content] =>

O Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro Vocacional Tecnológico Agroecologia e Produção Orgânica: Agrobiodiversidade do Semiárido, divulgou edital de seleção para preenchimento de vagas para bolsistas. Ao todo, estão sendo ofertadas cinco vagas, sendo uma para Iniciação ao Extensionismo, com bolsa no valor de R$ 360; duas para Extensão no País, com bolsa no valor de R$ 1.100; uma em Apoio Técnico em Extensão no País (Bacharelado em Agroecologia), com bolsa de R$ R$ 550; e uma para Apoio Técnico em Extensão no País (Técnico em Agropecuária ou Agroecologia), com bolsa de R$ 400. As bolsas têm validade de 12 meses, podendo ser renovadas.

As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de janeiro, através do e-mail cvtagrobiodiversidadesemiarido@gmail.com. Para se inscrever, basta o candidato enviar cópia do Currículo Lattes (atualizado no sistema do CNPq) indicando a confirmação de chegada do e-mail e informando o perfil desejado. A divulgação do resultado da seleção será no dia 31 de janeiro. Já as entrevistas acontecerão no dia 1º de fevereiro, das 8h às 16h, no Câmpus II da UEPB, localizado no Sítio Imbaúba, S/N, Zona Rural, Lagoa Seca-PB.

A divulgação dos resultados será realizada no dia 2 de fevereiro, por meio do envio de e-mail e ligação telefônica para os selecionados. A implantação das bolsas será realizada a partir do dia 5 do mesmo mês. A seleção tem como objetivo dar suporte e promover ações de Agroecologia e Produção Orgânica, principalmente junto aos territórios paraibanos da Borborema e Cariri Oriental. Um dos critérios de avaliação é o conhecimento em informática (Word, Excel, Power Point).

O bolsista passará por um período de experiência de três meses. Ele também deve apresentar disponibilidade e flexibilidade para viagens e atividades na área de atuação, ter habilidade para trabalhar em equipe, com organizações populares e comunidades rurais e ainda facilidade de se comunicar. Confira o edital da seleção clicando AQUI. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3366-1297.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica (NERA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro Vocacional Tecnológico Agroecologia e Produção Orgânica: Agrobiodiversidade do Semiárido, divulgou edital de seleção para preenchimento de vagas para bolsistas. Ao todo, estão sendo ofertadas cinco vagas, sendo uma para Iniciação ao Extensionismo, com bolsa no valor de R$ Leia Mais...

O post Núcleo de Extensão Rural e Agroecológica do Câmpus II divulga edital de seleção para bolsistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-26 15:27:35 [post_date] => 2018-01-26 12:27:35 [post_modified_gmt] => 2018-01-26 15:27:35 [post_modified] => 2018-01-26 12:27:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38217 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 74398c7ebebbf06c9961563eac4e61f4 [1] => a0d71afd869ecf9c305feabae763d2f6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-extensao-rural-e-agroecologica-do-campus-ii-divulga-edital-de-selecao-para-bolsistas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social

Array ( [post_title] => Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social [post_content] =>

O projeto “Dessalinizador Solar”, coordenador pelo professor Francisco José Loureiro Marinho do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi vencedor do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, na categoria Água e/ou Meio Ambiente. Foram finalistas mais de 700 propostas. A cerimônia de premiação da 9ª edição do prêmio foi realizada no último dia 23 de novembro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. O dessalinizador solar é um projeto do Núcleo de Extensão Rural Agroecológica (NERA) e tem como parceiro a Cooperativa de Trabalho Múltiplo de Apoio às Organizações de Autopromoção (COONAP).

A tecnologia social premiada envolve o processo de dessalinização/desinfecção da água no interior do dessalinizador quando as altas temperaturas provocam a evaporação da água, a qual entra em contato com a superfície (de vidro) resfriada e condensa, voltando ao estado líquido, sem os sais ou contaminantes antes existentes na água. De acordo com o coordenador do projeto, foram desenvolvidas várias atividades com agricultores da região que reafirmaram os benefícios da pesquisa.

“O projeto do dessalinizador solar, além fornecer água potável para agricultores de comunidades dispersas do semiárido, proporciona significativa economia de energia elétrica se for correlacionado à produção de água dessalinizada através de energia solar e através do processo de osmose reversa, além da redução de gases que provocam efeito estufa advindos dos caminhões que transportam água para as comunidades rurais”, destacou o professor Francisco Loureiro.

Clique para exibir o slide.

O modelo do dessalinizador consiste em uma caixa construída com placas pré-moldadas de concreto, com cobertura de vidro, que possibilita a passagem da radiação solar. Com isso, aumenta-se a temperatura dentro do dessalinizador, fazendo com que ocorra a evaporação da água armazenada em uma lona encerada (“lona de caminhão”). Ainda de acordo com o coordenador do projeto, a adesão ao programa tem sido grande, por se tratar de um método simples, de baixo custo, de fácil construção e manutenção.

“Atendemos comunidades em que os moradores eram obrigados a consumir água de poços artesianos com elevado nível de contaminação biológica e química (sais) e que traziam consequentes danos à saúde, ou eram obrigados a caminhar por horas para terem acesso à água potável. Estamos em uma região que chove muito pouco e a nossa luta é que essas famílias continuem sobrevivendo da sua terra. Nosso objetivo é fixar o homem do campo na sua terra com água boa, que atenda as suas necessidades”, declarou o professor.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Divulgação

O post Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O projeto “Dessalinizador Solar”, coordenador pelo professor Francisco José Loureiro Marinho do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi vencedor do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, na categoria Água e/ou Meio Ambiente. Foram finalistas mais de 700 propostas. A cerimônia de premiação da 9ª edição Leia Mais...

O post Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 20:37:56 [post_date] => 2017-11-28 17:37:56 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 20:37:56 [post_modified] => 2017-11-28 17:37:56 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37161 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f5bb12d813c9b1f10e4c7eb317158c07 [1] => be7306a5a78ac643424e026f76ed06e2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social

Array ( [post_title] => Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social [post_content] =>

O projeto “Dessalinizador Solar”, coordenador pelo professor Francisco José Loureiro Marinho do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi vencedor do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, na categoria Água e/ou Meio Ambiente. Foram finalistas mais de 700 propostas. A cerimônia de premiação da 9ª edição do prêmio foi realizada no último dia 23 de novembro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. O dessalinizador solar é um projeto do Núcleo de Extensão Rural Agroecológica (NERA) e tem como parceiro a Cooperativa de Trabalho Múltiplo de Apoio às Organizações de Autopromoção (COONAP).

A tecnologia social premiada envolve o processo de dessalinização/desinfecção da água no interior do dessalinizador quando as altas temperaturas provocam a evaporação da água, a qual entra em contato com a superfície (de vidro) resfriada e condensa, voltando ao estado líquido, sem os sais ou contaminantes antes existentes na água. De acordo com o coordenador do projeto, foram desenvolvidas várias atividades com agricultores da região que reafirmaram os benefícios da pesquisa.

“O projeto do dessalinizador solar, além fornecer água potável para agricultores de comunidades dispersas do semiárido, proporciona significativa economia de energia elétrica se for correlacionado à produção de água dessalinizada através de energia solar e através do processo de osmose reversa, além da redução de gases que provocam efeito estufa advindos dos caminhões que transportam água para as comunidades rurais”, destacou o professor Francisco Loureiro.

Clique para exibir o slide.

O modelo do dessalinizador consiste em uma caixa construída com placas pré-moldadas de concreto, com cobertura de vidro, que possibilita a passagem da radiação solar. Com isso, aumenta-se a temperatura dentro do dessalinizador, fazendo com que ocorra a evaporação da água armazenada em uma lona encerada (“lona de caminhão”). Ainda de acordo com o coordenador do projeto, a adesão ao programa tem sido grande, por se tratar de um método simples, de baixo custo, de fácil construção e manutenção.

“Atendemos comunidades em que os moradores eram obrigados a consumir água de poços artesianos com elevado nível de contaminação biológica e química (sais) e que traziam consequentes danos à saúde, ou eram obrigados a caminhar por horas para terem acesso à água potável. Estamos em uma região que chove muito pouco e a nossa luta é que essas famílias continuem sobrevivendo da sua terra. Nosso objetivo é fixar o homem do campo na sua terra com água boa, que atenda as suas necessidades”, declarou o professor.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Divulgação

O post Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O projeto “Dessalinizador Solar”, coordenador pelo professor Francisco José Loureiro Marinho do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi vencedor do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, na categoria Água e/ou Meio Ambiente. Foram finalistas mais de 700 propostas. A cerimônia de premiação da 9ª edição Leia Mais...

O post Projeto desenvolvido no Câmpus de Lagoa Seca vence Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 20:37:56 [post_date] => 2017-11-28 17:37:56 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 20:37:56 [post_modified] => 2017-11-28 17:37:56 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37161 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f5bb12d813c9b1f10e4c7eb317158c07 [1] => be7306a5a78ac643424e026f76ed06e2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-vence-premio-fundacao-banco-do-brasil-de-tecnologia-social )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba

Array ( [post_title] => Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba [post_content] =>

Produzida de forma ecológica e sem uso de agrotóxicos e venenos, a batatinha é hoje uma das culturas que impulsionam a agricultura familiar no chamado Território da Borborema, gera renda e favorece o desenvolvimento econômico da região. A cultura, que no passado já foi forte e entrou em processo de declínio desde 2013, começou a se reerguer graças a um conjunto de ações realizadas pela Comissão Territorial da Batata, com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA), do Câmpus de Lagoa Seca, notadamente, pelo Núcleo de Extensão Rural Agroecológica por meio do (NERA).

Cerca de 80 agricultores beneficiados pela iniciativa se reuniram nesta quarta-feira (22), no CCAA, para avaliar os efeitos das novas pesquisas e técnicas aplicadas para eliminar as pragas que atacam a batatinha, receber informações e planejar estratégias e ações para 2018. O 2º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica foi pensado e organizado pelo NERA da UEPB, em parceria com a Comissão Territorial da Batata Agroecológica. O evento reuniu, além dos agricultores, pesquisadores da área, estudantes e representantes dos órgãos parceiros, a exemplo da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) e Banco do Nordeste.

As boas vindas aos participantes foram dadas pelo diretor do Câmpus II, professor Suenildo Oliveira Costa, e pelo diretor da Escola Agrícola Assis Chateaubriand, professor José Félix. O diretor colocou, inclusive, o Complexo Agroindustrial, instalado no local, à disposição dos agricultores para processar a batatinha. Compuseram a mesa de abertura e apresentaram relatos de experiências bem sucedidas na área, a professora a coordenadora do NERA/UEPB, Élida Correia; o pesquisador Emanoel Dias, representante do AS-PTA (Agricultura Familiar e Agroecologia); o sindicalista Nelson Anacleton, que representou o Polo Sindical da Borborema; o secretário Benério Araújo, representando a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário da Paraíba (SEDAP); e José Vicente, que representou o BNB.

Inicialmente foi realizada uma mesa redonda sobre a importância da batata ecológica para a região. Após a atividade foram realizadas três oficinas destinadas aos agricultores com os temas “Manejo e Fertilidades do Solo”, “Doenças” e “Qualidade da Batata Sementes”. A ideia foi fornecer mais conhecimento técnico e científico aos agricultores, para ampliar a produção de batatinha nas próximas safras. “É uma produção que vem ganhando escala no Território da Borborema e, recentemente, nós começamos a realizar pesquisas com o apoio da Universidade para melhorar essa cultura e fortalecer a agricultura familiar”, destacou Emanoel Dias, representante do AS-PTA e um dos organizadores do evento.

Emanoel garantiu que o trabalho desenvolvido pela Associação, com apoio da UEPB, tem fortalecido a segurança alimentar das famílias e assegurado a fixação dos agricultores no campo. Mesmo a região tendo atravessado cinco anos de seca, os agricultores conseguiram manter a produção de batatinha. Em média, cada agricultor chega a produzir até sete toneladas de batatinha por ano, sempre com o acompanhamento do NERA da UEPB. Esse número, segundo avaliação de Emanoel, ainda é pequeno, mas deve aumentar com as novas iniciativas.

Em todo Território da Borborema, 68 famílias produzem batatinhas atualmente, sendo que no passado esse número chegou a 100, tendo sido reduzido devido às irregularidades das chuvas e a falta de incentivo dos poderes públicos. O representante do AS-PTA destacou que a principal ação do projeto é garantir um produto saudável, livre de veneno e agrotóxico, que vem sendo fundamental para as melhorias das condições dos agricultores e agricultoras da região.

Quando o assunto é pesquisa e fornecimento de conhecimento técnico e científico, entra o Núcleo de Extensão Rural Agroecológica da UEPB. Desde o ano de 2013 o NERA se tornou parceiro da Comissão Territorial da Batata Agroecológica e tem contribuído no processo de revitalização da batata agroecológica. A professora Élida Correia, que coordena um projeto concebido dentro do programa de extensão “Agroecologia e o diálogo de saberes na Universidade”, disse que o trabalho tem ajudado a mudar a realidade. Ela conta que a iniciativa “Capacitação de agricultores no cultivo da batatinha agroecológica quanto ao manejo de pragas e doenças” nasceu a partir de uma demanda dos próprios agricultores que estavam sofrendo danos econômicos devido à incidência de doenças nos campos de produção de batata agroecológica.

O primeiro passo foi reunir estudantes dos cursos de Agroecologia e técnico em Agropecuária do Câmpus II e desenvolver estudo para identificar as pragas que atacavam a batatinha. Um diagnóstico das pragas e doenças que ocorrem nos campos de produção de batata agroecológica do agreste paraibano foi feito e os agricultores receberam capacitação quanto ao manejo ecológico delas. Algumas técnicas alternativas foram aplicadas e os resultados foram além do esperado. A apresentação de novas medidas de manejo ecológico permitiu aos agricultores combater as pragas e manter a produção. No entanto, a professora reconhece que ainda é preciso avançar nas pesquisas. A próxima etapa dos trabalhos será uma visita de campo nas propriedades rurais.

Robson Alves Gertrudes é produtor de batatinha agroecológica desde 1998. Ele destacou que a cultura vem passando por um processo de revitalização desde a instalação da Comissão, com o apoio do NERA. Robson produz 14 toneladas de batatinha por ano e 40 toneladas de batata-doce, sem contar outras culturas. “Um seminário como esse é muito importante para adquirirmos mais conhecimentos”, frisou.

Como representante do Polo Sindical da região, Nelson Anacleto traçou um histórico da batatinha na região e disse que a academia tem dado grande contribuição para alavancar o setor. O secretário Benério Araújo, da SEDAP, disse que o maior desafio da Secretaria é tornar a Paraíba o maior produtor de batatinha do país. Já José Vicente garantiu qu

Clique para exibir o slide.

e o Banco do Nordeste continua sendo o maior financiador de empréstimos para os produtores rurais. O seminário contou ainda com a apresentação do resultado do monitoramento da produção da batata ecológica deste ano e planejamento das ações para 2018.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

O post Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Produzida de forma ecológica e sem uso de agrotóxicos e venenos, a batatinha é hoje uma das culturas que impulsionam a agricultura familiar no chamado Território da Borborema, gera renda e favorece o desenvolvimento econômico da região. A cultura, que no passado já foi forte e entrou em processo de declínio desde 2013, começou a Leia Mais...

O post Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-22 21:47:20 [post_date] => 2017-11-22 18:47:20 [post_modified_gmt] => 2017-11-22 21:47:20 [post_modified] => 2017-11-22 18:47:20 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37006 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f975ca84504d8a45ee337551e6790c51 [1] => 05d5d5c956205c65d53ac3e8fd7d5093 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba

Array ( [post_title] => Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba [post_content] =>

Produzida de forma ecológica e sem uso de agrotóxicos e venenos, a batatinha é hoje uma das culturas que impulsionam a agricultura familiar no chamado Território da Borborema, gera renda e favorece o desenvolvimento econômico da região. A cultura, que no passado já foi forte e entrou em processo de declínio desde 2013, começou a se reerguer graças a um conjunto de ações realizadas pela Comissão Territorial da Batata, com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA), do Câmpus de Lagoa Seca, notadamente, pelo Núcleo de Extensão Rural Agroecológica por meio do (NERA).

Cerca de 80 agricultores beneficiados pela iniciativa se reuniram nesta quarta-feira (22), no CCAA, para avaliar os efeitos das novas pesquisas e técnicas aplicadas para eliminar as pragas que atacam a batatinha, receber informações e planejar estratégias e ações para 2018. O 2º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica foi pensado e organizado pelo NERA da UEPB, em parceria com a Comissão Territorial da Batata Agroecológica. O evento reuniu, além dos agricultores, pesquisadores da área, estudantes e representantes dos órgãos parceiros, a exemplo da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) e Banco do Nordeste.

As boas vindas aos participantes foram dadas pelo diretor do Câmpus II, professor Suenildo Oliveira Costa, e pelo diretor da Escola Agrícola Assis Chateaubriand, professor José Félix. O diretor colocou, inclusive, o Complexo Agroindustrial, instalado no local, à disposição dos agricultores para processar a batatinha. Compuseram a mesa de abertura e apresentaram relatos de experiências bem sucedidas na área, a professora a coordenadora do NERA/UEPB, Élida Correia; o pesquisador Emanoel Dias, representante do AS-PTA (Agricultura Familiar e Agroecologia); o sindicalista Nelson Anacleton, que representou o Polo Sindical da Borborema; o secretário Benério Araújo, representando a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário da Paraíba (SEDAP); e José Vicente, que representou o BNB.

Inicialmente foi realizada uma mesa redonda sobre a importância da batata ecológica para a região. Após a atividade foram realizadas três oficinas destinadas aos agricultores com os temas “Manejo e Fertilidades do Solo”, “Doenças” e “Qualidade da Batata Sementes”. A ideia foi fornecer mais conhecimento técnico e científico aos agricultores, para ampliar a produção de batatinha nas próximas safras. “É uma produção que vem ganhando escala no Território da Borborema e, recentemente, nós começamos a realizar pesquisas com o apoio da Universidade para melhorar essa cultura e fortalecer a agricultura familiar”, destacou Emanoel Dias, representante do AS-PTA e um dos organizadores do evento.

Emanoel garantiu que o trabalho desenvolvido pela Associação, com apoio da UEPB, tem fortalecido a segurança alimentar das famílias e assegurado a fixação dos agricultores no campo. Mesmo a região tendo atravessado cinco anos de seca, os agricultores conseguiram manter a produção de batatinha. Em média, cada agricultor chega a produzir até sete toneladas de batatinha por ano, sempre com o acompanhamento do NERA da UEPB. Esse número, segundo avaliação de Emanoel, ainda é pequeno, mas deve aumentar com as novas iniciativas.

Em todo Território da Borborema, 68 famílias produzem batatinhas atualmente, sendo que no passado esse número chegou a 100, tendo sido reduzido devido às irregularidades das chuvas e a falta de incentivo dos poderes públicos. O representante do AS-PTA destacou que a principal ação do projeto é garantir um produto saudável, livre de veneno e agrotóxico, que vem sendo fundamental para as melhorias das condições dos agricultores e agricultoras da região.

Quando o assunto é pesquisa e fornecimento de conhecimento técnico e científico, entra o Núcleo de Extensão Rural Agroecológica da UEPB. Desde o ano de 2013 o NERA se tornou parceiro da Comissão Territorial da Batata Agroecológica e tem contribuído no processo de revitalização da batata agroecológica. A professora Élida Correia, que coordena um projeto concebido dentro do programa de extensão “Agroecologia e o diálogo de saberes na Universidade”, disse que o trabalho tem ajudado a mudar a realidade. Ela conta que a iniciativa “Capacitação de agricultores no cultivo da batatinha agroecológica quanto ao manejo de pragas e doenças” nasceu a partir de uma demanda dos próprios agricultores que estavam sofrendo danos econômicos devido à incidência de doenças nos campos de produção de batata agroecológica.

O primeiro passo foi reunir estudantes dos cursos de Agroecologia e técnico em Agropecuária do Câmpus II e desenvolver estudo para identificar as pragas que atacavam a batatinha. Um diagnóstico das pragas e doenças que ocorrem nos campos de produção de batata agroecológica do agreste paraibano foi feito e os agricultores receberam capacitação quanto ao manejo ecológico delas. Algumas técnicas alternativas foram aplicadas e os resultados foram além do esperado. A apresentação de novas medidas de manejo ecológico permitiu aos agricultores combater as pragas e manter a produção. No entanto, a professora reconhece que ainda é preciso avançar nas pesquisas. A próxima etapa dos trabalhos será uma visita de campo nas propriedades rurais.

Robson Alves Gertrudes é produtor de batatinha agroecológica desde 1998. Ele destacou que a cultura vem passando por um processo de revitalização desde a instalação da Comissão, com o apoio do NERA. Robson produz 14 toneladas de batatinha por ano e 40 toneladas de batata-doce, sem contar outras culturas. “Um seminário como esse é muito importante para adquirirmos mais conhecimentos”, frisou.

Como representante do Polo Sindical da região, Nelson Anacleto traçou um histórico da batatinha na região e disse que a academia tem dado grande contribuição para alavancar o setor. O secretário Benério Araújo, da SEDAP, disse que o maior desafio da Secretaria é tornar a Paraíba o maior produtor de batatinha do país. Já José Vicente garantiu qu

Clique para exibir o slide.

e o Banco do Nordeste continua sendo o maior financiador de empréstimos para os produtores rurais. O seminário contou ainda com a apresentação do resultado do monitoramento da produção da batata ecológica deste ano e planejamento das ações para 2018.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

O post Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Produzida de forma ecológica e sem uso de agrotóxicos e venenos, a batatinha é hoje uma das culturas que impulsionam a agricultura familiar no chamado Território da Borborema, gera renda e favorece o desenvolvimento econômico da região. A cultura, que no passado já foi forte e entrou em processo de declínio desde 2013, começou a Leia Mais...

O post Produtores e pesquisadores discutem estratégias para impulsionar cultivo de batata agroecológica na Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-22 21:47:20 [post_date] => 2017-11-22 18:47:20 [post_modified_gmt] => 2017-11-22 21:47:20 [post_modified] => 2017-11-22 18:47:20 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37006 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f975ca84504d8a45ee337551e6790c51 [1] => 05d5d5c956205c65d53ac3e8fd7d5093 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => produtores-e-pesquisadores-discutem-estrategias-para-impulsionar-cultivo-de-batata-agroecologica-na-paraiba )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica

Array ( [post_title] => Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica [post_content] =>

Uma experiência exitosa de plantio de batata agroecológica, desenvolvida no Território da Borborema com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) do Câmpus II, de Lagoa Seca, tem impulsionado a economia local e fortalecido a agricultura familiar.

Para socializar os resultados das novas pesquisas do projeto, fazer um balanço sobre os trabalhos em andamento e planejar as atividades para 2018, a UEPB, através do Núcleo de Extensão Rural Agroecológica por meio do (NERA), em parceria com a Comissão Territorial da Batata Agroecológica no trabalho de Revitalização da Batata Agroecológica e com a AS-PTA/Polo da Borborema, realiza nesta quarta-feira (22), o 2º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica, que conta com apoio do Banco do Nordeste.

O evento acontecerá no CCAA, a partir das 8h30, e reunirá estudantes, professores, produtores de batata, integrantes da Comissão Territorial da Batata Agroecológica e representantes da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), entre outros órgãos.

Desde o ano de 2014 a UEPB, por meio do NERA, é parceira da Comissão Territorial da Batata Agroecológica no trabalho de Revitalização da Batata Agroecológica. A Comissão é formada pela AS-PTA (Agricultura Familiar e Agroecologia), Polo Sindical da Borborema, EMATER, EMEPA, Banco do Nordeste, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário da Paraíba (SEDAP) e Universidade Estadual da Paraíba.

A Comissão Territorial vem acompanhando todo o processo de revitalização da batata agroecológica. O objetivo é construir uma abordagem participativa em todo o processo de negociação política no trabalho, fortalecendo a formação das famílias agricultoras, produção, comercialização e planejamento das próximas etapas, inclusive repensando como adquirir outras variedades de batata importantes para região da Borborema

O projeto do NERA/UEPB, coordenado pela professora Élida Correa, faz parte do programa de extensão “Agroecologia e o diálogo de saberes na universidade: ações do núcleo de extensão rural agroecológica em territórios paraibanos (NERA)”. A iniciativa intitulada “Capacitação de agricultores no cultivo da batatinha agroecológica quanto ao manejo de pragas e doenças” vem realizando o diagnóstico das pragas e doenças que ocorrem nos campos de produção de batata agroecológica do agreste paraibano e a capacitação quanto ao manejo ecológico das pragas e doenças.

Essa açãosurgiu a partir da demanda das famílias agricultoras que estavam sofrendo danos econômicos devido à incidência de doenças nos campos de produção de batata agroecológica. O 1º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica foi realizado em 2015, no Convento Ipuarana, em Lagoa Seca, com o objetivo de fazer um balanço sobre os impactos da revitalização da batata agroecológica na região.

Texto: Severino Lopes

O post Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma experiência exitosa de plantio de batata agroecológica, desenvolvida no Território da Borborema com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) do Câmpus II, de Lagoa Seca, tem impulsionado a economia local e fortalecido a agricultura familiar. Para socializar os resultados das novas pesquisas do projeto, Leia Mais...

O post Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-21 14:43:47 [post_date] => 2017-11-21 11:43:47 [post_modified_gmt] => 2017-11-21 14:43:47 [post_modified] => 2017-11-21 11:43:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36943 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cebbfbbee9f07914035cffb3b3a61efc [1] => 12d8e8ea8d13ac389de6a37ea51bd7ad ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica

Array ( [post_title] => Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica [post_content] =>

Uma experiência exitosa de plantio de batata agroecológica, desenvolvida no Território da Borborema com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) do Câmpus II, de Lagoa Seca, tem impulsionado a economia local e fortalecido a agricultura familiar.

Para socializar os resultados das novas pesquisas do projeto, fazer um balanço sobre os trabalhos em andamento e planejar as atividades para 2018, a UEPB, através do Núcleo de Extensão Rural Agroecológica por meio do (NERA), em parceria com a Comissão Territorial da Batata Agroecológica no trabalho de Revitalização da Batata Agroecológica e com a AS-PTA/Polo da Borborema, realiza nesta quarta-feira (22), o 2º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica, que conta com apoio do Banco do Nordeste.

O evento acontecerá no CCAA, a partir das 8h30, e reunirá estudantes, professores, produtores de batata, integrantes da Comissão Territorial da Batata Agroecológica e representantes da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), entre outros órgãos.

Desde o ano de 2014 a UEPB, por meio do NERA, é parceira da Comissão Territorial da Batata Agroecológica no trabalho de Revitalização da Batata Agroecológica. A Comissão é formada pela AS-PTA (Agricultura Familiar e Agroecologia), Polo Sindical da Borborema, EMATER, EMEPA, Banco do Nordeste, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário da Paraíba (SEDAP) e Universidade Estadual da Paraíba.

A Comissão Territorial vem acompanhando todo o processo de revitalização da batata agroecológica. O objetivo é construir uma abordagem participativa em todo o processo de negociação política no trabalho, fortalecendo a formação das famílias agricultoras, produção, comercialização e planejamento das próximas etapas, inclusive repensando como adquirir outras variedades de batata importantes para região da Borborema

O projeto do NERA/UEPB, coordenado pela professora Élida Correa, faz parte do programa de extensão “Agroecologia e o diálogo de saberes na universidade: ações do núcleo de extensão rural agroecológica em territórios paraibanos (NERA)”. A iniciativa intitulada “Capacitação de agricultores no cultivo da batatinha agroecológica quanto ao manejo de pragas e doenças” vem realizando o diagnóstico das pragas e doenças que ocorrem nos campos de produção de batata agroecológica do agreste paraibano e a capacitação quanto ao manejo ecológico das pragas e doenças.

Essa açãosurgiu a partir da demanda das famílias agricultoras que estavam sofrendo danos econômicos devido à incidência de doenças nos campos de produção de batata agroecológica. O 1º Seminário Revitalização da Batata Agroecológica foi realizado em 2015, no Convento Ipuarana, em Lagoa Seca, com o objetivo de fazer um balanço sobre os impactos da revitalização da batata agroecológica na região.

Texto: Severino Lopes

O post Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma experiência exitosa de plantio de batata agroecológica, desenvolvida no Território da Borborema com apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) do Câmpus II, de Lagoa Seca, tem impulsionado a economia local e fortalecido a agricultura familiar. Para socializar os resultados das novas pesquisas do projeto, Leia Mais...

O post Núcleo de Extensão Rural do Câmpus II da UEPB promove seminário sobre revitalização da batata agroecológica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-21 14:43:47 [post_date] => 2017-11-21 11:43:47 [post_modified_gmt] => 2017-11-21 14:43:47 [post_modified] => 2017-11-21 11:43:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36943 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cebbfbbee9f07914035cffb3b3a61efc [1] => 12d8e8ea8d13ac389de6a37ea51bd7ad ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-extensao-rural-do-campus-ii-da-uepb-promove-seminario-sobre-revitalizacao-da-batata-agroecologica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano

Array ( [post_title] => Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), instalada no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, promoveu no último dia 27 de outubro o peixamento do açude da Instituição e a distribuição de alevinos de tilápia com os produtores rurais da região. A ação foi realizada durante a Mostra Pedagógica Agrotec 2017, em parceria com a Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa).

De acordo com o diretor da Escola Agrícola, professor José Félix, o peixamento consiste na colocação de peixes no meio aquático e o consequente povoamento de açudes, cacimbas, poços e tanques com alevinos. Para isso, a Empasa fez a doação de mais de dois mil alevinos com o objetivo de proporcionar a criação de peixes para as aulas práticas de filetagem (processamento para produção de filés) e produção de polpa de peixe no curso técnico em Agroindústria, assim como atender a demanda do refeitório.

Na ocasião, os agricultores que prestigiaram a Agrotec e comprovaram que tinham açude ou barreiro para criação dos peixes também receberam os alevinos. Esta ação da EAAC cumpre um papel social e econômico junto aos agricultores da região de Lagoa Seca. Professor Félix lembrou que 2016 foi um ano de crise hídrica severa, no qual o açude secou e os servidores tiveram que fazer uma grande limpeza na área. Com as chuvas, desde maio deste ano vem ocorrendo um acúmulo satisfatório de água, bem como a possibilidade de desenvolvimento das atividades em piscicultura.

“As tilápias são espécies bem adaptadas à região, têm boa produtividade, são resistentes a muitas doenças e a Empasa possui grande quantidade para distribuição”, acrescentou José Félix, justificando que dentro de seis a oito meses, a UEPB pretende receber uma nova remessa de peixes, para manutenção do peixamento no açude e nova distribuição entre a população.

Polpa de peixe

Demonstrando preocupação com a utilização integral dos peixes pela Agroindústria do Câmpus II, após o filetamento das tilápias, toda a parte que seria descartada, como cabeça, carcaça e vísceras, passará por equipamentos específicos e será transformado em um alimento processado, a “polpa de peixe”, que detém propriedades funcionais e poderá ser preparada de diversas maneiras. A iniciativa permite um melhor aproveitamento do pescado, diminuindo o desperdício, e gera um novo produto a ser fornecido no refeitório da Instituição e, quem sabe futuramente, possa ser comercializado pelo mercado.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), instalada no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, promoveu no último dia 27 de outubro o peixamento do açude da Instituição e a distribuição de alevinos de tilápia com os produtores rurais da região. A ação foi realizada durante Leia Mais...

O post Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-31 12:41:40 [post_date] => 2017-10-31 09:41:40 [post_modified_gmt] => 2017-10-31 12:41:40 [post_modified] => 2017-10-31 09:41:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36581 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 32a81e3b4175a81d1f0787c64355d321 [1] => 347a625becb3282ac1e1dfa600ccdbe5 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano

Array ( [post_title] => Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), instalada no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, promoveu no último dia 27 de outubro o peixamento do açude da Instituição e a distribuição de alevinos de tilápia com os produtores rurais da região. A ação foi realizada durante a Mostra Pedagógica Agrotec 2017, em parceria com a Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa).

De acordo com o diretor da Escola Agrícola, professor José Félix, o peixamento consiste na colocação de peixes no meio aquático e o consequente povoamento de açudes, cacimbas, poços e tanques com alevinos. Para isso, a Empasa fez a doação de mais de dois mil alevinos com o objetivo de proporcionar a criação de peixes para as aulas práticas de filetagem (processamento para produção de filés) e produção de polpa de peixe no curso técnico em Agroindústria, assim como atender a demanda do refeitório.

Na ocasião, os agricultores que prestigiaram a Agrotec e comprovaram que tinham açude ou barreiro para criação dos peixes também receberam os alevinos. Esta ação da EAAC cumpre um papel social e econômico junto aos agricultores da região de Lagoa Seca. Professor Félix lembrou que 2016 foi um ano de crise hídrica severa, no qual o açude secou e os servidores tiveram que fazer uma grande limpeza na área. Com as chuvas, desde maio deste ano vem ocorrendo um acúmulo satisfatório de água, bem como a possibilidade de desenvolvimento das atividades em piscicultura.

“As tilápias são espécies bem adaptadas à região, têm boa produtividade, são resistentes a muitas doenças e a Empasa possui grande quantidade para distribuição”, acrescentou José Félix, justificando que dentro de seis a oito meses, a UEPB pretende receber uma nova remessa de peixes, para manutenção do peixamento no açude e nova distribuição entre a população.

Polpa de peixe

Demonstrando preocupação com a utilização integral dos peixes pela Agroindústria do Câmpus II, após o filetamento das tilápias, toda a parte que seria descartada, como cabeça, carcaça e vísceras, passará por equipamentos específicos e será transformado em um alimento processado, a “polpa de peixe”, que detém propriedades funcionais e poderá ser preparada de diversas maneiras. A iniciativa permite um melhor aproveitamento do pescado, diminuindo o desperdício, e gera um novo produto a ser fornecido no refeitório da Instituição e, quem sabe futuramente, possa ser comercializado pelo mercado.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), instalada no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, promoveu no último dia 27 de outubro o peixamento do açude da Instituição e a distribuição de alevinos de tilápia com os produtores rurais da região. A ação foi realizada durante Leia Mais...

O post Escola Agrícola realiza ação de peixamento e distribuição de alevinos para agricultores do Brejo paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-31 12:41:40 [post_date] => 2017-10-31 09:41:40 [post_modified_gmt] => 2017-10-31 12:41:40 [post_modified] => 2017-10-31 09:41:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36581 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 32a81e3b4175a81d1f0787c64355d321 [1] => 347a625becb3282ac1e1dfa600ccdbe5 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-realiza-acao-de-peixamento-e-distribuicao-de-alevinos-para-agricultores-do-brejo-paraibano )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras

Array ( [post_title] => Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de extensão desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, pretende auxiliar os agricultores a aturarem no controle de uma praga que tem atacado a cultura da bananeira na região. Coordenado pelo professor Suenildo Jósemo Costa Oliveira, do Departamento de Agroecologia e Agropecuária do Câmpus II, o projeto tem como objetivo fazer práticas de controle do Moleque da Bananeira (cosmopolites sordidus) junto aos agricultores.

Intitulado “Diagnóstico e controle agroecológico do cosmopolites sordidus germar em pomares de banana em Lagoa Seca”, o projeto nasceu após um professor e estudantes do Departamento de Agroecologia identificarem que a praga estava ameaçando os pomares de bananeiras do Câmpus II e da região. Além do professor Suenildo, dois estudantes atuam no projeto.

Para desenvolver a ação de extensão foi preciso observar e estudar o índice de cosmopolites sordidus infestando os pomares. Alunos do CCAA residentes no município relataram casos da presença dessa praga em pomares da região. Segundo o professor Suenildo, essa praga pode comprometer a cultura das bananeiras e afetar a economia local. A primeira ação do projeto será uma visita técnica aos agricultores da localidade “Amaragi”, onde se concentram os maiores pomares de banana de Lagoa Seca.

Professor Suenildo fez recentemente uma visita ao Sindicato dos Produtores Rurais de Lagoa Seca, onde detalhou o projeto. O Sindicato apresentou uma lista com o nome de oito produtores que vêm sofrendo com os ataques do “moleque” em seus plantios de bananeiras. “Vamos visitar alguns produtores e mostrar como é possível controlar essa praga diminuindo a sua infestação na região”, relatou, acrescentando que a proposta da UEPB é buscar alternativas agroecológicas para suprimir a infestação do cosmopolites sordidus nos pomares da região. Os bananicultores têm os pomares como fonte de renda e necessitam de conhecimentos sobre o controle do cosmopolites sordidus de forma sustentável, ou seja, sem o uso de produtos nocivos ao meio ambiente.

O projeto de extensão tem uma relevância social, econômica e ambiental por tornar a UEPB visível aos agricultores e eles saberem que podem contar com a Instituição para solucionar os problemas fitossanitários de suas culturas agrícolas. Futuramente, os agricultores farão visitas ao Câmpus, onde buscarão informações técnicas que ajudarão no combate da praga. O horário de atendimento à comunidade será controlado e organizado. “Como temos discentes atuando, e devido à carga de trabalho ser alta, optamos por fazer encontros semestrais com os agricultores, em um dia apenas e em horário da manhã. Lembrando que os agricultores quase sempre têm sua agenda de tarefas em suas propriedades bastante cheias”, explicou o professor.

Ao destacar a importância do projeto, o bolsista Alexandre Eugênio da Silva, graduando do Bacharelado em Agroecologia no CCAA, frisa que a iniciativa é de suma importância, pois possibilita aos estudantes colocarem em prática todo conhecimento adquirido, através da literatura de como diagnosticar para posteriormente fazer o controle utilizando bases agroecológicas do artrópode cosmopolites sordidus. “Pude descobrir técnicas alternativas de controle e com isso transmitir o conhecimento adquirido para os agricultores, tornando a cultura da banana livre desta praga, prolongando a vida útil do pomar”, destacou.

Já o voluntário do projeto, Ângelo Túlio de Araújo Maia, também graduando do Bacharelado em Agroecologia, colocou que, como voluntário do projeto, entende que a iniciativa vem agregar conhecimento e possibilitar o entrosamento com os agricultores de Lagoa Seca, o que aumenta não só o conhecimento teórico, bem como o prático, uma vez que o agroecólogo necessita desta interação para poder compreender melhor os agricultores com suas reais necessidades. “Este projeto vem auxiliar o agricultor a controlar o ‘moleque da bananeira’ de forma que não haja a necessidade de obtenção de nenhum material adquirido externamente, o que facilita o controle, através do agricultor”, frisou.

Com relação aos impactos da ação de extensão na comunidade, Suenildo Jósemo avaliou que “é sempre gratificante ver que os conhecimentos técnicos passados ao público-alvo são bem aceitos e que o envolvimento por parte da comunidade e dos alunos é altamente positivo. A receptividade é um fator preponderante na avaliação de nossa equipe e sempre estamos revendo os prós e contras de nossas ações para, assim, buscarmos um aperfeiçoamento na transmissão de técnicas agronômicas”.

No Brasil a banana é o principal produto frutífero, correspondendo a 21,9 % do total nacional. O Nordeste destaca-se como a principal região produtora de banana do país, contribuindo com aproximadamente 41,2% da área cultivada. A Paraíba é o quarto produtor de banana da região Nordeste, sendo que a microrregião do Brejo (Alagoa Grande, Alagoa Nova, Areia, Bananeiras, Borborema, Matinhas, Pilões e Serraria) contribui com aproximadamente 67,4% da produção estadual.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, pretende auxiliar os agricultores a aturarem no controle de uma praga que tem atacado a cultura da bananeira na região. Coordenado pelo professor Suenildo Jósemo Costa Oliveira, do Departamento de Agroecologia e Agropecuária do Leia Mais...

O post Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-30 15:08:04 [post_date] => 2017-10-30 12:08:04 [post_modified_gmt] => 2017-10-30 15:08:04 [post_modified] => 2017-10-30 12:08:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36550 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 708e5a0f6be8695b9a583310151e47e7 [1] => 5e5c5cab4add85b027120532f2efdaeb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-ii-ajuda-produtores-a-combater-pragas-em-bananeiras )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras

Array ( [post_title] => Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de extensão desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, pretende auxiliar os agricultores a aturarem no controle de uma praga que tem atacado a cultura da bananeira na região. Coordenado pelo professor Suenildo Jósemo Costa Oliveira, do Departamento de Agroecologia e Agropecuária do Câmpus II, o projeto tem como objetivo fazer práticas de controle do Moleque da Bananeira (cosmopolites sordidus) junto aos agricultores.

Intitulado “Diagnóstico e controle agroecológico do cosmopolites sordidus germar em pomares de banana em Lagoa Seca”, o projeto nasceu após um professor e estudantes do Departamento de Agroecologia identificarem que a praga estava ameaçando os pomares de bananeiras do Câmpus II e da região. Além do professor Suenildo, dois estudantes atuam no projeto.

Para desenvolver a ação de extensão foi preciso observar e estudar o índice de cosmopolites sordidus infestando os pomares. Alunos do CCAA residentes no município relataram casos da presença dessa praga em pomares da região. Segundo o professor Suenildo, essa praga pode comprometer a cultura das bananeiras e afetar a economia local. A primeira ação do projeto será uma visita técnica aos agricultores da localidade “Amaragi”, onde se concentram os maiores pomares de banana de Lagoa Seca.

Professor Suenildo fez recentemente uma visita ao Sindicato dos Produtores Rurais de Lagoa Seca, onde detalhou o projeto. O Sindicato apresentou uma lista com o nome de oito produtores que vêm sofrendo com os ataques do “moleque” em seus plantios de bananeiras. “Vamos visitar alguns produtores e mostrar como é possível controlar essa praga diminuindo a sua infestação na região”, relatou, acrescentando que a proposta da UEPB é buscar alternativas agroecológicas para suprimir a infestação do cosmopolites sordidus nos pomares da região. Os bananicultores têm os pomares como fonte de renda e necessitam de conhecimentos sobre o controle do cosmopolites sordidus de forma sustentável, ou seja, sem o uso de produtos nocivos ao meio ambiente.

O projeto de extensão tem uma relevância social, econômica e ambiental por tornar a UEPB visível aos agricultores e eles saberem que podem contar com a Instituição para solucionar os problemas fitossanitários de suas culturas agrícolas. Futuramente, os agricultores farão visitas ao Câmpus, onde buscarão informações técnicas que ajudarão no combate da praga. O horário de atendimento à comunidade será controlado e organizado. “Como temos discentes atuando, e devido à carga de trabalho ser alta, optamos por fazer encontros semestrais com os agricultores, em um dia apenas e em horário da manhã. Lembrando que os agricultores quase sempre têm sua agenda de tarefas em suas propriedades bastante cheias”, explicou o professor.

Ao destacar a importância do projeto, o bolsista Alexandre Eugênio da Silva, graduando do Bacharelado em Agroecologia no CCAA, frisa que a iniciativa é de suma importância, pois possibilita aos estudantes colocarem em prática todo conhecimento adquirido, através da literatura de como diagnosticar para posteriormente fazer o controle utilizando bases agroecológicas do artrópode cosmopolites sordidus. “Pude descobrir técnicas alternativas de controle e com isso transmitir o conhecimento adquirido para os agricultores, tornando a cultura da banana livre desta praga, prolongando a vida útil do pomar”, destacou.

Já o voluntário do projeto, Ângelo Túlio de Araújo Maia, também graduando do Bacharelado em Agroecologia, colocou que, como voluntário do projeto, entende que a iniciativa vem agregar conhecimento e possibilitar o entrosamento com os agricultores de Lagoa Seca, o que aumenta não só o conhecimento teórico, bem como o prático, uma vez que o agroecólogo necessita desta interação para poder compreender melhor os agricultores com suas reais necessidades. “Este projeto vem auxiliar o agricultor a controlar o ‘moleque da bananeira’ de forma que não haja a necessidade de obtenção de nenhum material adquirido externamente, o que facilita o controle, através do agricultor”, frisou.

Com relação aos impactos da ação de extensão na comunidade, Suenildo Jósemo avaliou que “é sempre gratificante ver que os conhecimentos técnicos passados ao público-alvo são bem aceitos e que o envolvimento por parte da comunidade e dos alunos é altamente positivo. A receptividade é um fator preponderante na avaliação de nossa equipe e sempre estamos revendo os prós e contras de nossas ações para, assim, buscarmos um aperfeiçoamento na transmissão de técnicas agronômicas”.

No Brasil a banana é o principal produto frutífero, correspondendo a 21,9 % do total nacional. O Nordeste destaca-se como a principal região produtora de banana do país, contribuindo com aproximadamente 41,2% da área cultivada. A Paraíba é o quarto produtor de banana da região Nordeste, sendo que a microrregião do Brejo (Alagoa Grande, Alagoa Nova, Areia, Bananeiras, Borborema, Matinhas, Pilões e Serraria) contribui com aproximadamente 67,4% da produção estadual.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, pretende auxiliar os agricultores a aturarem no controle de uma praga que tem atacado a cultura da bananeira na região. Coordenado pelo professor Suenildo Jósemo Costa Oliveira, do Departamento de Agroecologia e Agropecuária do Leia Mais...

O post Projeto de extensão desenvolvido no Câmpus II ajuda produtores a combater pragas em bananeiras apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-30 15:08:04 [post_date] => 2017-10-30 12:08:04 [post_modified_gmt] => 2017-10-30 15:08:04 [post_modified] => 2017-10-30 12:08:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36550 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-de-lagoa-seca-ajuda-produtores-combater-pragas-em-bananeiras/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 708e5a0f6be8695b9a583310151e47e7 [1] => 5e5c5cab4add85b027120532f2efdaeb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-desenvolvido-no-campus-ii-ajuda-produtores-a-combater-pragas-em-bananeiras )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017

Array ( [post_title] => Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como forma de marcar a passagem dos 55 anos de existência da Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), vinculada a estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Lagoa Seca, teve início nesta quarta-feira (25) a edição 2017 da Agrotec, com a temática “Jovem Empreendedor Rural”.

Durante a abertura do evento, o professor José Félix, diretor da EAAC, ressaltou que a iniciativa tem como finalidade expor as tecnologias produzidas no Câmpus II, através dos cursos técnicos de Agropecuária e Agroindústria, além do Bacharelado em Agroecologia, mostrando como a Universidade pode ajudar a impulsionar a agricultura na região.

Além dos produtos e tecnologias desenvolvidas pelos cursos do Câmpus II, a Agrotec 2017 também reúne máquinas, inventos e equipamentos agrícolas pertencentes às empresas parceiras, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Agricultores e artesãos da região também estão expondo na Mostra.

No total, 20 stands foram montados para a exposição e comercialização dos produtos produzidos no Câmpus II, por agricultores da região e pelos parceiros. Duas palestras, a realização de 13 minicursos e algumas oficinas integram a programação do evento. O destaque do primeiro dia da Agrotec ficou por conta da palestra “O Jovem Empreendedor”, proferida pelo consultor do Sebrae, Roberto Braga de Oliveira.

Roberto traçou um perfil dos empreendedores e forneceu algumas informações que podem ajudar os jovens que pretendem investir no próprio negócio no campo. Com vasta experiência na área, ele ressaltou que as principais ferramentas são atitude, inovação, ousadia, coragem e criatividade para superar as crises. “Eles também devem procurar ser dinâmicos e apresentar o diferencial em seus negócios. A inovação é uma exigência constante”, enfatizou, acrescentando que existe muito espaço para o empreendedorismo rural.

A partir dos dados de uma pesquisa, o especialista revelou que 67% dos jovens sonham em ter o próprio negócio, mas que precisam buscar capacitação. Roberto destacou que a Universidade faz a sua parte ao fornecer os conhecimentos e as técnicas, mas os candidatos a empreendedores precisam ter noção de gerenciamento, para não fadar ao fracasso. Em sua palestra, o consultor também falou das exigências do mercado, como o domínio da tecnologia e pelo menos dois idiomas, e frisou que empreender requer preparação para gerir o futuro negócio.

No período da tarde houve a palestra “Apicultura e Empreendedorismo”, sob a responsabilidade do pesquisador do Emepa, Leon Denis Batista do Carmo, que falou sobre a importância da apicultura como fator econômico, usando uma tecnologia simples e acessível a todos. “A apicultura pode e deve ser voltada para a geração de renda”, salientou.

Após a abertura oficial da Agrotec 2017, os participantes acompanharam a Mostra. Os produtos e tecnologias desenvolvidas pelos cursos existentes no Câmpus II chamaram a atenção dos visitantes. O recém-criado curso técnico em Agroindústria levou para a Agrotec produtos fabricados nas unidades de beneficiamento como geleia, doces, conservas, linguiça bovina e hambúrguer.

Regina Rodrigues é estudante do curso e disse que a Agrotec consiste em uma grande oportunidade para dar visibilidade às atividades práticas do curso. “Estamos mostrando um pouco do que produzimos nas aulas práticas”, frisou. No stand montado pelos estudantes do Bacharelado em Agroecologia, foram expostos produtos oriundos das aulas de campo, como alface, tomate, coentro, pimentão, batata, entre outros. “Estamos repassando as tecnologias que temos na Universidade e levando ao produtor rural”, explicou o estudante Thiago Castro.

Em outro stand foi apresentada a tecnologia de “Aquaponia”, que pode ser usada pelos produtores para a captação de água e irrigação do solo para o cultivo de hortaliças e para a criação de peixe. O estudante Carlos Alberto ressaltou que a tecnologia desenvolvida pelo curso de Agroecologia é simples e pode ser usada por qualquer agricultor.

O curso técnico em Agropecuária está expondo na mostra o que existe de melhor nos setores de Cunicultura, Corturnicultura, Bovinocultura, Caprinovinocultura, além do projeto “Hidroponia”. Na parte aviária, foram expostos coelhos, codornas, galinhas e gansos. No espaço sobre caprinos foram expostas algumas cabras, enquanto na área reservada para a Bovinocultura foram expostos alguns animais. “Aqui está exposto um pouco do que a gente estuda durante o ano no curso”, observou o estudante Rafael Oliveira.

A Agrotec 2017 segue nesta quinta-feira (26), com os minicursos e treinamentos nas áreas Agrícola, Pecuária, Agroindustrial e Agroecológica.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como forma de marcar a passagem dos 55 anos de existência da Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), vinculada a estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Lagoa Seca, teve início nesta quarta-feira (25) a edição 2017 da Agrotec, com a temática “Jovem Empreendedor Rural”. Leia Mais...

O post Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-25 20:49:25 [post_date] => 2017-10-25 17:49:25 [post_modified_gmt] => 2017-10-25 20:49:25 [post_modified] => 2017-10-25 17:49:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36455 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c45cd5a2f206ee9ebc0effb2351939fa [1] => dadb44d128ab6da3b7296f53a7744afa ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017

Array ( [post_title] => Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como forma de marcar a passagem dos 55 anos de existência da Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), vinculada a estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Lagoa Seca, teve início nesta quarta-feira (25) a edição 2017 da Agrotec, com a temática “Jovem Empreendedor Rural”.

Durante a abertura do evento, o professor José Félix, diretor da EAAC, ressaltou que a iniciativa tem como finalidade expor as tecnologias produzidas no Câmpus II, através dos cursos técnicos de Agropecuária e Agroindústria, além do Bacharelado em Agroecologia, mostrando como a Universidade pode ajudar a impulsionar a agricultura na região.

Além dos produtos e tecnologias desenvolvidas pelos cursos do Câmpus II, a Agrotec 2017 também reúne máquinas, inventos e equipamentos agrícolas pertencentes às empresas parceiras, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Agricultores e artesãos da região também estão expondo na Mostra.

No total, 20 stands foram montados para a exposição e comercialização dos produtos produzidos no Câmpus II, por agricultores da região e pelos parceiros. Duas palestras, a realização de 13 minicursos e algumas oficinas integram a programação do evento. O destaque do primeiro dia da Agrotec ficou por conta da palestra “O Jovem Empreendedor”, proferida pelo consultor do Sebrae, Roberto Braga de Oliveira.

Roberto traçou um perfil dos empreendedores e forneceu algumas informações que podem ajudar os jovens que pretendem investir no próprio negócio no campo. Com vasta experiência na área, ele ressaltou que as principais ferramentas são atitude, inovação, ousadia, coragem e criatividade para superar as crises. “Eles também devem procurar ser dinâmicos e apresentar o diferencial em seus negócios. A inovação é uma exigência constante”, enfatizou, acrescentando que existe muito espaço para o empreendedorismo rural.

A partir dos dados de uma pesquisa, o especialista revelou que 67% dos jovens sonham em ter o próprio negócio, mas que precisam buscar capacitação. Roberto destacou que a Universidade faz a sua parte ao fornecer os conhecimentos e as técnicas, mas os candidatos a empreendedores precisam ter noção de gerenciamento, para não fadar ao fracasso. Em sua palestra, o consultor também falou das exigências do mercado, como o domínio da tecnologia e pelo menos dois idiomas, e frisou que empreender requer preparação para gerir o futuro negócio.

No período da tarde houve a palestra “Apicultura e Empreendedorismo”, sob a responsabilidade do pesquisador do Emepa, Leon Denis Batista do Carmo, que falou sobre a importância da apicultura como fator econômico, usando uma tecnologia simples e acessível a todos. “A apicultura pode e deve ser voltada para a geração de renda”, salientou.

Após a abertura oficial da Agrotec 2017, os participantes acompanharam a Mostra. Os produtos e tecnologias desenvolvidas pelos cursos existentes no Câmpus II chamaram a atenção dos visitantes. O recém-criado curso técnico em Agroindústria levou para a Agrotec produtos fabricados nas unidades de beneficiamento como geleia, doces, conservas, linguiça bovina e hambúrguer.

Regina Rodrigues é estudante do curso e disse que a Agrotec consiste em uma grande oportunidade para dar visibilidade às atividades práticas do curso. “Estamos mostrando um pouco do que produzimos nas aulas práticas”, frisou. No stand montado pelos estudantes do Bacharelado em Agroecologia, foram expostos produtos oriundos das aulas de campo, como alface, tomate, coentro, pimentão, batata, entre outros. “Estamos repassando as tecnologias que temos na Universidade e levando ao produtor rural”, explicou o estudante Thiago Castro.

Em outro stand foi apresentada a tecnologia de “Aquaponia”, que pode ser usada pelos produtores para a captação de água e irrigação do solo para o cultivo de hortaliças e para a criação de peixe. O estudante Carlos Alberto ressaltou que a tecnologia desenvolvida pelo curso de Agroecologia é simples e pode ser usada por qualquer agricultor.

O curso técnico em Agropecuária está expondo na mostra o que existe de melhor nos setores de Cunicultura, Corturnicultura, Bovinocultura, Caprinovinocultura, além do projeto “Hidroponia”. Na parte aviária, foram expostos coelhos, codornas, galinhas e gansos. No espaço sobre caprinos foram expostas algumas cabras, enquanto na área reservada para a Bovinocultura foram expostos alguns animais. “Aqui está exposto um pouco do que a gente estuda durante o ano no curso”, observou o estudante Rafael Oliveira.

A Agrotec 2017 segue nesta quinta-feira (26), com os minicursos e treinamentos nas áreas Agrícola, Pecuária, Agroindustrial e Agroecológica.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como forma de marcar a passagem dos 55 anos de existência da Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC), vinculada a estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Lagoa Seca, teve início nesta quarta-feira (25) a edição 2017 da Agrotec, com a temática “Jovem Empreendedor Rural”. Leia Mais...

O post Palestra sobre empreendedorismo e exposição de tecnologias marcam abertura da Agrotec 2017 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-25 20:49:25 [post_date] => 2017-10-25 17:49:25 [post_modified_gmt] => 2017-10-25 20:49:25 [post_modified] => 2017-10-25 17:49:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36455 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c45cd5a2f206ee9ebc0effb2351939fa [1] => dadb44d128ab6da3b7296f53a7744afa ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => palestra-sobre-empreendedorismo-e-exposicao-de-tecnologias-marcam-abertura-da-agrotec-2017 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar

Array ( [post_title] => Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar [post_content] => Clique para exibir o slide.

Fundada a partir do espírito visionário de um grupo de empresários do setor rural e posteriormente integrada à então Universidade Regional do Nordeste (URNE), transformada há 30 anos em Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) está completando 55 anos de existência.

A Escola, que funciona na estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II, em Lagoa Seca, tem dado relevante contribuição para impulsionar o desenvolvimento do Brejo paraibano, estimulando a agricultura familiar, especialmente com formação de qualidade, onde 30% dos seus estudantes são filhos de agricultores oriundos de mais de 15 municípios que integram o Compartimento da Borborema.

Para celebrar o aniversário da EAAC, uma série de atividades está sendo desenvolvida no Câmpus II, tendo as comemorações iniciais ocorrido na manhã desta terça-feira (24). Homenagens a professores e funcionários antigos, além de entrega de melhorias físicas e estruturais marcaram a passagem do aniversário histórico.

Foram inaugurados o Laboratório de Solos, o Monumento EAAC, a Praça de Integração, além de feita a entrega de toda estrutura dos setores de Cunicultura, Corturnicultura, Bovinocultura e Caprinovinocultura. A Escola não era dotada desses equipamentos que, agora, passarão a ser usados pelos estudantes dos cursos técnicos em Agropecuária e Agroindústria e do Bacharelado em Agroecologia.

A solenidade comemorativa ocorreu foi presidida pelo reitor em exercício da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães, e reuniu professores, estudantes, funcionários e pró-reitores da UEPB, agricultores da região, autoridades políticas, ex-alunos da turma pioneira, entre outras personalidades.

O diretor da Escola Agrícola, professor José Félix Neto, fez um discurso memorial, destacando a história da EACC, desde a sua origem, em 1962, até os dias atuais. Ele fez referência aos desafios e conquistas da unidade, que começou como Ginásio Agrícola, em Campina Grande, e posteriormente virou Colégio até se transformar na Escola Agrícola Assis Chateaubriand da UEPB.

José Félix frisou que são 55 anos de história, de muita luta e qualidade de ensino que só a UEPB proporciona, resultando na formação de profissionais com alta qualificação para o mercado de trabalho. O diretor fez questão de destacar o esforço da Administração Central da Universidade em criar as condições, mesmo em tempos de crise, para assegurar o bom funcionamento da Escola.

Ele destacou os inúmeros projetos que a Escola desenvolve e que geram conhecimento e tecnologia para impulsionar o desenvolvimento da região, a exemplo da utilização de alguns compostos vegetais na formulação de ração, a tecnologia empregada no dessalinizador solar, entre outros.

O reitor em exercício, professor Flávio Romero Guimarães, ressaltou em seu discurso que o momento de celebração dos 55 anos da Escola Agrícola foi marcante para a história da UEPB. Flávio também fez um resgate histórico e memorial da unidade, frisando que “os 55 anos de existência dessa Escola, continua sendo sinônimo de resistência”.

Flávio enfatizou que a partir da Escola Agrícola germinou-se o CCAA e, daí em diante, surgiu a necessidade de se implantar um curso de graduação. Ele lembrou que o momento atual está sendo marcado pela discussão em torno da identidade da EAAC. “O momento que se coloca hoje para discussão democrática é qual será o cenário que precisamos construir para, ao mesmo tempo, consolidar o Centro e fortalecer as ações de graduação, para que a gente possa desenvolver ações no sentido de instituir pós-graduação nesse Centro, mas também precisamos resgatar a memória da Escola, para que ela possa ter autonomia institucional”, salientou.

O diretor do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, professor Suenildo Oliveira Costa, disse que celebrar os 55 anos da Escola Agrícola é um momento de júbilo. Ele ressaltou que o Câmpus II tem propiciado aos filhos de agricultores obterem conhecimentos, técnicas e tecnologias que ajudam a fortalecer a agricultura da região. “Estamos felizes em participar desse momento. A UEPB está de parabéns por acreditar no trabalho que é realizado aqui no Câmpus II”, ressaltou.

O prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho, também parabenizou a Escola pela data festiva e enalteceu o papel que a UEPB realiza no desenvolvimento da Paraíba. “Sinto-me honrado em fazer parte desse momento. Essa história é mais antiga do que Lagoa Seca, o que mostra a importância que ela tem para o crescimento da Paraíba e da nossa cidade”, comentou, acrescentando que a população precisa conhecer e valorizar cada vez mais as ações desenvolvidas pelo Câmpus II da UEPB.

Após os discursos, a direção da Escola prestou homenagens a alguns ex-professores e funcionários do setor. Também foi formalizada a assinatura de doação e comodato de animais, por parte do diretor da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), Nivaldo Guimarães, para a Escola Agrícola.

Agrotec

Ainda dentro das comemorações dos 55 anos da EACC será realizada a partir desta quarta-feira (25) a Agrotec 2017, que consiste em uma mostra pedagógica da Escola Assis Chateaubriand. Para realizar o evento, a UEPB conta com vários parceiros, a exemplo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e Prefeitura Municipal de Lagoa Seca.

O evento contará com exposição de máquinas e equipamentos agrícolas, além de algumas tecnologias desenvolvidas pelas empresas parceiras, bem como a realização de palestras e minicursos. No primeiro dia do evento, que tem como tema “Jovem Empreendedor Rural”, serão ministradas as palestras “O Jovem Empreender”, pelo consultor do Sebrae, Roberto Braga de Oliveira, e “Apicultura e Empreendedorismo”, que terá como palestrante o pesquisador do Emepa, Leon Denis Batista do Carmo.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

 

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Fundada a partir do espírito visionário de um grupo de empresários do setor rural e posteriormente integrada à então Universidade Regional do Nordeste (URNE), transformada há 30 anos em Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) está completando 55 anos de existência. A Escola, que funciona na estrutura do Centro de Leia Mais...

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-24 19:45:36 [post_date] => 2017-10-24 16:45:36 [post_modified_gmt] => 2017-10-24 19:45:36 [post_modified] => 2017-10-24 16:45:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36413 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 75c739d58e8a7b9a0c7cab93440b5599 [1] => 3c315c0c1e287a9402ca02d43f9cd9e2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-a-agricultura-familiar )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar

Array ( [post_title] => Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar [post_content] => Clique para exibir o slide.

Fundada a partir do espírito visionário de um grupo de empresários do setor rural e posteriormente integrada à então Universidade Regional do Nordeste (URNE), transformada há 30 anos em Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) está completando 55 anos de existência.

A Escola, que funciona na estrutura do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II, em Lagoa Seca, tem dado relevante contribuição para impulsionar o desenvolvimento do Brejo paraibano, estimulando a agricultura familiar, especialmente com formação de qualidade, onde 30% dos seus estudantes são filhos de agricultores oriundos de mais de 15 municípios que integram o Compartimento da Borborema.

Para celebrar o aniversário da EAAC, uma série de atividades está sendo desenvolvida no Câmpus II, tendo as comemorações iniciais ocorrido na manhã desta terça-feira (24). Homenagens a professores e funcionários antigos, além de entrega de melhorias físicas e estruturais marcaram a passagem do aniversário histórico.

Foram inaugurados o Laboratório de Solos, o Monumento EAAC, a Praça de Integração, além de feita a entrega de toda estrutura dos setores de Cunicultura, Corturnicultura, Bovinocultura e Caprinovinocultura. A Escola não era dotada desses equipamentos que, agora, passarão a ser usados pelos estudantes dos cursos técnicos em Agropecuária e Agroindústria e do Bacharelado em Agroecologia.

A solenidade comemorativa ocorreu foi presidida pelo reitor em exercício da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães, e reuniu professores, estudantes, funcionários e pró-reitores da UEPB, agricultores da região, autoridades políticas, ex-alunos da turma pioneira, entre outras personalidades.

O diretor da Escola Agrícola, professor José Félix Neto, fez um discurso memorial, destacando a história da EACC, desde a sua origem, em 1962, até os dias atuais. Ele fez referência aos desafios e conquistas da unidade, que começou como Ginásio Agrícola, em Campina Grande, e posteriormente virou Colégio até se transformar na Escola Agrícola Assis Chateaubriand da UEPB.

José Félix frisou que são 55 anos de história, de muita luta e qualidade de ensino que só a UEPB proporciona, resultando na formação de profissionais com alta qualificação para o mercado de trabalho. O diretor fez questão de destacar o esforço da Administração Central da Universidade em criar as condições, mesmo em tempos de crise, para assegurar o bom funcionamento da Escola.

Ele destacou os inúmeros projetos que a Escola desenvolve e que geram conhecimento e tecnologia para impulsionar o desenvolvimento da região, a exemplo da utilização de alguns compostos vegetais na formulação de ração, a tecnologia empregada no dessalinizador solar, entre outros.

O reitor em exercício, professor Flávio Romero Guimarães, ressaltou em seu discurso que o momento de celebração dos 55 anos da Escola Agrícola foi marcante para a história da UEPB. Flávio também fez um resgate histórico e memorial da unidade, frisando que “os 55 anos de existência dessa Escola, continua sendo sinônimo de resistência”.

Flávio enfatizou que a partir da Escola Agrícola germinou-se o CCAA e, daí em diante, surgiu a necessidade de se implantar um curso de graduação. Ele lembrou que o momento atual está sendo marcado pela discussão em torno da identidade da EAAC. “O momento que se coloca hoje para discussão democrática é qual será o cenário que precisamos construir para, ao mesmo tempo, consolidar o Centro e fortalecer as ações de graduação, para que a gente possa desenvolver ações no sentido de instituir pós-graduação nesse Centro, mas também precisamos resgatar a memória da Escola, para que ela possa ter autonomia institucional”, salientou.

O diretor do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, professor Suenildo Oliveira Costa, disse que celebrar os 55 anos da Escola Agrícola é um momento de júbilo. Ele ressaltou que o Câmpus II tem propiciado aos filhos de agricultores obterem conhecimentos, técnicas e tecnologias que ajudam a fortalecer a agricultura da região. “Estamos felizes em participar desse momento. A UEPB está de parabéns por acreditar no trabalho que é realizado aqui no Câmpus II”, ressaltou.

O prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho, também parabenizou a Escola pela data festiva e enalteceu o papel que a UEPB realiza no desenvolvimento da Paraíba. “Sinto-me honrado em fazer parte desse momento. Essa história é mais antiga do que Lagoa Seca, o que mostra a importância que ela tem para o crescimento da Paraíba e da nossa cidade”, comentou, acrescentando que a população precisa conhecer e valorizar cada vez mais as ações desenvolvidas pelo Câmpus II da UEPB.

Após os discursos, a direção da Escola prestou homenagens a alguns ex-professores e funcionários do setor. Também foi formalizada a assinatura de doação e comodato de animais, por parte do diretor da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), Nivaldo Guimarães, para a Escola Agrícola.

Agrotec

Ainda dentro das comemorações dos 55 anos da EACC será realizada a partir desta quarta-feira (25) a Agrotec 2017, que consiste em uma mostra pedagógica da Escola Assis Chateaubriand. Para realizar o evento, a UEPB conta com vários parceiros, a exemplo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e Prefeitura Municipal de Lagoa Seca.

O evento contará com exposição de máquinas e equipamentos agrícolas, além de algumas tecnologias desenvolvidas pelas empresas parceiras, bem como a realização de palestras e minicursos. No primeiro dia do evento, que tem como tema “Jovem Empreendedor Rural”, serão ministradas as palestras “O Jovem Empreender”, pelo consultor do Sebrae, Roberto Braga de Oliveira, e “Apicultura e Empreendedorismo”, que terá como palestrante o pesquisador do Emepa, Leon Denis Batista do Carmo.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

 

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Fundada a partir do espírito visionário de um grupo de empresários do setor rural e posteriormente integrada à então Universidade Regional do Nordeste (URNE), transformada há 30 anos em Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) está completando 55 anos de existência. A Escola, que funciona na estrutura do Centro de Leia Mais...

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand celebra 55 anos de fundação incentivando a agricultura familiar apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-24 19:45:36 [post_date] => 2017-10-24 16:45:36 [post_modified_gmt] => 2017-10-24 19:45:36 [post_modified] => 2017-10-24 16:45:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36413 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-agricultura-familiar/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 75c739d58e8a7b9a0c7cab93440b5599 [1] => 3c315c0c1e287a9402ca02d43f9cd9e2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-assis-chateaubriand-celebra-55-anos-de-fundacao-incentivando-a-agricultura-familiar )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => 7f262f14b47419bca280af7a7e017f25 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => 7f262f14b47419bca280af7a7e017f25 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão

Array ( [post_title] => Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado na cidade de Lagoa Seca, ganhou uma ferramenta fundamental para monitorar as condições meteorológicas na lavoura, ajudar agricultores a tomarem decisões corretas acerca das melhores situações para plantio e qualificar a formação de estudantes do Ensino Superior e dos cursos técnicos oferecidos pela Instituição. Acaba de entrar em funcionamento a estação meteorológica total, equipamento que permite a coleta diária de dados referentes às diversas variáveis atmosféricas, envolvendo informações acerca do ar, da chuva, do vento e do solo.

O equipamento, que foi adquirido a partir de iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), através de recursos oriundos do Ministério da Educação (MEC) no valor de R$ 40 mil, está habilitado a oferecer informações sobre volume de chuvas, evaporação da água, radiação solar, umidade do solo, umidade do ar, temperatura do ar, temperatura e condutividade do solo e velocidade do vento. Os dados coletados pelo aparelho são transmitidos através de mensagens para uma plataforma online que armazena e organiza as informações para consultas posteriores. O professor do Câmpus II, Leoberto Formiga, afirmou que a chegada dessa estação foi importante para o desenvolvimento de uma nova fonte de saber.

“A partir do funcionamento dessa estação meteorológica, vamos começar a oferecer cursos e oficinas para qualificar nossos alunos, bem como para os agricultores da região. Estamos em processo de criação de um projeto de extensão que oferecerá conhecimento prático no que diz respeito a utilização dos dados coletados pelo equipamento e no que eles podem ajudar na orientação sobre quais os métodos mais eficazes para o desenvolvimento da agricultura na região, já que a partir dessas informações saberemos a quantidade de água presente no solo, quanto é necessário adicionar na lavoura, o quanto choveu, a média de temperatura do ar e do solo e tantas outras informações que são importantes para o trabalho agrícola”, explicou o professor.

O Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da UEPB oferece o curso superior de Agroecologia, além dos cursos técnicos de Agropecuária e Agroindústria. Com a utilização da estação meteorológica e a plataforma digital de armazenamento de dados, tanto os alunos como os agricultores da região ganharão um aliado no que se refere ao planejamento e execução das técnicas referentes à agricultura familiar, principal fonte de renda da zona rural da região. “Essa estação meteorológica também conta com sensores no solo que vão auxiliar a coleta de dados. Essas informações ficam armazenadas e podem ser acessadas a partir do treinamento e qualificação que vamos oferecer tanto para os alunos como também para os agricultores”, disse Leoberto.

A estação meteorológica do CCAA é o equipamento mais moderno disponível no mercado, no que diz respeito às tecnologias que auxiliam na coleta da dados acerca das condições do ar, chuva, solo e vento. O seu sistema de alimentação é autônomo, através de um painel solar com bateria e regulador de carga, que funciona até 15 dias sem energia vinda do Sol. Também possui memória não volátil, ou seja, os dados não se perdem mesmo havendo falha de energia.

Sensores das estações meteorológicas

Anemômetro: instrumento que mede a velocidade e a direção do vento.
Piranômetro: registra a radiação solar global.
Sensor de temperatura e umidade: geralmente são termistores que medem a temperatura e a umidade do ar. Esse sensor fica no abrigo meteorológico para não ser danificado.
Pluviômetro: mede a precipitação e o tipo de pluviômetro mais utilizado é o de báscula.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado na cidade de Lagoa Seca, ganhou uma ferramenta fundamental para monitorar as condições meteorológicas na lavoura, ajudar agricultores a tomarem decisões corretas acerca das melhores situações para plantio e qualificar a formação de estudantes do Ensino Superior e dos cursos técnicos oferecidos pela Instituição. Acaba Leia Mais...

O post Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-18 14:55:05 [post_date] => 2017-09-18 11:55:05 [post_modified_gmt] => 2017-09-18 14:55:05 [post_modified] => 2017-09-18 11:55:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35361 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e77c2d27418988fd2902b255d07b7e83 [1] => cb693461667638c04122d5829e923d60 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão

Array ( [post_title] => Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado na cidade de Lagoa Seca, ganhou uma ferramenta fundamental para monitorar as condições meteorológicas na lavoura, ajudar agricultores a tomarem decisões corretas acerca das melhores situações para plantio e qualificar a formação de estudantes do Ensino Superior e dos cursos técnicos oferecidos pela Instituição. Acaba de entrar em funcionamento a estação meteorológica total, equipamento que permite a coleta diária de dados referentes às diversas variáveis atmosféricas, envolvendo informações acerca do ar, da chuva, do vento e do solo.

O equipamento, que foi adquirido a partir de iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), através de recursos oriundos do Ministério da Educação (MEC) no valor de R$ 40 mil, está habilitado a oferecer informações sobre volume de chuvas, evaporação da água, radiação solar, umidade do solo, umidade do ar, temperatura do ar, temperatura e condutividade do solo e velocidade do vento. Os dados coletados pelo aparelho são transmitidos através de mensagens para uma plataforma online que armazena e organiza as informações para consultas posteriores. O professor do Câmpus II, Leoberto Formiga, afirmou que a chegada dessa estação foi importante para o desenvolvimento de uma nova fonte de saber.

“A partir do funcionamento dessa estação meteorológica, vamos começar a oferecer cursos e oficinas para qualificar nossos alunos, bem como para os agricultores da região. Estamos em processo de criação de um projeto de extensão que oferecerá conhecimento prático no que diz respeito a utilização dos dados coletados pelo equipamento e no que eles podem ajudar na orientação sobre quais os métodos mais eficazes para o desenvolvimento da agricultura na região, já que a partir dessas informações saberemos a quantidade de água presente no solo, quanto é necessário adicionar na lavoura, o quanto choveu, a média de temperatura do ar e do solo e tantas outras informações que são importantes para o trabalho agrícola”, explicou o professor.

O Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) da UEPB oferece o curso superior de Agroecologia, além dos cursos técnicos de Agropecuária e Agroindústria. Com a utilização da estação meteorológica e a plataforma digital de armazenamento de dados, tanto os alunos como os agricultores da região ganharão um aliado no que se refere ao planejamento e execução das técnicas referentes à agricultura familiar, principal fonte de renda da zona rural da região. “Essa estação meteorológica também conta com sensores no solo que vão auxiliar a coleta de dados. Essas informações ficam armazenadas e podem ser acessadas a partir do treinamento e qualificação que vamos oferecer tanto para os alunos como também para os agricultores”, disse Leoberto.

A estação meteorológica do CCAA é o equipamento mais moderno disponível no mercado, no que diz respeito às tecnologias que auxiliam na coleta da dados acerca das condições do ar, chuva, solo e vento. O seu sistema de alimentação é autônomo, através de um painel solar com bateria e regulador de carga, que funciona até 15 dias sem energia vinda do Sol. Também possui memória não volátil, ou seja, os dados não se perdem mesmo havendo falha de energia.

Sensores das estações meteorológicas

Anemômetro: instrumento que mede a velocidade e a direção do vento.
Piranômetro: registra a radiação solar global.
Sensor de temperatura e umidade: geralmente são termistores que medem a temperatura e a umidade do ar. Esse sensor fica no abrigo meteorológico para não ser danificado.
Pluviômetro: mede a precipitação e o tipo de pluviômetro mais utilizado é o de báscula.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado na cidade de Lagoa Seca, ganhou uma ferramenta fundamental para monitorar as condições meteorológicas na lavoura, ajudar agricultores a tomarem decisões corretas acerca das melhores situações para plantio e qualificar a formação de estudantes do Ensino Superior e dos cursos técnicos oferecidos pela Instituição. Acaba Leia Mais...

O post Câmpus de Lagoa Seca ganha estação meteorológica para auxiliar atividades de pesquisa e extensão apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-18 14:55:05 [post_date] => 2017-09-18 11:55:05 [post_modified_gmt] => 2017-09-18 14:55:05 [post_modified] => 2017-09-18 11:55:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35361 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e77c2d27418988fd2902b255d07b7e83 [1] => cb693461667638c04122d5829e923d60 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => campus-de-lagoa-seca-ganha-estacao-meteorologica-para-auxiliar-atividades-de-pesquisa-e-extensao )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado

Array ( [post_title] => Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia e Agricultura Familiar, tendo como linhas de pesquisa “Energias Renováveis e Biocombustíveis”, “Agricultura Familiar e Sustentabilidade” e “Biotecnologia e Melhoramento Vegetal”. Ao todo serão oferecidas 48 vagas.

Para se inscrever o candidato deve entregar na Secretaria do programa, localizada na Central de Integração Acadêmica, Rua Baraúnas, 351, 3º andar, Sala 310, a ficha de inscrição; cópia da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação; uma fotografia 3×4 recente; histórico acadêmico e RDM atualizado, além de uma cópia do Currículo Lattes.

As vagas oferecidas estão distribuídas da seguinte forma: Bioinformática – 10 vagas; Agricultura Familiar e Sustentabilidade – 10 vagas; Fixação Biológica de Nitrogênio – 5 vagas; Aspectos da produção da cana-de-açúcar – 10 vagas; Genética Quantitativa – 3 vagas; Tópicos Especiais: Instrumentação em Estresse Abiótico de Plantas Cultivadas – 10 vagas; Tópicos Especiais: Recursos Genéticos de Culturas Bioenergéticas para o Semiárido Nordestino – 3 vagas. Outras informações podem ser obtidas no edital da seleção clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia Leia Mais...

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_date] => 2017-08-11 12:10:37 [post_modified_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_modified] => 2017-08-11 12:10:37 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34495 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a0549a1896b6c89a3fdccb6ab870b676 [1] => af088813b5f217dec72ce8f3b100ba6c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado

Array ( [post_title] => Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia e Agricultura Familiar, tendo como linhas de pesquisa “Energias Renováveis e Biocombustíveis”, “Agricultura Familiar e Sustentabilidade” e “Biotecnologia e Melhoramento Vegetal”. Ao todo serão oferecidas 48 vagas.

Para se inscrever o candidato deve entregar na Secretaria do programa, localizada na Central de Integração Acadêmica, Rua Baraúnas, 351, 3º andar, Sala 310, a ficha de inscrição; cópia da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação; uma fotografia 3×4 recente; histórico acadêmico e RDM atualizado, além de uma cópia do Currículo Lattes.

As vagas oferecidas estão distribuídas da seguinte forma: Bioinformática – 10 vagas; Agricultura Familiar e Sustentabilidade – 10 vagas; Fixação Biológica de Nitrogênio – 5 vagas; Aspectos da produção da cana-de-açúcar – 10 vagas; Genética Quantitativa – 3 vagas; Tópicos Especiais: Instrumentação em Estresse Abiótico de Plantas Cultivadas – 10 vagas; Tópicos Especiais: Recursos Genéticos de Culturas Bioenergéticas para o Semiárido Nordestino – 3 vagas. Outras informações podem ser obtidas no edital da seleção clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia Leia Mais...

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_date] => 2017-08-11 12:10:37 [post_modified_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_modified] => 2017-08-11 12:10:37 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34495 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a0549a1896b6c89a3fdccb6ab870b676 [1] => af088813b5f217dec72ce8f3b100ba6c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu

Array ( [post_title] => Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de extensão desenvolvido na Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) e no curso de Agroecologia do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizada na cidade de Lagoa Seca, desenvolveu uma técnica agroecológica que pode transformar a cultura de aves da região. A partir do aproveitamento do feno de feijão-guandu, após o seu plantio, tornou-se mais barata e mais nutritiva a alimentação de frangos caipiras. A técnica tornou-se eficaz por utilizar alimentos alternativos que barateiam os custos de produção das aves, utilizando produtos oriundos da propriedade do próprio produtor.

De acordo com a professora Maria Vitória Dias Carneiro, coordenadora do projeto, o feijão é plantado de forma natural, sem o uso de agrotóxicos, tornando-o um produto bastante viável economicamente e de grande valor nutricional para os frangos. “Nós fizemos um consórcio plantando milho e feijão. A parte externa do feijão, que normalmente é jogada no campo por seu valor nutritivo, foi preparada e muito bem aceita para a alimentação das aves”, explicou a professora, que detalhou como foi feito o tratamento.

“Os tratamentos foram constituídos de cinco rações diferenciadas, com 0% do feno de feijão-guandu, 5%, 10%, 15% e 20%. Todas as rações são constituídas de farelo de milho, farelo de soja, óleo de soja, premix mineral e vitamínico, além de metionina fosfato bicálcico. Nas tabelas de consumo de ração e peso dos animais, o tratamento com 10% do feno do feijão-guandu está apresentando o melhor resultado em relação ao tratamento sem a adição do feno. Ou seja, há um ganho considerável na qualidade do alimento e ele ainda torna a cultura de aves bem mais barata, já que o alimento do frango caipira está ali no próprio plantio do feijão, sem a necessidade do agricultor comprar qualquer tipo de ração”, acrescentou a docente.

A experiência foi realizada em uma área de meio hectare dentro do Câmpus II e foi acompanhada por três estudantes. Dois deles são do curso de Agroecologia: Clara Aparecida Cardoso, 5º período e bolsista do PIBIC; e Samuel Gonçalves, 9º período e que vem desenvolvendo seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com esse projeto. O estudante Ronaldo Gomes da Silva, da Escola Agrícola, também está inserido nessas atividades.

Ainda segundo a professora Maia Vitória, as pessoas que podem ser atendidas nessa ação extensionista são produtores rurais e cooperativas avícolas que, além do cultivo de aves, podem utilizar essa técnica de alimentação em bovinos, caprinos e ovinos. Ela destacou que a região rural de Lagoa Seca compreende um grande número de criadores desses tipos de animais, que podem melhorar suas criações com essas técnicas agroecologicamente corretas.

“Próximo ao Câmpus nós temos um número considerável de criadores de aves. Vizinho a Lagoa Seca, na cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, está situada uma cooperativa de criadores de galinhas caipiras. Isso mostra que essa região pode ganhar muito utilizando essas técnicas. E não somente com aves. O uso dessas plantas tem a capacidade de aumentar a produção engordando gado, na produção de leite de cabra e também na criação de ovinos”, afirmou Maria Vitória.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Fabiana Xavier

O post Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão desenvolvido na Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) e no curso de Agroecologia do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizada na cidade de Lagoa Seca, desenvolveu uma técnica agroecológica que pode transformar a cultura de aves da região. A partir do aproveitamento do feno de feijão-guandu, após o seu Leia Mais...

O post Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-07-14 17:14:05 [post_date] => 2017-07-14 14:14:05 [post_modified_gmt] => 2017-07-14 17:14:05 [post_modified] => 2017-07-14 14:14:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33882 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2aea34e6f222e291687b87baf3c9b7c0 [1] => 56357b94b39b548041388f378a3433bd ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 108 [2] => 5 [3] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu

Array ( [post_title] => Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de extensão desenvolvido na Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) e no curso de Agroecologia do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizada na cidade de Lagoa Seca, desenvolveu uma técnica agroecológica que pode transformar a cultura de aves da região. A partir do aproveitamento do feno de feijão-guandu, após o seu plantio, tornou-se mais barata e mais nutritiva a alimentação de frangos caipiras. A técnica tornou-se eficaz por utilizar alimentos alternativos que barateiam os custos de produção das aves, utilizando produtos oriundos da propriedade do próprio produtor.

De acordo com a professora Maria Vitória Dias Carneiro, coordenadora do projeto, o feijão é plantado de forma natural, sem o uso de agrotóxicos, tornando-o um produto bastante viável economicamente e de grande valor nutricional para os frangos. “Nós fizemos um consórcio plantando milho e feijão. A parte externa do feijão, que normalmente é jogada no campo por seu valor nutritivo, foi preparada e muito bem aceita para a alimentação das aves”, explicou a professora, que detalhou como foi feito o tratamento.

“Os tratamentos foram constituídos de cinco rações diferenciadas, com 0% do feno de feijão-guandu, 5%, 10%, 15% e 20%. Todas as rações são constituídas de farelo de milho, farelo de soja, óleo de soja, premix mineral e vitamínico, além de metionina fosfato bicálcico. Nas tabelas de consumo de ração e peso dos animais, o tratamento com 10% do feno do feijão-guandu está apresentando o melhor resultado em relação ao tratamento sem a adição do feno. Ou seja, há um ganho considerável na qualidade do alimento e ele ainda torna a cultura de aves bem mais barata, já que o alimento do frango caipira está ali no próprio plantio do feijão, sem a necessidade do agricultor comprar qualquer tipo de ração”, acrescentou a docente.

A experiência foi realizada em uma área de meio hectare dentro do Câmpus II e foi acompanhada por três estudantes. Dois deles são do curso de Agroecologia: Clara Aparecida Cardoso, 5º período e bolsista do PIBIC; e Samuel Gonçalves, 9º período e que vem desenvolvendo seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com esse projeto. O estudante Ronaldo Gomes da Silva, da Escola Agrícola, também está inserido nessas atividades.

Ainda segundo a professora Maia Vitória, as pessoas que podem ser atendidas nessa ação extensionista são produtores rurais e cooperativas avícolas que, além do cultivo de aves, podem utilizar essa técnica de alimentação em bovinos, caprinos e ovinos. Ela destacou que a região rural de Lagoa Seca compreende um grande número de criadores desses tipos de animais, que podem melhorar suas criações com essas técnicas agroecologicamente corretas.

“Próximo ao Câmpus nós temos um número considerável de criadores de aves. Vizinho a Lagoa Seca, na cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, está situada uma cooperativa de criadores de galinhas caipiras. Isso mostra que essa região pode ganhar muito utilizando essas técnicas. E não somente com aves. O uso dessas plantas tem a capacidade de aumentar a produção engordando gado, na produção de leite de cabra e também na criação de ovinos”, afirmou Maria Vitória.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Fabiana Xavier

O post Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão desenvolvido na Escola Agrícola Assis Chateaubriand (EAAC) e no curso de Agroecologia do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizada na cidade de Lagoa Seca, desenvolveu uma técnica agroecológica que pode transformar a cultura de aves da região. A partir do aproveitamento do feno de feijão-guandu, após o seu Leia Mais...

O post Projeto de extensão da UEPB desenvolve técnica de alimentação de aves utilizando feno de feijão-guandu apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-07-14 17:14:05 [post_date] => 2017-07-14 14:14:05 [post_modified_gmt] => 2017-07-14 17:14:05 [post_modified] => 2017-07-14 14:14:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33882 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2aea34e6f222e291687b87baf3c9b7c0 [1] => 56357b94b39b548041388f378a3433bd ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 108 [2] => 5 [3] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-da-uepb-desenvolve-tecnica-de-alimentacao-de-aves-utilizando-feno-de-feijao-guandu )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca

Array ( [post_title] => Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca [post_content] => Clique para exibir o slide.

Com a chegada das chuvas, os produtos cultivados pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, bem como pela Escola Agrícola Assis Chateaubriand, já foram plantados e começaram a germinar. Desde o início do período invernoso a terra começou a ser preparada para o plantio, conforme planejamento realizado pelo corpo técnico da Escola no começo do ano. Há cerca de 15 dias, a direção da EAAC demarcou a área destinada para as aulas de campo, e lançou as sementes na terra.

Foram plantadas as culturas de milho, feijão, cana-de-açúcar, além de dois hectares de capim piatã para pastagem de bovinos. Segundo o diretor da EAAC, professor José Félix de Brito Neto, a cana-de-açúcar será destinada ao engenho da agroindústria para fabricação de cachaça, o milho para atender ao refeitório e sua palha para fazer silagem para os animais. O feijão também será destinado para a refeição do Restaurante Universitário do Câmpus II.

A próxima etapa dos trabalhos será implantar uma área de melancia e maracujá, fortalecendo assim o setor de fruticultura da EAAC. O tempo de colheira depende de cada cultura. A cana-de-açúcar por exemplo só deverá estar pronta para ser cultivada dentro de um ano. Já o milho e o feijão serão colhidos em 60 dias.

 

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação EAAC

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com a chegada das chuvas, os produtos cultivados pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, bem como pela Escola Agrícola Assis Chateaubriand, já foram plantados e começaram a germinar. Desde o início do período invernoso a terra começou a ser preparada para Leia Mais...

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-06-06 14:50:10 [post_date] => 2017-06-06 11:50:10 [post_modified_gmt] => 2017-06-06 14:50:10 [post_modified] => 2017-06-06 11:50:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33496 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 32cc2bf5b38f977925013f296670de64 [1] => 4a37aa06b10a3554a283608d89e79120 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-assis-chateaubriand-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-campus-ii-da-uepb-em-lagoa-seca )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca

Array ( [post_title] => Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca [post_content] => Clique para exibir o slide.

Com a chegada das chuvas, os produtos cultivados pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, bem como pela Escola Agrícola Assis Chateaubriand, já foram plantados e começaram a germinar. Desde o início do período invernoso a terra começou a ser preparada para o plantio, conforme planejamento realizado pelo corpo técnico da Escola no começo do ano. Há cerca de 15 dias, a direção da EAAC demarcou a área destinada para as aulas de campo, e lançou as sementes na terra.

Foram plantadas as culturas de milho, feijão, cana-de-açúcar, além de dois hectares de capim piatã para pastagem de bovinos. Segundo o diretor da EAAC, professor José Félix de Brito Neto, a cana-de-açúcar será destinada ao engenho da agroindústria para fabricação de cachaça, o milho para atender ao refeitório e sua palha para fazer silagem para os animais. O feijão também será destinado para a refeição do Restaurante Universitário do Câmpus II.

A próxima etapa dos trabalhos será implantar uma área de melancia e maracujá, fortalecendo assim o setor de fruticultura da EAAC. O tempo de colheira depende de cada cultura. A cana-de-açúcar por exemplo só deverá estar pronta para ser cultivada dentro de um ano. Já o milho e o feijão serão colhidos em 60 dias.

 

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação EAAC

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com a chegada das chuvas, os produtos cultivados pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, bem como pela Escola Agrícola Assis Chateaubriand, já foram plantados e começaram a germinar. Desde o início do período invernoso a terra começou a ser preparada para Leia Mais...

O post Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-06-06 14:50:10 [post_date] => 2017-06-06 11:50:10 [post_modified_gmt] => 2017-06-06 14:50:10 [post_modified] => 2017-06-06 11:50:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33496 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/escola-agricola-assis-chateaubriand-da-uepb-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 32cc2bf5b38f977925013f296670de64 [1] => 4a37aa06b10a3554a283608d89e79120 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => escola-agricola-assis-chateaubriand-inicia-plantio-de-culturas-usadas-no-campus-ii-da-uepb-em-lagoa-seca )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos

Array ( [post_title] => Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Dentro das atividades da Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos 2017, que acontece em várias cidades do Brasil até o dia 3 de junho, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) localizado no Câmpus II, em Lagoa Seca, juntamente com a Comissão Paraibana de Orgânico, realizou na manhã desta segunda-feira (29) uma ação na Praça da Bandeira, em Campina Grande, voltada para a divulgação dos produtos sem agrotóxicos.

Coordenada pelas professoras Shirleyde Alves dos Santos e Élida Correa Barbosa, a ação consistiu na distribuição gratuita a população de mudas e hortaliças orgânicas como coentro e alface. No total, foram distribuídas 250 mudas das espécies jasmim, craibeira, ipê roxo, aroeiras e palmeira mexicana. As mudas foram produzidas e distribuídas pelo projeto “Adote uma Árvore”. As hortaliças foram adquiridas por meio do Ministério da Agricultura, que está organizando a campanha nacional e forneceu os recursos para a instituição comprar os produtos orgânicos junto a um produtor agroecológico da região.

Durante a ação foram distribuídos exemplares de um cordel produzido por estudantes do Curso de Agroecologia do CCAA, com dicas sobre alimentação saudável e ecologicamente correta, bem como divulgado o material nacional da campanha. As ações fizeram parte do conjunto de atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Extensão Rural e Pesquisa Agroecológica (NERA), instalado no Câmpus II, além dos projetos de extensão e projetos de iniciação científica.

Além dos professores e estudantes envolvidos nessas iniciativas, prestigiaram o evento o diretor do Câmpus II, professor Suenildo Jósemo Costa de Oliveira, e a coordenadora pedagógica da Pró-Reitoria de Extensão, Fabiana Xavier. Representantes da UEPB na Comissão Paraibana de Orgânicos, as professoras Shirleyde Alves dos Santos e Élida Correa Barbosa estão aproveitando a semana para mostra a importância dos produtos orgânicos e alertar para os riscos à saúde e ao meio ambiente, provocados pelos alimentos com agrotóxicos.

Segundo a professora Shirleyde, os produtos orgânicos não têm resíduos químicos, são de qualidade e saudáveis. Na próxima quarta-feira (31), a UEPB também vai apoiar a realização de um café da manhã que acontecerá na Feira Agroecológica, na antiga Estação Velha. A Semana de Alimentos Orgânicos tem caráter nacional, visa popularizar os alimentos orgânicos, tornando-os mais conhecidos para os consumidores, principal alvo da campanha. O objetivo é fomentar a agricultura orgânica e tornar esta atividade cada vez maior, por meio de ações que buscam esclarecer o que é, como se desenvolve e quais as vantagens de se produzir e de se consumir produtos com essas características.

 

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: J. Cesar e Fabiana Xavier

O post Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dentro das atividades da Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos 2017, que acontece em várias cidades do Brasil até o dia 3 de junho, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) localizado no Câmpus II, em Lagoa Seca, juntamente com a Comissão Paraibana de Orgânico, realizou na manhã desta Leia Mais...

O post Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-29 15:33:40 [post_date] => 2017-05-29 12:33:40 [post_modified_gmt] => 2017-05-29 15:33:40 [post_modified] => 2017-05-29 12:33:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33316 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => d61f031f140f2e3d15c783e39bc670ef [1] => 62cf4154a581f339140a4d78f7982ff2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos

Array ( [post_title] => Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Dentro das atividades da Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos 2017, que acontece em várias cidades do Brasil até o dia 3 de junho, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) localizado no Câmpus II, em Lagoa Seca, juntamente com a Comissão Paraibana de Orgânico, realizou na manhã desta segunda-feira (29) uma ação na Praça da Bandeira, em Campina Grande, voltada para a divulgação dos produtos sem agrotóxicos.

Coordenada pelas professoras Shirleyde Alves dos Santos e Élida Correa Barbosa, a ação consistiu na distribuição gratuita a população de mudas e hortaliças orgânicas como coentro e alface. No total, foram distribuídas 250 mudas das espécies jasmim, craibeira, ipê roxo, aroeiras e palmeira mexicana. As mudas foram produzidas e distribuídas pelo projeto “Adote uma Árvore”. As hortaliças foram adquiridas por meio do Ministério da Agricultura, que está organizando a campanha nacional e forneceu os recursos para a instituição comprar os produtos orgânicos junto a um produtor agroecológico da região.

Durante a ação foram distribuídos exemplares de um cordel produzido por estudantes do Curso de Agroecologia do CCAA, com dicas sobre alimentação saudável e ecologicamente correta, bem como divulgado o material nacional da campanha. As ações fizeram parte do conjunto de atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Extensão Rural e Pesquisa Agroecológica (NERA), instalado no Câmpus II, além dos projetos de extensão e projetos de iniciação científica.

Além dos professores e estudantes envolvidos nessas iniciativas, prestigiaram o evento o diretor do Câmpus II, professor Suenildo Jósemo Costa de Oliveira, e a coordenadora pedagógica da Pró-Reitoria de Extensão, Fabiana Xavier. Representantes da UEPB na Comissão Paraibana de Orgânicos, as professoras Shirleyde Alves dos Santos e Élida Correa Barbosa estão aproveitando a semana para mostra a importância dos produtos orgânicos e alertar para os riscos à saúde e ao meio ambiente, provocados pelos alimentos com agrotóxicos.

Segundo a professora Shirleyde, os produtos orgânicos não têm resíduos químicos, são de qualidade e saudáveis. Na próxima quarta-feira (31), a UEPB também vai apoiar a realização de um café da manhã que acontecerá na Feira Agroecológica, na antiga Estação Velha. A Semana de Alimentos Orgânicos tem caráter nacional, visa popularizar os alimentos orgânicos, tornando-os mais conhecidos para os consumidores, principal alvo da campanha. O objetivo é fomentar a agricultura orgânica e tornar esta atividade cada vez maior, por meio de ações que buscam esclarecer o que é, como se desenvolve e quais as vantagens de se produzir e de se consumir produtos com essas características.

 

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: J. Cesar e Fabiana Xavier

O post Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dentro das atividades da Semana Nacional dos Alimentos Orgânicos 2017, que acontece em várias cidades do Brasil até o dia 3 de junho, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Agrárias Ambientais (CCAA) localizado no Câmpus II, em Lagoa Seca, juntamente com a Comissão Paraibana de Orgânico, realizou na manhã desta Leia Mais...

O post Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB promove atividade para divulgação de produtos orgânicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-29 15:33:40 [post_date] => 2017-05-29 12:33:40 [post_modified_gmt] => 2017-05-29 15:33:40 [post_modified] => 2017-05-29 12:33:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33316 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => d61f031f140f2e3d15c783e39bc670ef [1] => 62cf4154a581f339140a4d78f7982ff2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-ciencias-agrarias-e-ambientais-da-uepb-promove-atividade-para-divulgacao-de-produtos-organicos )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano

Array ( [post_title] => Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

Ar puro, clima agradável e muita sombra. Criado em 2006, mas só iniciado as atividades como projeto de Extensão em 2007, transformado em programa em 2010 e institucionalizado em 2012, o programa de arborização “Adote uma Árvore” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está completando 10 anos e entrando em nova fase.

Idealizado pelo professor e biólogo Ivan Coelho Dantas, o programa já cultivou e distribuiu nesse período mais de 300 mil mudas, contribuindo assim para diminuir o déficit de árvores da cidade de Campina Grande e regiões circunvizinhas, bem como colaborar com o meio ambiente paraibano.

Como forma de celebrar seus 10 anos, o “Adote uma Árvore” pretende intensificar ao longo desse ano a distribuição de mudas nas escolas, associações comunitárias, empresas e entidades parcerias. Atualmente o programa mantém uma produção de aproximadamente 50 mil mudas, distribuídas nos viveiros “Horto “Lauro Xavier” e Psicultura “Arthur Freire”, instalados nas margens do Açude de Bodocongó, no Câmpus de Campina Grande, bem como no horto que funciona no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA), no Câmpus de Lagoa Seca.

São cultivadas nesses três viveiros plantas como ipê amarelo, rosa, branco e roxo, ipê de jardim, aroeira, craibeira, jasmim, flamboyant mirim, palmeira mexicana, pata-de-vaca, madeira nova, entre outras espécies. Coordenador atual e integrante do programa desde a sua concepção, o professor do Departamento de Biologia, Délcio de Castro Felismino, explica que mesmo com a escassez de água por conta da seca, os viveiros permaneceram em plena atividade.

Professor Délcio conta que a pretensão inicial do professor Ivan era criar um projeto com o intuito de contribuir com o trabalho de recomposição de matas ciliares, incentivo à recuperação de áreas degradadas e arborização de ruas e logradouros das cidades. A intenção era manter viveiros permanentes para produção de mudas de forma contínua e por tempo indeterminado, contribuindo para arborização das cidades interessadas, com incremento de educação ambiental.

Só que a iniciativa cresceu, ficou mais abrangente e ganhou nova dimensão, sendo submetido e aprovado ao programa da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). A partir de 2010, devido ao seu perfil, características e objetivos, foi transformado em programa, contemplado com duas bolsas de extensão. Devido à sua expansão e metas bem específicas e abrangentes, em 2012 foi institucionalizado pelo Conselho Universitário (CONSUNI), ficando assim vinculado a Pró-Reitoria de Infraestrutura (PROINFRA).

Segundo o professor Délcio, desde a sua criação até a atual data, o programa vem recebendo apoio incondicional de todos os setores da Instituição, principalmente no que diz respeito a sua submissão junto ao programa de extensão coordenado pela PROEX. No ano passado, o “Adote uma Árvore” passou a contribuir para o reflorestamento da mata ciliar em torno do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão. Em torno do reservatório foram plantadas cerca de 10 mil mudas, com o objetivo de recompor a área que sofreu com o desmatamento dos últimos anos.

O Adote uma Árvore visita escolas e empresas e ganha destaque em eventos como a Semana do Meio Ambiente e a Semana da Árvore. Nessas ocasiões, são proferidas palestras e prestados esclarecimentos sobre a importância do cuidado e do cultivo das plantas. A equipe também realiza palestras em escolas. Atualmente o programa envolve dois centros: o Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) e o Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA), que envolvem os departamentos de Biologia do Câmpus I e de Agroecologia do Câmpus II, além da Escola Técnica Agrícola Assis Chateaubriand, na iniciativa.

Para funcionar, o “Adote uma Árvore” envolve um grupo de professores, estudantes, funcionários e técnicos agrícolas. O professor Délcio também destaca as parcerias que a UEPB firmou com várias instituições e entidades públicas e privadas, o que tem ajudado a manter o programa com as chamadas contrapartidas. Como forma de colaborar com o programa, as entidades parceiras oferecem equipamentos e implementos agrícolas. As parcerias não envolvem valores financeiros.

Em uma dessas parcerias, o programa conseguiu adquirir um dessalinizador e um carro pipa que atendem as necessidades do viveiro do Câmpus de Lagoa Seca. “Hoje nós temos parcerias com prefeituras do interior e até de outros estados”, salienta o professor Délcio.

Três subprojetos aprovados pelo programa de extensão estão vinculados ao programa: “A Produção de Mudas”, “Quebra de dormência de espécies florestais” e “Arborização e Educação ambiental”. Estes subprojetos visam, respectivamente, produzir as mudas que irão atender a demanda do Adote uma Árvore, avaliar os efeitos de diferentes tratamentos para superação da dormência de sementes e adaptação a ambientes desfavoráveis ao plantio, além de contribuir para arborização das cidades, estimular e sensibilizar a capacitação de agentes multiplicadores ambientais, através de cursos e palestras junto aos alunos e comunidades, com elaboração de apostilas, folderes, cartilhas e manuais de arborização.

O “Adote uma Árvore” tem ajudado a produzir uma consciência ecológica e ajudado a melhorar o meio ambiente. A produção das espécies obedecem as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Nos viveiros mantidos pelo programa foram construídos canteiros, sementeiras e sistema de irrigação, além de estufas e minhocários.
Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ar puro, clima agradável e muita sombra. Criado em 2006, mas só iniciado as atividades como projeto de Extensão em 2007, transformado em programa em 2010 e institucionalizado em 2012, o programa de arborização “Adote uma Árvore” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está completando 10 anos e entrando em nova fase. Idealizado pelo professor Leia Mais...

O post Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-10 17:46:08 [post_date] => 2017-05-10 14:46:08 [post_modified_gmt] => 2017-05-10 17:46:08 [post_modified] => 2017-05-10 14:46:08 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33059 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c5f5587e7418ee2f10e4c29a82987c96 [1] => 3fcb430765aadce07f7a2330dfec4f08 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 5 [3] => 21 [4] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente-paraibano )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano

Array ( [post_title] => Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

Ar puro, clima agradável e muita sombra. Criado em 2006, mas só iniciado as atividades como projeto de Extensão em 2007, transformado em programa em 2010 e institucionalizado em 2012, o programa de arborização “Adote uma Árvore” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está completando 10 anos e entrando em nova fase.

Idealizado pelo professor e biólogo Ivan Coelho Dantas, o programa já cultivou e distribuiu nesse período mais de 300 mil mudas, contribuindo assim para diminuir o déficit de árvores da cidade de Campina Grande e regiões circunvizinhas, bem como colaborar com o meio ambiente paraibano.

Como forma de celebrar seus 10 anos, o “Adote uma Árvore” pretende intensificar ao longo desse ano a distribuição de mudas nas escolas, associações comunitárias, empresas e entidades parcerias. Atualmente o programa mantém uma produção de aproximadamente 50 mil mudas, distribuídas nos viveiros “Horto “Lauro Xavier” e Psicultura “Arthur Freire”, instalados nas margens do Açude de Bodocongó, no Câmpus de Campina Grande, bem como no horto que funciona no Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA), no Câmpus de Lagoa Seca.

São cultivadas nesses três viveiros plantas como ipê amarelo, rosa, branco e roxo, ipê de jardim, aroeira, craibeira, jasmim, flamboyant mirim, palmeira mexicana, pata-de-vaca, madeira nova, entre outras espécies. Coordenador atual e integrante do programa desde a sua concepção, o professor do Departamento de Biologia, Délcio de Castro Felismino, explica que mesmo com a escassez de água por conta da seca, os viveiros permaneceram em plena atividade.

Professor Délcio conta que a pretensão inicial do professor Ivan era criar um projeto com o intuito de contribuir com o trabalho de recomposição de matas ciliares, incentivo à recuperação de áreas degradadas e arborização de ruas e logradouros das cidades. A intenção era manter viveiros permanentes para produção de mudas de forma contínua e por tempo indeterminado, contribuindo para arborização das cidades interessadas, com incremento de educação ambiental.

Só que a iniciativa cresceu, ficou mais abrangente e ganhou nova dimensão, sendo submetido e aprovado ao programa da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). A partir de 2010, devido ao seu perfil, características e objetivos, foi transformado em programa, contemplado com duas bolsas de extensão. Devido à sua expansão e metas bem específicas e abrangentes, em 2012 foi institucionalizado pelo Conselho Universitário (CONSUNI), ficando assim vinculado a Pró-Reitoria de Infraestrutura (PROINFRA).

Segundo o professor Délcio, desde a sua criação até a atual data, o programa vem recebendo apoio incondicional de todos os setores da Instituição, principalmente no que diz respeito a sua submissão junto ao programa de extensão coordenado pela PROEX. No ano passado, o “Adote uma Árvore” passou a contribuir para o reflorestamento da mata ciliar em torno do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão. Em torno do reservatório foram plantadas cerca de 10 mil mudas, com o objetivo de recompor a área que sofreu com o desmatamento dos últimos anos.

O Adote uma Árvore visita escolas e empresas e ganha destaque em eventos como a Semana do Meio Ambiente e a Semana da Árvore. Nessas ocasiões, são proferidas palestras e prestados esclarecimentos sobre a importância do cuidado e do cultivo das plantas. A equipe também realiza palestras em escolas. Atualmente o programa envolve dois centros: o Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) e o Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA), que envolvem os departamentos de Biologia do Câmpus I e de Agroecologia do Câmpus II, além da Escola Técnica Agrícola Assis Chateaubriand, na iniciativa.

Para funcionar, o “Adote uma Árvore” envolve um grupo de professores, estudantes, funcionários e técnicos agrícolas. O professor Délcio também destaca as parcerias que a UEPB firmou com várias instituições e entidades públicas e privadas, o que tem ajudado a manter o programa com as chamadas contrapartidas. Como forma de colaborar com o programa, as entidades parceiras oferecem equipamentos e implementos agrícolas. As parcerias não envolvem valores financeiros.

Em uma dessas parcerias, o programa conseguiu adquirir um dessalinizador e um carro pipa que atendem as necessidades do viveiro do Câmpus de Lagoa Seca. “Hoje nós temos parcerias com prefeituras do interior e até de outros estados”, salienta o professor Délcio.

Três subprojetos aprovados pelo programa de extensão estão vinculados ao programa: “A Produção de Mudas”, “Quebra de dormência de espécies florestais” e “Arborização e Educação ambiental”. Estes subprojetos visam, respectivamente, produzir as mudas que irão atender a demanda do Adote uma Árvore, avaliar os efeitos de diferentes tratamentos para superação da dormência de sementes e adaptação a ambientes desfavoráveis ao plantio, além de contribuir para arborização das cidades, estimular e sensibilizar a capacitação de agentes multiplicadores ambientais, através de cursos e palestras junto aos alunos e comunidades, com elaboração de apostilas, folderes, cartilhas e manuais de arborização.

O “Adote uma Árvore” tem ajudado a produzir uma consciência ecológica e ajudado a melhorar o meio ambiente. A produção das espécies obedecem as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Nos viveiros mantidos pelo programa foram construídos canteiros, sementeiras e sistema de irrigação, além de estufas e minhocários.
Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ar puro, clima agradável e muita sombra. Criado em 2006, mas só iniciado as atividades como projeto de Extensão em 2007, transformado em programa em 2010 e institucionalizado em 2012, o programa de arborização “Adote uma Árvore” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está completando 10 anos e entrando em nova fase. Idealizado pelo professor Leia Mais...

O post Programa Adote uma Árvore completa 10 anos contribuindo para melhorar o meio ambiente paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-10 17:46:08 [post_date] => 2017-05-10 14:46:08 [post_modified_gmt] => 2017-05-10 17:46:08 [post_modified] => 2017-05-10 14:46:08 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33059 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCAA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccaa/feed/ [syndication_feed_id] => 8 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-e-entra-em-nova-fase-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c5f5587e7418ee2f10e4c29a82987c96 [1] => 3fcb430765aadce07f7a2330dfec4f08 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 5 [3] => 21 [4] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-adote-uma-arvore-completa-10-anos-contribuindo-para-melhorar-o-meio-ambiente-paraibano )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica

Array ( [post_title] => Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica [post_content] =>

O Laboratório de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), vinculado ao Departamento de Matemática do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Instituição, promoverá uma oficina para alunos e professores voltada ao uso da calculadora científica. A atividade será ministrada pelo professor Jalman Lima, coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil. A oficina será realizada no laboratório. Os encontros acontecerão nos dias 6 e 7 de março, às 15h.

Estão sendo ofertadas 30 vagas para os alunos interessados, contudo, a participação também está aberta para professores e profissionais das áreas de Matemática e Física. As inscrições podem ser feitas na Secretaria do Departamento de Matemática. A oficina terá uma carga horária de seis horas/aula. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail katiamedeirosuepb@gmail.com.

O professor Jalman Lima, além de coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil, é também doutorando pela Université Catholique de Louvain (UCL, Bélgica).

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Laboratório de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), vinculado ao Departamento de Matemática do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Instituição, promoverá uma oficina para alunos e professores voltada ao uso da calculadora científica. A atividade será ministrada pelo professor Jalman Lima, coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil. A oficina Leia Mais...

O post Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-02-01 18:57:11 [post_date] => 2018-02-01 15:57:11 [post_modified_gmt] => 2018-02-01 18:57:11 [post_modified] => 2018-02-01 15:57:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38272 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 25e8bed9b9ff28d58970c8622bdeb1b7 [1] => d464c3fc4639d60dbd7268e6bca96696 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 11 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 13 [4] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica

Array ( [post_title] => Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica [post_content] =>

O Laboratório de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), vinculado ao Departamento de Matemática do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Instituição, promoverá uma oficina para alunos e professores voltada ao uso da calculadora científica. A atividade será ministrada pelo professor Jalman Lima, coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil. A oficina será realizada no laboratório. Os encontros acontecerão nos dias 6 e 7 de março, às 15h.

Estão sendo ofertadas 30 vagas para os alunos interessados, contudo, a participação também está aberta para professores e profissionais das áreas de Matemática e Física. As inscrições podem ser feitas na Secretaria do Departamento de Matemática. A oficina terá uma carga horária de seis horas/aula. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail katiamedeirosuepb@gmail.com.

O professor Jalman Lima, além de coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil, é também doutorando pela Université Catholique de Louvain (UCL, Bélgica).

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Laboratório de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), vinculado ao Departamento de Matemática do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT) da Instituição, promoverá uma oficina para alunos e professores voltada ao uso da calculadora científica. A atividade será ministrada pelo professor Jalman Lima, coordenador da divisão educativa da CASIO no Brasil. A oficina Leia Mais...

O post Laboratório de Matemática da UEPB promove oficina voltada ao uso da calculadora científica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-02-01 18:57:11 [post_date] => 2018-02-01 15:57:11 [post_modified_gmt] => 2018-02-01 18:57:11 [post_modified] => 2018-02-01 15:57:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38272 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 25e8bed9b9ff28d58970c8622bdeb1b7 [1] => d464c3fc4639d60dbd7268e6bca96696 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 11 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 13 [4] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => laboratorio-de-matematica-da-uepb-promove-oficina-voltada-ao-uso-da-calculadora-cientifica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 [post_content] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Saúde” e “Regulação, Gestão e Desenvolvimento de Projetos Tecnológicos de Produtos para a Saúde”.

Podem participar da seleção os portadores de diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação nas áreas de Exatas e Saúde. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de fevereiro de 2018 através do endereço https://academico.uepb.edu.br/mestrado/index.php/inscricoes. Os documentos e o comprovante de inscrição devem ser entregues na Coordenação do PPGCTS de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018. O edital completo com todas as normas do processo seletivo pode ser acessado clicando AQUI.

 

Texto: Leonardo Alves

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Leia Mais...

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_date] => 2018-01-04 08:36:41 [post_modified_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_modified] => 2018-01-04 08:36:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37610 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7eb4dd55be7a8c5fdd1f700f9c456dcf [1] => 6780c3d10a19b216cbc463e7a43e6207 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-profissional-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 [post_content] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Saúde” e “Regulação, Gestão e Desenvolvimento de Projetos Tecnológicos de Produtos para a Saúde”.

Podem participar da seleção os portadores de diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação nas áreas de Exatas e Saúde. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de fevereiro de 2018 através do endereço https://academico.uepb.edu.br/mestrado/index.php/inscricoes. Os documentos e o comprovante de inscrição devem ser entregues na Coordenação do PPGCTS de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018. O edital completo com todas as normas do processo seletivo pode ser acessado clicando AQUI.

 

Texto: Leonardo Alves

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Leia Mais...

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_date] => 2018-01-04 08:36:41 [post_modified_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_modified] => 2018-01-04 08:36:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37610 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7eb4dd55be7a8c5fdd1f700f9c456dcf [1] => 6780c3d10a19b216cbc463e7a43e6207 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-profissional-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química

Array ( [post_title] => UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química [post_content] => Clique para exibir o slide.

Foi realizada na tarde desta quinta-feira (7), no Auditório III da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, a solenidade de premiação dos alunos participantes das diversas etapas das Olimpíadas de Química ao longo desse ano. Foram organizadas em 2017 a Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Olimpíada Brasileira (Modalidade A e B), Olimpíada Norte e Nordeste de Química, além da Olimpíada Paraibana de Química, que premiou 115 alunos de escolas públicas e particulares com medalhas e certificados.

Segundo Francisco Dantas, professor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da UEPB e coordenador da Olimpíada Paraibana de Química, essas disputas pedagógicas reuniram mais de oito mil alunos, o que tem comprovado o crescimento do envolvimento discente pela busca do aprimoramento no ensino e qualificação da aprendizagem. “Esse número crescente de alunos participantes reflete no trabalho que temos com um projeto de extensão que tem levado 36 alunos de graduação em Química da UEPB para trabalhar com alunos de escolas públicas. Essa medida fez com que mais estudantes participassem das disputas e, consequentemente, também conseguissem conquistar medalhas”, afirmou o professor.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, também participou da premiação e fez questão de destacar a importância desses jovens no processo de melhoramento da educação escolar brasileira. Segundo ele, o estímulo à participação nas olimpíadas pedagógicas faz com que o estudante encare a responsabilidade de buscar atingir metas, sem a necessidade de atingir nota ou passar de ano. “Essa é uma iniciativa fantástica, porque ela remete a uma disputa para que o aluno supere a si mesmo em busca de mais conhecimento. Esse processo faz com que o estudante busque construir sua autonomia de estudo, construindo um planejamento para atingir seu objetivo”, destacou o reitor.

Os estudantes Joelson Barbosa, 18 anos, estudante do 3º ano da Escola João Rogério Dias de Toledo, da cidade de Assunção; e Kayo Emanoel Salvino do Nascimento, 15 anos, aluno do 1º Ano da Escola Monsenhor José Paulino, na cidade de Arara, foram premiados na Olimpíada Paraibana de Química e estavam satisfeitos com o resultado conquistado. “É a primeira vez que participo da olimpíada e já ser premiado foi muito surpreendente”, disse Joelson. Kayo afirmou ter se preparado para as provas e já imaginava ser premiado. “Nos dois meses antes da prova eu me preparei bastante e imaginava que poderia ganhar uma medalha”, falou.

Já Yasmin Licarião dos Santos, aluna do 1º ano do Colégio Motiva, de Campina Grande, já havia participado no ano passado da olimpíada estadual, mas apenas agora conquistou uma medalha. Ela afirmou que ficou feliz por melhorar seu desempenho e disse que ver na Química uma disciplina que tem muito a oferecer por tratar de assuntos interessantes e atuais. “Tudo é química hoje em dia. Ela trata de tantas transformações e isso acaba nos interessando a conhecer mais sobre ela”, destacou a jovem.

Ainda durante a entrega das medalhas de ouro, prata e bronze, bem como das menções honrosas concedidas aos alunos participantes das olimpíadas, também foi distribuído um cordel que tem como tema “A evolução dos modelos atômicos”, produzido pelos professores Francisco Dantas e Antonio Américo de Almeida, e pelo servidor da UEPB, Josenildo Maria de Lima, que na oportunidade apresentou a obra e possibilitou aos presentes conhecer mais sobre a Química através da poesia popular.

Também participaram da solenidade de premiação da Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Olimpíada Brasileira (Modalidade A e B), Olimpíada Norte e Nordeste de Química, e da Olimpíada Paraibana de Química, o pró-reitor de Extensão da UEPB, professor José Pereira da Silva, o diretor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), professor Edvaldo de Oliveira Alves, além de representantes de vários municípios paraibanos que tiveram estudantes premiados.

Confira a lista completa de premiados clicando AQUI.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Foi realizada na tarde desta quinta-feira (7), no Auditório III da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, a solenidade de premiação dos alunos participantes das diversas etapas das Olimpíadas de Química ao longo desse ano. Foram organizadas em 2017 a Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Leia Mais...

O post UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-07 21:06:20 [post_date] => 2017-12-07 18:06:20 [post_modified_gmt] => 2017-12-07 21:06:20 [post_modified] => 2017-12-07 18:06:20 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37643 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b3d01664b02c9e80d2dfe7edbef832d4 [1] => 52965cc30e153d7de6b0c42bd60e98d5 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química

Array ( [post_title] => UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química [post_content] => Clique para exibir o slide.

Foi realizada na tarde desta quinta-feira (7), no Auditório III da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, a solenidade de premiação dos alunos participantes das diversas etapas das Olimpíadas de Química ao longo desse ano. Foram organizadas em 2017 a Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Olimpíada Brasileira (Modalidade A e B), Olimpíada Norte e Nordeste de Química, além da Olimpíada Paraibana de Química, que premiou 115 alunos de escolas públicas e particulares com medalhas e certificados.

Segundo Francisco Dantas, professor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da UEPB e coordenador da Olimpíada Paraibana de Química, essas disputas pedagógicas reuniram mais de oito mil alunos, o que tem comprovado o crescimento do envolvimento discente pela busca do aprimoramento no ensino e qualificação da aprendizagem. “Esse número crescente de alunos participantes reflete no trabalho que temos com um projeto de extensão que tem levado 36 alunos de graduação em Química da UEPB para trabalhar com alunos de escolas públicas. Essa medida fez com que mais estudantes participassem das disputas e, consequentemente, também conseguissem conquistar medalhas”, afirmou o professor.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, também participou da premiação e fez questão de destacar a importância desses jovens no processo de melhoramento da educação escolar brasileira. Segundo ele, o estímulo à participação nas olimpíadas pedagógicas faz com que o estudante encare a responsabilidade de buscar atingir metas, sem a necessidade de atingir nota ou passar de ano. “Essa é uma iniciativa fantástica, porque ela remete a uma disputa para que o aluno supere a si mesmo em busca de mais conhecimento. Esse processo faz com que o estudante busque construir sua autonomia de estudo, construindo um planejamento para atingir seu objetivo”, destacou o reitor.

Os estudantes Joelson Barbosa, 18 anos, estudante do 3º ano da Escola João Rogério Dias de Toledo, da cidade de Assunção; e Kayo Emanoel Salvino do Nascimento, 15 anos, aluno do 1º Ano da Escola Monsenhor José Paulino, na cidade de Arara, foram premiados na Olimpíada Paraibana de Química e estavam satisfeitos com o resultado conquistado. “É a primeira vez que participo da olimpíada e já ser premiado foi muito surpreendente”, disse Joelson. Kayo afirmou ter se preparado para as provas e já imaginava ser premiado. “Nos dois meses antes da prova eu me preparei bastante e imaginava que poderia ganhar uma medalha”, falou.

Já Yasmin Licarião dos Santos, aluna do 1º ano do Colégio Motiva, de Campina Grande, já havia participado no ano passado da olimpíada estadual, mas apenas agora conquistou uma medalha. Ela afirmou que ficou feliz por melhorar seu desempenho e disse que ver na Química uma disciplina que tem muito a oferecer por tratar de assuntos interessantes e atuais. “Tudo é química hoje em dia. Ela trata de tantas transformações e isso acaba nos interessando a conhecer mais sobre ela”, destacou a jovem.

Ainda durante a entrega das medalhas de ouro, prata e bronze, bem como das menções honrosas concedidas aos alunos participantes das olimpíadas, também foi distribuído um cordel que tem como tema “A evolução dos modelos atômicos”, produzido pelos professores Francisco Dantas e Antonio Américo de Almeida, e pelo servidor da UEPB, Josenildo Maria de Lima, que na oportunidade apresentou a obra e possibilitou aos presentes conhecer mais sobre a Química através da poesia popular.

Também participaram da solenidade de premiação da Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Olimpíada Brasileira (Modalidade A e B), Olimpíada Norte e Nordeste de Química, e da Olimpíada Paraibana de Química, o pró-reitor de Extensão da UEPB, professor José Pereira da Silva, o diretor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), professor Edvaldo de Oliveira Alves, além de representantes de vários municípios paraibanos que tiveram estudantes premiados.

Confira a lista completa de premiados clicando AQUI.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Foi realizada na tarde desta quinta-feira (7), no Auditório III da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Campina Grande, a solenidade de premiação dos alunos participantes das diversas etapas das Olimpíadas de Química ao longo desse ano. Foram organizadas em 2017 a Olimpíada Brasileira Júnior, Olimpíada Nacional de Ciências, Leia Mais...

O post UEPB promove entrega de medalhas aos alunos participantes das Olimpíadas de Química apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-07 21:06:20 [post_date] => 2017-12-07 18:06:20 [post_modified_gmt] => 2017-12-07 21:06:20 [post_modified] => 2017-12-07 18:06:20 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37643 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b3d01664b02c9e80d2dfe7edbef832d4 [1] => 52965cc30e153d7de6b0c42bd60e98d5 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-entrega-de-medalhas-aos-alunos-participantes-das-olimpiadas-de-quimica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB

Array ( [post_title] => Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) acaba de completar 10 anos e, para comemorar a data emblemática, o Programa realiza de hoje até a próxima quarta-feira (6), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SEACEM).

A abertura do evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (4), reunindo inúmeros professores e alunos de graduação e pós-graduação da área. O evento teve início com as apresentações culturais do Trio de Forró Acauã da Serra e do professor Miguel de Brito Santos, que recitou seu “Mosaico Poético – Diálogo entre o amor e o coração”, com versos de Cartola e João do Vale. A mesa de abertura foi composta pelo reitor da UEPB, professor Rangel Junior; pelo coordenador do PPGECEM, José Joelson Pimentel; e pelo acadêmico Mozart Edson Lopes, representante da organização do evento.

O professor Joelson ressaltou que, a despeito das atuais políticas nacional e estadual que não incentivam o desenvolvimento da Universidade, o PPGECEM tem se efetivado e consolidado, através do trabalho em conjunto dos corpos docente e discente, com resultados favoráveis em publicações acadêmicas, além da parceria com programas de outras instituições, a exemplo das nacionais UFRN, UFRPE, UNESP, USP, e de universidades estrangeiras, como algumas do Chile, Portugal, Estados Unidos, Alemanha, entre outras.

No mesmo sentido de superação, o reitor Rangel Junior defendeu que, mesmo que o cenário brasileiro pareça sombrio e nebuloso, há de se fazer esforços para dialogar, refletir sobre essa realidade livremente e pensar a condição dos educadores de modo a favorecer a educação. Nesse sentido, ele informou sobre a recente aprovação pelo Conselho Universitário da Bolsa Eventos para alunos de pós-graduação da UEPB; sobre projeto de financiamento para internacionalização das pós-graduações, com bolsas para mestrados e doutorados “sanduíche”; e lançamento de edital com recursos da ordem de R$ 400 mil para apoio a projetos de pesquisa a partir do próximo ano. “Em meio a tanto conflito enfrentado, paramos de lamentar as dificuldades e buscamos todo apoio possível para construir uma Universidade melhor e criar condições para que os avanços aconteçam”, frisou o reitor.

Logo em seguida, teve início o debate sobre a temática “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”, que contou com as argumentações da professora Eugênia Maria Dantas, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e do professor Marcelo de Carvalho Borba, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), com mediação do professor Joelson Pimentel. O evento se estende até quarta-feira com a realização de oficinas, palestras, exposições, comunicações orais, roda de diálogos e minicursos com os assuntos mais atuais relacionados à temática.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) acaba de completar 10 anos e, para comemorar a data emblemática, o Programa realiza de hoje até a próxima quarta-feira (6), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 3ª edição da Leia Mais...

O post Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-04 21:31:51 [post_date] => 2017-12-04 18:31:51 [post_modified_gmt] => 2017-12-04 21:31:51 [post_modified] => 2017-12-04 18:31:51 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37552 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3efb35ba640f88e2e56281cd76819e16 [1] => b0412384ff404fcf0744adfb5fdcaadb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => comeca-a-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB

Array ( [post_title] => Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) acaba de completar 10 anos e, para comemorar a data emblemática, o Programa realiza de hoje até a próxima quarta-feira (6), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SEACEM).

A abertura do evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (4), reunindo inúmeros professores e alunos de graduação e pós-graduação da área. O evento teve início com as apresentações culturais do Trio de Forró Acauã da Serra e do professor Miguel de Brito Santos, que recitou seu “Mosaico Poético – Diálogo entre o amor e o coração”, com versos de Cartola e João do Vale. A mesa de abertura foi composta pelo reitor da UEPB, professor Rangel Junior; pelo coordenador do PPGECEM, José Joelson Pimentel; e pelo acadêmico Mozart Edson Lopes, representante da organização do evento.

O professor Joelson ressaltou que, a despeito das atuais políticas nacional e estadual que não incentivam o desenvolvimento da Universidade, o PPGECEM tem se efetivado e consolidado, através do trabalho em conjunto dos corpos docente e discente, com resultados favoráveis em publicações acadêmicas, além da parceria com programas de outras instituições, a exemplo das nacionais UFRN, UFRPE, UNESP, USP, e de universidades estrangeiras, como algumas do Chile, Portugal, Estados Unidos, Alemanha, entre outras.

No mesmo sentido de superação, o reitor Rangel Junior defendeu que, mesmo que o cenário brasileiro pareça sombrio e nebuloso, há de se fazer esforços para dialogar, refletir sobre essa realidade livremente e pensar a condição dos educadores de modo a favorecer a educação. Nesse sentido, ele informou sobre a recente aprovação pelo Conselho Universitário da Bolsa Eventos para alunos de pós-graduação da UEPB; sobre projeto de financiamento para internacionalização das pós-graduações, com bolsas para mestrados e doutorados “sanduíche”; e lançamento de edital com recursos da ordem de R$ 400 mil para apoio a projetos de pesquisa a partir do próximo ano. “Em meio a tanto conflito enfrentado, paramos de lamentar as dificuldades e buscamos todo apoio possível para construir uma Universidade melhor e criar condições para que os avanços aconteçam”, frisou o reitor.

Logo em seguida, teve início o debate sobre a temática “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”, que contou com as argumentações da professora Eugênia Maria Dantas, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e do professor Marcelo de Carvalho Borba, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), com mediação do professor Joelson Pimentel. O evento se estende até quarta-feira com a realização de oficinas, palestras, exposições, comunicações orais, roda de diálogos e minicursos com os assuntos mais atuais relacionados à temática.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) acaba de completar 10 anos e, para comemorar a data emblemática, o Programa realiza de hoje até a próxima quarta-feira (6), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 3ª edição da Leia Mais...

O post Começa a terceira edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática na UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-04 21:31:51 [post_date] => 2017-12-04 18:31:51 [post_modified_gmt] => 2017-12-04 21:31:51 [post_modified] => 2017-12-04 18:31:51 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37552 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/comeca-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3efb35ba640f88e2e56281cd76819e16 [1] => b0412384ff404fcf0744adfb5fdcaadb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => comeca-a-terceira-edicao-da-semana-academica-em-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-na-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1

Array ( [post_title] => Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 [post_content] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou edital para preenchimento de vagas da nova turma do Mestrado a ser formada para o período 2018/1. No total, estão sendo ofertadas 14 vagas distribuídas nas linhas de pesquisas “Metodologias analíticas avançadas”, “Química medicinal”, Nanomateriais e Nanociência” e “Biotecnologia”.

Podem concorrer às vagas os portadores de diploma de graduação em Licenciatura em Química, Bacharelado em Química, Química Industrial, Farmácia, Ciências Biológicas, Biotecnologia, Engenharia Química, Engenharia de Materiais e áreas afins. As inscrições para o processo seletivo devem ser efetuadas on-line, até o dia 18 de dezembro, através do endereço eletrônico https://academico.uepb.edu.br/scapg/index.php/inscricoes.

Posteriormente, nos dias 19 e 20 de dezembro, o formulário e o comprovante de pagamento da taxa de inscrição devem ser entregues na Secretaria do Programa, que funciona no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Sala C 305, Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

A seleção dos candidatos se dará mediante realização de prova escrita, prova de língua estrangeira, prova de títulos e entrevista. A prova escrita será aplicada no dia 5 de fevereiro de 2018, das 8 às12h, no Centro de Ciências e Tecnologia; a prova de língua estrangeira (Inglês) está marcada para o dia 9 de fevereiro, enquanto a Prova de Títulos e a Entrevista serão feitas no dia 20 do mesmo mês. O resultado final será divulgado no dia 21 de fevereiro, com as matrículas dos aprovados sendo feitas nos dias 5 e 6 de março. O

Confira o edital completo clicando AQUI.

 

Texto: Severino Lopes

O post Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou edital para preenchimento de vagas da nova turma do Mestrado a ser formada para o período 2018/1. No total, estão sendo ofertadas 14 vagas distribuídas nas linhas de pesquisas “Metodologias analíticas avançadas”, “Química medicinal”, Nanomateriais e Nanociência” e “Biotecnologia”. Leia Mais...

O post Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-30 14:26:09 [post_date] => 2017-11-30 11:26:09 [post_modified_gmt] => 2017-11-30 14:26:09 [post_modified] => 2017-11-30 11:26:09 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37120 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 06e92c5529de8ecda333ed58e4904c3b [1] => 27fe8a5e2c9248c6f16f2e630745d6e4 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-a-turma-2018-1 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1

Array ( [post_title] => Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 [post_content] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou edital para preenchimento de vagas da nova turma do Mestrado a ser formada para o período 2018/1. No total, estão sendo ofertadas 14 vagas distribuídas nas linhas de pesquisas “Metodologias analíticas avançadas”, “Química medicinal”, Nanomateriais e Nanociência” e “Biotecnologia”.

Podem concorrer às vagas os portadores de diploma de graduação em Licenciatura em Química, Bacharelado em Química, Química Industrial, Farmácia, Ciências Biológicas, Biotecnologia, Engenharia Química, Engenharia de Materiais e áreas afins. As inscrições para o processo seletivo devem ser efetuadas on-line, até o dia 18 de dezembro, através do endereço eletrônico https://academico.uepb.edu.br/scapg/index.php/inscricoes.

Posteriormente, nos dias 19 e 20 de dezembro, o formulário e o comprovante de pagamento da taxa de inscrição devem ser entregues na Secretaria do Programa, que funciona no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Sala C 305, Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

A seleção dos candidatos se dará mediante realização de prova escrita, prova de língua estrangeira, prova de títulos e entrevista. A prova escrita será aplicada no dia 5 de fevereiro de 2018, das 8 às12h, no Centro de Ciências e Tecnologia; a prova de língua estrangeira (Inglês) está marcada para o dia 9 de fevereiro, enquanto a Prova de Títulos e a Entrevista serão feitas no dia 20 do mesmo mês. O resultado final será divulgado no dia 21 de fevereiro, com as matrículas dos aprovados sendo feitas nos dias 5 e 6 de março. O

Confira o edital completo clicando AQUI.

 

Texto: Severino Lopes

O post Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou edital para preenchimento de vagas da nova turma do Mestrado a ser formada para o período 2018/1. No total, estão sendo ofertadas 14 vagas distribuídas nas linhas de pesquisas “Metodologias analíticas avançadas”, “Química medicinal”, Nanomateriais e Nanociência” e “Biotecnologia”. Leia Mais...

O post Mestrado em Química da UEPB lança edital de processo seletivo com oferta de 14 vagas para a turma 2018.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-30 14:26:09 [post_date] => 2017-11-30 11:26:09 [post_modified_gmt] => 2017-11-30 14:26:09 [post_modified] => 2017-11-30 11:26:09 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37120 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-turma-2018-1/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 06e92c5529de8ecda333ed58e4904c3b [1] => 27fe8a5e2c9248c6f16f2e630745d6e4 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-quimica-da-uepb-lanca-edital-de-processo-seletivo-com-oferta-de-14-vagas-para-a-turma-2018-1 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar

Array ( [post_title] => 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar [post_content] =>

Dentro das celebrações dos 10 anos de atuação do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), será realizada, entre os dias 4 e 6 de dezembro, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ), que tem como proposta de debate “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”. Ao longo dos três dias serão realizadas oficinas, palestras, exposições, comunicações orais, roda de diálogos e minicursos com os assuntos mais atuais relacionados à temática.

Os alunos interessados em participar da 3ª SEACEM podem se inscrever até o dia da abertura do evento, através do link http://congresso.uepb.edu.br/saecem/. A Semana Acadêmica tem como objetivo a divulgação das pesquisas que estão em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática, que oferece os cursos de Mestrado Profissional e Acadêmico nas áreas de concentração “Ensino de Ciências” e “Educação Matemática”

A mesa de abertura está programada para as 10h, no Auditório do curso de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, e terá como tema “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”. Participarão da atividade os professores Joelson Pimentel de Almeida, Eugenia Maria Dantas, Pedro Henrique de Barros Falcão e Marcelo de Carvalho Borba. As demais atividades do evento ocuparão as dependências da Central de Integração Acadêmica, do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), além da Biblioteca Central, todos localizados no Câmpus de Bodocongó.

Para ter acesso à programação completa da 3ª edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ) basta clicar AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dentro das celebrações dos 10 anos de atuação do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), será realizada, entre os dias 4 e 6 de dezembro, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ), que tem como proposta Leia Mais...

O post 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-22 21:23:03 [post_date] => 2017-11-22 18:23:03 [post_modified_gmt] => 2017-11-22 21:23:03 [post_modified] => 2017-11-22 18:23:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36995 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cd2b6f34a1b9216930bbd8ea150a7f4f [1] => 9c5e1f02d992a79c6700696c21e48350 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar

Array ( [post_title] => 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar [post_content] =>

Dentro das celebrações dos 10 anos de atuação do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), será realizada, entre os dias 4 e 6 de dezembro, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ), que tem como proposta de debate “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”. Ao longo dos três dias serão realizadas oficinas, palestras, exposições, comunicações orais, roda de diálogos e minicursos com os assuntos mais atuais relacionados à temática.

Os alunos interessados em participar da 3ª SEACEM podem se inscrever até o dia da abertura do evento, através do link http://congresso.uepb.edu.br/saecem/. A Semana Acadêmica tem como objetivo a divulgação das pesquisas que estão em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática, que oferece os cursos de Mestrado Profissional e Acadêmico nas áreas de concentração “Ensino de Ciências” e “Educação Matemática”

A mesa de abertura está programada para as 10h, no Auditório do curso de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, e terá como tema “Ensino de Ciências e Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar”. Participarão da atividade os professores Joelson Pimentel de Almeida, Eugenia Maria Dantas, Pedro Henrique de Barros Falcão e Marcelo de Carvalho Borba. As demais atividades do evento ocuparão as dependências da Central de Integração Acadêmica, do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), além da Biblioteca Central, todos localizados no Câmpus de Bodocongó.

Para ter acesso à programação completa da 3ª edição da Semana Acadêmica em Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ) basta clicar AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dentro das celebrações dos 10 anos de atuação do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), será realizada, entre os dias 4 e 6 de dezembro, a 3ª edição da Semana Acadêmica m Ensino de Ciências e Educação Matemática (SAECEM ), que tem como proposta Leia Mais...

O post 3º SAECEM debaterá ensino de Ciências e Educação Matemática em perspectiva interdisciplinar apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-22 21:23:03 [post_date] => 2017-11-22 18:23:03 [post_modified_gmt] => 2017-11-22 21:23:03 [post_modified] => 2017-11-22 18:23:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36995 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cd2b6f34a1b9216930bbd8ea150a7f4f [1] => 9c5e1f02d992a79c6700696c21e48350 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3o-seacem-debatera-ensino-de-ciencias-e-educacao-matematica-em-perspectiva-interdisciplinar )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água

Array ( [post_title] => UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água [post_content] => Clique para exibir o slide.

Considerado como o futuro da tecnologia, o grafeno, material composto de átomos de carbono que, por ser simplesmente o mais fino e mais condutor do mundo, tem incríveis potencialidades de utilização, está prestes a ser objeto de estudo na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Após uma reunião na manhã desta quinta-feira (9) entre a Reitoria da UEPB com a Coordenação de Pesquisasa da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a Universidade, junto com outras instituições paraibanas, formará um plano de trabalho para desenvolver pesquisas com o objetivo de encontrar meios mais eficazes para dessalinização de água a partir do uso do referido composto.

Este foi o primeiro encontro que encaminhou a parceria que ainda vai envolver a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB), todos focados em pesquisar essa camada de pouca espessura de grafite, que é muito resistente, se levarmos em consideração sua densidade, sendo 100 vezes mais forte que o aço. Segundo o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, a união dessas instituições beneficiará diretamente a sociedade pela possibilidade real de solucionar problemas que há muito tempo são enfrentados pelas populações.

“A escolha da Funasa por essas instituições caiu como uma luva para que possamos pôr em prática algo bastante atual, que é a possibilidade de trabalharmos em cooperação. Isso merece um destaque porque temos o objetivo de encontrar soluções para problemas reais que as populações enfrentam. O fornecimento de água é um deles. A partir dos estudos dessa proposta do grafeno, poderemos trabalhar um conhecimento novo, uma nova tecnologia que lá na frente resultará em conhecimento científico com publicação de trabalhos, registro de patentes e várias outras benéfices”, destacou o reitor Rangel Junior.

O coordenador de pesquisa da Funasa, Rômulo Henrique da Cruz, afirmou que este é o momento para pensar em uma tecnologia nova que supra a crise hídrica que todo o país enfrenta. Ele ainda acrescentou que este estudo do grafeno é bastante inovador e desafiador por se tratar de algo que está sendo explorado há pouco tempo no Brasil. Ele frisou que o envolvimento de todas essas universidades é fundamental pela aproximação que as instituições têm com a população, mas salientou que é um projeto que está sendo ainda iniciado, portanto ainda há um longo caminho a ser percorrido.

“Queremos levar água para a população inteira do Nordeste, principalmente a do Semiárido. Este projeto é muito inovador. O grafeno tem a capacidade de diminuir o custo operacional de produção dos equipamentos, diminuir custos logísticos no que diz respeito à água de qualidade e a economia de energia por parte dos dessalinizadores atuais em milhões de reais. Portanto, é algo que pode ser feito para o bem do povo”, ressaltou Rômulo Henrique.

A professora do Departamento de Engenharia Ambiental da UEPB, Weruska Brasileiro, foi otimista no que se refere a solução do problema da crise hídrica que o Semiárido enfrenta há várias décadas. Ela afirmou que esta pesquisa tem o foco em um produto inovador e projetou que em um período de três anos já seja possível desenvolver um protótipo para que os testes de dessalinização sejam iniciados. “O grafeno é um material que tem várias utilidades, não só na área de saneamento. Ele também é utilizado nas áreas de condutores e informática. A nossa perspectiva é que com o seu uso possamos agir e solucionar problemas sérios em que a água salobra não é tratada da forma convencional”, concluiu Weruska.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Considerado como o futuro da tecnologia, o grafeno, material composto de átomos de carbono que, por ser simplesmente o mais fino e mais condutor do mundo, tem incríveis potencialidades de utilização, está prestes a ser objeto de estudo na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Após uma reunião na manhã desta quinta-feira (9) entre a Reitoria Leia Mais...

O post UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-09 18:15:54 [post_date] => 2017-11-09 15:15:54 [post_modified_gmt] => 2017-11-09 18:15:54 [post_modified] => 2017-11-09 15:15:54 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36777 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 258cf0d43d61ff3a0728d9aecfacca1a [1] => bdf491f296b9cc6bce09c33624aa64c9 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-a-dessalinizacao-de-agua )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água

Array ( [post_title] => UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água [post_content] => Clique para exibir o slide.

Considerado como o futuro da tecnologia, o grafeno, material composto de átomos de carbono que, por ser simplesmente o mais fino e mais condutor do mundo, tem incríveis potencialidades de utilização, está prestes a ser objeto de estudo na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Após uma reunião na manhã desta quinta-feira (9) entre a Reitoria da UEPB com a Coordenação de Pesquisasa da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a Universidade, junto com outras instituições paraibanas, formará um plano de trabalho para desenvolver pesquisas com o objetivo de encontrar meios mais eficazes para dessalinização de água a partir do uso do referido composto.

Este foi o primeiro encontro que encaminhou a parceria que ainda vai envolver a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB), todos focados em pesquisar essa camada de pouca espessura de grafite, que é muito resistente, se levarmos em consideração sua densidade, sendo 100 vezes mais forte que o aço. Segundo o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, a união dessas instituições beneficiará diretamente a sociedade pela possibilidade real de solucionar problemas que há muito tempo são enfrentados pelas populações.

“A escolha da Funasa por essas instituições caiu como uma luva para que possamos pôr em prática algo bastante atual, que é a possibilidade de trabalharmos em cooperação. Isso merece um destaque porque temos o objetivo de encontrar soluções para problemas reais que as populações enfrentam. O fornecimento de água é um deles. A partir dos estudos dessa proposta do grafeno, poderemos trabalhar um conhecimento novo, uma nova tecnologia que lá na frente resultará em conhecimento científico com publicação de trabalhos, registro de patentes e várias outras benéfices”, destacou o reitor Rangel Junior.

O coordenador de pesquisa da Funasa, Rômulo Henrique da Cruz, afirmou que este é o momento para pensar em uma tecnologia nova que supra a crise hídrica que todo o país enfrenta. Ele ainda acrescentou que este estudo do grafeno é bastante inovador e desafiador por se tratar de algo que está sendo explorado há pouco tempo no Brasil. Ele frisou que o envolvimento de todas essas universidades é fundamental pela aproximação que as instituições têm com a população, mas salientou que é um projeto que está sendo ainda iniciado, portanto ainda há um longo caminho a ser percorrido.

“Queremos levar água para a população inteira do Nordeste, principalmente a do Semiárido. Este projeto é muito inovador. O grafeno tem a capacidade de diminuir o custo operacional de produção dos equipamentos, diminuir custos logísticos no que diz respeito à água de qualidade e a economia de energia por parte dos dessalinizadores atuais em milhões de reais. Portanto, é algo que pode ser feito para o bem do povo”, ressaltou Rômulo Henrique.

A professora do Departamento de Engenharia Ambiental da UEPB, Weruska Brasileiro, foi otimista no que se refere a solução do problema da crise hídrica que o Semiárido enfrenta há várias décadas. Ela afirmou que esta pesquisa tem o foco em um produto inovador e projetou que em um período de três anos já seja possível desenvolver um protótipo para que os testes de dessalinização sejam iniciados. “O grafeno é um material que tem várias utilidades, não só na área de saneamento. Ele também é utilizado nas áreas de condutores e informática. A nossa perspectiva é que com o seu uso possamos agir e solucionar problemas sérios em que a água salobra não é tratada da forma convencional”, concluiu Weruska.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Considerado como o futuro da tecnologia, o grafeno, material composto de átomos de carbono que, por ser simplesmente o mais fino e mais condutor do mundo, tem incríveis potencialidades de utilização, está prestes a ser objeto de estudo na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Após uma reunião na manhã desta quinta-feira (9) entre a Reitoria Leia Mais...

O post UEPB e Funasa encaminham parceria para realização de estudo com grafeno voltado à dessalinização de água apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-09 18:15:54 [post_date] => 2017-11-09 15:15:54 [post_modified_gmt] => 2017-11-09 18:15:54 [post_modified] => 2017-11-09 15:15:54 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36777 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-dessalinizacao-de-agua/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 258cf0d43d61ff3a0728d9aecfacca1a [1] => bdf491f296b9cc6bce09c33624aa64c9 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-e-funasa-encaminham-parceria-para-realizacao-de-estudo-com-grafeno-voltado-a-dessalinizacao-de-agua )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado

Array ( [post_title] => Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado [post_content] =>

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou editais para formação de novas turmas dos cursos de Mestrado e Doutorado. Os interessados devem fazer inscrição nos dias 16 e 17 de novembro, das 8h às 12h, na Sala C 307 do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da Instituição, localizado no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

Estão sendo ofertadas seis vagas para o Doutorado em Engenharia Ambiental e 20 vagas para o Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental. As seleções constaram das etapas de prova escrita de conhecimento específico, plano de trabalho e análise de currículo.

Para se inscrever são exigidos os seguintes documentos: formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado; cópias autenticadas do RG, CPF e diploma de mestrado (para candidatos ao Doutorado) ouo de graduação (para os candidatos ao Mestrado); histórico escolar do curso de graduação (para candidatos ao Mestrado) e de graduação e mestrado (para os candidatos ao Doutorado); plano de trabalho; formulário padrão de produção científica dos últimos cinco anos preenchido e com documentos comprobatórios; cópia impressa do Currículo Lattes e duas fotos 3×4 recentes.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3315-3311. Todas as normas dos processos seletivos, com prazos e demais informações podem ser conferidas nos editais.

Acesse:

Edital do Doutorado em Engenharia Ambiental
Edital do Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental

 

Texto: Tatiana Brandão

 

 

 

O post Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou editais para formação de novas turmas dos cursos de Mestrado e Doutorado. Os interessados devem fazer inscrição nos dias 16 e 17 de novembro, das 8h às 12h, na Sala C 307 do Centro de Ciências e Leia Mais...

O post Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-04 18:03:27 [post_date] => 2017-10-04 15:03:27 [post_modified_gmt] => 2017-10-04 18:03:27 [post_modified] => 2017-10-04 15:03:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35954 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 6c2ca56ff5b3d55caa26fe66a5f4b5ad [1] => 98c7806412238f656cc10ae7900eaddf ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado

Array ( [post_title] => Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado [post_content] =>

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou editais para formação de novas turmas dos cursos de Mestrado e Doutorado. Os interessados devem fazer inscrição nos dias 16 e 17 de novembro, das 8h às 12h, na Sala C 307 do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da Instituição, localizado no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

Estão sendo ofertadas seis vagas para o Doutorado em Engenharia Ambiental e 20 vagas para o Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental. As seleções constaram das etapas de prova escrita de conhecimento específico, plano de trabalho e análise de currículo.

Para se inscrever são exigidos os seguintes documentos: formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado; cópias autenticadas do RG, CPF e diploma de mestrado (para candidatos ao Doutorado) ouo de graduação (para os candidatos ao Mestrado); histórico escolar do curso de graduação (para candidatos ao Mestrado) e de graduação e mestrado (para os candidatos ao Doutorado); plano de trabalho; formulário padrão de produção científica dos últimos cinco anos preenchido e com documentos comprobatórios; cópia impressa do Currículo Lattes e duas fotos 3×4 recentes.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3315-3311. Todas as normas dos processos seletivos, com prazos e demais informações podem ser conferidas nos editais.

Acesse:

Edital do Doutorado em Engenharia Ambiental
Edital do Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental

 

Texto: Tatiana Brandão

 

 

 

O post Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou editais para formação de novas turmas dos cursos de Mestrado e Doutorado. Os interessados devem fazer inscrição nos dias 16 e 17 de novembro, das 8h às 12h, na Sala C 307 do Centro de Ciências e Leia Mais...

O post Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental lança editais para formação de turmas de Mestrado e Doutorado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-04 18:03:27 [post_date] => 2017-10-04 15:03:27 [post_modified_gmt] => 2017-10-04 18:03:27 [post_modified] => 2017-10-04 15:03:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35954 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCT – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/cct/feed/ [syndication_feed_id] => 16 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 6c2ca56ff5b3d55caa26fe66a5f4b5ad [1] => 98c7806412238f656cc10ae7900eaddf ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => pos-graduacao-em-ciencia-e-tecnologia-ambiental-lanca-editais-para-formacao-de-turmas-de-mestrado-e-doutorado )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS

Array ( [post_title] => Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS [post_content] => Clique para exibir o slide.

A 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC), realizada pelo Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Monteiro, foi aberta nesta segunda-feira (27) com uma palestra sobre a Lei 13.415/2017, que trata sobre reforma do Ensino Médio, proposta pelo Governo Federal. O tema foi abordado pelo professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Luiz de Sousa Júnior, que apresentou a medida e apontou suas aplicações na formação dos jovens brasileiros.

De acordo com Luiz de Sousa, no conjunto geral da proposta, a situação é muito complicada. Ele abordou o assunto sob o seguinte tema: “A contrarreforma do Ensino Médio: dualismo educacional e assepsia curricular”, destacando o cenário vivenciado pelo Brasil no que diz respeito também às reformas trabalhistas, da previdência, bem como do congelamento dos gastos, além da terceirização e privatização das políticas sociais.

“O conceito de contrarreforma é uma reforma que desfaz sem construir nada de positivo neste lugar. É uma contrarreforma regressiva essa do Ensino Médio, já que o dualismo educacional proposto retoma a ideia que vem dos anos de 1940. Já a assepsia curricular apresenta uma flexibilização que está se discutindo muito atualmente em todos os setores, mas, na verdade, traz muito da proposta de limpar as disciplinas que não são utilitaristas, já que o que o governo quer é que fiquem apenas as disciplinas básicas”, introduziu o professor.

Durante sua explanação, o palestrante ainda ressaltou que é preciso entender todo o conjunto das reformas propostas pelo Governo Federal, para que se tenha uma ideia real dos prejuízos que essas mudanças trarão, principalmente no processo de formação educacional dos jovens brasileiros. “Nesse momento, temos um governo que está desconstruindo tudo aquilo que significou em algum momento a ideia de bem-estar social. A Constituição de 1988 aponta para esse sentido, mas hoje temos um desmonte disso e, mais ainda, estamos retroagindo em coisas positivas que foram conquistas há mais de 70 anos”, acrescentou Luiz Sousa.

O vice-reitor da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães, que participou da mesa de abertura da 3ª SEMEC, valorizou a realização do evento e fez questão de destacar que a Reforma do Ensino Médio foi proposta pelo governo através de um instrumento pouco apropriado para se lançar uma mudança na Educação, que foi através de Medida Provisória, pouco tempo depois da configuração do Plano Nacional de Educação (PNE) de 2014. “Essa proposta de reforma teve quase que uma unanimidade de rejeição dos estudiosos, não somente pelo conteúdo, mas também pela forma”, destacou Flávio.

Flávio ainda afirmou que essa proposta caminha em sentido contrário com o que estava em construção no país, uma vez que, segundo ele, qualquer reforma tem uma intencionalidade que representa uma ideologia que está por trás de quem a propõe. “Ao se discutir esse tema, vamos perceber o tamanho de nosso desafio. Não se pode fortalecer o Ensino Médio profissionalizante, ou estimulá-lo, a despeito do enfraquecimento do Ensino Médio regular, notadamente o noturno. São situações que precisam ser redefinidas para que não tornemos o Ensino Médio mais excludente”, afirmou o vice-reitor da UEPB.

3ª SEMEC envolve estudantes de graduação e pós-graduação

Iniciada nesta segunda (27), a 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC) se estende até a próxima sexta-feira (1º) com várias atividades no CCTS, durante os turnos da manhã e tarde. Dentro da programação estão 20 minicursos, 10 oficinas, 13 conferências, uma mesa redonda, além das apresentações de comunicações orais e painéis de estudantes de graduação e pós-graduação do Câmpus VIII.

De acordo com o pró-reitor adjunto de Graduação da UEPB e coordenador da SEMEC, professor Altamir Souto Dias, mais de 160 alunos realizaram inscrição em um evento que tem como finalidade estimular a pesquisa e a qualificação da formação dos estudantes. “Nosso evento é bianual e tem como objetivo discutir temas importante para a formação desses alunos”, disse Altamir Souto.

O diretor do CCTS, professor Manuel Antonio Gordón Núñez, destacou o momento que estas discussões estão ocorrendo, uma vez que as reformas que estão sendo implantadas colocam a educação como um produto de barganha. “Ao longo dessa semana vamos aproveitar para discutir todas essas questões. Dentro da sala de aula nós podemos fazer o nosso papel de combater aquilo que não está certo, que postura eu devo ter a frente dessas reformas, por isso a participação de todos é fundamental”, frisou o professor Gordón.

A aluna do 5º período do curso de Física, Ísis Flávia Gomes, disse estar entusiasmada em participar do evento por ele ter uma programação vasta e diversificada, tanto para os alunos que têm foco na formação da seguir a docência, bem como para aqueles que aspiram a carreira de pesquisa. “A variedade de minicursos e conferências nos deixou muito satisfeitos, porque contemplou nossas perspectivas, tanto para quem está focado em ser professor, como também na área de pesquisa”, salientou a jovem.

A programação da 3ª SEMEC segue com a realização dos minicursos nos turnos da manhã e tarde, bem como as conferências e mesas redondas. Serão realizadas na quarta-feira (29) aulas de campo e apresentações culturais nas dependências do Ccâmpus VIII. A conferência de encerramento está marcada para a sexta-feira (1º), às 14h30.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC), realizada pelo Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Monteiro, foi aberta nesta segunda-feira (27) com uma palestra sobre a Lei 13.415/2017, que trata sobre reforma do Ensino Médio, proposta pelo Governo Federal. O tema foi Leia Mais...

O post Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 15:20:38 [post_date] => 2017-11-28 12:20:38 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 15:20:38 [post_modified] => 2017-11-28 12:20:38 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37137 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1be3e98eba2cd5b7e9e992b15cbfbe3f [1] => b761472590d224ebd1ae5323a7ed80bb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-a-ciencia-no-ccts )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS

Array ( [post_title] => Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS [post_content] => Clique para exibir o slide.

A 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC), realizada pelo Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Monteiro, foi aberta nesta segunda-feira (27) com uma palestra sobre a Lei 13.415/2017, que trata sobre reforma do Ensino Médio, proposta pelo Governo Federal. O tema foi abordado pelo professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Luiz de Sousa Júnior, que apresentou a medida e apontou suas aplicações na formação dos jovens brasileiros.

De acordo com Luiz de Sousa, no conjunto geral da proposta, a situação é muito complicada. Ele abordou o assunto sob o seguinte tema: “A contrarreforma do Ensino Médio: dualismo educacional e assepsia curricular”, destacando o cenário vivenciado pelo Brasil no que diz respeito também às reformas trabalhistas, da previdência, bem como do congelamento dos gastos, além da terceirização e privatização das políticas sociais.

“O conceito de contrarreforma é uma reforma que desfaz sem construir nada de positivo neste lugar. É uma contrarreforma regressiva essa do Ensino Médio, já que o dualismo educacional proposto retoma a ideia que vem dos anos de 1940. Já a assepsia curricular apresenta uma flexibilização que está se discutindo muito atualmente em todos os setores, mas, na verdade, traz muito da proposta de limpar as disciplinas que não são utilitaristas, já que o que o governo quer é que fiquem apenas as disciplinas básicas”, introduziu o professor.

Durante sua explanação, o palestrante ainda ressaltou que é preciso entender todo o conjunto das reformas propostas pelo Governo Federal, para que se tenha uma ideia real dos prejuízos que essas mudanças trarão, principalmente no processo de formação educacional dos jovens brasileiros. “Nesse momento, temos um governo que está desconstruindo tudo aquilo que significou em algum momento a ideia de bem-estar social. A Constituição de 1988 aponta para esse sentido, mas hoje temos um desmonte disso e, mais ainda, estamos retroagindo em coisas positivas que foram conquistas há mais de 70 anos”, acrescentou Luiz Sousa.

O vice-reitor da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães, que participou da mesa de abertura da 3ª SEMEC, valorizou a realização do evento e fez questão de destacar que a Reforma do Ensino Médio foi proposta pelo governo através de um instrumento pouco apropriado para se lançar uma mudança na Educação, que foi através de Medida Provisória, pouco tempo depois da configuração do Plano Nacional de Educação (PNE) de 2014. “Essa proposta de reforma teve quase que uma unanimidade de rejeição dos estudiosos, não somente pelo conteúdo, mas também pela forma”, destacou Flávio.

Flávio ainda afirmou que essa proposta caminha em sentido contrário com o que estava em construção no país, uma vez que, segundo ele, qualquer reforma tem uma intencionalidade que representa uma ideologia que está por trás de quem a propõe. “Ao se discutir esse tema, vamos perceber o tamanho de nosso desafio. Não se pode fortalecer o Ensino Médio profissionalizante, ou estimulá-lo, a despeito do enfraquecimento do Ensino Médio regular, notadamente o noturno. São situações que precisam ser redefinidas para que não tornemos o Ensino Médio mais excludente”, afirmou o vice-reitor da UEPB.

3ª SEMEC envolve estudantes de graduação e pós-graduação

Iniciada nesta segunda (27), a 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC) se estende até a próxima sexta-feira (1º) com várias atividades no CCTS, durante os turnos da manhã e tarde. Dentro da programação estão 20 minicursos, 10 oficinas, 13 conferências, uma mesa redonda, além das apresentações de comunicações orais e painéis de estudantes de graduação e pós-graduação do Câmpus VIII.

De acordo com o pró-reitor adjunto de Graduação da UEPB e coordenador da SEMEC, professor Altamir Souto Dias, mais de 160 alunos realizaram inscrição em um evento que tem como finalidade estimular a pesquisa e a qualificação da formação dos estudantes. “Nosso evento é bianual e tem como objetivo discutir temas importante para a formação desses alunos”, disse Altamir Souto.

O diretor do CCTS, professor Manuel Antonio Gordón Núñez, destacou o momento que estas discussões estão ocorrendo, uma vez que as reformas que estão sendo implantadas colocam a educação como um produto de barganha. “Ao longo dessa semana vamos aproveitar para discutir todas essas questões. Dentro da sala de aula nós podemos fazer o nosso papel de combater aquilo que não está certo, que postura eu devo ter a frente dessas reformas, por isso a participação de todos é fundamental”, frisou o professor Gordón.

A aluna do 5º período do curso de Física, Ísis Flávia Gomes, disse estar entusiasmada em participar do evento por ele ter uma programação vasta e diversificada, tanto para os alunos que têm foco na formação da seguir a docência, bem como para aqueles que aspiram a carreira de pesquisa. “A variedade de minicursos e conferências nos deixou muito satisfeitos, porque contemplou nossas perspectivas, tanto para quem está focado em ser professor, como também na área de pesquisa”, salientou a jovem.

A programação da 3ª SEMEC segue com a realização dos minicursos nos turnos da manhã e tarde, bem como as conferências e mesas redondas. Serão realizadas na quarta-feira (29) aulas de campo e apresentações culturais nas dependências do Ccâmpus VIII. A conferência de encerramento está marcada para a sexta-feira (1º), às 14h30.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A 3ª edição da Semana de Educação para a Ciência (SEMEC), realizada pelo Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Monteiro, foi aberta nesta segunda-feira (27) com uma palestra sobre a Lei 13.415/2017, que trata sobre reforma do Ensino Médio, proposta pelo Governo Federal. O tema foi Leia Mais...

O post Palestra sobre reforma do Ensino Médio marca abertura da 3ª Semana de Educação para a Ciência no CCTS apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-28 15:20:38 [post_date] => 2017-11-28 12:20:38 [post_modified_gmt] => 2017-11-28 15:20:38 [post_modified] => 2017-11-28 12:20:38 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37137 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-ciencia-no-ccts/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1be3e98eba2cd5b7e9e992b15cbfbe3f [1] => b761472590d224ebd1ae5323a7ed80bb ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => palestra-sobre-reforma-do-ensino-medio-marca-abertura-da-3a-semana-de-educacao-para-a-ciencia-no-ccts )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes

Array ( [post_title] => Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes [post_content] =>

O periódico “Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada (PBOCI)”, publicado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Associação de Apoio à Pesquisa em Saúde Bucal (APESB) foi recentemente aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes, que visa incentivar a editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros de alta especialização em todas as áreas de conhecimento, de forma a contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do país.

Conforme o editor da publicação, professor Alessandro Leite Cavalcanti, o reconhecimento dos principais órgãos de fomento atesta a qualidade da revista em sua área de conhecimento, não apenas pela excelência dos trabalhos que são publicados, como também pela relevância acadêmica dos pesquisadores que integram o corpo editorial.

Da totalidade de revistas aprovadas das mais distintas áreas no Programa Editorial CNPq/Capes, apenas três são de Odontologia, com destaque para a PBOCI. Coincidentemente, todas estão presentes na mais importante base de indexação, que é a Web of Science/Clarivate Analytics. Informações sobre a revista podem ser obtidas no endereço http://revista.uepb.edu.br/index.php/pboci/index.

O post Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O periódico “Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada (PBOCI)”, publicado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Associação de Apoio à Pesquisa em Saúde Bucal (APESB) foi recentemente aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes, que visa incentivar a editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros de alta especialização em todas as áreas Leia Mais...

O post Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-20 19:01:45 [post_date] => 2017-11-20 16:01:45 [post_modified_gmt] => 2017-11-20 19:01:45 [post_modified] => 2017-11-20 16:01:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36924 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9c6de5f8d69e0eb63a41710b466de069 [1] => 530a05025bf1a73a0b8ec95e2f402423 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 20 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes

Array ( [post_title] => Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes [post_content] =>

O periódico “Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada (PBOCI)”, publicado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Associação de Apoio à Pesquisa em Saúde Bucal (APESB) foi recentemente aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes, que visa incentivar a editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros de alta especialização em todas as áreas de conhecimento, de forma a contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do país.

Conforme o editor da publicação, professor Alessandro Leite Cavalcanti, o reconhecimento dos principais órgãos de fomento atesta a qualidade da revista em sua área de conhecimento, não apenas pela excelência dos trabalhos que são publicados, como também pela relevância acadêmica dos pesquisadores que integram o corpo editorial.

Da totalidade de revistas aprovadas das mais distintas áreas no Programa Editorial CNPq/Capes, apenas três são de Odontologia, com destaque para a PBOCI. Coincidentemente, todas estão presentes na mais importante base de indexação, que é a Web of Science/Clarivate Analytics. Informações sobre a revista podem ser obtidas no endereço http://revista.uepb.edu.br/index.php/pboci/index.

O post Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O periódico “Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada (PBOCI)”, publicado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Associação de Apoio à Pesquisa em Saúde Bucal (APESB) foi recentemente aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes, que visa incentivar a editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros de alta especialização em todas as áreas Leia Mais...

O post Periódico de Odontologia da Universidade Estadual é aprovado no Programa Editorial CNPq/Capes apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-20 19:01:45 [post_date] => 2017-11-20 16:01:45 [post_modified_gmt] => 2017-11-20 19:01:45 [post_modified] => 2017-11-20 16:01:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36924 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9c6de5f8d69e0eb63a41710b466de069 [1] => 530a05025bf1a73a0b8ec95e2f402423 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 20 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => periodico-de-odontologia-da-universidade-estadual-e-aprovado-no-programa-editorial-cnpq-capes )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => b72ab734eff749cc9dfdfbdf678d0298 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => b72ab734eff749cc9dfdfbdf678d0298 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016

Array ( [post_title] => UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Sociedade Brasileira de Física (SBF) premiaram na manhã desta sexta-feira (29) os melhores estudantes de Física da Paraíba, oriundos das redes privada e pública de ensino, pelo desempenho alcançado na edição 2016 da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP).

A cerimônia de entrega das medalhas foi realizada no Auditório da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) e reuniu estudantes, familiares, professores e diretores das escolas participantes. Aguardada com muita expectativa, a premiação contou ainda com a presença do reitor Rangel Junior; do pró-reitor de Extensão, José Pereira Silva; e do coordenador estadual da Olimpíada Paraibana de Física, professor Mário César Soares.

Antes da premiação, aconteceu a leitura do cordel “Pitelin e os Segredos da Física”, de autoria do professor de Física, Josenildo Lima. As atenções, no entanto, estavam voltadas para a entrega das medalhas. No total, 132 medalhas foram entregues aos vencedores, como coroamento de todo o esforço dos estudantes na busca pelo conhecimento ao longo de todo o ano de 2016.

Promotora do ensino e incentivadora de projetos de valorização de aprendizagem dos jovens, a UEPB mais uma vez deu a sua contribuição na realização do concurso de conhecimentos. Somente da etapa estadual foram premiados 132 estudantes oriundos de Ensino Médio e Fundamental e que disputaram a Olimpíada Brasileira de Física e a Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas. Mais de 115 escolas participaram da edição 2016 da competição, envolvendo cerca de 25 mil estudantes de todo o Estado na realização das provas.

Os vencedores superaram diversos desafios, enfrentaram três fases de provas teóricas e vivenciaram conceitos importantíssimos para a formação educacional do Ensino Médio. Foram entregues aos melhores colocados na Olimpíada as medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas pela participação na atividade. Inicialmente foram premiados os estudantes que se destacaram na Olimpíada Nacional. As medalhas de ouro, prata e bronze foram entregues pelo reitor Rangel Junior.

Posteriormente, foram entregues, pelo professor Mário Cesar, as medalhas aos vencedores da etapa Estadual, na modalidade ouro. As medalhas de prata dessa etapa foram entregues pelo pró-reitor de Extensão, José Pereira, enquanto que as medalhas de bronze foram entregues pelos professores de Física, Valdemir Mestre e Josenildo Lima. A premiação estadual da OBFEP foi conduzida pelo professor Paulo Tebúrio, que representou os professores das escolas participantes das Olimpíadas, e pela professora Miriam de Sousa Conserva, que representou todos os diretores.

Entusiasta das Olimpíadas, o reitor Rangel Junior enfatizou que a UEPB sempre apoiou a iniciativa por entender que se trata de uma premiação que incentiva os estudantes a buscarem conhecimentos em suas áreas. “Acredito que essa experiência de Olimpíadas deveria se estender para todas as áreas, porque é uma provocação para quem gosta de estudar e também para despertar o interesse pelo estudo”, destacou.

Ele observou que as olimpíadas consistem em uma atividade que leva o estudante a enfrentar desafios no sentido de superar limitações e atingir determinados patamares para, futuramente, terem sucesso na carreira. Rangel Junior ressaltou que esse modelo de olimpíada também ajuda no processo de formação da UEPB, visto que envolve estudantes no processo de monitorias, ministrando conteúdos. “Não tenho dúvida que desta sala, e de outras, poderão sair grandes profissionais e grandes educadores em uma área que o Brasil precisa tanto que é a área de Física”, projetou o reitor.

Coordenador estadual da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), o professor Mário César Soares também destacou a participação da UEPB para a realização dessas premiações. Além de atuar na organização, a Universidade também ajudou os estudantes na preparação para as provas através de um projeto de Extensão. Ele lembrou que os câmpus de Araruna e Patos êem aulas contínuas oferecidas a estudantes da rede pública, que estão se preparando para a OBFEP.

Além disso, esse ano a Instituição foi responsável pela impressão de todas as provas aplicadas no Brasil, o que rendeu elogios de educadores de todo o país. O professor ressaltou que a premiação desta sexta-feira marcou o coroamento de todo um trabalho que envolveu professores e alunos. Mário César enfatizou que os alunos vencedores passaram por várias etapas, sendo a terceira fase a mais difícil.

Ele adiantou que as provas da terceira etapa da edição 2017 da OBF já acontecem no próximo dia 7 de Outubro, no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da UEPB, e no dia 21 de outubro será aplicada a prova da segunda etapa da OBFEP. Mário César reafirmou que a UEPB está ajudando a promover o ensino da Física, levando mais aprendizado para os alunos e aproximando o conhecimento da ciência com as atividades do dia a dia.

Devido a esse bom desempenho, a Paraíba é uma das candidatas para sediar, em 2020, a Olimpíada Iberoamericana, que reunirá representantes de 22 países. A OBF conta com a participação tanto de alunos de escolas particulares como também de escolas públicas, por ela ser mais ampla. Já a OBFEP é destinada apenas a alunos de escolas públicas.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Sociedade Brasileira de Física (SBF) premiaram na manhã desta sexta-feira (29) os melhores estudantes de Física da Paraíba, oriundos das redes privada e pública de ensino, pelo desempenho alcançado na edição 2016 da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas Leia Mais...

O post UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-29 23:26:43 [post_date] => 2017-09-29 20:26:43 [post_modified_gmt] => 2017-09-29 23:26:43 [post_modified] => 2017-09-29 20:26:43 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35823 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a5e98e208d4ebb766ab96eac8d61b1f1 [1] => 838150d6829d7fd4bf2a5eab12ad18cf ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 32 [1] => 16 [2] => 20 [3] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-entrega-medalhas-a-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016

Array ( [post_title] => UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Sociedade Brasileira de Física (SBF) premiaram na manhã desta sexta-feira (29) os melhores estudantes de Física da Paraíba, oriundos das redes privada e pública de ensino, pelo desempenho alcançado na edição 2016 da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP).

A cerimônia de entrega das medalhas foi realizada no Auditório da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) e reuniu estudantes, familiares, professores e diretores das escolas participantes. Aguardada com muita expectativa, a premiação contou ainda com a presença do reitor Rangel Junior; do pró-reitor de Extensão, José Pereira Silva; e do coordenador estadual da Olimpíada Paraibana de Física, professor Mário César Soares.

Antes da premiação, aconteceu a leitura do cordel “Pitelin e os Segredos da Física”, de autoria do professor de Física, Josenildo Lima. As atenções, no entanto, estavam voltadas para a entrega das medalhas. No total, 132 medalhas foram entregues aos vencedores, como coroamento de todo o esforço dos estudantes na busca pelo conhecimento ao longo de todo o ano de 2016.

Promotora do ensino e incentivadora de projetos de valorização de aprendizagem dos jovens, a UEPB mais uma vez deu a sua contribuição na realização do concurso de conhecimentos. Somente da etapa estadual foram premiados 132 estudantes oriundos de Ensino Médio e Fundamental e que disputaram a Olimpíada Brasileira de Física e a Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas. Mais de 115 escolas participaram da edição 2016 da competição, envolvendo cerca de 25 mil estudantes de todo o Estado na realização das provas.

Os vencedores superaram diversos desafios, enfrentaram três fases de provas teóricas e vivenciaram conceitos importantíssimos para a formação educacional do Ensino Médio. Foram entregues aos melhores colocados na Olimpíada as medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas pela participação na atividade. Inicialmente foram premiados os estudantes que se destacaram na Olimpíada Nacional. As medalhas de ouro, prata e bronze foram entregues pelo reitor Rangel Junior.

Posteriormente, foram entregues, pelo professor Mário Cesar, as medalhas aos vencedores da etapa Estadual, na modalidade ouro. As medalhas de prata dessa etapa foram entregues pelo pró-reitor de Extensão, José Pereira, enquanto que as medalhas de bronze foram entregues pelos professores de Física, Valdemir Mestre e Josenildo Lima. A premiação estadual da OBFEP foi conduzida pelo professor Paulo Tebúrio, que representou os professores das escolas participantes das Olimpíadas, e pela professora Miriam de Sousa Conserva, que representou todos os diretores.

Entusiasta das Olimpíadas, o reitor Rangel Junior enfatizou que a UEPB sempre apoiou a iniciativa por entender que se trata de uma premiação que incentiva os estudantes a buscarem conhecimentos em suas áreas. “Acredito que essa experiência de Olimpíadas deveria se estender para todas as áreas, porque é uma provocação para quem gosta de estudar e também para despertar o interesse pelo estudo”, destacou.

Ele observou que as olimpíadas consistem em uma atividade que leva o estudante a enfrentar desafios no sentido de superar limitações e atingir determinados patamares para, futuramente, terem sucesso na carreira. Rangel Junior ressaltou que esse modelo de olimpíada também ajuda no processo de formação da UEPB, visto que envolve estudantes no processo de monitorias, ministrando conteúdos. “Não tenho dúvida que desta sala, e de outras, poderão sair grandes profissionais e grandes educadores em uma área que o Brasil precisa tanto que é a área de Física”, projetou o reitor.

Coordenador estadual da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), o professor Mário César Soares também destacou a participação da UEPB para a realização dessas premiações. Além de atuar na organização, a Universidade também ajudou os estudantes na preparação para as provas através de um projeto de Extensão. Ele lembrou que os câmpus de Araruna e Patos êem aulas contínuas oferecidas a estudantes da rede pública, que estão se preparando para a OBFEP.

Além disso, esse ano a Instituição foi responsável pela impressão de todas as provas aplicadas no Brasil, o que rendeu elogios de educadores de todo o país. O professor ressaltou que a premiação desta sexta-feira marcou o coroamento de todo um trabalho que envolveu professores e alunos. Mário César enfatizou que os alunos vencedores passaram por várias etapas, sendo a terceira fase a mais difícil.

Ele adiantou que as provas da terceira etapa da edição 2017 da OBF já acontecem no próximo dia 7 de Outubro, no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da UEPB, e no dia 21 de outubro será aplicada a prova da segunda etapa da OBFEP. Mário César reafirmou que a UEPB está ajudando a promover o ensino da Física, levando mais aprendizado para os alunos e aproximando o conhecimento da ciência com as atividades do dia a dia.

Devido a esse bom desempenho, a Paraíba é uma das candidatas para sediar, em 2020, a Olimpíada Iberoamericana, que reunirá representantes de 22 países. A OBF conta com a participação tanto de alunos de escolas particulares como também de escolas públicas, por ela ser mais ampla. Já a OBFEP é destinada apenas a alunos de escolas públicas.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Sociedade Brasileira de Física (SBF) premiaram na manhã desta sexta-feira (29) os melhores estudantes de Física da Paraíba, oriundos das redes privada e pública de ensino, pelo desempenho alcançado na edição 2016 da Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas Leia Mais...

O post UEPB entrega medalhas a 132 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Física 2016 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-29 23:26:43 [post_date] => 2017-09-29 20:26:43 [post_modified_gmt] => 2017-09-29 23:26:43 [post_modified] => 2017-09-29 20:26:43 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35823 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-entrega-medalhas-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a5e98e208d4ebb766ab96eac8d61b1f1 [1] => 838150d6829d7fd4bf2a5eab12ad18cf ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 32 [1] => 16 [2] => 20 [3] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-entrega-medalhas-a-132-alunos-premiados-na-olimpiada-brasileira-de-fisica-2016 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população

Array ( [post_title] => Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) do Câmpus VIII da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado na cidade de Araruna, está completando sete anos de fundação. Para marcar a data, a direção do Câmpus, juntamente com as coordenações dos cursos que compõem o Centro, está realizando a 2ª Feira Científica Cultural do CCTS. O evento, voltado para os estudantes e professores dos cursos de Odontologia, Engenharia Civil e Física, movimentou toda a comunidade acadêmica através das palestras, mesa redonda, exposição de trabalhos de pesquisa e extensão, além de apresentações culturais.

A Feira Científica Cultural foi aberta oficialmente na noite desta terça-feira (26), pelo diretor do Câmpus, Manuel Antônio Gordón Nunez, e pelo diretor ajunto do CCTS, professor Raimundo Leidimar Bezerra. O Pró-reitor de Cultura, professor José Cristóvão de Andrade, representou o reitor Rangel Junior na solenidade, que marcou a comemoração oficial do aniversário do Câmpus VIII. Durante a solenidade, o prefeito da cidade, Vital Costa, destacou a importância do Câmpus de Araruna para o desenvolvimento econômico, social e cultural da região.

Logo após a abertura aconteceu o lançamento do projeto “Praça de Convivência do CCTS”, por parte da Empresa Junior “Pilares”, do curso de Engenharia Civil, seguido da premiação dos ganhadores das amostras de Extensão e Pesquisa da 1º FECIC realizada em 2016. Foram premiados cinco trabalhos do curso de Odontologia, um trabalho do curso de Licenciatura em Física, e outro do curso de Engenharia Civil, todos apresentados em forma de banner. Técnicos e professores também foram premiados.

Dentro da programação festiva, o Laboratório Itinerante (LABIT) realizou uma série de ações de saúde voltadas para a melhora da qualidade de vida da população, além de uma ação social com cortes de cabelo, manicure e maquiagem. Apresentações de trabalhos científicos, mostra de gastronomia, artesanato e uma oficina de cordel e contação de histórias também fizeram parte da programação.

O diretor do Câmpus, professor Manuel Antônio Gordón Nunez, reafirmou que a presença da UEPB no Curimataú Oriental da Paraíba representa o alicerce mais forte do aspecto social da Instituição. Manuel Gordón lembrou que o Câmpus tem as clínicas de Odontologia muito bem equipadas e os laboratórios dos cursos de Engenharia e Física funcionando muito bem, o que só resulta em ganhos para a população da região. “Com o que realizamos no Câmpus VIII, promovemos um impacto muito positivo na saúde pública local e auxiliamos no desenvolvimento regional”, frisou. Para o professor, aos poucos o CCTS desponta como um dos principais Câmpus da UEPB e, na sua avaliação, muito ainda será realizado pelao Câmpus de Araruna que reverterá em mais benefícios para a sociedade.

A Feira prossegue nesta quarta (27) com a apresentação do ballet popular “Terra Potiguares”, a realização das oficinas “Qualidade de Atendimento ao Público”, “Xilogravura”, “Desenho e Tela”, além da apresentação dos trabalhos científicos e das mostra de gastronomia, artesanato e apresentações culturais. Também haverá um show de calouros com estudantes do Câmpus. O encerramento da Feira será às 20h, com apresentações culturais e um momento de confraternização.

O Câmpus Professora Maria da Penha, em Araruna, foi inaugurado no dia 20 de setembro de 2010 e já colocou centenas de profissionais no mercado de trabalho. Desde que se instalou na cidade, como parte do processo de interiorização da UEPB, o Câmpus VIII passou a realizar uma função estratégica na região, tendo impulsionado o desenvolvimento econômico e social, além de melhorar a qualidade de vida da população, através dos diversos projetos de extensão, desenvolvidos por professores e estudantes dos cursos de Bacharelado em Odontologia e Engenharia Civil e da Licenciatura em Física.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) do Câmpus VIII da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado na cidade de Araruna, está completando sete anos de fundação. Para marcar a data, a direção do Câmpus, juntamente com as coordenações dos cursos que compõem o Centro, está realizando a 2ª Feira Científica Cultural do CCTS. Leia Mais...

O post Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-27 14:45:23 [post_date] => 2017-09-27 11:45:23 [post_modified_gmt] => 2017-09-27 14:45:23 [post_modified] => 2017-09-27 11:45:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35720 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cc89143a893a21ba2931e7d492f0b9c2 [1] => 6f70d774c66c1b59b435f99e6851a405 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-a-populacao )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população

Array ( [post_title] => Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) do Câmpus VIII da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado na cidade de Araruna, está completando sete anos de fundação. Para marcar a data, a direção do Câmpus, juntamente com as coordenações dos cursos que compõem o Centro, está realizando a 2ª Feira Científica Cultural do CCTS. O evento, voltado para os estudantes e professores dos cursos de Odontologia, Engenharia Civil e Física, movimentou toda a comunidade acadêmica através das palestras, mesa redonda, exposição de trabalhos de pesquisa e extensão, além de apresentações culturais.

A Feira Científica Cultural foi aberta oficialmente na noite desta terça-feira (26), pelo diretor do Câmpus, Manuel Antônio Gordón Nunez, e pelo diretor ajunto do CCTS, professor Raimundo Leidimar Bezerra. O Pró-reitor de Cultura, professor José Cristóvão de Andrade, representou o reitor Rangel Junior na solenidade, que marcou a comemoração oficial do aniversário do Câmpus VIII. Durante a solenidade, o prefeito da cidade, Vital Costa, destacou a importância do Câmpus de Araruna para o desenvolvimento econômico, social e cultural da região.

Logo após a abertura aconteceu o lançamento do projeto “Praça de Convivência do CCTS”, por parte da Empresa Junior “Pilares”, do curso de Engenharia Civil, seguido da premiação dos ganhadores das amostras de Extensão e Pesquisa da 1º FECIC realizada em 2016. Foram premiados cinco trabalhos do curso de Odontologia, um trabalho do curso de Licenciatura em Física, e outro do curso de Engenharia Civil, todos apresentados em forma de banner. Técnicos e professores também foram premiados.

Dentro da programação festiva, o Laboratório Itinerante (LABIT) realizou uma série de ações de saúde voltadas para a melhora da qualidade de vida da população, além de uma ação social com cortes de cabelo, manicure e maquiagem. Apresentações de trabalhos científicos, mostra de gastronomia, artesanato e uma oficina de cordel e contação de histórias também fizeram parte da programação.

O diretor do Câmpus, professor Manuel Antônio Gordón Nunez, reafirmou que a presença da UEPB no Curimataú Oriental da Paraíba representa o alicerce mais forte do aspecto social da Instituição. Manuel Gordón lembrou que o Câmpus tem as clínicas de Odontologia muito bem equipadas e os laboratórios dos cursos de Engenharia e Física funcionando muito bem, o que só resulta em ganhos para a população da região. “Com o que realizamos no Câmpus VIII, promovemos um impacto muito positivo na saúde pública local e auxiliamos no desenvolvimento regional”, frisou. Para o professor, aos poucos o CCTS desponta como um dos principais Câmpus da UEPB e, na sua avaliação, muito ainda será realizado pelao Câmpus de Araruna que reverterá em mais benefícios para a sociedade.

A Feira prossegue nesta quarta (27) com a apresentação do ballet popular “Terra Potiguares”, a realização das oficinas “Qualidade de Atendimento ao Público”, “Xilogravura”, “Desenho e Tela”, além da apresentação dos trabalhos científicos e das mostra de gastronomia, artesanato e apresentações culturais. Também haverá um show de calouros com estudantes do Câmpus. O encerramento da Feira será às 20h, com apresentações culturais e um momento de confraternização.

O Câmpus Professora Maria da Penha, em Araruna, foi inaugurado no dia 20 de setembro de 2010 e já colocou centenas de profissionais no mercado de trabalho. Desde que se instalou na cidade, como parte do processo de interiorização da UEPB, o Câmpus VIII passou a realizar uma função estratégica na região, tendo impulsionado o desenvolvimento econômico e social, além de melhorar a qualidade de vida da população, através dos diversos projetos de extensão, desenvolvidos por professores e estudantes dos cursos de Bacharelado em Odontologia e Engenharia Civil e da Licenciatura em Física.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) do Câmpus VIII da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado na cidade de Araruna, está completando sete anos de fundação. Para marcar a data, a direção do Câmpus, juntamente com as coordenações dos cursos que compõem o Centro, está realizando a 2ª Feira Científica Cultural do CCTS. Leia Mais...

O post Câmpus VIII celebra sete anos de fundação com Feira Científica Cultural e prestação de serviços a população apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-27 14:45:23 [post_date] => 2017-09-27 11:45:23 [post_modified_gmt] => 2017-09-27 14:45:23 [post_modified] => 2017-09-27 11:45:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35720 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-populacao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => cc89143a893a21ba2931e7d492f0b9c2 [1] => 6f70d774c66c1b59b435f99e6851a405 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => campus-viii-celebra-sete-anos-de-fundacao-com-feira-cientifica-cultural-e-prestacao-de-servicos-a-populacao )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência

Array ( [post_title] => Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência [post_content] => Clique para exibir o slide.

Laboratórios amplos e aconchegantes, clínicas escolas bem estruturadas, equipamentos modernos e um projeto pedagógico inovador. Os cursos de Bacharelado em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ofertados nos câmpus de Campina Grande e Araruna, são referência para quem sonha em adquirir formação qualificada e fazer carreira em um dos campos mais promissores da área da Saúde.

Os estudantes que chegam para enfrentar cinco anos de uma formação rigorosa, distribuída em mais de 4 mil horas/aula, encontram toda uma engrenagem em funcionamento na “máquina de fazer sorrisos”. Entre a teoria e a prática, a busca pelo conhecimento e o aprimoramento da técnica, os futuros profissionais de Odontologia sabem que sairão da UEPB com a bagagem necessária para enfrentar o concorrido mercado de trabalho.

Fundado há mais de 45 anos em Campina Grande e tendo sido responsável, ao longo desse período, pela formação de milhares de profissionais em atividade no mercado, o curso tem buscado alcançar o nível de excelência. Os investimentos estruturais e pedagógicos, o esforço do corpo docente e outras melhorias dotaram o Bacharelado com um padrão que mereceu o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC).

O curso, instalado no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Câmpus I, está entre os melhores do país em sua área, conforme atesta o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016, divulgado recentemente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Odontologia obteve nota 4  em uma escala que possui 5 como nota máxima, índice suficiente para classificá-lo de alta qualidade. O bom desempenho nos indicadores resultantes do Enade foi comemorado por professores e estudantes da Instituição.

A professora Denise Nóbrega Diniz chegou no curso em 1989, após passar por um concorrido vestibular. Os tempos eram outros, mas o sonho da Universidade de garantir a excelência do Bacharelado já existia. Denise testemunhou parte da construção desse sonho e, hoje, na condição de chefe adjunta do Departamento, comemora os frutos de todo o esforço. “É um empenho grande de uma equipe que tem esse propósito de cada vez mais melhorar o ensino”, frisou.

Ela ressalta que o curso de Odontologia não se resume apenas às salas de aulas, mas às clínicas escolas, laboratórios e outros equipamentos que ajudam de forma prática na formação dos futuros profissionais da área. A professora adiantou que em breve o Departamento passará por novas melhorias estruturais, visto que o objetivo é conquistar a nota máxima no próximo Enade.

Para a ex-aluna, extensionista, professora e atual chefe adjunta, o bom desempenho no Enade traduz a realidade do curso e esforço e empenho da Administração da UEPB, da direção de Centro e da chefia do Departamento de manter o Bacharelado entre os melhores da região. O curso conta atualmente com 280 alunos matriculados e um quadro de docentes formado por 54 professores entre efetivos e substitutos.

Além de formar profissionais para o mercado de trabalho no sentido da assistência, o curso de Odontologia também conta com um grande número de profissionais que optam pela formação docente. Nesse sentido, o Programa de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO) está cada vez mais fortalecido. Atualmente, mais de 60 estudantes estão matriculados no Mestrado e no Doutorado em Odontologia da UEPB, a maioria deles egressos da graduação.

Projeto Político Pedagógico

Coordenadora do curso no Câmpus I, a professora Kátia Simone Alves dos Santos destacou que a boa avaliação do MEC surge no momento de transição do Projeto Político Pedagógico do Bacharelado, com mudanças na grade curricular que são consideradas um marco. A proposta do curso é a formação com perfil de profissional generalista, com sensibilidade social e competências técnicas capazes de prestar atenção integral mais humanizada, com aptidão ao trabalho em equipe e à melhor compreensão da realidade em que vive a população, valorizando igualmente o saber científico e a visão humanística.

As estudantes Catarina Pereira Monteiro Lima e Ellem Cordeiro Costa estão no 8º período do curso e ficaram felizes ao saber que a graduação que cursam obteve o conceito 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. “Ficamos muitos felizes com esse resultado. Isso mostra que estamos equiparados com universidades de grandes centros”, comemorou Cataina. Com mesmo pensamento, Ellem Cordeiro disse que é gratificante fazer parte de um curso que atingiu um nível de qualidade tão bom. Ela acredita que, em breve, Odontologia alcançará o conceito 5.

Estudante do 10º período de Odontologia, Lidiane dos Santos Dantas vive seu dia a dia acadêmico em uma das quatro clínicas do curso. Nos últimos dois anos a rotina da futura odontóloga tem sido se revezar todas as manhãs entre a sala de aula e a clínica onde aplica todo os conhecimentos teórico no atendimento aos seus primeiros pacientes. No local, ela aprimora a técnica e, como resultado, alivia dores e devolve o largo sorriso das pessoas. Lidiane comemorou quando soube do desempenho do curso de Odontologia no Enade e disse que se sente mais segura e confiante em concluir um curso que tem o aval, o incentivo e a aprovação do MEC.

Conhecido como um dos setores que mais se destacam na UEPB, a Clínica Escola de Odontologia recebe a cada semestre dezenas de estudantes para as atividades práticas. A partir de 4º período, os graduandos já começam a ter os primeiros contatos com o espaço que retrata o seu futuro ambiente de trabalho. Inicialmente, eles atuam na Clínica de Promoção e Saúde Bucal. Posteriormente, no 5º período, eles passam a assistir aulas de várias disciplinas laboratoriais que são a base para a Clínica. Depois do 6º período, os graduandos vivenciam a rotina clínica diariamente.

O curso de Odontologia conta com quatro clínicas escolas realizando várias atividades. São as Clínicas de Dentística, Endodontia e Periodontia; Cirurgia e Prótese, além das Clínicas Integradas onde todas as especialidades são trabalhadas pelo aluno com atendimento gratuito a pacientes, de segunda a sexta-feira. A Clínica chega a atender mais de 250 pessoas por mês. Referência na oferta de serviços em tratamento bucal, a clínica realiza restaurações, serviços de endodontia (tratamento de canal), periodontia (raspagem), cirurgia, ortodontia, dentística e prótese, sendo este um dos mais procurados. Além disso, são realizados atendimentos em odontopediatria, voltado para crianças, e radiologia, reconhecido como setor de referência em Campina Grande.

A professora Raquel Gomes conta que na Clínica é trabalhado o tripé da Universidade, que é a o ensino, a pesquisa e a extensão. “É por isso que o curso obteve essa ótima avaliação. Também atribuo essa conquista ao esforço de todos que resultou no fortalecimento da Pós-Graduação na área,” destacou.

A estrutura do curso abriga, além as Clínicas Escolas, os laboratórios de Dentística e Endodontia, Prótese, Anatomia Bucal e Patologia que fazem exames com alto padrão de qualidade. Muitos profissionais formados no curso de Odontologia da UEPB atuam em clínicas particulares, como também na rede pública, com elevado índice de aprovação nos concursos públicos. “Hoje temos profissionais formados no curso de Odontologia atuando em várias partes do Brasil”, reforçou a professora e chefe do Departamento, Nadja Maria da Silva Oliveira Brito.

Araruna

O Curso de Odontologia do Câmpus VII é recente, mas já bem avaliado pelo MEC. Implantado há sete anos no Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS), no Câmpus de Araruna, o Bacharelado em Odontologia também obteve o conceito 4 no Enade. Com apenas quatro turmas formadas e inúmeros projetos de extensão em andamento, o curso é referência para os estudantes que sonham em fazer carreira nessa área. A coquista do selo de qualidade do MEC deixou professores e estudantes orgulhosos.

O coordenador do curso, professor Gustavo Gomes Agripino, ressaltou que o bom desempenho dos estudantes nas provas do Enade já era esperado, dado o trabalho que foi feito para tornar o curso excelente. Gustavo atribui o resultado ao empenho da Administração Central, ao esforço da direção do Centro e a dedicação dos professores, que mesmo diante das dificuldades sempre mantiveram todas as atividades em pleno funcionamento. Ele destacou o projeto pedagógico arrojado e interdisciplinar que une a teoria e a prática.

Professor Gustavo destacou que o projeto pedagógico do curso segue todas as exigências das diretrizes curriculares do Ministério da Educação e observou que os estudantes que realizaram as provas do Enade usaram como conhecimentos apenas as aulas do curso, não recorrendo a cursinhos preparatórios. O curso de Odontologia de Araruna conta com 300 estudantes matriculados e um quadro de docentes formados por 42 professores.

No ano passado, o curso ganhou três novas clínicas odontológicas e toda uma estrutura laboratorial, a exemplo dos Laboratórios de Diagnóstico, Patologia e Técnicas Histológicas, além do setor de Radiologia. O pleno funcionamento das clínicas escolas impulsionou as atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Atenção Odontológica aos Pacientes com Necessidades Especiais (NUAPE) e pelo Núcleo de Atenção e Controle do Câncer Bucal (NACC). Os projetos de extensão que congregam o NUEPE beneficiam cerca de duas mil pessoas de várias cidades, enquanto os projetos do NACC são ainda mais abrangentes e alcançam quatro mil pessoas de várias cidades paraibanas.

Diretor do CCTS, o professor Manoel Antonio Gordon Núnez salientou que vários fatores favoreceram para o bom desempenho na avaliação de qualidade do MEC. O professor, que também é cirurgião dentista, citou a metodologia empregada ao longo do curso, a grade curricular ousada e a estrutura do curso como fatores decisivos para o bom resultado. Em relação ao novo currículo, o professor frisou que o modelo é inovador e prepara o aluno desde o 1º período para o campo de trabalho. Segundo ele, várias universidades já buscaram informações do modelo para aplicar em seus cursos.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Arquivo CODECOM

O post Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Laboratórios amplos e aconchegantes, clínicas escolas bem estruturadas, equipamentos modernos e um projeto pedagógico inovador. Os cursos de Bacharelado em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ofertados nos câmpus de Campina Grande e Araruna, são referência para quem sonha em adquirir formação qualificada e fazer carreira em um dos campos mais promissores da área Leia Mais...

O post Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-11 12:39:45 [post_date] => 2017-09-11 09:39:45 [post_modified_gmt] => 2017-09-11 12:39:45 [post_modified] => 2017-09-11 09:39:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35158 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => fd86252baba41d0bf0acd0c213ac57d4 [1] => 5cdd01680771e7c8cafd1f6b0c12a3d6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 20 [2] => 5 [3] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência

Array ( [post_title] => Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência [post_content] => Clique para exibir o slide.

Laboratórios amplos e aconchegantes, clínicas escolas bem estruturadas, equipamentos modernos e um projeto pedagógico inovador. Os cursos de Bacharelado em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ofertados nos câmpus de Campina Grande e Araruna, são referência para quem sonha em adquirir formação qualificada e fazer carreira em um dos campos mais promissores da área da Saúde.

Os estudantes que chegam para enfrentar cinco anos de uma formação rigorosa, distribuída em mais de 4 mil horas/aula, encontram toda uma engrenagem em funcionamento na “máquina de fazer sorrisos”. Entre a teoria e a prática, a busca pelo conhecimento e o aprimoramento da técnica, os futuros profissionais de Odontologia sabem que sairão da UEPB com a bagagem necessária para enfrentar o concorrido mercado de trabalho.

Fundado há mais de 45 anos em Campina Grande e tendo sido responsável, ao longo desse período, pela formação de milhares de profissionais em atividade no mercado, o curso tem buscado alcançar o nível de excelência. Os investimentos estruturais e pedagógicos, o esforço do corpo docente e outras melhorias dotaram o Bacharelado com um padrão que mereceu o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC).

O curso, instalado no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Câmpus I, está entre os melhores do país em sua área, conforme atesta o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016, divulgado recentemente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Odontologia obteve nota 4  em uma escala que possui 5 como nota máxima, índice suficiente para classificá-lo de alta qualidade. O bom desempenho nos indicadores resultantes do Enade foi comemorado por professores e estudantes da Instituição.

A professora Denise Nóbrega Diniz chegou no curso em 1989, após passar por um concorrido vestibular. Os tempos eram outros, mas o sonho da Universidade de garantir a excelência do Bacharelado já existia. Denise testemunhou parte da construção desse sonho e, hoje, na condição de chefe adjunta do Departamento, comemora os frutos de todo o esforço. “É um empenho grande de uma equipe que tem esse propósito de cada vez mais melhorar o ensino”, frisou.

Ela ressalta que o curso de Odontologia não se resume apenas às salas de aulas, mas às clínicas escolas, laboratórios e outros equipamentos que ajudam de forma prática na formação dos futuros profissionais da área. A professora adiantou que em breve o Departamento passará por novas melhorias estruturais, visto que o objetivo é conquistar a nota máxima no próximo Enade.

Para a ex-aluna, extensionista, professora e atual chefe adjunta, o bom desempenho no Enade traduz a realidade do curso e esforço e empenho da Administração da UEPB, da direção de Centro e da chefia do Departamento de manter o Bacharelado entre os melhores da região. O curso conta atualmente com 280 alunos matriculados e um quadro de docentes formado por 54 professores entre efetivos e substitutos.

Além de formar profissionais para o mercado de trabalho no sentido da assistência, o curso de Odontologia também conta com um grande número de profissionais que optam pela formação docente. Nesse sentido, o Programa de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO) está cada vez mais fortalecido. Atualmente, mais de 60 estudantes estão matriculados no Mestrado e no Doutorado em Odontologia da UEPB, a maioria deles egressos da graduação.

Projeto Político Pedagógico

Coordenadora do curso no Câmpus I, a professora Kátia Simone Alves dos Santos destacou que a boa avaliação do MEC surge no momento de transição do Projeto Político Pedagógico do Bacharelado, com mudanças na grade curricular que são consideradas um marco. A proposta do curso é a formação com perfil de profissional generalista, com sensibilidade social e competências técnicas capazes de prestar atenção integral mais humanizada, com aptidão ao trabalho em equipe e à melhor compreensão da realidade em que vive a população, valorizando igualmente o saber científico e a visão humanística.

As estudantes Catarina Pereira Monteiro Lima e Ellem Cordeiro Costa estão no 8º período do curso e ficaram felizes ao saber que a graduação que cursam obteve o conceito 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. “Ficamos muitos felizes com esse resultado. Isso mostra que estamos equiparados com universidades de grandes centros”, comemorou Cataina. Com mesmo pensamento, Ellem Cordeiro disse que é gratificante fazer parte de um curso que atingiu um nível de qualidade tão bom. Ela acredita que, em breve, Odontologia alcançará o conceito 5.

Estudante do 10º período de Odontologia, Lidiane dos Santos Dantas vive seu dia a dia acadêmico em uma das quatro clínicas do curso. Nos últimos dois anos a rotina da futura odontóloga tem sido se revezar todas as manhãs entre a sala de aula e a clínica onde aplica todo os conhecimentos teórico no atendimento aos seus primeiros pacientes. No local, ela aprimora a técnica e, como resultado, alivia dores e devolve o largo sorriso das pessoas. Lidiane comemorou quando soube do desempenho do curso de Odontologia no Enade e disse que se sente mais segura e confiante em concluir um curso que tem o aval, o incentivo e a aprovação do MEC.

Conhecido como um dos setores que mais se destacam na UEPB, a Clínica Escola de Odontologia recebe a cada semestre dezenas de estudantes para as atividades práticas. A partir de 4º período, os graduandos já começam a ter os primeiros contatos com o espaço que retrata o seu futuro ambiente de trabalho. Inicialmente, eles atuam na Clínica de Promoção e Saúde Bucal. Posteriormente, no 5º período, eles passam a assistir aulas de várias disciplinas laboratoriais que são a base para a Clínica. Depois do 6º período, os graduandos vivenciam a rotina clínica diariamente.

O curso de Odontologia conta com quatro clínicas escolas realizando várias atividades. São as Clínicas de Dentística, Endodontia e Periodontia; Cirurgia e Prótese, além das Clínicas Integradas onde todas as especialidades são trabalhadas pelo aluno com atendimento gratuito a pacientes, de segunda a sexta-feira. A Clínica chega a atender mais de 250 pessoas por mês. Referência na oferta de serviços em tratamento bucal, a clínica realiza restaurações, serviços de endodontia (tratamento de canal), periodontia (raspagem), cirurgia, ortodontia, dentística e prótese, sendo este um dos mais procurados. Além disso, são realizados atendimentos em odontopediatria, voltado para crianças, e radiologia, reconhecido como setor de referência em Campina Grande.

A professora Raquel Gomes conta que na Clínica é trabalhado o tripé da Universidade, que é a o ensino, a pesquisa e a extensão. “É por isso que o curso obteve essa ótima avaliação. Também atribuo essa conquista ao esforço de todos que resultou no fortalecimento da Pós-Graduação na área,” destacou.

A estrutura do curso abriga, além as Clínicas Escolas, os laboratórios de Dentística e Endodontia, Prótese, Anatomia Bucal e Patologia que fazem exames com alto padrão de qualidade. Muitos profissionais formados no curso de Odontologia da UEPB atuam em clínicas particulares, como também na rede pública, com elevado índice de aprovação nos concursos públicos. “Hoje temos profissionais formados no curso de Odontologia atuando em várias partes do Brasil”, reforçou a professora e chefe do Departamento, Nadja Maria da Silva Oliveira Brito.

Araruna

O Curso de Odontologia do Câmpus VII é recente, mas já bem avaliado pelo MEC. Implantado há sete anos no Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS), no Câmpus de Araruna, o Bacharelado em Odontologia também obteve o conceito 4 no Enade. Com apenas quatro turmas formadas e inúmeros projetos de extensão em andamento, o curso é referência para os estudantes que sonham em fazer carreira nessa área. A coquista do selo de qualidade do MEC deixou professores e estudantes orgulhosos.

O coordenador do curso, professor Gustavo Gomes Agripino, ressaltou que o bom desempenho dos estudantes nas provas do Enade já era esperado, dado o trabalho que foi feito para tornar o curso excelente. Gustavo atribui o resultado ao empenho da Administração Central, ao esforço da direção do Centro e a dedicação dos professores, que mesmo diante das dificuldades sempre mantiveram todas as atividades em pleno funcionamento. Ele destacou o projeto pedagógico arrojado e interdisciplinar que une a teoria e a prática.

Professor Gustavo destacou que o projeto pedagógico do curso segue todas as exigências das diretrizes curriculares do Ministério da Educação e observou que os estudantes que realizaram as provas do Enade usaram como conhecimentos apenas as aulas do curso, não recorrendo a cursinhos preparatórios. O curso de Odontologia de Araruna conta com 300 estudantes matriculados e um quadro de docentes formados por 42 professores.

No ano passado, o curso ganhou três novas clínicas odontológicas e toda uma estrutura laboratorial, a exemplo dos Laboratórios de Diagnóstico, Patologia e Técnicas Histológicas, além do setor de Radiologia. O pleno funcionamento das clínicas escolas impulsionou as atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Atenção Odontológica aos Pacientes com Necessidades Especiais (NUAPE) e pelo Núcleo de Atenção e Controle do Câncer Bucal (NACC). Os projetos de extensão que congregam o NUEPE beneficiam cerca de duas mil pessoas de várias cidades, enquanto os projetos do NACC são ainda mais abrangentes e alcançam quatro mil pessoas de várias cidades paraibanas.

Diretor do CCTS, o professor Manoel Antonio Gordon Núnez salientou que vários fatores favoreceram para o bom desempenho na avaliação de qualidade do MEC. O professor, que também é cirurgião dentista, citou a metodologia empregada ao longo do curso, a grade curricular ousada e a estrutura do curso como fatores decisivos para o bom resultado. Em relação ao novo currículo, o professor frisou que o modelo é inovador e prepara o aluno desde o 1º período para o campo de trabalho. Segundo ele, várias universidades já buscaram informações do modelo para aplicar em seus cursos.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Arquivo CODECOM

O post Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Laboratórios amplos e aconchegantes, clínicas escolas bem estruturadas, equipamentos modernos e um projeto pedagógico inovador. Os cursos de Bacharelado em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ofertados nos câmpus de Campina Grande e Araruna, são referência para quem sonha em adquirir formação qualificada e fazer carreira em um dos campos mais promissores da área Leia Mais...

O post Especial Enade 2016: Cursos de Odontologia da UEPB se destacam como centros de excelência apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-11 12:39:45 [post_date] => 2017-09-11 09:39:45 [post_modified_gmt] => 2017-09-11 12:39:45 [post_modified] => 2017-09-11 09:39:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35158 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => fd86252baba41d0bf0acd0c213ac57d4 [1] => 5cdd01680771e7c8cafd1f6b0c12a3d6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 20 [2] => 5 [3] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => especial-enade-2016-cursos-de-odontologia-da-uepb-se-destacam-como-centros-de-excelencia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física

Array ( [post_title] => Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física [post_content] => Clique para exibir o slide.

Com o olhar atento às futuras promessas acadêmicas, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), tem investido seu tempo e dedicação em jovens talentos. No próximo sábado, 2 de setembro, o estudante Eduardo de Oliveira Silva, de 15 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio do Geo Sul, em João Pessoa, participará das provas da Olimpíada Brasileira de Física (OBF), com vistas a se classificar para a etapa internacional da competição. Para tanto, tem contato com o auxílio da Instituição.

Em 2016, Eduardo se submeteu às provas da OBF e levou duas medalhas dentre os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental: ouro na etapa estadual e prata na etapa nacional. Como resultado, agora faz parte da seletiva para a competição internacional, tendo ultrapassado mais de 190 mil alunos que inicialmente se candidataram.

De acordo com César Soares, professor de Física do Câmpus de Araruna da UEPB e coordenador estadual da Olimpíada Brasileira de Física, a Universidade apoia constantemente projetos voltados às Olimpíadas, a exemplo também das de Química e de Matemática. Assim, o suporte acontece através de projetos de extensão, dos quais participam alunos de todo o Estado. “Temos nos câmpus de Araruna e Patos, que são polos de Ciências Exatas, turmas específicas para aulas de olimpíadas, focadas em estudantes de escolas públicas”, explicou o professor.

Como a escola do aluno Eduardo o preparou previamente para a primeira fase da Olimpíada, agora ficou a cargo da UEPB torná-lo apto a se classificar para a etapa internacional. “A Universidade Estadual da Paraíba está dando todo o suporte acadêmico e pedagógico para que Eduardo faça essa prova”, esclareceu César Soares. “Foi decisão da coordenação estadual incentivar os estudos e treinos durante uma semana de aulas intensivas em Matemática e Física avançadas”, completou.

E sobre o futuro do aluno prodígio, engana-se quem pensa que Eduardo pretende cursar Física na graduação. “Como eu sempre tive interesse em jogos eletrônicos, percebi que além de jogar poderia também criar. Assim, meu interesse é ingressar no curso de Programação”, planeja Eduardo, deixando claro a opção por uma área que, como a Física, também depende de raciocínio lógico. “Nunca tive dificuldade com a disciplina e ter ganhado medalhas na Olimpíada do ano passado me mostrou que poderia superar os obstáculos até a fase internacional”, acrescentou. Para ele, a preparação realizada pela UEPB tem sido muito útil e a expectativa para a próxima etapa, claro, é de que consiga êxito.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o olhar atento às futuras promessas acadêmicas, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), tem investido seu tempo e dedicação em jovens talentos. No próximo sábado, 2 de setembro, o estudante Eduardo de Oliveira Silva, de 15 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio do Geo Sul, em Leia Mais...

O post Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-30 20:03:42 [post_date] => 2017-08-30 17:03:42 [post_modified_gmt] => 2017-08-30 20:03:42 [post_modified] => 2017-08-30 17:03:42 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34982 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3ccaf3386906afe87b9a7657a569bef9 [1] => c6b175ed1c225ef8cd73bd78433861f4 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física

Array ( [post_title] => Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física [post_content] => Clique para exibir o slide.

Com o olhar atento às futuras promessas acadêmicas, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), tem investido seu tempo e dedicação em jovens talentos. No próximo sábado, 2 de setembro, o estudante Eduardo de Oliveira Silva, de 15 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio do Geo Sul, em João Pessoa, participará das provas da Olimpíada Brasileira de Física (OBF), com vistas a se classificar para a etapa internacional da competição. Para tanto, tem contato com o auxílio da Instituição.

Em 2016, Eduardo se submeteu às provas da OBF e levou duas medalhas dentre os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental: ouro na etapa estadual e prata na etapa nacional. Como resultado, agora faz parte da seletiva para a competição internacional, tendo ultrapassado mais de 190 mil alunos que inicialmente se candidataram.

De acordo com César Soares, professor de Física do Câmpus de Araruna da UEPB e coordenador estadual da Olimpíada Brasileira de Física, a Universidade apoia constantemente projetos voltados às Olimpíadas, a exemplo também das de Química e de Matemática. Assim, o suporte acontece através de projetos de extensão, dos quais participam alunos de todo o Estado. “Temos nos câmpus de Araruna e Patos, que são polos de Ciências Exatas, turmas específicas para aulas de olimpíadas, focadas em estudantes de escolas públicas”, explicou o professor.

Como a escola do aluno Eduardo o preparou previamente para a primeira fase da Olimpíada, agora ficou a cargo da UEPB torná-lo apto a se classificar para a etapa internacional. “A Universidade Estadual da Paraíba está dando todo o suporte acadêmico e pedagógico para que Eduardo faça essa prova”, esclareceu César Soares. “Foi decisão da coordenação estadual incentivar os estudos e treinos durante uma semana de aulas intensivas em Matemática e Física avançadas”, completou.

E sobre o futuro do aluno prodígio, engana-se quem pensa que Eduardo pretende cursar Física na graduação. “Como eu sempre tive interesse em jogos eletrônicos, percebi que além de jogar poderia também criar. Assim, meu interesse é ingressar no curso de Programação”, planeja Eduardo, deixando claro a opção por uma área que, como a Física, também depende de raciocínio lógico. “Nunca tive dificuldade com a disciplina e ter ganhado medalhas na Olimpíada do ano passado me mostrou que poderia superar os obstáculos até a fase internacional”, acrescentou. Para ele, a preparação realizada pela UEPB tem sido muito útil e a expectativa para a próxima etapa, claro, é de que consiga êxito.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o olhar atento às futuras promessas acadêmicas, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), tem investido seu tempo e dedicação em jovens talentos. No próximo sábado, 2 de setembro, o estudante Eduardo de Oliveira Silva, de 15 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio do Geo Sul, em Leia Mais...

O post Com apoio da UEPB, aluno do Ensino Médio participa de seletiva para etapa internacional da Olimpíada de Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-30 20:03:42 [post_date] => 2017-08-30 17:03:42 [post_modified_gmt] => 2017-08-30 20:03:42 [post_modified] => 2017-08-30 17:03:42 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34982 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3ccaf3386906afe87b9a7657a569bef9 [1] => c6b175ed1c225ef8cd73bd78433861f4 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => com-apoio-da-uepb-aluno-do-ensino-medio-participa-de-seletiva-para-etapa-internacional-da-olimpiada-de-fisica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2

Array ( [post_title] => PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017.

Tal deliberação, veiculada através da Portaria 002/2017/PROGRAD/UEPB, foi motivada pelo fato de que o somatório dos dias paralisados pelos docentes no mês corrente já compromete a exigência mínima de 100 dias de trabalho acadêmico efetivo por período exigidos pelo MEC (Lei 9.394/1996, art. 47), bem como o cumprimento da carga horária dos componentes curriculares e a observância de período específico para a realização de reposições, exames finais, correção de provas, registro de notas e integralização curricular.

Por fim, a PROGRAD comunica a todos que, com o restabelecimento da normalidade das atividades na Instituição, novas datas para as Colações de Grau serão aprovadas e divulgadas, em conformidade com novo Calendário Acadêmico a ser publicizado quando do término do movimento grevista docente.

Outras informações: (83) 3315-3350.

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017. Tal deliberação, veiculada através da , foi motivada pelo fato de que o Leia Mais...

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_date] => 2017-04-19 11:39:49 [post_modified_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_modified] => 2017-04-19 11:39:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32769 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39a26ccf9919d52bc4d81607f8c07201 [1] => db50f17e5f6fd466be158bbaa0cacd39 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2

Array ( [post_title] => PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017.

Tal deliberação, veiculada através da Portaria 002/2017/PROGRAD/UEPB, foi motivada pelo fato de que o somatório dos dias paralisados pelos docentes no mês corrente já compromete a exigência mínima de 100 dias de trabalho acadêmico efetivo por período exigidos pelo MEC (Lei 9.394/1996, art. 47), bem como o cumprimento da carga horária dos componentes curriculares e a observância de período específico para a realização de reposições, exames finais, correção de provas, registro de notas e integralização curricular.

Por fim, a PROGRAD comunica a todos que, com o restabelecimento da normalidade das atividades na Instituição, novas datas para as Colações de Grau serão aprovadas e divulgadas, em conformidade com novo Calendário Acadêmico a ser publicizado quando do término do movimento grevista docente.

Outras informações: (83) 3315-3350.

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017. Tal deliberação, veiculada através da , foi motivada pelo fato de que o Leia Mais...

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_date] => 2017-04-19 11:39:49 [post_modified_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_modified] => 2017-04-19 11:39:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32769 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39a26ccf9919d52bc4d81607f8c07201 [1] => db50f17e5f6fd466be158bbaa0cacd39 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas

Array ( [post_title] => CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas [post_content] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de caráter científico, acadêmico e artístico, abrangendo as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Tecnologia, Saúde e Ciências Exatas.

A primeira edição da LER abordará a temática “Folkcomunicação e Cultura Popular” e dela poderão participar professores, técnicos administrativos e alunos da UEPB, de outras universidades e pessoas da comunidade em geral que tenham interesse em publicar ideias e análises sociais relacionadas com o tema. A cada edição uma nova temática será abordada.

Os conceitos, teorias e informações emitidas em cada trabalho são de inteira responsabilidade dos seus autores, que poderão escolher inscrever seus trabalhos em categorias distintas, quais sejam: Artigo Científico ou Memória Científica Original; Nota Prévia ou Publicação Provisória; Artigo de Revisão; Paper; Estudo de Caso ou Relato de Experiência; Ensaio Poético; Ensaio (de texto, fotografia, desenho, pintura ou gravura); Memória; Resenha ou Resenha Crítica.

As propostas deverão ser enviadas para o e-mail revistaler@uepb.edu.br, juntamente com os dados pessoais dos autores, link do Currículo Lattes, ofício solicitando a apreciação do original pela revista e uma autorização para a publicação, devidamente assinada pelos autores. Os modelos dos documentos podem ser conferidos no edital. Após o recebimento, os trabalhos serão submetidos à avaliação de especialistas na área pertinente à temática e aprovados pelo Conselho Editorial.

O lançamento da revista eletrônica LER está previsto para o início de junho, durante o 14º Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular, que será realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho, em Campina Grande. As normas para publicação dos artigos acadêmicos e científicos estão descritas no edital que pode ser conferido clicando AQUI. Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones (83) 3315-3438 e 3315-3489.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de Leia Mais...

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_date] => 2017-04-18 11:44:33 [post_modified_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_modified] => 2017-04-18 11:44:33 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32745 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9a2a3f16825f92b64a8d04372629e0ba [1] => 6b23f76aefff1b992cff2ae6a6262398 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => codecom-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas

Array ( [post_title] => CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas [post_content] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de caráter científico, acadêmico e artístico, abrangendo as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Tecnologia, Saúde e Ciências Exatas.

A primeira edição da LER abordará a temática “Folkcomunicação e Cultura Popular” e dela poderão participar professores, técnicos administrativos e alunos da UEPB, de outras universidades e pessoas da comunidade em geral que tenham interesse em publicar ideias e análises sociais relacionadas com o tema. A cada edição uma nova temática será abordada.

Os conceitos, teorias e informações emitidas em cada trabalho são de inteira responsabilidade dos seus autores, que poderão escolher inscrever seus trabalhos em categorias distintas, quais sejam: Artigo Científico ou Memória Científica Original; Nota Prévia ou Publicação Provisória; Artigo de Revisão; Paper; Estudo de Caso ou Relato de Experiência; Ensaio Poético; Ensaio (de texto, fotografia, desenho, pintura ou gravura); Memória; Resenha ou Resenha Crítica.

As propostas deverão ser enviadas para o e-mail revistaler@uepb.edu.br, juntamente com os dados pessoais dos autores, link do Currículo Lattes, ofício solicitando a apreciação do original pela revista e uma autorização para a publicação, devidamente assinada pelos autores. Os modelos dos documentos podem ser conferidos no edital. Após o recebimento, os trabalhos serão submetidos à avaliação de especialistas na área pertinente à temática e aprovados pelo Conselho Editorial.

O lançamento da revista eletrônica LER está previsto para o início de junho, durante o 14º Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular, que será realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho, em Campina Grande. As normas para publicação dos artigos acadêmicos e científicos estão descritas no edital que pode ser conferido clicando AQUI. Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones (83) 3315-3438 e 3315-3489.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de Leia Mais...

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_date] => 2017-04-18 11:44:33 [post_modified_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_modified] => 2017-04-18 11:44:33 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32745 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9a2a3f16825f92b64a8d04372629e0ba [1] => 6b23f76aefff1b992cff2ae6a6262398 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => codecom-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII [post_content] =>

Com profundo pesar, a Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lamenta o falecimento precoce da aluna Maria Helena Antonino, do 6º período do curso de Odontologia do Câmpus de Araruna, ocorrido neste sábado (8). A jovem de 19 anos foi vítima de atropelamento na última quinta-feira (6) quando se deslocava de sua residência para a Universidade.

Devido ao falecimento da estudante, o reitor Rangel Junior decretou luto oficial de três dias em toda a Instituição. Enlutada, a Universidade Estadual da Paraíba se solidariza com os familiares e amigos de Maria Helena Antonino pela inestimável perda. Maria Helena era natural de Serra Branca. Há três anos iniciou seus estudos na UEPB, como aluna de Odontologia do Câmpus VIII, quando passou a residir em Araruna.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com profundo pesar, a Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lamenta o falecimento precoce da aluna Maria Helena Antonino, do 6º período do curso de Odontologia do Câmpus de Araruna, ocorrido neste sábado (8). A jovem de 19 anos foi vítima de atropelamento na última quinta-feira (6) quando se deslocava de sua residência Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-09 01:03:04 [post_date] => 2017-04-08 22:03:04 [post_modified_gmt] => 2017-04-09 01:03:04 [post_modified] => 2017-04-08 22:03:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32641 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 93192d5746f86d68f24983daf976053c [1] => 059039deeb8d66774a4179ad39153b66 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII [post_content] =>

Com profundo pesar, a Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lamenta o falecimento precoce da aluna Maria Helena Antonino, do 6º período do curso de Odontologia do Câmpus de Araruna, ocorrido neste sábado (8). A jovem de 19 anos foi vítima de atropelamento na última quinta-feira (6) quando se deslocava de sua residência para a Universidade.

Devido ao falecimento da estudante, o reitor Rangel Junior decretou luto oficial de três dias em toda a Instituição. Enlutada, a Universidade Estadual da Paraíba se solidariza com os familiares e amigos de Maria Helena Antonino pela inestimável perda. Maria Helena era natural de Serra Branca. Há três anos iniciou seus estudos na UEPB, como aluna de Odontologia do Câmpus VIII, quando passou a residir em Araruna.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com profundo pesar, a Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lamenta o falecimento precoce da aluna Maria Helena Antonino, do 6º período do curso de Odontologia do Câmpus de Araruna, ocorrido neste sábado (8). A jovem de 19 anos foi vítima de atropelamento na última quinta-feira (6) quando se deslocava de sua residência Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de aluna do curso de Odontologia do Câmpus VIII apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-09 01:03:04 [post_date] => 2017-04-08 22:03:04 [post_modified_gmt] => 2017-04-09 01:03:04 [post_modified] => 2017-04-08 22:03:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32641 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 93192d5746f86d68f24983daf976053c [1] => 059039deeb8d66774a4179ad39153b66 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 20 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-aluna-do-curso-de-odontologia-do-campus-viii )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB

Array ( [post_title] => Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) determinou nesta sexta-feira (7) a revogação, em sua totalidade, da Portaria UEPB/GR/246/2017 – que estabeleceu medidas de contenção de despesas no âmbito da Instituição – e a adoção de medidas legais junto ao Poder Judiciário, por parte da Procuradoria Geral da Universidade, objetivando a regularização dos repasses de duodécimo da Instituição.

No expediente em que revoga a portaria de restrições administrativas, o reitor Rangel Junior considerou que, apesar das medidas restritivas adotadas pela Reitoria no âmbito da aplicação dos recursos previstos no orçamento, o Governo do Estado da Paraíba vem executando cortes contínuos no repasse do duodécimo neste primeiro trimestre de 2017; bem como considerou que a situação financeira e orçamentária da UEPB tem se agravado sem que o Estado sinalize, até o presente momento, com qualquer medida saneadora do problema.

Em relação às medidas legais para garantir a regularização dos repasses do duodécimo da Instituição e o cumprimento da Lei 7.643/2004, que dispõe sobre a autonomia financeira da Universidade Estadual da Paraíba, foi considerada a necessidade urgente de adotar providências que garantam a execução do orçamento, nos termos em que foi aprovado, e a incongruência orçamentária e financeira entre a Lei Orçamentária Anual (LOA) e o Cronograma Mensal de Desembolso (CMD), publicado em 25 de janeiro de 2017.

O documento considerou, ainda, que a partir do repasse do primeiro duodécimo de 2017 o Governo do Estado vem executando, de forma contínua, inexplicáveis e sucessivos cortes nos valores definidos no CMD, o que tem causado sérios transtornos às atividades da Instituição; a falta de respostas por parte do Executivo Estadual aos inúmeros ofícios encaminhados pela Administração da UEPB, cobrando explicações para os sucessivos cortes; e a identificação de flagrante desrespeito, por parte do Executivo Estadual, aos ditames da Lei 7.643/2004.

Confira:

Portaria UEPB/GR/247/2017 – Adoção de medidas legais para regularização do repasse de duodécimo da UEPB
Portaria UEPB/GR/248/2017 – Revogação da Portaria emergencial de contenção de despesas

 

Texto: Tatiana Brandão

O post Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) determinou nesta sexta-feira (7) a revogação, em sua totalidade, da Portaria UEPB/GR/246/2017 – que estabeleceu medidas de contenção de despesas no âmbito da Instituição – e a adoção de medidas legais junto ao Poder Judiciário, por parte da Procuradoria Geral da Universidade, objetivando a regularização dos Leia Mais...

O post Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-07 11:46:06 [post_date] => 2017-04-07 08:46:06 [post_modified_gmt] => 2017-04-07 11:46:06 [post_modified] => 2017-04-07 08:46:06 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32621 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3aa51448a39b073ef4a7d2908877b590 [1] => fc117ea17a0aa6048fafe404bbffc32b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 9 [15] => 31 [16] => 42 [17] => 30 [18] => 7 [19] => 35 [20] => 21 [21] => 43 [22] => 19 [23] => 25 [24] => 29 [25] => 44 [26] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizar-duodecimo-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB

Array ( [post_title] => Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) determinou nesta sexta-feira (7) a revogação, em sua totalidade, da Portaria UEPB/GR/246/2017 – que estabeleceu medidas de contenção de despesas no âmbito da Instituição – e a adoção de medidas legais junto ao Poder Judiciário, por parte da Procuradoria Geral da Universidade, objetivando a regularização dos repasses de duodécimo da Instituição.

No expediente em que revoga a portaria de restrições administrativas, o reitor Rangel Junior considerou que, apesar das medidas restritivas adotadas pela Reitoria no âmbito da aplicação dos recursos previstos no orçamento, o Governo do Estado da Paraíba vem executando cortes contínuos no repasse do duodécimo neste primeiro trimestre de 2017; bem como considerou que a situação financeira e orçamentária da UEPB tem se agravado sem que o Estado sinalize, até o presente momento, com qualquer medida saneadora do problema.

Em relação às medidas legais para garantir a regularização dos repasses do duodécimo da Instituição e o cumprimento da Lei 7.643/2004, que dispõe sobre a autonomia financeira da Universidade Estadual da Paraíba, foi considerada a necessidade urgente de adotar providências que garantam a execução do orçamento, nos termos em que foi aprovado, e a incongruência orçamentária e financeira entre a Lei Orçamentária Anual (LOA) e o Cronograma Mensal de Desembolso (CMD), publicado em 25 de janeiro de 2017.

O documento considerou, ainda, que a partir do repasse do primeiro duodécimo de 2017 o Governo do Estado vem executando, de forma contínua, inexplicáveis e sucessivos cortes nos valores definidos no CMD, o que tem causado sérios transtornos às atividades da Instituição; a falta de respostas por parte do Executivo Estadual aos inúmeros ofícios encaminhados pela Administração da UEPB, cobrando explicações para os sucessivos cortes; e a identificação de flagrante desrespeito, por parte do Executivo Estadual, aos ditames da Lei 7.643/2004.

Confira:

Portaria UEPB/GR/247/2017 – Adoção de medidas legais para regularização do repasse de duodécimo da UEPB
Portaria UEPB/GR/248/2017 – Revogação da Portaria emergencial de contenção de despesas

 

Texto: Tatiana Brandão

O post Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) determinou nesta sexta-feira (7) a revogação, em sua totalidade, da Portaria UEPB/GR/246/2017 – que estabeleceu medidas de contenção de despesas no âmbito da Instituição – e a adoção de medidas legais junto ao Poder Judiciário, por parte da Procuradoria Geral da Universidade, objetivando a regularização dos Leia Mais...

O post Reitoria revoga portaria de contenção de despesas e adota medidas legais para regularizar duodécimo da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-07 11:46:06 [post_date] => 2017-04-07 08:46:06 [post_modified_gmt] => 2017-04-07 11:46:06 [post_modified] => 2017-04-07 08:46:06 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32621 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizacao-do-duodecimo-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3aa51448a39b073ef4a7d2908877b590 [1] => fc117ea17a0aa6048fafe404bbffc32b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 9 [15] => 31 [16] => 42 [17] => 30 [18] => 7 [19] => 35 [20] => 21 [21] => 43 [22] => 19 [23] => 25 [24] => 29 [25] => 44 [26] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => reitoria-revoga-portaria-de-contencao-de-despesas-e-determina-adocao-de-medidas-legais-para-regularizar-duodecimo-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas

Array ( [post_title] => Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas [post_content] =>

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta quarta-feira (29), no Núcleo de Tecnologias e Estratégias em Saúde (Nutes), com todos os diretores dos Centros de Ensino da Instituição para tratar sobre as novas medidas administrativas em vigor na Universidade. O objetivo da reunião foi compartilhar com toda a equipe dados acerca do novo cenário no que diz respeito à contenção de despesas vivenciadas na Instituição.

De acordo com o reitor, esse momento foi muito importante para promover um diálogo entre todos que fazem parte da gestão da UEPB, para que cada um possa buscar um entendimento e dar sua parcela de contribuição nesse momento pelo qual a Universidade passa. Ele destacou a continuidade do trabalho em sintonia com a equipe, apesar dos cortes necessários que foram realizados ao longo de sua gestão.

“Em primeiro lugar é importante compartilhar com todos os gestores dos Centros da Universidade algumas questões que não estão postas em documentos, mas que têm que ser dialogadas em relação às medidas administrativas que vêm sendo tomadas. Nós precisamos de um diálogo olho no olho e essa reunião foi muito importante porque deixaram límpidas todas as dúvidas possíveis, facilitando a comunicação entre a Administração Central e os demais gestores, permitindo também uma busca de sintonia para a defesa dos interesses da UEPB”, explicou o reitor.

Durante o encontro, professor Rangel Junior abordou o conteúdo da Portaria UEPB/GR/0246/2017 que, em caráter de urgência, estabeleceu uma série de medidas administrativas de contenção. A reunião também foi positiva no que diz respeito em pensar nas saídas que a Instituição busca como, por exemplo, o diálogo com vários setores da sociedade para encontrar alternativas para o momento de dificuldade. “O que é necessário, e estamos fazendo, é a construção de um pensamento coletivo, de unidade política, com mais energia para a mobilização”, concluiu Rangel.
Texto: Givaldo Cavalcanti

Foto: Franklin Bonfim

O post Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta quarta-feira (29), no Núcleo de Tecnologias e Estratégias em Saúde (Nutes), com todos os diretores dos Centros de Ensino da Instituição para tratar sobre as novas medidas administrativas em vigor na Universidade. O objetivo da reunião foi compartilhar com Leia Mais...

O post Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-03-29 23:46:17 [post_date] => 2017-03-29 20:46:17 [post_modified_gmt] => 2017-03-29 23:46:17 [post_modified] => 2017-03-29 20:46:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32401 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 50d7f7c0dda107c6f04412f53b9bc5df [1] => c7d1368d2e68658a70bedbc8a0d69573 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-de-contencao-de-despesas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas

Array ( [post_title] => Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas [post_content] =>

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta quarta-feira (29), no Núcleo de Tecnologias e Estratégias em Saúde (Nutes), com todos os diretores dos Centros de Ensino da Instituição para tratar sobre as novas medidas administrativas em vigor na Universidade. O objetivo da reunião foi compartilhar com toda a equipe dados acerca do novo cenário no que diz respeito à contenção de despesas vivenciadas na Instituição.

De acordo com o reitor, esse momento foi muito importante para promover um diálogo entre todos que fazem parte da gestão da UEPB, para que cada um possa buscar um entendimento e dar sua parcela de contribuição nesse momento pelo qual a Universidade passa. Ele destacou a continuidade do trabalho em sintonia com a equipe, apesar dos cortes necessários que foram realizados ao longo de sua gestão.

“Em primeiro lugar é importante compartilhar com todos os gestores dos Centros da Universidade algumas questões que não estão postas em documentos, mas que têm que ser dialogadas em relação às medidas administrativas que vêm sendo tomadas. Nós precisamos de um diálogo olho no olho e essa reunião foi muito importante porque deixaram límpidas todas as dúvidas possíveis, facilitando a comunicação entre a Administração Central e os demais gestores, permitindo também uma busca de sintonia para a defesa dos interesses da UEPB”, explicou o reitor.

Durante o encontro, professor Rangel Junior abordou o conteúdo da Portaria UEPB/GR/0246/2017 que, em caráter de urgência, estabeleceu uma série de medidas administrativas de contenção. A reunião também foi positiva no que diz respeito em pensar nas saídas que a Instituição busca como, por exemplo, o diálogo com vários setores da sociedade para encontrar alternativas para o momento de dificuldade. “O que é necessário, e estamos fazendo, é a construção de um pensamento coletivo, de unidade política, com mais energia para a mobilização”, concluiu Rangel.
Texto: Givaldo Cavalcanti

Foto: Franklin Bonfim

O post Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, se reuniu na manhã desta quarta-feira (29), no Núcleo de Tecnologias e Estratégias em Saúde (Nutes), com todos os diretores dos Centros de Ensino da Instituição para tratar sobre as novas medidas administrativas em vigor na Universidade. O objetivo da reunião foi compartilhar com Leia Mais...

O post Reitor se reúne com diretores de Centros para discutir sobre medidas de contenção de despesas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-03-29 23:46:17 [post_date] => 2017-03-29 20:46:17 [post_modified_gmt] => 2017-03-29 23:46:17 [post_modified] => 2017-03-29 20:46:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32401 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCTS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccts/feed/ [syndication_feed_id] => 17 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-administrativas-de-contencao-de-despesas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 50d7f7c0dda107c6f04412f53b9bc5df [1] => c7d1368d2e68658a70bedbc8a0d69573 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => reitor-se-reune-com-diretores-de-centros-para-discutir-sobre-medidas-de-contencao-de-despesas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido

Array ( [post_title] => 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido [post_content] => Clique para exibir o slide.

Analisar a convivência com o Semiárido e discutir suas questões locais em um contexto de globalidade no que se refere à agroecologia, foram algumas das propostas do 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas, promovido pelo Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), durante a última quarta (29) e quinta-feira (30), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Campina Grande. A iniciativa contou com a exposição de trabalhos acadêmicos, além de rodas de diálogo, exposições de literatura e fotografia, apresentações culturais, feira agroecológica e exposição de produtos da terra.

Definida como o estudo da agricultura a partir de uma perspectiva ecológica, a Agroecologia teve um espaço de destaque no evento, que apresentou iniciativas para dar visibilidade às ruralidades contemporâneas, tanto as que fazem parte do espaço acadêmico, bem como a partir de um diálogo com as instituições e os segmentos que trabalham com esta temática no campo.

Também foi alvo de análise e debate entre os participantes as experiências e a resistência cotidiana camponesa, abordando a participação política do campesinato, as lutas e mediações políticas dos movimentos sociais, bem como as questões que estão relacionadas às atividades rurais dentro da contemporaneidade. O 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas foi uma realização do Departamento de Serviço Social, em parceria com os departamentos de Ciências Sociais, História, Educação e Jornalismo da UEPB, além de instituições não-governamentais parceiras na atividade.

Fotos: Fredlúcio Maurício Rodrigues de Sá

O post 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Analisar a convivência com o Semiárido e discutir suas questões locais em um contexto de globalidade no que se refere à agroecologia, foram algumas das propostas do 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas, promovido pelo Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), durante a última quarta (29) e quinta-feira (30), na Central de Leia Mais...

O post 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-01 19:26:52 [post_date] => 2017-12-01 16:26:52 [post_modified_gmt] => 2017-12-01 19:26:52 [post_modified] => 2017-12-01 16:26:52 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37487 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3b7f91d06812251f1771f9be31f71a40 [1] => 7d95eda1db9892fcd3069bc7d030322b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-a-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido

Array ( [post_title] => 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido [post_content] => Clique para exibir o slide.

Analisar a convivência com o Semiárido e discutir suas questões locais em um contexto de globalidade no que se refere à agroecologia, foram algumas das propostas do 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas, promovido pelo Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), durante a última quarta (29) e quinta-feira (30), na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Campina Grande. A iniciativa contou com a exposição de trabalhos acadêmicos, além de rodas de diálogo, exposições de literatura e fotografia, apresentações culturais, feira agroecológica e exposição de produtos da terra.

Definida como o estudo da agricultura a partir de uma perspectiva ecológica, a Agroecologia teve um espaço de destaque no evento, que apresentou iniciativas para dar visibilidade às ruralidades contemporâneas, tanto as que fazem parte do espaço acadêmico, bem como a partir de um diálogo com as instituições e os segmentos que trabalham com esta temática no campo.

Também foi alvo de análise e debate entre os participantes as experiências e a resistência cotidiana camponesa, abordando a participação política do campesinato, as lutas e mediações políticas dos movimentos sociais, bem como as questões que estão relacionadas às atividades rurais dentro da contemporaneidade. O 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas foi uma realização do Departamento de Serviço Social, em parceria com os departamentos de Ciências Sociais, História, Educação e Jornalismo da UEPB, além de instituições não-governamentais parceiras na atividade.

Fotos: Fredlúcio Maurício Rodrigues de Sá

O post 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Analisar a convivência com o Semiárido e discutir suas questões locais em um contexto de globalidade no que se refere à agroecologia, foram algumas das propostas do 1º Encontro Sobre Ruralidades Contemporâneas, promovido pelo Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), durante a última quarta (29) e quinta-feira (30), na Central de Leia Mais...

O post 1º Encontro Sobre Ruralidades aborda questões relacionadas à agroecologia e convivência com o semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-01 19:26:52 [post_date] => 2017-12-01 16:26:52 [post_modified_gmt] => 2017-12-01 19:26:52 [post_modified] => 2017-12-01 16:26:52 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37487 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3b7f91d06812251f1771f9be31f71a40 [1] => 7d95eda1db9892fcd3069bc7d030322b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 1o-encontro-sobre-ruralidades-aborda-questoes-relacionadas-a-agroecologia-e-convivencia-com-o-semiarido )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”

Array ( [post_title] => Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” [post_content] =>

O Curso de Sociologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá na próxima sexta-feira (24), às 16h, no Auditório II da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, a palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”. A atividade faz alusão os 100 anos da morte de um dos mais importantes pensadores da história, Émile Durkheim (1858-1917), e suas contribuições para o desenvolvimento do pensamento crítico e da Sociologia.

A palestrante será a professora Tâmara Maria de Oliveira, da Universidade Federal de Sergipe (UFS). A iniciativa é da coordenação do curso de Licenciatura em Sociologia, com apoio do Departamento de Ciências Sociais do Centro de Educação da UEPB. Os interessados em participar da atividade podem comparecer ao local da palestra, sem a necessidade de realizar inscrição prévia.

De acordo com a coordenação do curso de Sociologia, a participação dos estudantes é fundamental, uma vez que os estudos de Durkheim trouxeram um novo olhar sobre as várias dimensões da vida em sociedade, além de suas pesquisas contribuírem para que a Sociologia ganhasse uma reputação científica e fosse considerada uma verdadeira ciência social.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Curso de Sociologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá na próxima sexta-feira (24), às 16h, no Auditório II da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, a palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”. A atividade faz alusão os 100 anos da morte de um dos mais importantes pensadores Leia Mais...

O post Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-21 20:48:59 [post_date] => 2017-11-21 17:48:59 [post_modified_gmt] => 2017-11-21 20:48:59 [post_modified] => 2017-11-21 17:48:59 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36967 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 51adca2bda8de040e7807e452259fa92 [1] => 690810ef140cf9f84610b524d2a848da ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 27 [1] => 17 [2] => 5 [3] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”

Array ( [post_title] => Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” [post_content] =>

O Curso de Sociologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá na próxima sexta-feira (24), às 16h, no Auditório II da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, a palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”. A atividade faz alusão os 100 anos da morte de um dos mais importantes pensadores da história, Émile Durkheim (1858-1917), e suas contribuições para o desenvolvimento do pensamento crítico e da Sociologia.

A palestrante será a professora Tâmara Maria de Oliveira, da Universidade Federal de Sergipe (UFS). A iniciativa é da coordenação do curso de Licenciatura em Sociologia, com apoio do Departamento de Ciências Sociais do Centro de Educação da UEPB. Os interessados em participar da atividade podem comparecer ao local da palestra, sem a necessidade de realizar inscrição prévia.

De acordo com a coordenação do curso de Sociologia, a participação dos estudantes é fundamental, uma vez que os estudos de Durkheim trouxeram um novo olhar sobre as várias dimensões da vida em sociedade, além de suas pesquisas contribuírem para que a Sociologia ganhasse uma reputação científica e fosse considerada uma verdadeira ciência social.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Curso de Sociologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá na próxima sexta-feira (24), às 16h, no Auditório II da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, a palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica”. A atividade faz alusão os 100 anos da morte de um dos mais importantes pensadores Leia Mais...

O post Curso de Sociologia promove palestra “David Emile, dito Durkheim: um clássico da imaginação sociológica” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-21 20:48:59 [post_date] => 2017-11-21 17:48:59 [post_modified_gmt] => 2017-11-21 20:48:59 [post_modified] => 2017-11-21 17:48:59 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36967 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 51adca2bda8de040e7807e452259fa92 [1] => 690810ef140cf9f84610b524d2a848da ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 27 [1] => 17 [2] => 5 [3] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => curso-de-sociologia-promove-palestra-david-emile-dito-durkheim-um-classico-da-imaginacao-sociologica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano

Array ( [post_title] => Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano [post_content] =>

O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea, vinculado ao Departamento de Filosofia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), promoverá durante os dias 6 e 7 de dezembro o minicurso “Sobre os desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco”, ministrado pelo doutorando vinculado à Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Thiago Gomes da Silva Nunes. A atividade é gratuita e aberta a todos os alunos da Instituição. Para participar basta enviar e-mail para o endereço biosuepb@gmail.com solicitando a inscrição.

Os encontros serão realizados na Central de Integração Acadêmica, Sala 127, 1º andar, Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, com início sempre às 15h. O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea é coordenado pelo professor Thalles Azevedo de Araújo e está vinculado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o minicurso, o coordenador afirma que o pós-estruturalismo foi uma das mais influentes correntes do pensamento continental do século XX, destacando-se especialmente por suceder o existencialismo ao se tornar a grande tendência filosófica da França nos anos 60. Sendo assim, a influência que Friedrich Nietzsche (1844-1900) exerceu sobre esse movimento foi enorme, sendo, portanto, o pensamento nietzschiano um traço em comum entre quase todos grandes representantes do pós-estruturalismo.

O professor Thalles Azevedo ainda acrescenta que o potencial da obra nietzschiana não passou desapercebida de uma série de pensadores da década de sessenta que, rompendo com os pressupostos estruturalistas, que basicamente sustentavam a possibilidade de compreensão dos fenômenos humanos por meio dos sistemas que os abarcavam, buscaram em Nietzsche as sementes para uma nova forma de pensar.

“É neste sentido que podemos lançar uma luz sobre o enigmático movimento pós-estruturalista a partir da leitura feita pelos principais representantes desse movimento sobre a obra de Nietzsche, o que vai de Georges Bataille (1897-1962), passando por Gilles Deleuze (1925-1995) e Michel Foucault (1926-1984), chegando a Jacques Derrida (1930-2004), nomes que resguardam o mérito de terem revivido o interesse pelos estudos de Nietzsche, esforçando-se para desvinculá-lo da carga negativa deixada pelo nazismo”, explicou.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea, vinculado ao Departamento de Filosofia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), promoverá durante os dias 6 e 7 de dezembro o minicurso “Sobre os desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco”, ministrado pelo doutorando vinculado à Universidade Federal da Paraíba Leia Mais...

O post Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-14 13:48:17 [post_date] => 2017-11-14 10:48:17 [post_modified_gmt] => 2017-11-14 13:48:17 [post_modified] => 2017-11-14 10:48:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36827 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 09f4bac5ec1eaa1ea22a7d8d0db4ef98 [1] => 13d76e51700b7c827795b090ad174d66 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano

Array ( [post_title] => Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano [post_content] =>

O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea, vinculado ao Departamento de Filosofia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), promoverá durante os dias 6 e 7 de dezembro o minicurso “Sobre os desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco”, ministrado pelo doutorando vinculado à Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Thiago Gomes da Silva Nunes. A atividade é gratuita e aberta a todos os alunos da Instituição. Para participar basta enviar e-mail para o endereço biosuepb@gmail.com solicitando a inscrição.

Os encontros serão realizados na Central de Integração Acadêmica, Sala 127, 1º andar, Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, com início sempre às 15h. O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea é coordenado pelo professor Thalles Azevedo de Araújo e está vinculado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o minicurso, o coordenador afirma que o pós-estruturalismo foi uma das mais influentes correntes do pensamento continental do século XX, destacando-se especialmente por suceder o existencialismo ao se tornar a grande tendência filosófica da França nos anos 60. Sendo assim, a influência que Friedrich Nietzsche (1844-1900) exerceu sobre esse movimento foi enorme, sendo, portanto, o pensamento nietzschiano um traço em comum entre quase todos grandes representantes do pós-estruturalismo.

O professor Thalles Azevedo ainda acrescenta que o potencial da obra nietzschiana não passou desapercebida de uma série de pensadores da década de sessenta que, rompendo com os pressupostos estruturalistas, que basicamente sustentavam a possibilidade de compreensão dos fenômenos humanos por meio dos sistemas que os abarcavam, buscaram em Nietzsche as sementes para uma nova forma de pensar.

“É neste sentido que podemos lançar uma luz sobre o enigmático movimento pós-estruturalista a partir da leitura feita pelos principais representantes desse movimento sobre a obra de Nietzsche, o que vai de Georges Bataille (1897-1962), passando por Gilles Deleuze (1925-1995) e Michel Foucault (1926-1984), chegando a Jacques Derrida (1930-2004), nomes que resguardam o mérito de terem revivido o interesse pelos estudos de Nietzsche, esforçando-se para desvinculá-lo da carga negativa deixada pelo nazismo”, explicou.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia Contemporânea, vinculado ao Departamento de Filosofia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), promoverá durante os dias 6 e 7 de dezembro o minicurso “Sobre os desdobramentos do pensamento nietzschiano: de Bataille a Derrida, o movimento pós-estruturalista em foco”, ministrado pelo doutorando vinculado à Universidade Federal da Paraíba Leia Mais...

O post Núcleo de Estudos em Biopolítica e Filosofia promove minicurso sobre o pensamento nietzschiano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-11-14 13:48:17 [post_date] => 2017-11-14 10:48:17 [post_modified_gmt] => 2017-11-14 13:48:17 [post_modified] => 2017-11-14 10:48:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36827 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 09f4bac5ec1eaa1ea22a7d8d0db4ef98 [1] => 13d76e51700b7c827795b090ad174d66 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-estudos-em-biopolitica-e-filosofia-promove-minicurso-sobre-o-pensamento-nietzschiano )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval

Array ( [post_title] => Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval [post_content] =>

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Filosofia Medieval – “Principium” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove durante o mês de novembro seis conferências gratuitas e abertas a todos os interessados em Filosofia. As sessões acontecem sempre às 17h, na Sala 125, 1º andar da Central de Integração Acadêmica (CIA), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

As conferências abordarão a temática “Filosofia Medieval: influências e repercussões”, terão carga de 3 horas/aula por sessão e serão ministradas por professores da UEPB e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que também divulgarão as pesquisas que vêm sendo realizadas pelo “Principium”, coordenado pela professora Simone Marinho Nogueira.

Não é necessário realizar inscrição prévia, basta apenas assinar as listas de frequência em cada sessão. Outras informações podem ser adquiridas através do e-mail principiumfilosofia@gmail.com.

Confira abaixo a programação completa:

Dia 7 de novembro (terça-feira)
Prof. Dr. Antonio Patativa de Sales (UEPB).
A fórmula Nisi credideritis, non intelligetis, em Agostinho de Hipona.

Dia 14 de novembro (terça-feira)
Prof. Dr. José Arlindo de Aguiar Filho (Principium/UEPB).
Literatura Italiana no Medievo tardio e sua repercussão na filosofia do renascimento.

Dia 20 de Novembro (segunda-feira)
Profa. Ms. Amanda de Oliveira da Silva Pontes (Principium/UEPB).
Mística e subjetividade: a idealização do indivíduo a partir do divino.

Dia 23 de Novembro (quinta-feira)
Prof. Ms. Janduí Evangelista de Oliveira (Principium/UEPB).
A vida é curta? Uma reflexão sobre a vida segundo Sêneca

Dia 28 de Novembro (terça-feira)
Prof. Dr. Cláudio Pedrosa Nunes (UFCG/Principium).
Jurisdição Judicial em Tomás de Aquino.

Dia 30 de novembro (quinta-feira)
Prof. Ms. Fernando José da Silva Monteiro (UEPB).
O esvaziamento de si na Mística de Meister Eckhart.

O post Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Filosofia Medieval – “Principium” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove durante o mês de novembro seis conferências gratuitas e abertas a todos os interessados em Filosofia. As sessões acontecem sempre às 17h, na Sala 125, 1º andar da Central de Integração Acadêmica (CIA), no Câmpus de Bodocongó, Leia Mais...

O post Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-30 19:46:01 [post_date] => 2017-10-30 16:46:01 [post_modified_gmt] => 2017-10-30 19:46:01 [post_modified] => 2017-10-30 16:46:01 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36561 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 36fa7c88384090187eb0e2f09213e2ac [1] => ab1d64cd8b730f1efc978383fa0327d0 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval

Array ( [post_title] => Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval [post_content] =>

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Filosofia Medieval – “Principium” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove durante o mês de novembro seis conferências gratuitas e abertas a todos os interessados em Filosofia. As sessões acontecem sempre às 17h, na Sala 125, 1º andar da Central de Integração Acadêmica (CIA), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

As conferências abordarão a temática “Filosofia Medieval: influências e repercussões”, terão carga de 3 horas/aula por sessão e serão ministradas por professores da UEPB e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que também divulgarão as pesquisas que vêm sendo realizadas pelo “Principium”, coordenado pela professora Simone Marinho Nogueira.

Não é necessário realizar inscrição prévia, basta apenas assinar as listas de frequência em cada sessão. Outras informações podem ser adquiridas através do e-mail principiumfilosofia@gmail.com.

Confira abaixo a programação completa:

Dia 7 de novembro (terça-feira)
Prof. Dr. Antonio Patativa de Sales (UEPB).
A fórmula Nisi credideritis, non intelligetis, em Agostinho de Hipona.

Dia 14 de novembro (terça-feira)
Prof. Dr. José Arlindo de Aguiar Filho (Principium/UEPB).
Literatura Italiana no Medievo tardio e sua repercussão na filosofia do renascimento.

Dia 20 de Novembro (segunda-feira)
Profa. Ms. Amanda de Oliveira da Silva Pontes (Principium/UEPB).
Mística e subjetividade: a idealização do indivíduo a partir do divino.

Dia 23 de Novembro (quinta-feira)
Prof. Ms. Janduí Evangelista de Oliveira (Principium/UEPB).
A vida é curta? Uma reflexão sobre a vida segundo Sêneca

Dia 28 de Novembro (terça-feira)
Prof. Dr. Cláudio Pedrosa Nunes (UFCG/Principium).
Jurisdição Judicial em Tomás de Aquino.

Dia 30 de novembro (quinta-feira)
Prof. Ms. Fernando José da Silva Monteiro (UEPB).
O esvaziamento de si na Mística de Meister Eckhart.

O post Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Filosofia Medieval – “Principium” da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove durante o mês de novembro seis conferências gratuitas e abertas a todos os interessados em Filosofia. As sessões acontecem sempre às 17h, na Sala 125, 1º andar da Central de Integração Acadêmica (CIA), no Câmpus de Bodocongó, Leia Mais...

O post Núcleo de Estudo e Pesquisa da UEPB promove conferências sobre influências e repercussões da Filosofia Medieval apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-30 19:46:01 [post_date] => 2017-10-30 16:46:01 [post_modified_gmt] => 2017-10-30 19:46:01 [post_modified] => 2017-10-30 16:46:01 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36561 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 36fa7c88384090187eb0e2f09213e2ac [1] => ab1d64cd8b730f1efc978383fa0327d0 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nucleo-de-estudo-e-pesquisa-da-uepb-promove-conferencias-sobre-influencias-e-repercussoes-da-filosofia-medieval )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos

Array ( [post_title] => Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Lidar com situações acerca das relações parentais podem ser um grande obstáculo para muitos pais e mães que enfrentam dificuldades com a educação e formação de seus filhos adolescentes. Dialogar sobre assuntos relacionados à família, futuro profissional, drogas, sexualidade, entre outros, muitas vezes impõe barreiras que impedem a aproximação entre eles. Sabendo dessas dificuldades, um projeto de extensão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) oferece a oportunidade para esses pais trabalharem seu convívio com os filhos visando uma formação moral, explorando as relações de respeito, diálogo e cooperação entre eles.

Iniciado em maio deste ano, o projeto “Trabalhando as relações parentais e o desenvolvimento socioafetivo de adolescentes em Escolas do Ensino Fundamental”, coordenado pela professora do Departamento de Educação da UEPB, Magnólia de Lima Sousa, tem como propósito trabalhar a expectativa, as dificuldades e a necessidade das famílias no que diz respeito à Educação. Durante as atividades do projeto, que faz parte do Programa de Concessão de Bolsas de Extensão (PROBEX) – Cota 2016/2017, são trabalhados conceitos de valores, limites, desenvolvimento de afetividade, autoestima e muitos outros para complementar a formação educacional que os jovens recebem.

De acordo com a professora Magnólia de Lima, estão inscritos no projeto 45 participantes entre pais e mães de adolescentes matriculados nas escolas municipais de Campina Grande “Tiradentes”, “Padre Antonino” e “Manoel da Costa Cirne”. Uma vez por semana, eles se encontram na UEPB para dialogar, trocar experiências e refletir sobre como podem participar de forma mais efetiva na educação dos filhos, como parte de um processo de formação associada ao que é desenvolvido na escola. “Nosso propósito é subsidiá-los nesse processo de relação com os jovens. Os pais querem participar da vida dos filhos, mas em determinadas situações não sabem como. Por isso nossa intenção é ajudá-los a compreender o papel de cada um nesse processo”, explica a coordenadora.

Como a linha programática do projeto é inserida em Desenvolvimento Humano, os temas são relacionados às discussões atuais como drogas, valores, respeito, afeto, diálogo, DSTs e Aids, limites e autoridade, entre outros. “Muitas vezes existe um conflito no que diz respeito à responsabilidade da escola e a responsabilidade da família. A escola diz que a família se isenta da educação de valores dos filhos. Por isso trabalhamos esses conceitos para que eles saibam como participar mais desse processo, melhorando suas relações com os filhos. São muitas histórias incríveis de superação e conquistas que fazemos a partir de um trabalho em grupo que traz bastante resultado”, diz a professora Magnólia.

Estimulando a dinâmica em grupo e a dramatização de situações reais, o projeto tem conquistado resultados positivos, segundo os participantes. A dona de casa Manoela da Silva, moradora do bairro Jardim Quarenta, mãe de dois filhos, um de 11 e outro de 15 anos, confirma a contribuição que tem recebido desde quando ingressou na atividade. De acordo com ela, seu entendimento com os filhos tem melhorado tanto no quesito confiança, como, principalmente, no respeito entre as partes. “Consegui estabelecer uma relação de confiança maior entre nós e isso fez com que eles me respeitassem mais. Aqui eu compreendo como posso melhorar como mãe e melhorar a educação deles, principalmente na questão da obediência”, relata.

Com previsão de desenvolvimento destas primeiras atividades até o final do mês de novembro, o projeto deve continuar avançando e contribuindo nas relações familiares no ano que vem, já que existe a possibilidade de renovação da Cota PROBEX e ainda com a chance de transformar a iniciativa em um programa, o que ampliaria seu alcance, tanto na participação de mais pais e mães, como na inserção de mais escolas. “Temos o objetivo de aumentar os participantes dessas três escolas que já fazem parte do projeto e ainda poder transformá-lo em programa, para também chegar em outras escolas municipais de Campina Grande”, projeta a professor Magnólia de Lima.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Lidar com situações acerca das relações parentais podem ser um grande obstáculo para muitos pais e mães que enfrentam dificuldades com a educação e formação de seus filhos adolescentes. Dialogar sobre assuntos relacionados à família, futuro profissional, drogas, sexualidade, entre outros, muitas vezes impõe barreiras que impedem a aproximação entre eles. Sabendo dessas dificuldades, um Leia Mais...

O post Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-10 13:32:07 [post_date] => 2017-10-10 10:32:07 [post_modified_gmt] => 2017-10-10 13:32:07 [post_modified] => 2017-10-10 10:32:07 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36106 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0e57bc8d040b9632db116c3ede3a44ed [1] => dae38f790baeef2ee986a188eb69caca ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos-2 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos

Array ( [post_title] => Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Lidar com situações acerca das relações parentais podem ser um grande obstáculo para muitos pais e mães que enfrentam dificuldades com a educação e formação de seus filhos adolescentes. Dialogar sobre assuntos relacionados à família, futuro profissional, drogas, sexualidade, entre outros, muitas vezes impõe barreiras que impedem a aproximação entre eles. Sabendo dessas dificuldades, um projeto de extensão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) oferece a oportunidade para esses pais trabalharem seu convívio com os filhos visando uma formação moral, explorando as relações de respeito, diálogo e cooperação entre eles.

Iniciado em maio deste ano, o projeto “Trabalhando as relações parentais e o desenvolvimento socioafetivo de adolescentes em Escolas do Ensino Fundamental”, coordenado pela professora do Departamento de Educação da UEPB, Magnólia de Lima Sousa, tem como propósito trabalhar a expectativa, as dificuldades e a necessidade das famílias no que diz respeito à Educação. Durante as atividades do projeto, que faz parte do Programa de Concessão de Bolsas de Extensão (PROBEX) – Cota 2016/2017, são trabalhados conceitos de valores, limites, desenvolvimento de afetividade, autoestima e muitos outros para complementar a formação educacional que os jovens recebem.

De acordo com a professora Magnólia de Lima, estão inscritos no projeto 45 participantes entre pais e mães de adolescentes matriculados nas escolas municipais de Campina Grande “Tiradentes”, “Padre Antonino” e “Manoel da Costa Cirne”. Uma vez por semana, eles se encontram na UEPB para dialogar, trocar experiências e refletir sobre como podem participar de forma mais efetiva na educação dos filhos, como parte de um processo de formação associada ao que é desenvolvido na escola. “Nosso propósito é subsidiá-los nesse processo de relação com os jovens. Os pais querem participar da vida dos filhos, mas em determinadas situações não sabem como. Por isso nossa intenção é ajudá-los a compreender o papel de cada um nesse processo”, explica a coordenadora.

Como a linha programática do projeto é inserida em Desenvolvimento Humano, os temas são relacionados às discussões atuais como drogas, valores, respeito, afeto, diálogo, DSTs e Aids, limites e autoridade, entre outros. “Muitas vezes existe um conflito no que diz respeito à responsabilidade da escola e a responsabilidade da família. A escola diz que a família se isenta da educação de valores dos filhos. Por isso trabalhamos esses conceitos para que eles saibam como participar mais desse processo, melhorando suas relações com os filhos. São muitas histórias incríveis de superação e conquistas que fazemos a partir de um trabalho em grupo que traz bastante resultado”, diz a professora Magnólia.

Estimulando a dinâmica em grupo e a dramatização de situações reais, o projeto tem conquistado resultados positivos, segundo os participantes. A dona de casa Manoela da Silva, moradora do bairro Jardim Quarenta, mãe de dois filhos, um de 11 e outro de 15 anos, confirma a contribuição que tem recebido desde quando ingressou na atividade. De acordo com ela, seu entendimento com os filhos tem melhorado tanto no quesito confiança, como, principalmente, no respeito entre as partes. “Consegui estabelecer uma relação de confiança maior entre nós e isso fez com que eles me respeitassem mais. Aqui eu compreendo como posso melhorar como mãe e melhorar a educação deles, principalmente na questão da obediência”, relata.

Com previsão de desenvolvimento destas primeiras atividades até o final do mês de novembro, o projeto deve continuar avançando e contribuindo nas relações familiares no ano que vem, já que existe a possibilidade de renovação da Cota PROBEX e ainda com a chance de transformar a iniciativa em um programa, o que ampliaria seu alcance, tanto na participação de mais pais e mães, como na inserção de mais escolas. “Temos o objetivo de aumentar os participantes dessas três escolas que já fazem parte do projeto e ainda poder transformá-lo em programa, para também chegar em outras escolas municipais de Campina Grande”, projeta a professor Magnólia de Lima.

 

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Lidar com situações acerca das relações parentais podem ser um grande obstáculo para muitos pais e mães que enfrentam dificuldades com a educação e formação de seus filhos adolescentes. Dialogar sobre assuntos relacionados à família, futuro profissional, drogas, sexualidade, entre outros, muitas vezes impõe barreiras que impedem a aproximação entre eles. Sabendo dessas dificuldades, um Leia Mais...

O post Projeto de extensão oferece orientação sobre relações parentais para melhorar convívio entre pais e filhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-10 13:32:07 [post_date] => 2017-10-10 10:32:07 [post_modified_gmt] => 2017-10-10 13:32:07 [post_modified] => 2017-10-10 10:32:07 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36106 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0e57bc8d040b9632db116c3ede3a44ed [1] => dae38f790baeef2ee986a188eb69caca ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-oferece-orientacao-sobre-relacoes-parentais-para-melhorar-convivio-entre-pais-e-filhos-2 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade

Array ( [post_title] => 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade [post_content] =>

De 15 a 18 de novembro de 2017, no Centro de Convenções de João Pessoa (PB), será realizado o 4º Congresso Nacional de Educação (CONEDU). O evento tem como objetivo promover espaços de diálogos conduzindo a novas perspectivas sobre os desafios enfrentados pelos sujeitos da educação brasileira. Em uma área, em que muito se produz sobre a necessidade de melhores resultados, é relevante promover o entendimento de que, para quê e para quem estamos produzindo, sobretudo, quando estes espaços de encontros entre os diferentes segmentos da educação estão aumentando suas fronteiras.

Em sua quarta edição, o CONEDU tem como tema “A Educação brasileira: desafios na atualidade”. A atualidade da Educação brasileira será revisitada na perspectiva das ações, políticas públicas e reformulações em andamento para alterar o cenário dos processos de ensino e aprendizagem das escolas de educação básica e as universidades. Como as reformas do Ensino Médio, da Base Nacional Comum Curricular e a Escola sem Partido alteraram o curso das atividades práticas e formativas no cenário educacional? Para esta pergunta cabe um sem-número de respostas em diferentes instâncias de atuação desde os proponentes, passando pelas práticas pedagógicas até a formação inicial e continuada de professores.

A programação do 4º CONEDU foi delineada de modo a possibilitar uma ampla participação nas atividades propostas: conferências, sessão de conversas, palestras, mesas-redondas, minicursos, lançamento de livros, além de apresentação de trabalhos científicos nas modalidades comunicação oral e pôster e atividades culturais.

O evento conta com o apoio institucional da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Governo do Estado da Paraíba, Secretaria de Educação do Estado da Paraíba e Convention & Visitors Bureau de João Pessoa, e é uma realização do Centro Multidisciplinar de Estudos e Pesquisa (CEMEP).

Outras informações sobre o evento podem ser obtidas através do endereço eletrônico: www.conedu.com.br ou pelo telefone (83) 3322-3222.

 

Colaboração: Realize Eventos

O post 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

De 15 a 18 de novembro de 2017, no Centro de Convenções de João Pessoa (PB), será realizado o 4º Congresso Nacional de Educação (CONEDU). O evento tem como objetivo promover espaços de diálogos conduzindo a novas perspectivas sobre os desafios enfrentados pelos sujeitos da educação brasileira. Em uma área, em que muito se produz Leia Mais...

O post 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-29 19:07:45 [post_date] => 2017-08-29 16:07:45 [post_modified_gmt] => 2017-08-29 19:07:45 [post_modified] => 2017-08-29 16:07:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34893 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c762959c8b800d3db6462110b77e26ab [1] => ae62dc544abaf368dbdded34d72b97ba ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade

Array ( [post_title] => 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade [post_content] =>

De 15 a 18 de novembro de 2017, no Centro de Convenções de João Pessoa (PB), será realizado o 4º Congresso Nacional de Educação (CONEDU). O evento tem como objetivo promover espaços de diálogos conduzindo a novas perspectivas sobre os desafios enfrentados pelos sujeitos da educação brasileira. Em uma área, em que muito se produz sobre a necessidade de melhores resultados, é relevante promover o entendimento de que, para quê e para quem estamos produzindo, sobretudo, quando estes espaços de encontros entre os diferentes segmentos da educação estão aumentando suas fronteiras.

Em sua quarta edição, o CONEDU tem como tema “A Educação brasileira: desafios na atualidade”. A atualidade da Educação brasileira será revisitada na perspectiva das ações, políticas públicas e reformulações em andamento para alterar o cenário dos processos de ensino e aprendizagem das escolas de educação básica e as universidades. Como as reformas do Ensino Médio, da Base Nacional Comum Curricular e a Escola sem Partido alteraram o curso das atividades práticas e formativas no cenário educacional? Para esta pergunta cabe um sem-número de respostas em diferentes instâncias de atuação desde os proponentes, passando pelas práticas pedagógicas até a formação inicial e continuada de professores.

A programação do 4º CONEDU foi delineada de modo a possibilitar uma ampla participação nas atividades propostas: conferências, sessão de conversas, palestras, mesas-redondas, minicursos, lançamento de livros, além de apresentação de trabalhos científicos nas modalidades comunicação oral e pôster e atividades culturais.

O evento conta com o apoio institucional da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Governo do Estado da Paraíba, Secretaria de Educação do Estado da Paraíba e Convention & Visitors Bureau de João Pessoa, e é uma realização do Centro Multidisciplinar de Estudos e Pesquisa (CEMEP).

Outras informações sobre o evento podem ser obtidas através do endereço eletrônico: www.conedu.com.br ou pelo telefone (83) 3322-3222.

 

Colaboração: Realize Eventos

O post 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

De 15 a 18 de novembro de 2017, no Centro de Convenções de João Pessoa (PB), será realizado o 4º Congresso Nacional de Educação (CONEDU). O evento tem como objetivo promover espaços de diálogos conduzindo a novas perspectivas sobre os desafios enfrentados pelos sujeitos da educação brasileira. Em uma área, em que muito se produz Leia Mais...

O post 4º Congresso Nacional de Educação promoverá debates sobre os desafios da educação brasileira na atualidade apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-29 19:07:45 [post_date] => 2017-08-29 16:07:45 [post_modified_gmt] => 2017-08-29 19:07:45 [post_modified] => 2017-08-29 16:07:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34893 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CEDUC – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ceduc/feed/ [syndication_feed_id] => 19 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c762959c8b800d3db6462110b77e26ab [1] => ae62dc544abaf368dbdded34d72b97ba ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 4o-congresso-nacional-de-educacao-promovera-debates-sobre-os-desafios-da-educacao-brasileira-na-atualidade )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições

Array ( [post_title] => Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições [post_content] =>

A Comissão Organizadora do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas, evento realizado em parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, divulgou a programação completa do evento e abriu o período de inscrição para os interessados. Podem confirmar a participação estudantes de graduação e pós-graduação, bem como professores de Educação Básica e Ensino Superior, até o dia 20 de novembro, através do site http://erespp.com.br/index.php.

Nesta primeira edição, o encontro tem como tema “Recursos Hídricos e Programas Sociais no Território do Semiárido”, com a proposta de apresentar e discutir estudos relacionados ao Semiárido e programas de transferência de renda, contribuindo para a construção de um espaço de diálogos referentes à melhoria do acesso e de uso sustentável da água na região semiárida. Estarão à disposição dos participantes atividades de debate, como palestras e conferências, além de minicursos.

De acordo com um dos organizadores do evento, professor Jairo Bezerra Silva, do Câmpus IV da UEPB, poderão participar alunos, professores e pesquisadores que desenvolvam qualquer tipo de atividade nas áreas de recursos hídricos e de programas de transferência de renda na região do Semiárido. Ele salientou que a realização do Encontro Regional na cidade Pau dos Ferros foi estratégica por abrigar o maior número de agentes que atuam nessas duas frentes de atuação.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3322-3222 ou pelo e-mail contato@erespp.com.br.

Confira a programação abaixo:

1º dia (05/12)
8h – Credenciamento
8h30 – Solenidade de abertura
9h30 – Conferência: Diretrizes do Desenvolvimento Regional no Território de Semiárido
11h10 – Lançamento de livros
14h – Apresentação de GTs
19h – Conferência: Programas sociais no Semiárido brasileiro: os programas de transferência de renda

2º dia (06/12)
8h – Conferência: As formas de acesso e uso sustentável aos recursos hídricos no Semiárido
14h – Apresentação de GTs
17h – Encerramento

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Comissão Organizadora do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas, evento realizado em parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, divulgou a programação completa do evento e Leia Mais...

O post Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-25 13:31:22 [post_date] => 2017-10-25 10:31:22 [post_modified_gmt] => 2017-10-25 13:31:22 [post_modified] => 2017-10-25 10:31:22 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36417 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => aa7091f29b82a1792513cd00ee163102 [1] => c2f8ab1c62b5b0513eea21fe868daf36 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-inscricoes )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições

Array ( [post_title] => Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições [post_content] =>

A Comissão Organizadora do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas, evento realizado em parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, divulgou a programação completa do evento e abriu o período de inscrição para os interessados. Podem confirmar a participação estudantes de graduação e pós-graduação, bem como professores de Educação Básica e Ensino Superior, até o dia 20 de novembro, através do site http://erespp.com.br/index.php.

Nesta primeira edição, o encontro tem como tema “Recursos Hídricos e Programas Sociais no Território do Semiárido”, com a proposta de apresentar e discutir estudos relacionados ao Semiárido e programas de transferência de renda, contribuindo para a construção de um espaço de diálogos referentes à melhoria do acesso e de uso sustentável da água na região semiárida. Estarão à disposição dos participantes atividades de debate, como palestras e conferências, além de minicursos.

De acordo com um dos organizadores do evento, professor Jairo Bezerra Silva, do Câmpus IV da UEPB, poderão participar alunos, professores e pesquisadores que desenvolvam qualquer tipo de atividade nas áreas de recursos hídricos e de programas de transferência de renda na região do Semiárido. Ele salientou que a realização do Encontro Regional na cidade Pau dos Ferros foi estratégica por abrigar o maior número de agentes que atuam nessas duas frentes de atuação.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3322-3222 ou pelo e-mail contato@erespp.com.br.

Confira a programação abaixo:

1º dia (05/12)
8h – Credenciamento
8h30 – Solenidade de abertura
9h30 – Conferência: Diretrizes do Desenvolvimento Regional no Território de Semiárido
11h10 – Lançamento de livros
14h – Apresentação de GTs
19h – Conferência: Programas sociais no Semiárido brasileiro: os programas de transferência de renda

2º dia (06/12)
8h – Conferência: As formas de acesso e uso sustentável aos recursos hídricos no Semiárido
14h – Apresentação de GTs
17h – Encerramento

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Comissão Organizadora do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas, evento realizado em parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, divulgou a programação completa do evento e Leia Mais...

O post Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas divulga programação e abre inscrições apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-25 13:31:22 [post_date] => 2017-10-25 10:31:22 [post_modified_gmt] => 2017-10-25 13:31:22 [post_modified] => 2017-10-25 10:31:22 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=36417 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-periodo-de-inscricao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => aa7091f29b82a1792513cd00ee163102 [1] => c2f8ab1c62b5b0513eea21fe868daf36 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-regional-de-sustentabilidade-e-politicas-publicas-divulga-programacao-e-abre-inscricoes )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => abd60ccf06260bd30b3c60a8126eee52 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB

Array ( [post_title] => Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB [post_content] => Clique para exibir o slide.

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da presidente da Comissão Permanente de Concursos, professora Analice Sobreira; e do coordenador de Comunicação Institucional, jornalista Hipólito Lucena.

Em entrevista coletiva concedida à imprensa, no hall do Prédio Administrativo, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, o reitor explicou que o concurso será realizado para suprir, essencialmente, as vagas deixadas por aposentados, falecidos e servidores efetivos que saíram da Universidade, o que não vai resultar em impacto na folha de pessoal, especialmente porque a maior demanda é nas áreas de níveis fundamentais e médio.

“Estamos entrando em uma fase extremamente crítica de redução do quadro de trabalhadores efetivos da Universidade. Temos hoje, entre terceirizados e trabalhadores temporários, mais de 500 pessoas trabalhando na Universidade que não são do quadro efetivo. Essa é uma tentativa de diminuir esse problema. Devemos entrar no ano de 2018 com os aprovados neste concurso, se não já contratados, mas já convocados para que nos primeiros meses do ano estejam se incorporando ao trabalho na UEPB”, destacou Rangel.

Ele ressaltou a escolha da Comissão Permanente de Concursos (CPCON) para a organização do concurso. “Inovamos na prova do concurso. Está é uma das razões pela qual a CPCON irá organizar o processo e nós confiamos muito na Comissão. Essa estrutura criou uma expertise para a realização de concursos, com uma estrutura e credibilidade que não é de agora e credenciou a UEPB a realizar concursos até fora do Estado. A novidade para este concurso é que nós retomamos a prova de produção textual e colocamos algo bem específico para a UEPB, uma vez que queremos que as pessoas que sejam aprovadas no concurso cheguem aqui conhecendo a Universidade, para que na sua preparação do concurso estudem o que é a UEPB, como ela foi criada, as leis, a legislação federal e estadual sobre a educação superior, enfim, todo um estudo que os capacite para que no dia que chegarem na Universidade, já conheçam a UEPB”, enfatizou.

As inscrições do concurso ocorrem de 9 a 29 de outubro, através do endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br/, no qual o candidato preencherá seus dados e fará a emissão do boleto para pagamento. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. O pagamento do boleto bancário pode ser feito até o dia 30 de outubro.

Conforme o edital, as vagas para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

De acordo com o cronograma do edital, no dia 3 de novembro será divulgada a relação das inscrições homologadas e não homologadas. No dia 23 de novembro serão divulgados os locais das provas, que serão aplicadas no dia 3 de dezembro. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. No dia 12 de dezembro será divulgado o resultado preliminar da prova escrita objetiva e no dia 21 do mesmo mês o resultado da prova de produção textual. O resultado final do concurso será publicado no dia 29 de dezembro.

Todos os detalhes do concurso, como prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

 

Texto: Tatiana Brandão
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) lançou nesta segunda-feira (2) o edital com oferta de 197 vagas para servidores técnicos administrativos da Instituição. O lançamento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora adjunta de Gestão de Pessoas, Marina Torres; do pró-reitor de Planejamento e Orçamento, professor Luciano Albino; da Leia Mais...

O post Lançado edital do concurso público com 197 vagas para servidores técnicos administrativos da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_date] => 2017-10-02 13:37:02 [post_modified_gmt] => 2017-10-02 16:37:02 [post_modified] => 2017-10-02 13:37:02 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35831 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2ce82eb552e5bd0601f57912cb0ee876 [1] => abd60ccf06260bd30b3c60a8126eee52 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 19 [14] => 44 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => lancado-edital-do-concurso-publico-com-197-vagas-para-servidores-tecnicos-administrativos-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce

Array ( [post_title] => Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce [post_content] => Clique para exibir o slide.

Nas regiões mais secas do Brasil ele é conhecido como o “pequeno notável”. Resistente às pragas e doenças, o cajueiro anão-precoce é uma das melhores opções para agricultores familiares que plantam em suas propriedades mudas frutíferas para consumo próprio. Dessa forma, o projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus IV, em Catolé do Rocha, distribuiu nesta terça-feira (5), 100 mudas da planta para moradores de comunidades rurais da cidade de Brejo dos Santos, localizada no Sertão do Estado.

Esta é a primeira distribuição feita pelo projeto, coordenado pelo professor José Geraldo Rodrigues, e que tem parceria com a Emater/Paraíba. Há quatro meses o projeto teve início com a seleção das castanhas e aos poucos vai ampliando suas atividades para atingir a microrregião de Catolé do Rocha. “Nós estamos trabalhando para levar essas mudas para 10 cidades da região. São produtores que ganharão mais uma opção no desenvolvimento da agricultura familiar”, explicou José Geraldo.

A escolha pelo cajueiro anão-precoce vem pelo seu desenvolvimento ser considerado rápido. Segundo acrescentou o coordenador do projeto, a planta tem a capacidade de produzir os primeiros frutos em seis meses, o que, segundo ele, é um fator predominante para que as colheitas aconteçam de forma mais rápida. “A partir de seis meses eles já oferecem os primeiros frutos. Em um ano já estão bem desenvolvidos por se adaptarem bastante à região mais quente e seca, como é o Sertão”, disse o professor.

Após a entrega dessas 100 mudas, mais 200 estão sendo preparadas para serem também distribuídas na região. Sendo que, dessas últimas, 50 já têm destino certo: a zona rural da cidade de São Bento. “Vamos preparar a próxima entrega e buscar ampliar o número de mudas para cada família. Queremos chegar a um número de cinco mudas para cada produtor familiar, para que eles tenham condições de se desenvolverem bem”, afirmou professor Geraldo.

O projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” conta com o apoio da direção do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA) da UEPB e ainda trabalha em parceria com o laboratório da Embrapa para o desenvolvimento de mudas.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Edivan Nunes

O post Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Nas regiões mais secas do Brasil ele é conhecido como o “pequeno notável”. Resistente às pragas e doenças, o cajueiro anão-precoce é uma das melhores opções para agricultores familiares que plantam em suas propriedades mudas frutíferas para consumo próprio. Dessa forma, o projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” vinculado ao curso Leia Mais...

O post Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-05 19:45:17 [post_date] => 2017-09-05 16:45:17 [post_modified_gmt] => 2017-09-05 19:45:17 [post_modified] => 2017-09-05 16:45:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35115 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b3c7c6fae9a835bed7aa51e7b1a7573c [1] => 2a351eab9c446c4fc98156395b318964 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce

Array ( [post_title] => Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce [post_content] => Clique para exibir o slide.

Nas regiões mais secas do Brasil ele é conhecido como o “pequeno notável”. Resistente às pragas e doenças, o cajueiro anão-precoce é uma das melhores opções para agricultores familiares que plantam em suas propriedades mudas frutíferas para consumo próprio. Dessa forma, o projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus IV, em Catolé do Rocha, distribuiu nesta terça-feira (5), 100 mudas da planta para moradores de comunidades rurais da cidade de Brejo dos Santos, localizada no Sertão do Estado.

Esta é a primeira distribuição feita pelo projeto, coordenado pelo professor José Geraldo Rodrigues, e que tem parceria com a Emater/Paraíba. Há quatro meses o projeto teve início com a seleção das castanhas e aos poucos vai ampliando suas atividades para atingir a microrregião de Catolé do Rocha. “Nós estamos trabalhando para levar essas mudas para 10 cidades da região. São produtores que ganharão mais uma opção no desenvolvimento da agricultura familiar”, explicou José Geraldo.

A escolha pelo cajueiro anão-precoce vem pelo seu desenvolvimento ser considerado rápido. Segundo acrescentou o coordenador do projeto, a planta tem a capacidade de produzir os primeiros frutos em seis meses, o que, segundo ele, é um fator predominante para que as colheitas aconteçam de forma mais rápida. “A partir de seis meses eles já oferecem os primeiros frutos. Em um ano já estão bem desenvolvidos por se adaptarem bastante à região mais quente e seca, como é o Sertão”, disse o professor.

Após a entrega dessas 100 mudas, mais 200 estão sendo preparadas para serem também distribuídas na região. Sendo que, dessas últimas, 50 já têm destino certo: a zona rural da cidade de São Bento. “Vamos preparar a próxima entrega e buscar ampliar o número de mudas para cada família. Queremos chegar a um número de cinco mudas para cada produtor familiar, para que eles tenham condições de se desenvolverem bem”, afirmou professor Geraldo.

O projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” conta com o apoio da direção do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA) da UEPB e ainda trabalha em parceria com o laboratório da Embrapa para o desenvolvimento de mudas.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Edivan Nunes

O post Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Nas regiões mais secas do Brasil ele é conhecido como o “pequeno notável”. Resistente às pragas e doenças, o cajueiro anão-precoce é uma das melhores opções para agricultores familiares que plantam em suas propriedades mudas frutíferas para consumo próprio. Dessa forma, o projeto de extensão “Produção de mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce” vinculado ao curso Leia Mais...

O post Projeto de extensão do Câmpus de Catolé do Rocha distribui mudas orgânicas de cajueiro anão-precoce apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-09-05 19:45:17 [post_date] => 2017-09-05 16:45:17 [post_modified_gmt] => 2017-09-05 19:45:17 [post_modified] => 2017-09-05 16:45:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=35115 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b3c7c6fae9a835bed7aa51e7b1a7573c [1] => 2a351eab9c446c4fc98156395b318964 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 21 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-do-campus-de-catole-do-rocha-distribui-mudas-organicas-de-cajueiro-anao-precoce )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

O processo de melhorias em diversos setores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) continua com a construção de novos espaços, melhoramento em outros e a certeza de que o investimento no desenvolvimento dos câmpus da Instituição trará qualidade no convívio e ensino de toda a comunidade acadêmica. Dessa forma, nesta segunda-feira (28), a Administração Central inaugurou o Auditório do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA), no Câmpus VII, instalado na cidade de Patos, e a passarela coberta que liga a Escola Agrotécnica do Cajueiro ao Departamento de Letras e Humanidade do Câmpus IV, em Catolé do Rocha.

Além do auditório, que leva o nome do economista Celso Furtado, o Câmpus VII ainda foi contemplado com a construção de cinco novas salas de aula que oferecem melhor estrutura física aos alunos e amplia as possibilidades de atividades acadêmicas para os discentes dos cursos. De acordo com o professor Adriano Homero, diretor do CCEA, o novo local é uma conquista de todos que compõem o Câmpus, uma vez que ele oferece condições para a realização de eventos e atividades corriqueiras dos cursos ofertados pelo Centro.

“Conseguimos construir um espaço que tem capacidade para abrigar 320 pessoas sentadas. O ambiente é todo climatizado. Dessa forma, acredito que a partir de agora temos um local muito apropriado para realizarmos eventos acadêmicos, bem como outras atividades. Antes de começarmos a construção, consultamos os alunos para saber se eles aprovavam essa ideia de termos um auditório e cinco salas e a resposta deles foi totalmente positiva. Assim, o que está sendo entregue hoje é uma conquista coletiva, por isso todos que fazem o Câmpus VII estão de parabéns”, afirmou Adriano.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, destacou a vontade da comunidade do Câmpus VII em conquistar um espaço desse gênero, parabenizou a direção do Centro pela determinação e relembrou as dificuldades que sempre foram vencidas ao longo dos 11 anos de existência do CCEA. “Tudo que temos aqui no Câmpus VII vem de um resultado de muita luta. Ao virmos para este local, lembro da necessidade de instalação de ar-condicionado nas salas, as melhoras que foram feitas na área da cantina e de convivência e outros locais. E, hoje, esse auditório é resultado disso. Uma alternativa construída dentro do que podemos fazer, mas com as melhores condições possíveis. O importante é poder compartilhar, buscando alternativas com criatividade, diálogo e projetos que possam servir para melhorar ainda mais a formação de nossos alunos”, disse o reitor.

Participaram do momento de descerramento da placa do Auditório Celso Furtado, o reitor da UEPB, professor Rangel Junior; o vice-reitor da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães; o diretor do CCEA, professor Adriano Homero; e o vice-prefeito de Patos, Bonifácio Rocha. Já para o descerramento da fita, além das autoridades já citadas, também foram convidados o diretor adjunto do CCEA, professor Odilon Avelino; e Santiago Jácome, aluno do curso de Bacharelado em Administração do CCEA.

Após a inauguração do Auditório Celso Furtado e das cinco novas salas de aula do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas, o professor Adriano Homero realizou a entrega de placas para homenagear pessoas que deram sua contribuição para que esses novos espaços pudessem se tornar realidade. Além do reitor e do vice-reitor da UEPB, da pró-reitora adjunta de Infraestrutura, professora Cheyenne Ribeiro, e da coordenadora do Cerimonial da UEPB, Mariene Braz Cavalcante, foram lembrados servidores técnicos administrativos do Câmpus VII e profissionais que trabalharam na obra.

Receberam a homenagem as seguintes pessoas: Bismark de Medeiros, Vanderli Silva, José Gomes, Francinildo Ferreira, Ayslan Kelvin, Catarina Medeiros, Rogério Henrique, Moisés Montinegro, Dinaihara Torres, Mariene Braz Cavalcante, Cheyenne Ribeiro, Flávio Romero e Rangel Junior.

Câmpus IV ganha passarela coberta para interligar Escola Agrícola e Departamento

Clique para exibir o slide.

As características climáticas da cidade de Catolé do Rocha, situada no Sertão da Paraíba, tornavam a locomoção de estudantes, professores, servidores e toda a comunidade do Câmpus IV bastante difícil. A alta temperatura era um obstáculo a mais para todos no deslocamento entre as dependências da Escola Agrotécnica do Cajueiro e o Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA). Mas isso, agora, faz parte do passado, uma vez que foi inaugurada a passarela coberta que interliga as áreas de aulas do Câmpus.

A estrutura baseia-se numa área de 72 metros com sombra, facilitando a ida e vinda principalmente de estudantes e professores. Segundo o diretor do CCHA, professor Edivan Nunes, essa passarela integrou ainda mais a Instituição, além de trazer os benefícios próprios no que diz respeito à proteção ao sol que todos passam a ter a partir de então.

“Essa é a maior bem feitoria que poderíamos fazer nesse momento, já que a intenção é melhorar o conforto de todos. Foi muito positivo pelas questões climáticas e vamos continuar trabalhando para melhorar o conforto. Estamos passando por um momento de limitações financeiras, mas não deixaremos de fazer o melhor e não vamos desistir de tornar o Câmpus IV melhor para os estudantes, professores e servidores”, destacou o professor Edivan.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, parabenizou a todos pela conquista e afirmou que outras obras ainda serão realizadas no Câmpus. “Com certeza ainda temos muito a fazer, uma vez que o projeto inicial era, para além dessa passarela, outros espaços que vão melhorar ainda mais as atividades desempenhadas tanto na Escola Agrotécnica como também nos departamentos de Letras e Agrárias”, pontuou o reitor.

Foram convidados para o descerramento da placa da passarela o reitor da UEPB, professor Rangel Junior; o vice-reitor, professor Flávio Romero Guimarães; o diretor do CCHA, professor Edivan Nunes; e a diretora adjunta da Escola Agrotécnica do Cajueiro, Maria do Socorro de Caldas Pinto. Já para o descerramento da fita inaugural, além das autoridades citadas também participaram o diretor adjunto do CCHA, professor Rômulo César de Araújo Lima; e o estudante Henrique Cavalcante Diniz, aluno do 2º ano Médio da Escola do Cajueiro.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Hipólito Lucena e Luciellen Lima

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O processo de melhorias em diversos setores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) continua com a construção de novos espaços, melhoramento em outros e a certeza de que o investimento no desenvolvimento dos câmpus da Instituição trará qualidade no convívio e ensino de toda a comunidade acadêmica. Dessa forma, nesta segunda-feira (28), a Administração Central Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-29 20:04:27 [post_date] => 2017-08-29 17:04:27 [post_modified_gmt] => 2017-08-29 20:04:27 [post_modified] => 2017-08-29 17:04:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34925 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => d3badec5eee09f338f906182bf91a6f7 [1] => 72f79e2e71a81cde7e0350f7454eb45f ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 32 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

O processo de melhorias em diversos setores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) continua com a construção de novos espaços, melhoramento em outros e a certeza de que o investimento no desenvolvimento dos câmpus da Instituição trará qualidade no convívio e ensino de toda a comunidade acadêmica. Dessa forma, nesta segunda-feira (28), a Administração Central inaugurou o Auditório do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA), no Câmpus VII, instalado na cidade de Patos, e a passarela coberta que liga a Escola Agrotécnica do Cajueiro ao Departamento de Letras e Humanidade do Câmpus IV, em Catolé do Rocha.

Além do auditório, que leva o nome do economista Celso Furtado, o Câmpus VII ainda foi contemplado com a construção de cinco novas salas de aula que oferecem melhor estrutura física aos alunos e amplia as possibilidades de atividades acadêmicas para os discentes dos cursos. De acordo com o professor Adriano Homero, diretor do CCEA, o novo local é uma conquista de todos que compõem o Câmpus, uma vez que ele oferece condições para a realização de eventos e atividades corriqueiras dos cursos ofertados pelo Centro.

“Conseguimos construir um espaço que tem capacidade para abrigar 320 pessoas sentadas. O ambiente é todo climatizado. Dessa forma, acredito que a partir de agora temos um local muito apropriado para realizarmos eventos acadêmicos, bem como outras atividades. Antes de começarmos a construção, consultamos os alunos para saber se eles aprovavam essa ideia de termos um auditório e cinco salas e a resposta deles foi totalmente positiva. Assim, o que está sendo entregue hoje é uma conquista coletiva, por isso todos que fazem o Câmpus VII estão de parabéns”, afirmou Adriano.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, destacou a vontade da comunidade do Câmpus VII em conquistar um espaço desse gênero, parabenizou a direção do Centro pela determinação e relembrou as dificuldades que sempre foram vencidas ao longo dos 11 anos de existência do CCEA. “Tudo que temos aqui no Câmpus VII vem de um resultado de muita luta. Ao virmos para este local, lembro da necessidade de instalação de ar-condicionado nas salas, as melhoras que foram feitas na área da cantina e de convivência e outros locais. E, hoje, esse auditório é resultado disso. Uma alternativa construída dentro do que podemos fazer, mas com as melhores condições possíveis. O importante é poder compartilhar, buscando alternativas com criatividade, diálogo e projetos que possam servir para melhorar ainda mais a formação de nossos alunos”, disse o reitor.

Participaram do momento de descerramento da placa do Auditório Celso Furtado, o reitor da UEPB, professor Rangel Junior; o vice-reitor da UEPB, professor Flávio Romero Guimarães; o diretor do CCEA, professor Adriano Homero; e o vice-prefeito de Patos, Bonifácio Rocha. Já para o descerramento da fita, além das autoridades já citadas, também foram convidados o diretor adjunto do CCEA, professor Odilon Avelino; e Santiago Jácome, aluno do curso de Bacharelado em Administração do CCEA.

Após a inauguração do Auditório Celso Furtado e das cinco novas salas de aula do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas, o professor Adriano Homero realizou a entrega de placas para homenagear pessoas que deram sua contribuição para que esses novos espaços pudessem se tornar realidade. Além do reitor e do vice-reitor da UEPB, da pró-reitora adjunta de Infraestrutura, professora Cheyenne Ribeiro, e da coordenadora do Cerimonial da UEPB, Mariene Braz Cavalcante, foram lembrados servidores técnicos administrativos do Câmpus VII e profissionais que trabalharam na obra.

Receberam a homenagem as seguintes pessoas: Bismark de Medeiros, Vanderli Silva, José Gomes, Francinildo Ferreira, Ayslan Kelvin, Catarina Medeiros, Rogério Henrique, Moisés Montinegro, Dinaihara Torres, Mariene Braz Cavalcante, Cheyenne Ribeiro, Flávio Romero e Rangel Junior.

Câmpus IV ganha passarela coberta para interligar Escola Agrícola e Departamento

Clique para exibir o slide.

As características climáticas da cidade de Catolé do Rocha, situada no Sertão da Paraíba, tornavam a locomoção de estudantes, professores, servidores e toda a comunidade do Câmpus IV bastante difícil. A alta temperatura era um obstáculo a mais para todos no deslocamento entre as dependências da Escola Agrotécnica do Cajueiro e o Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA). Mas isso, agora, faz parte do passado, uma vez que foi inaugurada a passarela coberta que interliga as áreas de aulas do Câmpus.

A estrutura baseia-se numa área de 72 metros com sombra, facilitando a ida e vinda principalmente de estudantes e professores. Segundo o diretor do CCHA, professor Edivan Nunes, essa passarela integrou ainda mais a Instituição, além de trazer os benefícios próprios no que diz respeito à proteção ao sol que todos passam a ter a partir de então.

“Essa é a maior bem feitoria que poderíamos fazer nesse momento, já que a intenção é melhorar o conforto de todos. Foi muito positivo pelas questões climáticas e vamos continuar trabalhando para melhorar o conforto. Estamos passando por um momento de limitações financeiras, mas não deixaremos de fazer o melhor e não vamos desistir de tornar o Câmpus IV melhor para os estudantes, professores e servidores”, destacou o professor Edivan.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, parabenizou a todos pela conquista e afirmou que outras obras ainda serão realizadas no Câmpus. “Com certeza ainda temos muito a fazer, uma vez que o projeto inicial era, para além dessa passarela, outros espaços que vão melhorar ainda mais as atividades desempenhadas tanto na Escola Agrotécnica como também nos departamentos de Letras e Agrárias”, pontuou o reitor.

Foram convidados para o descerramento da placa da passarela o reitor da UEPB, professor Rangel Junior; o vice-reitor, professor Flávio Romero Guimarães; o diretor do CCHA, professor Edivan Nunes; e a diretora adjunta da Escola Agrotécnica do Cajueiro, Maria do Socorro de Caldas Pinto. Já para o descerramento da fita inaugural, além das autoridades citadas também participaram o diretor adjunto do CCHA, professor Rômulo César de Araújo Lima; e o estudante Henrique Cavalcante Diniz, aluno do 2º ano Médio da Escola do Cajueiro.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Hipólito Lucena e Luciellen Lima

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O processo de melhorias em diversos setores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) continua com a construção de novos espaços, melhoramento em outros e a certeza de que o investimento no desenvolvimento dos câmpus da Instituição trará qualidade no convívio e ensino de toda a comunidade acadêmica. Dessa forma, nesta segunda-feira (28), a Administração Central Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura novos espaços nos câmpus de Patos e Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-29 20:04:27 [post_date] => 2017-08-29 17:04:27 [post_modified_gmt] => 2017-08-29 20:04:27 [post_modified] => 2017-08-29 17:04:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34925 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => d3badec5eee09f338f906182bf91a6f7 [1] => 72f79e2e71a81cde7e0350f7454eb45f ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 32 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 29 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-novos-espacos-nos-campus-de-patos-e-catole-do-rocha )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido

Array ( [post_title] => Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido [post_content] =>

Uma parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, concretizou a realização do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido. O evento terá como sede a unidade potiguar, com realização prevista para a primeira quinzena do mês de outubro, com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Estarão à disposição dos participantes seis atividades de debate, sendo quatro palestras e duas conferências, além de seis minicursos. As áreas de atuação desses últimos serão divulgadas posteriormente pela coordenação do evento. Para participarem os interessados devem entrar em contato com os coordenadores do encontro ligados ao Câmpus da UEPB em Catolé do Rocha e ao da UERN em Pau dos Ferros. Também serão disponibilizadas inscrições para apresentação de trabalhos científicos.

De acordo com o professor Jairo Bezerra Silva, do Câmpus IV da UEPB, poderão participar alunos, professores e pesquisadores que desenvolvam qualquer tipo de atividade nas áreas de recursos hídricos e de programas de transferência de renda na região do Semiárido. Ele salientou que a realização do Encontro Regional na cidade Pau dos Ferros foi estratégica por abrigar o maior número de agentes que atuam nessas duas frentes de atuação.

“Vivemos em uma região na qual a água é de difícil disponibilização. Encontramos diversos problemas e limitações, mas isso não impede de desenvolvermos projetos e ações que tenham o objetivo de construir e implementar ações de políticas públicas numa efetiva interação com professores e pesquisadores ou grupos de trabalho que tenham como foco atividades de acesso e uso satisfatório da água na perspectiva do desenvolvimento sustentável”, explicou o professor Jairo, um dos coordenadores do evento.

O 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido é o primeiro evento do gênero na região e deve atrair participantes não apenas da Paraíba e do Rio Grande do Norte, mas também de outros estados brasileiros que lidam com estudos relacionados ao Semiárido e programas de transferência de renda. Ainda segundo o professor Jairo Bezerra, tendo em vista a necessidade de integração de universidades e de programas de pós-graduação que discutam as questões do Semiárido, o evento visa contribuir para a construção de um espaço de diálogos referentes à melhoria do acesso e de uso sustentável da água na região semiárida.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, concretizou a realização do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido. Leia Mais...

O post Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-16 11:54:25 [post_date] => 2017-08-16 08:54:25 [post_modified_gmt] => 2017-08-16 11:54:25 [post_modified] => 2017-08-16 08:54:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34532 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a50fd8e8d1897d0d24d3d6581d1df0f0 [1] => 41bfc7a03a36719fa1886d760206ede8 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido

Array ( [post_title] => Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido [post_content] =>

Uma parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, concretizou a realização do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido. O evento terá como sede a unidade potiguar, com realização prevista para a primeira quinzena do mês de outubro, com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Estarão à disposição dos participantes seis atividades de debate, sendo quatro palestras e duas conferências, além de seis minicursos. As áreas de atuação desses últimos serão divulgadas posteriormente pela coordenação do evento. Para participarem os interessados devem entrar em contato com os coordenadores do encontro ligados ao Câmpus da UEPB em Catolé do Rocha e ao da UERN em Pau dos Ferros. Também serão disponibilizadas inscrições para apresentação de trabalhos científicos.

De acordo com o professor Jairo Bezerra Silva, do Câmpus IV da UEPB, poderão participar alunos, professores e pesquisadores que desenvolvam qualquer tipo de atividade nas áreas de recursos hídricos e de programas de transferência de renda na região do Semiárido. Ele salientou que a realização do Encontro Regional na cidade Pau dos Ferros foi estratégica por abrigar o maior número de agentes que atuam nessas duas frentes de atuação.

“Vivemos em uma região na qual a água é de difícil disponibilização. Encontramos diversos problemas e limitações, mas isso não impede de desenvolvermos projetos e ações que tenham o objetivo de construir e implementar ações de políticas públicas numa efetiva interação com professores e pesquisadores ou grupos de trabalho que tenham como foco atividades de acesso e uso satisfatório da água na perspectiva do desenvolvimento sustentável”, explicou o professor Jairo, um dos coordenadores do evento.

O 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido é o primeiro evento do gênero na região e deve atrair participantes não apenas da Paraíba e do Rio Grande do Norte, mas também de outros estados brasileiros que lidam com estudos relacionados ao Semiárido e programas de transferência de renda. Ainda segundo o professor Jairo Bezerra, tendo em vista a necessidade de integração de universidades e de programas de pós-graduação que discutam as questões do Semiárido, o evento visa contribuir para a construção de um espaço de diálogos referentes à melhoria do acesso e de uso sustentável da água na região semiárida.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma parceria entre o Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado na cidade de Catolé do Rocha, e a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Câmpus de Pau dos Ferros, concretizou a realização do 1º Encontro Regional de Sustentabilidade e Políticas Públicas: recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido. Leia Mais...

O post Encontro Regional de Sustentabilidade discutirá recursos hídricos e programas sociais no território do Semiárido apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-16 11:54:25 [post_date] => 2017-08-16 08:54:25 [post_modified_gmt] => 2017-08-16 11:54:25 [post_modified] => 2017-08-16 08:54:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34532 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a50fd8e8d1897d0d24d3d6581d1df0f0 [1] => 41bfc7a03a36719fa1886d760206ede8 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-regional-de-sustentabilidade-discutira-recursos-hidricos-e-programas-sociais-no-territorio-do-semiarido )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado

Array ( [post_title] => Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia e Agricultura Familiar, tendo como linhas de pesquisa “Energias Renováveis e Biocombustíveis”, “Agricultura Familiar e Sustentabilidade” e “Biotecnologia e Melhoramento Vegetal”. Ao todo serão oferecidas 48 vagas.

Para se inscrever o candidato deve entregar na Secretaria do programa, localizada na Central de Integração Acadêmica, Rua Baraúnas, 351, 3º andar, Sala 310, a ficha de inscrição; cópia da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação; uma fotografia 3×4 recente; histórico acadêmico e RDM atualizado, além de uma cópia do Currículo Lattes.

As vagas oferecidas estão distribuídas da seguinte forma: Bioinformática – 10 vagas; Agricultura Familiar e Sustentabilidade – 10 vagas; Fixação Biológica de Nitrogênio – 5 vagas; Aspectos da produção da cana-de-açúcar – 10 vagas; Genética Quantitativa – 3 vagas; Tópicos Especiais: Instrumentação em Estresse Abiótico de Plantas Cultivadas – 10 vagas; Tópicos Especiais: Recursos Genéticos de Culturas Bioenergéticas para o Semiárido Nordestino – 3 vagas. Outras informações podem ser obtidas no edital da seleção clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia Leia Mais...

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_date] => 2017-08-11 12:10:37 [post_modified_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_modified] => 2017-08-11 12:10:37 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34495 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a0549a1896b6c89a3fdccb6ab870b676 [1] => af088813b5f217dec72ce8f3b100ba6c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado

Array ( [post_title] => Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia e Agricultura Familiar, tendo como linhas de pesquisa “Energias Renováveis e Biocombustíveis”, “Agricultura Familiar e Sustentabilidade” e “Biotecnologia e Melhoramento Vegetal”. Ao todo serão oferecidas 48 vagas.

Para se inscrever o candidato deve entregar na Secretaria do programa, localizada na Central de Integração Acadêmica, Rua Baraúnas, 351, 3º andar, Sala 310, a ficha de inscrição; cópia da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação; uma fotografia 3×4 recente; histórico acadêmico e RDM atualizado, além de uma cópia do Currículo Lattes.

As vagas oferecidas estão distribuídas da seguinte forma: Bioinformática – 10 vagas; Agricultura Familiar e Sustentabilidade – 10 vagas; Fixação Biológica de Nitrogênio – 5 vagas; Aspectos da produção da cana-de-açúcar – 10 vagas; Genética Quantitativa – 3 vagas; Tópicos Especiais: Instrumentação em Estresse Abiótico de Plantas Cultivadas – 10 vagas; Tópicos Especiais: Recursos Genéticos de Culturas Bioenergéticas para o Semiárido Nordestino – 3 vagas. Outras informações podem ser obtidas no edital da seleção clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

 

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (PPGCA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou o edital de seleção para aluno especial do curso de Mestrado. As inscrições estarão abertas nos dias 16 e 17 de agosto, com resultado sendo publicado no dia 18 do mesmo mês. O curso tem área de concentração em Agrobioenergia Leia Mais...

O post Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias divulga seleção para aluno especial do Mestrado apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_date] => 2017-08-11 12:10:37 [post_modified_gmt] => 2017-08-11 15:10:37 [post_modified] => 2017-08-11 12:10:37 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=34495 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a0549a1896b6c89a3fdccb6ab870b676 [1] => af088813b5f217dec72ce8f3b100ba6c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => programa-de-pos-graduacao-em-ciencias-agrarias-divulga-selecao-para-aluno-especial-do-mestrado )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto desenvolvido por alunos do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias, localizado no Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem buscado estimular a agricultura familiar no semiárido paraibano com a reabilitação do cultivo de batata doce na região.

O foco do projeto é a cultura da batata doce cientificamente conhecida como “Ipomoea batatas”, que está sendo implantada no Sertão paraibano com a finalidade de restaurar essa olerícola, tão importante para a microrregião de Catolé do Rocha. Para disseminar a cultura, ramos sementes de batata doce das variedades “Granfina de pele branca” e “Paraíba de pele vermelha” estão sendo distribuídos para alguns pequenos produtores locais, visando incentivar o cultivo na região.

Coordenador do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias e um dos responsáveis pelo experimento, o professor Evandro Franklin de Mesquita explica que o trabalho contribuirá para a reabilitação da cultura de batata doce na região de Catolé do Rocha. Para desenvolver o projeto foi adotado o método de irrigação localizada, em que água é aplicada diretamente na área radicular em pequenas intensidades e alta frequência, mantendo o solo úmido por maior período de tempo, com irrigação diária.

Essa condição, segundo o professor Evandro, propicia o desenvolvimento e rendimento da cultura que possui sistema radicular formado por raízes superficiais com maior concentração até 10 cm de profundidade e uma raiz principal que chega a atingir até 90 cm de profundidade no solo. Dentre as vantagens deste sistema de irrigação destaca-se a possibilidade de adequação do cultivo da batata doce à realidade local, que convive com escassez de água.

A adoção de técnicas que possibilitem a maximização da eficiência do uso de água e da adubação nitrogenada pela cultura de batata doce é de extrema importância para aumentar a produtividade e qualidade da cultura. Para isso, paralelamente, uma pesquisa também está sendo desenvolvida para estudar os efeitos de cinco doses de nitrogênio aos níveis de 0, 30, 60, 90 e 120 kg de nitrogênio por hectare, com duas lâminas de irrigação de 50% e 100% Etc (Evapotranspiração) da cultura, ou seja, metade das plantas está sendo cultivadas sem déficit hídrico e a outra metade com déficit hídrico.

Ao todo, duas mil plantas de batata doce estão sendo cultivadas em uma área de 800 metros quadrados do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA). No cultivo, metade das plantas está sendo irrigada com 1,2 litros de água por dia e a outra metade com 600 mililitros. Este é o primeiro plantio utilizando este sistema e os pesquisadores esperam que, comparado com as demais formas de cultivo utilizadas na região, seja possível registrar um aumento de 40% a 50% na produção da batata doce com um consumo de água menor do que o utilizado até então.

Os ramos sementes estão com pouco mais de 20 dias de plantados e a previsão é de que a colheita seja feita em até 150 dias. Após a colheita e análise dos dados será possível definir a dose de nitrogênio mais eficiente, a lâmina de irrigação que possa ser aplicada com viabilidade de aumentar a produção, a variedade mais produtiva e a de maior preferência pelo consumidor.

A pesquisa envolve dois estudantes de iniciação científica do CCHA e um de Doutorado da UFPB, sob a orientação em parceria dos professores Evandro Franklin de Mesquita e Lourival Ferreira Cavalcante. As atividades do projeto contam com a colaboração de 15 alunos do Curso de Ciências Agrárias da UEPB, integrantes do Grupo de Pesquisa SOLAPLANT, e dos pesquisadores Anailson de Sousa Alves, Lucimara Ferreira de Figueredo, Rosinaldo de Sousa Ferreira, Danila Lima de Araújo, Irton Mirando dos Anjos, Irinaldo Pereira da Silva Filho e Francisco Pinheiro da Silva.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto desenvolvido por alunos do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias, localizado no Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem buscado estimular a agricultura familiar no semiárido paraibano com a reabilitação do cultivo Leia Mais...

O post Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-07-05 11:57:10 [post_date] => 2017-07-05 08:57:10 [post_modified_gmt] => 2017-07-05 11:57:10 [post_modified] => 2017-07-05 08:57:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33767 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b9fe3c789aa86535920c021a356e4d02 [1] => 6fb0172e9cb00ab8223f5b338483f7c8 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto desenvolvido por alunos do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias, localizado no Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem buscado estimular a agricultura familiar no semiárido paraibano com a reabilitação do cultivo de batata doce na região.

O foco do projeto é a cultura da batata doce cientificamente conhecida como “Ipomoea batatas”, que está sendo implantada no Sertão paraibano com a finalidade de restaurar essa olerícola, tão importante para a microrregião de Catolé do Rocha. Para disseminar a cultura, ramos sementes de batata doce das variedades “Granfina de pele branca” e “Paraíba de pele vermelha” estão sendo distribuídos para alguns pequenos produtores locais, visando incentivar o cultivo na região.

Coordenador do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias e um dos responsáveis pelo experimento, o professor Evandro Franklin de Mesquita explica que o trabalho contribuirá para a reabilitação da cultura de batata doce na região de Catolé do Rocha. Para desenvolver o projeto foi adotado o método de irrigação localizada, em que água é aplicada diretamente na área radicular em pequenas intensidades e alta frequência, mantendo o solo úmido por maior período de tempo, com irrigação diária.

Essa condição, segundo o professor Evandro, propicia o desenvolvimento e rendimento da cultura que possui sistema radicular formado por raízes superficiais com maior concentração até 10 cm de profundidade e uma raiz principal que chega a atingir até 90 cm de profundidade no solo. Dentre as vantagens deste sistema de irrigação destaca-se a possibilidade de adequação do cultivo da batata doce à realidade local, que convive com escassez de água.

A adoção de técnicas que possibilitem a maximização da eficiência do uso de água e da adubação nitrogenada pela cultura de batata doce é de extrema importância para aumentar a produtividade e qualidade da cultura. Para isso, paralelamente, uma pesquisa também está sendo desenvolvida para estudar os efeitos de cinco doses de nitrogênio aos níveis de 0, 30, 60, 90 e 120 kg de nitrogênio por hectare, com duas lâminas de irrigação de 50% e 100% Etc (Evapotranspiração) da cultura, ou seja, metade das plantas está sendo cultivadas sem déficit hídrico e a outra metade com déficit hídrico.

Ao todo, duas mil plantas de batata doce estão sendo cultivadas em uma área de 800 metros quadrados do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA). No cultivo, metade das plantas está sendo irrigada com 1,2 litros de água por dia e a outra metade com 600 mililitros. Este é o primeiro plantio utilizando este sistema e os pesquisadores esperam que, comparado com as demais formas de cultivo utilizadas na região, seja possível registrar um aumento de 40% a 50% na produção da batata doce com um consumo de água menor do que o utilizado até então.

Os ramos sementes estão com pouco mais de 20 dias de plantados e a previsão é de que a colheita seja feita em até 150 dias. Após a colheita e análise dos dados será possível definir a dose de nitrogênio mais eficiente, a lâmina de irrigação que possa ser aplicada com viabilidade de aumentar a produção, a variedade mais produtiva e a de maior preferência pelo consumidor.

A pesquisa envolve dois estudantes de iniciação científica do CCHA e um de Doutorado da UFPB, sob a orientação em parceria dos professores Evandro Franklin de Mesquita e Lourival Ferreira Cavalcante. As atividades do projeto contam com a colaboração de 15 alunos do Curso de Ciências Agrárias da UEPB, integrantes do Grupo de Pesquisa SOLAPLANT, e dos pesquisadores Anailson de Sousa Alves, Lucimara Ferreira de Figueredo, Rosinaldo de Sousa Ferreira, Danila Lima de Araújo, Irton Mirando dos Anjos, Irinaldo Pereira da Silva Filho e Francisco Pinheiro da Silva.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto desenvolvido por alunos do curso de Licenciatura em Ciências Agrárias, localizado no Câmpus IV da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Catolé do Rocha, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem buscado estimular a agricultura familiar no semiárido paraibano com a reabilitação do cultivo Leia Mais...

O post Projeto desenvolvido na UEPB visa reabilitação do cultivo da batata doce na microrregião de Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-07-05 11:57:10 [post_date] => 2017-07-05 08:57:10 [post_modified_gmt] => 2017-07-05 11:57:10 [post_modified] => 2017-07-05 08:57:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33767 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b9fe3c789aa86535920c021a356e4d02 [1] => 6fb0172e9cb00ab8223f5b338483f7c8 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-desenvolvido-na-uepb-visa-reabilitacao-do-cultivo-da-batata-doce-na-microrregiao-de-catole-do-rocha )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão

Array ( [post_title] => Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de pesquisa desenvolvido por um professor do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus IV, em Catolé do Rocha, está tentando descobrir se o cultivo de abacaxi pode ser adaptado ao clima seco do sertão paraibano e assim contribuir para a economia local. Batizado de “Produção de abacaxi orgânico”, o projeto é coordenado pelo professor José Geraldo Rodrigues dos Santos, que também desenvolveu ação semelhante no Câmpus IV com a plantação de uva e vem conseguido alterar a geografia local com estes cultivos.

Para repetir a experiência com outra cultura, uma área experimental de quase um hectare foi reservada para o plantio. No total, foram plantadas 510 mudas de abacaxi com base no trabalho de agricultura orgânica com uso de biofertilizantes e ferti-irrigação. José Geraldo explica que todo o projeto está sendo desenvolvido sem uso de agrotóxicos e com o desenvolvimento de uma irrigação localizada, que é a aplicação de água diretamente sobre a zona radicular das culturas. No próximo mês, será aplicada uma dose de adubo na área plantada.

O projeto, vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias do Câmpus IV da UEPB, envolve os estudantes de graduação Jéssica da Mota Santos, Joyce Maria Simões, Alex Serafim de Lima e Francisca Lacerda da Silva, além do estudante da Escola Agrotécnica do Cajueiro, Ígor Figueiredo da Silva. Professor Geraldo explica que ainda é cedo para atestar a viabilidade econômica do projeto, uma vez que o tempo para colheita do abacaxi chega até a 17 meses a partir do plantio. Como as mudas foram plantadas há dois meses, a perspectiva é que a colheita aconteça somente em setembro de 2018.

Só após esse período, é que poderá ser atestatada a viabilidade econômica do projeto e descobrir se o abacaxi conseguiu ser adaptado ao solo do semiárido e ao clima do Sertão paraibano, caracterizado por altas temperaturas. Segundo o professor, também estão sendo plantadas mudas de coco, banana, maracujá e mamão. O diretor do Câmpus, professor Edivan Silva Nunes Junior, destaca que a direção do CCHA dá total apoio aos projetos, que servem para mostrar o potencial do Câmpus, além de contribuir no processo de formação dos futuros profissionais da área.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de pesquisa desenvolvido por um professor do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus IV, em Catolé do Rocha, está tentando descobrir se o cultivo de abacaxi pode ser adaptado ao clima seco do sertão paraibano e assim contribuir para a economia local. Batizado Leia Mais...

O post Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-06-21 16:06:13 [post_date] => 2017-06-21 13:06:13 [post_modified_gmt] => 2017-06-21 16:06:13 [post_modified] => 2017-06-21 13:06:13 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33624 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 47df755fe099baf449b20f0b136a8a0f [1] => 7e7211bd68e09ea6a6ec11db7a4ae9a6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão

Array ( [post_title] => Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão [post_content] => Clique para exibir o slide.

Um projeto de pesquisa desenvolvido por um professor do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus IV, em Catolé do Rocha, está tentando descobrir se o cultivo de abacaxi pode ser adaptado ao clima seco do sertão paraibano e assim contribuir para a economia local. Batizado de “Produção de abacaxi orgânico”, o projeto é coordenado pelo professor José Geraldo Rodrigues dos Santos, que também desenvolveu ação semelhante no Câmpus IV com a plantação de uva e vem conseguido alterar a geografia local com estes cultivos.

Para repetir a experiência com outra cultura, uma área experimental de quase um hectare foi reservada para o plantio. No total, foram plantadas 510 mudas de abacaxi com base no trabalho de agricultura orgânica com uso de biofertilizantes e ferti-irrigação. José Geraldo explica que todo o projeto está sendo desenvolvido sem uso de agrotóxicos e com o desenvolvimento de uma irrigação localizada, que é a aplicação de água diretamente sobre a zona radicular das culturas. No próximo mês, será aplicada uma dose de adubo na área plantada.

O projeto, vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias do Câmpus IV da UEPB, envolve os estudantes de graduação Jéssica da Mota Santos, Joyce Maria Simões, Alex Serafim de Lima e Francisca Lacerda da Silva, além do estudante da Escola Agrotécnica do Cajueiro, Ígor Figueiredo da Silva. Professor Geraldo explica que ainda é cedo para atestar a viabilidade econômica do projeto, uma vez que o tempo para colheita do abacaxi chega até a 17 meses a partir do plantio. Como as mudas foram plantadas há dois meses, a perspectiva é que a colheita aconteça somente em setembro de 2018.

Só após esse período, é que poderá ser atestatada a viabilidade econômica do projeto e descobrir se o abacaxi conseguiu ser adaptado ao solo do semiárido e ao clima do Sertão paraibano, caracterizado por altas temperaturas. Segundo o professor, também estão sendo plantadas mudas de coco, banana, maracujá e mamão. O diretor do Câmpus, professor Edivan Silva Nunes Junior, destaca que a direção do CCHA dá total apoio aos projetos, que servem para mostrar o potencial do Câmpus, além de contribuir no processo de formação dos futuros profissionais da área.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação

O post Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de pesquisa desenvolvido por um professor do Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), localizado no Câmpus IV, em Catolé do Rocha, está tentando descobrir se o cultivo de abacaxi pode ser adaptado ao clima seco do sertão paraibano e assim contribuir para a economia local. Batizado Leia Mais...

O post Experimento de professor do Câmpus IV da UEPB analisa viabilidade para produção de abacaxi orgânico no Sertão apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-06-21 16:06:13 [post_date] => 2017-06-21 13:06:13 [post_modified_gmt] => 2017-06-21 16:06:13 [post_modified] => 2017-06-21 13:06:13 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33624 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 47df755fe099baf449b20f0b136a8a0f [1] => 7e7211bd68e09ea6a6ec11db7a4ae9a6 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => experimento-de-professor-do-campus-iv-da-uepb-analisa-viabilidade-para-producao-de-abacaxi-organico-no-sertao )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano

Array ( [post_title] => Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

A cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba, caracterizada pelo clima semiárido e com altas temperaturas durante todo o ano, vem se transformando a partir do desenvolvimento de um projeto de pesquisa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que alterou parte da geografia local com a plantação de uva. Em uma área de 2.500 metros quadrados, no meio da seca, foi formado um “oásis” de videiras com base no trabalho de agricultura orgânica com uso de biofertilizantes para o cultivo da uva Isabel Roxa.

O projeto, vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias do Câmpus IV da UEPB, existe desde 2011 e, além de proporcionar a cultura da uva no local, ainda é capaz de avaliar a qualidade da produção da fruta e analisar a escala de pH (que indica se o meio é ácido, básico ou neutro). De acordo com o professor José Geraldo, coordenador do projeto, tudo é feito sem uso de agrotóxicos e com o desenvolvimento de uma irrigação localizada, que é a aplicação de água diretamente sobre a zona radicular das culturas, em pequenas quantidades, porém durante um longo período de tempo.

“Ao longo desses anos temos conseguido importantes resultados. Esse projeto vem sendo desenvolvido na Escola Agrotécnica do Cajueiro com a aplicação de biofertilizante a partir do uso de esterco. É um tipo de agricultura que não usa nenhum tipo de produto tóxico. Como a uva ainda é nova, nós enfrentamos à vezes algumas dificuldades, mas temos conseguido realizar duas podas por ano, o que nos proporciona colher a fruta tanto para estudo, como também para consumo interno na escola e distribuição junto a comunidade acadêmica e moradores da região”, diz.

Ao todo, o cultivo conta com 216 plantas na videira com uma produção média de 18 quilos de uva por planta. As uvas cultivadas no Câmpus IV, pela característica própria de sua criação, apresentam um paladar diferenciado em relação a mesma fruta cultivada em outros locais. “A nossa uva é bem mais doce do que as que normalmente existem no mercado. Pela forma como cultivamos, ela tem uma concentração de açúcar maior. Tudo que fazemos aqui é com base ecológica, orgânica, e isso é justamente o diferencial do projeto”, acrescenta o professor Geraldo.

Com o uso da irrigação localizada a partir da construção de poços nos arredores do Câmpus, o próximo passo do projeto será o cultivo de outros tipos de frutas a partir da mesma metodologia. Segundo explica o professor, também estão sendo plantadas mudas de coco, banana, maracujá, mamão e abacaxi. Contudo, um convênio assinado com a Embrapa de Fortaleza (CE) possibilitará o uso de uma área reservada para o plantio de mudas de cajueiro e outro espaço onde será desenvolvida a multiplicação dos clones desta fruta.

“Pretendemos transformar essa região com outras fruteiras. Já avançamos no cultivo do abacaxi e temos a possibilidade de trabalhar a pesquisa junto com a Embrapa de Fortaleza a partir desse convênio. Até bem pouco tempo não existia a irrigação com biofertilizante e nós conseguimos desenvolver algo que tem o poder de aprimorar o desenvolvimento e o cultivo de vários tipos de frutas”, ressalta José Geraldo.

 

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Divulgação

O post Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba, caracterizada pelo clima semiárido e com altas temperaturas durante todo o ano, vem se transformando a partir do desenvolvimento de um projeto de pesquisa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que alterou parte da geografia local com a plantação de uva. Em uma área Leia Mais...

O post Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-23 16:07:41 [post_date] => 2017-05-23 13:07:41 [post_modified_gmt] => 2017-05-23 16:07:41 [post_modified] => 2017-05-23 13:07:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33226 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3dfc61143fda87aeb836a1e0517853b2 [1] => 9baa559d02e85f8c0a3a8c55950dbc45 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano

Array ( [post_title] => Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano [post_content] => Clique para exibir o slide.

A cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba, caracterizada pelo clima semiárido e com altas temperaturas durante todo o ano, vem se transformando a partir do desenvolvimento de um projeto de pesquisa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que alterou parte da geografia local com a plantação de uva. Em uma área de 2.500 metros quadrados, no meio da seca, foi formado um “oásis” de videiras com base no trabalho de agricultura orgânica com uso de biofertilizantes para o cultivo da uva Isabel Roxa.

O projeto, vinculado ao curso de Licenciatura em Ciências Agrárias do Câmpus IV da UEPB, existe desde 2011 e, além de proporcionar a cultura da uva no local, ainda é capaz de avaliar a qualidade da produção da fruta e analisar a escala de pH (que indica se o meio é ácido, básico ou neutro). De acordo com o professor José Geraldo, coordenador do projeto, tudo é feito sem uso de agrotóxicos e com o desenvolvimento de uma irrigação localizada, que é a aplicação de água diretamente sobre a zona radicular das culturas, em pequenas quantidades, porém durante um longo período de tempo.

“Ao longo desses anos temos conseguido importantes resultados. Esse projeto vem sendo desenvolvido na Escola Agrotécnica do Cajueiro com a aplicação de biofertilizante a partir do uso de esterco. É um tipo de agricultura que não usa nenhum tipo de produto tóxico. Como a uva ainda é nova, nós enfrentamos à vezes algumas dificuldades, mas temos conseguido realizar duas podas por ano, o que nos proporciona colher a fruta tanto para estudo, como também para consumo interno na escola e distribuição junto a comunidade acadêmica e moradores da região”, diz.

Ao todo, o cultivo conta com 216 plantas na videira com uma produção média de 18 quilos de uva por planta. As uvas cultivadas no Câmpus IV, pela característica própria de sua criação, apresentam um paladar diferenciado em relação a mesma fruta cultivada em outros locais. “A nossa uva é bem mais doce do que as que normalmente existem no mercado. Pela forma como cultivamos, ela tem uma concentração de açúcar maior. Tudo que fazemos aqui é com base ecológica, orgânica, e isso é justamente o diferencial do projeto”, acrescenta o professor Geraldo.

Com o uso da irrigação localizada a partir da construção de poços nos arredores do Câmpus, o próximo passo do projeto será o cultivo de outros tipos de frutas a partir da mesma metodologia. Segundo explica o professor, também estão sendo plantadas mudas de coco, banana, maracujá, mamão e abacaxi. Contudo, um convênio assinado com a Embrapa de Fortaleza (CE) possibilitará o uso de uma área reservada para o plantio de mudas de cajueiro e outro espaço onde será desenvolvida a multiplicação dos clones desta fruta.

“Pretendemos transformar essa região com outras fruteiras. Já avançamos no cultivo do abacaxi e temos a possibilidade de trabalhar a pesquisa junto com a Embrapa de Fortaleza a partir desse convênio. Até bem pouco tempo não existia a irrigação com biofertilizante e nós conseguimos desenvolver algo que tem o poder de aprimorar o desenvolvimento e o cultivo de vários tipos de frutas”, ressalta José Geraldo.

 

 

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Divulgação

O post Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba, caracterizada pelo clima semiárido e com altas temperaturas durante todo o ano, vem se transformando a partir do desenvolvimento de um projeto de pesquisa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que alterou parte da geografia local com a plantação de uva. Em uma área Leia Mais...

O post Projeto da UEPB garante produção de uvas com alto padrão de qualidade em meio ao clima seco do Sertão paraibano apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-05-23 16:07:41 [post_date] => 2017-05-23 13:07:41 [post_modified_gmt] => 2017-05-23 16:07:41 [post_modified] => 2017-05-23 13:07:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=33226 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3dfc61143fda87aeb836a1e0517853b2 [1] => 9baa559d02e85f8c0a3a8c55950dbc45 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 108 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-da-uepb-garante-producao-de-uvas-com-alto-padrao-de-qualidade-em-meio-ao-clima-seco-do-sertao-paraibano )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, realizada pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorreu na última quarta-feira (19), no Câmpus IV da Instituição, localizado em Catolé do Rocha. Inserido na 4ª Semana Acadêmica, o evento foi festejado pela comunidade da UEPB e bastante prestigiado pela população em geral.

Uma plateia animada recebeu a comitiva da Procult no Câmpus IV. A programação da manhã começou com uma apresentação cultural dos emboladores de coco Fredi Guimarães e Canário do Império. Divertida, a exibição trouxe motes que versavam sobre o próprio público fazendo-o interagir com os artistas, à maneira da típica improvisação dos emboladores.

A abertura oficial do Encontro se deu no Auditório e contou com a presença do diretor do Câmpus IV, Edivan Silva Nunes Júnior, e do diretor adjunto, Rômulo César Araújo Lima, do pró-reitor de Cultura, José Cristóvão de Andrade, e do pró-reitor adjunto de Cultura, José Benjamim Pereira Filho. Também estiveram na mesa de abertura a curadora da seção de Cordel do Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), professora Joseilda de Sousa Diniz, o diretor do Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra, professor Agnaldo Barbosa, o professor do Centro Artístico-Cultural (CAC) da UEPB, Erivelton da Cunha, a cantora Gitana Pimentel, e o mestre da sanfona de oito baixos Luizinho Calixto, também docente do CAC.

Em sua fala, o pró-reitor de Cultura apontou que, através do Encontro, a UEPB assume e reafirma sua posição de vanguarda, mantendo-se sempre ao lado dos movimentos de resistência, de transformação social e de mudança, que habitualmente têm a arte como vetor principal. “Catolé é conhecida por ter um viés cultural muito forte e nós reconhecemos e valorizamos isso. Nosso desejo é contribuir para que as ações de caráter artístico sejam feitas permanentemente”, endossou José Cristóvão de Andrade.

Para ele, é a cultura popular o marcador que define a identidade de um povo. “Por isso, a exaltação dela é imprescindível, mas, mais que isso, também é a salvaguarda e difusão desse patrimônio que presenteia as gerações futuras com a nossa riqueza, esse grande painel cultural onde residem os nossos valores mais caros. É por meio da cultura popular que nos reconhecemos”, finalizou.

Já o pró-reitor adjunto começou a sua fala pedindo uma salva de palmas aos índios do Brasil. O professor Benjamim é membro e um dos fundadores do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEAB-Í) da UEPB. Tendo a data do Dia do Índio a ser comemorada neste mesmo dia, o docente ressaltou a importância da causa. “Como devemos aos índios nosso sangue, nosso jeito de ser, devemos aos sanfoneiros por terem preservado e propagado a nossa cultura. O sanfoneiro faz a melhor e maior festa junina, mas não recebe o merecido respeito, assim como são relegados os índios”, explicou.

O pró-reitor adjunto também comentou a respeito da conversa que teve com o cantor e compositor Flávio José, quando da execução da quarta etapa do Encontro, em Monteiro (PB). “Ele felicitou a UEPB pela iniciativa, pela Instituição tratar os sanfoneiros com todo carinho e admiração. A UEPB é popular e será cada vez mais, não é à toa que temos nossa vitoriosa escola de sanfona, que excede os 160 matriculados”, informou.

O diretor do Câmpus IV saudou a todos os integrantes do Encontro, classificando-o como um empreendimento de grande porte e bem sucedido. “É bonito ver a cultura se transmitindo, ganhando mais força, e a cidade de Catolé certamente fica muito feliz por fazer parte da celebração do talento desses artistas”, disse Edivan Silva Nunes Júnior. Já o diretor adjunto afirmou que apenas a arte é capaz de fazer o mundo mudar. “Hoje vivemos uma sociedade do ‘não pensar’ ou de simplesmente deixar que outros pensem por nós e a cultura é um antídoto para isso porque nos abre olhos, nos sensibiliza ao que de fato tem relevância”, ressaltou Rômulo César Araújo Lima.

A estrela do Encontro

Como não podia deixar de ser, a música foi a estrela maior na quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos. Por todo o dia, no Câmpus IV e também no Mirante, que sediou o evento no período noturno, aconteceram apresentações musicais com Fredi Guimarães e Canário do Império, Gitana Pimentel, Erivan Ferreira, Luan Costa, do Grupo Maracagrande, e Erivelton da Cunha.

Na programação da noite, que teve à frente como mestre de cerimônia Alberto Alves, um dos destaques foi a aula espetáculo com Luizinho Calixto, desfiando histórias diversas a respeito da linhagem sanfoneira de sua família e de vivências com Luiz Gonzaga e Rosil Cavalcante, entre outros grandes nomes do meio artístico.

​​Os sanfoneiros inscritos ​em Catolé do Rocha ​também se apresentaram por todo o dia com os músicos da Procult, escolhendo canções de sua preferência e ​mostrando composições autorais. ​Especialmente no Mirante, a população da cidade compareceu em número significativo, perfazendo um público animado e colorido, em que se uniram estudantes, professores e funcionários do Campus IV, aos admiradores do autêntico forró pé de serra.

U​m dos participantes do roteiro cultural da noite ​foi o poeta​, radialista e advogado​ Hildebrando Diniz​. “Fiz questão de participar do evento, é preciso prestigiar ações desse tipo, porque infelizmente rareiam. A UEPB está de parabéns por ​criar esse projeto maravilhoso​ e estimulante aos artistas e também à produção cultural nas cidades”, destacou. Hildebrando é autor do livro “Pensando Além do Óbvio” e planeja lançar ainda este ano outra obra.

​Cada ​inscrito na quinta etapa do evento​​ recebeu um certificado de participação e posteriormente estará na etapa final do Encontro, que ocorrerá em maio​,​ em Campina Grande, como uma forma de prévia aos festejos do Maior São João do Mundo.

Redenção pela sanfona

“Seu” Assis Rosa, como é conhecido o senhor José Rosa da Silva Filho, de 66 anos, começou a tocar sanfona na década de 70. Oriundo de Areial (PB), ele conciliava 16 horas diárias de trabalho no campo com o aprendizado do instrumento. Autodidata, Assis Rosa explicou que começou tocando “de ouvido” e aos poucos foi assimilando o básico da teoria musical.

Uma das maiores frustrações na vida do artista é que não teve a possibilidade de estudar e, sobretudo, de integrar uma universidade, que ele considera “o máximo”. “Se eu tivesse estudado seria professor, pois acho muito bonito quem lê, escreve bem, se expressa bem. Infelizmente, naquela época não existia essa facilidade que se tem hoje. Meu pai não me deixou estudar, dizia que o trabalho é que era importante”, contou emocionado.

O primeiro instrumento de Seu Assis foi uma gaita, recebida de presente aos 12 anos. Mais tarde, o avô orientou a seu pai que comprasse uma sanfona para o menino, posto que ele tinha jeito para a coisa. “Mas era caro demais, só pude ter uma 5 anos depois, porque meu pai fez uma troca. Foi preciso uma vaca, um silo de milho e uma espingarda soca soca para que eu tivesse a minha primeira sanfona. Fui buscá-la muito alegre, sozinho, num cavalo. Como eu era bastante franzino e o instrumento pesado, a cada trote do cavalo parecia que ela ia cair e eu com muito medo do prejuízo. Em um mês já sabia tocar”, destacou.

Hoje aposentado, Seu Assis explica que tem uma vida relativamente confortável, pois nada falta a sua família e a sanfona ajudou em muito para que tal se desse. “Espero ainda realizar um grande sonho, que é adquirir a casa própria. Já me mudei 23 vezes, acredita?”, perguntou, sorrindo e arrumando, na cabeça, um chapéu de couro lustroso, dado por um amigo e fã.

Sanfona X Política

Francisco Ferreira da Silva, 77, o chamado “Bichinho do Acordeon”, é oriundo do município de João Dias (RN), a 15 quilômetros de Catolé do Rocha. Há 35 anos é artista da sanfona, mas conta que seguramente teria mais tempo e dedicação na profissão não fosse ter ingressado na carreira política há alguns anos, fato que lamenta.

De 1993 a 1997, o menino de família pobre chegou a ser presidente da Câmara Municipal da cidade. “Deixei a sanfona de lado para entrar em um mundo que não conhecia, mas me arrependi. Foi uma lição porque fui vendo que aquele não era ambiente para mim. Vi muita corrupção, me decepcionei, e não quero mais conversa com política. Voltei para onde não devia ter saído”, relatou.

Dentre os pontos altos da carreira, Bichinho destacou uma apresentação no Cassino do Chacrinha, na Rede Globo, e uma participação na festa do Centenário de Luiz Gonzaga, sediada em Fortaleza (CE). “Também gravei um LP, pois tenho várias composições de minha autoria. Mesmo com as dificuldades, eu me sinto realizado porque sei que meu trabalho é reconhecido nas redondezas e não me faltam convites para me apresentar”, detalhou.

Geração diferente, problemas iguais

Antônio Cassimiro da Silva Neto, o “Netinho do Acordeon”, 31, oriundo de Belém do Brejo do Cruz (PB), é de uma geração diferente em relação a Assis Rosa e a Bichinho do Acordeon, mas concorda que mesmo sendo mais jovem que muitos de seus colegas que participaram do Encontro, algumas aspectos da profissão não mudaram. “Vivemos outra realidade, mas o ofício continua sendo pouco valorizado”, asseverou.

Como não consegue exclusivamente sobreviver por meio da sanfona, Netinho é instrutor numa autoescola e também faz apresentações de voz e violão em bares. “Procuro me adaptar, mas claro que seria um sonho, porque o que mais gosto mesmo é de tocar sanfona”, explicou.

Sobre o denominado “forró de plástico”, Netinho explica que prefere seguir a trilha de Luiz Gonzaga e Luizinho Calixto. “É o trabalho deles que me inspira e norteia. Gosto do que é tradicional e procuro aprimorar meu repertório, diversificá-lo também, porque há gente atualmente fazendo música boa, mas ele não pode perder a qualidade”, finalizou.

 

 

Texto: Oziella Inocêncio
Fotos: Natália de Oliveira Barros

 

 

O post Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, realizada pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorreu na última quarta-feira (19), no Câmpus IV da Instituição, localizado em Catolé do Rocha. Inserido na 4ª Semana Acadêmica, o evento foi festejado pela comunidade da UEPB e Leia Mais...

O post Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-24 12:28:32 [post_date] => 2017-04-24 09:28:32 [post_modified_gmt] => 2017-04-24 12:28:32 [post_modified] => 2017-04-24 09:28:32 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32802 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ea4de056e8dba7605c9519660570dd46 [1] => 2918f074f5ec219d50bfdf189d3e8c13 ) ) [post_type] => post [post_author] => 26 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 30 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha

Array ( [post_title] => Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha [post_content] => Clique para exibir o slide.

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, realizada pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorreu na última quarta-feira (19), no Câmpus IV da Instituição, localizado em Catolé do Rocha. Inserido na 4ª Semana Acadêmica, o evento foi festejado pela comunidade da UEPB e bastante prestigiado pela população em geral.

Uma plateia animada recebeu a comitiva da Procult no Câmpus IV. A programação da manhã começou com uma apresentação cultural dos emboladores de coco Fredi Guimarães e Canário do Império. Divertida, a exibição trouxe motes que versavam sobre o próprio público fazendo-o interagir com os artistas, à maneira da típica improvisação dos emboladores.

A abertura oficial do Encontro se deu no Auditório e contou com a presença do diretor do Câmpus IV, Edivan Silva Nunes Júnior, e do diretor adjunto, Rômulo César Araújo Lima, do pró-reitor de Cultura, José Cristóvão de Andrade, e do pró-reitor adjunto de Cultura, José Benjamim Pereira Filho. Também estiveram na mesa de abertura a curadora da seção de Cordel do Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), professora Joseilda de Sousa Diniz, o diretor do Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra, professor Agnaldo Barbosa, o professor do Centro Artístico-Cultural (CAC) da UEPB, Erivelton da Cunha, a cantora Gitana Pimentel, e o mestre da sanfona de oito baixos Luizinho Calixto, também docente do CAC.

Em sua fala, o pró-reitor de Cultura apontou que, através do Encontro, a UEPB assume e reafirma sua posição de vanguarda, mantendo-se sempre ao lado dos movimentos de resistência, de transformação social e de mudança, que habitualmente têm a arte como vetor principal. “Catolé é conhecida por ter um viés cultural muito forte e nós reconhecemos e valorizamos isso. Nosso desejo é contribuir para que as ações de caráter artístico sejam feitas permanentemente”, endossou José Cristóvão de Andrade.

Para ele, é a cultura popular o marcador que define a identidade de um povo. “Por isso, a exaltação dela é imprescindível, mas, mais que isso, também é a salvaguarda e difusão desse patrimônio que presenteia as gerações futuras com a nossa riqueza, esse grande painel cultural onde residem os nossos valores mais caros. É por meio da cultura popular que nos reconhecemos”, finalizou.

Já o pró-reitor adjunto começou a sua fala pedindo uma salva de palmas aos índios do Brasil. O professor Benjamim é membro e um dos fundadores do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEAB-Í) da UEPB. Tendo a data do Dia do Índio a ser comemorada neste mesmo dia, o docente ressaltou a importância da causa. “Como devemos aos índios nosso sangue, nosso jeito de ser, devemos aos sanfoneiros por terem preservado e propagado a nossa cultura. O sanfoneiro faz a melhor e maior festa junina, mas não recebe o merecido respeito, assim como são relegados os índios”, explicou.

O pró-reitor adjunto também comentou a respeito da conversa que teve com o cantor e compositor Flávio José, quando da execução da quarta etapa do Encontro, em Monteiro (PB). “Ele felicitou a UEPB pela iniciativa, pela Instituição tratar os sanfoneiros com todo carinho e admiração. A UEPB é popular e será cada vez mais, não é à toa que temos nossa vitoriosa escola de sanfona, que excede os 160 matriculados”, informou.

O diretor do Câmpus IV saudou a todos os integrantes do Encontro, classificando-o como um empreendimento de grande porte e bem sucedido. “É bonito ver a cultura se transmitindo, ganhando mais força, e a cidade de Catolé certamente fica muito feliz por fazer parte da celebração do talento desses artistas”, disse Edivan Silva Nunes Júnior. Já o diretor adjunto afirmou que apenas a arte é capaz de fazer o mundo mudar. “Hoje vivemos uma sociedade do ‘não pensar’ ou de simplesmente deixar que outros pensem por nós e a cultura é um antídoto para isso porque nos abre olhos, nos sensibiliza ao que de fato tem relevância”, ressaltou Rômulo César Araújo Lima.

A estrela do Encontro

Como não podia deixar de ser, a música foi a estrela maior na quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos. Por todo o dia, no Câmpus IV e também no Mirante, que sediou o evento no período noturno, aconteceram apresentações musicais com Fredi Guimarães e Canário do Império, Gitana Pimentel, Erivan Ferreira, Luan Costa, do Grupo Maracagrande, e Erivelton da Cunha.

Na programação da noite, que teve à frente como mestre de cerimônia Alberto Alves, um dos destaques foi a aula espetáculo com Luizinho Calixto, desfiando histórias diversas a respeito da linhagem sanfoneira de sua família e de vivências com Luiz Gonzaga e Rosil Cavalcante, entre outros grandes nomes do meio artístico.

​​Os sanfoneiros inscritos ​em Catolé do Rocha ​também se apresentaram por todo o dia com os músicos da Procult, escolhendo canções de sua preferência e ​mostrando composições autorais. ​Especialmente no Mirante, a população da cidade compareceu em número significativo, perfazendo um público animado e colorido, em que se uniram estudantes, professores e funcionários do Campus IV, aos admiradores do autêntico forró pé de serra.

U​m dos participantes do roteiro cultural da noite ​foi o poeta​, radialista e advogado​ Hildebrando Diniz​. “Fiz questão de participar do evento, é preciso prestigiar ações desse tipo, porque infelizmente rareiam. A UEPB está de parabéns por ​criar esse projeto maravilhoso​ e estimulante aos artistas e também à produção cultural nas cidades”, destacou. Hildebrando é autor do livro “Pensando Além do Óbvio” e planeja lançar ainda este ano outra obra.

​Cada ​inscrito na quinta etapa do evento​​ recebeu um certificado de participação e posteriormente estará na etapa final do Encontro, que ocorrerá em maio​,​ em Campina Grande, como uma forma de prévia aos festejos do Maior São João do Mundo.

Redenção pela sanfona

“Seu” Assis Rosa, como é conhecido o senhor José Rosa da Silva Filho, de 66 anos, começou a tocar sanfona na década de 70. Oriundo de Areial (PB), ele conciliava 16 horas diárias de trabalho no campo com o aprendizado do instrumento. Autodidata, Assis Rosa explicou que começou tocando “de ouvido” e aos poucos foi assimilando o básico da teoria musical.

Uma das maiores frustrações na vida do artista é que não teve a possibilidade de estudar e, sobretudo, de integrar uma universidade, que ele considera “o máximo”. “Se eu tivesse estudado seria professor, pois acho muito bonito quem lê, escreve bem, se expressa bem. Infelizmente, naquela época não existia essa facilidade que se tem hoje. Meu pai não me deixou estudar, dizia que o trabalho é que era importante”, contou emocionado.

O primeiro instrumento de Seu Assis foi uma gaita, recebida de presente aos 12 anos. Mais tarde, o avô orientou a seu pai que comprasse uma sanfona para o menino, posto que ele tinha jeito para a coisa. “Mas era caro demais, só pude ter uma 5 anos depois, porque meu pai fez uma troca. Foi preciso uma vaca, um silo de milho e uma espingarda soca soca para que eu tivesse a minha primeira sanfona. Fui buscá-la muito alegre, sozinho, num cavalo. Como eu era bastante franzino e o instrumento pesado, a cada trote do cavalo parecia que ela ia cair e eu com muito medo do prejuízo. Em um mês já sabia tocar”, destacou.

Hoje aposentado, Seu Assis explica que tem uma vida relativamente confortável, pois nada falta a sua família e a sanfona ajudou em muito para que tal se desse. “Espero ainda realizar um grande sonho, que é adquirir a casa própria. Já me mudei 23 vezes, acredita?”, perguntou, sorrindo e arrumando, na cabeça, um chapéu de couro lustroso, dado por um amigo e fã.

Sanfona X Política

Francisco Ferreira da Silva, 77, o chamado “Bichinho do Acordeon”, é oriundo do município de João Dias (RN), a 15 quilômetros de Catolé do Rocha. Há 35 anos é artista da sanfona, mas conta que seguramente teria mais tempo e dedicação na profissão não fosse ter ingressado na carreira política há alguns anos, fato que lamenta.

De 1993 a 1997, o menino de família pobre chegou a ser presidente da Câmara Municipal da cidade. “Deixei a sanfona de lado para entrar em um mundo que não conhecia, mas me arrependi. Foi uma lição porque fui vendo que aquele não era ambiente para mim. Vi muita corrupção, me decepcionei, e não quero mais conversa com política. Voltei para onde não devia ter saído”, relatou.

Dentre os pontos altos da carreira, Bichinho destacou uma apresentação no Cassino do Chacrinha, na Rede Globo, e uma participação na festa do Centenário de Luiz Gonzaga, sediada em Fortaleza (CE). “Também gravei um LP, pois tenho várias composições de minha autoria. Mesmo com as dificuldades, eu me sinto realizado porque sei que meu trabalho é reconhecido nas redondezas e não me faltam convites para me apresentar”, detalhou.

Geração diferente, problemas iguais

Antônio Cassimiro da Silva Neto, o “Netinho do Acordeon”, 31, oriundo de Belém do Brejo do Cruz (PB), é de uma geração diferente em relação a Assis Rosa e a Bichinho do Acordeon, mas concorda que mesmo sendo mais jovem que muitos de seus colegas que participaram do Encontro, algumas aspectos da profissão não mudaram. “Vivemos outra realidade, mas o ofício continua sendo pouco valorizado”, asseverou.

Como não consegue exclusivamente sobreviver por meio da sanfona, Netinho é instrutor numa autoescola e também faz apresentações de voz e violão em bares. “Procuro me adaptar, mas claro que seria um sonho, porque o que mais gosto mesmo é de tocar sanfona”, explicou.

Sobre o denominado “forró de plástico”, Netinho explica que prefere seguir a trilha de Luiz Gonzaga e Luizinho Calixto. “É o trabalho deles que me inspira e norteia. Gosto do que é tradicional e procuro aprimorar meu repertório, diversificá-lo também, porque há gente atualmente fazendo música boa, mas ele não pode perder a qualidade”, finalizou.

 

 

Texto: Oziella Inocêncio
Fotos: Natália de Oliveira Barros

 

 

O post Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, realizada pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorreu na última quarta-feira (19), no Câmpus IV da Instituição, localizado em Catolé do Rocha. Inserido na 4ª Semana Acadêmica, o evento foi festejado pela comunidade da UEPB e Leia Mais...

O post Quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos é realizada em Catolé do Rocha apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-24 12:28:32 [post_date] => 2017-04-24 09:28:32 [post_modified_gmt] => 2017-04-24 12:28:32 [post_modified] => 2017-04-24 09:28:32 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32802 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha-na-semana-academica-do-campus-iv/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ea4de056e8dba7605c9519660570dd46 [1] => 2918f074f5ec219d50bfdf189d3e8c13 ) ) [post_type] => post [post_author] => 26 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 30 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => quinta-etapa-do-encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-acontece-em-catole-do-rocha )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2

Array ( [post_title] => PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017.

Tal deliberação, veiculada através da Portaria 002/2017/PROGRAD/UEPB, foi motivada pelo fato de que o somatório dos dias paralisados pelos docentes no mês corrente já compromete a exigência mínima de 100 dias de trabalho acadêmico efetivo por período exigidos pelo MEC (Lei 9.394/1996, art. 47), bem como o cumprimento da carga horária dos componentes curriculares e a observância de período específico para a realização de reposições, exames finais, correção de provas, registro de notas e integralização curricular.

Por fim, a PROGRAD comunica a todos que, com o restabelecimento da normalidade das atividades na Instituição, novas datas para as Colações de Grau serão aprovadas e divulgadas, em conformidade com novo Calendário Acadêmico a ser publicizado quando do término do movimento grevista docente.

Outras informações: (83) 3315-3350.

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017. Tal deliberação, veiculada através da , foi motivada pelo fato de que o Leia Mais...

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_date] => 2017-04-19 11:39:49 [post_modified_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_modified] => 2017-04-19 11:39:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32769 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39a26ccf9919d52bc4d81607f8c07201 [1] => db50f17e5f6fd466be158bbaa0cacd39 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2

Array ( [post_title] => PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017.

Tal deliberação, veiculada através da Portaria 002/2017/PROGRAD/UEPB, foi motivada pelo fato de que o somatório dos dias paralisados pelos docentes no mês corrente já compromete a exigência mínima de 100 dias de trabalho acadêmico efetivo por período exigidos pelo MEC (Lei 9.394/1996, art. 47), bem como o cumprimento da carga horária dos componentes curriculares e a observância de período específico para a realização de reposições, exames finais, correção de provas, registro de notas e integralização curricular.

Por fim, a PROGRAD comunica a todos que, com o restabelecimento da normalidade das atividades na Instituição, novas datas para as Colações de Grau serão aprovadas e divulgadas, em conformidade com novo Calendário Acadêmico a ser publicizado quando do término do movimento grevista docente.

Outras informações: (83) 3315-3350.

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica em geral sobre a suspensão temporária das Colações de Grau do período 2016.2 da Instituição, originariamente agendadas para o período 22 a 31 de maio de 2017. Tal deliberação, veiculada através da , foi motivada pelo fato de que o Leia Mais...

O post PROGRAD informa sobre suspensão temporária das solenidades de Colação de Grau do período 2016.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_date] => 2017-04-19 11:39:49 [post_modified_gmt] => 2017-04-19 14:39:49 [post_modified] => 2017-04-19 11:39:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32769 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39a26ccf9919d52bc4d81607f8c07201 [1] => db50f17e5f6fd466be158bbaa0cacd39 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 [13] => 13 [14] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-informa-sobre-suspensao-temporaria-das-solenidades-de-colacao-de-grau-do-periodo-2016-2 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas

Array ( [post_title] => CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas [post_content] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de caráter científico, acadêmico e artístico, abrangendo as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Tecnologia, Saúde e Ciências Exatas.

A primeira edição da LER abordará a temática “Folkcomunicação e Cultura Popular” e dela poderão participar professores, técnicos administrativos e alunos da UEPB, de outras universidades e pessoas da comunidade em geral que tenham interesse em publicar ideias e análises sociais relacionadas com o tema. A cada edição uma nova temática será abordada.

Os conceitos, teorias e informações emitidas em cada trabalho são de inteira responsabilidade dos seus autores, que poderão escolher inscrever seus trabalhos em categorias distintas, quais sejam: Artigo Científico ou Memória Científica Original; Nota Prévia ou Publicação Provisória; Artigo de Revisão; Paper; Estudo de Caso ou Relato de Experiência; Ensaio Poético; Ensaio (de texto, fotografia, desenho, pintura ou gravura); Memória; Resenha ou Resenha Crítica.

As propostas deverão ser enviadas para o e-mail revistaler@uepb.edu.br, juntamente com os dados pessoais dos autores, link do Currículo Lattes, ofício solicitando a apreciação do original pela revista e uma autorização para a publicação, devidamente assinada pelos autores. Os modelos dos documentos podem ser conferidos no edital. Após o recebimento, os trabalhos serão submetidos à avaliação de especialistas na área pertinente à temática e aprovados pelo Conselho Editorial.

O lançamento da revista eletrônica LER está previsto para o início de junho, durante o 14º Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular, que será realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho, em Campina Grande. As normas para publicação dos artigos acadêmicos e científicos estão descritas no edital que pode ser conferido clicando AQUI. Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones (83) 3315-3438 e 3315-3489.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de Leia Mais...

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_date] => 2017-04-18 11:44:33 [post_modified_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_modified] => 2017-04-18 11:44:33 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32745 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9a2a3f16825f92b64a8d04372629e0ba [1] => 6b23f76aefff1b992cff2ae6a6262398 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => codecom-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas

Array ( [post_title] => CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas [post_content] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de caráter científico, acadêmico e artístico, abrangendo as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Tecnologia, Saúde e Ciências Exatas.

A primeira edição da LER abordará a temática “Folkcomunicação e Cultura Popular” e dela poderão participar professores, técnicos administrativos e alunos da UEPB, de outras universidades e pessoas da comunidade em geral que tenham interesse em publicar ideias e análises sociais relacionadas com o tema. A cada edição uma nova temática será abordada.

Os conceitos, teorias e informações emitidas em cada trabalho são de inteira responsabilidade dos seus autores, que poderão escolher inscrever seus trabalhos em categorias distintas, quais sejam: Artigo Científico ou Memória Científica Original; Nota Prévia ou Publicação Provisória; Artigo de Revisão; Paper; Estudo de Caso ou Relato de Experiência; Ensaio Poético; Ensaio (de texto, fotografia, desenho, pintura ou gravura); Memória; Resenha ou Resenha Crítica.

As propostas deverão ser enviadas para o e-mail revistaler@uepb.edu.br, juntamente com os dados pessoais dos autores, link do Currículo Lattes, ofício solicitando a apreciação do original pela revista e uma autorização para a publicação, devidamente assinada pelos autores. Os modelos dos documentos podem ser conferidos no edital. Após o recebimento, os trabalhos serão submetidos à avaliação de especialistas na área pertinente à temática e aprovados pelo Conselho Editorial.

O lançamento da revista eletrônica LER está previsto para o início de junho, durante o 14º Seminário Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular, que será realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho, em Campina Grande. As normas para publicação dos artigos acadêmicos e científicos estão descritas no edital que pode ser conferido clicando AQUI. Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones (83) 3315-3438 e 3315-3489.

 

Texto: Giuliana Rodrigues

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Estão abertas até o dia 19 de maio as inscrições de trabalhos para a Revista Eletrônica “Leituras Sociais Contemporâneas – LER”, periódico semestral organizado pela Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Editora Universitária (EDUEPB). A revista é destinada à divulgação de produções relacionadas à visão transdisciplinar de Leia Mais...

O post CODECOM da UEPB inscreve trabalhos para publicação na Revista Leituras Sociais Contemporâneas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_date] => 2017-04-18 11:44:33 [post_modified_gmt] => 2017-04-18 14:44:33 [post_modified] => 2017-04-18 11:44:33 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32745 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenadoria-de-comunicacao-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 9a2a3f16825f92b64a8d04372629e0ba [1] => 6b23f76aefff1b992cff2ae6a6262398 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 4 [1] => 15 [2] => 26 [3] => 32 [4] => 8 [5] => 22 [6] => 14 [7] => 27 [8] => 16 [9] => 20 [10] => 17 [11] => 12 [12] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => codecom-da-uepb-inscreve-trabalhos-para-publicacao-na-revista-leituras-sociais-contemporaneas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV

Array ( [post_title] => Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV [post_content] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorrerá na próxima quarta-feira (19), a partir das 14h30, inserida na programação da 4ª Semana Acadêmica do Câmpus de Catolé do Rocha.

A exemplo dos eventos anteriores, a programação disporá de vários momentos, contando com a participação de artistas e convidados da Procult. O Encontro começará com a parte de recepção e inscrições. Em seguida, haverá a abertura com as boas-vindas, a aula espetáculo e a oficina com Luizinho Calixto.

Participarão das preleções, músicos que integrarão a comitiva da Pró-Reitoria de Cultura. Nelas, diversos aspectos serão abordados, a exemplo da origem dos instrumentos, afinação, técnicas e experiências. Também seguindo o molde das edições que já ocorreram, o Encontro terá a apresentação de cada sanfoneiro participante e de um show coletivo no período da noite, no Mirante.

Estarão nessa etapa do Encontro o pró-reitor de Cultura, José Cristóvão Andrade, o pró-reitor adjunto, José Benjamim Pereira Filho, a cantora Gitana Pimentel, os músicos Sandrinho Dupan, João Batista, Erivan Ferreira, Erivelton da Cunha, Fredi Guimarães e Canário do Império, entre outros. O coordenador local do Encontro é o diretor adjunto do CÂmpus de Catolé do Rocha, professor Rômulo César Araújo Lima.

Avaliação

O Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos já ocorreu em Araruna, Lagoa Seca, Patos e Monteiro, com mais de 150 inscrições. Na avaliação da Pró-Reitoria de Cultura da UEPB, a iniciativa tem obtido grande sucesso em todas as localidades por onde passa, cumprindo a missão de celebrar o talento dos mestres sanfoneiros paraibanos, muitas vezes desvalorizados em sua profissão, e proporcionando espaço para a partilha de experiências entre os músicos.

A Semana

A 4ª Semana Acadêmica é realizada pelo Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), do Câmpus IV da UEPB, e ocorre entre os dias 18 e 21 de abril. Na programação, diversos minicursos, palestras e oficinas, sendo a maioria voltada para as artes. O encerramento da Semana acadêmica terá um show com o cantor e compositor catoleense, Chico César, no Salão PAX, no centro da cidade. Um dos objetivos desta edição é ajudar o Instituto Cultural Casa do Béradêro, que atualmente passa por crise financeira e foi criado pelo artista. Confira AQUI a programação completa.
Texto: Oziella Inocêncio

O post Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorrerá na próxima quarta-feira (19), a partir das 14h30, inserida na programação da 4ª Semana Acadêmica do Câmpus de Catolé do Rocha. A exemplo dos eventos anteriores, a programação disporá Leia Mais...

O post Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-17 19:52:25 [post_date] => 2017-04-17 16:52:25 [post_modified_gmt] => 2017-04-17 19:52:25 [post_modified] => 2017-04-17 16:52:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32739 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f6c96b78f04efb180ea54d1c7e12c397 [1] => 3ee42aa8e39fb811d635b6e6c5053257 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV

Array ( [post_title] => Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV [post_content] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorrerá na próxima quarta-feira (19), a partir das 14h30, inserida na programação da 4ª Semana Acadêmica do Câmpus de Catolé do Rocha.

A exemplo dos eventos anteriores, a programação disporá de vários momentos, contando com a participação de artistas e convidados da Procult. O Encontro começará com a parte de recepção e inscrições. Em seguida, haverá a abertura com as boas-vindas, a aula espetáculo e a oficina com Luizinho Calixto.

Participarão das preleções, músicos que integrarão a comitiva da Pró-Reitoria de Cultura. Nelas, diversos aspectos serão abordados, a exemplo da origem dos instrumentos, afinação, técnicas e experiências. Também seguindo o molde das edições que já ocorreram, o Encontro terá a apresentação de cada sanfoneiro participante e de um show coletivo no período da noite, no Mirante.

Estarão nessa etapa do Encontro o pró-reitor de Cultura, José Cristóvão Andrade, o pró-reitor adjunto, José Benjamim Pereira Filho, a cantora Gitana Pimentel, os músicos Sandrinho Dupan, João Batista, Erivan Ferreira, Erivelton da Cunha, Fredi Guimarães e Canário do Império, entre outros. O coordenador local do Encontro é o diretor adjunto do CÂmpus de Catolé do Rocha, professor Rômulo César Araújo Lima.

Avaliação

O Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos já ocorreu em Araruna, Lagoa Seca, Patos e Monteiro, com mais de 150 inscrições. Na avaliação da Pró-Reitoria de Cultura da UEPB, a iniciativa tem obtido grande sucesso em todas as localidades por onde passa, cumprindo a missão de celebrar o talento dos mestres sanfoneiros paraibanos, muitas vezes desvalorizados em sua profissão, e proporcionando espaço para a partilha de experiências entre os músicos.

A Semana

A 4ª Semana Acadêmica é realizada pelo Centro de Ciências Humanas e Agrárias (CCHA), do Câmpus IV da UEPB, e ocorre entre os dias 18 e 21 de abril. Na programação, diversos minicursos, palestras e oficinas, sendo a maioria voltada para as artes. O encerramento da Semana acadêmica terá um show com o cantor e compositor catoleense, Chico César, no Salão PAX, no centro da cidade. Um dos objetivos desta edição é ajudar o Instituto Cultural Casa do Béradêro, que atualmente passa por crise financeira e foi criado pelo artista. Confira AQUI a programação completa.
Texto: Oziella Inocêncio

O post Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A quinta etapa do Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos, promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Cultura (Procult), ocorrerá na próxima quarta-feira (19), a partir das 14h30, inserida na programação da 4ª Semana Acadêmica do Câmpus de Catolé do Rocha. A exemplo dos eventos anteriores, a programação disporá Leia Mais...

O post Encontro de Sanfoneiros e Tocadores de Oito Baixos ocorrerá durante 4ª Semana Acadêmica do Câmpus IV apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-04-17 19:52:25 [post_date] => 2017-04-17 16:52:25 [post_modified_gmt] => 2017-04-17 19:52:25 [post_modified] => 2017-04-17 16:52:25 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=32739 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCHA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccha/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f6c96b78f04efb180ea54d1c7e12c397 [1] => 3ee42aa8e39fb811d635b6e6c5053257 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => encontro-de-sanfoneiros-e-tocadores-de-oito-baixos-ocorrera-durante-4a-semana-academica-do-campus-iv )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) publicou edital com informações referentes a segunda seleção para preenchimento de vagas da turma 2018 do referido Mestrado.

Estão sendo oferecidas nove vagas para o curso, que tem sua área de concentração e linha de pesquisa na área de Farmácia. As inscrições para os interessados podem ser efetuadas no período de 19 a 23 de fevereiro, no endereço http://scapg.uepb.edu.br, devendo o candidato confirmar a inscrição posteriormente com a entrega dos documento exigidos no Edital.

A entrega dos documentos deve ser feita pessoalmente pelo interessado ou por seu procurador, nos dias úteis, no período de 19 a 23 de fevereiro de 2018, no horário das 9h às 13h, na Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, localizada no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Câmpus I de Campina Grande.

A seleção constará de uma prova escrita, entrevista, e prova de títulos. A prova de conhecimentos específicos do Mestrado Acadêmico será realizada no dia 26 de fevereiro, das 8h30 às 12h30. O candidato deve chegar ao local da prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos. A entrevista acontecerá no dia 28 de fevereiro, às 10h, em local a ser informado posteriormente.

O resultado final do processo de seleção será publicado no dia 2 de março. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3315-3516. Acesse o edital completo e a retificação do Edital.

 

Texto: Severino Lopes

 

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) publicou edital com informações referentes a segunda seleção para preenchimento de vagas da turma 2018 do referido Mestrado. Estão sendo oferecidas nove vagas para o curso, que tem sua área de concentração e linha de pesquisa na área de Farmácia. As Leia Mais...

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-02-02 13:41:45 [post_date] => 2018-02-02 10:41:45 [post_modified_gmt] => 2018-02-02 13:41:45 [post_modified] => 2018-02-02 10:41:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38280 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 8969ac47245611f345177a6ef76c13c4 [1] => c5f68975828307257a8c3618047ac760 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 11 [1] => 15 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) publicou edital com informações referentes a segunda seleção para preenchimento de vagas da turma 2018 do referido Mestrado.

Estão sendo oferecidas nove vagas para o curso, que tem sua área de concentração e linha de pesquisa na área de Farmácia. As inscrições para os interessados podem ser efetuadas no período de 19 a 23 de fevereiro, no endereço http://scapg.uepb.edu.br, devendo o candidato confirmar a inscrição posteriormente com a entrega dos documento exigidos no Edital.

A entrega dos documentos deve ser feita pessoalmente pelo interessado ou por seu procurador, nos dias úteis, no período de 19 a 23 de fevereiro de 2018, no horário das 9h às 13h, na Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, localizada no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Câmpus I de Campina Grande.

A seleção constará de uma prova escrita, entrevista, e prova de títulos. A prova de conhecimentos específicos do Mestrado Acadêmico será realizada no dia 26 de fevereiro, das 8h30 às 12h30. O candidato deve chegar ao local da prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos. A entrevista acontecerá no dia 28 de fevereiro, às 10h, em local a ser informado posteriormente.

O resultado final do processo de seleção será publicado no dia 2 de março. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (83) 3315-3516. Acesse o edital completo e a retificação do Edital.

 

Texto: Severino Lopes

 

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) publicou edital com informações referentes a segunda seleção para preenchimento de vagas da turma 2018 do referido Mestrado. Estão sendo oferecidas nove vagas para o curso, que tem sua área de concentração e linha de pesquisa na área de Farmácia. As Leia Mais...

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas abre segundo processo seletivo para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-02-02 13:41:45 [post_date] => 2018-02-02 10:41:45 [post_modified_gmt] => 2018-02-02 13:41:45 [post_modified] => 2018-02-02 10:41:45 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38280 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 8969ac47245611f345177a6ef76c13c4 [1] => c5f68975828307257a8c3618047ac760 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 11 [1] => 15 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-abre-segundo-processo-seletivo-para-formacao-da-turma-2018 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos

Array ( [post_title] => Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Teve início na segunda-feira (29), no Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Bodocongó, a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos, promovida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição. O curso conta com um total de 76 inscritos, entre graduandos e pós-graduandos de Farmácia, Biologia e Odontologia, e tem a participação de palestrantes de diversas universidades do Nordeste.

Segundo a professora Ana Cláudia Dantas de Medeiros, organizadora do curso, todos os professores participantes são bolsistas de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), tanto integrantes da UEPB como também da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Na manhã desta terça-feira (30) foram iniciados os quatro minicursos oferecidos nesta edição: Atividade Microbiana; Farmacologia de Produtos Naturais; Assistência Farmacêutica de Medicamentos Fitoterápicos; e Tecnologia Farmacêutica Aplicada a Medicamentos Fitoterápicos.

Com grande número de participantes, a professora Terezinha Gonçalves da Silva, da UFPE, ministrou a palestra “Atividade antitumoral de Plantas medicinais”, na qual discorreu sobre a descoberta de fármacos anticancerígenos, os processos realizados da planta ao medicamento, desafios e perspectivas na área e alguns aspectos relacionados à biologia dos medicamentos, desde as modificações que ocorrem nas células cancerígenas até os pontos da doença em que se pode interferir com medicamentos.

“Abordamos também sobre vários medicamentos que são oriundos de produtos naturais, tanto de origem de plantas, quanto de origem marinha ou de micro-organismos, que já estão sendo utilizados de maneira geral em clínicas”, acrescentou a professora.

Logo em seguida, a professora Cynthia Almeida, também da UFPE, tratou o tema “Farmacologia de produtos naturais e testes em animais de laboratório”, no qual discorreu sobre o trabalho de pesquisa com pequenos animais, como ratos e camundongos, bem como sobre os testes de toxicidade, atividades desenvolvidas com estes seres e os modelos de testes.

“Este é um tópico polêmico, especialmente com os defensores dos animais, mas mostramos que cumprimos todas as questões éticas, que devem ser previamente avaliadas por um comitê de pesquisas em animais. Assim, só quando o projeto é aprovado e liberado, é que os profissionais podem realmente começar a pesquisar, sempre dentro dos aspectos éticos e sob a égide do comitê, utilizando o mínimo possível de animais”, enfatizou Cynthia.

O curso segue até o próximo domingo (4), com o encerramento dos mini-cursos e com as palestras “Desenvolvimento de fitocosméticos” e “Os desafios no controle de qualidade de medicamentos fitoterápicos”.

 

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Teve início na segunda-feira (29), no Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Bodocongó, a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos, promovida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição. O curso conta com um total de 76 inscritos, entre graduandos e pós-graduandos Leia Mais...

O post Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-30 18:52:39 [post_date] => 2018-01-30 15:52:39 [post_modified_gmt] => 2018-01-30 18:52:39 [post_modified] => 2018-01-30 15:52:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38243 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1dda46b7b833d5bdea7d605b181c6b8c [1] => 4be10dc8ab21b387ae2427e11dd50029 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mini-cursos-dao-prosseguimento-a-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos

Array ( [post_title] => Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos [post_content] => Clique para exibir o slide.

Teve início na segunda-feira (29), no Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Bodocongó, a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos, promovida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição. O curso conta com um total de 76 inscritos, entre graduandos e pós-graduandos de Farmácia, Biologia e Odontologia, e tem a participação de palestrantes de diversas universidades do Nordeste.

Segundo a professora Ana Cláudia Dantas de Medeiros, organizadora do curso, todos os professores participantes são bolsistas de produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), tanto integrantes da UEPB como também da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Na manhã desta terça-feira (30) foram iniciados os quatro minicursos oferecidos nesta edição: Atividade Microbiana; Farmacologia de Produtos Naturais; Assistência Farmacêutica de Medicamentos Fitoterápicos; e Tecnologia Farmacêutica Aplicada a Medicamentos Fitoterápicos.

Com grande número de participantes, a professora Terezinha Gonçalves da Silva, da UFPE, ministrou a palestra “Atividade antitumoral de Plantas medicinais”, na qual discorreu sobre a descoberta de fármacos anticancerígenos, os processos realizados da planta ao medicamento, desafios e perspectivas na área e alguns aspectos relacionados à biologia dos medicamentos, desde as modificações que ocorrem nas células cancerígenas até os pontos da doença em que se pode interferir com medicamentos.

“Abordamos também sobre vários medicamentos que são oriundos de produtos naturais, tanto de origem de plantas, quanto de origem marinha ou de micro-organismos, que já estão sendo utilizados de maneira geral em clínicas”, acrescentou a professora.

Logo em seguida, a professora Cynthia Almeida, também da UFPE, tratou o tema “Farmacologia de produtos naturais e testes em animais de laboratório”, no qual discorreu sobre o trabalho de pesquisa com pequenos animais, como ratos e camundongos, bem como sobre os testes de toxicidade, atividades desenvolvidas com estes seres e os modelos de testes.

“Este é um tópico polêmico, especialmente com os defensores dos animais, mas mostramos que cumprimos todas as questões éticas, que devem ser previamente avaliadas por um comitê de pesquisas em animais. Assim, só quando o projeto é aprovado e liberado, é que os profissionais podem realmente começar a pesquisar, sempre dentro dos aspectos éticos e sob a égide do comitê, utilizando o mínimo possível de animais”, enfatizou Cynthia.

O curso segue até o próximo domingo (4), com o encerramento dos mini-cursos e com as palestras “Desenvolvimento de fitocosméticos” e “Os desafios no controle de qualidade de medicamentos fitoterápicos”.

 

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Teve início na segunda-feira (29), no Departamento de Farmácia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus de Bodocongó, a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos, promovida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição. O curso conta com um total de 76 inscritos, entre graduandos e pós-graduandos Leia Mais...

O post Minicursos dão prosseguimento à 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-30 18:52:39 [post_date] => 2018-01-30 15:52:39 [post_modified_gmt] => 2018-01-30 18:52:39 [post_modified] => 2018-01-30 15:52:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38243 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mini-cursos-dao-prosseguimento-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1dda46b7b833d5bdea7d605b181c6b8c [1] => 4be10dc8ab21b387ae2427e11dd50029 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mini-cursos-dao-prosseguimento-a-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 [post_content] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Saúde” e “Regulação, Gestão e Desenvolvimento de Projetos Tecnológicos de Produtos para a Saúde”.

Podem participar da seleção os portadores de diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação nas áreas de Exatas e Saúde. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de fevereiro de 2018 através do endereço https://academico.uepb.edu.br/mestrado/index.php/inscricoes. Os documentos e o comprovante de inscrição devem ser entregues na Coordenação do PPGCTS de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018. O edital completo com todas as normas do processo seletivo pode ser acessado clicando AQUI.

 

Texto: Leonardo Alves

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Leia Mais...

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_date] => 2018-01-04 08:36:41 [post_modified_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_modified] => 2018-01-04 08:36:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37610 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7eb4dd55be7a8c5fdd1f700f9c456dcf [1] => 6780c3d10a19b216cbc463e7a43e6207 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-profissional-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018

Array ( [post_title] => Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 [post_content] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Saúde” e “Regulação, Gestão e Desenvolvimento de Projetos Tecnológicos de Produtos para a Saúde”.

Podem participar da seleção os portadores de diploma ou certidão de conclusão de curso de graduação nas áreas de Exatas e Saúde. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de fevereiro de 2018 através do endereço https://academico.uepb.edu.br/mestrado/index.php/inscricoes. Os documentos e o comprovante de inscrição devem ser entregues na Coordenação do PPGCTS de 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018. O edital completo com todas as normas do processo seletivo pode ser acessado clicando AQUI.

 

Texto: Leonardo Alves

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde lançou o edital do processo seletivo para a Turma 2018 do Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde (PPGCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Estão sendo oferecidas 40 vagas nas linhas de pesquisa “Desenvolvimento de Produtos e Processos para Tecnologia em Leia Mais...

O post Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB oferta 40 vagas para formação da Turma 2018 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_date] => 2018-01-04 08:36:41 [post_modified_gmt] => 2018-01-04 11:36:41 [post_modified] => 2018-01-04 08:36:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37610 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7eb4dd55be7a8c5fdd1f700f9c456dcf [1] => 6780c3d10a19b216cbc463e7a43e6207 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 16 [2] => 5 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-profissional-em-ciencia-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-oferta-40-vagas-para-formacao-da-turma-2018 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália

Array ( [post_title] => Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália [post_content] => Clique para exibir o slide.

Fazer um intercâmbio no exterior é o sonho de muitos jovens universitários. Já a possibilidade de fazer um estágio em sua área de estudo, com todas as despesas pagas e ainda por cima em um renomado instituto de pesquisas médicas da Austrália é uma conquista para os que realmente sabem o que querem e perseguem com afinco seus objetivos. Isto é o que está para acontecer com Isabela Almeida, aluna do 6o período do Bacharelado em Ciência Biológicas, Câmpus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande.

Em setembro passado, participando de um congresso brasileiro de genética, em Águas de Lindoia (SP), ela teve a oportunidade de conhecer Guy Barry, respeitado pesquisador do QIMR Berghofer Institute, em Brisbane, na Austrália. Durante a conversa, ela não teve dúvidas em falar sobre sua pesquisa, intitulada “Projeto de prospecção de genes com interesse biotecnológico a partir da compostagem de arroz vermelho com mamona”, realizada sob a orientação do professor do Departamento de Biologia, Carlos Meneses.

O estudo chamou a atenção de Guy Barry e resultou no convite para o estágio com duração de sete meses no Instituto, que foi prontamente aceito. A partir de janeiro de 2018, Isabela terá a oportunidade de trabalhar com Bioinformática, utilizando seus conhecimentos adquiridos na pesquisa metagenômica da UEPB e acrescentando as informações das pesquisas médicas desenvolvidas no laboratório de neurogenômica no QIMR Berghofer Institute.

“Esta é uma oportunidade única, que expande nossos horizontes, e será muito interessante ver como é que eles fazem pesquisa lá. Também quero trazer o conhecimento deles para cá, pois isso só faz engrandecer nosso trabalho”, disse Isabela. Nesta quarta-feira (20) Isabela, seu orientador e os representantes da Coordenadoria de Relações Internacionais (CoRI) estiveram no Gabinete do reitor Rangel Junior para comunicar a parceria formada com o instituto australiano.

O intercâmbio será realizado com total apoio da UEPB, através da CoRI. Segundo Cezilene Morais, coordenadora de Relações Internacionais da Instituição, é uma honra para a UEPB ter mais um aluno se destacando na mobilidade internacional. “A ida de Isabela acontece através de uma estratégia dela e do professor Carlos Meneses, e o trabalho da CoRI neste caso foi bem pequeno, diferente do calendário anual que costumamos lançar. O pesquisador da Austrália percebeu a potencialidade da pesquisa deles, o que resultou no convite. Continuaremos auxiliando no que for preciso”, frisou.

Entre as atividades desenvolvidas pelo QIMR Berghofer, estão as tentativas em melhorias da saúde, através do desenvolvimento de novos diagnósticos, tratamentos e estratégias de prevenção, especificamente nas áreas de câncer, doenças infecciosas, saúde mental e distúrbios complexos.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Fazer um intercâmbio no exterior é o sonho de muitos jovens universitários. Já a possibilidade de fazer um estágio em sua área de estudo, com todas as despesas pagas e ainda por cima em um renomado instituto de pesquisas médicas da Austrália é uma conquista para os que realmente sabem o que querem e perseguem Leia Mais...

O post Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-20 19:34:57 [post_date] => 2017-12-20 16:34:57 [post_modified_gmt] => 2017-12-20 19:34:57 [post_modified] => 2017-12-20 16:34:57 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38022 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 53e484f2795d0f0a78de3a0e37e2756e [1] => ff1410753465beec75b748fa8a2bc421 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 122 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália

Array ( [post_title] => Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália [post_content] => Clique para exibir o slide.

Fazer um intercâmbio no exterior é o sonho de muitos jovens universitários. Já a possibilidade de fazer um estágio em sua área de estudo, com todas as despesas pagas e ainda por cima em um renomado instituto de pesquisas médicas da Austrália é uma conquista para os que realmente sabem o que querem e perseguem com afinco seus objetivos. Isto é o que está para acontecer com Isabela Almeida, aluna do 6o período do Bacharelado em Ciência Biológicas, Câmpus I da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande.

Em setembro passado, participando de um congresso brasileiro de genética, em Águas de Lindoia (SP), ela teve a oportunidade de conhecer Guy Barry, respeitado pesquisador do QIMR Berghofer Institute, em Brisbane, na Austrália. Durante a conversa, ela não teve dúvidas em falar sobre sua pesquisa, intitulada “Projeto de prospecção de genes com interesse biotecnológico a partir da compostagem de arroz vermelho com mamona”, realizada sob a orientação do professor do Departamento de Biologia, Carlos Meneses.

O estudo chamou a atenção de Guy Barry e resultou no convite para o estágio com duração de sete meses no Instituto, que foi prontamente aceito. A partir de janeiro de 2018, Isabela terá a oportunidade de trabalhar com Bioinformática, utilizando seus conhecimentos adquiridos na pesquisa metagenômica da UEPB e acrescentando as informações das pesquisas médicas desenvolvidas no laboratório de neurogenômica no QIMR Berghofer Institute.

“Esta é uma oportunidade única, que expande nossos horizontes, e será muito interessante ver como é que eles fazem pesquisa lá. Também quero trazer o conhecimento deles para cá, pois isso só faz engrandecer nosso trabalho”, disse Isabela. Nesta quarta-feira (20) Isabela, seu orientador e os representantes da Coordenadoria de Relações Internacionais (CoRI) estiveram no Gabinete do reitor Rangel Junior para comunicar a parceria formada com o instituto australiano.

O intercâmbio será realizado com total apoio da UEPB, através da CoRI. Segundo Cezilene Morais, coordenadora de Relações Internacionais da Instituição, é uma honra para a UEPB ter mais um aluno se destacando na mobilidade internacional. “A ida de Isabela acontece através de uma estratégia dela e do professor Carlos Meneses, e o trabalho da CoRI neste caso foi bem pequeno, diferente do calendário anual que costumamos lançar. O pesquisador da Austrália percebeu a potencialidade da pesquisa deles, o que resultou no convite. Continuaremos auxiliando no que for preciso”, frisou.

Entre as atividades desenvolvidas pelo QIMR Berghofer, estão as tentativas em melhorias da saúde, através do desenvolvimento de novos diagnósticos, tratamentos e estratégias de prevenção, especificamente nas áreas de câncer, doenças infecciosas, saúde mental e distúrbios complexos.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues

O post Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Fazer um intercâmbio no exterior é o sonho de muitos jovens universitários. Já a possibilidade de fazer um estágio em sua área de estudo, com todas as despesas pagas e ainda por cima em um renomado instituto de pesquisas médicas da Austrália é uma conquista para os que realmente sabem o que querem e perseguem Leia Mais...

O post Aluna de Biologia da UEPB é convidada para estagiar em Instituto de Pesquisas Médicas na Austrália apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-20 19:34:57 [post_date] => 2017-12-20 16:34:57 [post_modified_gmt] => 2017-12-20 19:34:57 [post_modified] => 2017-12-20 16:34:57 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=38022 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 53e484f2795d0f0a78de3a0e37e2756e [1] => ff1410753465beec75b748fa8a2bc421 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 122 [2] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => aluna-de-biologia-da-uepb-e-convidada-para-estagiar-em-instituto-de-pesquisas-medicas-na-australia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia

Array ( [post_title] => Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como parte das atividades da formação dos seus atuais graduandos e futuros profissionais, o Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado no Câmpus de Campina Grande, promoveu na última sexta feira (15) uma visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia da13ª Região (CRP-13), localizado em João Pessoa, da qual participaram alunos do 8º e 9º períodos do Curso de Psicologia da Instituição.

A visita teve como objetivo discutir questões éticas na atuação profissional, procedimentos para elaboração, arquivamento e destruição de documentos derivados de registros de intervenções e de avaliações psicológicas. A ação foi coordenada pelas psicólogas Maria do Socorro Brito Mendes (técnica orientadora fiscal) e Iva Izabel Cavalvanti da Silva Barros (conselheira secretária), além da coordenadora da Clínica Escola de Psicologia da UEPB, professora Carla Brandão, e do professor Luan Glauber Rocha Medeiros.

Constaram da programação as apresentações das comissões permanentes do Conselho, as funções de cada comissão e atividades que costumam ser realizadas. Os estudantes também tomaram conhecimento das atribuições do CRP-13 e do Sindicato de Psicólogos, dos limites e possibilidades da atuação multiprofissional e ainda como são realizados os registros e arquivos de documentos da área de Psicologia, como ocorre a guarda e a quebra de sigilo, dentre outros. A atividade foi encerrada com sorteio de publicações dos conselhos Regional e Federal de Psicologia e um coffe-break entre os participantes.

O post Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como parte das atividades da formação dos seus atuais graduandos e futuros profissionais, o Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado no Câmpus de Campina Grande, promoveu na última sexta feira (15) uma visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia da13ª Região (CRP-13), localizado em João Pessoa, da qual participaram alunos do Leia Mais...

O post Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-18 18:35:56 [post_date] => 2017-12-18 15:35:56 [post_modified_gmt] => 2017-12-18 18:35:56 [post_modified] => 2017-12-18 15:35:56 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37929 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1200c9e6d93b8dca0b7aceb7e0452337 [1] => 442476931d17805d9c0093661da71794 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia

Array ( [post_title] => Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como parte das atividades da formação dos seus atuais graduandos e futuros profissionais, o Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado no Câmpus de Campina Grande, promoveu na última sexta feira (15) uma visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia da13ª Região (CRP-13), localizado em João Pessoa, da qual participaram alunos do 8º e 9º períodos do Curso de Psicologia da Instituição.

A visita teve como objetivo discutir questões éticas na atuação profissional, procedimentos para elaboração, arquivamento e destruição de documentos derivados de registros de intervenções e de avaliações psicológicas. A ação foi coordenada pelas psicólogas Maria do Socorro Brito Mendes (técnica orientadora fiscal) e Iva Izabel Cavalvanti da Silva Barros (conselheira secretária), além da coordenadora da Clínica Escola de Psicologia da UEPB, professora Carla Brandão, e do professor Luan Glauber Rocha Medeiros.

Constaram da programação as apresentações das comissões permanentes do Conselho, as funções de cada comissão e atividades que costumam ser realizadas. Os estudantes também tomaram conhecimento das atribuições do CRP-13 e do Sindicato de Psicólogos, dos limites e possibilidades da atuação multiprofissional e ainda como são realizados os registros e arquivos de documentos da área de Psicologia, como ocorre a guarda e a quebra de sigilo, dentre outros. A atividade foi encerrada com sorteio de publicações dos conselhos Regional e Federal de Psicologia e um coffe-break entre os participantes.

O post Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como parte das atividades da formação dos seus atuais graduandos e futuros profissionais, o Departamento de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), instalado no Câmpus de Campina Grande, promoveu na última sexta feira (15) uma visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia da13ª Região (CRP-13), localizado em João Pessoa, da qual participaram alunos do Leia Mais...

O post Equipe do Departamento de Psicologia da UEPB realiza visita técnica ao Conselho Regional de Psicologia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-18 18:35:56 [post_date] => 2017-12-18 15:35:56 [post_modified_gmt] => 2017-12-18 18:35:56 [post_modified] => 2017-12-18 15:35:56 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37929 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1200c9e6d93b8dca0b7aceb7e0452337 [1] => 442476931d17805d9c0093661da71794 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => equipe-do-departamento-de-psicologia-da-uepb-realiza-visita-tecnica-ao-conselho-regional-de-psicologia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura

Array ( [post_title] => Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura [post_content] => Clique para exibir o slide.

O que seria apenas mais uma pesquisa de uma graduanda do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se transformou em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e, posteriormente, em uma ferramenta que pode facilitar a vida das pessoas com deficiência visual. Aluna do 9º período do curso, Paloma Raquel Araújo Gomes, encontrou na disciplina “Fisioterapia na Saúde Coletiva”, ministrada pela professora Cláudia Holanda Moreira, a inspiração para desenvolver um projeto que visa favorecer a vida dos deficientes visuais do Instituto dos Cegos de Campina Grande.

A cartilha “Orientações posturais” foi escrita no sistema braille e proporciona aos usuários ter contato com um material pedagógico em um sistema próprio de leitura para pessoas cegas. Embora o trabalho tenha cumprido a uma exigência para a conclusão do curso, Poliana resolveu produzir a cartilha a partir da necessidade do próprio Instituto dos Cegos, onde a turma da professora Cláudia Holanda desenvolve atividades.

Para realizar o projeto, Paloma usou material emborrachado para a exploração tátil e cola alto relevo. A impressão foi feita no Núcleo de Educação Especial da UEPB, que funciona em uma das salas do 3º andar da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó. A aluna explicou que, devido a perda de visão, os deficientes visuais adotam determinadas posturas inadequadas como a anteriorização da cabeça e a protusão dos ombros que termina gerando uma hipercifose torácica que consiste no aumento da curvatura no plano sagital da coluna torácica.

Devido a esses aspectos, eles pode ter, futuramente, comprometimento na postura e alterações na saúde como um todo. Para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, é que a futura fisioterapeuta resolveu investir na produção da cartilha, que tem como objetivo fazer com que esse segmento da população adquira conhecimentos sobre a coluna e como funciona essa importante parte do corpo humano, a partir de um material de consulta acessível diante das suas necessidades especiais.

Na cartilha também foram incluídas orientações para melhorar as posturas durante os hábitos de vida das pessoas portadoras de deficiências visuais. Incentivadora da iniciativa, a professora Cláudia Holanda Moreira reafirmou que a cartilha surgiu da necessidade dos portadores de deficiência visual, tendo sido transformada em uma pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso. A docente observa que a cartilha é um instrumento importante de promoção de saúde e inclusão para a população do Instituto dos Cegos.

Para produzir o material, a estudante teve que conhecer um pouco a rotina dos deficientes visuais. A turma da professora Cláudia realiza no Instituto um trabalho de orientação postural. São oficinas relacionadas a equilíbrio e postura. Integrante do Núcleo de Educação Especial, o servidor Alindembergue de Araújo Oliveira afirmou que a cartilha é um instrumento muito importante para as pessoas com deficiência visual que leem em braille.

Ele ressaltou que o material proporciona às pessoas com deficiência visual ter um contato direto com o material pedagógico. “Não temos muitos materiais pedagógicos em braille. Temos muita literatura, mas materiais acadêmicos e pedagógicos temos pouco. Então essa cartilha vem em um bom momento”, comentou Alindembergue, que é servidor da UEPB e também aluno do curso de Gestão Pública.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O que seria apenas mais uma pesquisa de uma graduanda do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se transformou em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e, posteriormente, em uma ferramenta que pode facilitar a vida das pessoas com deficiência visual. Aluna do 9º período do curso, Paloma Raquel Araújo Gomes, encontrou Leia Mais...

O post Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-18 15:39:23 [post_date] => 2017-12-18 12:39:23 [post_modified_gmt] => 2017-12-18 15:39:23 [post_modified] => 2017-12-18 12:39:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37914 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39bd9553f2f96bd50305e5c4f11901a7 [1] => f9eca4a9a927752de27644fca46c85aa ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura

Array ( [post_title] => Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura [post_content] => Clique para exibir o slide.

O que seria apenas mais uma pesquisa de uma graduanda do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se transformou em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e, posteriormente, em uma ferramenta que pode facilitar a vida das pessoas com deficiência visual. Aluna do 9º período do curso, Paloma Raquel Araújo Gomes, encontrou na disciplina “Fisioterapia na Saúde Coletiva”, ministrada pela professora Cláudia Holanda Moreira, a inspiração para desenvolver um projeto que visa favorecer a vida dos deficientes visuais do Instituto dos Cegos de Campina Grande.

A cartilha “Orientações posturais” foi escrita no sistema braille e proporciona aos usuários ter contato com um material pedagógico em um sistema próprio de leitura para pessoas cegas. Embora o trabalho tenha cumprido a uma exigência para a conclusão do curso, Poliana resolveu produzir a cartilha a partir da necessidade do próprio Instituto dos Cegos, onde a turma da professora Cláudia Holanda desenvolve atividades.

Para realizar o projeto, Paloma usou material emborrachado para a exploração tátil e cola alto relevo. A impressão foi feita no Núcleo de Educação Especial da UEPB, que funciona em uma das salas do 3º andar da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó. A aluna explicou que, devido a perda de visão, os deficientes visuais adotam determinadas posturas inadequadas como a anteriorização da cabeça e a protusão dos ombros que termina gerando uma hipercifose torácica que consiste no aumento da curvatura no plano sagital da coluna torácica.

Devido a esses aspectos, eles pode ter, futuramente, comprometimento na postura e alterações na saúde como um todo. Para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, é que a futura fisioterapeuta resolveu investir na produção da cartilha, que tem como objetivo fazer com que esse segmento da população adquira conhecimentos sobre a coluna e como funciona essa importante parte do corpo humano, a partir de um material de consulta acessível diante das suas necessidades especiais.

Na cartilha também foram incluídas orientações para melhorar as posturas durante os hábitos de vida das pessoas portadoras de deficiências visuais. Incentivadora da iniciativa, a professora Cláudia Holanda Moreira reafirmou que a cartilha surgiu da necessidade dos portadores de deficiência visual, tendo sido transformada em uma pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso. A docente observa que a cartilha é um instrumento importante de promoção de saúde e inclusão para a população do Instituto dos Cegos.

Para produzir o material, a estudante teve que conhecer um pouco a rotina dos deficientes visuais. A turma da professora Cláudia realiza no Instituto um trabalho de orientação postural. São oficinas relacionadas a equilíbrio e postura. Integrante do Núcleo de Educação Especial, o servidor Alindembergue de Araújo Oliveira afirmou que a cartilha é um instrumento muito importante para as pessoas com deficiência visual que leem em braille.

Ele ressaltou que o material proporciona às pessoas com deficiência visual ter um contato direto com o material pedagógico. “Não temos muitos materiais pedagógicos em braille. Temos muita literatura, mas materiais acadêmicos e pedagógicos temos pouco. Então essa cartilha vem em um bom momento”, comentou Alindembergue, que é servidor da UEPB e também aluno do curso de Gestão Pública.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O que seria apenas mais uma pesquisa de uma graduanda do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se transformou em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e, posteriormente, em uma ferramenta que pode facilitar a vida das pessoas com deficiência visual. Aluna do 9º período do curso, Paloma Raquel Araújo Gomes, encontrou Leia Mais...

O post Estudante de Fisioterapia desenvolve cartilha em braile para orientar deficientes visuais sobre postura apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-18 15:39:23 [post_date] => 2017-12-18 12:39:23 [post_modified_gmt] => 2017-12-18 15:39:23 [post_modified] => 2017-12-18 12:39:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37914 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39bd9553f2f96bd50305e5c4f11901a7 [1] => f9eca4a9a927752de27644fca46c85aa ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => estudante-de-fisioterapia-desenvolve-cartilha-em-braile-para-orientar-deficientes-visuais-sobre-postura-e-habitos-saudaveis )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer

Array ( [post_title] => Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer [post_content] => Clique para exibir o slide.

Os números de pessoas acometidas com algum tipo de câncer na Paraíba assistidas pela Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, são preocupantes e ultrapassam os 18 mil casos. A elevada incidência chamou a atenção do Grupo de Pesquisa do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde (LCTS), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que tem desenvolvido relevantes projetos e pesquisas voltados para a prevenção e combate da doença.

Coordenado pela professora Railda Shelsea Taveira Rocha do Nascimento, o grupo envolve estudantes não apenas do curso de Fisioterapia, mas de todos os cursos do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) e do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ). Os trabalhos envolvendo 64 alunos, com foco na oncologia, foram apresentados em diversos congressos do país, a exemplo do 5º Congresso Brasileiro de Fisioterapia em Oncologia e do 1º Congresso de Oncologia Interdisciplinar da Paraíba (CONINTER/PB).

O resultado desse trabalho pode ser conferido em uma exposição em forma de painéis montada no Hall do Prédio Administrativo da UEPB, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. Estão expostos trabalhos que envolvem estudos epidemiológicos do câncer e o desenvolvimento de tecnologia na área oncológica. Ao todo, 28 trabalhos incluindo três premiados no 1º CONINTER/PB, duas patentes e dois software registrados integram a exposição aberta ao público até esta sexta-feira (15). “A exposição desses trabalhos tem como objetivo dividir com a comunidade a produção acadêmico-científica  do Laboratório de Ciências e Tecnologia no ano de 2017”, observou a professora Railda.

Dos 28 trabalhos expostos, destaque para o projeto “Aspectos Sociodemográficos, Epidemiológico e Funcionais de Indivíduos com Câncer de Mama”, realizado pelas estudantes Karoline do Carmo Costa e Adelane César de Azevedo; “Neoplasias de Cavidade Oral: Achados Sociodemográficos, Epidemiológicos e Clínicos”, desenvolvido pela estudante Josicléia Leôncio da Silva; e “Novas Tecnologias: Do Tratamento Convencional à Reabilitação Virtual”, executado pela fisioterapeuta Marieliza Araújo Braga – egressa do Programa de Iniciação Científica da UEPB. Os três projetos, orientados pela professora Railda Shelsea, foram premiados no 1º CONINTER/PB.

O trabalho de Josicléia Leôncio da Silva obteve a nota máxima no Congresso. A futura fisioterapeuta não esconde a satisfação pela premiação e por fazer parte da exposição. “Estou muito feliz em fazer parte desse projeto que envolve profissionais das mais diferentes áreas. Eu só aprendo e, ao mesmo tempo, produzo um benefício a população oncológica. É gratificante produzir pesquisas que futuramente vão ser revertidas em políticas públicas”, destacou a aluna.

Em seu trabalho realizado em 2017, ela fez um levantamento do perfil do paciente com câncer de cabeça e pescoço. Ou seja, pegou todos os prontuários, entre 2013 e 2014, e selecionou dez variáveis para tentar descobrir as causas, forma de tratamento e incidência de mortalidade da doença. Um dos chamamentos da exposição é para o câncer de pele, considerando que dezembro é marcado por uma campanha de conscientização em torno da doença, embora no momento, o Laboratório trabalhe com todos os tipos de câncer, como o de próstata, mama, colo, cabeça e pescoço entre outros.

O Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde desenvolve seu trabalho nas dependências do Hospital da FAP, onde é prestada assistência a pacientes com câncer de mama, próstata, cabeça e pescoço. Esse laboratório envolve a demanda de vários projetos, a exemplo do de Epidemiologia, que é a fonte básica que subsidia as demais iniciativas científicas em função dos indicadores que são produzidos. Outro projeto avalia a questão da fadiga e qualidade de vida dos pacientes com câncer durante o tratamento da doença. Em outra iniciativa, um grupo de estudantes, orientados pela professora Railda, trabalha com desenvolvimento de produtos e tecnologias de inovação.

Recentemente, a UEPB conquistou a patente de um sensor eletroquímico que avalia a glutationa de pacientes oncológicos. Glutationa é a proteína encontrada no corpo humano e que se configura como um poderoso antioxidante e desintoxicante protetor das células contra os radicais livres. O LTCS também está trabalhando com um outro equipamento que avalia o ácido lático, considerando que o paciente oncológico tem uma fadiga sistêmica.

Segundo a professora Railda, a maior incidência em termos de câncer feminino é o de mama, enquanto que entre os homens o câncer de próstata lidera as estatísticas. “Nós elegemos como prioridade os cânceres mais incidentes, embora a sociedade precise de esclarecimentos a respeito de todos os tipos de câncer”, disse. Como culminância dos trabalhos do Laboratório no ano de 2017, a equipe pretende fazer um apelo à sociedade em torno do caráter preventivo da doença e, em especial, para a necessidade de implementação de políticas públicas de atenção à saúde nessa área.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os números de pessoas acometidas com algum tipo de câncer na Paraíba assistidas pela Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, são preocupantes e ultrapassam os 18 mil casos. A elevada incidência chamou a atenção do Grupo de Pesquisa do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde (LCTS), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Leia Mais...

O post Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-14 20:08:38 [post_date] => 2017-12-14 17:08:38 [post_modified_gmt] => 2017-12-14 20:08:38 [post_modified] => 2017-12-14 17:08:38 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37846 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1a29c3fe7a5eded34ed09f99defd944f [1] => d68e3b591edb1fb9085d9a0d3df4c44c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer

Array ( [post_title] => Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer [post_content] => Clique para exibir o slide.

Os números de pessoas acometidas com algum tipo de câncer na Paraíba assistidas pela Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, são preocupantes e ultrapassam os 18 mil casos. A elevada incidência chamou a atenção do Grupo de Pesquisa do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde (LCTS), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que tem desenvolvido relevantes projetos e pesquisas voltados para a prevenção e combate da doença.

Coordenado pela professora Railda Shelsea Taveira Rocha do Nascimento, o grupo envolve estudantes não apenas do curso de Fisioterapia, mas de todos os cursos do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) e do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ). Os trabalhos envolvendo 64 alunos, com foco na oncologia, foram apresentados em diversos congressos do país, a exemplo do 5º Congresso Brasileiro de Fisioterapia em Oncologia e do 1º Congresso de Oncologia Interdisciplinar da Paraíba (CONINTER/PB).

O resultado desse trabalho pode ser conferido em uma exposição em forma de painéis montada no Hall do Prédio Administrativo da UEPB, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. Estão expostos trabalhos que envolvem estudos epidemiológicos do câncer e o desenvolvimento de tecnologia na área oncológica. Ao todo, 28 trabalhos incluindo três premiados no 1º CONINTER/PB, duas patentes e dois software registrados integram a exposição aberta ao público até esta sexta-feira (15). “A exposição desses trabalhos tem como objetivo dividir com a comunidade a produção acadêmico-científica  do Laboratório de Ciências e Tecnologia no ano de 2017”, observou a professora Railda.

Dos 28 trabalhos expostos, destaque para o projeto “Aspectos Sociodemográficos, Epidemiológico e Funcionais de Indivíduos com Câncer de Mama”, realizado pelas estudantes Karoline do Carmo Costa e Adelane César de Azevedo; “Neoplasias de Cavidade Oral: Achados Sociodemográficos, Epidemiológicos e Clínicos”, desenvolvido pela estudante Josicléia Leôncio da Silva; e “Novas Tecnologias: Do Tratamento Convencional à Reabilitação Virtual”, executado pela fisioterapeuta Marieliza Araújo Braga – egressa do Programa de Iniciação Científica da UEPB. Os três projetos, orientados pela professora Railda Shelsea, foram premiados no 1º CONINTER/PB.

O trabalho de Josicléia Leôncio da Silva obteve a nota máxima no Congresso. A futura fisioterapeuta não esconde a satisfação pela premiação e por fazer parte da exposição. “Estou muito feliz em fazer parte desse projeto que envolve profissionais das mais diferentes áreas. Eu só aprendo e, ao mesmo tempo, produzo um benefício a população oncológica. É gratificante produzir pesquisas que futuramente vão ser revertidas em políticas públicas”, destacou a aluna.

Em seu trabalho realizado em 2017, ela fez um levantamento do perfil do paciente com câncer de cabeça e pescoço. Ou seja, pegou todos os prontuários, entre 2013 e 2014, e selecionou dez variáveis para tentar descobrir as causas, forma de tratamento e incidência de mortalidade da doença. Um dos chamamentos da exposição é para o câncer de pele, considerando que dezembro é marcado por uma campanha de conscientização em torno da doença, embora no momento, o Laboratório trabalhe com todos os tipos de câncer, como o de próstata, mama, colo, cabeça e pescoço entre outros.

O Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde desenvolve seu trabalho nas dependências do Hospital da FAP, onde é prestada assistência a pacientes com câncer de mama, próstata, cabeça e pescoço. Esse laboratório envolve a demanda de vários projetos, a exemplo do de Epidemiologia, que é a fonte básica que subsidia as demais iniciativas científicas em função dos indicadores que são produzidos. Outro projeto avalia a questão da fadiga e qualidade de vida dos pacientes com câncer durante o tratamento da doença. Em outra iniciativa, um grupo de estudantes, orientados pela professora Railda, trabalha com desenvolvimento de produtos e tecnologias de inovação.

Recentemente, a UEPB conquistou a patente de um sensor eletroquímico que avalia a glutationa de pacientes oncológicos. Glutationa é a proteína encontrada no corpo humano e que se configura como um poderoso antioxidante e desintoxicante protetor das células contra os radicais livres. O LTCS também está trabalhando com um outro equipamento que avalia o ácido lático, considerando que o paciente oncológico tem uma fadiga sistêmica.

Segundo a professora Railda, a maior incidência em termos de câncer feminino é o de mama, enquanto que entre os homens o câncer de próstata lidera as estatísticas. “Nós elegemos como prioridade os cânceres mais incidentes, embora a sociedade precise de esclarecimentos a respeito de todos os tipos de câncer”, disse. Como culminância dos trabalhos do Laboratório no ano de 2017, a equipe pretende fazer um apelo à sociedade em torno do caráter preventivo da doença e, em especial, para a necessidade de implementação de políticas públicas de atenção à saúde nessa área.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Givaldo Cavalcanti

O post Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os números de pessoas acometidas com algum tipo de câncer na Paraíba assistidas pela Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, são preocupantes e ultrapassam os 18 mil casos. A elevada incidência chamou a atenção do Grupo de Pesquisa do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde (LCTS), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Leia Mais...

O post Exposição de projetos do Laboratório de Ciências e Tecnologia em Saúde aborda prevenção e combate ao câncer apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-14 20:08:38 [post_date] => 2017-12-14 17:08:38 [post_modified_gmt] => 2017-12-14 20:08:38 [post_modified] => 2017-12-14 17:08:38 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37846 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-da-uepb-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1a29c3fe7a5eded34ed09f99defd944f [1] => d68e3b591edb1fb9085d9a0d3df4c44c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => exposicao-de-projetos-do-laboratorio-de-ciencias-e-tecnologia-em-saude-aborda-prevencao-e-combate-ao-cancer )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde

Array ( [post_title] => 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde (PPGPS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com o Departamento de Psicologia da Instituição, está realizando até esta quinta-feira (14), o 1º Encontro de Psicologia Social e Saúde. O evento, que marca o encerramento das atividades do Programa este ano, acontece no Auditório do Departamento de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande

O objetivo da iniciativa é reunir professores, estudantes e profissionais da área da Saúde no intuito de promover a socialização e a reflexão sobre atividades de pesquisa e intervenção no campo da Saúde, a partir da Psicologia Social. Palestras, mesas redondas, rodas de conversas e oficinas integram a programação desenvolvidas pela iniciativa.

O Encontro foi aberto oficialmente na manhã desta quarta-feira (13) pela professora Sibelle Maria Martins de Barros, coordenadora do PPGPS; pela coordenadora do curso de Psicologia, professora Ana Cristina; e pelo professor Leconte de Lisle Coelho Junior, que também faz parte da organização do evento. Antes dos debates, as professoras organizadoras enfatizaram a importância do evento e do envolvimento dos futuros psicólogos na iniciativa.

A professora Sibelle Martins ressaltou que a proposta inicial foi mostrar a contribuição da Psicologia Social para o campo da Saúde, além de unir os alunos de graduação com os estudantes do Mestrado. Os professores também estão refletindo sobre as políticas públicas nessa área, as práticas realizadas pelos alunos da UEPB e o futuro da profissão. “Nosso objetivo é publicizar o que estamos realizando de pesquisa nesse campo e quais as contribuições delas. Esse é um momento de pensarmos um pouco a Saúde a partir do olhar da Psicologia Social”, destacou.

A Psicologia Social procura estudar o indivíduo em sua interação constante, procurando analisar os fenômenos que ocasionam o sofrimento, a felicidade e outros aspectos da vida humana. “Na interação social a gente procura produzir conhecimento e práticas. Partimos do pressuposto de que o indivíduo também pode transformar a sua realidade”, observou a professora Sibelle.

Coordenadora do curso, a professora Ana Cristina destacou a importância da Psicologia Social para a formação do psicólogo. Ela observou que os professores do curso entendem que a formação do aluno não se constitui como uma formação restrita aos componentes curriculares, mas precisa ser ampla, completa e transcender o ambiente de sala de aula.

Mesa redonda aborda loucura, razão, cultura, parto e crenças

A primeira mesa redonda foi centrada nos temas “A loucura em movimento”, “Razão e Cultura: crenças no campo da saúde” e “O parto do SUS: representações sociais de puérperas, familiares e profissionais de saúde”. A mesa teve como debatedoras as professoras Maria de Fátima de Souza Santos, do programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Renata Lira dos Santos Aléssio, também da UFPE; e Sibelle Maria Martins, da UEPB.

Primeira a falar, a professora Maria de Fátima de Souza discorreu sobre o tema da loucura a partir do olhar da imprensa. Antes de abordar o assunto ela procurou fazer uma contextualização histórica e política que favoreceram a reforma psiquiátrica. Citou a Ditadura Militar iniciada em 1964, a censura, a anistia dos presos políticos até o advento da Constituição de 1988. A ideia foi realizar um trabalho de representações sociais a partir de matérias veiculadas na imprensa brasileira sobre o tema.

Para realizar a sua pesquisa, a professora tomou como fonte o Jornal Folha de São Paulo, que publicou entre 2010 a 2015 mas de seis mil matérias abordando o tema. Segundo apontou, a pesquisa com o tema “loucura” foi tratada de diferentes formas por segmentos da imprensa brasileira, após a reforma psiquiátrica. “A loucura é um tema polêmico e marcado por mudanças ao longo da história”, frisou.

Ao fazer uma abordagem sobre as concepções de conceitos de crenças na Psicologia, a professora Renata Lira relatou que os psicólogos têm trabalhado esse tema. A especialista procurou desmistificar a ideia de que as crenças, muitas delas diferentes das defendidas pelos profissionais de Saúde, podem atrapalhar no tratamento dos pacientes. Ela afirmou que é possível para os profissionais da área trabalharem um tema tão distante do universo comum, havendo convergência entre os dois campos. “Essas crenças são concebidas como sendo crenças que atrapalham. Mas não é bem assim. Elas podem ajudar e muito se forem bem incluídas no tratamento”, afirmou.

As atividades abertas ao público prosseguiram à tarde com as rodas de conversas “Experiências em movimentos sociais na Paraíba: discutindo premissas de intervenção”; coordenada pelo professor Leconte de Lisle Coelho; e “Humanização dos cuidados em saúde”; coordenada pelas professoras Jurcileia Medeiros, Danila Aciole e Vanessa Pequeno do Mestrandas do PPGPS. À tarde também aconteceu a oficina “Potências e processos inventivos: o uso do teatro do oprimido como estratégia para a promoção da saúde e ética do cuidado”, ministrada pelas professoras Jullyane Rocha, Lisandra Souza e Elizama Melo, todas mestrandas do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde da UEPB.

O evento continua nesta quinta-feira com a mesa redonda “Práticas em Psicologia Social”, com o professor Genaro Ieno Neto, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), além das rodas de conversa e oficinas.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

 

O post 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde (PPGPS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com o Departamento de Psicologia da Instituição, está realizando até esta quinta-feira (14), o 1º Encontro de Psicologia Social e Saúde. O evento, que marca o encerramento das atividades do Programa este ano, acontece no Auditório do Departamento Leia Mais...

O post 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-13 19:28:41 [post_date] => 2017-12-13 16:28:41 [post_modified_gmt] => 2017-12-13 19:28:41 [post_modified] => 2017-12-13 16:28:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37782 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 22a2dd08330fcc51add3261c7bdcd521 [1] => dfa8cab8733b5a7d298f15df1c8e1e04 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde

Array ( [post_title] => 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde [post_content] => Clique para exibir o slide.

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde (PPGPS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com o Departamento de Psicologia da Instituição, está realizando até esta quinta-feira (14), o 1º Encontro de Psicologia Social e Saúde. O evento, que marca o encerramento das atividades do Programa este ano, acontece no Auditório do Departamento de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande

O objetivo da iniciativa é reunir professores, estudantes e profissionais da área da Saúde no intuito de promover a socialização e a reflexão sobre atividades de pesquisa e intervenção no campo da Saúde, a partir da Psicologia Social. Palestras, mesas redondas, rodas de conversas e oficinas integram a programação desenvolvidas pela iniciativa.

O Encontro foi aberto oficialmente na manhã desta quarta-feira (13) pela professora Sibelle Maria Martins de Barros, coordenadora do PPGPS; pela coordenadora do curso de Psicologia, professora Ana Cristina; e pelo professor Leconte de Lisle Coelho Junior, que também faz parte da organização do evento. Antes dos debates, as professoras organizadoras enfatizaram a importância do evento e do envolvimento dos futuros psicólogos na iniciativa.

A professora Sibelle Martins ressaltou que a proposta inicial foi mostrar a contribuição da Psicologia Social para o campo da Saúde, além de unir os alunos de graduação com os estudantes do Mestrado. Os professores também estão refletindo sobre as políticas públicas nessa área, as práticas realizadas pelos alunos da UEPB e o futuro da profissão. “Nosso objetivo é publicizar o que estamos realizando de pesquisa nesse campo e quais as contribuições delas. Esse é um momento de pensarmos um pouco a Saúde a partir do olhar da Psicologia Social”, destacou.

A Psicologia Social procura estudar o indivíduo em sua interação constante, procurando analisar os fenômenos que ocasionam o sofrimento, a felicidade e outros aspectos da vida humana. “Na interação social a gente procura produzir conhecimento e práticas. Partimos do pressuposto de que o indivíduo também pode transformar a sua realidade”, observou a professora Sibelle.

Coordenadora do curso, a professora Ana Cristina destacou a importância da Psicologia Social para a formação do psicólogo. Ela observou que os professores do curso entendem que a formação do aluno não se constitui como uma formação restrita aos componentes curriculares, mas precisa ser ampla, completa e transcender o ambiente de sala de aula.

Mesa redonda aborda loucura, razão, cultura, parto e crenças

A primeira mesa redonda foi centrada nos temas “A loucura em movimento”, “Razão e Cultura: crenças no campo da saúde” e “O parto do SUS: representações sociais de puérperas, familiares e profissionais de saúde”. A mesa teve como debatedoras as professoras Maria de Fátima de Souza Santos, do programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Renata Lira dos Santos Aléssio, também da UFPE; e Sibelle Maria Martins, da UEPB.

Primeira a falar, a professora Maria de Fátima de Souza discorreu sobre o tema da loucura a partir do olhar da imprensa. Antes de abordar o assunto ela procurou fazer uma contextualização histórica e política que favoreceram a reforma psiquiátrica. Citou a Ditadura Militar iniciada em 1964, a censura, a anistia dos presos políticos até o advento da Constituição de 1988. A ideia foi realizar um trabalho de representações sociais a partir de matérias veiculadas na imprensa brasileira sobre o tema.

Para realizar a sua pesquisa, a professora tomou como fonte o Jornal Folha de São Paulo, que publicou entre 2010 a 2015 mas de seis mil matérias abordando o tema. Segundo apontou, a pesquisa com o tema “loucura” foi tratada de diferentes formas por segmentos da imprensa brasileira, após a reforma psiquiátrica. “A loucura é um tema polêmico e marcado por mudanças ao longo da história”, frisou.

Ao fazer uma abordagem sobre as concepções de conceitos de crenças na Psicologia, a professora Renata Lira relatou que os psicólogos têm trabalhado esse tema. A especialista procurou desmistificar a ideia de que as crenças, muitas delas diferentes das defendidas pelos profissionais de Saúde, podem atrapalhar no tratamento dos pacientes. Ela afirmou que é possível para os profissionais da área trabalharem um tema tão distante do universo comum, havendo convergência entre os dois campos. “Essas crenças são concebidas como sendo crenças que atrapalham. Mas não é bem assim. Elas podem ajudar e muito se forem bem incluídas no tratamento”, afirmou.

As atividades abertas ao público prosseguiram à tarde com as rodas de conversas “Experiências em movimentos sociais na Paraíba: discutindo premissas de intervenção”; coordenada pelo professor Leconte de Lisle Coelho; e “Humanização dos cuidados em saúde”; coordenada pelas professoras Jurcileia Medeiros, Danila Aciole e Vanessa Pequeno do Mestrandas do PPGPS. À tarde também aconteceu a oficina “Potências e processos inventivos: o uso do teatro do oprimido como estratégia para a promoção da saúde e ética do cuidado”, ministrada pelas professoras Jullyane Rocha, Lisandra Souza e Elizama Melo, todas mestrandas do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde da UEPB.

O evento continua nesta quinta-feira com a mesa redonda “Práticas em Psicologia Social”, com o professor Genaro Ieno Neto, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), além das rodas de conversa e oficinas.

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

 

O post 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Saúde (PPGPS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com o Departamento de Psicologia da Instituição, está realizando até esta quinta-feira (14), o 1º Encontro de Psicologia Social e Saúde. O evento, que marca o encerramento das atividades do Programa este ano, acontece no Auditório do Departamento Leia Mais...

O post 1º Encontro de Psicologia Social é aberto com debate sobre loucura e crenças no campo da Saúde apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-13 19:28:41 [post_date] => 2017-12-13 16:28:41 [post_modified_gmt] => 2017-12-13 19:28:41 [post_modified] => 2017-12-13 16:28:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37782 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 22a2dd08330fcc51add3261c7bdcd521 [1] => dfa8cab8733b5a7d298f15df1c8e1e04 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 [3] => 10 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 1o-encontro-de-psicologia-social-e-aberto-com-debate-sobre-loucura-e-crencas-no-campo-da-saude )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia

Array ( [post_title] => PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital para seleção de três alunos para comporem o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Farmácia, do Câmpus de Campina Grande. Os interessados devem efetuar inscrição nos dias 14 e 15 de dezembro, através do endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br/.

Podem se inscrever para o PET Farmácia os alunos que estiverem cursando entre o 2º e o 5º período. A avaliação do processo seletivo será composta por prova escrita, entrevista e análise do Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE). A prova escrita será realizada no dia 20 de dezembro, das 16h às 18h, na Sala de Vídeo do Departamento de Farmácia.

Após a inscrição online, os candidatos devem comparecer à sala do PET para entrega das cópias autenticadas do formulário de inscrição devidamente preenchido; termo de compromisso em que declara não ser aluno bolsista da UEPB ou de qualquer outra instituição e ter disponibilidade de 20 horas semanais para dedicação ao PET; RG; CPF; comprovante de residência; comprovante de matrícula (RDM); histórico escolar comprovando Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE) maior ou igual a 7,0 (sete) e uma foto 3×4 recente.

A lista dos classificados será divulgada na Secretaria do curso, no endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br e no site da UEPB até o dia 22 de dezembro. Confira o edital completo clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital para seleção de três alunos para comporem o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Farmácia, do Câmpus de Campina Grande. Os interessados devem efetuar inscrição nos dias 14 e 15 de dezembro, através do endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br/. Podem se inscrever Leia Mais...

O post PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-13 14:32:41 [post_date] => 2017-12-13 11:32:41 [post_modified_gmt] => 2017-12-13 14:32:41 [post_modified] => 2017-12-13 11:32:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37768 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 123fb46c7eb84cde6b0f7527b13ac8ea [1] => 94ad3f121050c67803d6615d12e56e69 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 [3] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia

Array ( [post_title] => PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia [post_content] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital para seleção de três alunos para comporem o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Farmácia, do Câmpus de Campina Grande. Os interessados devem efetuar inscrição nos dias 14 e 15 de dezembro, através do endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br/.

Podem se inscrever para o PET Farmácia os alunos que estiverem cursando entre o 2º e o 5º período. A avaliação do processo seletivo será composta por prova escrita, entrevista e análise do Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE). A prova escrita será realizada no dia 20 de dezembro, das 16h às 18h, na Sala de Vídeo do Departamento de Farmácia.

Após a inscrição online, os candidatos devem comparecer à sala do PET para entrega das cópias autenticadas do formulário de inscrição devidamente preenchido; termo de compromisso em que declara não ser aluno bolsista da UEPB ou de qualquer outra instituição e ter disponibilidade de 20 horas semanais para dedicação ao PET; RG; CPF; comprovante de residência; comprovante de matrícula (RDM); histórico escolar comprovando Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE) maior ou igual a 7,0 (sete) e uma foto 3×4 recente.

A lista dos classificados será divulgada na Secretaria do curso, no endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br e no site da UEPB até o dia 22 de dezembro. Confira o edital completo clicando AQUI.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital para seleção de três alunos para comporem o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Farmácia, do Câmpus de Campina Grande. Os interessados devem efetuar inscrição nos dias 14 e 15 de dezembro, através do endereço eletrônico http://petfarmaciauepb.webnode.com.br/. Podem se inscrever Leia Mais...

O post PROGRAD seleciona estudantes para atuar no Programa de Educação Tutorial do Curso de Farmácia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-13 14:32:41 [post_date] => 2017-12-13 11:32:41 [post_modified_gmt] => 2017-12-13 14:32:41 [post_modified] => 2017-12-13 11:32:41 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37768 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 123fb46c7eb84cde6b0f7527b13ac8ea [1] => 94ad3f121050c67803d6615d12e56e69 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 13 [3] => 25 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => prograd-seleciona-estudantes-para-atuar-no-programa-de-educacao-tutorial-do-curso-de-farmacia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física

Array ( [post_title] => Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como culminância das atividades de sala de aulas realizadas no ano de 2017 e dos estágios feitos nas escolas públicas de Campina Grande pelos estudantes do 5º, 6º, 7º e 8º períodos, o Departamento de Educação Física (DEF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando a 7ª Mostra Científica de Educação Física e a 4ª Mostra de Estágios. O DEF reúne nas duas mostras mais de 200 alunos e dezenas de professores dos cursos de Licenciatura e de Bacharelado em Educação Física em torno da temática “Produção do Conhecimento na Formação em Educação Física”.

Mesas temáticas, palestras e exposições de trabalhos em forma de banneres, além de defesas de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos graduandos em Educação Física, fazem parte da programação que se estende até quinta-feira (14), das 8h às 12h e das 13h às 17h, no Ginásio de Esportes e nas salas de aulas do Departamento.

A abertura oficial das Mostras aconteceu na manhã desta terça-feira (12) e contou com a presença da pró-reitora Estudantil, professora Núbia Nascimento; do chefe do Departamento de Educação Física, professor José Pereira; do pró-reitor de Infraestrutura, professor Álvaro Luiz; da chefe adjunta do Departamento, professora Dóris Nóbrega; do coordenador de estágios do DEF, professor Ivanildo Alcântara de Sousa; do coordenador da Licenciatura em Educação Física, professor Eduardo Ribeiro Dantas; do coordenador do Bacharelado, professor Coty Wanderley; além do coordenador de Esportes e Lazer da UEPB, professor José Eugênio Eloi Moura.

Representante do reitor Rangel Junior no evento, a pró-reitora Núbia Nascimento parabenizou toda a equipe pelo empenho e os alunos pela dedicação nos estágios. Ela destacou que o estágio é uma etapa importante na vida acadêmica, visto que, por ser pedagógico e científico, prepara o futuro profissional para enfrentar o mercado de trabalho. “Uma mostra como essa precisa ser valorizada. Realizar um estágio não é tarefa fácil e requer muito esforço e determinação. Acompanhar uma turma de estágio é difícil e árduo. Os professores estão de parabéns”, destacou.

Coordenador geral das Mostras, o professor Ivanildo Alcântara de Sousa enfatizou que este ano o evento tomou uma proporção maior, como culminância dos relatórios finais dos estágios abordando diversos temas ligados ao curso. Chefe do Departamento, o professor José Pereira destacou a qualidade dos trabalhos apresentados e ressaltou que a produção científica de alto nível mostra como os alunos do DEF estão sendo preparados para o mercado de trabalho. “Essa mostra tem incentivado os alunos a produzir cientificamente os seus trabalhos. Muitos desses trabalhos são publicados em revistas especializadas nacional e internacional”, frisou.

A conferência de abertura foi ministrada pela professora Maria de Fátima de Sousa, coordenadora geral de estágios e dos programas acadêmicos da Pró-Reitoria de Graduação da UEPB. Em sua palestra, ela destacou a importância do estágio supervisionado para os alunos em todas as modalidades e enfatizou que os alunos devem aproveitar o momento para aperfeiçoar a técnica e colocar em prática os conhecimentos de sala de aula, já na perspectiva do futuro mercado de trabalho. “O Estágio Supervisionado é fundamental na vida dos alunos de Educação Física. É uma conexão teórico-científica, associada a prática que vai complementar toda a formação acadêmica do aluno para que ele possa ser um profissional e um cidadão preparado”, salientou.

Durante a explanação, a professora também mostrou como ocorre toda a formularização necessária para os alunos chegarem ao campo de estágio conforme preconiza a Lei 11.788/2008. Maria de Fátima também fez uma abordagem em torno da preparação do currículo simplificado e como eles devem se comportar nas entrevistas para emprego. Após a palestra, foi aberta a exposição dos trabalhos em forma de banneres. No total, 25 painéis foram expostos com resumo dos trabalhos realizados pelos alunos, sob a supervisão dos professores do DEF, dentro da proposta de promover a divulgação da produção acadêmico-científica e cultural do curso e integração dos alunos.

Os estágios supervisionados dos alunos em licenciatura, (Estágio I – Educação Infantil; Estágio II – Ensino Fundamental; Estágio III – Ensino Médio; e Estágio IV – campo não formal), são realizados em escolas públicas, no EJA e nos ambientes quilombolas, enquanto os alunos do bacharelado estagiam nas academias. Natália Pereira e Thalles Gutemberg são alunos do 5º período e realizaram o estágio na Escola Centenário, no bairro do Catolé. Eles relataram que a experiência foi extremamente gratificante, mas observaram alguns desafios encontrados para desenvolver o trabalho.

Segundo Thales, os alunos do DEF tiveram dificuldade em aplicar o estágio devido ao contexto social em que os alunos da escola estavam inseridos. “Mas com o passar do tempo, a experiência foi melhorando e criamos vínculos com eles. Essa mostra se reveste de muita importância, pois é uma oportunidade de troca de experiência e de vermos a teoria colocada em prática”, afirmou. Natália Pereira também avaliou como proveitosa a Mostra que permite aos alunos colocar em prática o aprendizado de sala de aula e conhecer os trabalhos de outros alunos. Sobre a experiência em realizar o estágio em uma escola pública, ela relatou as dificuldades, principalmente, pelo fato de os alunos ainda estarem acostumados com uma Educação Física a moda antiga. “Tivemos dificuldade de implementar essa nova visão, que é o professor dando aula teórica e prática”, comentou.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

O post Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como culminância das atividades de sala de aulas realizadas no ano de 2017 e dos estágios feitos nas escolas públicas de Campina Grande pelos estudantes do 5º, 6º, 7º e 8º períodos, o Departamento de Educação Física (DEF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando a 7ª Mostra Científica de Educação Física e a Leia Mais...

O post Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-12 15:57:14 [post_date] => 2017-12-12 12:57:14 [post_modified_gmt] => 2017-12-12 15:57:14 [post_modified] => 2017-12-12 12:57:14 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37754 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2a4e2beb20cd53f7d9afa35b5db4f3fb [1] => 1c3d9fb2025482eaa72c79cad3e043af ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física

Array ( [post_title] => Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física [post_content] => Clique para exibir o slide.

Como culminância das atividades de sala de aulas realizadas no ano de 2017 e dos estágios feitos nas escolas públicas de Campina Grande pelos estudantes do 5º, 6º, 7º e 8º períodos, o Departamento de Educação Física (DEF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando a 7ª Mostra Científica de Educação Física e a 4ª Mostra de Estágios. O DEF reúne nas duas mostras mais de 200 alunos e dezenas de professores dos cursos de Licenciatura e de Bacharelado em Educação Física em torno da temática “Produção do Conhecimento na Formação em Educação Física”.

Mesas temáticas, palestras e exposições de trabalhos em forma de banneres, além de defesas de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos graduandos em Educação Física, fazem parte da programação que se estende até quinta-feira (14), das 8h às 12h e das 13h às 17h, no Ginásio de Esportes e nas salas de aulas do Departamento.

A abertura oficial das Mostras aconteceu na manhã desta terça-feira (12) e contou com a presença da pró-reitora Estudantil, professora Núbia Nascimento; do chefe do Departamento de Educação Física, professor José Pereira; do pró-reitor de Infraestrutura, professor Álvaro Luiz; da chefe adjunta do Departamento, professora Dóris Nóbrega; do coordenador de estágios do DEF, professor Ivanildo Alcântara de Sousa; do coordenador da Licenciatura em Educação Física, professor Eduardo Ribeiro Dantas; do coordenador do Bacharelado, professor Coty Wanderley; além do coordenador de Esportes e Lazer da UEPB, professor José Eugênio Eloi Moura.

Representante do reitor Rangel Junior no evento, a pró-reitora Núbia Nascimento parabenizou toda a equipe pelo empenho e os alunos pela dedicação nos estágios. Ela destacou que o estágio é uma etapa importante na vida acadêmica, visto que, por ser pedagógico e científico, prepara o futuro profissional para enfrentar o mercado de trabalho. “Uma mostra como essa precisa ser valorizada. Realizar um estágio não é tarefa fácil e requer muito esforço e determinação. Acompanhar uma turma de estágio é difícil e árduo. Os professores estão de parabéns”, destacou.

Coordenador geral das Mostras, o professor Ivanildo Alcântara de Sousa enfatizou que este ano o evento tomou uma proporção maior, como culminância dos relatórios finais dos estágios abordando diversos temas ligados ao curso. Chefe do Departamento, o professor José Pereira destacou a qualidade dos trabalhos apresentados e ressaltou que a produção científica de alto nível mostra como os alunos do DEF estão sendo preparados para o mercado de trabalho. “Essa mostra tem incentivado os alunos a produzir cientificamente os seus trabalhos. Muitos desses trabalhos são publicados em revistas especializadas nacional e internacional”, frisou.

A conferência de abertura foi ministrada pela professora Maria de Fátima de Sousa, coordenadora geral de estágios e dos programas acadêmicos da Pró-Reitoria de Graduação da UEPB. Em sua palestra, ela destacou a importância do estágio supervisionado para os alunos em todas as modalidades e enfatizou que os alunos devem aproveitar o momento para aperfeiçoar a técnica e colocar em prática os conhecimentos de sala de aula, já na perspectiva do futuro mercado de trabalho. “O Estágio Supervisionado é fundamental na vida dos alunos de Educação Física. É uma conexão teórico-científica, associada a prática que vai complementar toda a formação acadêmica do aluno para que ele possa ser um profissional e um cidadão preparado”, salientou.

Durante a explanação, a professora também mostrou como ocorre toda a formularização necessária para os alunos chegarem ao campo de estágio conforme preconiza a Lei 11.788/2008. Maria de Fátima também fez uma abordagem em torno da preparação do currículo simplificado e como eles devem se comportar nas entrevistas para emprego. Após a palestra, foi aberta a exposição dos trabalhos em forma de banneres. No total, 25 painéis foram expostos com resumo dos trabalhos realizados pelos alunos, sob a supervisão dos professores do DEF, dentro da proposta de promover a divulgação da produção acadêmico-científica e cultural do curso e integração dos alunos.

Os estágios supervisionados dos alunos em licenciatura, (Estágio I – Educação Infantil; Estágio II – Ensino Fundamental; Estágio III – Ensino Médio; e Estágio IV – campo não formal), são realizados em escolas públicas, no EJA e nos ambientes quilombolas, enquanto os alunos do bacharelado estagiam nas academias. Natália Pereira e Thalles Gutemberg são alunos do 5º período e realizaram o estágio na Escola Centenário, no bairro do Catolé. Eles relataram que a experiência foi extremamente gratificante, mas observaram alguns desafios encontrados para desenvolver o trabalho.

Segundo Thales, os alunos do DEF tiveram dificuldade em aplicar o estágio devido ao contexto social em que os alunos da escola estavam inseridos. “Mas com o passar do tempo, a experiência foi melhorando e criamos vínculos com eles. Essa mostra se reveste de muita importância, pois é uma oportunidade de troca de experiência e de vermos a teoria colocada em prática”, afirmou. Natália Pereira também avaliou como proveitosa a Mostra que permite aos alunos colocar em prática o aprendizado de sala de aula e conhecer os trabalhos de outros alunos. Sobre a experiência em realizar o estágio em uma escola pública, ela relatou as dificuldades, principalmente, pelo fato de os alunos ainda estarem acostumados com uma Educação Física a moda antiga. “Tivemos dificuldade de implementar essa nova visão, que é o professor dando aula teórica e prática”, comentou.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Edvânia Barbosa

O post Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Como culminância das atividades de sala de aulas realizadas no ano de 2017 e dos estágios feitos nas escolas públicas de Campina Grande pelos estudantes do 5º, 6º, 7º e 8º períodos, o Departamento de Educação Física (DEF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando a 7ª Mostra Científica de Educação Física e a Leia Mais...

O post Mais de 200 alunos apresentam experiências na 7ª Mostra Científica e 4ª Mostra de Estágios em Educação Física apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-12 15:57:14 [post_date] => 2017-12-12 12:57:14 [post_modified_gmt] => 2017-12-12 15:57:14 [post_modified] => 2017-12-12 12:57:14 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37754 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2a4e2beb20cd53f7d9afa35b5db4f3fb [1] => 1c3d9fb2025482eaa72c79cad3e043af ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mais-de-200-alunos-apresentam-experiencias-na-7a-mostra-cientifica-e-4a-mostra-de-estagios-em-educacao-fisica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Pós em Ciências Farmacêuticas realiza 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos

Array ( [post_title] => Pós em Ciências Farmacêuticas realiza 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos [post_content] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro de 2018 a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos. O evento apresenta temas relevantes sobre plantas medicinais e fitoterápicas, a partir de explanações de pesquisadores nas áreas de Tecnologia Farmacêutica e Controle de Qualidade de Medicamentos. A atividade é uma iniciativa do Laboratório de Desenvolvimento e Ensaios de Medicamentos (LABDEM) da Instituição.

Serão realizadas durante os quatro dias de evento várias palestras, além da oferta de cinco minicursos que abordarão temas das áreas em destaque. De acordo com a professora Ana Cláudia Dantas Medeiros, coordenadora do LABDEM, a principal contribuição do evento será despertar nos participantes a importância da produção de medicamentos fitoterápicos para o setor produtivo nacional e para a sociedade, através das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, enfatizando a importância da utilização das drogas vegetais padronizadas e seus respectivos usos para a população assistida pelo SUS.

“Esperamos consolidar a parceria com os grupos de pesquisas e desenvolvimento tecnológico nacional, tendo como consequência o aumento tanto no número quanto na qualidade dos produtos desenvolvidos pela UEPB, pelas publicações, pelos trabalhos apresentados em eventos, bem como nas orientações de doutorado, mestrado e iniciação científica”, projetou a professora, ressaltando que todos os pesquisadores palestrantes e ministrante de oficinas são oriundos de grandes centros de pesquisa na área.

Os minicursos à disposição para os participantes são os seguintes: “Atividade antimicrobiana”, “Farmacologia de Produtos Naturais”, “Assistência farmacêutica de medicamentos fitoterápicos”, “Farmacêutica aplicada a medicamentos fitoterápicos” e “Fitoquímica”. Todos os participantes receberão certificado com 40 horas/aula pela frequência no evento. As atividades da 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos devem acontecer no Departamento de Farmácia da UEPB, localizado no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Câmpus de Bodocongó.

Mais informações sobre o evento estão disponíveis no site http://labdemuepb.wixsite.com/evfit.

 

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Pós em Ciências Farmacêuticas realiza 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promoverá entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro de 2018 a segunda edição da Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos. O evento apresenta temas relevantes sobre plantas medicinais e fitoterápicas, a partir de explanações de pesquisadores Leia Mais...

O post Pós em Ciências Farmacêuticas realiza 2ª Escola de Verão em Desenvolvimento de Medicamentos Fitoterápicos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2017-12-06 20:13:54 [post_date] => 2017-12-06 17:13:54 [post_modified_gmt] => 2017-12-06 20:13:54 [post_modified] => 2017-12-06 17:13:54 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=37599 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pos-em-ciencias-farmaceuticas-promove-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pos-em-ciencias-farmaceuticas-promove-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 9 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pos-em-ciencias-farmaceuticas-promove-2a-escola-de-verao-em-desenvolvimento-de-medicamentos-fitoterapicos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => f1a2c5084133c9c4cb4babcff593daf0 [1] => 4947fd93b5f60b072f3fdeaa0787f2fd ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 15 [1] => 5 [2] => 10 ) [post_tag] => Array (