CCSA

CCSA

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Cursos sobem de conceito na avaliação do Enade e UEPB fica em 2º lugar no ranking das IES da Paraíba

31 de maio de 2021

Em busca pela excelência em seus cursos de graduação, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) continua ocupando posição de destaque no que diz respeito à avaliação de qualidade de Instituições de Ensino Superior (IES) no País. O bom desempenho da Instituição foi atestado em mais um indicador de qualidade do Ministério da Educação (MEC). Na avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2018 e 2019, nove cursos da UEPB obtiveram notas 3 e 4.

Graças a esse bom desempenho, a Universidade Estadual ficou em 2º lugar, com 61,1% dos cursos avaliados com notas máximas. Dois cursos superiores da Instituição receberam conceito 4 em 2019, em uma escala que possui 5 como nota máxima, enquanto dois mantiveram essa nota alcançada na avaliação do ano anterior.

Obtiveram esse desempenho os cursos de Farmácia e Engenharia Ambiental, no Câmpus I, e Engenharia Civil, no Câmpus VIII, em Araruna. Engenharia Ambiental e Engenharia Civil já haviam alcançado o concento 4 na avaliação anterior. Em 2018 o destaque foi o curso de Serviço Social, Câmpus I, que também subiu para nota 4. Conquistaram nota 3 os cursos de Odontologia nos câmpus I e VIII, Fisioterapia, Enfermagem e Bacharelado em Educação Física, no Câmpus I,

Os Indicadores de Qualidade da Educação Superior são divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Esse resultado indica que os cursos da UEPB submetidos ao Enade atingiram nível de qualidade satisfatória para o Ministério, o que atesta o esforço da Universidade na busca pela excelência. Nesta última avaliação, o destaque foi o curso de Educação Física, que apesar de novo, em sua primeira participação no Enade já obteve uma avaliação exitosa, ficando com a nota 3.

Já o curso de Serviço Social, que era avaliado até 2016 junto aos cursos da área de Saúde, em 2018 mudou de ciclo avaliativo, por isto teve avaliação num ciclo bienal e não trienal. Os cursos de Engenharia mudaram de ciclo avaliativo em 2019, por isso teve avaliação num ciclo bienal e não trienal. O pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão, destacou que essa evolução das notas do Enade é resultado dos investimentos que a Instituição vem fazendo para qualificar a formação em nível de graduação.

Ele enfatizou que a UEPB tem como missão contribuir para o desenvolvimento social, científico e tecnológico da Paraíba. Para isso, tem investido na consolidação dos cursos de Graduação, bem como na Pesquisa e Extensão, ligadas à qualidade do ensino. “No que se refere aos cursos de Graduação nós tivemos muitos avanços, de modo geral, na capacitação dos docentes. Quase 100% de nosso quadro é composto por mestre e doutores. Essa é uma Universidade que investe na qualificação docente”, destacou.

O professor Eli também destacou a atualização de todos os projetos pedagógicos dos cursos, além do investimento na infraestrutura, fatos que buscam potencializar a capacidade de ensino na UEPB. Ele também citou o crescimento de programas como o de apoio acadêmico, e os de assistência social e estudantil, para garantir a inclusão e a permanência do estudante na Universidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Farmácia: trabalho conjunto de corpo docente e discente reflete na nota do Enade

Instalado dentro do Centro de Ciências Biológicas da Saúde (CCBS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), o curso de Farmácia foi um dos destaques no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2019, obtendo a nota 4. A coordenação do Curso, que tem a frente a professora Vanda Lúcia, destacou que essa conquista é fruto do esforço do corpo discente, composto atualmente por aproximadamente 250 estudantes, e do trabalho do corpo docente, entre os quais configuram 33 professores, na maioria doutores, que assumiram o compromisso de estabelecer uma formação focada em atender as Diretrizes Curriculares Nacionais e a demanda do mercado de trabalho vigente.

A qualidade dos projetos e programas desenvolvidos no curso também contribuiu para o resultado positivo na nota do Enade. De acordo com a coordenadora adjunta, professora Karlete Vania Mendes Vieira, o Projeto Pedagógico com formação generalista foi um dos pioneiros do Nordeste, implantado no ano de 2004, primando por formar o aluno dentro dos princípios humanistas preconizados pelo Ministério da Educação, inclusive possui 11% a mais da carga horária mínima exigida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).

Dentre os programas desenvolvidos pelo curso de Farmácia, a Coordenação enfatizou os serviços prestados à comunidade pelo Centro de Atendimento e Assistência Toxicológica (CIATOX-CG), que funciona nas dependências do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, referência no Estado para casos de intoxicações; além do trabalho do Centro de Informações sobre Medicamentos (CIM), programa que funciona nas dependências da Farmácia Escola.

O Curso conta também com o Programa de Educação Tutorial (PET) na área de Cuidado Farmacêutico e que possibilita aos estudantes atuarem de forma efetiva em ações de Ensino, Pesquisa e Extensão. “Este resultado do Enade também reflete e ratifica a qualidade do ensino na Universidade Estadual da Paraíba. A gestão da UEPB tem participação efetiva nas excelentes instalações físicas oferecidas, que foram recentemente reformadas, contando com salas de aulas e laboratórios climatizados e com acabamento diferenciado”, destacou a professora.

Texto: Severino Lopes