CCSA

CCSA

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social

INFORMAÇÕES GERAIS

Coordenação do Curso

  • Profª. Patrícia Crispim Moreira
  • pcrispim1@hotmail.com

Coordenadora Adjunta

  • Profª. Maria do Socorro Pontes de Souza
  • pontefelix@hotmail.com

Secretários

  • Givaldo Falcão de Abreu
  • Maria de Lurdes Mangueira
  • Maurício Cruz

Modalidade: bacharelado

Titulação: Bacharel em Serviço Social

Criação do curso: Instrumento de Autorização nº 47.245/59

Reconhecimento do Curso: Decreto No. 55667 de 01/02/1965

Código do Curso: 24

Regime de matrícula: semestral

Regime de funcionamento: semestral

Carga horária: 3.144 horas

Duração mínima: 04 anos para o curso diurno (08 semestres) e 05 anos para o noturno (10 semestres)

Duração máxima: 06 anos para o curso diurno (12 semestres) e de 07 anos para o noturno (14 semestres)

Estágio Supervisionado: 480hs, distribuídas em três semestres letivos

Histórico Do Curso De Serviço Social
Histórico Do Curso De Serviço Social
Histórico do Curso de Serviço Social.pdf
119.4 KiB
2105 Downloads
Detalhes

 

Contatos

Telefone: (83) 3344-5303

Email: coordenacaoservicosocialuepb@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100005466285896 (Coordenacao UEPB)

 

Localização

Sala 307, Central de Integração Acadêmica.

 

Objetivos do curso

O curso de graduação em Serviço Social da UEPB tem como objetivo principal formar profissionais habilitados com capacitação teórica, metodológica, ética e política, que permita uma ação crítico-propositiva, investigativa e interventiva na realidade social. Os objetivos específicos do curso são:

  • Formar profissionais com capacidade para apreender criticamente a sociabilidade burguesa, sua formação e suas contradições, bem como a particularidade da formação da sociedade brasileira e de sua inserção no modo capitalista de produção;
  • Promover a reflexão acerca das transformações no mundo do trabalho e das particularidades da inserção do Brasil na Divisão Internacional do trabalho;
  • Capacitar os discentes para a compreensão crítica dos fundamentos da Questão Social e das suas expressões tradicionais e emergentes na contemporaneidade;
  • Favorecer a compreensão da articulação entre as dimensões teórico-metodológica, ético-política e técnico-operativa na prática profissional;
  • Preparar os discentes para a atuação profissional nos vários espaços sócio-ocupacionais;
  • Capacitar o futuro profissional para as novas demandas do mercado, mediante competência profissional que remeta à pesquisa, à produção de conhecimento e às alternativas de intervenção, tendo como parâmetro o Projeto Ético-Político Profissional e o Código de Ética profissional.
  • Capacitar os discentes para um processo de formação contínua, no sentido de favorecer a inserção nos programas de pós-graduação tanto da Região Nordeste, quanto em âmbito nacional.

 

Composição Curricular

Composição Curricular

 

Centro Acadêmico

E-mail: ca.oitodemarco@gmail.com

Facebook: <https://www.facebook.com/cass.uepb?fref=ts> (CASS UEPB )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas

Array ( [post_title] => Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas [post_content] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto de jornalismo digital da Instituição, nasceu despretensioso, em 3 de junho de 2005, na antiga sede do Departamento de Comunicação (DECOM), no bairro de São José, como parte do componente curricular “Novas Tecnologias da Informação e Comunicação”.

Inicialmente, uma turma de 30 alunos, supervisionada pelo professor Fernando Firmino da Silva, integrou o projeto, que tinha o objetivo inicial de envolver estudantes de Jornalismo na cobertura dos festejos juninos de Campina Grande. A ideia era acompanhar o Maior São João do Mundo e divulgar os eventos da festa em um site. Idealizado pelos professores Fernando Firmino e Águeda Cabral (in memoriam), o “Repórter Junino” transcendeu a sala de aula, ganhou notoriedade e se tornou um celeiro de profissionais da imprensa.

Vários jornalistas que hoje atuam na imprensa local, passaram pelo projeto. Quinze anos depois de lançar a primeira semente e após vivenciar diversas experiências produtivas, Fernando conta que pensou no projeto devido a disciplina que ministrava ser mais teórica e os alunos sentirem a necessidade de produzir algo prático. A entrada da professora Águeda Cabral, uma grande parceira da iniciativa, deu o caráter mais cultural do projeto.

O “Repórter Junino” se tornou, então, um laboratório de Jornalismo que atua como se fosse uma redação de jornal. Nele, os alunos fazem entrevista, elaboram pauta, colhem informações, tiram fotos, gravam vídeos e produzem matérias e documentários usando todos os recursos da tecnologia. Fernando reforça que os alunos que trabalham no projeto ganham uma visibilidade maior no mercado de trabalho, pois o a iniciativa já é uma referência nos meios de comunicação e enriquece o currículo do participante. “O ‘Repórter Junino’ tem servido efetivamente como um laboratório de produção, porque o aluno está sendo acompanhado por um professor, que os ajudam a amadurecer seus textos”, destaca.

Como os alunos são credenciados na Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), eles têm acesso à Central de Imprensa montada no Parque do Povo e, consequentemente, a outros profissionais, conhecendo assim os bastidores da produção de reportagens. Muitos, ao término das edições do São João, são chamados para estágio em veículos de comunicação tradicionais da cidade, devido à sua performance na cobertura dos festejos juninos. Em média, três ou quatro alunos são chamados para estágio a partir do “Repórter Junino”.

Uma das características do projeto é produzir matérias com um olhar diferenciado da mídia. Isso, porque o forte do projeto é valorizar a cultura popular nordestina e os costumes locais, o que leva os futuros jornalistas a se aproximarem dos quadrilheiros, dos trios de forró e outros personagens que dão vida à festa junina. Algumas reportagens produzidas e veiculadas no site do “Repórter Junino” chegaram a virar pautas dos telejornais locais.

Fernando Firmino conta que, nos anos seguintes ao seu início, com o projeto em crescimento e evoluindo nas coberturas dos festejos juninos, mais de 100 estudantes participaram das atividades jornalísticas em cada edição. Em 15 anos, mais de 1.400 alunos de Jornalismo já passaram pelo projeto. Nos primeiros anos, a média de estudantes selecionados para atuar na iniciativa era de 100 graduandos. No decorrer dos anos, por questões de logística, esse número foi reduzido e, hoje, cerca de 70 alunos são selecionados para fazer parte das novas edições.

Vários professores já colaboraram com o projeto, principalmente quando Fernando se afastou da UEPB para fazer o seu Doutorado, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a exemplo de Arão Azevedo, Roberto Faustino, Verônica Oliveira, Patrícia Rios, entre outros. Atualmente, integram o projeto os professores Rostand Melo, Kleyton Canuto e Arão Azevedo, do Curso de Jornalismo da UEPB, e os professores do Curso de Educomunicação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Rosildo Brito e Diogo Lopes.

Com seu crescimento, o “Repórter Junino ” não se limitou apenas a cobrir o Maior São João do Mundo, mas passou a abrir espaço para que alunos de outros estados se dedicassem às coberturas de eventos culturais e virou uma memória digital de festejos juninos de cidades nordestinas da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará. O resultado é a construção de um valoroso banco de dados com informações, fotos, vídeos, matérias sobre a cultura regional, o que se constitui um legado para a posteridade.

Ao longo desses 15 anos, o “Repórter Junino” celebrou parcerias com importantes universidades nacionais e internacionais, que enviaram alunos para cobrir o São João de Campina Grande, a exemplo da UFCG; da Universidade de Ciências Aplicadas de Koblenz, na Alemanha; Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Arão Azevedo, essas parceiras fortalecem o projeto e trazem novas visões aos participantes.

Em 2010, o Itaú Cultural reconheceu o “Repórter Junino” como um dos principais projetos de laboratório no Brasil, considerado também um dos mais antigos em atividade e que reúne em sua equipe uma quantidade de alunos muito grande. Ao celebrar 15 anos, os idealizadores garantem que o projeto ajuda na consciência dos alunos sobre os valores das culturas populares, a preservação delas, mesmo as coberturas não deixando de fora os cantores midiáticos do momento. O projeto prioriza, no entanto, os artistas que têm menos espaço na grande mídia, como os trios de forró, com matérias humanizadas. Tanto é que, no ano passado, o “Repórter Junino” realizou o 1º Simpósio do Forró, com a ideia de centrar no principal ritmo da cultura nordestina.

Para este ano, os coordenadores do projeto estavam preparando uma série de atividades para marcar o 15º aniversário, mas teve que repensar a programação devido à pandemia de Covid-19. Desta forma, o projeto deve executar algumas atividades utilizando as tecnologias digitais. Uma das propostas, indicada pelo jornalista Hipólito Lucena, é a realização de um webinário, em uma parceria com a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da UEPB, para divulgar o papel da cultura nordestina, os 15 anos do projeto e discutir o São João de uma forma geral.

Concluinte do Curso de Jornalismo, Rayane Brito, diz que o projeto foi relevante na sua formação profissional e uma rica experiência de trabalho prático. “Participar da projeto me ajudou não só a desenvolver a escrita jornalística, como também apurar meu olhar fotográfico. Além de produzir fotos que transmitissem por si só a notícia, conquistei diversos clientes ao longo dessa jornada, o que facilitou meu ingresso no mercado de trabalho e me abriu portas em grandes empresas de comunicação de Campina Grande. O ‘Repórter Junino’, sem sombra de dúvidas, foi meu maior laboratório. Sou grata por fazer parte dessa história”, comenta Rayane, que atua no projeto como fotógrafa e repórter há quatro anos.

Diego Martins, aluno de Educomunicação da UFCG, também considera o projeto um grande laboratório que lhe permitiu viver a prática do jornalismo. “É uma grande escola, que me permitiu colocar em prática muito do que aprendi na Universidade. A experiência com as rotinas de produção, redação e cobertura ganham um gosto a mais quando o assunto é São João, mais ainda quando nos é possível resgatar a identidade cultural dos festejos através da notícia. Enquanto aluno de Educomunicação, curso que tem parceria com o projeto, entendo que o ‘Repórter Junino’ abrange diversas práticas da interface Comunicação e Educação e, mesmo sendo de outra instituição, me sinto em casa”, revela o estudante.

Já Miranize Ferreira, aluna de Educomunicação, destaca que o projeto foi enriquecedor e possibilitou que ela aprendesse a prática na área de Comunicação. “O ‘Repórter Junino’, além de me dar a oportunidade de aprender e praticar, fez com que eu, que até então não sabia que área da Comunicação seguir, descobrisse o que quero, que é atuar como repórter ou redatora, além de abrir várias portas para atuar nessa área. Graças a experiência de ter feito parte desse projeto, sou repórter de um dos maiores times da Paraíba”, celebra Miranize.

Texto: Severino Lopes
Imagens: Arquivo Repórter Junino

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto Leia Mais...

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_date] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified] => 2020-06-09 18:58:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55910 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 10cd77671fb4cf17228bd9e153a570e5 [1] => 1eb169f9cce0a9cc92f89ea5153359b2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas

Array ( [post_title] => Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas [post_content] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto de jornalismo digital da Instituição, nasceu despretensioso, em 3 de junho de 2005, na antiga sede do Departamento de Comunicação (DECOM), no bairro de São José, como parte do componente curricular “Novas Tecnologias da Informação e Comunicação”.

Inicialmente, uma turma de 30 alunos, supervisionada pelo professor Fernando Firmino da Silva, integrou o projeto, que tinha o objetivo inicial de envolver estudantes de Jornalismo na cobertura dos festejos juninos de Campina Grande. A ideia era acompanhar o Maior São João do Mundo e divulgar os eventos da festa em um site. Idealizado pelos professores Fernando Firmino e Águeda Cabral (in memoriam), o “Repórter Junino” transcendeu a sala de aula, ganhou notoriedade e se tornou um celeiro de profissionais da imprensa.

Vários jornalistas que hoje atuam na imprensa local, passaram pelo projeto. Quinze anos depois de lançar a primeira semente e após vivenciar diversas experiências produtivas, Fernando conta que pensou no projeto devido a disciplina que ministrava ser mais teórica e os alunos sentirem a necessidade de produzir algo prático. A entrada da professora Águeda Cabral, uma grande parceira da iniciativa, deu o caráter mais cultural do projeto.

O “Repórter Junino” se tornou, então, um laboratório de Jornalismo que atua como se fosse uma redação de jornal. Nele, os alunos fazem entrevista, elaboram pauta, colhem informações, tiram fotos, gravam vídeos e produzem matérias e documentários usando todos os recursos da tecnologia. Fernando reforça que os alunos que trabalham no projeto ganham uma visibilidade maior no mercado de trabalho, pois o a iniciativa já é uma referência nos meios de comunicação e enriquece o currículo do participante. “O ‘Repórter Junino’ tem servido efetivamente como um laboratório de produção, porque o aluno está sendo acompanhado por um professor, que os ajudam a amadurecer seus textos”, destaca.

Como os alunos são credenciados na Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), eles têm acesso à Central de Imprensa montada no Parque do Povo e, consequentemente, a outros profissionais, conhecendo assim os bastidores da produção de reportagens. Muitos, ao término das edições do São João, são chamados para estágio em veículos de comunicação tradicionais da cidade, devido à sua performance na cobertura dos festejos juninos. Em média, três ou quatro alunos são chamados para estágio a partir do “Repórter Junino”.

Uma das características do projeto é produzir matérias com um olhar diferenciado da mídia. Isso, porque o forte do projeto é valorizar a cultura popular nordestina e os costumes locais, o que leva os futuros jornalistas a se aproximarem dos quadrilheiros, dos trios de forró e outros personagens que dão vida à festa junina. Algumas reportagens produzidas e veiculadas no site do “Repórter Junino” chegaram a virar pautas dos telejornais locais.

Fernando Firmino conta que, nos anos seguintes ao seu início, com o projeto em crescimento e evoluindo nas coberturas dos festejos juninos, mais de 100 estudantes participaram das atividades jornalísticas em cada edição. Em 15 anos, mais de 1.400 alunos de Jornalismo já passaram pelo projeto. Nos primeiros anos, a média de estudantes selecionados para atuar na iniciativa era de 100 graduandos. No decorrer dos anos, por questões de logística, esse número foi reduzido e, hoje, cerca de 70 alunos são selecionados para fazer parte das novas edições.

Vários professores já colaboraram com o projeto, principalmente quando Fernando se afastou da UEPB para fazer o seu Doutorado, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a exemplo de Arão Azevedo, Roberto Faustino, Verônica Oliveira, Patrícia Rios, entre outros. Atualmente, integram o projeto os professores Rostand Melo, Kleyton Canuto e Arão Azevedo, do Curso de Jornalismo da UEPB, e os professores do Curso de Educomunicação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Rosildo Brito e Diogo Lopes.

Com seu crescimento, o “Repórter Junino ” não se limitou apenas a cobrir o Maior São João do Mundo, mas passou a abrir espaço para que alunos de outros estados se dedicassem às coberturas de eventos culturais e virou uma memória digital de festejos juninos de cidades nordestinas da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará. O resultado é a construção de um valoroso banco de dados com informações, fotos, vídeos, matérias sobre a cultura regional, o que se constitui um legado para a posteridade.

Ao longo desses 15 anos, o “Repórter Junino” celebrou parcerias com importantes universidades nacionais e internacionais, que enviaram alunos para cobrir o São João de Campina Grande, a exemplo da UFCG; da Universidade de Ciências Aplicadas de Koblenz, na Alemanha; Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Arão Azevedo, essas parceiras fortalecem o projeto e trazem novas visões aos participantes.

Em 2010, o Itaú Cultural reconheceu o “Repórter Junino” como um dos principais projetos de laboratório no Brasil, considerado também um dos mais antigos em atividade e que reúne em sua equipe uma quantidade de alunos muito grande. Ao celebrar 15 anos, os idealizadores garantem que o projeto ajuda na consciência dos alunos sobre os valores das culturas populares, a preservação delas, mesmo as coberturas não deixando de fora os cantores midiáticos do momento. O projeto prioriza, no entanto, os artistas que têm menos espaço na grande mídia, como os trios de forró, com matérias humanizadas. Tanto é que, no ano passado, o “Repórter Junino” realizou o 1º Simpósio do Forró, com a ideia de centrar no principal ritmo da cultura nordestina.

Para este ano, os coordenadores do projeto estavam preparando uma série de atividades para marcar o 15º aniversário, mas teve que repensar a programação devido à pandemia de Covid-19. Desta forma, o projeto deve executar algumas atividades utilizando as tecnologias digitais. Uma das propostas, indicada pelo jornalista Hipólito Lucena, é a realização de um webinário, em uma parceria com a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da UEPB, para divulgar o papel da cultura nordestina, os 15 anos do projeto e discutir o São João de uma forma geral.

Concluinte do Curso de Jornalismo, Rayane Brito, diz que o projeto foi relevante na sua formação profissional e uma rica experiência de trabalho prático. “Participar da projeto me ajudou não só a desenvolver a escrita jornalística, como também apurar meu olhar fotográfico. Além de produzir fotos que transmitissem por si só a notícia, conquistei diversos clientes ao longo dessa jornada, o que facilitou meu ingresso no mercado de trabalho e me abriu portas em grandes empresas de comunicação de Campina Grande. O ‘Repórter Junino’, sem sombra de dúvidas, foi meu maior laboratório. Sou grata por fazer parte dessa história”, comenta Rayane, que atua no projeto como fotógrafa e repórter há quatro anos.

Diego Martins, aluno de Educomunicação da UFCG, também considera o projeto um grande laboratório que lhe permitiu viver a prática do jornalismo. “É uma grande escola, que me permitiu colocar em prática muito do que aprendi na Universidade. A experiência com as rotinas de produção, redação e cobertura ganham um gosto a mais quando o assunto é São João, mais ainda quando nos é possível resgatar a identidade cultural dos festejos através da notícia. Enquanto aluno de Educomunicação, curso que tem parceria com o projeto, entendo que o ‘Repórter Junino’ abrange diversas práticas da interface Comunicação e Educação e, mesmo sendo de outra instituição, me sinto em casa”, revela o estudante.

Já Miranize Ferreira, aluna de Educomunicação, destaca que o projeto foi enriquecedor e possibilitou que ela aprendesse a prática na área de Comunicação. “O ‘Repórter Junino’, além de me dar a oportunidade de aprender e praticar, fez com que eu, que até então não sabia que área da Comunicação seguir, descobrisse o que quero, que é atuar como repórter ou redatora, além de abrir várias portas para atuar nessa área. Graças a experiência de ter feito parte desse projeto, sou repórter de um dos maiores times da Paraíba”, celebra Miranize.

Texto: Severino Lopes
Imagens: Arquivo Repórter Junino

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto Leia Mais...

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_date] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified] => 2020-06-09 18:58:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55910 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 10cd77671fb4cf17228bd9e153a570e5 [1] => 1eb169f9cce0a9cc92f89ea5153359b2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social

Array ( [post_title] => Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social [post_content] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil no Instagram (@agdaaquino) em uma espécie de sala de aula expandida.

“Resolvi, a princípio, me lançar o desafio de testar, exercitar e postar minhas experiências fotográficas em casa, explicando o passo a passo. Era uma forma de pensar e criar a arte em meio à insegurança gerada pela nova realidade. Com o tempo, mais e mais pessoas foram aderindo ao projeto e replicando as dicas dos tutoriais que ensino”, conta a professora, que posta pelo menos um tutorial por dia na sua conta da rede social.

Hoje, o perfil da docente já conta com mais de 30 fotos criativas e feitas em casa, usando tanto o celular quanto a câmera. “A maioria das fotos dá pra fazer com celular. Sempre indico isso na postagem. Também sugiro aplicativos gratuitos e detalho o passo a passo para realização das fotos, com imagens do processo de produção e explicação no texto”, destaca.

Os objetos utilizados para as fotos podem ser os mais inusitados do ambiente doméstico: um escorredor de macarrão, um pisca-pisca natalino, uma pilha de livros, um espelho, uma parede colorida ou mesmo o box do chuveiro. “A ideia principal é mostrar para as pessoas que é possível ser criativo nas fotografias com objetos do cotidiano”, salienta Agda.

Nas imagens existem dicas simples de composição, iluminação e lentes feitas com o olho mágico da porta até opções mais complexas, que exigem um pouco mais de tempo e de ajuda em casa também. “Meu marido também é professor de fotografia. Então eu conto com ajuda especializada na hora de realizar algumas das minhas ideias. Mas a maioria das fotos dá pra fazer sozinho ou com ajuda simples de um membro da família”, detalha a professora.

Portadora de asma, a docente faz parte do grupo de risco de complicações de saúde caso contraia a Covid-19. Por isso, seu isolamento, junto com sua família, já passa de um mês. As dicas de fotografia acabaram se tornando um alívio em meio à incerteza imposta pela nova situação social. “Tenho pouco tempo para executar as fotos, pois estou escrevendo uma tese e ainda cuido da minha filha de quatro anos que também está 24 horas em casa. Mas a hora de pensar e fazer as fotos acaba sendo um divertimento em família, além de um exercício para minha área de atuação”, revela Agda.

Cursando Doutorado em Educação, onde desenvolve tese sobre o ensino de fotografia nos cursos de Jornalismo do Brasil, Agda Aquino conta como as “selfies” se tornaram um fenômeno social. “A popularização do acesso à internet e o desenvolvimento cada vez maior e mais acessível a equipamentos fotográficos, inclusive nos celulares, fomentou esse desejo de se mostrar e de ser visto pelos outros. No Brasil, as fotografias de si mesmos, também conhecidas como autorretratos, compõem o maior número das produções fotográficas para as redes sociais”, ressalta a docente.

Ela acredita que seja esse o motivo da popularização do seu projeto, intitulado #selfiesdaquarentena. “As pessoas transferiram para as redes sociais boa parte da sua convivência social. Dessa forma, elas querem ver os outros e também serem vistas. Nada melhor, então, do que produzir imagens de qualidade visual diferenciada, com as coisas que tem em casa mesmo”, explica Aquino.

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil Leia Mais...

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_date] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified] => 2020-04-22 13:38:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55522 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c03c27bcd1298745e20ac6084f5676c [1] => 8d97b60e4ceb93c4e05337f8dc33cf94 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social

Array ( [post_title] => Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social [post_content] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil no Instagram (@agdaaquino) em uma espécie de sala de aula expandida.

“Resolvi, a princípio, me lançar o desafio de testar, exercitar e postar minhas experiências fotográficas em casa, explicando o passo a passo. Era uma forma de pensar e criar a arte em meio à insegurança gerada pela nova realidade. Com o tempo, mais e mais pessoas foram aderindo ao projeto e replicando as dicas dos tutoriais que ensino”, conta a professora, que posta pelo menos um tutorial por dia na sua conta da rede social.

Hoje, o perfil da docente já conta com mais de 30 fotos criativas e feitas em casa, usando tanto o celular quanto a câmera. “A maioria das fotos dá pra fazer com celular. Sempre indico isso na postagem. Também sugiro aplicativos gratuitos e detalho o passo a passo para realização das fotos, com imagens do processo de produção e explicação no texto”, destaca.

Os objetos utilizados para as fotos podem ser os mais inusitados do ambiente doméstico: um escorredor de macarrão, um pisca-pisca natalino, uma pilha de livros, um espelho, uma parede colorida ou mesmo o box do chuveiro. “A ideia principal é mostrar para as pessoas que é possível ser criativo nas fotografias com objetos do cotidiano”, salienta Agda.

Nas imagens existem dicas simples de composição, iluminação e lentes feitas com o olho mágico da porta até opções mais complexas, que exigem um pouco mais de tempo e de ajuda em casa também. “Meu marido também é professor de fotografia. Então eu conto com ajuda especializada na hora de realizar algumas das minhas ideias. Mas a maioria das fotos dá pra fazer sozinho ou com ajuda simples de um membro da família”, detalha a professora.

Portadora de asma, a docente faz parte do grupo de risco de complicações de saúde caso contraia a Covid-19. Por isso, seu isolamento, junto com sua família, já passa de um mês. As dicas de fotografia acabaram se tornando um alívio em meio à incerteza imposta pela nova situação social. “Tenho pouco tempo para executar as fotos, pois estou escrevendo uma tese e ainda cuido da minha filha de quatro anos que também está 24 horas em casa. Mas a hora de pensar e fazer as fotos acaba sendo um divertimento em família, além de um exercício para minha área de atuação”, revela Agda.

Cursando Doutorado em Educação, onde desenvolve tese sobre o ensino de fotografia nos cursos de Jornalismo do Brasil, Agda Aquino conta como as “selfies” se tornaram um fenômeno social. “A popularização do acesso à internet e o desenvolvimento cada vez maior e mais acessível a equipamentos fotográficos, inclusive nos celulares, fomentou esse desejo de se mostrar e de ser visto pelos outros. No Brasil, as fotografias de si mesmos, também conhecidas como autorretratos, compõem o maior número das produções fotográficas para as redes sociais”, ressalta a docente.

Ela acredita que seja esse o motivo da popularização do seu projeto, intitulado #selfiesdaquarentena. “As pessoas transferiram para as redes sociais boa parte da sua convivência social. Dessa forma, elas querem ver os outros e também serem vistas. Nada melhor, então, do que produzir imagens de qualidade visual diferenciada, com as coisas que tem em casa mesmo”, explica Aquino.

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil Leia Mais...

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_date] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified] => 2020-04-22 13:38:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55522 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c03c27bcd1298745e20ac6084f5676c [1] => 8d97b60e4ceb93c4e05337f8dc33cf94 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio

Array ( [post_title] => Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio [post_content] =>

A coordenação Geral da 2ª Semana de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está inscrevendo alunos do curso para atuação voluntária nas equipes que irão compor a organização do evento. Para realizar a inscrição, o aluno deve preencher, até o dia 17 de dezembro, formulário on-line disponível clicando AQUI.

Serão selecionados estudantes para atuar como voluntários na organização do evento em seis equipes de trabalho, distribuídas entre Produção (técnica, montagem de estrutura, cerimonial), Monitoria (oficinas, grupos de trabalho, minicursos), Secretaria, Logística e Apoio, Comunicação (divulgação, fotografia, redes sociais) e Online (equipe criada especificamente para gerenciar conteúdos que serão disponibilizados na web durante a realização do evento).

Será feita uma lista de espera com o cadastro dos alunos que não forem selecionados. Esses estudantes poderão ser chamados caso haja necessidade de compor ou preencher eventuais desistências nas equipes. A primeira edição do evento foi realizada em abril deste ano e obteve destaque no meio acadêmico e profissional por ser pioneira em sua idealização e execução, como um evento feito por alunos para alunos.

Para o próximo ano, as discussões terão como tema central “Convergência e Transmidialidade: As novas formas de Jornalismo como reinvenção”. A 2ª Semana de Jornalismo, que já está em fase de produção, será realizada em maio de 2020. Outras informações podem ser obtidas através do endereço eletrônico semanadejornalismocontato@gmail.com e na rede social Instagram (@sejoruepb).

O post Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A coordenação Geral da 2ª Semana de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está inscrevendo alunos do curso para atuação voluntária nas equipes que irão compor a organização do evento. Para realizar a inscrição, o aluno deve preencher, até o dia 17 de dezembro, formulário on-line disponível clicando AQUI. Serão selecionados estudantes para atuar Leia Mais...

O post Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-12-10 15:55:03 [post_date] => 2019-12-10 15:55:03 [post_modified_gmt] => 2019-12-10 15:55:03 [post_modified] => 2019-12-10 15:55:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53845 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1cb9b2877b41d7aff17e99a9543402c1 [1] => 1cb9b2877b41d7aff17e99a9543402c1 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio

Array ( [post_title] => Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio [post_content] =>

A coordenação Geral da 2ª Semana de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está inscrevendo alunos do curso para atuação voluntária nas equipes que irão compor a organização do evento. Para realizar a inscrição, o aluno deve preencher, até o dia 17 de dezembro, formulário on-line disponível clicando AQUI.

Serão selecionados estudantes para atuar como voluntários na organização do evento em seis equipes de trabalho, distribuídas entre Produção (técnica, montagem de estrutura, cerimonial), Monitoria (oficinas, grupos de trabalho, minicursos), Secretaria, Logística e Apoio, Comunicação (divulgação, fotografia, redes sociais) e Online (equipe criada especificamente para gerenciar conteúdos que serão disponibilizados na web durante a realização do evento).

Será feita uma lista de espera com o cadastro dos alunos que não forem selecionados. Esses estudantes poderão ser chamados caso haja necessidade de compor ou preencher eventuais desistências nas equipes. A primeira edição do evento foi realizada em abril deste ano e obteve destaque no meio acadêmico e profissional por ser pioneira em sua idealização e execução, como um evento feito por alunos para alunos.

Para o próximo ano, as discussões terão como tema central “Convergência e Transmidialidade: As novas formas de Jornalismo como reinvenção”. A 2ª Semana de Jornalismo, que já está em fase de produção, será realizada em maio de 2020. Outras informações podem ser obtidas através do endereço eletrônico semanadejornalismocontato@gmail.com e na rede social Instagram (@sejoruepb).

O post Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A coordenação Geral da 2ª Semana de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está inscrevendo alunos do curso para atuação voluntária nas equipes que irão compor a organização do evento. Para realizar a inscrição, o aluno deve preencher, até o dia 17 de dezembro, formulário on-line disponível clicando AQUI. Serão selecionados estudantes para atuar Leia Mais...

O post Coordenação da 2ª Semana de Jornalismo da UEPB abre inscrição de voluntários para equipes de apoio apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-12-10 15:55:03 [post_date] => 2019-12-10 15:55:03 [post_modified_gmt] => 2019-12-10 15:55:03 [post_modified] => 2019-12-10 15:55:03 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53845 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1cb9b2877b41d7aff17e99a9543402c1 [1] => 1cb9b2877b41d7aff17e99a9543402c1 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => coordenacao-da-2a-semana-de-jornalismo-da-uepb-abre-inscricao-de-voluntarios-para-equipes-de-apoio )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica

Array ( [post_title] => Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica [post_content] =>

A prestação do atendimento de Psicologia e Serviço Social na rede pública de Educação Básica sempre foi vista por profissionais e estudiosos como um avanço na assistência e qualificação multidisciplinar nas escolas brasileiras. Entretanto, a proposta recente do Governo Federal em desobrigar a presença desses profissionais em unidades de ensino de estados e municípios, alegando problemas financeiros, trouxe de volta ao debate questões que apontam para a discussão sobre gastos e investimentos na Educação.

Entretanto, no final do mês de novembro, o Congresso Nacional refutou tal proposta, garantindo a obrigatoriedade do atendimento nas escolas por profissionais de Psicologia e Serviço Social, fato que foi celebrado por professores e estudantes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que, além de oferecer formação em cursos de graduação e pós-graduação nessas áreas, também dispõe de atividades de pesquisa e extensão. A professora Tereza Karla Melo, de Serviço Social, afirmou que em muitos casos existem problemáticas no ambiente escolar que superam a alçada do professor, o que torna essencial a presença de outros profissionais no contexto.

“Nós recebemos com muita preocupação a informação de que não seria mais obrigatória a presença de assistentes sociais e psicólogos nas escolas públicas. Sabemos que a escola é um espaço extremamente importante para o desenvolvimento da criança e do adolescente, não só no que se refere à aprendizagem escolar, mas também de socialização e outros tipos de aprendizado. A escola também converge para problemáticas que atingem a família, a infância, a adolescência, ampliando as relações estabelecidas no âmbito escolar”, explicou a professora que ainda elencou outros fatores importantes que confirmam a importância de oferecer tais atendimentos no ambiente escolar.

“Demandas existem. A questão da drogadição, da sexualidade, violência doméstica, bullying, uma série de temáticas que perpassam o ambiente escolar. Como esses profissionais são capacitados para enfrentarem isto no contexto da escola, juntamente aos professores e gestão escolar, é possível pensar num enfrentamento mais amplo desses problemas. Acredito que a sociedade e os conselhos profissionais, quando souberam dessa possibilidade da não obrigatoriedade, começaram a fazer essa discussão e isso contribuiu para que essa medida não fosse aprovada”, acrescentou Tereza Karla.

Sobre os prejuízos que a ausência de psicólogos e assistentes sociais nas escolas públicas poderiam trazer, a professora e coordenadora da Clínica Escola de Psicologia, Carla Brandão, apontou para a falta de olhar especializado que, em diversos momentos, poderiam trazer problemas para o ambiente escolar. Segundo ela, os professores e gestores das escolas muitas vezes não conseguem identificar demandas específicas por não serem especialistas em assuntos de diferentes áreas de sua formação. Ela apontou que muitos problemas escolares têm origem fora da escola, o que torna ainda mais difícil a identificação e resolução de determinadas situações.

“A escola é um espaço onde são identificados boa parte de muitos problemas, sejam eles de saúde, violência e também os sociais. Muitos com origem na família ou na própria escola, mas certamente o olhar de um profissional especializado torna possível identificar esse problema e, a partir dali, dar um encaminhamento adequado no sentido de acompanhar ecriar estratégias educativas para se fazer um trabalho interdisciplinar. Não é ter só o pedagogo, o professor. É preciso pensar nessa perspectiva multidisciplinar, onde a presença do profissional psicólogo e do assistente social também contribuirão para o enfrentamento dessas questões”, argumentou Carla.

No que se refere ao debate que envolve o princípio de gastos ou investimentos na Educação, professora Carla Brandão destacou que pensar sob esse ponto de vista é ir na contramão de todas as tendências que enxergam na ampliação dos serviços educativos a saída para muitos problemas que o serviço de Saúde, por exemplo, precisa corresponder. “A escola não é uma ilha, ela está em conexão com seu entorno e dali é possível partir para um trabalho de prevenção e promoção da saúde. Não só no sistema de Saúde, mas na Educação. Pensar na assistência, não no sentido de estar no polo do adoecimento, mas sim como cidadania, bem-estar, qualidade de vida. Isso não se passa exclusivamente no serviço de Saúde, mas na comunidade e dentro da escola. Acho que, com a manutenção da obrigatoriedade desses profissionais, todos estão pensando em investimento a longo prazo, na repercussão que pode ser o trabalho desse profissionais na escola, evitando-se muita coisa”, acrescentou.

Aluna do 1º período de Psicologia, Aylla Moreira segue a mesma linha de raciocínio e ainda projeta o risco que seria a ausência da presença desses profissionais nas escolas públicas, caso a desobrigatoriedade fosse permitida. “Sabemos que se não fosse mais obrigatório os gestores públicos iam dar a desculpa de não terem dinheiro para contratar psicólogos e assistentes sociais. É preciso entender a necessidade de ter atenção à saúde mental na escola, bem como a importância de estar preparado para situações de risco social. Por isso, acredito que a decisão do Congresso Nacional de vetar a proposta do Governo Federal foi positiva”, disse.

Pesquisa e extensão da UEPB nas áreas de Psicologia e Serviço Social

A atuação da Universidade Estadual da Paraíba nas áreas de Psicologia e Serviço Social, por meio de pesquisas e ações de extensão, são um termômetro do quanto as atividades desenvolvidas a partir da Instituição contribuem para o desenvolvimento social. Na pós-graduação, estão à disposição o Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS), que possui pesquisas nas linhas de “Serviço Social, Estado, Trabalho e Políticas Sociais” e “Gênero, Diversidade e Relações de Poder”, além dos cursos de especialização em “Logoterapia e Saúde da Família”, “Desenvolvimento Humano e Educação Escolar”, “Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva” e “Saúde Mental e Atenção Psicossocial”.

Já na extensão universitária, setor onde os alunos de graduação atuam diretamente fora dos muros da UEPB, a Instituição conta com 17 projetos vinculados ao Departamento de Psicologia e mais quatro ao Departamento de Serviço Social. Dentre essas iniciativas, muitas intervenções acontecem no campo da Educação, auxiliando a proposta de implementar e consolidar um processo de ensino e aprendizagem multidisciplinar, pronto para enfrentar os desafios de várias realidades diferentes.

Atuam especificamente no campo da Educação em escolas de Campina Grande os seguintes projetos de extensão da UEPB: “Humanizar: escritório social para encaminhamento, ressocialização e cidadania”, “Psicologia e educação popular no meio rural”, “Oficinas lúdicas com crianças de escola pública: promoção do sujeito psíquico e cidadão”, “Trabalhando a identidade de mães adolescentes: uma intervenção da psicologia no CRAS”, “Serviço de acolhimento psicológico às crianças e adolescentes em situação de risco”, “Cidadania para todos” e “Brasil em tela: formação social e questão social no cinema, desde a colônia até os dias atuais”.

“Há muito tempo discutimos, na área da Educação, a presença da equipe multiprofissional na escola. Além do corpo já conhecido dos professores e gestores, também defendemos a existência de outros profissionais, como psicólogos e assistentes sociais. Falar em não existir esses profissionais nesses espaços é um prejuízo muito grande para a escola como um todo. Desde como assessorar professores em questões como a aprendizagem a, até mesmo, saber identificar conflitos que podem dificultar as relações sociais no espaço escolar e familiar”, explicou o pró-reitor de Extensão da UEPB, professor José Pereira da Silva.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A prestação do atendimento de Psicologia e Serviço Social na rede pública de Educação Básica sempre foi vista por profissionais e estudiosos como um avanço na assistência e qualificação multidisciplinar nas escolas brasileiras. Entretanto, a proposta recente do Governo Federal em desobrigar a presença desses profissionais em unidades de ensino de estados e municípios, alegando Leia Mais...

O post Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-12-03 17:08:50 [post_date] => 2019-12-03 17:08:50 [post_modified_gmt] => 2019-12-03 17:08:50 [post_modified] => 2019-12-03 17:08:50 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53652 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c511a4e322a67140ad1a6f7a9ec34536 [1] => c511a4e322a67140ad1a6f7a9ec34536 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 21 [1] => 8 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => profissionais-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica

Array ( [post_title] => Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica [post_content] =>

A prestação do atendimento de Psicologia e Serviço Social na rede pública de Educação Básica sempre foi vista por profissionais e estudiosos como um avanço na assistência e qualificação multidisciplinar nas escolas brasileiras. Entretanto, a proposta recente do Governo Federal em desobrigar a presença desses profissionais em unidades de ensino de estados e municípios, alegando problemas financeiros, trouxe de volta ao debate questões que apontam para a discussão sobre gastos e investimentos na Educação.

Entretanto, no final do mês de novembro, o Congresso Nacional refutou tal proposta, garantindo a obrigatoriedade do atendimento nas escolas por profissionais de Psicologia e Serviço Social, fato que foi celebrado por professores e estudantes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que, além de oferecer formação em cursos de graduação e pós-graduação nessas áreas, também dispõe de atividades de pesquisa e extensão. A professora Tereza Karla Melo, de Serviço Social, afirmou que em muitos casos existem problemáticas no ambiente escolar que superam a alçada do professor, o que torna essencial a presença de outros profissionais no contexto.

“Nós recebemos com muita preocupação a informação de que não seria mais obrigatória a presença de assistentes sociais e psicólogos nas escolas públicas. Sabemos que a escola é um espaço extremamente importante para o desenvolvimento da criança e do adolescente, não só no que se refere à aprendizagem escolar, mas também de socialização e outros tipos de aprendizado. A escola também converge para problemáticas que atingem a família, a infância, a adolescência, ampliando as relações estabelecidas no âmbito escolar”, explicou a professora que ainda elencou outros fatores importantes que confirmam a importância de oferecer tais atendimentos no ambiente escolar.

“Demandas existem. A questão da drogadição, da sexualidade, violência doméstica, bullying, uma série de temáticas que perpassam o ambiente escolar. Como esses profissionais são capacitados para enfrentarem isto no contexto da escola, juntamente aos professores e gestão escolar, é possível pensar num enfrentamento mais amplo desses problemas. Acredito que a sociedade e os conselhos profissionais, quando souberam dessa possibilidade da não obrigatoriedade, começaram a fazer essa discussão e isso contribuiu para que essa medida não fosse aprovada”, acrescentou Tereza Karla.

Sobre os prejuízos que a ausência de psicólogos e assistentes sociais nas escolas públicas poderiam trazer, a professora e coordenadora da Clínica Escola de Psicologia, Carla Brandão, apontou para a falta de olhar especializado que, em diversos momentos, poderiam trazer problemas para o ambiente escolar. Segundo ela, os professores e gestores das escolas muitas vezes não conseguem identificar demandas específicas por não serem especialistas em assuntos de diferentes áreas de sua formação. Ela apontou que muitos problemas escolares têm origem fora da escola, o que torna ainda mais difícil a identificação e resolução de determinadas situações.

“A escola é um espaço onde são identificados boa parte de muitos problemas, sejam eles de saúde, violência e também os sociais. Muitos com origem na família ou na própria escola, mas certamente o olhar de um profissional especializado torna possível identificar esse problema e, a partir dali, dar um encaminhamento adequado no sentido de acompanhar ecriar estratégias educativas para se fazer um trabalho interdisciplinar. Não é ter só o pedagogo, o professor. É preciso pensar nessa perspectiva multidisciplinar, onde a presença do profissional psicólogo e do assistente social também contribuirão para o enfrentamento dessas questões”, argumentou Carla.

No que se refere ao debate que envolve o princípio de gastos ou investimentos na Educação, professora Carla Brandão destacou que pensar sob esse ponto de vista é ir na contramão de todas as tendências que enxergam na ampliação dos serviços educativos a saída para muitos problemas que o serviço de Saúde, por exemplo, precisa corresponder. “A escola não é uma ilha, ela está em conexão com seu entorno e dali é possível partir para um trabalho de prevenção e promoção da saúde. Não só no sistema de Saúde, mas na Educação. Pensar na assistência, não no sentido de estar no polo do adoecimento, mas sim como cidadania, bem-estar, qualidade de vida. Isso não se passa exclusivamente no serviço de Saúde, mas na comunidade e dentro da escola. Acho que, com a manutenção da obrigatoriedade desses profissionais, todos estão pensando em investimento a longo prazo, na repercussão que pode ser o trabalho desse profissionais na escola, evitando-se muita coisa”, acrescentou.

Aluna do 1º período de Psicologia, Aylla Moreira segue a mesma linha de raciocínio e ainda projeta o risco que seria a ausência da presença desses profissionais nas escolas públicas, caso a desobrigatoriedade fosse permitida. “Sabemos que se não fosse mais obrigatório os gestores públicos iam dar a desculpa de não terem dinheiro para contratar psicólogos e assistentes sociais. É preciso entender a necessidade de ter atenção à saúde mental na escola, bem como a importância de estar preparado para situações de risco social. Por isso, acredito que a decisão do Congresso Nacional de vetar a proposta do Governo Federal foi positiva”, disse.

Pesquisa e extensão da UEPB nas áreas de Psicologia e Serviço Social

A atuação da Universidade Estadual da Paraíba nas áreas de Psicologia e Serviço Social, por meio de pesquisas e ações de extensão, são um termômetro do quanto as atividades desenvolvidas a partir da Instituição contribuem para o desenvolvimento social. Na pós-graduação, estão à disposição o Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS), que possui pesquisas nas linhas de “Serviço Social, Estado, Trabalho e Políticas Sociais” e “Gênero, Diversidade e Relações de Poder”, além dos cursos de especialização em “Logoterapia e Saúde da Família”, “Desenvolvimento Humano e Educação Escolar”, “Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva” e “Saúde Mental e Atenção Psicossocial”.

Já na extensão universitária, setor onde os alunos de graduação atuam diretamente fora dos muros da UEPB, a Instituição conta com 17 projetos vinculados ao Departamento de Psicologia e mais quatro ao Departamento de Serviço Social. Dentre essas iniciativas, muitas intervenções acontecem no campo da Educação, auxiliando a proposta de implementar e consolidar um processo de ensino e aprendizagem multidisciplinar, pronto para enfrentar os desafios de várias realidades diferentes.

Atuam especificamente no campo da Educação em escolas de Campina Grande os seguintes projetos de extensão da UEPB: “Humanizar: escritório social para encaminhamento, ressocialização e cidadania”, “Psicologia e educação popular no meio rural”, “Oficinas lúdicas com crianças de escola pública: promoção do sujeito psíquico e cidadão”, “Trabalhando a identidade de mães adolescentes: uma intervenção da psicologia no CRAS”, “Serviço de acolhimento psicológico às crianças e adolescentes em situação de risco”, “Cidadania para todos” e “Brasil em tela: formação social e questão social no cinema, desde a colônia até os dias atuais”.

“Há muito tempo discutimos, na área da Educação, a presença da equipe multiprofissional na escola. Além do corpo já conhecido dos professores e gestores, também defendemos a existência de outros profissionais, como psicólogos e assistentes sociais. Falar em não existir esses profissionais nesses espaços é um prejuízo muito grande para a escola como um todo. Desde como assessorar professores em questões como a aprendizagem a, até mesmo, saber identificar conflitos que podem dificultar as relações sociais no espaço escolar e familiar”, explicou o pró-reitor de Extensão da UEPB, professor José Pereira da Silva.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A prestação do atendimento de Psicologia e Serviço Social na rede pública de Educação Básica sempre foi vista por profissionais e estudiosos como um avanço na assistência e qualificação multidisciplinar nas escolas brasileiras. Entretanto, a proposta recente do Governo Federal em desobrigar a presença desses profissionais em unidades de ensino de estados e municípios, alegando Leia Mais...

O post Profissionais destacam importância do atendimento em Psicologia e Serviço Social na Educação Básica apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-12-03 17:08:50 [post_date] => 2019-12-03 17:08:50 [post_modified_gmt] => 2019-12-03 17:08:50 [post_modified] => 2019-12-03 17:08:50 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53652 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/profissionais-da-uepb-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c511a4e322a67140ad1a6f7a9ec34536 [1] => c511a4e322a67140ad1a6f7a9ec34536 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 21 [1] => 8 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => profissionais-destacam-importancia-do-atendimento-em-psicologia-e-servico-social-na-educacao-basica )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra

Array ( [post_title] => Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra [post_content] =>

Durante a Semana da Consciência Negra, o projeto de extensão “Luz Negra”, vinculado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está promovendo exposições fotográficas e ações de valorização da cultura afro-brasileira em duas escolas na rede pública municipal de Campina Grande. As atividades começaram quarta-feira (20), na Escola Otávio Amorim, nas Malvinas. A escola Padre Antonino, no bairro de Bodocongó, recebe a programação no sábado (23), a partir das 9h.

Estão sendo expostas as fotografias produzidas pelos estudantes das duas escolas que participaram do ciclo de oficinas de fotografia do projeto “Luz Negra”. Ao todo, participaram mais de 200 estudantes de sete turmas. As oficinas aconteceram no período de setembro a novembro deste ano, com encontros semanais. Participam do projeto estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental que aderiram à proposta mediante autorização dos pais.

As exposições integram a programação de cada escola para a Semana da Consciência Negra. Cada turma escolheu um tema, sempre relacionado à cultura afro-brasileira. Os ensaios fotográficos produzidos pelos estudantes abordam questões como a percussão nos ritmos afro-brasileiros, editorial de moda sobre turbantes, maquiagem com influência afro, fotografia esportiva, fotografia artística e as religiões afro-brasileiras.

Além da apresentação das fotos, o projeto também monta um estúdio fotográfico em sala de aula, similar ao usado durante as oficinas. Na Escola Padre Antonino, por exemplo, a equipe do “Luz Negra” levará turbantes para que os participantes da programação de sábado possam usar, do mesmo modo como foi feito durante os ensaios fotográficos. Já na Escola Otávio Amorim, o projeto contou com a participação da maquiadora Michelly Gonçalves, especialista em estética para pele negra.

“Com a fotografia podemos discutir temas que muitas vezes são vistos como tabu, principalmente entre os adolescentes. É possível promover a valorização dos vários tipos de beleza e contribuir para a construção da identidade e da melhoria da autoestima, numa fase onde essas questões estão no cotidiano dos estudantes. Eles conseguem se expressar de modo mais livre com uma câmera na mão”, avalia o professor Rostand Melo, coordenador do projeto.

Os temas das fotos foram escolhidos pelos estudantes, durante as oficinas. Foi o caso do editorial de moda com os turbantes. “Os turbantes eram símbolo de projeção social na África e cada amarração tinha um significado. Hoje em dia, o uso dos turbantes é um símbolo de resistência da cultura negra”, explicou Nicoly Silva, estudante do curso de Jornalismo da UEPB e integrante da equipe do projeto.

O Projeto “Luz Negra” está vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e ao Departamento de Comunicação Social da UEPB. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande e dos cursos de Comunicação Social (com linha de formação em Educomunicação) e de Arte e Mídia, ambos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A meta para 2020 é ampliar o número de escolas participantes.

O post Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Durante a Semana da Consciência Negra, o projeto de extensão “Luz Negra”, vinculado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está promovendo exposições fotográficas e ações de valorização da cultura afro-brasileira em duas escolas na rede pública municipal de Campina Grande. As atividades começaram quarta-feira (20), na Escola Otávio Amorim, nas Leia Mais...

O post Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-21 12:45:39 [post_date] => 2019-11-21 12:45:39 [post_modified_gmt] => 2019-11-21 12:45:39 [post_modified] => 2019-11-21 12:45:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53175 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 65c998e9591328162ee613531af0d51e [1] => 3a55ed81d9316cd46140f3a51e294d63 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra

Array ( [post_title] => Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra [post_content] =>

Durante a Semana da Consciência Negra, o projeto de extensão “Luz Negra”, vinculado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está promovendo exposições fotográficas e ações de valorização da cultura afro-brasileira em duas escolas na rede pública municipal de Campina Grande. As atividades começaram quarta-feira (20), na Escola Otávio Amorim, nas Malvinas. A escola Padre Antonino, no bairro de Bodocongó, recebe a programação no sábado (23), a partir das 9h.

Estão sendo expostas as fotografias produzidas pelos estudantes das duas escolas que participaram do ciclo de oficinas de fotografia do projeto “Luz Negra”. Ao todo, participaram mais de 200 estudantes de sete turmas. As oficinas aconteceram no período de setembro a novembro deste ano, com encontros semanais. Participam do projeto estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental que aderiram à proposta mediante autorização dos pais.

As exposições integram a programação de cada escola para a Semana da Consciência Negra. Cada turma escolheu um tema, sempre relacionado à cultura afro-brasileira. Os ensaios fotográficos produzidos pelos estudantes abordam questões como a percussão nos ritmos afro-brasileiros, editorial de moda sobre turbantes, maquiagem com influência afro, fotografia esportiva, fotografia artística e as religiões afro-brasileiras.

Além da apresentação das fotos, o projeto também monta um estúdio fotográfico em sala de aula, similar ao usado durante as oficinas. Na Escola Padre Antonino, por exemplo, a equipe do “Luz Negra” levará turbantes para que os participantes da programação de sábado possam usar, do mesmo modo como foi feito durante os ensaios fotográficos. Já na Escola Otávio Amorim, o projeto contou com a participação da maquiadora Michelly Gonçalves, especialista em estética para pele negra.

“Com a fotografia podemos discutir temas que muitas vezes são vistos como tabu, principalmente entre os adolescentes. É possível promover a valorização dos vários tipos de beleza e contribuir para a construção da identidade e da melhoria da autoestima, numa fase onde essas questões estão no cotidiano dos estudantes. Eles conseguem se expressar de modo mais livre com uma câmera na mão”, avalia o professor Rostand Melo, coordenador do projeto.

Os temas das fotos foram escolhidos pelos estudantes, durante as oficinas. Foi o caso do editorial de moda com os turbantes. “Os turbantes eram símbolo de projeção social na África e cada amarração tinha um significado. Hoje em dia, o uso dos turbantes é um símbolo de resistência da cultura negra”, explicou Nicoly Silva, estudante do curso de Jornalismo da UEPB e integrante da equipe do projeto.

O Projeto “Luz Negra” está vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e ao Departamento de Comunicação Social da UEPB. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande e dos cursos de Comunicação Social (com linha de formação em Educomunicação) e de Arte e Mídia, ambos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A meta para 2020 é ampliar o número de escolas participantes.

O post Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Durante a Semana da Consciência Negra, o projeto de extensão “Luz Negra”, vinculado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está promovendo exposições fotográficas e ações de valorização da cultura afro-brasileira em duas escolas na rede pública municipal de Campina Grande. As atividades começaram quarta-feira (20), na Escola Otávio Amorim, nas Leia Mais...

O post Projeto de extensão da UEPB promove exposições fotográficas em escolas na Semana da Consciência Negra apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-21 12:45:39 [post_date] => 2019-11-21 12:45:39 [post_modified_gmt] => 2019-11-21 12:45:39 [post_modified] => 2019-11-21 12:45:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53175 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 65c998e9591328162ee613531af0d51e [1] => 3a55ed81d9316cd46140f3a51e294d63 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-da-uepb-promove-exposicoes-fotograficas-em-escolas-na-semana-da-consciencia-negra )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

“CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro

Array ( [post_title] => “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro [post_content] =>

O advento da era digital e a chegada dos novos recursos tecnológicos tornaram obsoletos alguns equipamentos usados por jornalistas, contadores, administradores e assistentes sociais no início de suas formações. Essas profissões tiveram que se reinventar para acompanhar a evolução do tempo e os passos da modernidade. As mudanças no mercado de trabalho e as exigências da nova era se refletiram inevitavelmente nos quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

A 3ª edição do CCSA Mostra o que Faz, que teve início na noite desta segunda (18), está trazendo um paralelo entre o passado e o momento atual e mostrando toda a produção científica desses cursos. O “Museu Vivo”, exposto no evento, conta com peças dos anos 70, faz um resgate histórico e traduz como o mundo girou de forma veloz. Trata-se de um projeto, coordenado pela professora Ana Maria Paixão Duarte, do curso de Ciências Contábeis, que mostra aos estudantes a importância deles como futuros profissionais na sociedade e os convida a refletir sobre o progresso da ciência até os dias atuais.

O evento segue até a quarta-feira (20), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, reunindo centenas de pessoas, entre professores e estudantes dos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo. Mais de 20 painéis com resumos dos projetos de pesquisa e extensão, fotos de atividades e participação dos estudantes em congressos e seminários, estão expostos no 3º andar da Central.

Para falar dessas iniciativas científicas e o seu reflexo na sociedade, uma mesa redonda foi realizada, na manhã desta terça-feira (19), com a participação das professoras Gêuda Anazile da Costa, chefe adjunta do Departamento de Administração; Moema Amélia Serpa Lopez, coordenadora do Mestrado em Serviço Social; Mônica Barros Nóbrega, representante do Departamento de Serviço Social; Ana Maria Paixão Duarte, representando a Nappes Consultoria Jr; Sandra Maria Araújo de Souza, tutora do PET Administração; e Vânia Vilama Teixeira, do Departamento de Ciências Contábeis.

Responsável pela mediação da mesa, bem como pela organização da Mostra Científica, o professor Mamadou Dieng, diretor adjunto do CCSA, disse que o objetivo do evento é apresentar os projetos e fazer uma reflexão sobre os trabalhos realizados pelos quatro cursos no campo do ensino, da pesquisa e da extensão. Ele destacou a qualidade dos trabalhos e o empenho dos professores.

Um dos projetos apresentados foi o desenvolvido pelo Nappes Consultoria Jr. O diretor-presidente da empresa, o estudante de Contabilidade, João Pedro, fez um relato da atividade e disse que o Nappes proporciona grande aprendizado na vida dos estudantes, que desenvolvem na empresa práticas típicas do mercado de trabalho. Formada por estudantes dos quatro cursos do CCSA, o Nappes presta serviço de consultoria e assessoria na área de gestão organizacional e desenvolve projetos empresariais voltados aos pequenos empreendedores.

Na abertura da Mostra Científica do CCSA, uma mesa redonda composta por professores e ex-professores dos quatro departamentos, a exemplo das professoras Vera Mota, Cleia Cordeiro, Marluce Delfino e Socorro Palitó, que contribuíram com a história do Centro, abordou toda a história do Centro. A solenidade de abertura foi presidida pelo diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), professor Geraldo Medeiros, que salientou a necessidade de se olhar para o que foi feito ao longo dos anos, com o pé no presente, mas com visão para o futuro.

Além de apresentar o que vem sendo realizado nos cursos, a Mostra Científica visa promover uma discussão sobre as potencialidades e os alcances dos projetos desenvolvidos na UEPB e a valorização histórica do CCSA. Durante os três dias de atividades, alunos e professores participarão de mesas redondas, mostras científicas e culturais e demais atividades para demonstrar o alcance das produções vivenciadas nos cursos de Jornalismo, Ciências Conttábeis, Serviço Social e Administração.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Tibério Agra e Roberto Gomes
(Estagiário)

O post “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O advento da era digital e a chegada dos novos recursos tecnológicos tornaram obsoletos alguns equipamentos usados por jornalistas, contadores, administradores e assistentes sociais no início de suas formações. Essas profissões tiveram que se reinventar para acompanhar a evolução do tempo e os passos da modernidade. As mudanças no mercado de trabalho e as exigências Leia Mais...

O post “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-19 13:31:52 [post_date] => 2019-11-19 13:31:52 [post_modified_gmt] => 2019-11-19 13:31:52 [post_modified] => 2019-11-19 13:31:52 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53080 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 973b735e18f23964d3250667fbebca9c [1] => ac01623a26ba9865b59360182a574a04 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 1 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :“CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro

Array ( [post_title] => “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro [post_content] =>

O advento da era digital e a chegada dos novos recursos tecnológicos tornaram obsoletos alguns equipamentos usados por jornalistas, contadores, administradores e assistentes sociais no início de suas formações. Essas profissões tiveram que se reinventar para acompanhar a evolução do tempo e os passos da modernidade. As mudanças no mercado de trabalho e as exigências da nova era se refletiram inevitavelmente nos quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

A 3ª edição do CCSA Mostra o que Faz, que teve início na noite desta segunda (18), está trazendo um paralelo entre o passado e o momento atual e mostrando toda a produção científica desses cursos. O “Museu Vivo”, exposto no evento, conta com peças dos anos 70, faz um resgate histórico e traduz como o mundo girou de forma veloz. Trata-se de um projeto, coordenado pela professora Ana Maria Paixão Duarte, do curso de Ciências Contábeis, que mostra aos estudantes a importância deles como futuros profissionais na sociedade e os convida a refletir sobre o progresso da ciência até os dias atuais.

O evento segue até a quarta-feira (20), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, reunindo centenas de pessoas, entre professores e estudantes dos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo. Mais de 20 painéis com resumos dos projetos de pesquisa e extensão, fotos de atividades e participação dos estudantes em congressos e seminários, estão expostos no 3º andar da Central.

Para falar dessas iniciativas científicas e o seu reflexo na sociedade, uma mesa redonda foi realizada, na manhã desta terça-feira (19), com a participação das professoras Gêuda Anazile da Costa, chefe adjunta do Departamento de Administração; Moema Amélia Serpa Lopez, coordenadora do Mestrado em Serviço Social; Mônica Barros Nóbrega, representante do Departamento de Serviço Social; Ana Maria Paixão Duarte, representando a Nappes Consultoria Jr; Sandra Maria Araújo de Souza, tutora do PET Administração; e Vânia Vilama Teixeira, do Departamento de Ciências Contábeis.

Responsável pela mediação da mesa, bem como pela organização da Mostra Científica, o professor Mamadou Dieng, diretor adjunto do CCSA, disse que o objetivo do evento é apresentar os projetos e fazer uma reflexão sobre os trabalhos realizados pelos quatro cursos no campo do ensino, da pesquisa e da extensão. Ele destacou a qualidade dos trabalhos e o empenho dos professores.

Um dos projetos apresentados foi o desenvolvido pelo Nappes Consultoria Jr. O diretor-presidente da empresa, o estudante de Contabilidade, João Pedro, fez um relato da atividade e disse que o Nappes proporciona grande aprendizado na vida dos estudantes, que desenvolvem na empresa práticas típicas do mercado de trabalho. Formada por estudantes dos quatro cursos do CCSA, o Nappes presta serviço de consultoria e assessoria na área de gestão organizacional e desenvolve projetos empresariais voltados aos pequenos empreendedores.

Na abertura da Mostra Científica do CCSA, uma mesa redonda composta por professores e ex-professores dos quatro departamentos, a exemplo das professoras Vera Mota, Cleia Cordeiro, Marluce Delfino e Socorro Palitó, que contribuíram com a história do Centro, abordou toda a história do Centro. A solenidade de abertura foi presidida pelo diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), professor Geraldo Medeiros, que salientou a necessidade de se olhar para o que foi feito ao longo dos anos, com o pé no presente, mas com visão para o futuro.

Além de apresentar o que vem sendo realizado nos cursos, a Mostra Científica visa promover uma discussão sobre as potencialidades e os alcances dos projetos desenvolvidos na UEPB e a valorização histórica do CCSA. Durante os três dias de atividades, alunos e professores participarão de mesas redondas, mostras científicas e culturais e demais atividades para demonstrar o alcance das produções vivenciadas nos cursos de Jornalismo, Ciências Conttábeis, Serviço Social e Administração.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Tibério Agra e Roberto Gomes
(Estagiário)

O post “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O advento da era digital e a chegada dos novos recursos tecnológicos tornaram obsoletos alguns equipamentos usados por jornalistas, contadores, administradores e assistentes sociais no início de suas formações. Essas profissões tiveram que se reinventar para acompanhar a evolução do tempo e os passos da modernidade. As mudanças no mercado de trabalho e as exigências Leia Mais...

O post “CCSA Mostra o que Faz” resgata história e apresenta projetos dos quatro cursos que integram o Centro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-19 13:31:52 [post_date] => 2019-11-19 13:31:52 [post_modified_gmt] => 2019-11-19 13:31:52 [post_modified] => 2019-11-19 13:31:52 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=53080 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 973b735e18f23964d3250667fbebca9c [1] => ac01623a26ba9865b59360182a574a04 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 1 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => ccsa-mostra-o-que-faz-resgata-historia-e-apresenta-projetos-dos-quatro-cursos-que-integram-o-centro )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo

Array ( [post_title] => Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo [post_content] =>

O professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernando Firmino, foi eleito para compor a nova diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, com mandato para o biênio 2020/2021. Fernando, que também é docente do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), integra o novo Conselho Científico da Associação. As eleições para eleger a diretoria executiva e os conselhos administrativo e científico foram realizadas na última semana.

Confira a relação dos eleitos:

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente: Marcos Paulo Silva (UFMS)
Vice-Presidente: Danilo Rothberg (UNESP)
Diretora Administrativa: Laura Strelow Storch (UFSM)
Diretora Editorial: Alciane Nolibos Baccin (UNIPAMPA)
Diretor Científico: Rafael Bellan Rodrigues de Souza (UFES)

CONSELHO CIENTÍFICO
Ana Carolina Temer (UFG)
Beatriz Alcaraz Marocco (UNISINOS)
Fernando Firmino (UEPB/UFPB)
Lia Seixas (UFBA)
Paula Melani Rocha (UEPG)
Rita de Cássia Romeiro Paulino (UFSC)
Roseli Fígaro (USP)

CONSELHO ADMINISTRATIVO
Cláudia Nonato (CPCT-ECA/USP)
Mateus Yuri Passos (UMESP)
Vitor Curvelo Fontes Belém (UFS)

O post Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernando Firmino, foi eleito para compor a nova diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, com mandato para o biênio 2020/2021. Fernando, que também é docente do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), integra o novo Leia Mais...

O post Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-13 16:04:35 [post_date] => 2019-11-13 16:04:35 [post_modified_gmt] => 2019-11-13 16:04:35 [post_modified] => 2019-11-13 16:04:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52946 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a1e96f3544f1e24e1212553b27bffa16 [1] => 350d295745ce58d40de515a37283989c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo

Array ( [post_title] => Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo [post_content] =>

O professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernando Firmino, foi eleito para compor a nova diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, com mandato para o biênio 2020/2021. Fernando, que também é docente do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), integra o novo Conselho Científico da Associação. As eleições para eleger a diretoria executiva e os conselhos administrativo e científico foram realizadas na última semana.

Confira a relação dos eleitos:

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente: Marcos Paulo Silva (UFMS)
Vice-Presidente: Danilo Rothberg (UNESP)
Diretora Administrativa: Laura Strelow Storch (UFSM)
Diretora Editorial: Alciane Nolibos Baccin (UNIPAMPA)
Diretor Científico: Rafael Bellan Rodrigues de Souza (UFES)

CONSELHO CIENTÍFICO
Ana Carolina Temer (UFG)
Beatriz Alcaraz Marocco (UNISINOS)
Fernando Firmino (UEPB/UFPB)
Lia Seixas (UFBA)
Paula Melani Rocha (UEPG)
Rita de Cássia Romeiro Paulino (UFSC)
Roseli Fígaro (USP)

CONSELHO ADMINISTRATIVO
Cláudia Nonato (CPCT-ECA/USP)
Mateus Yuri Passos (UMESP)
Vitor Curvelo Fontes Belém (UFS)

O post Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Fernando Firmino, foi eleito para compor a nova diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, com mandato para o biênio 2020/2021. Fernando, que também é docente do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), integra o novo Leia Mais...

O post Professor da UEPB é eleito para compor diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-13 16:04:35 [post_date] => 2019-11-13 16:04:35 [post_modified_gmt] => 2019-11-13 16:04:35 [post_modified] => 2019-11-13 16:04:35 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52946 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a1e96f3544f1e24e1212553b27bffa16 [1] => 350d295745ce58d40de515a37283989c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professor-da-uepb-e-eleito-para-compor-diretoria-da-associacao-brasileira-de-pesquisadores-em-jornalismo )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro

Array ( [post_title] => Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro [post_content] =>

Os quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo – se juntarão para mais uma edição do “CCSA Mostra o que Faz”. O evento acontecerá entre os dias 18 e 20 de novembro, na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, e tem como objetivo realizar uma prestação de contas de todas as atividades que são realizadas envolvendo ensino, pesquisa e extensão.

Durante os três dias, alunos e professores participarão de mesas redondas, mostras científicas e outras atividades para demonstrar o alcance das produções vivenciadas nesses cursos. Para participar, basta realizar a inscrição on-line, através do endereço https://cpcon.uepb.edu.br/forms/responderFormulario/259. Todos os participantes receberão certificado correspondente ao total de horas que forem comprovadas a partir da lista de presença.

De acordo com o professor Geraldo Medeiros, diretor do CCSA, o evento tem como característica apresentar o que vem sendo realizado nos cursos, além de promover uma discussão sobre potencialidades e alcances dos projetos desenvolvidos na UEPB e a valorização histórica do Centro. A abertura está programada para as 18h, no Auditório III, com a recepção dos participantes. O professor Geraldo Medeiros presidirá a solenidade. Também está confirmada a atividade “Museu Vivo”, com a professora Ana Maria Paixão. Às 19h30 será realizada a mesa oficial de abertura com o tema “Resgate da história do CCSA”.

Durante os três dias serão promovidas mostras científicas, ocasiões onde os projetos dos cursos que compõem o Centro serão expostos ao público em painéis. Também será realizada uma mesa redonda que detalhará as atividades desenvolvidas por esses projetos. Para acompanhar a programação completa do 3º “CCSA Mostra o que Faz”, clique AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo – se juntarão para mais uma edição do “CCSA Mostra o que Faz”. O evento acontecerá entre os dias 18 e 20 de novembro, na Central de Integração Acadêmica, Leia Mais...

O post Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-01 16:28:59 [post_date] => 2019-11-01 16:28:59 [post_modified_gmt] => 2019-11-01 16:28:59 [post_modified] => 2019-11-01 16:28:59 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52551 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0a12fe6da4bd4669a1d52fdf6576ad6a [1] => 60c5b12802236c4a600d8b50070032bc ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro

Array ( [post_title] => Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro [post_content] =>

Os quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo – se juntarão para mais uma edição do “CCSA Mostra o que Faz”. O evento acontecerá entre os dias 18 e 20 de novembro, na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, e tem como objetivo realizar uma prestação de contas de todas as atividades que são realizadas envolvendo ensino, pesquisa e extensão.

Durante os três dias, alunos e professores participarão de mesas redondas, mostras científicas e outras atividades para demonstrar o alcance das produções vivenciadas nesses cursos. Para participar, basta realizar a inscrição on-line, através do endereço https://cpcon.uepb.edu.br/forms/responderFormulario/259. Todos os participantes receberão certificado correspondente ao total de horas que forem comprovadas a partir da lista de presença.

De acordo com o professor Geraldo Medeiros, diretor do CCSA, o evento tem como característica apresentar o que vem sendo realizado nos cursos, além de promover uma discussão sobre potencialidades e alcances dos projetos desenvolvidos na UEPB e a valorização histórica do Centro. A abertura está programada para as 18h, no Auditório III, com a recepção dos participantes. O professor Geraldo Medeiros presidirá a solenidade. Também está confirmada a atividade “Museu Vivo”, com a professora Ana Maria Paixão. Às 19h30 será realizada a mesa oficial de abertura com o tema “Resgate da história do CCSA”.

Durante os três dias serão promovidas mostras científicas, ocasiões onde os projetos dos cursos que compõem o Centro serão expostos ao público em painéis. Também será realizada uma mesa redonda que detalhará as atividades desenvolvidas por esses projetos. Para acompanhar a programação completa do 3º “CCSA Mostra o que Faz”, clique AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os quatro cursos que compõem o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Ciências Contábeis, Administração, Serviço Social e Jornalismo – se juntarão para mais uma edição do “CCSA Mostra o que Faz”. O evento acontecerá entre os dias 18 e 20 de novembro, na Central de Integração Acadêmica, Leia Mais...

O post Terceira edição do “CCSA Mostra o que Faz” será realizada no período de 18 a 20 de novembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-11-01 16:28:59 [post_date] => 2019-11-01 16:28:59 [post_modified_gmt] => 2019-11-01 16:28:59 [post_modified] => 2019-11-01 16:28:59 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52551 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0a12fe6da4bd4669a1d52fdf6576ad6a [1] => 60c5b12802236c4a600d8b50070032bc ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => terceira-edicao-do-ccsa-mostra-o-que-faz-sera-realizada-no-periodo-de-18-a-20-de-novembro )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia

Array ( [post_title] => Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia [post_content] =>

Teve início, na noite de quarta-feira (30), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 2ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia. A conferência de abertura contou com a participação do renomado fotojornalista Evandro Teixeira, autor de cliques históricos de momentos e personalidades do Brasil.

Ao palestrar para uma plateia atenta e curiosa, Evandro comentou sobre os riscos que passou durante sua carreira, falou da experiência de trabalhar no Rio de Janeiro durante a Ditadura Militar e citou o tempo que fotografou no Chile como a época mais perigosa de seu trabalho, entre outros fatos.

Em sua palestra, o fotojornalista exibiu mais de 200 fotos do seu acervo, imagens de momentos marcantes em sua carreira que figuram o período da Ditadura Militar No Brasil, a queda do governo no Chile, a morte de Pablo Neruda e registros de momentos importantes de figuras de renome como Pelé carregando a tocha olímpica e a piscada de olho de Ayrton Senna, além da cobertura de muitas Olimpíadas e Copas do Mundo.

Sobre o fato de ser um dos fotojornalistas mais importantes do país, Evandro definiu que é apenas um fotojornalista que trabalhou e aprendeu muito trabalhando em jornal e que viajou bastante, sempre vivenciando grandes momentos históricos. E para aqueles que desejam seguir carreira no fotojornalismo, ele orientou que, para começar, é importante sempre acreditar. “É preciso acreditar em você, estudar muito, fotografar muito e buscar o cotidiano do Brasil sem nunca desistir. Nunca fui para uma missão dizendo que não daria certo. Sempre achava que ia dar certo e sempre deu certo”, frisou.

A Grão Fino é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Conta com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq-PB) e do Coletivo F8, tendo como parceira a Mega Álbum. Segundo o professor e fotógrafo Sóstenes Lope, a junção das duas universidades de Campina Grande foi de grande importância para realização e sucesso do evento.

Segundo o professor de Fotojornalismo da UEPB, Rostand Melo, a palestra com Evandro Teixeira foi de suma importância para os estudantes de Comunicação Social. “Quando a gente fala de fotojornalismo, ele é uma referência quase obrigatória e ter esse contato direto é estimulante”, ressaltou. A Grão Fino segue com sua programação até esta sexta-feira, 1º de novembro, com exposições e diversas oficinas fotográficas. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas no endereço eletrônico https://www.doity.com.br/graofino.

Texto: Analice Oliveira e Viviane Duarte (Assessoria Grão Fino)
Fotos: Joyce Lima e Wallington Cruz (Assessoria Grão Fino)

O post Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Teve início, na noite de quarta-feira (30), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 2ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia. A conferência de abertura contou com a participação do renomado fotojornalista Evandro Teixeira, autor de cliques históricos de Leia Mais...

O post Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-31 10:14:39 [post_date] => 2019-10-31 10:14:39 [post_modified_gmt] => 2019-10-31 10:14:39 [post_modified] => 2019-10-31 10:14:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52442 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 54c8c53d3ba684bfc437cd64cbce95e2 [1] => 278c766ccaf648429f07045a975edbcc ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia

Array ( [post_title] => Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia [post_content] =>

Teve início, na noite de quarta-feira (30), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 2ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia. A conferência de abertura contou com a participação do renomado fotojornalista Evandro Teixeira, autor de cliques históricos de momentos e personalidades do Brasil.

Ao palestrar para uma plateia atenta e curiosa, Evandro comentou sobre os riscos que passou durante sua carreira, falou da experiência de trabalhar no Rio de Janeiro durante a Ditadura Militar e citou o tempo que fotografou no Chile como a época mais perigosa de seu trabalho, entre outros fatos.

Em sua palestra, o fotojornalista exibiu mais de 200 fotos do seu acervo, imagens de momentos marcantes em sua carreira que figuram o período da Ditadura Militar No Brasil, a queda do governo no Chile, a morte de Pablo Neruda e registros de momentos importantes de figuras de renome como Pelé carregando a tocha olímpica e a piscada de olho de Ayrton Senna, além da cobertura de muitas Olimpíadas e Copas do Mundo.

Sobre o fato de ser um dos fotojornalistas mais importantes do país, Evandro definiu que é apenas um fotojornalista que trabalhou e aprendeu muito trabalhando em jornal e que viajou bastante, sempre vivenciando grandes momentos históricos. E para aqueles que desejam seguir carreira no fotojornalismo, ele orientou que, para começar, é importante sempre acreditar. “É preciso acreditar em você, estudar muito, fotografar muito e buscar o cotidiano do Brasil sem nunca desistir. Nunca fui para uma missão dizendo que não daria certo. Sempre achava que ia dar certo e sempre deu certo”, frisou.

A Grão Fino é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Conta com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq-PB) e do Coletivo F8, tendo como parceira a Mega Álbum. Segundo o professor e fotógrafo Sóstenes Lope, a junção das duas universidades de Campina Grande foi de grande importância para realização e sucesso do evento.

Segundo o professor de Fotojornalismo da UEPB, Rostand Melo, a palestra com Evandro Teixeira foi de suma importância para os estudantes de Comunicação Social. “Quando a gente fala de fotojornalismo, ele é uma referência quase obrigatória e ter esse contato direto é estimulante”, ressaltou. A Grão Fino segue com sua programação até esta sexta-feira, 1º de novembro, com exposições e diversas oficinas fotográficas. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas no endereço eletrônico https://www.doity.com.br/graofino.

Texto: Analice Oliveira e Viviane Duarte (Assessoria Grão Fino)
Fotos: Joyce Lima e Wallington Cruz (Assessoria Grão Fino)

O post Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Teve início, na noite de quarta-feira (30), no Auditório 3 da Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande, a 2ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia. A conferência de abertura contou com a participação do renomado fotojornalista Evandro Teixeira, autor de cliques históricos de Leia Mais...

O post Evandro Teixeira narra bastidores de fotos históricas na abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-31 10:14:39 [post_date] => 2019-10-31 10:14:39 [post_modified_gmt] => 2019-10-31 10:14:39 [post_modified] => 2019-10-31 10:14:39 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52442 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 54c8c53d3ba684bfc437cd64cbce95e2 [1] => 278c766ccaf648429f07045a975edbcc ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => evandro-teixeira-narra-bastidores-de-fotos-historicas-na-abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico

Array ( [post_title] => Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Curso de Jornalismo, promove, nos dias 4 e 6 de novembro, o Seminário sobre Jornalismo Etnográfico com apresentação dos resultados do projeto de extensão Alumiá. O primeiro encontro acontece na segunda-feira (4), às 19h, e o segundo será na quarta-feira (6), às 9h, ambos no Auditório 1 na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. As atividades são gratuitas e disponibilizam certificado.

A ideia do projeto partiu dos próprios estudantes que, na busca por exercitar a prática do jornalismo em profundidade, perceberam a necessidade de voltar seus olhares a grupos que são tidos como “ignorados sociais”. Reportagens foram produzidas e publicadas na plataforma do projeto (https://alumia.home.blog). A primeira série abordou questões relacionadas aos profissionais do sexo e a segunda trata do cotidiano de pessoas em situação de rua em Campina Grande.

O evento é voltado para a comunidade acadêmica e o público em geral, com a perspectiva de fazer com que os relatos, a vivência e a troca de experiências retornem aos sujeitos em forma de auxílio e reconhecimento. Na oportunidade, estarão presentes representantes das instituições que desenvolvem trabalhos de apoio aos grupos estudados pelo projeto.

Alumiá é um projeto de extensão coordenado pelas professoras Ada Guedes e Suéllen Rodrigues, composto pelos alunos Alessandra Clementino, Carla Miranda, José Ricardo Júnior e Mateus Araújo, tendo como objetivo despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes, como também da sociedade.

O post Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Curso de Jornalismo, promove, nos dias 4 e 6 de novembro, o Seminário sobre Jornalismo Etnográfico com apresentação dos resultados do projeto de extensão Alumiá. O primeiro encontro acontece na segunda-feira (4), às 19h, e o segundo será na quarta-feira (6), às 9h, ambos no Auditório 1 Leia Mais...

O post Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-30 08:18:44 [post_date] => 2019-10-30 08:18:44 [post_modified_gmt] => 2019-10-30 08:18:44 [post_modified] => 2019-10-30 08:18:44 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52419 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a05163aaf2e92f5e5c07018ee69ceb15 [1] => 6e325b5444e7f0d34867abd232f62766 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico

Array ( [post_title] => Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Curso de Jornalismo, promove, nos dias 4 e 6 de novembro, o Seminário sobre Jornalismo Etnográfico com apresentação dos resultados do projeto de extensão Alumiá. O primeiro encontro acontece na segunda-feira (4), às 19h, e o segundo será na quarta-feira (6), às 9h, ambos no Auditório 1 na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. As atividades são gratuitas e disponibilizam certificado.

A ideia do projeto partiu dos próprios estudantes que, na busca por exercitar a prática do jornalismo em profundidade, perceberam a necessidade de voltar seus olhares a grupos que são tidos como “ignorados sociais”. Reportagens foram produzidas e publicadas na plataforma do projeto (https://alumia.home.blog). A primeira série abordou questões relacionadas aos profissionais do sexo e a segunda trata do cotidiano de pessoas em situação de rua em Campina Grande.

O evento é voltado para a comunidade acadêmica e o público em geral, com a perspectiva de fazer com que os relatos, a vivência e a troca de experiências retornem aos sujeitos em forma de auxílio e reconhecimento. Na oportunidade, estarão presentes representantes das instituições que desenvolvem trabalhos de apoio aos grupos estudados pelo projeto.

Alumiá é um projeto de extensão coordenado pelas professoras Ada Guedes e Suéllen Rodrigues, composto pelos alunos Alessandra Clementino, Carla Miranda, José Ricardo Júnior e Mateus Araújo, tendo como objetivo despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes, como também da sociedade.

O post Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Curso de Jornalismo, promove, nos dias 4 e 6 de novembro, o Seminário sobre Jornalismo Etnográfico com apresentação dos resultados do projeto de extensão Alumiá. O primeiro encontro acontece na segunda-feira (4), às 19h, e o segundo será na quarta-feira (6), às 9h, ambos no Auditório 1 Leia Mais...

O post Seminário da Universidade Estadual da Paraíba debaterá as vivências sociais com o jornalismo etnográfico apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-30 08:18:44 [post_date] => 2019-10-30 08:18:44 [post_modified_gmt] => 2019-10-30 08:18:44 [post_modified] => 2019-10-30 08:18:44 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52419 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => a05163aaf2e92f5e5c07018ee69ceb15 [1] => 6e325b5444e7f0d34867abd232f62766 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => seminario-da-universidade-estadual-da-paraiba-debatera-as-vivencias-sociais-com-o-jornalismo-etnografico )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos

Array ( [post_title] => Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos [post_content] =>

Os cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesp) e parceria da Mega Álbum Encadernações, realizam, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, a Grão Fino: 2ª Semana de Fotografia, que abordará o mundo fotográfico através de mesas redondas, oficinas, grupos de trabalho e exposições.

As mesas redondas do evento abordam temas sociais, acadêmicos e artísticos. Todas serão realizadas no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

Intitulada “Fotografia e Arte Contemporânea”, a primeira mesa redonda do evento debaterá a convergência entre arte e fotografia e como esses dois componentes estão lidando um com o outro na contemporaneidade. A mesa acontece às 9h do dia 31 de outubro e será composta pela diretora em arte e mídia, Luciana Urtiga; pelo artista visual, fotógrafo e realizador de exposições autorais, Leandro Costa; e por Everton David, artista visual, jornalista e realizador de exposições autorais.

A segunda mesa debate os ramos das pesquisas fotográficas e quais as perspectivas dessa área. “Fotografia e pesquisa, perspectivas e dilemas” ocorre às 19h do dia 31 de outubro e será composta por Paulo Boni, pós-doutor em Ciências da Comunicação e coordenador do grupo de pesquisa em fotografia da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom); Paulo Matias, doutor em Educação, Arte e História da Cultura, professor da Universidade Federal de Campina Grande, pesquisador de Inocologia e de atuação de fotojornalistas.

Já “Fotografia e representatividade social”, terceira mesa redonda do evento, acontece às 9h do dia 1º de novembro, sendo composta por Rennan Peixe, realizador de exposições coletivas em espaços periféricos, professor e fotógrafo de curtas metragens; Wagner Pina, mestrando em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que trabalha com artes visuais envolvendo cotidiano, sexualidade, gênero, tecnologia e causas sociais; além de Beatriz Leite, jornalista, fotógrafa e idealizadora do projeto “Esse corpo é meu” (@projetoessecorpoemeu).

Abertura

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. A conferência de Evandro acontece no dia 30 de outubro, às 19h, no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica. O fotojornalista vai tratar do tema “A Fotografia no Contexto da História”, apresentando algumas das fotografias de sua autoria que ilustraram as páginas dos jornais e livros de História durante seus mais de 50 anos de atuação no fotojornalismo.

A “Grão Fino: Semana de Fotografia” vai oferecer uma programação diversificada, com palestras, debates, oficinas, apresentações de artigos científicos e exposições fotográficas. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.coletivof8.com/graofino, vinculado ao site “Coletivo F8”, do Curso de Jornalismo da UEPB. Não haverá cobrança de taxa e as inscrições são abertas para estudantes, profissionais e pesquisadores de diversas áreas vinculadas à fotografia ou para quem busca o primeiro contato com a arte fotográfica. Mais informações podem ser obtidas no site do evento ou no perfil oficial no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Texto: André Bojim (Estudante de Jornalismo)

O post Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesp) e parceria da Mega Álbum Encadernações, realizam, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, a Grão Fino: Leia Mais...

O post Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-21 15:59:29 [post_date] => 2019-10-21 15:59:29 [post_modified_gmt] => 2019-10-21 15:59:29 [post_modified] => 2019-10-21 15:59:29 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52108 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 23b8e79ed1c0d08e7b15c104d812f297 [1] => 23b8e79ed1c0d08e7b15c104d812f297 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos

Array ( [post_title] => Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos [post_content] =>

Os cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesp) e parceria da Mega Álbum Encadernações, realizam, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, a Grão Fino: 2ª Semana de Fotografia, que abordará o mundo fotográfico através de mesas redondas, oficinas, grupos de trabalho e exposições.

As mesas redondas do evento abordam temas sociais, acadêmicos e artísticos. Todas serão realizadas no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

Intitulada “Fotografia e Arte Contemporânea”, a primeira mesa redonda do evento debaterá a convergência entre arte e fotografia e como esses dois componentes estão lidando um com o outro na contemporaneidade. A mesa acontece às 9h do dia 31 de outubro e será composta pela diretora em arte e mídia, Luciana Urtiga; pelo artista visual, fotógrafo e realizador de exposições autorais, Leandro Costa; e por Everton David, artista visual, jornalista e realizador de exposições autorais.

A segunda mesa debate os ramos das pesquisas fotográficas e quais as perspectivas dessa área. “Fotografia e pesquisa, perspectivas e dilemas” ocorre às 19h do dia 31 de outubro e será composta por Paulo Boni, pós-doutor em Ciências da Comunicação e coordenador do grupo de pesquisa em fotografia da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom); Paulo Matias, doutor em Educação, Arte e História da Cultura, professor da Universidade Federal de Campina Grande, pesquisador de Inocologia e de atuação de fotojornalistas.

Já “Fotografia e representatividade social”, terceira mesa redonda do evento, acontece às 9h do dia 1º de novembro, sendo composta por Rennan Peixe, realizador de exposições coletivas em espaços periféricos, professor e fotógrafo de curtas metragens; Wagner Pina, mestrando em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que trabalha com artes visuais envolvendo cotidiano, sexualidade, gênero, tecnologia e causas sociais; além de Beatriz Leite, jornalista, fotógrafa e idealizadora do projeto “Esse corpo é meu” (@projetoessecorpoemeu).

Abertura

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. A conferência de Evandro acontece no dia 30 de outubro, às 19h, no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica. O fotojornalista vai tratar do tema “A Fotografia no Contexto da História”, apresentando algumas das fotografias de sua autoria que ilustraram as páginas dos jornais e livros de História durante seus mais de 50 anos de atuação no fotojornalismo.

A “Grão Fino: Semana de Fotografia” vai oferecer uma programação diversificada, com palestras, debates, oficinas, apresentações de artigos científicos e exposições fotográficas. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.coletivof8.com/graofino, vinculado ao site “Coletivo F8”, do Curso de Jornalismo da UEPB. Não haverá cobrança de taxa e as inscrições são abertas para estudantes, profissionais e pesquisadores de diversas áreas vinculadas à fotografia ou para quem busca o primeiro contato com a arte fotográfica. Mais informações podem ser obtidas no site do evento ou no perfil oficial no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Texto: André Bojim (Estudante de Jornalismo)

O post Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Os cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesp) e parceria da Mega Álbum Encadernações, realizam, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, a Grão Fino: Leia Mais...

O post Mesas redondas da Grão Fino – Semana de Fotografia abordam temais sociais, acadêmicos e artísticos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-21 15:59:29 [post_date] => 2019-10-21 15:59:29 [post_modified_gmt] => 2019-10-21 15:59:29 [post_modified] => 2019-10-21 15:59:29 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52108 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 23b8e79ed1c0d08e7b15c104d812f297 [1] => 23b8e79ed1c0d08e7b15c104d812f297 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mesas-redondas-da-grao-fino-semana-de-fotografia-abordam-temais-sociais-academicos-e-artisticos )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura

Array ( [post_title] => Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura [post_content] =>

Um aluno do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) terá um vídeo produzido em homenagem ao Dia dos Professores veiculado nesta segunda-feira (21), no Canal Futura. Yago Paolo elaborou o material tendo como personagem a professora de fotografia Agda Aquino, do Departamento de Comunicação Social da Instituição. O vídeo produzido por Yago integra uma série de interprogramas com a temática “Professores Inspiradores” e vai ao ar às 19h25.

O vídeo foi produzido pelo estudante após ter sido selecionado no projeto “Geração Futura Universidade Parceiras”, do Canal Futura. Foram selecionados estudantes de 34 universidades de todo o Brasil para participarem de uma oficina de audiovisual que aconteceu durante duas semanas, na Fundação Roberto Marinho, no Rio de Janeiro, no início deste ano.

Ao retornarem da oficina, os estudantes tiveram que produzir um vídeo com a temática “Professores Inspiradores”. Yago selecionou a professora Agda para ser a protagonista do interprograma. O trabalho levou três meses para ficar pronto, passando pelas etapas de escrita do roteiro, gravação, edição e finalização.

A série de interprogramas do Canal Futura está no ar desde a última terça-feira (15), quando foi comemorado o Dia dos Professores. O episódio do estudante da UEPB irá ao ar nesta segunda-feira (21), às 19h25, e também ficará disponível no futuraplay.org. O projeto “Geração Futura Juventudes”, do Canal Futura, está com inscrições abertas até o dia 22 de outubro.

Colaboração de texto e fotos: Yago Paolo

O post Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um aluno do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) terá um vídeo produzido em homenagem ao Dia dos Professores veiculado nesta segunda-feira (21), no Canal Futura. Yago Paolo elaborou o material tendo como personagem a professora de fotografia Agda Aquino, do Departamento de Comunicação Social da Instituição. O vídeo produzido por Yago Leia Mais...

O post Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-21 09:17:43 [post_date] => 2019-10-21 09:17:43 [post_modified_gmt] => 2019-10-21 09:17:43 [post_modified] => 2019-10-21 09:17:43 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52094 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7df69caae7f26482eb156475cc1189ba [1] => 361f00f84312b6403c4990251666ca34 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura

Array ( [post_title] => Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura [post_content] =>

Um aluno do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) terá um vídeo produzido em homenagem ao Dia dos Professores veiculado nesta segunda-feira (21), no Canal Futura. Yago Paolo elaborou o material tendo como personagem a professora de fotografia Agda Aquino, do Departamento de Comunicação Social da Instituição. O vídeo produzido por Yago integra uma série de interprogramas com a temática “Professores Inspiradores” e vai ao ar às 19h25.

O vídeo foi produzido pelo estudante após ter sido selecionado no projeto “Geração Futura Universidade Parceiras”, do Canal Futura. Foram selecionados estudantes de 34 universidades de todo o Brasil para participarem de uma oficina de audiovisual que aconteceu durante duas semanas, na Fundação Roberto Marinho, no Rio de Janeiro, no início deste ano.

Ao retornarem da oficina, os estudantes tiveram que produzir um vídeo com a temática “Professores Inspiradores”. Yago selecionou a professora Agda para ser a protagonista do interprograma. O trabalho levou três meses para ficar pronto, passando pelas etapas de escrita do roteiro, gravação, edição e finalização.

A série de interprogramas do Canal Futura está no ar desde a última terça-feira (15), quando foi comemorado o Dia dos Professores. O episódio do estudante da UEPB irá ao ar nesta segunda-feira (21), às 19h25, e também ficará disponível no futuraplay.org. O projeto “Geração Futura Juventudes”, do Canal Futura, está com inscrições abertas até o dia 22 de outubro.

Colaboração de texto e fotos: Yago Paolo

O post Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um aluno do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) terá um vídeo produzido em homenagem ao Dia dos Professores veiculado nesta segunda-feira (21), no Canal Futura. Yago Paolo elaborou o material tendo como personagem a professora de fotografia Agda Aquino, do Departamento de Comunicação Social da Instituição. O vídeo produzido por Yago Leia Mais...

O post Vídeo de aluno da UEPB em homenagem ao Dia dos Professores será veiculado no Canal Futura apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-21 09:17:43 [post_date] => 2019-10-21 09:17:43 [post_modified_gmt] => 2019-10-21 09:17:43 [post_modified] => 2019-10-21 09:17:43 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=52094 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura-nesta-segunda/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7df69caae7f26482eb156475cc1189ba [1] => 361f00f84312b6403c4990251666ca34 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => video-de-aluno-da-uepb-em-homenagem-ao-dia-dos-professores-sera-veiculado-no-canal-futura )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira

Array ( [post_title] => Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira [post_content] =>

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. O evento acontece de 30 de outubro a 1º de novembro, em uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site oficial do evento.

A conferência de Evandro Teixeira acontecerá no dia 30 de outubro, às 19h, no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica, localizada no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. O fotojornalista vai tratar do tema “A Fotografia no Contexto da História”, apresentando algumas das fotografias de sua autoria que ilustraram as páginas dos jornais e livros de História durante seus mais de 50 anos de atuação no fotojornalismo.

O “Jornal do Brasil” foi o principal veículo de atuação de Evandro Teixeira, onde trabalhou por 47 anos. Suas lentes registraram momentos históricos, como a deflagração do Golpe Militar de 1964, quando se infiltrou no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, para registrar a movimentação das tropas. Também registrou imagens marcantes da Passeata dos 100 mil, em 1968, e foi o único repórter fotográfico a cobrir o funeral do poeta Pablo Neruda, em 1973, no Chile.

Entre as imagens mais famosas de Evandro também estão retratos de personagens importantes do esporte e da cultura nacional, a exemplo da famosa cena da piscada de olho de Ayrton Senna, do encontro descontraído de Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Chico Buarque sentados no chão ou ainda da cena de Carlos Drummond de Andrade em inusitada pose no chão de casa. Drummond, que dedicou um poema ao fotógrafo, chamado “Diante das fotos de Evandro Teixeira”.

Baiano de Irajuda, o fotojornalista iniciou sua carreira em 1957, no Rio de Janeiro. Além do Jornal do Brasil, também atuou pelo “Diário da Noite” e “O Jornal”, ambos dos Diários Associados. Durante a carreira, recebeu prêmios internacionais promovidos por entidades como a Unesco, Nikon e Sociedade Interamericana de Imprensa. Publicou oito livros com sua produção no documental e de fotojornalismo, entre eles “Canudos 100 anos” e “Evandro Teixeira: retratos do tempo”, além da publicação de uma biografia de autoria da jornalista Silvana Costa Moreira.

Inscrições

A “Grão Fino: Semana de Fotografia” vai oferecer uma programação diversificada, com palestras, debates, oficinas, apresentações de artigos científicos e exposições fotográficas. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.coletivof8.com/graofino, vinculado ao site “Coletivo F8”, do Curso de Jornalismo da UEPB. Não haverá cobrança de taxa e as inscrições são abertas para estudantes, profissionais e pesquisadores de diversas áreas vinculadas à fotografia ou para quem busca o primeiro contato com a arte fotográfica.

O evento é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG, com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e parceria da Mega Álbum Encadernações Fotográficas. Mais informações podem ser obtidas no perfil oficial do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Colaboração de texto: Rostand Melo (Professor)
Fotos: Evandro Teixeira e Arquivo pessoal

O post Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. O evento acontece de 30 de outubro a 1º de novembro, em uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Leia Mais...

O post Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-16 08:17:18 [post_date] => 2019-10-16 08:17:18 [post_modified_gmt] => 2019-10-16 08:17:18 [post_modified] => 2019-10-16 08:17:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51997 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 632d58fdc57e67b2bb3fb1577abd8a63 [1] => b24a5fcdd58fbdf624d1ccf4441c7f18 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira

Array ( [post_title] => Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira [post_content] =>

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. O evento acontece de 30 de outubro a 1º de novembro, em uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site oficial do evento.

A conferência de Evandro Teixeira acontecerá no dia 30 de outubro, às 19h, no Auditório 2 da Central de Integração Acadêmica, localizada no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande. O fotojornalista vai tratar do tema “A Fotografia no Contexto da História”, apresentando algumas das fotografias de sua autoria que ilustraram as páginas dos jornais e livros de História durante seus mais de 50 anos de atuação no fotojornalismo.

O “Jornal do Brasil” foi o principal veículo de atuação de Evandro Teixeira, onde trabalhou por 47 anos. Suas lentes registraram momentos históricos, como a deflagração do Golpe Militar de 1964, quando se infiltrou no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, para registrar a movimentação das tropas. Também registrou imagens marcantes da Passeata dos 100 mil, em 1968, e foi o único repórter fotográfico a cobrir o funeral do poeta Pablo Neruda, em 1973, no Chile.

Entre as imagens mais famosas de Evandro também estão retratos de personagens importantes do esporte e da cultura nacional, a exemplo da famosa cena da piscada de olho de Ayrton Senna, do encontro descontraído de Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Chico Buarque sentados no chão ou ainda da cena de Carlos Drummond de Andrade em inusitada pose no chão de casa. Drummond, que dedicou um poema ao fotógrafo, chamado “Diante das fotos de Evandro Teixeira”.

Baiano de Irajuda, o fotojornalista iniciou sua carreira em 1957, no Rio de Janeiro. Além do Jornal do Brasil, também atuou pelo “Diário da Noite” e “O Jornal”, ambos dos Diários Associados. Durante a carreira, recebeu prêmios internacionais promovidos por entidades como a Unesco, Nikon e Sociedade Interamericana de Imprensa. Publicou oito livros com sua produção no documental e de fotojornalismo, entre eles “Canudos 100 anos” e “Evandro Teixeira: retratos do tempo”, além da publicação de uma biografia de autoria da jornalista Silvana Costa Moreira.

Inscrições

A “Grão Fino: Semana de Fotografia” vai oferecer uma programação diversificada, com palestras, debates, oficinas, apresentações de artigos científicos e exposições fotográficas. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.coletivof8.com/graofino, vinculado ao site “Coletivo F8”, do Curso de Jornalismo da UEPB. Não haverá cobrança de taxa e as inscrições são abertas para estudantes, profissionais e pesquisadores de diversas áreas vinculadas à fotografia ou para quem busca o primeiro contato com a arte fotográfica.

O evento é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG, com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e parceria da Mega Álbum Encadernações Fotográficas. Mais informações podem ser obtidas no perfil oficial do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Colaboração de texto: Rostand Melo (Professor)
Fotos: Evandro Teixeira e Arquivo pessoal

O post Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Evandro Teixeira, um dos repórteres fotográficos mais importantes do jornalismo brasileiro, estará em Campina Grande para proferir a conferência da abertura da “Grão Fino: Semana de Fotografia”. O evento acontece de 30 de outubro a 1º de novembro, em uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Arte e Leia Mais...

O post Abertura da Grão Fino: Semana de Fotografia contará com conferência do fotojornalista Evandro Teixeira apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-16 08:17:18 [post_date] => 2019-10-16 08:17:18 [post_modified_gmt] => 2019-10-16 08:17:18 [post_modified] => 2019-10-16 08:17:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51997 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 632d58fdc57e67b2bb3fb1577abd8a63 [1] => b24a5fcdd58fbdf624d1ccf4441c7f18 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => abertura-da-grao-fino-semana-de-fotografia-contara-com-conferencia-do-fotojornalista-evandro-teixeira )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

“Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro

Array ( [post_title] => “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro [post_content] =>

Pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo dispõe de um novo espaço para difusão dos seus trabalhos. Está aberta, até o dia 7 de outubro, a chamada de trabalhos da “Grão Fino: Semana de Fotografia”, evento acadêmico que será realizado entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro. A Grão Fino é uma ação conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG.

As inscrições são gratuitas. A submissão de trabalhos pode ser feita diretamente no site no evento (www.coletivof8.com/graofino). A página também disponibiliza as normas para envio e publicação do artigo, bem como um modelo que deve ser usado para facilitar a formatação, como o cabeçalho de identificação do evento. Outras informações também podem ser obtidas no perfil oficial do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Podem participar professores e estudantes que abordam a fotografia em suas pesquisas, seja no âmbito da graduação ou da pós-graduação. A chamada de trabalhos está aberta para uma abordagem interdisciplinar, permitindo a participação de pesquisadores do campo da comunicação, mas também de áreas como História, Sociologia, Antropologia, Geografia, Arquivologia, entre outras, com temas relacionados a fotografia ou que a utilizem como fonte.

Serão aceitos artigos acadêmicos relacionados aos seguintes grupos de trabalho: “1- Fotografia documental, memória e fotojornalismo”, “2- Fotografia contemporânea” e “3- Fotografia, educação e acessibilidade”. Além da apresentação nos GTs, os artigos selecionados também vão contar com publicação nos anais do evento, que serão disponibilizados em formato digital no site da Grão Fino. A divulgação dos artigos selecionados está prevista para 18 de outubro.

A apresentação dos artigos nos Grupos de Trabalhos está agendada para o dia 31 de outubro, a partir das 14h, na Unidade Acadêmica de Arte e Mídia (UFCG). A inclusão dos GTs na programação é a principal novidade da programação deste ano da Grão Fino, marcando o lançamento do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), que agrega pesquisadores da UEPB, UFCG e UFPB. Um dos objetivos dos GTs é ampliar a abrangência do grupo e fomentar novos olhares sobre a fotografia enquanto objeto de pesquisa.

A “Grão Fino” é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e do curso de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por docentes, estudantes e pesquisadores das duas instituições.

O evento conta com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e a parceria do Projeto de Extensão “Coletivo F8: Site de Fotojornalismo”, da Pró-Reitoria de Extensão da UEPB e da Mega Álbum Encadernações Fotográficas.

Colaboração de texto: Professor Rostand Melo

O post “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo dispõe de um novo espaço para difusão dos seus trabalhos. Está aberta, até o dia 7 de outubro, a chamada de trabalhos da “Grão Fino: Semana de Fotografia”, evento acadêmico que será realizado entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro. A Grão Fino Leia Mais...

O post “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-02 21:03:04 [post_date] => 2019-10-02 21:03:04 [post_modified_gmt] => 2019-10-02 21:03:04 [post_modified] => 2019-10-02 21:03:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51792 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 110d22bf02e8c14815ac37d22b1f4de9 [1] => ef4446d122a6c4b9f69c69c7c114909c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :“Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro

Array ( [post_title] => “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro [post_content] =>

Pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo dispõe de um novo espaço para difusão dos seus trabalhos. Está aberta, até o dia 7 de outubro, a chamada de trabalhos da “Grão Fino: Semana de Fotografia”, evento acadêmico que será realizado entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro. A Grão Fino é uma ação conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG.

As inscrições são gratuitas. A submissão de trabalhos pode ser feita diretamente no site no evento (www.coletivof8.com/graofino). A página também disponibiliza as normas para envio e publicação do artigo, bem como um modelo que deve ser usado para facilitar a formatação, como o cabeçalho de identificação do evento. Outras informações também podem ser obtidas no perfil oficial do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia).

Podem participar professores e estudantes que abordam a fotografia em suas pesquisas, seja no âmbito da graduação ou da pós-graduação. A chamada de trabalhos está aberta para uma abordagem interdisciplinar, permitindo a participação de pesquisadores do campo da comunicação, mas também de áreas como História, Sociologia, Antropologia, Geografia, Arquivologia, entre outras, com temas relacionados a fotografia ou que a utilizem como fonte.

Serão aceitos artigos acadêmicos relacionados aos seguintes grupos de trabalho: “1- Fotografia documental, memória e fotojornalismo”, “2- Fotografia contemporânea” e “3- Fotografia, educação e acessibilidade”. Além da apresentação nos GTs, os artigos selecionados também vão contar com publicação nos anais do evento, que serão disponibilizados em formato digital no site da Grão Fino. A divulgação dos artigos selecionados está prevista para 18 de outubro.

A apresentação dos artigos nos Grupos de Trabalhos está agendada para o dia 31 de outubro, a partir das 14h, na Unidade Acadêmica de Arte e Mídia (UFCG). A inclusão dos GTs na programação é a principal novidade da programação deste ano da Grão Fino, marcando o lançamento do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), que agrega pesquisadores da UEPB, UFCG e UFPB. Um dos objetivos dos GTs é ampliar a abrangência do grupo e fomentar novos olhares sobre a fotografia enquanto objeto de pesquisa.

A “Grão Fino” é uma realização conjunta dos cursos de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e do curso de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por docentes, estudantes e pesquisadores das duas instituições.

O evento conta com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e a parceria do Projeto de Extensão “Coletivo F8: Site de Fotojornalismo”, da Pró-Reitoria de Extensão da UEPB e da Mega Álbum Encadernações Fotográficas.

Colaboração de texto: Professor Rostand Melo

O post “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo dispõe de um novo espaço para difusão dos seus trabalhos. Está aberta, até o dia 7 de outubro, a chamada de trabalhos da “Grão Fino: Semana de Fotografia”, evento acadêmico que será realizado entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro. A Grão Fino Leia Mais...

O post “Grão Fino: Semana de Fotografia” recebe artigos para apresentação de trabalhos até dia 7 de outubro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-02 21:03:04 [post_date] => 2019-10-02 21:03:04 [post_modified_gmt] => 2019-10-02 21:03:04 [post_modified] => 2019-10-02 21:03:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51792 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 110d22bf02e8c14815ac37d22b1f4de9 [1] => ef4446d122a6c4b9f69c69c7c114909c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => grao-fino-semana-de-fotografia-recebe-artigos-para-apresentacao-de-trabalhos-ate-7-de-outubro )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas

Array ( [post_title] => Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas [post_content] =>

Um projeto de extensão do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi lançado recentemente com a proposta de despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes de Comunicação, a partir do trabalho com reportagens com foco etnográfico. Trata-se do Alumiá, coordenado pelas professoras Ada Kesea Guedes Bezerra e Suéllen Rodrigues Ramos da Silva, e composto pelos alunos Alessandra Clementino, Carla Miranda, José Ricardo Júnior e Mateus Araújo.

A ideia partiu dos próprios estudantes que, na busca por exercitar a prática do jornalismo em profundidade, perceberam a necessidade de voltar seus olhares a grupos que são “ignorados socialmente”. O nome do projeto – Alumiá – remete à ideia de iluminar, que, segundo os idealizadores, também pode ser entendido através de seu sentido figurado: “dar ou adquirir conhecimento”.

Cada uma das reportagens que integram a plataforma é uma porta aberta para a troca de experiências de vida entre personagem e repórteres. Conforma os integrantes do projeto, é um formato para pensar e fazer o jornalismo que acaba se distanciando da rotina desenfreada das redações e do sensacionalismo midiático. Neste primeiro ano do projeto, a equipe se voltou para a realidade de dois grupos em situação de risco da cidade de Campina Grande: profissionais do sexo e pessoas em situação de rua.

A plataforma do projeto pode ser acessada no endereço https://alumia.home.blog. A primeira série de reportagens abordou a temática das profissionais do sexo em Campina Grande. No mês de outubro as matérias jornalísticas vão girar em torno das pessoas em situação de rua. Para Ada Guedes, uma das coordenadoras do projeto, “trata-se da oportunidade de produção de um jornalismo humanizado, diferente do que dita as rotinas produtivas do factual. Nesta proposta, o jornalismo de proximidade e a prática etnográfica, que permite maior observação sobre a realidade do outro, proporcionam uma escrita sensível, uma narrativa viva e é isso que vemos na experiência vivida por estes alunos e em seus textos”.

Mateus Araújo está no último período da graduação em Jornalismo e fala da importância desse projeto para sua trajetória acadêmica. “A ideia surgiu a partir da necessidade, enquanto comunicadores, de nos aproximarmos dessas histórias de vida que, muitas vezes, são ignoradas pela mídia. Vimos a necessidade de nos colocarmos no lugar do outro e ter consciência que observar e ouvir às vezes vale bem mais do que falar. O Alumiá nos proporciona sentir na pele os desafios da reportagem etnográfica e o amadurecimento não só do nosso lado profissional, mas, principalmente, o nosso lado humano”, frisou.

Em novembro, o projeto vai realizar um seminário na Instituição com o intuito de mostrar os resultados do trabalho desenvolvido ao longo dos últimos meses, além de discutir sobre jornalismo etnográfico, com a presença de alguns representantes de órgãos que lidam com os grupos sociais que são estudados pelo projeto.

Colaboração de texto: Mateus Araújo (Aluno de Jornalismo da UEPB)

O post Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi lançado recentemente com a proposta de despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes de Comunicação, a partir do trabalho com reportagens com foco etnográfico. Trata-se do Alumiá, coordenado pelas professoras Ada Kesea Guedes Bezerra e Suéllen Rodrigues Leia Mais...

O post Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-01 09:36:49 [post_date] => 2019-10-01 09:36:49 [post_modified_gmt] => 2019-10-01 09:36:49 [post_modified] => 2019-10-01 09:36:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51756 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 72212daf67b56c2c2496fa53cfc2f7eb [1] => 332b72387e070ae379d5c84852a88719 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas

Array ( [post_title] => Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas [post_content] =>

Um projeto de extensão do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi lançado recentemente com a proposta de despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes de Comunicação, a partir do trabalho com reportagens com foco etnográfico. Trata-se do Alumiá, coordenado pelas professoras Ada Kesea Guedes Bezerra e Suéllen Rodrigues Ramos da Silva, e composto pelos alunos Alessandra Clementino, Carla Miranda, José Ricardo Júnior e Mateus Araújo.

A ideia partiu dos próprios estudantes que, na busca por exercitar a prática do jornalismo em profundidade, perceberam a necessidade de voltar seus olhares a grupos que são “ignorados socialmente”. O nome do projeto – Alumiá – remete à ideia de iluminar, que, segundo os idealizadores, também pode ser entendido através de seu sentido figurado: “dar ou adquirir conhecimento”.

Cada uma das reportagens que integram a plataforma é uma porta aberta para a troca de experiências de vida entre personagem e repórteres. Conforma os integrantes do projeto, é um formato para pensar e fazer o jornalismo que acaba se distanciando da rotina desenfreada das redações e do sensacionalismo midiático. Neste primeiro ano do projeto, a equipe se voltou para a realidade de dois grupos em situação de risco da cidade de Campina Grande: profissionais do sexo e pessoas em situação de rua.

A plataforma do projeto pode ser acessada no endereço https://alumia.home.blog. A primeira série de reportagens abordou a temática das profissionais do sexo em Campina Grande. No mês de outubro as matérias jornalísticas vão girar em torno das pessoas em situação de rua. Para Ada Guedes, uma das coordenadoras do projeto, “trata-se da oportunidade de produção de um jornalismo humanizado, diferente do que dita as rotinas produtivas do factual. Nesta proposta, o jornalismo de proximidade e a prática etnográfica, que permite maior observação sobre a realidade do outro, proporcionam uma escrita sensível, uma narrativa viva e é isso que vemos na experiência vivida por estes alunos e em seus textos”.

Mateus Araújo está no último período da graduação em Jornalismo e fala da importância desse projeto para sua trajetória acadêmica. “A ideia surgiu a partir da necessidade, enquanto comunicadores, de nos aproximarmos dessas histórias de vida que, muitas vezes, são ignoradas pela mídia. Vimos a necessidade de nos colocarmos no lugar do outro e ter consciência que observar e ouvir às vezes vale bem mais do que falar. O Alumiá nos proporciona sentir na pele os desafios da reportagem etnográfica e o amadurecimento não só do nosso lado profissional, mas, principalmente, o nosso lado humano”, frisou.

Em novembro, o projeto vai realizar um seminário na Instituição com o intuito de mostrar os resultados do trabalho desenvolvido ao longo dos últimos meses, além de discutir sobre jornalismo etnográfico, com a presença de alguns representantes de órgãos que lidam com os grupos sociais que são estudados pelo projeto.

Colaboração de texto: Mateus Araújo (Aluno de Jornalismo da UEPB)

O post Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Um projeto de extensão do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi lançado recentemente com a proposta de despertar o exercício do olhar crítico e social dos estudantes de Comunicação, a partir do trabalho com reportagens com foco etnográfico. Trata-se do Alumiá, coordenado pelas professoras Ada Kesea Guedes Bezerra e Suéllen Rodrigues Leia Mais...

O post Projeto de extensão do Curso de Jornalismo da UEPB lança plataforma com foco em reportagens etnográficas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-01 09:36:49 [post_date] => 2019-10-01 09:36:49 [post_modified_gmt] => 2019-10-01 09:36:49 [post_modified] => 2019-10-01 09:36:49 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51756 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 72212daf67b56c2c2496fa53cfc2f7eb [1] => 332b72387e070ae379d5c84852a88719 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-de-extensao-do-curso-de-jornalismo-da-uepb-lanca-plataforma-com-foco-em-reportagens-etnograficas )