CCSA

CCSA

Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Notícias

A Comissão Organizadora da “3ª Grão Fino: Semana de Fotografia” decidiu prorrogar o prazo da chamada de trabalhos. Os pesquisadores, professores e estudantes que...
O Centro De Ciências Sociais Aplicadas manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de Eliane Alves Freitas Ângelo, terna amiga e colega de trabalho. Neste momento de...
Será realizada entre os dias 26 e 30 de outubro a 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia, com palestras, debates, oficinas e apresentações de trabalhos acadêmicos....
Será realizada entre os dias 26 e 30 de outubro a 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia, com palestras, debates, oficinas e apresentações de trabalhos acadêmicos....
O escritor, jornalista e professor do curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Jurani Clementino, através do selo Lattus da Editora da Universidade...
A edição 2020 da Grão Fino: Semana de Fotografia, reservou um espaço especial na programação para a realização de oficinas, com o objetivo de promover a capacitação...

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular

Array ( [post_title] => UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular [post_content] =>

Com o tema “Desafios e resistências das festas populares em tempos de crise”, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Departamento de Comunicação Social (DECOM) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), realiza mais uma edição do Seminário “Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”. A 17º edição do Seminário será realizada de 5 a 7 de outubro, e por conta da pandemia e das medidas de distanciamento social, este ano acontece em formato virtual.

Essa será a primeira vez que o evento será realizada de forma on-line. Apesar do cenário difícil imposto pela pandemia do novo Coronavírus, a organização do Folkcomunicação acredita que a iniciativa mais uma vez cumprirá o seu papel de defender, valorizar e buscar o resgate das manifestações culturais da região. Este ano, o Folkcom prestará homenagem ao centenário do economista Celso Furtado, e da dramaturga Lourdes Ramalho. Como forma de traçar estratégias de divulgação do evento, e já entrando no debate que será travado durante os três dias de realização do Seminário, a organização promoveu nesta terça-feira (29) um encontro virtual pela plataforma Google Meet.

O encontro reuniu o coordenador geral do evento, o professor Luiz Custódio da Silva; o professor Roberto Faustino, e a professora Ada Ada Guedes, que integram a comissão organizadora, além de estudantes do curso de Jornalismo e representantes da Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da UEPB. Em mais uma edição, o Folkcomunicação será voltado para os segmentos populares, e por isso, tem como público-alvo, todas as pessoas que defendem as manifestações populares. As inscrições são gratuitas e serão realizadas via formulário do Google, disponibilizadas posteriormente pela organização do evento.

A 17ª edição do seminário contará com palestras, debates, mesa redonda, apresentação dos GTs (Grupo de Trabalhos), oficinas, lançamento de livros e mostra audiovisual. Como novidade, este ano são as atividades transmitidas ao vivo pela TV Nordestina, que está completando um ano no ar, e pelo canal da UEPB no YouTube Rede/UEPB. Oficialmente, o Folkcom será aberto às 19h, no dia 5 pelo professor Luiz Custódio.

No dia 6, a principal atividade a ser realizada será às 9h, com o debate “Desafios e Resistências das Festas Populares em Tempos de Crise”, que contará com a participação do professor André Luiz Piva de Carvalho (UFPB/Paraíba Criativa); Antônio Fausto Neto (UNISINOS/UFPB/CISECO); Júlio César Valente Ferreira (CEFET/RJ)Rosália Borges Lucas Victor, representando a Prefeitura Municipal de Campina Grande, e Ruth Avelino Cavalcanti Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). Essa atividade será medida por Guilherme Moreira Fernandes (UFRB/Rede Folkcom).

A parte da tarde está reservada para a apresentação dos GT Folkcomunicação. Ao todo, cinco GTs serão apresentados abordando diversos assuntos dentro da proposta do tema central da edição 2020 do evento. A noite, acontece a mesa redonda “Festas Juninas em Tempos de Crise”. Essa atividade contará com a participação de Elizabeth Christina de Andrade Lima da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Giseli Maria Sampaio de Araújo (SECULT/PMCG); Jô Mazzarolo da Globo Nordeste; Lima Filho (ASQUAJU) e Rubens Júnior (FCTC/SEGOV/PMC). O debate será mediado pela professora Zulmira Nóbrega Piva de Carvalho da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

No dia 7, mais duas mesas redondas estão programadas, sendo uma na parte da manhã, abordando o tema “Festas Religiosas em Tempos de Crise”, e outra à tarde, aprofundando o tema “Festas Carnavalescas em Tempos de Crise”. A solenidade de encerramento está programada para às 18h. Como membro da comissão organizadora, o professor Roberto Faustino destacou que este ano o desafio será maior devido ao cenário imposto pela pandemia. Ele espera uma maior participação da comunidade universitária nesse formato virtual. Ele lembrou que o uso da tecnologia permite que o Seminário Extrapole as fronteiras e se torne um evento de caráter internacional. Faustino lembrou que desde o seu nascimento, o Folkcom sempre procurou aproximar a ciência da arte e das manifestações culturais.

Como coordenador geral do evento, o professor Luiz Custódio da Silva destacou que o Folkcomunicação sempre procurou manter e fortalecer as tradições e manifestações populares, e contribuir para o processo de revitalização dessas manifestações, a exemplo da cantoria de viola. Promovido pela UEPB, em parceria com a Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom), o seminário conta com apoio das Pró-Reitorias de Cultura, Extensão, Estudantil, Graduação e Pós-Graduação da UEPB, da TV Nordestina, entre outros parceiros.

Texto: Severino Lopes

O post UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Desafios e resistências das festas populares em tempos de crise”, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Departamento de Comunicação Social (DECOM) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), realiza mais uma edição do Seminário “Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”. A 17º edição Leia Mais...

O post UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-29 16:19:28 [post_date] => 2020-09-29 16:19:28 [post_modified_gmt] => 2020-09-29 16:19:28 [post_modified] => 2020-09-29 16:19:28 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57311 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0be71749591bea6e1f40c306f5af2900 [1] => b5b53173da1c7d2a51480e8eb62e1005 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 13 [3] => 36 [4] => 31 [5] => 29 [6] => 18 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular

Array ( [post_title] => UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular [post_content] =>

Com o tema “Desafios e resistências das festas populares em tempos de crise”, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Departamento de Comunicação Social (DECOM) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), realiza mais uma edição do Seminário “Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”. A 17º edição do Seminário será realizada de 5 a 7 de outubro, e por conta da pandemia e das medidas de distanciamento social, este ano acontece em formato virtual.

Essa será a primeira vez que o evento será realizada de forma on-line. Apesar do cenário difícil imposto pela pandemia do novo Coronavírus, a organização do Folkcomunicação acredita que a iniciativa mais uma vez cumprirá o seu papel de defender, valorizar e buscar o resgate das manifestações culturais da região. Este ano, o Folkcom prestará homenagem ao centenário do economista Celso Furtado, e da dramaturga Lourdes Ramalho. Como forma de traçar estratégias de divulgação do evento, e já entrando no debate que será travado durante os três dias de realização do Seminário, a organização promoveu nesta terça-feira (29) um encontro virtual pela plataforma Google Meet.

O encontro reuniu o coordenador geral do evento, o professor Luiz Custódio da Silva; o professor Roberto Faustino, e a professora Ada Ada Guedes, que integram a comissão organizadora, além de estudantes do curso de Jornalismo e representantes da Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da UEPB. Em mais uma edição, o Folkcomunicação será voltado para os segmentos populares, e por isso, tem como público-alvo, todas as pessoas que defendem as manifestações populares. As inscrições são gratuitas e serão realizadas via formulário do Google, disponibilizadas posteriormente pela organização do evento.

A 17ª edição do seminário contará com palestras, debates, mesa redonda, apresentação dos GTs (Grupo de Trabalhos), oficinas, lançamento de livros e mostra audiovisual. Como novidade, este ano são as atividades transmitidas ao vivo pela TV Nordestina, que está completando um ano no ar, e pelo canal da UEPB no YouTube Rede/UEPB. Oficialmente, o Folkcom será aberto às 19h, no dia 5 pelo professor Luiz Custódio.

No dia 6, a principal atividade a ser realizada será às 9h, com o debate “Desafios e Resistências das Festas Populares em Tempos de Crise”, que contará com a participação do professor André Luiz Piva de Carvalho (UFPB/Paraíba Criativa); Antônio Fausto Neto (UNISINOS/UFPB/CISECO); Júlio César Valente Ferreira (CEFET/RJ)Rosália Borges Lucas Victor, representando a Prefeitura Municipal de Campina Grande, e Ruth Avelino Cavalcanti Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). Essa atividade será medida por Guilherme Moreira Fernandes (UFRB/Rede Folkcom).

A parte da tarde está reservada para a apresentação dos GT Folkcomunicação. Ao todo, cinco GTs serão apresentados abordando diversos assuntos dentro da proposta do tema central da edição 2020 do evento. A noite, acontece a mesa redonda “Festas Juninas em Tempos de Crise”. Essa atividade contará com a participação de Elizabeth Christina de Andrade Lima da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Giseli Maria Sampaio de Araújo (SECULT/PMCG); Jô Mazzarolo da Globo Nordeste; Lima Filho (ASQUAJU) e Rubens Júnior (FCTC/SEGOV/PMC). O debate será mediado pela professora Zulmira Nóbrega Piva de Carvalho da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

No dia 7, mais duas mesas redondas estão programadas, sendo uma na parte da manhã, abordando o tema “Festas Religiosas em Tempos de Crise”, e outra à tarde, aprofundando o tema “Festas Carnavalescas em Tempos de Crise”. A solenidade de encerramento está programada para às 18h. Como membro da comissão organizadora, o professor Roberto Faustino destacou que este ano o desafio será maior devido ao cenário imposto pela pandemia. Ele espera uma maior participação da comunidade universitária nesse formato virtual. Ele lembrou que o uso da tecnologia permite que o Seminário Extrapole as fronteiras e se torne um evento de caráter internacional. Faustino lembrou que desde o seu nascimento, o Folkcom sempre procurou aproximar a ciência da arte e das manifestações culturais.

Como coordenador geral do evento, o professor Luiz Custódio da Silva destacou que o Folkcomunicação sempre procurou manter e fortalecer as tradições e manifestações populares, e contribuir para o processo de revitalização dessas manifestações, a exemplo da cantoria de viola. Promovido pela UEPB, em parceria com a Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom), o seminário conta com apoio das Pró-Reitorias de Cultura, Extensão, Estudantil, Graduação e Pós-Graduação da UEPB, da TV Nordestina, entre outros parceiros.

Texto: Severino Lopes

O post UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Com o tema “Desafios e resistências das festas populares em tempos de crise”, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio do Departamento de Comunicação Social (DECOM) e do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), realiza mais uma edição do Seminário “Os Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular”. A 17º edição Leia Mais...

O post UEPB promove 17º Seminário dos Festejos Juninos no Contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-29 16:19:28 [post_date] => 2020-09-29 16:19:28 [post_modified_gmt] => 2020-09-29 16:19:28 [post_modified] => 2020-09-29 16:19:28 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57311 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0be71749591bea6e1f40c306f5af2900 [1] => b5b53173da1c7d2a51480e8eb62e1005 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 13 [3] => 36 [4] => 31 [5] => 29 [6] => 18 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-17o-seminario-dos-festejos-juninos-no-contexto-da-folkcomunicacao-e-da-cultura-popular )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2

Array ( [post_title] => NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 [post_content] =>

O Núcleo de Assistência em Projetos e Pesquisas Empresariais e Sociais (NAPPES), empresa júnior do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está com inscrições abertas para mais um processo seletivo. Os interessados têm até o dia 25 de setembro para confirmar participação na seleção 2020.2 através de link clicando AQUI.

O processo seletivo destina-se a selecionar candidatos para o preenchimento da vaga de consultor. A função exige as seguintes atividades: prospectar clientes, negociar consultorias, executar os projetos de consultoria e realizar o pós-venda (acompanhamento da implementação) dos serviços prestados. A carga horária mínima a ser cumprida pelos membros selecionados será de 12 horas semanais.

A seleção será feita a partir das seguintes fases: reconhecimento do candidato e aproximação do candidato. Caso seja aprovado nas duas fases anteriores, o candidato estará apto a participar do Programa de Trainee Sistema NAPPEStário. Poderá fazer a inscrição qualquer estudante que esteja regularmente matriculado nos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo e Serviço Social, no Câmpus I, em Campina Grande.

O resultado dos aprovados para o processo de Trainee será divulgado no dia 2 de outubro. Já o resultado final está previso para sair no dia 20 do mesmo mês. Todas as informações sobre a seleção, bem como os requisitos para participar do Núcleo e o calendário completo das atividades estão disponíveis no edital que pode ser acessado AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Assistência em Projetos e Pesquisas Empresariais e Sociais (NAPPES), empresa júnior do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está com inscrições abertas para mais um processo seletivo. Os interessados têm até o dia 25 de setembro para confirmar participação na seleção 2020.2 através de link clicando Leia Mais...

O post NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-15 16:31:47 [post_date] => 2020-09-15 16:31:47 [post_modified_gmt] => 2020-09-15 16:31:47 [post_modified] => 2020-09-15 16:31:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57168 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ae60a80ea65f6317f19c5e1b50d133be [1] => ada011f0a7abc8e23e64add06e909c51 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 12 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2

Array ( [post_title] => NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 [post_content] =>

O Núcleo de Assistência em Projetos e Pesquisas Empresariais e Sociais (NAPPES), empresa júnior do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está com inscrições abertas para mais um processo seletivo. Os interessados têm até o dia 25 de setembro para confirmar participação na seleção 2020.2 através de link clicando AQUI.

O processo seletivo destina-se a selecionar candidatos para o preenchimento da vaga de consultor. A função exige as seguintes atividades: prospectar clientes, negociar consultorias, executar os projetos de consultoria e realizar o pós-venda (acompanhamento da implementação) dos serviços prestados. A carga horária mínima a ser cumprida pelos membros selecionados será de 12 horas semanais.

A seleção será feita a partir das seguintes fases: reconhecimento do candidato e aproximação do candidato. Caso seja aprovado nas duas fases anteriores, o candidato estará apto a participar do Programa de Trainee Sistema NAPPEStário. Poderá fazer a inscrição qualquer estudante que esteja regularmente matriculado nos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo e Serviço Social, no Câmpus I, em Campina Grande.

O resultado dos aprovados para o processo de Trainee será divulgado no dia 2 de outubro. Já o resultado final está previso para sair no dia 20 do mesmo mês. Todas as informações sobre a seleção, bem como os requisitos para participar do Núcleo e o calendário completo das atividades estão disponíveis no edital que pode ser acessado AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O Núcleo de Assistência em Projetos e Pesquisas Empresariais e Sociais (NAPPES), empresa júnior do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está com inscrições abertas para mais um processo seletivo. Os interessados têm até o dia 25 de setembro para confirmar participação na seleção 2020.2 através de link clicando Leia Mais...

O post NAPPES Consultoria Júnior divulga edital e abre inscrições para processo seletivo 2020.2 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-15 16:31:47 [post_date] => 2020-09-15 16:31:47 [post_modified_gmt] => 2020-09-15 16:31:47 [post_modified] => 2020-09-15 16:31:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57168 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ae60a80ea65f6317f19c5e1b50d133be [1] => ada011f0a7abc8e23e64add06e909c51 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 12 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => nappes-consultoria-junior-divulga-edital-e-abre-inscricoes-para-processo-seletivo-2020-2 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio

Array ( [post_title] => Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio [post_content] =>

Dois professores do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participam, nesta terça-feira (15), às 10h, da 5ª edição do Seminário “Veredas do Patrimônio”. O evento é promovido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Programa de Pós-Graduação de Antropologia (PPGA) da Instituição, e será realizado de forma virtual.

Os professores Luiz Custódio da Silva e Antônio Roberto Faustino da Costa, vão abordar o tema “Os festejos juninos como patrimônio cultural popular”. O seminário será realizado por meio da plataforma digital Google Meet, no endereço meet.google.com/aox-sjit-ebv. As inscrições para os interessados podem ser feitas acessando o link oficial da UFPB. O seminário é vinculado à linha de pesquisa “Patrimônio, Memória e Identidade” (PAMIN). A coordenação das atividades será da professora Luciana Chianca e do professor Josélio Sales.

Texto: Severino Lopes

O post Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dois professores do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participam, nesta terça-feira (15), às 10h, da 5ª edição do Seminário “Veredas do Patrimônio”. O evento é promovido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Programa de Pós-Graduação de Antropologia (PPGA) da Instituição, e será realizado de forma virtual. Os professores Luiz Leia Mais...

O post Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-14 17:19:15 [post_date] => 2020-09-14 17:19:15 [post_modified_gmt] => 2020-09-14 17:19:15 [post_modified] => 2020-09-14 17:19:15 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57144 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3b73de4e8ab135597caa47dce8840a04 [1] => 145ba8251c446c1656e81ad86a91b40b ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio

Array ( [post_title] => Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio [post_content] =>

Dois professores do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participam, nesta terça-feira (15), às 10h, da 5ª edição do Seminário “Veredas do Patrimônio”. O evento é promovido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Programa de Pós-Graduação de Antropologia (PPGA) da Instituição, e será realizado de forma virtual.

Os professores Luiz Custódio da Silva e Antônio Roberto Faustino da Costa, vão abordar o tema “Os festejos juninos como patrimônio cultural popular”. O seminário será realizado por meio da plataforma digital Google Meet, no endereço meet.google.com/aox-sjit-ebv. As inscrições para os interessados podem ser feitas acessando o link oficial da UFPB. O seminário é vinculado à linha de pesquisa “Patrimônio, Memória e Identidade” (PAMIN). A coordenação das atividades será da professora Luciana Chianca e do professor Josélio Sales.

Texto: Severino Lopes

O post Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Dois professores do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participam, nesta terça-feira (15), às 10h, da 5ª edição do Seminário “Veredas do Patrimônio”. O evento é promovido pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Programa de Pós-Graduação de Antropologia (PPGA) da Instituição, e será realizado de forma virtual. Os professores Luiz Leia Mais...

O post Professores do Departamento de Comunicação participam do 5º Seminário Veredas do Patrimônio apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-14 17:19:15 [post_date] => 2020-09-14 17:19:15 [post_modified_gmt] => 2020-09-14 17:19:15 [post_modified] => 2020-09-14 17:19:15 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57144 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 3b73de4e8ab135597caa47dce8840a04 [1] => 145ba8251c446c1656e81ad86a91b40b ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professores-do-departamento-de-comunicacao-participam-do-5o-seminario-veredas-do-patrimonio )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos

Array ( [post_title] => 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos [post_content] =>

Está aberta até o dia 2 de outubro a chamada de trabalhos para a 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia, evento gratuito realizado conjuntamente entre o Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Unidade Acadêmica de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UAAMI/UFCG).

A edição deste ano será on-line e os participantes podem submeter artigos acadêmicos e relatos de experiência que se adequem a um dos três Grupos de Trabalho: GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo, GT2 – Fotografia Contemporânea e GT3 – Direção de Fotografia.

As regras para publicação e o modelo (template) do artigo podem ser baixados na área de submissão da página do evento na plataforma Doity (https://doity.com.br/graofino), onde também está disponível a programação das mesas, oficinas, palestras, exibição de filmes e debates. Os pareceres serão enviados aos inscritos até o dia 20 de outubro e o evento acontecerá entre os dias 26 e 30 de outubro.

Os trabalhos aceitos e apresentados serão publicados nos anais do evento. As novidades sobre a 3ª Grão Fino Semana de Fotografia podem ser acompanhadas pelo perfil do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia). O site para inscrição é o https://doity.com.br/graofino. O endereço de e-mail para outras informações é o graofino.foto@gmail.com.

GTs para submissão de artigos:

GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo
Narrativas fotográficas documentais: gêneros, relatos, expressões, estética, história e memória. Contextos, desafios e representações da realidade social na imagem fotográfica documental e fotojornalística. Profissionais, tecnologias, acessibilidade e processos educativos com a fotografia enquanto documento. Arquivos fotográficos, etnografia e antropologia visual.

GT2 – Fotografia Contemporânea
Narrativas fotográficas contemporâneas: usos, experimentações e criatividade. O diálogo da fotografia com as artes e suas expressões. Artistas, meios, estética, educação, política, acessibilidade e outras práticas com a imagem fotográfica no contexto da contemporaneidade. Reflexões sobre corpo, estilos e militâncias, bem como relatos de experiência com a fotografia contemporânea.

GT3 – Direção de Fotografia
Narrativas fotográficas audiovisuais: abordagens teóricas, estéticas, sociais, educacionais e experimentais na cinematografia. Trajetórias, equipamentos, estilos, inclusão e diálogos com outras áreas na fotografia cinematográfica. Análises fílmicas e relatos de experiência com foco na direção de fotografia no universo do cinema e do
audiovisual.

Texto: Professora Agda Aquino (UEPB e UFPB)

O post 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Está aberta até o dia 2 de outubro a chamada de trabalhos para a 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia, evento gratuito realizado conjuntamente entre o Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Unidade Acadêmica de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UAAMI/UFCG). A edição deste ano será Leia Mais...

O post 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-10 23:46:17 [post_date] => 2020-09-10 23:46:17 [post_modified_gmt] => 2020-09-10 23:46:17 [post_modified] => 2020-09-10 23:46:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57107 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c7cd62d75c6bc287287102b56fa58298 [1] => 790bc40662ed8130cf7eba90f1276e96 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos

Array ( [post_title] => 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos [post_content] =>

Está aberta até o dia 2 de outubro a chamada de trabalhos para a 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia, evento gratuito realizado conjuntamente entre o Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Unidade Acadêmica de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UAAMI/UFCG).

A edição deste ano será on-line e os participantes podem submeter artigos acadêmicos e relatos de experiência que se adequem a um dos três Grupos de Trabalho: GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo, GT2 – Fotografia Contemporânea e GT3 – Direção de Fotografia.

As regras para publicação e o modelo (template) do artigo podem ser baixados na área de submissão da página do evento na plataforma Doity (https://doity.com.br/graofino), onde também está disponível a programação das mesas, oficinas, palestras, exibição de filmes e debates. Os pareceres serão enviados aos inscritos até o dia 20 de outubro e o evento acontecerá entre os dias 26 e 30 de outubro.

Os trabalhos aceitos e apresentados serão publicados nos anais do evento. As novidades sobre a 3ª Grão Fino Semana de Fotografia podem ser acompanhadas pelo perfil do evento no Instagram (www.instagram.com/graofino.fotografia). O site para inscrição é o https://doity.com.br/graofino. O endereço de e-mail para outras informações é o graofino.foto@gmail.com.

GTs para submissão de artigos:

GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo
Narrativas fotográficas documentais: gêneros, relatos, expressões, estética, história e memória. Contextos, desafios e representações da realidade social na imagem fotográfica documental e fotojornalística. Profissionais, tecnologias, acessibilidade e processos educativos com a fotografia enquanto documento. Arquivos fotográficos, etnografia e antropologia visual.

GT2 – Fotografia Contemporânea
Narrativas fotográficas contemporâneas: usos, experimentações e criatividade. O diálogo da fotografia com as artes e suas expressões. Artistas, meios, estética, educação, política, acessibilidade e outras práticas com a imagem fotográfica no contexto da contemporaneidade. Reflexões sobre corpo, estilos e militâncias, bem como relatos de experiência com a fotografia contemporânea.

GT3 – Direção de Fotografia
Narrativas fotográficas audiovisuais: abordagens teóricas, estéticas, sociais, educacionais e experimentais na cinematografia. Trajetórias, equipamentos, estilos, inclusão e diálogos com outras áreas na fotografia cinematográfica. Análises fílmicas e relatos de experiência com foco na direção de fotografia no universo do cinema e do
audiovisual.

Texto: Professora Agda Aquino (UEPB e UFPB)

O post 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Está aberta até o dia 2 de outubro a chamada de trabalhos para a 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia, evento gratuito realizado conjuntamente entre o Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a Unidade Acadêmica de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande (UAAMI/UFCG). A edição deste ano será Leia Mais...

O post 3ª edição da Grão Fino: Semana de Fotografia anuncia prazo para chamada de trabalhos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-10 23:46:17 [post_date] => 2020-09-10 23:46:17 [post_modified_gmt] => 2020-09-10 23:46:17 [post_modified] => 2020-09-10 23:46:17 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57107 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => c7cd62d75c6bc287287102b56fa58298 [1] => 790bc40662ed8130cf7eba90f1276e96 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => 3a-edicao-da-grao-fino-semana-de-fotografia-anuncia-prazo-para-chamada-de-trabalhos )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba, em nome de toda comunidade universitária, lamenta com profundo pesar o falecimento da jornalista e ex-professora do Curso de Comunicação Social, Karina Araújo, ocorrido na noite desta terça-feira (8), em decorrência da Covid-19.

Karina deixa um legado de zelo e compromisso com a educação e com o jornalismo. Além de lecionar, trabalhou nos principais veículos de comunicação de Campina Grande. Inspirou a muitos como docente e jornalista. Enlutada, a Universidade Estadual da Paraíba presta sua total solidariedade aos familiares e amigos da professora Karina por tão precoce e dolorosa perda.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba, em nome de toda comunidade universitária, lamenta com profundo pesar o falecimento da jornalista e ex-professora do Curso de Comunicação Social, Karina Araújo, ocorrido na noite desta terça-feira (8), em decorrência da Covid-19. Karina deixa um legado de zelo e compromisso com a educação e com o Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-09 07:55:57 [post_date] => 2020-09-09 07:55:57 [post_modified_gmt] => 2020-09-09 07:55:57 [post_modified] => 2020-09-09 07:55:57 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57056 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0aa82c1c07e06f148a558d0d9f2da891 [1] => 9e39bd8689293e69a0b2623d216d246c ) ) [post_type] => post [post_author] => 35 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba, em nome de toda comunidade universitária, lamenta com profundo pesar o falecimento da jornalista e ex-professora do Curso de Comunicação Social, Karina Araújo, ocorrido na noite desta terça-feira (8), em decorrência da Covid-19.

Karina deixa um legado de zelo e compromisso com a educação e com o jornalismo. Além de lecionar, trabalhou nos principais veículos de comunicação de Campina Grande. Inspirou a muitos como docente e jornalista. Enlutada, a Universidade Estadual da Paraíba presta sua total solidariedade aos familiares e amigos da professora Karina por tão precoce e dolorosa perda.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba, em nome de toda comunidade universitária, lamenta com profundo pesar o falecimento da jornalista e ex-professora do Curso de Comunicação Social, Karina Araújo, ocorrido na noite desta terça-feira (8), em decorrência da Covid-19. Karina deixa um legado de zelo e compromisso com a educação e com o Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de ex-professora do Curso de Comunicação Social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-09-09 07:55:57 [post_date] => 2020-09-09 07:55:57 [post_modified_gmt] => 2020-09-09 07:55:57 [post_modified] => 2020-09-09 07:55:57 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=57056 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 0aa82c1c07e06f148a558d0d9f2da891 [1] => 9e39bd8689293e69a0b2623d216d246c ) ) [post_type] => post [post_author] => 35 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-ex-professora-do-curso-de-comunicacao-social )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro

Array ( [post_title] => Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro [post_content] =>

Em setembro de 2020, a TV brasileira comemora 70 anos e, para marcar esta data, o Departamento de Comunicação Social e o Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através de iniciativa do professor Rômulo Azevedo e com apoio da Coordenadoria de Comunicação da Instituição, estão desenvolvendo uma programação especial, a ser realizada de 16 a 18 de setembro, através de lives no Canal Rede UEPB no Youtube e no perfil oficial da Instituição no Facebook.

Com o tema “Um olhar para a televisão brasileira em 70 anos de história”, a programação do webinário será aberta no dia 16, às 10h, com a exibição do documentário “Péricles Leal, o criador esquecido”, dos diretores João de Lima e Manoel Clemente. No dia 17, às 10h, será ministrada a palestra “Televisão Regional: Crise, resiliência e desafios”, com o professor Cidoval Morais. No mesmo dia, às 11h, acontece a palestra “Telejornalismo 70 anos: um lugar de referência”, com o professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Alfredo Vizeu.

No dia 18, a programação será aberta com a exposição do tema “TV à Chateaubriand: Tupi, a pioneira”. Essa atividade será ministrada pelo jornalista e pesquisador Inimá Simões. O evento será encerrado com a palestra “A Televisão na Paraíba”, a ser ministrada pelo jornalista, professor e historiador Gilson Souto Maior. As atividades serão mediadas pelo professor Rômulo Azevedo, coordenador geral do evento.

No cotidiano dos brasileiros, nenhum outro meio de comunicação foi mais presente ou influente do que a TV. Há décadas, o Curso de Jornalismo da UEPB forma profissionais para trabalhar, entre outros veículos, na televisão. A primeira emissora de televisão no Brasil, a TV Tupi, foi inaugurada em 18 de setembro de 1950. No começo, os programas eram ao vivo e caracterizados pela improvisação, experimentação em linguagem (adaptada do rádio e do teatro) e falta de aparelhos receptores, devido ao alto custo.

Nessa época, o rádio era o principal meio eletrônico de informação e entretenimento dos brasileiros. O idealizador da TV brasileira foi Assis Chateaubriand (1892-1968), dono dos Diários Associados, um império de comunicação que incluía dezenas de jornais, revistas e rádios.

Texto: Severino Lopes
Foto: Internet (Portal Teleguiado)

O post Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em setembro de 2020, a TV brasileira comemora 70 anos e, para marcar esta data, o Departamento de Comunicação Social e o Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através de iniciativa do professor Rômulo Azevedo e com apoio da Coordenadoria de Comunicação da Instituição, estão desenvolvendo uma programação especial, a ser realizada Leia Mais...

O post Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-08-21 13:40:16 [post_date] => 2020-08-21 13:40:16 [post_modified_gmt] => 2020-08-21 13:40:16 [post_modified] => 2020-08-21 13:40:16 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=56891 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b5d1985b35d4e985a5e6e92092c6c41c [1] => dcbeb0d979d80c209a830b3c49705e3e ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro

Array ( [post_title] => Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro [post_content] =>

Em setembro de 2020, a TV brasileira comemora 70 anos e, para marcar esta data, o Departamento de Comunicação Social e o Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através de iniciativa do professor Rômulo Azevedo e com apoio da Coordenadoria de Comunicação da Instituição, estão desenvolvendo uma programação especial, a ser realizada de 16 a 18 de setembro, através de lives no Canal Rede UEPB no Youtube e no perfil oficial da Instituição no Facebook.

Com o tema “Um olhar para a televisão brasileira em 70 anos de história”, a programação do webinário será aberta no dia 16, às 10h, com a exibição do documentário “Péricles Leal, o criador esquecido”, dos diretores João de Lima e Manoel Clemente. No dia 17, às 10h, será ministrada a palestra “Televisão Regional: Crise, resiliência e desafios”, com o professor Cidoval Morais. No mesmo dia, às 11h, acontece a palestra “Telejornalismo 70 anos: um lugar de referência”, com o professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Alfredo Vizeu.

No dia 18, a programação será aberta com a exposição do tema “TV à Chateaubriand: Tupi, a pioneira”. Essa atividade será ministrada pelo jornalista e pesquisador Inimá Simões. O evento será encerrado com a palestra “A Televisão na Paraíba”, a ser ministrada pelo jornalista, professor e historiador Gilson Souto Maior. As atividades serão mediadas pelo professor Rômulo Azevedo, coordenador geral do evento.

No cotidiano dos brasileiros, nenhum outro meio de comunicação foi mais presente ou influente do que a TV. Há décadas, o Curso de Jornalismo da UEPB forma profissionais para trabalhar, entre outros veículos, na televisão. A primeira emissora de televisão no Brasil, a TV Tupi, foi inaugurada em 18 de setembro de 1950. No começo, os programas eram ao vivo e caracterizados pela improvisação, experimentação em linguagem (adaptada do rádio e do teatro) e falta de aparelhos receptores, devido ao alto custo.

Nessa época, o rádio era o principal meio eletrônico de informação e entretenimento dos brasileiros. O idealizador da TV brasileira foi Assis Chateaubriand (1892-1968), dono dos Diários Associados, um império de comunicação que incluía dezenas de jornais, revistas e rádios.

Texto: Severino Lopes
Foto: Internet (Portal Teleguiado)

O post Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em setembro de 2020, a TV brasileira comemora 70 anos e, para marcar esta data, o Departamento de Comunicação Social e o Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através de iniciativa do professor Rômulo Azevedo e com apoio da Coordenadoria de Comunicação da Instituição, estão desenvolvendo uma programação especial, a ser realizada Leia Mais...

O post Webinário celebra 70 anos da televisão brasileira com série de atividades entre os dias 16 e 18 de setembro apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-08-21 13:40:16 [post_date] => 2020-08-21 13:40:16 [post_modified_gmt] => 2020-08-21 13:40:16 [post_modified] => 2020-08-21 13:40:16 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=56891 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b5d1985b35d4e985a5e6e92092c6c41c [1] => dcbeb0d979d80c209a830b3c49705e3e ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => webinario-celebra-70-anos-da-televisao-brasileira-com-serie-de-atividades-entre-os-dias-16-e-18-de-setembro )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino

Array ( [post_title] => Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino [post_content] =>

O dia 19 de agosto é marcado, em todo o mundo, pelas comemorações ao Dia Internacional da Fotografia. O Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por professores e pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), vai promover uma série de bate-papos on-line com fotógrafas e fotógrafos para celebrar a data.

Serão cinco conversas ao vivo, sendo quatro delas com profissionais que vão compartilhar experiências sobre as produções que têm ocorrido nesses tempos de isolamento social e outros projetos, e uma com o lançamento da Grão Fino 2020, com a divulgação da programação deste ano. “A ideia é movimentar o perfil @graofino.fotografia no Instagram com conteúdo de alta qualidade relacionado à fotografia. Assim, cumprimos também nosso papel social de promover uma cultura fotográfica inclusiva e acessível”, relata a professora Agda Aquino, integrante do grupo.

Todos os convidados para este dia especial já participaram de edições anteriores da Grão Fino: Semana de Fotografia, evento organizado anualmente em Campina Grande e que esse ano terá sua primeira versão on-line. “Nos últimos dois anos, o evento se consolidou, atraindo um público maior e ampliando sua abrangência com a participação de convidados de várias partes do País. Decidimos que esse espaço que conquistamos com muito esforço para debater a fotografia deveria ser mantido. Por isso resolvemos realizar a Grão Fino em 2020, mas em versão totalmente on-line”, explica o professor Rostand Melo, membro da equipe organizadora.

A Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da UEPB apoia a iniciativa e, através do Canal Rede UEPB no YouTube, irá transmitir ao vivo, a partir das 8h do dia 19 de agosto, uma conversa com os professores Agda Aquino (UEPB), Cristianne Melo (UFCG) e Rostand Melo (UEPB) sobre a programação do dia e também sobre a Grão Fino: Semana de Fotografia.

Grão Fino: Semana de Fotografia

Com as possibilidades proporcionadas pelo ambiente digital, o evento desse ano contará com profissionais de várias partes do País, dando a ele um caráter mais nacional, colaborando com a promoção do trabalho, da cultura e da pesquisa fotográfica. O encontro mantém suas características principais: gratuidade e oferta de palestras, mesas, debates e oficinas.

“A Grão Fino surgiu em 2007 com uma ação promovida pelos próprios alunos. Nesta época, só queríamos aprender mais sobre fotografia. Dez anos depois, o evento retomou e, agora, como professores, seguimos no desejo de refletir e sentir os discursos imagéticos. Esta é nossa terceira edição de forma institucionalizada e os desafios são outros. Esperamos que o cenário on-line nos aproxime e colabore para suavizar o isolamento”, conta a professora Cristianne Melo.

O encontro também é um espaço para que pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo possam discutir e difundir seus trabalhos. A chamada para submissão de artigos estará aberta de 19 de agosto a 2 de outubro e as inscrições serão feitas através do site do evento na plataforma Doity (https://doity.com.br/graofino), que disponibiliza o modelo de submissão e as normas de envio.

A 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia é uma ação conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG. A comissão organizadora está disponibilizando o e-mail graofino.foto@gmail.com para quem desejar manter contato e obter mais informações.

Programação

19 de Agosto
8h – Roda de Conversa sobre sobre a programação do dia e também sobre a Grão Fino: Semana de Fotografia
Local: Canal Rede UEPB no Youtube (https://www.youtube.com/redeuepb)
Participação: Professores Agda Aquino (UEPB), Cristianne Melo (UFCG) e Rostand Melo (UEPB)

12h – Comemoração pelo Dia Internacional da Fotografia
Tema: Ala Covid. Relato fotográfico no Hospital de Trauma de Campina Grande
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidada: Imara Queiroz
Mediador: Fabiano Raposo

14h – Tema: Fotografia e decolonialidade
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidado: Rennan Peixe
Mediadora: Agda Aquino

16h – Tema: Fotojornalismo independente na Pandemia
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidada: Ester Vasconcelos
Mediador: Paulo Matias

18h – Tema: Visagem, a fotografia nas mídias digitais
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidado: Augusto Pessoa
Mediador: Sóstenes Lopes

20h – Tema: Lançamento da Grão Fino 2020
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Participação: Rostand Melo e Cristianne Melo

Calendário Grão Fino 2020:

19 de Agosto
20h – Divulgação da programação da 3ª Edição do Grão Fino: Semana de Fotografia
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia

19 de agosto a 2 de Outubro
Inscrição e submissão de trabalhos (artigos para os GTs) no link https://doity.com.br/graofino

20 de Outubro
Divulgação do Resultado dos pareceres dos trabalhos submetidos

26 a 30 de Outubro
Realização da Grão Fino: Semana de Fotografia (On-line)

Grupos de Trabalho para submissão de artigos

GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo
Narrativas fotográficas documentais: gêneros, relatos, expressões, estética, história e memória. Contextos, desafios e representações da realidade social na imagem fotográfica documental e fotojornalística. Profissionais, tecnologias, acessibilidade e processos educativos com a fotografia enquanto documento. Arquivos fotográficos, etnografia e antropologia visual.

GT2 – Fotografia Contemporânea
Narrativas fotográficas contemporâneas: usos, experimentações e criatividade. O diálogo da fotografia com as artes e suas expressões. Artistas, meios, estética, educação, política, acessibilidade e outras práticas com a imagem fotográfica no contexto da contemporaneidade. Reflexões sobre corpo, estilos e militâncias, bem como relatos de experiência com a fotografia contemporânea.

GT3 – Direção de Fotografia
Narrativas fotográficas audiovisuais: abordagens teóricas, estéticas, sociais, educacionais e experimentais na cinematografia. Trajetórias, equipamentos, estilos, inclusão e diálogos com outras áreas na fotografia cinematográfica. Análises fílmicas e relatos de experiência com foco na direção de fotografia no universo do cinema e do audiovisual.

Outras informações: Professor Rostand Melo, pelo telefone (83) 99113-1128, e professora Agda Aquino, pelo número (83) 99982-3013.

O post Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O dia 19 de agosto é marcado, em todo o mundo, pelas comemorações ao Dia Internacional da Fotografia. O Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por professores e pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), vai promover uma série de bate-papos on-line com fotógrafas Leia Mais...

O post Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-08-17 13:27:01 [post_date] => 2020-08-17 13:27:01 [post_modified_gmt] => 2020-08-17 13:27:01 [post_modified] => 2020-08-17 13:27:01 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=56845 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 949d44649a28d24c1bc93862061b60fc [1] => 55835f2a8e28dafcdb52823200198e8a ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino

Array ( [post_title] => Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino [post_content] =>

O dia 19 de agosto é marcado, em todo o mundo, pelas comemorações ao Dia Internacional da Fotografia. O Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por professores e pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), vai promover uma série de bate-papos on-line com fotógrafas e fotógrafos para celebrar a data.

Serão cinco conversas ao vivo, sendo quatro delas com profissionais que vão compartilhar experiências sobre as produções que têm ocorrido nesses tempos de isolamento social e outros projetos, e uma com o lançamento da Grão Fino 2020, com a divulgação da programação deste ano. “A ideia é movimentar o perfil @graofino.fotografia no Instagram com conteúdo de alta qualidade relacionado à fotografia. Assim, cumprimos também nosso papel social de promover uma cultura fotográfica inclusiva e acessível”, relata a professora Agda Aquino, integrante do grupo.

Todos os convidados para este dia especial já participaram de edições anteriores da Grão Fino: Semana de Fotografia, evento organizado anualmente em Campina Grande e que esse ano terá sua primeira versão on-line. “Nos últimos dois anos, o evento se consolidou, atraindo um público maior e ampliando sua abrangência com a participação de convidados de várias partes do País. Decidimos que esse espaço que conquistamos com muito esforço para debater a fotografia deveria ser mantido. Por isso resolvemos realizar a Grão Fino em 2020, mas em versão totalmente on-line”, explica o professor Rostand Melo, membro da equipe organizadora.

A Coordenadoria de Comunicação (Codecom) da UEPB apoia a iniciativa e, através do Canal Rede UEPB no YouTube, irá transmitir ao vivo, a partir das 8h do dia 19 de agosto, uma conversa com os professores Agda Aquino (UEPB), Cristianne Melo (UFCG) e Rostand Melo (UEPB) sobre a programação do dia e também sobre a Grão Fino: Semana de Fotografia.

Grão Fino: Semana de Fotografia

Com as possibilidades proporcionadas pelo ambiente digital, o evento desse ano contará com profissionais de várias partes do País, dando a ele um caráter mais nacional, colaborando com a promoção do trabalho, da cultura e da pesquisa fotográfica. O encontro mantém suas características principais: gratuidade e oferta de palestras, mesas, debates e oficinas.

“A Grão Fino surgiu em 2007 com uma ação promovida pelos próprios alunos. Nesta época, só queríamos aprender mais sobre fotografia. Dez anos depois, o evento retomou e, agora, como professores, seguimos no desejo de refletir e sentir os discursos imagéticos. Esta é nossa terceira edição de forma institucionalizada e os desafios são outros. Esperamos que o cenário on-line nos aproxime e colabore para suavizar o isolamento”, conta a professora Cristianne Melo.

O encontro também é um espaço para que pesquisadores que abordam a fotografia como objeto de estudo possam discutir e difundir seus trabalhos. A chamada para submissão de artigos estará aberta de 19 de agosto a 2 de outubro e as inscrições serão feitas através do site do evento na plataforma Doity (https://doity.com.br/graofino), que disponibiliza o modelo de submissão e as normas de envio.

A 3ª Grão Fino: Semana de Fotografia é uma ação conjunta dos cursos de Jornalismo da UEPB e Arte e Mídia da UFCG. A comissão organizadora está disponibilizando o e-mail graofino.foto@gmail.com para quem desejar manter contato e obter mais informações.

Programação

19 de Agosto
8h – Roda de Conversa sobre sobre a programação do dia e também sobre a Grão Fino: Semana de Fotografia
Local: Canal Rede UEPB no Youtube (https://www.youtube.com/redeuepb)
Participação: Professores Agda Aquino (UEPB), Cristianne Melo (UFCG) e Rostand Melo (UEPB)

12h – Comemoração pelo Dia Internacional da Fotografia
Tema: Ala Covid. Relato fotográfico no Hospital de Trauma de Campina Grande
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidada: Imara Queiroz
Mediador: Fabiano Raposo

14h – Tema: Fotografia e decolonialidade
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidado: Rennan Peixe
Mediadora: Agda Aquino

16h – Tema: Fotojornalismo independente na Pandemia
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidada: Ester Vasconcelos
Mediador: Paulo Matias

18h – Tema: Visagem, a fotografia nas mídias digitais
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Convidado: Augusto Pessoa
Mediador: Sóstenes Lopes

20h – Tema: Lançamento da Grão Fino 2020
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia
Participação: Rostand Melo e Cristianne Melo

Calendário Grão Fino 2020:

19 de Agosto
20h – Divulgação da programação da 3ª Edição do Grão Fino: Semana de Fotografia
Local: www.instagram.com/graofino.fotografia

19 de agosto a 2 de Outubro
Inscrição e submissão de trabalhos (artigos para os GTs) no link https://doity.com.br/graofino

20 de Outubro
Divulgação do Resultado dos pareceres dos trabalhos submetidos

26 a 30 de Outubro
Realização da Grão Fino: Semana de Fotografia (On-line)

Grupos de Trabalho para submissão de artigos

GT1 – Fotografia documental, memória e fotojornalismo
Narrativas fotográficas documentais: gêneros, relatos, expressões, estética, história e memória. Contextos, desafios e representações da realidade social na imagem fotográfica documental e fotojornalística. Profissionais, tecnologias, acessibilidade e processos educativos com a fotografia enquanto documento. Arquivos fotográficos, etnografia e antropologia visual.

GT2 – Fotografia Contemporânea
Narrativas fotográficas contemporâneas: usos, experimentações e criatividade. O diálogo da fotografia com as artes e suas expressões. Artistas, meios, estética, educação, política, acessibilidade e outras práticas com a imagem fotográfica no contexto da contemporaneidade. Reflexões sobre corpo, estilos e militâncias, bem como relatos de experiência com a fotografia contemporânea.

GT3 – Direção de Fotografia
Narrativas fotográficas audiovisuais: abordagens teóricas, estéticas, sociais, educacionais e experimentais na cinematografia. Trajetórias, equipamentos, estilos, inclusão e diálogos com outras áreas na fotografia cinematográfica. Análises fílmicas e relatos de experiência com foco na direção de fotografia no universo do cinema e do audiovisual.

Outras informações: Professor Rostand Melo, pelo telefone (83) 99113-1128, e professora Agda Aquino, pelo número (83) 99982-3013.

O post Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O dia 19 de agosto é marcado, em todo o mundo, pelas comemorações ao Dia Internacional da Fotografia. O Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Fotografia (GPDF), formado por professores e pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), vai promover uma série de bate-papos on-line com fotógrafas Leia Mais...

O post Dia Internacional da Fotografia será comemorado com lives e lançamento da edição 2020 da Grão Fino apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-08-17 13:27:01 [post_date] => 2020-08-17 13:27:01 [post_modified_gmt] => 2020-08-17 13:27:01 [post_modified] => 2020-08-17 13:27:01 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=56845 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 949d44649a28d24c1bc93862061b60fc [1] => 55835f2a8e28dafcdb52823200198e8a ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => dia-internacional-da-fotografia-sera-comemorado-com-lives-e-lancamento-da-edicao-2020-da-grao-fino )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas

Array ( [post_title] => Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas [post_content] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto de jornalismo digital da Instituição, nasceu despretensioso, em 3 de junho de 2005, na antiga sede do Departamento de Comunicação (DECOM), no bairro de São José, como parte do componente curricular “Novas Tecnologias da Informação e Comunicação”.

Inicialmente, uma turma de 30 alunos, supervisionada pelo professor Fernando Firmino da Silva, integrou o projeto, que tinha o objetivo inicial de envolver estudantes de Jornalismo na cobertura dos festejos juninos de Campina Grande. A ideia era acompanhar o Maior São João do Mundo e divulgar os eventos da festa em um site. Idealizado pelos professores Fernando Firmino e Águeda Cabral (in memoriam), o “Repórter Junino” transcendeu a sala de aula, ganhou notoriedade e se tornou um celeiro de profissionais da imprensa.

Vários jornalistas que hoje atuam na imprensa local, passaram pelo projeto. Quinze anos depois de lançar a primeira semente e após vivenciar diversas experiências produtivas, Fernando conta que pensou no projeto devido a disciplina que ministrava ser mais teórica e os alunos sentirem a necessidade de produzir algo prático. A entrada da professora Águeda Cabral, uma grande parceira da iniciativa, deu o caráter mais cultural do projeto.

O “Repórter Junino” se tornou, então, um laboratório de Jornalismo que atua como se fosse uma redação de jornal. Nele, os alunos fazem entrevista, elaboram pauta, colhem informações, tiram fotos, gravam vídeos e produzem matérias e documentários usando todos os recursos da tecnologia. Fernando reforça que os alunos que trabalham no projeto ganham uma visibilidade maior no mercado de trabalho, pois o a iniciativa já é uma referência nos meios de comunicação e enriquece o currículo do participante. “O ‘Repórter Junino’ tem servido efetivamente como um laboratório de produção, porque o aluno está sendo acompanhado por um professor, que os ajudam a amadurecer seus textos”, destaca.

Como os alunos são credenciados na Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), eles têm acesso à Central de Imprensa montada no Parque do Povo e, consequentemente, a outros profissionais, conhecendo assim os bastidores da produção de reportagens. Muitos, ao término das edições do São João, são chamados para estágio em veículos de comunicação tradicionais da cidade, devido à sua performance na cobertura dos festejos juninos. Em média, três ou quatro alunos são chamados para estágio a partir do “Repórter Junino”.

Uma das características do projeto é produzir matérias com um olhar diferenciado da mídia. Isso, porque o forte do projeto é valorizar a cultura popular nordestina e os costumes locais, o que leva os futuros jornalistas a se aproximarem dos quadrilheiros, dos trios de forró e outros personagens que dão vida à festa junina. Algumas reportagens produzidas e veiculadas no site do “Repórter Junino” chegaram a virar pautas dos telejornais locais.

Fernando Firmino conta que, nos anos seguintes ao seu início, com o projeto em crescimento e evoluindo nas coberturas dos festejos juninos, mais de 100 estudantes participaram das atividades jornalísticas em cada edição. Em 15 anos, mais de 1.400 alunos de Jornalismo já passaram pelo projeto. Nos primeiros anos, a média de estudantes selecionados para atuar na iniciativa era de 100 graduandos. No decorrer dos anos, por questões de logística, esse número foi reduzido e, hoje, cerca de 70 alunos são selecionados para fazer parte das novas edições.

Vários professores já colaboraram com o projeto, principalmente quando Fernando se afastou da UEPB para fazer o seu Doutorado, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a exemplo de Arão Azevedo, Roberto Faustino, Verônica Oliveira, Patrícia Rios, entre outros. Atualmente, integram o projeto os professores Rostand Melo, Kleyton Canuto e Arão Azevedo, do Curso de Jornalismo da UEPB, e os professores do Curso de Educomunicação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Rosildo Brito e Diogo Lopes.

Com seu crescimento, o “Repórter Junino ” não se limitou apenas a cobrir o Maior São João do Mundo, mas passou a abrir espaço para que alunos de outros estados se dedicassem às coberturas de eventos culturais e virou uma memória digital de festejos juninos de cidades nordestinas da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará. O resultado é a construção de um valoroso banco de dados com informações, fotos, vídeos, matérias sobre a cultura regional, o que se constitui um legado para a posteridade.

Ao longo desses 15 anos, o “Repórter Junino” celebrou parcerias com importantes universidades nacionais e internacionais, que enviaram alunos para cobrir o São João de Campina Grande, a exemplo da UFCG; da Universidade de Ciências Aplicadas de Koblenz, na Alemanha; Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Arão Azevedo, essas parceiras fortalecem o projeto e trazem novas visões aos participantes.

Em 2010, o Itaú Cultural reconheceu o “Repórter Junino” como um dos principais projetos de laboratório no Brasil, considerado também um dos mais antigos em atividade e que reúne em sua equipe uma quantidade de alunos muito grande. Ao celebrar 15 anos, os idealizadores garantem que o projeto ajuda na consciência dos alunos sobre os valores das culturas populares, a preservação delas, mesmo as coberturas não deixando de fora os cantores midiáticos do momento. O projeto prioriza, no entanto, os artistas que têm menos espaço na grande mídia, como os trios de forró, com matérias humanizadas. Tanto é que, no ano passado, o “Repórter Junino” realizou o 1º Simpósio do Forró, com a ideia de centrar no principal ritmo da cultura nordestina.

Para este ano, os coordenadores do projeto estavam preparando uma série de atividades para marcar o 15º aniversário, mas teve que repensar a programação devido à pandemia de Covid-19. Desta forma, o projeto deve executar algumas atividades utilizando as tecnologias digitais. Uma das propostas, indicada pelo jornalista Hipólito Lucena, é a realização de um webinário, em uma parceria com a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da UEPB, para divulgar o papel da cultura nordestina, os 15 anos do projeto e discutir o São João de uma forma geral.

Concluinte do Curso de Jornalismo, Rayane Brito, diz que o projeto foi relevante na sua formação profissional e uma rica experiência de trabalho prático. “Participar da projeto me ajudou não só a desenvolver a escrita jornalística, como também apurar meu olhar fotográfico. Além de produzir fotos que transmitissem por si só a notícia, conquistei diversos clientes ao longo dessa jornada, o que facilitou meu ingresso no mercado de trabalho e me abriu portas em grandes empresas de comunicação de Campina Grande. O ‘Repórter Junino’, sem sombra de dúvidas, foi meu maior laboratório. Sou grata por fazer parte dessa história”, comenta Rayane, que atua no projeto como fotógrafa e repórter há quatro anos.

Diego Martins, aluno de Educomunicação da UFCG, também considera o projeto um grande laboratório que lhe permitiu viver a prática do jornalismo. “É uma grande escola, que me permitiu colocar em prática muito do que aprendi na Universidade. A experiência com as rotinas de produção, redação e cobertura ganham um gosto a mais quando o assunto é São João, mais ainda quando nos é possível resgatar a identidade cultural dos festejos através da notícia. Enquanto aluno de Educomunicação, curso que tem parceria com o projeto, entendo que o ‘Repórter Junino’ abrange diversas práticas da interface Comunicação e Educação e, mesmo sendo de outra instituição, me sinto em casa”, revela o estudante.

Já Miranize Ferreira, aluna de Educomunicação, destaca que o projeto foi enriquecedor e possibilitou que ela aprendesse a prática na área de Comunicação. “O ‘Repórter Junino’, além de me dar a oportunidade de aprender e praticar, fez com que eu, que até então não sabia que área da Comunicação seguir, descobrisse o que quero, que é atuar como repórter ou redatora, além de abrir várias portas para atuar nessa área. Graças a experiência de ter feito parte desse projeto, sou repórter de um dos maiores times da Paraíba”, celebra Miranize.

Texto: Severino Lopes
Imagens: Arquivo Repórter Junino

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto Leia Mais...

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_date] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified] => 2020-06-09 18:58:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55910 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 10cd77671fb4cf17228bd9e153a570e5 [1] => 3c2da2391bf7869fdea7f1c9d1d1302c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas

Array ( [post_title] => Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas [post_content] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto de jornalismo digital da Instituição, nasceu despretensioso, em 3 de junho de 2005, na antiga sede do Departamento de Comunicação (DECOM), no bairro de São José, como parte do componente curricular “Novas Tecnologias da Informação e Comunicação”.

Inicialmente, uma turma de 30 alunos, supervisionada pelo professor Fernando Firmino da Silva, integrou o projeto, que tinha o objetivo inicial de envolver estudantes de Jornalismo na cobertura dos festejos juninos de Campina Grande. A ideia era acompanhar o Maior São João do Mundo e divulgar os eventos da festa em um site. Idealizado pelos professores Fernando Firmino e Águeda Cabral (in memoriam), o “Repórter Junino” transcendeu a sala de aula, ganhou notoriedade e se tornou um celeiro de profissionais da imprensa.

Vários jornalistas que hoje atuam na imprensa local, passaram pelo projeto. Quinze anos depois de lançar a primeira semente e após vivenciar diversas experiências produtivas, Fernando conta que pensou no projeto devido a disciplina que ministrava ser mais teórica e os alunos sentirem a necessidade de produzir algo prático. A entrada da professora Águeda Cabral, uma grande parceira da iniciativa, deu o caráter mais cultural do projeto.

O “Repórter Junino” se tornou, então, um laboratório de Jornalismo que atua como se fosse uma redação de jornal. Nele, os alunos fazem entrevista, elaboram pauta, colhem informações, tiram fotos, gravam vídeos e produzem matérias e documentários usando todos os recursos da tecnologia. Fernando reforça que os alunos que trabalham no projeto ganham uma visibilidade maior no mercado de trabalho, pois o a iniciativa já é uma referência nos meios de comunicação e enriquece o currículo do participante. “O ‘Repórter Junino’ tem servido efetivamente como um laboratório de produção, porque o aluno está sendo acompanhado por um professor, que os ajudam a amadurecer seus textos”, destaca.

Como os alunos são credenciados na Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), eles têm acesso à Central de Imprensa montada no Parque do Povo e, consequentemente, a outros profissionais, conhecendo assim os bastidores da produção de reportagens. Muitos, ao término das edições do São João, são chamados para estágio em veículos de comunicação tradicionais da cidade, devido à sua performance na cobertura dos festejos juninos. Em média, três ou quatro alunos são chamados para estágio a partir do “Repórter Junino”.

Uma das características do projeto é produzir matérias com um olhar diferenciado da mídia. Isso, porque o forte do projeto é valorizar a cultura popular nordestina e os costumes locais, o que leva os futuros jornalistas a se aproximarem dos quadrilheiros, dos trios de forró e outros personagens que dão vida à festa junina. Algumas reportagens produzidas e veiculadas no site do “Repórter Junino” chegaram a virar pautas dos telejornais locais.

Fernando Firmino conta que, nos anos seguintes ao seu início, com o projeto em crescimento e evoluindo nas coberturas dos festejos juninos, mais de 100 estudantes participaram das atividades jornalísticas em cada edição. Em 15 anos, mais de 1.400 alunos de Jornalismo já passaram pelo projeto. Nos primeiros anos, a média de estudantes selecionados para atuar na iniciativa era de 100 graduandos. No decorrer dos anos, por questões de logística, esse número foi reduzido e, hoje, cerca de 70 alunos são selecionados para fazer parte das novas edições.

Vários professores já colaboraram com o projeto, principalmente quando Fernando se afastou da UEPB para fazer o seu Doutorado, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a exemplo de Arão Azevedo, Roberto Faustino, Verônica Oliveira, Patrícia Rios, entre outros. Atualmente, integram o projeto os professores Rostand Melo, Kleyton Canuto e Arão Azevedo, do Curso de Jornalismo da UEPB, e os professores do Curso de Educomunicação da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Rosildo Brito e Diogo Lopes.

Com seu crescimento, o “Repórter Junino ” não se limitou apenas a cobrir o Maior São João do Mundo, mas passou a abrir espaço para que alunos de outros estados se dedicassem às coberturas de eventos culturais e virou uma memória digital de festejos juninos de cidades nordestinas da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará. O resultado é a construção de um valoroso banco de dados com informações, fotos, vídeos, matérias sobre a cultura regional, o que se constitui um legado para a posteridade.

Ao longo desses 15 anos, o “Repórter Junino” celebrou parcerias com importantes universidades nacionais e internacionais, que enviaram alunos para cobrir o São João de Campina Grande, a exemplo da UFCG; da Universidade de Ciências Aplicadas de Koblenz, na Alemanha; Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Arão Azevedo, essas parceiras fortalecem o projeto e trazem novas visões aos participantes.

Em 2010, o Itaú Cultural reconheceu o “Repórter Junino” como um dos principais projetos de laboratório no Brasil, considerado também um dos mais antigos em atividade e que reúne em sua equipe uma quantidade de alunos muito grande. Ao celebrar 15 anos, os idealizadores garantem que o projeto ajuda na consciência dos alunos sobre os valores das culturas populares, a preservação delas, mesmo as coberturas não deixando de fora os cantores midiáticos do momento. O projeto prioriza, no entanto, os artistas que têm menos espaço na grande mídia, como os trios de forró, com matérias humanizadas. Tanto é que, no ano passado, o “Repórter Junino” realizou o 1º Simpósio do Forró, com a ideia de centrar no principal ritmo da cultura nordestina.

Para este ano, os coordenadores do projeto estavam preparando uma série de atividades para marcar o 15º aniversário, mas teve que repensar a programação devido à pandemia de Covid-19. Desta forma, o projeto deve executar algumas atividades utilizando as tecnologias digitais. Uma das propostas, indicada pelo jornalista Hipólito Lucena, é a realização de um webinário, em uma parceria com a Coordenadoria de Comunicação (CODECOM) da UEPB, para divulgar o papel da cultura nordestina, os 15 anos do projeto e discutir o São João de uma forma geral.

Concluinte do Curso de Jornalismo, Rayane Brito, diz que o projeto foi relevante na sua formação profissional e uma rica experiência de trabalho prático. “Participar da projeto me ajudou não só a desenvolver a escrita jornalística, como também apurar meu olhar fotográfico. Além de produzir fotos que transmitissem por si só a notícia, conquistei diversos clientes ao longo dessa jornada, o que facilitou meu ingresso no mercado de trabalho e me abriu portas em grandes empresas de comunicação de Campina Grande. O ‘Repórter Junino’, sem sombra de dúvidas, foi meu maior laboratório. Sou grata por fazer parte dessa história”, comenta Rayane, que atua no projeto como fotógrafa e repórter há quatro anos.

Diego Martins, aluno de Educomunicação da UFCG, também considera o projeto um grande laboratório que lhe permitiu viver a prática do jornalismo. “É uma grande escola, que me permitiu colocar em prática muito do que aprendi na Universidade. A experiência com as rotinas de produção, redação e cobertura ganham um gosto a mais quando o assunto é São João, mais ainda quando nos é possível resgatar a identidade cultural dos festejos através da notícia. Enquanto aluno de Educomunicação, curso que tem parceria com o projeto, entendo que o ‘Repórter Junino’ abrange diversas práticas da interface Comunicação e Educação e, mesmo sendo de outra instituição, me sinto em casa”, revela o estudante.

Já Miranize Ferreira, aluna de Educomunicação, destaca que o projeto foi enriquecedor e possibilitou que ela aprendesse a prática na área de Comunicação. “O ‘Repórter Junino’, além de me dar a oportunidade de aprender e praticar, fez com que eu, que até então não sabia que área da Comunicação seguir, descobrisse o que quero, que é atuar como repórter ou redatora, além de abrir várias portas para atuar nessa área. Graças a experiência de ter feito parte desse projeto, sou repórter de um dos maiores times da Paraíba”, celebra Miranize.

Texto: Severino Lopes
Imagens: Arquivo Repórter Junino

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Difusão da cultura popular, resgate de valores regionais, uso da tecnologia e produção de reportagens com qualidade. Essas são algumas características do “Repórter Junino”, considerado um dos maiores projetos do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e que, este ano, está completando 15 anos de existência. A iniciativa, já consolidada como produto Leia Mais...

O post Projeto “Repórter Junino”, da UEPB, completa 15 anos e se consolida como laboratório para futuros jornalistas apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_date] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified_gmt] => 2020-06-09 18:58:36 [post_modified] => 2020-06-09 18:58:36 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55910 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 10cd77671fb4cf17228bd9e153a570e5 [1] => 3c2da2391bf7869fdea7f1c9d1d1302c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 [2] => 31 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => projeto-reporter-junino-da-uepb-completa-15-anos-e-se-consolida-como-laboratorio-para-futuros-jornalistas )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes

Array ( [post_title] => Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes [post_content] =>

As contribuições do Programa de Tutoria Especial da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a inclusão dos estudantes com deficiência renderam a publicação de um livro, escrito pela professora Maria Noalda Ramalho. A obra “O Programa de Tutoria Especial da UEPB” foi publicada recentemente pela Editora APPRIS e aborda, inicialmente, como a inclusão de estudantes com deficiência no ensino superior se realiza no Brasil.

Com a obra, a professora Noalda reflete sobre essa realidade no âmbito da UEPB, por meio dos resultados das pesquisas desenvolvidas no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ao avaliar o Programa de Tutoria Especial da UEPB, criado em 2006 para oferecer assistência pedagógica aos estudantes com deficiência, a referida investigação levantou a tese de que esse é um tipo de Atendimento Educacional Especializado (AEE) no ensino superior, com características e adaptações peculiares, ocorrendo de maneira diferenciada do atendimento criado pelo Ministério da Educação, Cultura e Desporto (MEC) para a Educação Básica.

A edição do livro foi concluída em 2019, quando a docente ainda atuava no Departamento de Serviço Social da UEPB, onde lecionou por 16 anos, como professora substituta. Por conta das medidas de distanciamento social, impostas em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a professora Noalda ficou impedida de marcar uma data para o lançamento oficial da obra, o que deve ocorrer quando as atividades voltarem ao normal.

O Programa de Tutoria Especial da UEPB tem como objetivo principal contribuir para a permanência e o bom desempenho acadêmico dos estudantes da Instituição que apresentam algum tipo de deficiência. Dentre os principais dados da pesquisa, socializados na obra, está a constatação de que a Tutoria tem causado impacto positivo na vida acadêmica dos estudantes com deficiência da Universidade. A experiência da UEPB é pioneira quanto a criação de um programa de tutoria no ensino superior brasileiro.

A professora Maria Noalda Ramalho é assistente social graduada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ela é Mestre em Serviço Social pela UFPB e Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com inserção na linha de pesquisa “Educação Inclusiva e Processos Educacionais”. A tese “A inclusão de alunos com deficiência na UEPB: Uma avaliação do Programa de Tutoria Especial” deu origem a obra.

Texto: Severino Lopes

O post Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

As contribuições do Programa de Tutoria Especial da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a inclusão dos estudantes com deficiência renderam a publicação de um livro, escrito pela professora Maria Noalda Ramalho. A obra “O Programa de Tutoria Especial da UEPB” foi publicada recentemente pela Editora APPRIS e aborda, inicialmente, como a inclusão de estudantes Leia Mais...

O post Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 17:36:07 [post_date] => 2020-04-22 17:36:07 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 17:36:07 [post_modified] => 2020-04-22 17:36:07 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55554 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39ad4a556df909f2f9cdbfb4fb57dbeb [1] => 2cfbd1adc9afa41a17ee3fdd41fa603d ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes

Array ( [post_title] => Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes [post_content] =>

As contribuições do Programa de Tutoria Especial da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a inclusão dos estudantes com deficiência renderam a publicação de um livro, escrito pela professora Maria Noalda Ramalho. A obra “O Programa de Tutoria Especial da UEPB” foi publicada recentemente pela Editora APPRIS e aborda, inicialmente, como a inclusão de estudantes com deficiência no ensino superior se realiza no Brasil.

Com a obra, a professora Noalda reflete sobre essa realidade no âmbito da UEPB, por meio dos resultados das pesquisas desenvolvidas no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ao avaliar o Programa de Tutoria Especial da UEPB, criado em 2006 para oferecer assistência pedagógica aos estudantes com deficiência, a referida investigação levantou a tese de que esse é um tipo de Atendimento Educacional Especializado (AEE) no ensino superior, com características e adaptações peculiares, ocorrendo de maneira diferenciada do atendimento criado pelo Ministério da Educação, Cultura e Desporto (MEC) para a Educação Básica.

A edição do livro foi concluída em 2019, quando a docente ainda atuava no Departamento de Serviço Social da UEPB, onde lecionou por 16 anos, como professora substituta. Por conta das medidas de distanciamento social, impostas em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a professora Noalda ficou impedida de marcar uma data para o lançamento oficial da obra, o que deve ocorrer quando as atividades voltarem ao normal.

O Programa de Tutoria Especial da UEPB tem como objetivo principal contribuir para a permanência e o bom desempenho acadêmico dos estudantes da Instituição que apresentam algum tipo de deficiência. Dentre os principais dados da pesquisa, socializados na obra, está a constatação de que a Tutoria tem causado impacto positivo na vida acadêmica dos estudantes com deficiência da Universidade. A experiência da UEPB é pioneira quanto a criação de um programa de tutoria no ensino superior brasileiro.

A professora Maria Noalda Ramalho é assistente social graduada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ela é Mestre em Serviço Social pela UFPB e Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com inserção na linha de pesquisa “Educação Inclusiva e Processos Educacionais”. A tese “A inclusão de alunos com deficiência na UEPB: Uma avaliação do Programa de Tutoria Especial” deu origem a obra.

Texto: Severino Lopes

O post Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

As contribuições do Programa de Tutoria Especial da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a inclusão dos estudantes com deficiência renderam a publicação de um livro, escrito pela professora Maria Noalda Ramalho. A obra “O Programa de Tutoria Especial da UEPB” foi publicada recentemente pela Editora APPRIS e aborda, inicialmente, como a inclusão de estudantes Leia Mais...

O post Publicado livro sobre contribuições do Programa de Tutoria Especial da UEPB para a inclusão de estudantes apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 17:36:07 [post_date] => 2020-04-22 17:36:07 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 17:36:07 [post_modified] => 2020-04-22 17:36:07 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55554 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes-com-deficiencia/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 39ad4a556df909f2f9cdbfb4fb57dbeb [1] => 2cfbd1adc9afa41a17ee3fdd41fa603d ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => publicado-livro-sobre-contribuicoes-do-programa-de-tutoria-especial-da-uepb-para-a-inclusao-de-estudantes )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social

Array ( [post_title] => Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social [post_content] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil no Instagram (@agdaaquino) em uma espécie de sala de aula expandida.

“Resolvi, a princípio, me lançar o desafio de testar, exercitar e postar minhas experiências fotográficas em casa, explicando o passo a passo. Era uma forma de pensar e criar a arte em meio à insegurança gerada pela nova realidade. Com o tempo, mais e mais pessoas foram aderindo ao projeto e replicando as dicas dos tutoriais que ensino”, conta a professora, que posta pelo menos um tutorial por dia na sua conta da rede social.

Hoje, o perfil da docente já conta com mais de 30 fotos criativas e feitas em casa, usando tanto o celular quanto a câmera. “A maioria das fotos dá pra fazer com celular. Sempre indico isso na postagem. Também sugiro aplicativos gratuitos e detalho o passo a passo para realização das fotos, com imagens do processo de produção e explicação no texto”, destaca.

Os objetos utilizados para as fotos podem ser os mais inusitados do ambiente doméstico: um escorredor de macarrão, um pisca-pisca natalino, uma pilha de livros, um espelho, uma parede colorida ou mesmo o box do chuveiro. “A ideia principal é mostrar para as pessoas que é possível ser criativo nas fotografias com objetos do cotidiano”, salienta Agda.

Nas imagens existem dicas simples de composição, iluminação e lentes feitas com o olho mágico da porta até opções mais complexas, que exigem um pouco mais de tempo e de ajuda em casa também. “Meu marido também é professor de fotografia. Então eu conto com ajuda especializada na hora de realizar algumas das minhas ideias. Mas a maioria das fotos dá pra fazer sozinho ou com ajuda simples de um membro da família”, detalha a professora.

Portadora de asma, a docente faz parte do grupo de risco de complicações de saúde caso contraia a Covid-19. Por isso, seu isolamento, junto com sua família, já passa de um mês. As dicas de fotografia acabaram se tornando um alívio em meio à incerteza imposta pela nova situação social. “Tenho pouco tempo para executar as fotos, pois estou escrevendo uma tese e ainda cuido da minha filha de quatro anos que também está 24 horas em casa. Mas a hora de pensar e fazer as fotos acaba sendo um divertimento em família, além de um exercício para minha área de atuação”, revela Agda.

Cursando Doutorado em Educação, onde desenvolve tese sobre o ensino de fotografia nos cursos de Jornalismo do Brasil, Agda Aquino conta como as “selfies” se tornaram um fenômeno social. “A popularização do acesso à internet e o desenvolvimento cada vez maior e mais acessível a equipamentos fotográficos, inclusive nos celulares, fomentou esse desejo de se mostrar e de ser visto pelos outros. No Brasil, as fotografias de si mesmos, também conhecidas como autorretratos, compõem o maior número das produções fotográficas para as redes sociais”, ressalta a docente.

Ela acredita que seja esse o motivo da popularização do seu projeto, intitulado #selfiesdaquarentena. “As pessoas transferiram para as redes sociais boa parte da sua convivência social. Dessa forma, elas querem ver os outros e também serem vistas. Nada melhor, então, do que produzir imagens de qualidade visual diferenciada, com as coisas que tem em casa mesmo”, explica Aquino.

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil Leia Mais...

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_date] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified] => 2020-04-22 13:38:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55522 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c03c27bcd1298745e20ac6084f5676c [1] => 675797f3f04507c2b4f604f478d567e3 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social

Array ( [post_title] => Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social [post_content] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil no Instagram (@agdaaquino) em uma espécie de sala de aula expandida.

“Resolvi, a princípio, me lançar o desafio de testar, exercitar e postar minhas experiências fotográficas em casa, explicando o passo a passo. Era uma forma de pensar e criar a arte em meio à insegurança gerada pela nova realidade. Com o tempo, mais e mais pessoas foram aderindo ao projeto e replicando as dicas dos tutoriais que ensino”, conta a professora, que posta pelo menos um tutorial por dia na sua conta da rede social.

Hoje, o perfil da docente já conta com mais de 30 fotos criativas e feitas em casa, usando tanto o celular quanto a câmera. “A maioria das fotos dá pra fazer com celular. Sempre indico isso na postagem. Também sugiro aplicativos gratuitos e detalho o passo a passo para realização das fotos, com imagens do processo de produção e explicação no texto”, destaca.

Os objetos utilizados para as fotos podem ser os mais inusitados do ambiente doméstico: um escorredor de macarrão, um pisca-pisca natalino, uma pilha de livros, um espelho, uma parede colorida ou mesmo o box do chuveiro. “A ideia principal é mostrar para as pessoas que é possível ser criativo nas fotografias com objetos do cotidiano”, salienta Agda.

Nas imagens existem dicas simples de composição, iluminação e lentes feitas com o olho mágico da porta até opções mais complexas, que exigem um pouco mais de tempo e de ajuda em casa também. “Meu marido também é professor de fotografia. Então eu conto com ajuda especializada na hora de realizar algumas das minhas ideias. Mas a maioria das fotos dá pra fazer sozinho ou com ajuda simples de um membro da família”, detalha a professora.

Portadora de asma, a docente faz parte do grupo de risco de complicações de saúde caso contraia a Covid-19. Por isso, seu isolamento, junto com sua família, já passa de um mês. As dicas de fotografia acabaram se tornando um alívio em meio à incerteza imposta pela nova situação social. “Tenho pouco tempo para executar as fotos, pois estou escrevendo uma tese e ainda cuido da minha filha de quatro anos que também está 24 horas em casa. Mas a hora de pensar e fazer as fotos acaba sendo um divertimento em família, além de um exercício para minha área de atuação”, revela Agda.

Cursando Doutorado em Educação, onde desenvolve tese sobre o ensino de fotografia nos cursos de Jornalismo do Brasil, Agda Aquino conta como as “selfies” se tornaram um fenômeno social. “A popularização do acesso à internet e o desenvolvimento cada vez maior e mais acessível a equipamentos fotográficos, inclusive nos celulares, fomentou esse desejo de se mostrar e de ser visto pelos outros. No Brasil, as fotografias de si mesmos, também conhecidas como autorretratos, compõem o maior número das produções fotográficas para as redes sociais”, ressalta a docente.

Ela acredita que seja esse o motivo da popularização do seu projeto, intitulado #selfiesdaquarentena. “As pessoas transferiram para as redes sociais boa parte da sua convivência social. Dessa forma, elas querem ver os outros e também serem vistas. Nada melhor, então, do que produzir imagens de qualidade visual diferenciada, com as coisas que tem em casa mesmo”, explica Aquino.

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Ficar a maior parte do tempo em casa tem sido uma realidade para muitas pessoas que estão em isolamento social, em decorrência da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Como uma reação ao sentimento de solidão, a professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino, resolveu transformar seu perfil Leia Mais...

O post Professora de fotografia da UEPB dá dicas de produção fotográfica em casa durante período de isolamento social apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_date] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified_gmt] => 2020-04-22 13:38:47 [post_modified] => 2020-04-22 13:38:47 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=55522 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c03c27bcd1298745e20ac6084f5676c [1] => 675797f3f04507c2b4f604f478d567e3 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 48 [2] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-de-fotografia-da-uepb-da-dicas-de-producao-fotografica-em-casa-durante-periodo-de-isolamento-social )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa

Array ( [post_title] => Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa [post_content] =>

Mulheres comandando as câmeras fotográficas e registrando outras mulheres. Essa é a proposta da exposição Mulheres Potiguaras – Retratos, que será aberta ao público no próximo dia 3 de março, no Centro Cultural Casa da Pólvora, em João Pessoa, a partir das 18h. Nas imagens aparecem gestantes, parteiras e outros membros da comunidade indígena Aldeia Forte, localizada no município de Baía da Traição, no litoral paraibano. A força das 14 fotografias está no impacto visual causado pelas cores e pelas expressões das mulheres registradas, a maioria gestante, carregando a vida no ventre.

A exposição surgiu do convite feito pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), através de Chico Noronha, que estava à frente da administração da Casa da Pólvora, tendo em vista o trabalho fotográfico desenvolvido há 13 anos pela fotógrafa e professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino. “Fiz essas imagens com a minha colega fotógrafa Valdith Lopes, no final do ano passado, e a proposta caiu como uma luva. Eram mulheres fotografando outras mulheres para expor no mês da mulher. José Hilton, quando assumiu a administração da Casa, abraçou o trabalho e deu continuidade a exposição”, disse Agda Aquino, que concebeu o projeto.

Mulheres Potiguaras – Retratos é fruto de uma imersão respeitosa e comprometida na comunidade potiguara do litoral norte do Estado, composta por imagens essencialmente femininas que representam a força da perpetuação de um povo pela gestação e pelas tradições, passadas de geração em geração. O município de Baía da Traição está entre as dez cidades brasileiras com maior percentual de população autodeclarada indígena, na sexta posição, somando 57,7% de seus habitantes. O território do município é formado por 90% de áreas de demarcação indígena potiguara, terras que possuem um status diferenciado na legislação brasileira, com alto grau de proteção.

“Em tempos como hoje, quando a comunidade indígena está em destaque na nossa sociedade, seja por existir ou por sofrer ataques, aparecer em um espaço nobre como esse de maneira tão bonita é muito importante para nós. Mostrar nossa força e beleza para a comunidade em geral se faz necessário”, explicou Aparecida Potiguara, técnica de enfermagem parceira do projeto.

As fotos podem ser visitadas até o dia 31 de março, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17. A entrada é gratuita, aberta para todos os públicos e apropriada para todas as idades. Depois da exposição na Casa da Pólvora, as imagens devem circular em outros espaços de arte do Estado, começando pelo município de Baía da Traição.

Sobre as fotógrafas

Agda Aquino é jornalista e professora de fotografia há 13 anos, com atuação nas principais universidades da Paraíba. Hoje ensina a arte de fotografar na UEPB e na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Como fotógrafa, tem trabalhos voltados principalmente para o fotojornalismo, a fotografia de moda, o retrato, a fotografia de shows além de experimentações fotográficas. Atua também em curadorias, júris de concursos, elaboração de editais e organização de exposições na área de fotografia.

Valdith Lopes é engenheira civil e professora de gestão ambiental no Instituto Federal da Paraíba (IFPB). Descobriu o amor pela fotografia registrando suas viagens e a partir disso surgiu a vontade de estudar para melhorar o domínio da máquina e o aproveitamento da luz natural. Costuma fotografar a natureza, algumas delas publicadas em capa de livro, como também fotos de off road e astrofotografia.

Fotos: Matheus Andrade, Agda Aquino e Valdith Lopes

O post Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Mulheres comandando as câmeras fotográficas e registrando outras mulheres. Essa é a proposta da exposição Mulheres Potiguaras – Retratos, que será aberta ao público no próximo dia 3 de março, no Centro Cultural Casa da Pólvora, em João Pessoa, a partir das 18h. Nas imagens aparecem gestantes, parteiras e outros membros da comunidade indígena Aldeia Leia Mais...

O post Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-02-28 12:40:23 [post_date] => 2020-02-28 12:40:23 [post_modified_gmt] => 2020-02-28 12:40:23 [post_modified] => 2020-02-28 12:40:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=54827 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c05b58934c83d4cd8136758b7f3aadb [1] => f95a1b0eee3f0ff1263b2b7123a1881c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-joao-pessoa )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa

Array ( [post_title] => Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa [post_content] =>

Mulheres comandando as câmeras fotográficas e registrando outras mulheres. Essa é a proposta da exposição Mulheres Potiguaras – Retratos, que será aberta ao público no próximo dia 3 de março, no Centro Cultural Casa da Pólvora, em João Pessoa, a partir das 18h. Nas imagens aparecem gestantes, parteiras e outros membros da comunidade indígena Aldeia Forte, localizada no município de Baía da Traição, no litoral paraibano. A força das 14 fotografias está no impacto visual causado pelas cores e pelas expressões das mulheres registradas, a maioria gestante, carregando a vida no ventre.

A exposição surgiu do convite feito pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), através de Chico Noronha, que estava à frente da administração da Casa da Pólvora, tendo em vista o trabalho fotográfico desenvolvido há 13 anos pela fotógrafa e professora de fotografia do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Agda Aquino. “Fiz essas imagens com a minha colega fotógrafa Valdith Lopes, no final do ano passado, e a proposta caiu como uma luva. Eram mulheres fotografando outras mulheres para expor no mês da mulher. José Hilton, quando assumiu a administração da Casa, abraçou o trabalho e deu continuidade a exposição”, disse Agda Aquino, que concebeu o projeto.

Mulheres Potiguaras – Retratos é fruto de uma imersão respeitosa e comprometida na comunidade potiguara do litoral norte do Estado, composta por imagens essencialmente femininas que representam a força da perpetuação de um povo pela gestação e pelas tradições, passadas de geração em geração. O município de Baía da Traição está entre as dez cidades brasileiras com maior percentual de população autodeclarada indígena, na sexta posição, somando 57,7% de seus habitantes. O território do município é formado por 90% de áreas de demarcação indígena potiguara, terras que possuem um status diferenciado na legislação brasileira, com alto grau de proteção.

“Em tempos como hoje, quando a comunidade indígena está em destaque na nossa sociedade, seja por existir ou por sofrer ataques, aparecer em um espaço nobre como esse de maneira tão bonita é muito importante para nós. Mostrar nossa força e beleza para a comunidade em geral se faz necessário”, explicou Aparecida Potiguara, técnica de enfermagem parceira do projeto.

As fotos podem ser visitadas até o dia 31 de março, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17. A entrada é gratuita, aberta para todos os públicos e apropriada para todas as idades. Depois da exposição na Casa da Pólvora, as imagens devem circular em outros espaços de arte do Estado, começando pelo município de Baía da Traição.

Sobre as fotógrafas

Agda Aquino é jornalista e professora de fotografia há 13 anos, com atuação nas principais universidades da Paraíba. Hoje ensina a arte de fotografar na UEPB e na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Como fotógrafa, tem trabalhos voltados principalmente para o fotojornalismo, a fotografia de moda, o retrato, a fotografia de shows além de experimentações fotográficas. Atua também em curadorias, júris de concursos, elaboração de editais e organização de exposições na área de fotografia.

Valdith Lopes é engenheira civil e professora de gestão ambiental no Instituto Federal da Paraíba (IFPB). Descobriu o amor pela fotografia registrando suas viagens e a partir disso surgiu a vontade de estudar para melhorar o domínio da máquina e o aproveitamento da luz natural. Costuma fotografar a natureza, algumas delas publicadas em capa de livro, como também fotos de off road e astrofotografia.

Fotos: Matheus Andrade, Agda Aquino e Valdith Lopes

O post Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Mulheres comandando as câmeras fotográficas e registrando outras mulheres. Essa é a proposta da exposição Mulheres Potiguaras – Retratos, que será aberta ao público no próximo dia 3 de março, no Centro Cultural Casa da Pólvora, em João Pessoa, a partir das 18h. Nas imagens aparecem gestantes, parteiras e outros membros da comunidade indígena Aldeia Leia Mais...

O post Professora da UEPB integra exposição fotográfica sobre mulheres potiguaras, na Casa da Pólvora, em João Pessoa apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2020-02-28 12:40:23 [post_date] => 2020-02-28 12:40:23 [post_modified_gmt] => 2020-02-28 12:40:23 [post_modified] => 2020-02-28 12:40:23 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=54827 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCSA – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccsa/feed/ [syndication_feed_id] => 12 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-jp/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 2c05b58934c83d4cd8136758b7f3aadb [1] => f95a1b0eee3f0ff1263b2b7123a1881c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 3 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => professora-da-uepb-integra-exposicao-fotografica-sobre-mulheres-potiguaras-na-casa-da-polvora-em-joao-pessoa )