CCJ

CCJ

Centro de Ciências Jurídicas

UEPB e Ministério Público firmam convênio para auxiliar conflitos na forma de conciliação e mediação

8 de agosto de 2019

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) assinaram um termo de competência científica para auxiliar autocomposição extrajudicial de conflitos na forma de conciliação e mediação em sessões realizadas gratuitamente por intermédio do Núcleo de Prática Jurídica da UEPB. O ato de assinatura foi realizado na noite desta quarta-feira (7), no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Câmpus de Campina Grande.

Esta medida visa operacionalizar os núcleos de autocomposição de conflitos do MPPB na Comarca de Campina Grande e no CCJ, além de implementar e coordenar ações destinadas à autocomposição de pessoas com histórico de conflitos. Assinaram o termo o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, e o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho. A partir desse acordo as instituições terão uma parceria para aperfeiçoamento do processo de trabalho, possibilitando maior resolutividade, apoio quanto à promoção de trocas de experiências, além da sistematização do fluxo de atendimento para sessões de conciliação e/ou mediação.

O reitor da UEPB classificou a parceira como uma iniciativa de grande valia para que a cultura da paz faça cada vez mais parte da vida da sociedade. Rangel Junior disse que o convênio amplia uma atuação que tem sido recorrente no CCJ de se aproximar das instituições do Direito com o objetivo de qualificar a formação dos alunos. “Temos feito convênios, inauguramos projetos novos e ampliamos nossa atuação que envolvem a estrutura do Judiciário, Ministério Público do Trabalho, Tribunal de Justiça, Ministério Público da Paraíba, Justiça Federal, sempre articulando algo que envolve benefícios para a Universidade, vantagens importantes para os órgão do judiciário, vantagens para os estudantes que vão aprender novas práticas e ajudar a resolver problemas importantes na sociedade. É algo importante que todos saem ganhando. Espero que possamos assinar novos termos dessa natureza para que tenhamos condições de garantir cada dia mais o desenvolvimento da cultura de paz”, destacou Rangel.

O procurador-geral, Francisco Seráphico, disse que o convênio celebra uma nova forma de fazer justiça. Segundo ele, não é a busca para a solução de um problema, mas sim resolver a causa de um problema. “A assinatura desse acordo mostra respeito do Ministério Público à Universidade Estadual. Essa é uma necessidade de vocês, alunos, de se debruçarem por essas novas questões. O nosso objetivo é diminuir a quantidade de litígios, buscando acordo de probidade administrativa, acordos de leniência, dentre outras várias hipóteses de discussão e mediação nas esferas penal e cível”, afirmou Francisco Seráphico Filho.

O termo de cooperação entre UEPB e MPPB terá duração de 24 meses. As atividades previstas neste instrumento não acarretam ônus financeiro aos partícipes e nem envolvem transferência de recursos, razão pela qual não se consigna dotação orçamentária específica. Também participaram da assinatura do convênio o diretor do CCJ, professor Laplace Guedes, e as promotoras de Justiça da Vara da Família, Liana Espínola Pereira de Carvalho, e Luciara Lima Simeão Moura, que na oportunidade proferiam palestra sobre “Alienação Parental”, para os alunos do curso de Direito da UEPB.

Texto e fotos: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB e Ministério Público firmam convênio para auxiliar conflitos na forma de conciliação e mediação apareceu primeiro em UEPB.

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB

Array ( [post_title] => Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB [post_content] =>

Em uma noite para ficar na posteridade e eternizada no tempo, nas mentes e nos corações de centenas de formandos que realizaram o sonho de conquistar um diploma de curso superior, 750 formandos de 30 cursos de Graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico neste sábado (27) e encerraram o ciclo de formaturas da Instituição do semestre letivo 2019/1.

A Assembleia Solene de Colação de Grau dos câmpus I e II aconteceu na casa de shows Spazzio, em Campina Grande, e contou com a participação dos concluintes dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Centro de Educação (CEDUC) e do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA).

Presidida pelo reitor da UEPB, professor Rangel Junior, a cerimônia reuniu docentes e pró-reitores da Instituição, além de diretores de centros, coordenadores de cursos, familiares e amigos dos formandos. Nesse semestre, a UEPB formou mais de 1.200 novos profissionais nos oito câmpus da Instituição.

Em meio a ansiedade, júbilo e regozijo, os graduandos assistiram emocionados a entrada da congregação de professores de todos os Centros de Ensino que integram os câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca. Entre os formandos, destaque para Marta Maria dos Santos Araújo, a mais experiente da turma. Aos 59 anos e já formada em Serviço Social, ela concluiu o curso de Ciências Biológicas, seguindo os passos da filha, Elaine Cristina dos Santos Araújo, que hoje faz Doutorado na área.

A atmosfera festiva tomou conta do local, com a entrada do Paraninfo Geral das turmas concluintes, o professor José Tavares de Sousa, conduzido pela comissão de honra formada por alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Sanitária e Ambiental, Filosofia, Direito, Ciências Contábeis e Agroecologia.

Os futuros profissionais, orgulhosamente vestidos com a beca, prestaram o juramento, comprometendo-se diante de professores e familiares a honrar os princípios da UEPB, lutar para aperfeiçoar a ciência e a técnica, além de transformar os conhecimentos adquiridos e utilizá-los para melhorar a sociedade sob a égide da justiça e da igualdade. Eles foram representados pelo graduando Lindomar Pereira da Silva, do curso de Agroecologia.

A Oradora Oficial das turmas foi a graduanda Amanda Vanuza de Arruda Barbosa, do curso de Direito, que fez um discurso emocionado e cheio de sentimentos e poesia. Ela destacou que o momento representava uma conquista pessoal para todos e agradeceu a Deus, aos familiares e professores, responsáveis pela transmissão dos conhecimentos e formação dos novos profissionais.

Amanda observou que, apesar de parecerem todos iguais, vestidos de beca, os formandos eram diferentes, com suas histórias, particularidades e dificuldades. Cada um carregava, segundo ela, marcas e sonhos. Em um reconhecimento à UEPB, Amanda destacou a missão da Instituição, que a despeito de todas as dificuldades, continua exercendo seu papel de formar cidadãos preparados para a vida. “Obrigado UEPB, que apesar de tantas dificuldades, nos dá asas para voar alto e sonharmos com dias melhores. Temos uma nova jornada pela frente”, frisou.

O Paraninfo Geral, professor José Tavares de Sousa, também fez um discurso emocionante e conclamou os formandos a usarem os conhecimentos adquiridos ao longo do curso para diminuírem as desigualdades sociais. Ele agradeceu a homenagem e disse que era uma honra o momento. O paraninfo focou parte do seu discurso nas desigualdades sociais que ainda existem no Brasil, principalmente no Nordeste, enfatizou que ainda faltam políticas públicas eficazes para combater essas desigualdades e que a educação é o caminho para mudar essa realidade, acabando de vez com esse flagelo social.

José Tavares ainda falou dos gargalos no Ensino Fundamental e Médio, mas ressaltou que, nos últimos anos, o Ensino Superior registrou avanços com as portas das universidades sendo abertas para alunos vindos da escola pública. Para ele, a expansão do ensino superior foi resultado de políticas públicas que reduziram as desigualdades regionais. O docente também destacou que a UEPB foi pioneira nas políticas de inclusão, tendo permitido o acesso ao curso superior a milhares de paraibanos.

A solenidade prosseguiu com o discurso do pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão, que enfatizou que os sonhos dos concluintes é o mesmo da UEPB, que está profundamente enraizada e comprometida com o Estado da Paraíba. Eli disse, ainda, que o dia era importante para os graduandos e para a Universidade, que atualmente tem 75% dos seus alunos advindos da escola pública. A cerimônia, segundo ele, se reveste de grande importância, pois marca o ponto de chegada e, ao mesmo tempo, o ponto de partida para o futuro e novos desafios.

O professor enfatizou que a UEPB está presente em toda a Paraíba, sempre comprometida com o desenvolvimento científico e cultural dos paraibanos, tendo duplicado o número de vagas nos últimos anos. Ao olhar para o futuro, Eli Brandão manifestou preocupação e disse que as universidades públicas estão em meio a uma forte crise que compromete o ensino em nome do capital financeiro.

Ele lembrou ainda que a Educação é um investimento social, e não gasto indevido, e justificou mostrando que 90% da produção de ciência e tecnologia no país é obra das universidades públicas. Segundo ele, sem universidade pública não há pesquisa comprometida com a ética e com o bem-estar humano. “Sintam-se vitoriosos por concluírem um curso de graduação numa instituição pública. São poucos os que conseguem ingressar em uma universidade e alcançar essa vitória”, parabenizou.

Presidente da solenidade, o reitor Rangel Junior transmitiu sua mensagem aos graduandos e parabenizou a todos pela conquista. O reitor disse que o momento era de orgulho para a UEPB, principalmente pela sensação de dever cumprido, visto que a situação econômica e política do país tem se mostrado muito difícil.

“Somos resistentes. O que nós estamos fazendo aqui nada mais é do que um movimento de resistência. Ao colocar para a sociedade mais de 1.200 profissionais formados, estamos dizendo que a universidade continua cumprindo com o seu papel e dando conta das responsabilidades com a sociedade”, afirmou o reitor, destacando ainda que a UEPB segue fazendo pesquisa e promovendo a cultura, mas, principalmente, formando pessoas qualificadas, competentes e comprometidas com a mudança do mundo.

Ao final da solenidade foi feita a conferência de grau acadêmico aos concluintes. A formanda Anna Vitória Gerra Nunes, do curso de Educação Física, recebeu o grau conferido pela professora Alessandra Teixeira, representando os colegas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. A concluinte Diana Maria de Lima Pereira, do curso de Matemática, recebeu o grau em nome dos formandos do Centro de Ciência e Tecnologia, conferido pela professora Maria Isabelle Dias.

Os concluintes do Centro de Educação foram representados pelo formando Alexandre Naildo da Silva, do curso de Geografia, que recebeu o grau conferido pelo professor Francisco de Assis Batista. Os concluintes do Centro de Ciências Jurídicas foram representados pelo formando Anderson Valdir da Silva Santos, que recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Laplace Guedes.

Em nome dos formandos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, a concluinte Hakyanna Karla de Oliveira, do curso de Serviço Social, recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Geraldo Medeiros. Já os formandos do curso de Agroecologia, do Câmpus de Lagoa Seca, foram representados pela concluinte Maria Betânia Francisca Santa Cruz, que recebeu o grau do professor e diretor do Centro de Ciências Ambientais e Agrárias, José Félix de Brito Neto.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em uma noite para ficar na posteridade e eternizada no tempo, nas mentes e nos corações de centenas de formandos que realizaram o sonho de conquistar um diploma de curso superior, 750 formandos de 30 cursos de Graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico Leia Mais...

O post Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-07-29 12:51:48 [post_date] => 2019-07-29 09:51:48 [post_modified_gmt] => 2019-07-29 12:51:48 [post_modified] => 2019-07-29 09:51:48 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=50082 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 81158568b9e0fc0c0f190084b4b2fc42 [1] => 83297366a9e32e490e0192c17875a995 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 18 [2] => 10 [3] => 11 [4] => 26 [5] => 28 [6] => 4 [7] => 33 [8] => 35 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB

Array ( [post_title] => Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB [post_content] =>

Em uma noite para ficar na posteridade e eternizada no tempo, nas mentes e nos corações de centenas de formandos que realizaram o sonho de conquistar um diploma de curso superior, 750 formandos de 30 cursos de Graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico neste sábado (27) e encerraram o ciclo de formaturas da Instituição do semestre letivo 2019/1.

A Assembleia Solene de Colação de Grau dos câmpus I e II aconteceu na casa de shows Spazzio, em Campina Grande, e contou com a participação dos concluintes dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Centro de Educação (CEDUC) e do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA).

Presidida pelo reitor da UEPB, professor Rangel Junior, a cerimônia reuniu docentes e pró-reitores da Instituição, além de diretores de centros, coordenadores de cursos, familiares e amigos dos formandos. Nesse semestre, a UEPB formou mais de 1.200 novos profissionais nos oito câmpus da Instituição.

Em meio a ansiedade, júbilo e regozijo, os graduandos assistiram emocionados a entrada da congregação de professores de todos os Centros de Ensino que integram os câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca. Entre os formandos, destaque para Marta Maria dos Santos Araújo, a mais experiente da turma. Aos 59 anos e já formada em Serviço Social, ela concluiu o curso de Ciências Biológicas, seguindo os passos da filha, Elaine Cristina dos Santos Araújo, que hoje faz Doutorado na área.

A atmosfera festiva tomou conta do local, com a entrada do Paraninfo Geral das turmas concluintes, o professor José Tavares de Sousa, conduzido pela comissão de honra formada por alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Sanitária e Ambiental, Filosofia, Direito, Ciências Contábeis e Agroecologia.

Os futuros profissionais, orgulhosamente vestidos com a beca, prestaram o juramento, comprometendo-se diante de professores e familiares a honrar os princípios da UEPB, lutar para aperfeiçoar a ciência e a técnica, além de transformar os conhecimentos adquiridos e utilizá-los para melhorar a sociedade sob a égide da justiça e da igualdade. Eles foram representados pelo graduando Lindomar Pereira da Silva, do curso de Agroecologia.

A Oradora Oficial das turmas foi a graduanda Amanda Vanuza de Arruda Barbosa, do curso de Direito, que fez um discurso emocionado e cheio de sentimentos e poesia. Ela destacou que o momento representava uma conquista pessoal para todos e agradeceu a Deus, aos familiares e professores, responsáveis pela transmissão dos conhecimentos e formação dos novos profissionais.

Amanda observou que, apesar de parecerem todos iguais, vestidos de beca, os formandos eram diferentes, com suas histórias, particularidades e dificuldades. Cada um carregava, segundo ela, marcas e sonhos. Em um reconhecimento à UEPB, Amanda destacou a missão da Instituição, que a despeito de todas as dificuldades, continua exercendo seu papel de formar cidadãos preparados para a vida. “Obrigado UEPB, que apesar de tantas dificuldades, nos dá asas para voar alto e sonharmos com dias melhores. Temos uma nova jornada pela frente”, frisou.

O Paraninfo Geral, professor José Tavares de Sousa, também fez um discurso emocionante e conclamou os formandos a usarem os conhecimentos adquiridos ao longo do curso para diminuírem as desigualdades sociais. Ele agradeceu a homenagem e disse que era uma honra o momento. O paraninfo focou parte do seu discurso nas desigualdades sociais que ainda existem no Brasil, principalmente no Nordeste, enfatizou que ainda faltam políticas públicas eficazes para combater essas desigualdades e que a educação é o caminho para mudar essa realidade, acabando de vez com esse flagelo social.

José Tavares ainda falou dos gargalos no Ensino Fundamental e Médio, mas ressaltou que, nos últimos anos, o Ensino Superior registrou avanços com as portas das universidades sendo abertas para alunos vindos da escola pública. Para ele, a expansão do ensino superior foi resultado de políticas públicas que reduziram as desigualdades regionais. O docente também destacou que a UEPB foi pioneira nas políticas de inclusão, tendo permitido o acesso ao curso superior a milhares de paraibanos.

A solenidade prosseguiu com o discurso do pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão, que enfatizou que os sonhos dos concluintes é o mesmo da UEPB, que está profundamente enraizada e comprometida com o Estado da Paraíba. Eli disse, ainda, que o dia era importante para os graduandos e para a Universidade, que atualmente tem 75% dos seus alunos advindos da escola pública. A cerimônia, segundo ele, se reveste de grande importância, pois marca o ponto de chegada e, ao mesmo tempo, o ponto de partida para o futuro e novos desafios.

O professor enfatizou que a UEPB está presente em toda a Paraíba, sempre comprometida com o desenvolvimento científico e cultural dos paraibanos, tendo duplicado o número de vagas nos últimos anos. Ao olhar para o futuro, Eli Brandão manifestou preocupação e disse que as universidades públicas estão em meio a uma forte crise que compromete o ensino em nome do capital financeiro.

Ele lembrou ainda que a Educação é um investimento social, e não gasto indevido, e justificou mostrando que 90% da produção de ciência e tecnologia no país é obra das universidades públicas. Segundo ele, sem universidade pública não há pesquisa comprometida com a ética e com o bem-estar humano. “Sintam-se vitoriosos por concluírem um curso de graduação numa instituição pública. São poucos os que conseguem ingressar em uma universidade e alcançar essa vitória”, parabenizou.

Presidente da solenidade, o reitor Rangel Junior transmitiu sua mensagem aos graduandos e parabenizou a todos pela conquista. O reitor disse que o momento era de orgulho para a UEPB, principalmente pela sensação de dever cumprido, visto que a situação econômica e política do país tem se mostrado muito difícil.

“Somos resistentes. O que nós estamos fazendo aqui nada mais é do que um movimento de resistência. Ao colocar para a sociedade mais de 1.200 profissionais formados, estamos dizendo que a universidade continua cumprindo com o seu papel e dando conta das responsabilidades com a sociedade”, afirmou o reitor, destacando ainda que a UEPB segue fazendo pesquisa e promovendo a cultura, mas, principalmente, formando pessoas qualificadas, competentes e comprometidas com a mudança do mundo.

Ao final da solenidade foi feita a conferência de grau acadêmico aos concluintes. A formanda Anna Vitória Gerra Nunes, do curso de Educação Física, recebeu o grau conferido pela professora Alessandra Teixeira, representando os colegas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. A concluinte Diana Maria de Lima Pereira, do curso de Matemática, recebeu o grau em nome dos formandos do Centro de Ciência e Tecnologia, conferido pela professora Maria Isabelle Dias.

Os concluintes do Centro de Educação foram representados pelo formando Alexandre Naildo da Silva, do curso de Geografia, que recebeu o grau conferido pelo professor Francisco de Assis Batista. Os concluintes do Centro de Ciências Jurídicas foram representados pelo formando Anderson Valdir da Silva Santos, que recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Laplace Guedes.

Em nome dos formandos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, a concluinte Hakyanna Karla de Oliveira, do curso de Serviço Social, recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Geraldo Medeiros. Já os formandos do curso de Agroecologia, do Câmpus de Lagoa Seca, foram representados pela concluinte Maria Betânia Francisca Santa Cruz, que recebeu o grau do professor e diretor do Centro de Ciências Ambientais e Agrárias, José Félix de Brito Neto.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em uma noite para ficar na posteridade e eternizada no tempo, nas mentes e nos corações de centenas de formandos que realizaram o sonho de conquistar um diploma de curso superior, 750 formandos de 30 cursos de Graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico Leia Mais...

O post Concluintes dos câmpus I e II colam grau e fecham ciclo de formaturas do período 2019.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-07-29 12:51:48 [post_date] => 2019-07-29 09:51:48 [post_modified_gmt] => 2019-07-29 12:51:48 [post_modified] => 2019-07-29 09:51:48 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=50082 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 81158568b9e0fc0c0f190084b4b2fc42 [1] => 83297366a9e32e490e0192c17875a995 ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 18 [2] => 10 [3] => 11 [4] => 26 [5] => 28 [6] => 4 [7] => 33 [8] => 35 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => concluintes-dos-campus-i-e-ii-colam-grau-e-fecham-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2019-1-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos

Array ( [post_title] => UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos [post_content] =>

Representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se reuniram quinta-feira (23) para discutir sobre parceria para implantação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos em Campina Grande, com o objetivo inicial de ampliar o conjunto de atividades desenvolvidas pelo “Projeto Presente”, destinado à proteção de crianças e adolescentes vítimas de alienação parental e/ou abandono afetivo, por meio da resolução de conflitos familiares.

A reunião aconteceu na sede do MPPB, em Campina Grande, e foi presidido pela coordenadora das Promotorias de Justiça Cíveis e Família e idealizadora do “Projeto Presente”, promotora Liana Espínola Pereira de Carvalho. Estiveram presentes no encontro a promotora coordenadora do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição do MPPB (NUPIA), Renata Carvalho da Luz; o diretor do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da UEPB, professor Laplace Guedes; o assessor jurídico da UEPB, Heriberto Melo de Lima, e a servidora do MPPB, Silmary Soares Vilanova Cavalcante.

Na oportunidade, foram apresentadas as principais atividades do “Projeto Presente” e do Núcleo de Promoção de Paternidade (NUPAR), por onde começarão os encaminhamentos para as sessões de conciliação e mediação. Ainda foi discutida a necessidade de fomento à capacitação e provimento de mediadores, tendo em vista que o Ministério Público ainda não dispõe de pessoal capacitado para a realização de tais atividades.

Nesse sentido, o diretor do CCJ, Laplace Guedes, mostrou-se favorável à proposta apresentada, ressaltando a importância da iniciativa do Ministério Público em buscar parcerias junto às instituições públicas de ensino, com objetivo de viabilizar e fortalecer suas ações em benefício da sociedade. O encontro resultou na elaboração do esboço do termo de cooperação para a implementação e funcionamento do Núcleo de Autocomposição de Conflitos na Comarca de Campina Grande, com a cooperação do Núcleo de Prática Jurídica da UEPB, através do projeto de extensão “Mediação e Conciliação: Instrumento de Paz e Cidadania”, na área de Direitos Humanos.

Colaboração: Assessoria MPPB

O post UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se reuniram quinta-feira (23) para discutir sobre parceria para implantação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos em Campina Grande, com o objetivo inicial de ampliar o conjunto de atividades desenvolvidas pelo “Projeto Presente”, destinado à proteção de crianças e adolescentes vítimas Leia Mais...

O post UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-05-24 18:05:27 [post_date] => 2019-05-24 15:05:27 [post_modified_gmt] => 2019-05-24 18:05:27 [post_modified] => 2019-05-24 15:05:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=48711 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 6269ed786df37e1e8a0a369af6530b16 [1] => 211939cb830ca9a918cd8c6f0a6c833b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos

Array ( [post_title] => UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos [post_content] =>

Representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se reuniram quinta-feira (23) para discutir sobre parceria para implantação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos em Campina Grande, com o objetivo inicial de ampliar o conjunto de atividades desenvolvidas pelo “Projeto Presente”, destinado à proteção de crianças e adolescentes vítimas de alienação parental e/ou abandono afetivo, por meio da resolução de conflitos familiares.

A reunião aconteceu na sede do MPPB, em Campina Grande, e foi presidido pela coordenadora das Promotorias de Justiça Cíveis e Família e idealizadora do “Projeto Presente”, promotora Liana Espínola Pereira de Carvalho. Estiveram presentes no encontro a promotora coordenadora do Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição do MPPB (NUPIA), Renata Carvalho da Luz; o diretor do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da UEPB, professor Laplace Guedes; o assessor jurídico da UEPB, Heriberto Melo de Lima, e a servidora do MPPB, Silmary Soares Vilanova Cavalcante.

Na oportunidade, foram apresentadas as principais atividades do “Projeto Presente” e do Núcleo de Promoção de Paternidade (NUPAR), por onde começarão os encaminhamentos para as sessões de conciliação e mediação. Ainda foi discutida a necessidade de fomento à capacitação e provimento de mediadores, tendo em vista que o Ministério Público ainda não dispõe de pessoal capacitado para a realização de tais atividades.

Nesse sentido, o diretor do CCJ, Laplace Guedes, mostrou-se favorável à proposta apresentada, ressaltando a importância da iniciativa do Ministério Público em buscar parcerias junto às instituições públicas de ensino, com objetivo de viabilizar e fortalecer suas ações em benefício da sociedade. O encontro resultou na elaboração do esboço do termo de cooperação para a implementação e funcionamento do Núcleo de Autocomposição de Conflitos na Comarca de Campina Grande, com a cooperação do Núcleo de Prática Jurídica da UEPB, através do projeto de extensão “Mediação e Conciliação: Instrumento de Paz e Cidadania”, na área de Direitos Humanos.

Colaboração: Assessoria MPPB

O post UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) se reuniram quinta-feira (23) para discutir sobre parceria para implantação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos em Campina Grande, com o objetivo inicial de ampliar o conjunto de atividades desenvolvidas pelo “Projeto Presente”, destinado à proteção de crianças e adolescentes vítimas Leia Mais...

O post UEPB e Ministério Público discutem parceria para implementação do Núcleo de Autocomposição de Conflitos apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-05-24 18:05:27 [post_date] => 2019-05-24 15:05:27 [post_modified_gmt] => 2019-05-24 18:05:27 [post_modified] => 2019-05-24 15:05:27 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=48711 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 6269ed786df37e1e8a0a369af6530b16 [1] => 211939cb830ca9a918cd8c6f0a6c833b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-e-ministerio-publico-discutem-parceria-para-implementacao-do-nucleo-de-autocomposicao-de-conflitos )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania [post_content] =>

O direito de acesso à Justiça através de mecanismos que promovam a cidadania e estimulem a solução rápida de desentendimentos é um dos motores para a valorização dos indivíduos e a promoção da cultura de paz. Embasada nesse propósito, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), deu mais um passo importante no que diz respeito à conciliação e a solução de processos judiciais, inaugurando, na noite desta quinta-feira (11), o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC). O local funciona como unidade responsável pela realização de audiências de conciliação atendidas pelo judiciário paraibano.

Esta é a sétima unidade no Estado que tem na conciliação e na mediação sua base para constituir uma importante ferramenta destinada à pacificação social, com ênfase na solução ou prevenção de conflitos. De acordo com o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, este momento é muito importante por, a partir de agora, a sociedade paraibana ter mais um instrumento voltado à busca pela conciliação. Rangel ainda destacou a contribuição que a Instituição está dando para a construção do processo civilizatório, mediando conflitos e buscando construir uma cultura de paz.

“Essa é mais uma demonstração da dimensão ampla que a Universidade tem para alcançar a sociedade. A inauguração do CEJUSC é mais um espaço de cidadania que permitirá a sociedade usufruir ainda mais da Universidade. A UEPB não forma apenas pessoas. A dimensão da ação da Universidade vai muito além de entregar diplomas. Exemplo disso é a inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, que demonstra o enraizamento da UEPB na vida da sociedade. Para nós, é sempre algo importante e motivo de muita alegria poder buscar e fazer algo novo para garantir que a sociedade possa se apropriar de tudo aquilo que a Universidade tem”, destacou o reitor.

O desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Ricardo Vital de Almeida, ressaltou mais esse serviço que a UEPB, através do CCJ, está oferecendo. Ele apontou que a solução de conflitos garante o acesso à justiça de maneira eficiente, podendo sair do velho molde processual, quando a lei permitir. Já o diretor-geral do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (NUPEMEC), desembargador Leandro dos Santos, disse que a política de pacificação social que será reforçada através do CEJUSC apresentará outro viés para a educação universitária, já que os alunos se vestirão de conciliadores e a população terá um serviço que oferecerá mais dignidade às pessoas.

A juíza e coordenadora dos Centros de Conciliação e Mediação instalados em Campina Grande, Ivna Mozart, projetou a melhora da atividade judiciária com a existências desses locais. Ela ressaltou a busca pela cultura da paz como um modo de promover um caminho positivo para a sociedade. “A partir do CEJUSC na UEPB nós estamos expandido a cultura de paz. Atualmente ela não é mais uma promessa, ela é sim uma realidade, um caminho que o Poder Judiciário segue, partindo do pressuposto de que não há mais essa concepção de se resolver processo, e sim de se resolver conflitos. Firmar essa parceria com a UEPB é algo muito importante, porque nós plantamos no ambiente acadêmico a ideia de que a cultura de paz é uma realidade”, afirmou a juíza.

O diretor do CCJ, professor Laplace Guedes, destacou o poder de superação que a UEPB demonstra, por vencer todas as dificuldades financeiras e orçamentárias e, mesmo assim, disponibilizar um serviço como o que é oferecido pelo CEJUSC. “Nós conseguimos atender todas as exigências para ter uma unidade do CEJUSC aqui no CCJ e eu tenho certeza que, além de um grande apoio que vamos prestar à população, nossos alunos ainda serão muito mais bem qualificados em sua formação por poderem atuar no campo do estágio na busca pela solução de conflitos mediados pela Justiça”, pontuou professor Laplace.

Além da inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da UEPB, também foi apresentado pelo conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Harrison Targino, o projeto de extensão “Mediação para a Paz e Cidadania”, que será coordenado por ele e que tem como objetivo prestar serviços de solução de conflitos por métodos alternativos, a partir da atuação dos alunos do curso de Direito da UEPB, sob a orientação dos professores do CCJ. Também participaram da solenidade a ex-presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, e a presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, Ivonete Ludgério.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Paizinha Lemos

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O direito de acesso à Justiça através de mecanismos que promovam a cidadania e estimulem a solução rápida de desentendimentos é um dos motores para a valorização dos indivíduos e a promoção da cultura de paz. Embasada nesse propósito, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), deu mais um Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-04-12 15:51:11 [post_date] => 2019-04-12 12:51:11 [post_modified_gmt] => 2019-04-12 15:51:11 [post_modified] => 2019-04-12 12:51:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47911 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7d3942481494dc74938e5ded0578c191 [1] => 91f5ee6fa78bb9d6981b45c96d80134b ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania [post_content] =>

O direito de acesso à Justiça através de mecanismos que promovam a cidadania e estimulem a solução rápida de desentendimentos é um dos motores para a valorização dos indivíduos e a promoção da cultura de paz. Embasada nesse propósito, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), deu mais um passo importante no que diz respeito à conciliação e a solução de processos judiciais, inaugurando, na noite desta quinta-feira (11), o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC). O local funciona como unidade responsável pela realização de audiências de conciliação atendidas pelo judiciário paraibano.

Esta é a sétima unidade no Estado que tem na conciliação e na mediação sua base para constituir uma importante ferramenta destinada à pacificação social, com ênfase na solução ou prevenção de conflitos. De acordo com o reitor da UEPB, professor Rangel Junior, este momento é muito importante por, a partir de agora, a sociedade paraibana ter mais um instrumento voltado à busca pela conciliação. Rangel ainda destacou a contribuição que a Instituição está dando para a construção do processo civilizatório, mediando conflitos e buscando construir uma cultura de paz.

“Essa é mais uma demonstração da dimensão ampla que a Universidade tem para alcançar a sociedade. A inauguração do CEJUSC é mais um espaço de cidadania que permitirá a sociedade usufruir ainda mais da Universidade. A UEPB não forma apenas pessoas. A dimensão da ação da Universidade vai muito além de entregar diplomas. Exemplo disso é a inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, que demonstra o enraizamento da UEPB na vida da sociedade. Para nós, é sempre algo importante e motivo de muita alegria poder buscar e fazer algo novo para garantir que a sociedade possa se apropriar de tudo aquilo que a Universidade tem”, destacou o reitor.

O desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Ricardo Vital de Almeida, ressaltou mais esse serviço que a UEPB, através do CCJ, está oferecendo. Ele apontou que a solução de conflitos garante o acesso à justiça de maneira eficiente, podendo sair do velho molde processual, quando a lei permitir. Já o diretor-geral do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (NUPEMEC), desembargador Leandro dos Santos, disse que a política de pacificação social que será reforçada através do CEJUSC apresentará outro viés para a educação universitária, já que os alunos se vestirão de conciliadores e a população terá um serviço que oferecerá mais dignidade às pessoas.

A juíza e coordenadora dos Centros de Conciliação e Mediação instalados em Campina Grande, Ivna Mozart, projetou a melhora da atividade judiciária com a existências desses locais. Ela ressaltou a busca pela cultura da paz como um modo de promover um caminho positivo para a sociedade. “A partir do CEJUSC na UEPB nós estamos expandido a cultura de paz. Atualmente ela não é mais uma promessa, ela é sim uma realidade, um caminho que o Poder Judiciário segue, partindo do pressuposto de que não há mais essa concepção de se resolver processo, e sim de se resolver conflitos. Firmar essa parceria com a UEPB é algo muito importante, porque nós plantamos no ambiente acadêmico a ideia de que a cultura de paz é uma realidade”, afirmou a juíza.

O diretor do CCJ, professor Laplace Guedes, destacou o poder de superação que a UEPB demonstra, por vencer todas as dificuldades financeiras e orçamentárias e, mesmo assim, disponibilizar um serviço como o que é oferecido pelo CEJUSC. “Nós conseguimos atender todas as exigências para ter uma unidade do CEJUSC aqui no CCJ e eu tenho certeza que, além de um grande apoio que vamos prestar à população, nossos alunos ainda serão muito mais bem qualificados em sua formação por poderem atuar no campo do estágio na busca pela solução de conflitos mediados pela Justiça”, pontuou professor Laplace.

Além da inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da UEPB, também foi apresentado pelo conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Harrison Targino, o projeto de extensão “Mediação para a Paz e Cidadania”, que será coordenado por ele e que tem como objetivo prestar serviços de solução de conflitos por métodos alternativos, a partir da atuação dos alunos do curso de Direito da UEPB, sob a orientação dos professores do CCJ. Também participaram da solenidade a ex-presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, e a presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, Ivonete Ludgério.

Texto: Givaldo Cavalcanti
Fotos: Paizinha Lemos

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O direito de acesso à Justiça através de mecanismos que promovam a cidadania e estimulem a solução rápida de desentendimentos é um dos motores para a valorização dos indivíduos e a promoção da cultura de paz. Embasada nesse propósito, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), deu mais um Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-04-12 15:51:11 [post_date] => 2019-04-12 12:51:11 [post_modified_gmt] => 2019-04-12 15:51:11 [post_modified] => 2019-04-12 12:51:11 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47911 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 7d3942481494dc74938e5ded0578c191 [1] => 91f5ee6fa78bb9d6981b45c96d80134b ) ) [post_type] => post [post_author] => 39 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-inaugura-centro-judiciario-de-solucao-de-conflitos-e-cidadania )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB/PB), , promove um curso de extensão sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJE). As inscrições estão abertas até o dia 29 de março, na Secretaria da Direção do CCJ, mediante entrega de dois quilos de alimentos não perecíveis, das 18h30 às 21h. As vagas são limitadas e as aulas serão ministradas no Laboratório de Informática do curso de Ciências Contábeis, localizado na Central de Integração Acadêmica, Câmpus de Bodocongó.

O curso de extensão está organizado em duas turmas. A turma A tem previsão de início das aulas no dia 3 de abril, com término no dia 22 de maio. As aulas serão das 14h às 16h. Já a turma B tem início previsto para o dia 6 de abril e término no dia 28 de maio. O horário das aulas será das 8h às 10h. As aulas inaugurais das duas turmas serão ministradas pelos professores Laplace Guedes, diretor do CCJ, e Cláudio Lucena, coordenador de Relacionais Internacionais da UEPB.

A implantação do Processo Judicial Eletrônico no Brasil tem levado operadores do Direito a discutir questões ligadas à interação entre Direito e Informática. Embora a lei sobre processo eletrônico no Brasil seja recente (Lei 11.419/2006), a informática aplicada ao Direito já preocupava juristas desde a década de 1970. Serão tratados nesse curso de extensão assuntos como “Procedimentos preliminares”, “Plataformas”, “Detalhando o PJE”, “Reflexos e recomendações do PJE”, “PJE no Brasil”, “PJE na Paraíba”, “Prós e contras do PJE”, “Como acessar a página do PJE”, entre outros.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB/PB), , promove um curso de extensão sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJE). As inscrições estão abertas até o dia 29 de março, na Secretaria da Direção do Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-25 09:18:44 [post_date] => 2019-03-25 06:18:44 [post_modified_gmt] => 2019-03-25 09:18:44 [post_modified] => 2019-03-25 06:18:44 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47308 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 116901071ce34ff4a826547f78df563b [1] => 27a9eac3ecf0dc0ca29bada061b64910 [2] => 14a03b9179fe835051c94707de01e9f1 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 [2] => 38 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-cg-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB/PB), , promove um curso de extensão sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJE). As inscrições estão abertas até o dia 29 de março, na Secretaria da Direção do CCJ, mediante entrega de dois quilos de alimentos não perecíveis, das 18h30 às 21h. As vagas são limitadas e as aulas serão ministradas no Laboratório de Informática do curso de Ciências Contábeis, localizado na Central de Integração Acadêmica, Câmpus de Bodocongó.

O curso de extensão está organizado em duas turmas. A turma A tem previsão de início das aulas no dia 3 de abril, com término no dia 22 de maio. As aulas serão das 14h às 16h. Já a turma B tem início previsto para o dia 6 de abril e término no dia 28 de maio. O horário das aulas será das 8h às 10h. As aulas inaugurais das duas turmas serão ministradas pelos professores Laplace Guedes, diretor do CCJ, e Cláudio Lucena, coordenador de Relacionais Internacionais da UEPB.

A implantação do Processo Judicial Eletrônico no Brasil tem levado operadores do Direito a discutir questões ligadas à interação entre Direito e Informática. Embora a lei sobre processo eletrônico no Brasil seja recente (Lei 11.419/2006), a informática aplicada ao Direito já preocupava juristas desde a década de 1970. Serão tratados nesse curso de extensão assuntos como “Procedimentos preliminares”, “Plataformas”, “Detalhando o PJE”, “Reflexos e recomendações do PJE”, “PJE no Brasil”, “PJE na Paraíba”, “Prós e contras do PJE”, “Como acessar a página do PJE”, entre outros.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB/PB), , promove um curso de extensão sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJE). As inscrições estão abertas até o dia 29 de março, na Secretaria da Direção do Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba e OAB/PB oferecem curso de extensão sobre Processo Judicial Eletrônico apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-03-25 09:18:44 [post_date] => 2019-03-25 06:18:44 [post_modified_gmt] => 2019-03-25 09:18:44 [post_modified] => 2019-03-25 06:18:44 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=47308 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-pb-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 116901071ce34ff4a826547f78df563b [1] => 27a9eac3ecf0dc0ca29bada061b64910 [2] => 14a03b9179fe835051c94707de01e9f1 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 [2] => 38 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-e-oab-cg-oferecem-curso-de-extensao-sobre-processo-judicial-eletronico )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais

Array ( [post_title] => UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove, de 11 a 15 de março, a 3ª edição do Colóquio Mulher em Foco para intensificar as reflexões acerca do Dia Internacional da Mulher. Através do Centro Acadêmico Sobral Pinto, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição receberá alunos, professores, profissionais do Direito e a comunidade em geral para uma série de debates com questões relevantes sobre a representação feminina, assédio, racismo, crimes sexuais e outros temas importantes. Serão realizadas palestras e um minicurso nos turnos da manhã, tarde e noite, sempre no Auditório do CCJ.

Para participar é preciso realizar uma inscrição prévia através do link http://bit.ly/iiimulheremfoco, além de entregar, no primeiro dia do evento, dois quilos de alimentos não perecíveis ou dois itens de higiene pessoal que serão doados a uma casa que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica. O evento tem carga de 12 horas/aula, sendo 10 horas para os participantes das palestras e duas para o minicurso. A abertura será com a palestra “As perspectivas da violência doméstica frente a flexibilização da posse de armas”, com as participações da advogada Marli Castelo Branco e a delegada Maísa Félix.

As atividades contam, ainda com a palestra “Assédio e racismo no ambiente acadêmico”, com Jô Oliveira, Leonara Marinho e Lucira Freire; “Reflexos da dupla jornada feminina e amadurecimento precoce”, com a psicóloga Emily Gaião. Haverá também uma apresentação da Frente de Mulheres da UEPB, o debate do tema “Representação Política da Mulher”, com a vereadora Sandra Marrocos, o minicurso “Lei Carolina Dieckmann e Revenge Porn”, com a professora Ana Alice Ramos Tejo, e a palestra “Crimes contra a dignidade sexual da mulher”, a ser ministrada pela advogada Katiele Marques.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove, de 11 a 15 de março, a 3ª edição do Colóquio Mulher em Foco para intensificar as reflexões acerca do Dia Internacional da Mulher. Através do Centro Acadêmico Sobral Pinto, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição receberá alunos, professores, profissionais do Direito e a comunidade em Leia Mais...

O post UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-28 14:14:18 [post_date] => 2019-02-28 11:14:18 [post_modified_gmt] => 2019-02-28 14:14:18 [post_modified] => 2019-02-28 11:14:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46755 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1d52382b7b97ca1ce98c0cf18ee8bf0d [1] => 411dcfbab5e29e6956d4bff907b0e145 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais

Array ( [post_title] => UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais [post_content] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove, de 11 a 15 de março, a 3ª edição do Colóquio Mulher em Foco para intensificar as reflexões acerca do Dia Internacional da Mulher. Através do Centro Acadêmico Sobral Pinto, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição receberá alunos, professores, profissionais do Direito e a comunidade em geral para uma série de debates com questões relevantes sobre a representação feminina, assédio, racismo, crimes sexuais e outros temas importantes. Serão realizadas palestras e um minicurso nos turnos da manhã, tarde e noite, sempre no Auditório do CCJ.

Para participar é preciso realizar uma inscrição prévia através do link http://bit.ly/iiimulheremfoco, além de entregar, no primeiro dia do evento, dois quilos de alimentos não perecíveis ou dois itens de higiene pessoal que serão doados a uma casa que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica. O evento tem carga de 12 horas/aula, sendo 10 horas para os participantes das palestras e duas para o minicurso. A abertura será com a palestra “As perspectivas da violência doméstica frente a flexibilização da posse de armas”, com as participações da advogada Marli Castelo Branco e a delegada Maísa Félix.

As atividades contam, ainda com a palestra “Assédio e racismo no ambiente acadêmico”, com Jô Oliveira, Leonara Marinho e Lucira Freire; “Reflexos da dupla jornada feminina e amadurecimento precoce”, com a psicóloga Emily Gaião. Haverá também uma apresentação da Frente de Mulheres da UEPB, o debate do tema “Representação Política da Mulher”, com a vereadora Sandra Marrocos, o minicurso “Lei Carolina Dieckmann e Revenge Porn”, com a professora Ana Alice Ramos Tejo, e a palestra “Crimes contra a dignidade sexual da mulher”, a ser ministrada pela advogada Katiele Marques.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) promove, de 11 a 15 de março, a 3ª edição do Colóquio Mulher em Foco para intensificar as reflexões acerca do Dia Internacional da Mulher. Através do Centro Acadêmico Sobral Pinto, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Instituição receberá alunos, professores, profissionais do Direito e a comunidade em Leia Mais...

O post UEPB promove 3º Colóquio Mulher em Foco com debates sobre representação, assédio e crimes sexuais apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-28 14:14:18 [post_date] => 2019-02-28 11:14:18 [post_modified_gmt] => 2019-02-28 14:14:18 [post_modified] => 2019-02-28 11:14:18 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46755 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1d52382b7b97ca1ce98c0cf18ee8bf0d [1] => 411dcfbab5e29e6956d4bff907b0e145 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => uepb-promove-3o-coloquio-mulher-em-foco-com-debates-sobre-representacao-assedio-e-crimes-sexuais )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1

Array ( [post_title] => Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 [post_content] =>

O período letivo 2019.1 começa na próxima segunda-feira (18) na Universidade Estadual da Paraíba e, para marcar a recepção aos novos alunos, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), juntamente com o Centro Acadêmico Sobral Pinto, promoverá uma série de atividades para os estudantes novatos do curso de Direito, com o objetivo de promover a integração desses alunos com os estudantes veteranos, bem como oferecer palestras para a qualificação da formação discente.

Ao todo serão 10 atividades da “Semana de Integração do Fera 2019.1” , sendo cinco no período da manhã e cinco à noite, onde os alunos terão contato com diversos conteúdos abordados por professores do CCJ, como também de profissionais da área convidados pela direção do Centro. Estão entre os assuntos abordados o Projeto de Lei Anticrime, os programas de Iniciação Científica (PIBIC) e de Extensão (PROBEX) da UEPB, Direito e Novas Tecnologias, Normas Domésticas, dentre outros temas.

A participação é aberta a todos os alunos do CCJ e a comunidade acadêmica em geral. A abertura do evento está programada para acontecer às 9h, com a apresentação do evento, sendo a primeira palestra marcada para as 11h. À noite, o evento será retomado a partir das 20h. Confira abaixo a programação de todos os dias do evento, bem como os temas das palestras oferecidas.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O período letivo 2019.1 começa na próxima segunda-feira (18) na Universidade Estadual da Paraíba e, para marcar a recepção aos novos alunos, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), juntamente com o Centro Acadêmico Sobral Pinto, promoverá uma série de atividades para os estudantes novatos do curso de Direito, com o objetivo de promover a integração Leia Mais...

O post Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-14 14:59:42 [post_date] => 2019-02-14 11:59:42 [post_modified_gmt] => 2019-02-14 14:59:42 [post_modified] => 2019-02-14 11:59:42 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46423 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 8894c3414815d5a58097c78518835c62 [1] => a9d4661260cf63f57d4942bc274863f2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1 )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1

Array ( [post_title] => Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 [post_content] =>

O período letivo 2019.1 começa na próxima segunda-feira (18) na Universidade Estadual da Paraíba e, para marcar a recepção aos novos alunos, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), juntamente com o Centro Acadêmico Sobral Pinto, promoverá uma série de atividades para os estudantes novatos do curso de Direito, com o objetivo de promover a integração desses alunos com os estudantes veteranos, bem como oferecer palestras para a qualificação da formação discente.

Ao todo serão 10 atividades da “Semana de Integração do Fera 2019.1” , sendo cinco no período da manhã e cinco à noite, onde os alunos terão contato com diversos conteúdos abordados por professores do CCJ, como também de profissionais da área convidados pela direção do Centro. Estão entre os assuntos abordados o Projeto de Lei Anticrime, os programas de Iniciação Científica (PIBIC) e de Extensão (PROBEX) da UEPB, Direito e Novas Tecnologias, Normas Domésticas, dentre outros temas.

A participação é aberta a todos os alunos do CCJ e a comunidade acadêmica em geral. A abertura do evento está programada para acontecer às 9h, com a apresentação do evento, sendo a primeira palestra marcada para as 11h. À noite, o evento será retomado a partir das 20h. Confira abaixo a programação de todos os dias do evento, bem como os temas das palestras oferecidas.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O período letivo 2019.1 começa na próxima segunda-feira (18) na Universidade Estadual da Paraíba e, para marcar a recepção aos novos alunos, o Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), juntamente com o Centro Acadêmico Sobral Pinto, promoverá uma série de atividades para os estudantes novatos do curso de Direito, com o objetivo de promover a integração Leia Mais...

O post Centro de Ciências Jurídicas promove Semana de Integração do Fera para iniciar período letivo 2019.1 apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-02-14 14:59:42 [post_date] => 2019-02-14 11:59:42 [post_modified_gmt] => 2019-02-14 14:59:42 [post_modified] => 2019-02-14 11:59:42 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=46423 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 8894c3414815d5a58097c78518835c62 [1] => a9d4661260cf63f57d4942bc274863f2 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => centro-de-ciencias-juridicas-promove-semana-de-integracao-do-fera-para-iniciar-periodo-letivo-2019-1 )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB

Array ( [post_title] => Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Uma noite inesquecível. Tempo para celebrar uma conquista e se preparar para os desafios de um futuro que já se descortina. A chegada é também o ponto de partida e recomeço de uma nova jornada. Com esses sentimentos, 715 formandos de 29 cursos de graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico, nesta sexta-feira (21), e estão aptos para ingresso no mercado de trabalho.

A Assembleia Solene de Colação de Grau do período letivo 2018.1 dos câmpus I e II aconteceu na casa de shows Spazzio, em Campina Grande, e contou com a participação dos concluintes dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Centro de Educação (CEDUC) e do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA). Também colaram grau os formandos do curso de Administração Pública na modalidade de Educação a Distância.

Presidida pelo reitor Rangel Junior, a cerimônia fechou o calendário de colações de grau da UEPB do período 2018.1 e reuniu professores e pró-reitores da Instituição, diretores de Centros, familiares, amigos dos formandos, além da secretária de Educação de Campina Grande, professora Iolanda Barbosa, que representou o prefeito Romero Rodrigues no evento.

O primeiro ato da solenidade foi a entrada da congregação de professores de todos os Centros que integram os câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca, seguido da execução do Hino Nacional. Um dos momentos empolgantes da solenidade foi a entrada do Paraninfo Geral das turmas concluintes, o dramaturgo, escritor e poeta Bráulio Tavares, conduzido pela Comissão de Honra formada por alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Química Industrial, Filosofia, Direito, Serviço Social e Agroecologia.

Antes de colar o grau acadêmico os futuros profissionais prestaram o juramento e se comprometeram em honrar os princípios da UEPB, lutar para aperfeiçoar a ciência e a técnica e transformar os conhecimentos adquiridos para trabalhar em prol de uma sociedade melhor, mais justa e solidária. Com braço erguido, voz forte e emoção, a formanda Ayane Ribeiro de Oliveira Duarte, do curso de Psicologia, fez o juramento em nome dos concluintes e, todos, com braços estendidos, repetiram as palavras da juramentista.

O Orador Oficial foi o formando Sandro Roberto de Araújo, do curso de Odontologia. Ele discorreu sobre os principais momentos dos concluintes, desde a chegada da Universidade até a conclusão do curso. Sandro falou das amizades construídas ao longo dos cursos, dos desafios, dos sonhos e das vitórias, destacando que o momento era marcante e ficará eternizado na memória de todos os formandos. Ele lembrou que a trajetória, desde o primeiro dia de aula, foi árdua e exigiu renúncia, esforço e persistência na busca do sonho. No final, o Orador agradeceu a Deus, aos pais e aos professores da UEPB e garantiu que os novos profissionais vão usar todo o potencial em benefício da sociedade.

Aguardado com muita expectativa, o Paraninfo Geral fez um discurso emocionante, em que mesclou poesia, arte, literatura e conselhos. Bráulio começou o seu discurso saudando os professores, a quem tratou de detentores do conhecimento, do saber e de uma das mais sublimes e nobres profissões do Brasil. Ao longo de seu discurso, ele enfatizou a necessidade dos formandos não pararem de buscar novos conhecimentos, mas continuarem firmes na estrada do estudo.

O poeta e escritor disse que nunca deixou de estudar e que o saber, as artes, a literatura e a ciência são indispensáveis para mudar o mundo, tornando-o melhor. Ele citou o paraibano Ariano Suassuna, sempre enfatizando a importância da busca pelo saber. Ressaltou que, mesmo formados, os novos profissionais não estão totalmente prontos para a vida, cujo aprendizado é permanecente. “Vocês chegaram aqui com mérito e esforço. Nunca deixem de estudar, pois a vida é um aprendizado constante”, disse.

A solenidade prosseguiu com o discurso do pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão. Usando poesias, citações e muitos conselhos, Eli falou de sonhos, de esperança, de indignação e coragem. O professor enfatizou que os sonhos dos concluintes é o mesmo da UEPB, que está profundamente enraizada e comprometida com o Estado da Paraíba. “Para vocês terem uma ideia, 93% dos estudantes dessa Universidade procedem de cidades da Paraíba e 99% são de cidades do Nordeste, enquanto 6% são de outras cidades vizinhas à Paraíba”, destacou.

O pró-reitor ressaltou que o contexto atual é preocupante e o futuro ainda é uma incógnita, mas os novos profissionais não devem perder a esperança e devem persistir na luta por dias melhores e por uma sociedade justa e fraterna. Ele conclamou os concluintes a defenderem a universidade pública e gratuita para que o sonhe realizado por mais de 1.300 formandos neste período letivo se concretize com outros estudantes no futuro. Ele observou ainda que a UEPB estava devolvendo à sociedade profissionais aptos para enfrentar o mercado de trabalho.

Antes do encerramento da solenidade, o reitor Rangel Junior transmitiu sua mensagem aos graduandos e parabenizou a todos pela conquista. O reitor enfatizou que o sonho realizado pelos concluintes é fruto do esforço e da luta dos pais de todos. “Esse momento é muito importante para vocês e para nós. Esse dia de hoje é importante para vocês, que estão concluindo o curso de Graduação, que tiveram coragem e muita persistência. Sem dúvida alguma, todo mundo aqui tem uma pequena dosagem de heroísmo. Mas não esqueçam que por trás da história de vocês tinha gente fazendo heroísmo todos os dias, que foram os pais e as mães de vocês. A eles, vocês devem toda reverência”, destacou.

Ao final da solenidade foi feita a conferência de grau acadêmico aos formandos. O formando Alécio Marlon Pereira Diniz, do curso de Odontologia, recebeu o grau conferido pela professora Alessandra Teixeira, representando os colegas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. O concluinte Paulo Sérgio Cavalcante Bezerra Leite, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental, recebeu o grau em nome dos formandos do Centro de Ciência e Tecnologia, conferido pela professora Maria Isabelle Dias.

Os concluintes do Centro de Educação foram representados pela formanda Amanda Tayse de Sena Silva Santos, do curso de Pedagogia, que recebeu o grau conferido pelo professor Francisco de Assis Batista. Os concluintes do Centro de Ciências Jurídicas foram representados pela formanda Andréia Luisa dos Santos Lima, que recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Laplace Guedes Alcoforado Leite de Carvalho.

Em nome dos formandos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, a formanda Isabely Silva Garcia, do curso de Comunicação Social, recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Geraldo Medeiros. Os formandos do Curso de Agroecologia, do Câmpus de Lagoa Seca, foram representados pelo concluinte Ângelo Túlio de Araújo Maia, que recebeu o grau conferido pelo professor e diretor do Centro de Ciências Ambientais e Agrárias, José Félix de Brito Neto. A solenidade foi encerrada pelo professor Rangel Junior, com muita vibração dos formados.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma noite inesquecível. Tempo para celebrar uma conquista e se preparar para os desafios de um futuro que já se descortina. A chegada é também o ponto de partida e recomeço de uma nova jornada. Com esses sentimentos, 715 formandos de 29 cursos de graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Leia Mais...

O post Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-12-22 17:56:04 [post_date] => 2018-12-22 14:56:04 [post_modified_gmt] => 2018-12-22 17:56:04 [post_modified] => 2018-12-22 14:56:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=45956 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 445cde141db75d8bd29d654459a28d05 [1] => 463893788b9cfe7482bac7fa419c9495 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 18 [2] => 10 [3] => 11 [4] => 26 [5] => 28 [6] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB

Array ( [post_title] => Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB [post_content] =>

Clique para exibir o slide.

Uma noite inesquecível. Tempo para celebrar uma conquista e se preparar para os desafios de um futuro que já se descortina. A chegada é também o ponto de partida e recomeço de uma nova jornada. Com esses sentimentos, 715 formandos de 29 cursos de graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico, nesta sexta-feira (21), e estão aptos para ingresso no mercado de trabalho.

A Assembleia Solene de Colação de Grau do período letivo 2018.1 dos câmpus I e II aconteceu na casa de shows Spazzio, em Campina Grande, e contou com a participação dos concluintes dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Centro de Educação (CEDUC) e do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA). Também colaram grau os formandos do curso de Administração Pública na modalidade de Educação a Distância.

Presidida pelo reitor Rangel Junior, a cerimônia fechou o calendário de colações de grau da UEPB do período 2018.1 e reuniu professores e pró-reitores da Instituição, diretores de Centros, familiares, amigos dos formandos, além da secretária de Educação de Campina Grande, professora Iolanda Barbosa, que representou o prefeito Romero Rodrigues no evento.

O primeiro ato da solenidade foi a entrada da congregação de professores de todos os Centros que integram os câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca, seguido da execução do Hino Nacional. Um dos momentos empolgantes da solenidade foi a entrada do Paraninfo Geral das turmas concluintes, o dramaturgo, escritor e poeta Bráulio Tavares, conduzido pela Comissão de Honra formada por alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Química Industrial, Filosofia, Direito, Serviço Social e Agroecologia.

Antes de colar o grau acadêmico os futuros profissionais prestaram o juramento e se comprometeram em honrar os princípios da UEPB, lutar para aperfeiçoar a ciência e a técnica e transformar os conhecimentos adquiridos para trabalhar em prol de uma sociedade melhor, mais justa e solidária. Com braço erguido, voz forte e emoção, a formanda Ayane Ribeiro de Oliveira Duarte, do curso de Psicologia, fez o juramento em nome dos concluintes e, todos, com braços estendidos, repetiram as palavras da juramentista.

O Orador Oficial foi o formando Sandro Roberto de Araújo, do curso de Odontologia. Ele discorreu sobre os principais momentos dos concluintes, desde a chegada da Universidade até a conclusão do curso. Sandro falou das amizades construídas ao longo dos cursos, dos desafios, dos sonhos e das vitórias, destacando que o momento era marcante e ficará eternizado na memória de todos os formandos. Ele lembrou que a trajetória, desde o primeiro dia de aula, foi árdua e exigiu renúncia, esforço e persistência na busca do sonho. No final, o Orador agradeceu a Deus, aos pais e aos professores da UEPB e garantiu que os novos profissionais vão usar todo o potencial em benefício da sociedade.

Aguardado com muita expectativa, o Paraninfo Geral fez um discurso emocionante, em que mesclou poesia, arte, literatura e conselhos. Bráulio começou o seu discurso saudando os professores, a quem tratou de detentores do conhecimento, do saber e de uma das mais sublimes e nobres profissões do Brasil. Ao longo de seu discurso, ele enfatizou a necessidade dos formandos não pararem de buscar novos conhecimentos, mas continuarem firmes na estrada do estudo.

O poeta e escritor disse que nunca deixou de estudar e que o saber, as artes, a literatura e a ciência são indispensáveis para mudar o mundo, tornando-o melhor. Ele citou o paraibano Ariano Suassuna, sempre enfatizando a importância da busca pelo saber. Ressaltou que, mesmo formados, os novos profissionais não estão totalmente prontos para a vida, cujo aprendizado é permanecente. “Vocês chegaram aqui com mérito e esforço. Nunca deixem de estudar, pois a vida é um aprendizado constante”, disse.

A solenidade prosseguiu com o discurso do pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão. Usando poesias, citações e muitos conselhos, Eli falou de sonhos, de esperança, de indignação e coragem. O professor enfatizou que os sonhos dos concluintes é o mesmo da UEPB, que está profundamente enraizada e comprometida com o Estado da Paraíba. “Para vocês terem uma ideia, 93% dos estudantes dessa Universidade procedem de cidades da Paraíba e 99% são de cidades do Nordeste, enquanto 6% são de outras cidades vizinhas à Paraíba”, destacou.

O pró-reitor ressaltou que o contexto atual é preocupante e o futuro ainda é uma incógnita, mas os novos profissionais não devem perder a esperança e devem persistir na luta por dias melhores e por uma sociedade justa e fraterna. Ele conclamou os concluintes a defenderem a universidade pública e gratuita para que o sonhe realizado por mais de 1.300 formandos neste período letivo se concretize com outros estudantes no futuro. Ele observou ainda que a UEPB estava devolvendo à sociedade profissionais aptos para enfrentar o mercado de trabalho.

Antes do encerramento da solenidade, o reitor Rangel Junior transmitiu sua mensagem aos graduandos e parabenizou a todos pela conquista. O reitor enfatizou que o sonho realizado pelos concluintes é fruto do esforço e da luta dos pais de todos. “Esse momento é muito importante para vocês e para nós. Esse dia de hoje é importante para vocês, que estão concluindo o curso de Graduação, que tiveram coragem e muita persistência. Sem dúvida alguma, todo mundo aqui tem uma pequena dosagem de heroísmo. Mas não esqueçam que por trás da história de vocês tinha gente fazendo heroísmo todos os dias, que foram os pais e as mães de vocês. A eles, vocês devem toda reverência”, destacou.

Ao final da solenidade foi feita a conferência de grau acadêmico aos formandos. O formando Alécio Marlon Pereira Diniz, do curso de Odontologia, recebeu o grau conferido pela professora Alessandra Teixeira, representando os colegas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. O concluinte Paulo Sérgio Cavalcante Bezerra Leite, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental, recebeu o grau em nome dos formandos do Centro de Ciência e Tecnologia, conferido pela professora Maria Isabelle Dias.

Os concluintes do Centro de Educação foram representados pela formanda Amanda Tayse de Sena Silva Santos, do curso de Pedagogia, que recebeu o grau conferido pelo professor Francisco de Assis Batista. Os concluintes do Centro de Ciências Jurídicas foram representados pela formanda Andréia Luisa dos Santos Lima, que recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Laplace Guedes Alcoforado Leite de Carvalho.

Em nome dos formandos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, a formanda Isabely Silva Garcia, do curso de Comunicação Social, recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Geraldo Medeiros. Os formandos do Curso de Agroecologia, do Câmpus de Lagoa Seca, foram representados pelo concluinte Ângelo Túlio de Araújo Maia, que recebeu o grau conferido pelo professor e diretor do Centro de Ciências Ambientais e Agrárias, José Félix de Brito Neto. A solenidade foi encerrada pelo professor Rangel Junior, com muita vibração dos formados.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma noite inesquecível. Tempo para celebrar uma conquista e se preparar para os desafios de um futuro que já se descortina. A chegada é também o ponto de partida e recomeço de uma nova jornada. Com esses sentimentos, 715 formandos de 29 cursos de graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Leia Mais...

O post Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-12-22 17:56:04 [post_date] => 2018-12-22 14:56:04 [post_modified_gmt] => 2018-12-22 17:56:04 [post_modified] => 2018-12-22 14:56:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=45956 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 445cde141db75d8bd29d654459a28d05 [1] => 463893788b9cfe7482bac7fa419c9495 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 16 [1] => 18 [2] => 10 [3] => 11 [4] => 26 [5] => 28 [6] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => colacao-de-grau-das-turmas-concluintes-dos-campus-i-e-ii-fecha-ciclo-de-formaturas-do-periodo-2018-1-da-uepb )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em nome de toda a comunidade acadêmica, lamenta com o mais profundo pesar o falecimento do estudante do 8º período do Curso de Direito, Jucerlândio Alves de Assis, ocorrido na última sexta-feira (12), vítima de infarto fulminante.

Sua partida precoce deixa um profundo pesar em todos que o conheceram e que desfrutaram do seu convívio. Jucerlândio deixa um legado de amor pela família, bom caráter e dedicação em tudo o que fazia. Enlutada, a Instituição presta condolências a familiares e amigos por tão dolorosa perda.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em nome de toda a comunidade acadêmica, lamenta com o mais profundo pesar o falecimento do estudante do 8º período do Curso de Direito, Jucerlândio Alves de Assis, ocorrido na última sexta-feira (12), vítima de infarto fulminante. Sua partida precoce deixa um profundo pesar em todos Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-10-16 13:29:10 [post_date] => 2018-10-16 10:29:10 [post_modified_gmt] => 2018-10-16 13:29:10 [post_modified] => 2018-10-16 10:29:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=44004 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1a7f0a218fa2aeb8e506afe6773f2d45 [1] => 6518375054763ff8586e4b39681f788b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I

Array ( [post_title] => Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I [post_content] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em nome de toda a comunidade acadêmica, lamenta com o mais profundo pesar o falecimento do estudante do 8º período do Curso de Direito, Jucerlândio Alves de Assis, ocorrido na última sexta-feira (12), vítima de infarto fulminante.

Sua partida precoce deixa um profundo pesar em todos que o conheceram e que desfrutaram do seu convívio. Jucerlândio deixa um legado de amor pela família, bom caráter e dedicação em tudo o que fazia. Enlutada, a Instituição presta condolências a familiares e amigos por tão dolorosa perda.

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em nome de toda a comunidade acadêmica, lamenta com o mais profundo pesar o falecimento do estudante do 8º período do Curso de Direito, Jucerlândio Alves de Assis, ocorrido na última sexta-feira (12), vítima de infarto fulminante. Sua partida precoce deixa um profundo pesar em todos Leia Mais...

O post Universidade Estadual da Paraíba lamenta falecimento de estudante do Curso de Direito do Câmpus I apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-10-16 13:29:10 [post_date] => 2018-10-16 10:29:10 [post_modified_gmt] => 2018-10-16 13:29:10 [post_modified] => 2018-10-16 10:29:10 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=44004 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 1a7f0a218fa2aeb8e506afe6773f2d45 [1] => 6518375054763ff8586e4b39681f788b ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => universidade-estadual-da-paraiba-lamenta-falecimento-de-estudante-do-curso-de-direito-do-campus-i )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba

Array ( [post_title] => Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba [post_content] =>

O professor Ricardo Vital de Almeida, docente do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi empossado como novo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). A solenidade de posse aconteceu na noite desta quarta-feira (5), após Sessão do Pleno para a escolha do novo membro ter se estendido ao longo de todo o dia. Entre os 16 desembargadores votantes, o novo membro figurou na lista tríplice de 14, atingindo a pontuação máxima entre a escolha de nove deles.

Dessa forma, com 1.330,75 pontos de avaliação, o juiz Ricardo Vital de Almeida ascendeu, pelo critério de merecimento, ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba. O processo obedeceu ao Edital de Vacância nº 01/2017 e foi realizado com base em critérios objetivos previstos na Resolução 106/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e na Resolução nº 14/2015 da Presidência do TJPB: desempenho, produtividade, presteza, aperfeiçoamento e adequação ao Código de Ética da Magistratura Nacional. O novo membro ocupa a vaga deixada pela desembargadora Maria das Neves do Egito, em virtude de aposentadoria.

Ao fazer uso da palavra, durante sua posse, o desembargador enfatizou a importância de se ter em mente o afastamento de vaidades, orgulhos e até de ciúmes e sentimentos que signifiquem um empecilho ao jurisdicionado. Também salientou a necessidade de um maior olhar para o 1º Grau de jurisdição. O desembargador agradeceu, ainda, as palavras que lhe foram dedicadas, às quais definiu como “mais emanações do coração do que, necessariamente, afirmações do justo”. Ele agradeceu também aos colegas que com ele concorreram à vaga. “Estou certo de que qualquer um deles que tivesse ascendido a esta consciência nova, que traz tantas responsabilidades, estaria bem representada a nossa magistratura”, frisou.

De acordo com o reitor da Universidade Estadual da Paraíba, professor Rangel Junior, essa foi uma conquista importante, não apenas para a carreira do professor Ricardo Vital, um docente de rica e ilibada carreira acadêmica, mas também para a Universidade, que sempre reuniu em seus quadros profissionais de extrema competência e dedicação ao serviço público. “A UEPB sempre ofereceu profissionais gabaritados para ocupar importantes cargos, como, por exemplo, o desembargador Marcos Cavalcanti, diretor da Escola Superior da Magistratura (ESMA); Saulo Benevides, desembargador; Romero Marcelo, desembargador recém-aposentado; e agora Ricardo Vital”, destacou o reitor, acrescentando a honra que a comunidade acadêmica da Universidade sente após essa conquista.

“Não tenho dúvida da grandeza dessa conquista do professor Ricardo Vital, pela referência que é como pessoa, professor e profissional do Direito. Para nós que fazemos a UEPB, isso nos traz um motivo de honra por termos um professor doutor que alcançou o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, um órgão tão importante para a estrutura do nosso Estado”, destacou Rangel Junior.

Texto: Givaldo Cavalcanti com Assessoria TJPB
Foto: Assessoria TJPB

O post Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O professor Ricardo Vital de Almeida, docente do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi empossado como novo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). A solenidade de posse aconteceu na noite desta quarta-feira (5), após Sessão do Pleno para a escolha do novo membro ter se estendido ao Leia Mais...

O post Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-09-06 14:26:04 [post_date] => 2018-09-06 11:26:04 [post_modified_gmt] => 2018-09-06 14:26:04 [post_modified] => 2018-09-06 11:26:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=43288 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 029b47a42119f4b6739348f4628f7c77 [1] => 3455a6d95e6f7f08bc1dcff0fb72970e ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 [2] => 14 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba )

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba

Array ( [post_title] => Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba [post_content] =>

O professor Ricardo Vital de Almeida, docente do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi empossado como novo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). A solenidade de posse aconteceu na noite desta quarta-feira (5), após Sessão do Pleno para a escolha do novo membro ter se estendido ao longo de todo o dia. Entre os 16 desembargadores votantes, o novo membro figurou na lista tríplice de 14, atingindo a pontuação máxima entre a escolha de nove deles.

Dessa forma, com 1.330,75 pontos de avaliação, o juiz Ricardo Vital de Almeida ascendeu, pelo critério de merecimento, ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba. O processo obedeceu ao Edital de Vacância nº 01/2017 e foi realizado com base em critérios objetivos previstos na Resolução 106/2010 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e na Resolução nº 14/2015 da Presidência do TJPB: desempenho, produtividade, presteza, aperfeiçoamento e adequação ao Código de Ética da Magistratura Nacional. O novo membro ocupa a vaga deixada pela desembargadora Maria das Neves do Egito, em virtude de aposentadoria.

Ao fazer uso da palavra, durante sua posse, o desembargador enfatizou a importância de se ter em mente o afastamento de vaidades, orgulhos e até de ciúmes e sentimentos que signifiquem um empecilho ao jurisdicionado. Também salientou a necessidade de um maior olhar para o 1º Grau de jurisdição. O desembargador agradeceu, ainda, as palavras que lhe foram dedicadas, às quais definiu como “mais emanações do coração do que, necessariamente, afirmações do justo”. Ele agradeceu também aos colegas que com ele concorreram à vaga. “Estou certo de que qualquer um deles que tivesse ascendido a esta consciência nova, que traz tantas responsabilidades, estaria bem representada a nossa magistratura”, frisou.

De acordo com o reitor da Universidade Estadual da Paraíba, professor Rangel Junior, essa foi uma conquista importante, não apenas para a carreira do professor Ricardo Vital, um docente de rica e ilibada carreira acadêmica, mas também para a Universidade, que sempre reuniu em seus quadros profissionais de extrema competência e dedicação ao serviço público. “A UEPB sempre ofereceu profissionais gabaritados para ocupar importantes cargos, como, por exemplo, o desembargador Marcos Cavalcanti, diretor da Escola Superior da Magistratura (ESMA); Saulo Benevides, desembargador; Romero Marcelo, desembargador recém-aposentado; e agora Ricardo Vital”, destacou o reitor, acrescentando a honra que a comunidade acadêmica da Universidade sente após essa conquista.

“Não tenho dúvida da grandeza dessa conquista do professor Ricardo Vital, pela referência que é como pessoa, professor e profissional do Direito. Para nós que fazemos a UEPB, isso nos traz um motivo de honra por termos um professor doutor que alcançou o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, um órgão tão importante para a estrutura do nosso Estado”, destacou Rangel Junior.

Texto: Givaldo Cavalcanti com Assessoria TJPB
Foto: Assessoria TJPB

O post Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

O professor Ricardo Vital de Almeida, docente do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), foi empossado como novo desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). A solenidade de posse aconteceu na noite desta quarta-feira (5), após Sessão do Pleno para a escolha do novo membro ter se estendido ao Leia Mais...

O post Docente da Universidade Estadual é empossado desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2018-09-06 14:26:04 [post_date] => 2018-09-06 11:26:04 [post_modified_gmt] => 2018-09-06 14:26:04 [post_modified] => 2018-09-06 11:26:04 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=43288 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCJ – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccj/feed/ [syndication_feed_id] => 13 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 029b47a42119f4b6739348f4628f7c77 [1] => 3455a6d95e6f7f08bc1dcff0fb72970e ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 10 [1] => 4 [2] => 14 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => docente-da-universidade-estadual-e-empossado-desembargador-do-tribunal-de-justica-da-paraiba )