CH

CH

Centro de Humanidades

Centro de Humanidades divulga resultado do concurso para a escolha de mascote do projeto de extensão “Luz, Câmera e Emoção”

10 de maio de 2017

Dentre um total de 30 inscrições, o projeto de extensão “Luz, Câmera e Emoção: quando o cinema vai à escola pública”, selecionou três sugestões de mascote para representar visualmente suas ações acadêmicas e educacionais. Trata-se de uma iniciativa coordenada pela professora Rita de Cássia da Rocha Cavalcante, do Departamento de Educação do Campus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), situado em Guarabira.

A proposta vencedora foi a do simpático garoto “Luca”, cujas iniciais significam Luz e Câmera. De acordo com a autora do desenho, a estudante Denize de Albuquerque Frazão, da Universidade Federal de Campina Grande, o boneco carrega as seguintes simbologias: igualdade racial, por meio da cor de sua pele e de seu cabelo; faz referência a uma maneira nova de ensinar, a partir do uso de um fone de ouvido; é representativo do alunado com a mochila que traz nas costas; veste blusa que transmite a mensagem de que educar é diferente de ensinar; e ao fazer o sinal de positivo comunica que os estudantes aprovam novos projetos.

As demais propostas classificadas foram: em segundo lugar, a corujinha “Luz”, submetida pela estudante Lívia da Silva Araújo, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Deputado Gustavo Amorim, localizada em Guarabira; e na terceira posição ficou o papagaio “Tito”, enviado pelo cidadão guarabirense Diego de Amorim Soares. A avaliação foi realizada por uma comissão composta por professores e estudantes do Centro de Humanidades, além de integrantes da referida extensão.

Dentre os critérios de julgamento, foram levados em consideração a relação da arte com o tema do projeto em foco e o nome dado ao personagem criado, bem como a criatividade e originalidade do candidato. A premiação consiste na entrega de uma placa em homenagem ao artista, além de um kit de materiais didáticos, que será encaminhado, em breve, pela Pró-Reitoria de Extensão da UEPB.

O “Luz, Câmera e Emoção: quando o cinema vai à escola pública” é resultado da ampliação de outro projeto extensionista, “Luz, imagem e magia: o cinema infantil no CH”, também coordenado pela professora Rita de Cássia da Rocha Cavalcante. O objetivo agora está centrado em levar o cinema para as escolas da microrregião de Guarabira. A primeira versão da iniciativa se preocupou em criar um ambiente próprio para a exibição, no Centro de Humanidades, de sessões cinematográficas voltadas ao publico infantil.

 

 

Simone Bezerrill/Ascom-CH