CCJ

CCJ

Centro de Ciências Jurídicas

Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB

22 de dezembro de 2018
Clique para exibir o slide.

Uma noite inesquecível. Tempo para celebrar uma conquista e se preparar para os desafios de um futuro que já se descortina. A chegada é também o ponto de partida e recomeço de uma nova jornada. Com esses sentimentos, 715 formandos de 29 cursos de graduação dos câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) colaram grau acadêmico, nesta sexta-feira (21), e estão aptos para ingresso no mercado de trabalho.

A Assembleia Solene de Colação de Grau do período letivo 2018.1 dos câmpus I e II aconteceu na casa de shows Spazzio, em Campina Grande, e contou com a participação dos concluintes dos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Centro de Ciências Jurídicas (CCJ), Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Centro de Educação (CEDUC) e do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA). Também colaram grau os formandos do curso de Administração Pública na modalidade de Educação a Distância.

Presidida pelo reitor Rangel Junior, a cerimônia fechou o calendário de colações de grau da UEPB do período 2018.1 e reuniu professores e pró-reitores da Instituição, diretores de Centros, familiares, amigos dos formandos, além da secretária de Educação de Campina Grande, professora Iolanda Barbosa, que representou o prefeito Romero Rodrigues no evento.

O primeiro ato da solenidade foi a entrada da congregação de professores de todos os Centros que integram os câmpus de Campina Grande e Lagoa Seca, seguido da execução do Hino Nacional. Um dos momentos empolgantes da solenidade foi a entrada do Paraninfo Geral das turmas concluintes, o dramaturgo, escritor e poeta Bráulio Tavares, conduzido pela Comissão de Honra formada por alunos dos cursos de Ciências Biológicas, Química Industrial, Filosofia, Direito, Serviço Social e Agroecologia.

Antes de colar o grau acadêmico os futuros profissionais prestaram o juramento e se comprometeram em honrar os princípios da UEPB, lutar para aperfeiçoar a ciência e a técnica e transformar os conhecimentos adquiridos para trabalhar em prol de uma sociedade melhor, mais justa e solidária. Com braço erguido, voz forte e emoção, a formanda Ayane Ribeiro de Oliveira Duarte, do curso de Psicologia, fez o juramento em nome dos concluintes e, todos, com braços estendidos, repetiram as palavras da juramentista.

O Orador Oficial foi o formando Sandro Roberto de Araújo, do curso de Odontologia. Ele discorreu sobre os principais momentos dos concluintes, desde a chegada da Universidade até a conclusão do curso. Sandro falou das amizades construídas ao longo dos cursos, dos desafios, dos sonhos e das vitórias, destacando que o momento era marcante e ficará eternizado na memória de todos os formandos. Ele lembrou que a trajetória, desde o primeiro dia de aula, foi árdua e exigiu renúncia, esforço e persistência na busca do sonho. No final, o Orador agradeceu a Deus, aos pais e aos professores da UEPB e garantiu que os novos profissionais vão usar todo o potencial em benefício da sociedade.

Aguardado com muita expectativa, o Paraninfo Geral fez um discurso emocionante, em que mesclou poesia, arte, literatura e conselhos. Bráulio começou o seu discurso saudando os professores, a quem tratou de detentores do conhecimento, do saber e de uma das mais sublimes e nobres profissões do Brasil. Ao longo de seu discurso, ele enfatizou a necessidade dos formandos não pararem de buscar novos conhecimentos, mas continuarem firmes na estrada do estudo.

O poeta e escritor disse que nunca deixou de estudar e que o saber, as artes, a literatura e a ciência são indispensáveis para mudar o mundo, tornando-o melhor. Ele citou o paraibano Ariano Suassuna, sempre enfatizando a importância da busca pelo saber. Ressaltou que, mesmo formados, os novos profissionais não estão totalmente prontos para a vida, cujo aprendizado é permanecente. “Vocês chegaram aqui com mérito e esforço. Nunca deixem de estudar, pois a vida é um aprendizado constante”, disse.

A solenidade prosseguiu com o discurso do pró-reitor de Graduação, professor Eli Brandão. Usando poesias, citações e muitos conselhos, Eli falou de sonhos, de esperança, de indignação e coragem. O professor enfatizou que os sonhos dos concluintes é o mesmo da UEPB, que está profundamente enraizada e comprometida com o Estado da Paraíba. “Para vocês terem uma ideia, 93% dos estudantes dessa Universidade procedem de cidades da Paraíba e 99% são de cidades do Nordeste, enquanto 6% são de outras cidades vizinhas à Paraíba”, destacou.

O pró-reitor ressaltou que o contexto atual é preocupante e o futuro ainda é uma incógnita, mas os novos profissionais não devem perder a esperança e devem persistir na luta por dias melhores e por uma sociedade justa e fraterna. Ele conclamou os concluintes a defenderem a universidade pública e gratuita para que o sonhe realizado por mais de 1.300 formandos neste período letivo se concretize com outros estudantes no futuro. Ele observou ainda que a UEPB estava devolvendo à sociedade profissionais aptos para enfrentar o mercado de trabalho.

Antes do encerramento da solenidade, o reitor Rangel Junior transmitiu sua mensagem aos graduandos e parabenizou a todos pela conquista. O reitor enfatizou que o sonho realizado pelos concluintes é fruto do esforço e da luta dos pais de todos. “Esse momento é muito importante para vocês e para nós. Esse dia de hoje é importante para vocês, que estão concluindo o curso de Graduação, que tiveram coragem e muita persistência. Sem dúvida alguma, todo mundo aqui tem uma pequena dosagem de heroísmo. Mas não esqueçam que por trás da história de vocês tinha gente fazendo heroísmo todos os dias, que foram os pais e as mães de vocês. A eles, vocês devem toda reverência”, destacou.

Ao final da solenidade foi feita a conferência de grau acadêmico aos formandos. O formando Alécio Marlon Pereira Diniz, do curso de Odontologia, recebeu o grau conferido pela professora Alessandra Teixeira, representando os colegas do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. O concluinte Paulo Sérgio Cavalcante Bezerra Leite, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental, recebeu o grau em nome dos formandos do Centro de Ciência e Tecnologia, conferido pela professora Maria Isabelle Dias.

Os concluintes do Centro de Educação foram representados pela formanda Amanda Tayse de Sena Silva Santos, do curso de Pedagogia, que recebeu o grau conferido pelo professor Francisco de Assis Batista. Os concluintes do Centro de Ciências Jurídicas foram representados pela formanda Andréia Luisa dos Santos Lima, que recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Laplace Guedes Alcoforado Leite de Carvalho.

Em nome dos formandos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, a formanda Isabely Silva Garcia, do curso de Comunicação Social, recebeu o grau acadêmico conferido pelo professor Geraldo Medeiros. Os formandos do Curso de Agroecologia, do Câmpus de Lagoa Seca, foram representados pelo concluinte Ângelo Túlio de Araújo Maia, que recebeu o grau conferido pelo professor e diretor do Centro de Ciências Ambientais e Agrárias, José Félix de Brito Neto. A solenidade foi encerrada pelo professor Rangel Junior, com muita vibração dos formados.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Paizinha Lemos

O post Colação de Grau das turmas concluintes dos câmpus I e II fecha ciclo de formaturas do período 2018.1 da UEPB apareceu primeiro em UEPB.