CCEA

CCEA

Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas

Câmpus VII da Universidade Estadual sedia Seminário de Karatê com a atleta e campeã mundial Valéria Kumizaki

16 de abril de 2018

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através do Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas (CCEA), em parceria com a Associação de Karatê Kiai (ASKAKI), e apoio das Confederações Brasileira e Paraibana de karatê, realizou no último domingo (15), o Seminário de Karatê com a atleta Valéria Kumizaki, primeira do Ranking Brasileiro de Karatê. O evento aconteceu nos turnos manhã e tarde, no Auditório Celso Furtado, no Câmpus VII da Instituição, em Patos.

Karatecas praticantes de diferentes estilos da arte marcial do Estado da Paraíba participaram do evento, que teve como objetivo fomentar o exercício e os estudos acerca deste estilo de luta nipônica. Um dia de treinamento intensivo com ensinamentos práticos e teóricos acerca do Shiai Kumitê.

A programação teve início com a solenidade de abertura do seminário, conduzida pelo Sensei Odilon Avelino e pelo professor de educação física e árbitro da Confederação Brasileira de Karatê, Jurandir Olímpio Alves, coordenadores do evento. Também estiveram presentes na solenidade o representante da Federação Paraibana de Karatê, José Targino Filho; e o representante das Associações de Karatê do Estado, Antônio Guedes.

O Sensei Odilon Avelino, em nome da Universidade Estadual da Paraíba, deu as boas vindas aos atletas e falou sobre o seu contentamento em poder vislumbrar a realização de um sonho, não e tão somente pessoal, mas o sonho de toda uma equipe, empenhada no fortalecimento e consolidação do Karatê no Estado.

“Vocês não tem a noção da satisfação que é, depois de 10 anos, conseguir trazer para ministrar um seminário, uma pessoa do nível de Valéria, não é todo dia que a gente tem uma campeã mundial na nossa cidade, junto com a gente, compartilhando as suas experiências profissionais. É um momento único e eu só tenho a agradecer. Eu estou muito feliz pela presença de todos. Sem vocês aqui isso não teria como acontece, eu sou muito grato a todos”.

Odilon falou ainda sobre a importância do apoio recebido da Universidade Estadual para a realização do evento. “A universidade Estadual foi primordial nesse processo, sem o apoio da Instituição a gente não conseguiria. Nós ainda precisamos mudar muito a mentalidade da sociedade sobre o esporte, de empresas que possam apoiar esses eventos, porque é muito difícil conseguir investimento, e a universidade tem apoiado prontamente os nossos projetos e esse apoio é imprescindível”.

Jurandir saudou os presentes e agradeceu a todos pelo empenho e dedicação. O professor ressaltou a importância da parceria da UEPB para a concretização do evento e no estimulo ao aprimoramento do conhecimento e integração social através do trabalho desenvolvido no projeto extensionista “Utilização do Karatê como Instrumento de Inclusão Social”, coordenado pelo professor Odilon Avelino.

O professor de educação física e árbitro da CBK falou ainda sobre a satisfação de ter a atleta de renome mundial, Valéria Kumizaki, ministrando um curso na cidade de Patos, interior da Paraíba, para os Karatecas de todo o Estado. “Valéria, é uma atleta ícone do karatê e está no topo mundial, uma atleta muito conceituada e respeitada, trazê-la para o sertão da Paraíba é a realização de um sonho, um prazer imenso tê-la aqui conosco, nós só temos a agradecer”.

O professor José Targino, representante do Karatê na Paraíba, parabenizou a organização do evento pelo trabalho que vem sendo realizado na cidade Patos e fez uma breve consideração sobre a relevância da participação de Valéria e da realização do curso no sertão do Estado.

“A realização deste seminário é de grande importância para todos os Karatecas da Paraíba, visto que Valéria é uma das atletas mais conceituadas do país, estando hoje entre as melhores do mundo. É a primeira vez que ela vem ao Estado e tê-la conosco neste evento, compartilhando com os nossos atletas a sua experiência e um pouco da vivência do que está acontecendo nas competições e eventos pelo mundo, além das últimas tendências na modalidade marcial, só engrandece o nosso Karatê. É uma satisfação enorme pra todos que fazem o karatê paraibano e, principalmente, para os Karatecas de Patos”, destacou Targino.

A atleta Valéria Kumizaki agradeceu a Instituição e aos organizadores do evento por ter proporcionado a realização do curso. “Eu gostaria de agradecer a Universidade e aos organizadores do evento, Odilon e Jurandir, pelo convite para ministrar esse curso no sertão da Paraíba, eu estou muito feliz em estar aqui passando um pouquinho do conhecimento, adquirido nesses meus dezoito anos de karatê, e espero que todos possam aproveitar os ensinamentos que serão compartilhados”.

Visando o refinamento das habilidades técnicas combativas, a atleta da Seleção Brasileira de Karatê, Kumikazi, ministrou o curso de Shiai-Kumite e retratou aspectos referentes ao karatê de alto rendimento. Em seu primeiro seminário na Paraíba, Valéria abordou a metodologia do treinamento físico especifico para a modalidade utilizada em competições e a importância da preparação física para o sucesso.

Com ensinamentos práticos e teóricos de Shiai-Kumite, onde é possível apreciar a rapidez, capacidade de reação/ antecipação e amplitude de movimentos dos Karatecas, a atleta promoveu um treino técnico prático onde habilidades mentais e físicas puderam ser ampliadas e apuradas. A Karateca brasileira, falou sobre a sua experiência pessoal e sua trajetória esportiva no tatame, no plano competitivo nacional e internacional, e destacou os resultados alcançados nas competições pelo mundo.

“Eu sou do interior de são Paulo e cresci em um lugar em que não se tinha oportunidade nem incentivo. Eu comecei o Karatê com 16 anos de idade, teoricamente velha, mas acredito que se a gente treinar forte e acreditar nos nossos sonhos a gente pode chegar onde quiser. É preciso acreditar no sonho e trabalhar duro, em dezoito anos de trabalho consegui ser doze vezes Campeã Brasileira, Campeã PanAmericana e SulAmericana, Campeã Mundial Juniores, Vice-Campeã Mundial Adulto, Campeã do World Games, então, eu acredito que a gente pode ser tudo quiser”, declarou Kumizaki.

A atleta e Terceira Sargento do Exército Brasileiro está entre as três melhores do mundo e se prepara para disputar as olimpíadas de 2020 e representar o Brasil em Tóquio. Valéria falou sobre o apoio recebido do Comitê Olímpico e da Confederação Brasileira de Karatê. “O comitê Olímpico e a CBK está dando todo suporte financeiro para classificação olímpica, para que possamos dar continuidade ao nosso trabalho fazendo o nome do karatê brasileiro pelo mundo”.

A organização do evento, por meio do Sensei Odilon Avelino, destacou a importância das experiências adquiridas através do trabalho desenvolvido no seminário, do ponto de vista técnico e de formação integral, estimulando o aprimoramento do conhecimento e integração social. Ao final do seminário todos os atletas foram certificados da participação no curso.

 

Texto: Tatiany Escarião