CCEA

CCEA

Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas

Provas do concurso público para técnicos administrativos da UEPB serão realizadas no dia 17 de dezembro

6 de outubro de 2017

A Comissão Permanente de Concursos (CPCON) divulgou o novo cronograma do concurso para servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). De acordo com o novo calendário, as inscrições serão realizadas de 9 de outubro a 9 de novembro, no endereço eletrônico http://cpcon.uepb.edu.br, com o boleto de inscrição podendo ser pago até o dia 10 de novembro. A taxa de inscrição é de R$ 60,00 para nível fundamental; R$ 80,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior.

No dia 17 de dezembro serão aplicadas as provas objetiva e de produção textual. O concurso da UEPB está ofertando 197 vagas para cargos de nível fundamental, médio e superior. Todos os candidatos farão provas na cidade de Campina Grande. Com a mudança na data de realização das provas, o resultado final do processo seletivo somente será divulgado no dia 30 de janeiro.

De acordo com o reitor Rangel Junior, “a mudança operada na data do concurso, antes prevista para o dia 3 de dezembro, deve-se essencialmente ao fato de termos sido confrontados com uma nova realidade, que foi a convocação de um concurso público para o magistério estadual na mesma data do edital já convocado para o concurso da UEPB”.

O “choque” de datas poderia causar um transtorno e até prejudicar o bom andamento do concurso, causando um grave problema de logística, em razão do concurso da UEPB ter as provas concentradas em Campina Grande, por uma questão de otimização de recursos. “Poderia haver problemas na disponibilidade de locais para a realização das provas, uma vez que a prova de concurso para o magistério deve ocupar todas as escolas públicas estaduais, por exemplo, o que comprometeria a realização do nosso concurso. Então decidimos pelo adiamento e o novo edital já prevê que as provas serão realizadas ainda em dezembro, porém os resultados não poderão mais sair este ano”, frisou o reitor.

Cargos e remuneração

As vagas do concurso para nível fundamental são para os cargos de auxiliar administrativo (92 vagas) e auxiliar de laboratório de análise físico-químicas (3 vagas). Para o nível médio as vagas são para os cargos de almoxarife (5 vagas), assistente técnico (86 vagas), técnico de segurança do trabalho (1 vaga) e desenhista projetista (2 vagas). Já para nível superior as vagas são para os cargos de administrador (1 vaga), advogado (1 vaga), pedagogo (2 vagas), economista (1 vaga), psicólogo (1 vaga), farmacêutico industrial (1 vaga) e secretário executivo (1 vaga).

Conforme previsto no edital, as remunerações são de R$ 1.502,24 para cargos de nível fundamental; R$ 2.394,35 para cargos de nível médio e R$ 3.396,43 para os cargos de nível superior. Todos os detalhes do concurso, como os novos prazos, quadro de vagas, conteúdo programático e demais informações podem ser conferidas no edital, disponível no endereço http://cpcon.uepb.edu.br/.

Rangel Junior frisou que a realização deste concurso vem para preencher uma lacuna grande na Instituição, uma vez que a UEPB vem há seis anos sem fazer concurso para técnicos administrativos. “A relação entre os efetivos e os temporários se tornou desproporcional, ao ponto de chegarmos praticamente a ter o número de efetivos menor do que o total de servidores temporários da UEPB, se levarmos em conta os terceirizados, os contratados e os comissionados, que somados chegam a quase um número maior que o total de efetivos”, explicou.

Ele ressaltou, ainda, que como o orçamento da Universidade não permite o preenchimento de todas as vagas no mesmo nível daqueles que se aposentaram, que na sua quase totalidade eram de nível médio e superior dentro da carreira da UEPB, foi necessário usar um dispositivo do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos técnicos, que prevê um determinado quantitativo de vagas para candidatos de nível fundamental. “Resolvemos abrir 95 vagas para nível fundamental, que permite, devido aos salários menores, que possamos preencher as 197 vagas do concurso sem aumentar a despesa de pessoal da Universidade. Na prática, podemos afirmar que teremos uma pequena diminuição do montante da despesa de pessoal em 2018, comparado com 2017, com a substituição destes 197 trabalhadores temporários por 197 concursados”, destacou Rangel.

“O concurso também atende a uma necessidade legal, que é a garantia de ocupação das vagas por servidores concursados. Queremos e estamos trabalhando para que a Universidade ingresse plenamente nessa relação contratual com os servidores, que todos sejam selecionados por critérios públicos”, concluiu o reitor.

 

Texto: Tatiana Brandão

O post Provas do concurso público para técnicos administrativos da UEPB serão realizadas no dia 17 de dezembro apareceu primeiro em UEPB.