CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

Setor de infraestrutura informa sobre interdição de área no Campus V para o início da construção do bloco de salas de aula

13 de abril de 2018

O setor de infraestrutura do Campus V da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade acadêmica que nos próximos dias, em virtude do início das obras do bloco de salas, o acesso às quadras abertas que estão sendo utilizadas como estacionamento na lateral do prédio do Campus V não será permitido, uma vez que a empresa responsável pela obra irá interditar o local com o posicionamento de tapumes para dar início à obra.

O engenheiro Wagner Pericles Amorim, da empresa Link Engenharia, esteve no Campus V da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) no dia 9 de abril para visitar as instalações do CCBSA e acertar detalhes da obra.

O edital de licitação para a realização da obra foi lançado em outubro de 2017, e após essa data foram encaminhados os trâmites necessários ao processo. A empresa aprovada no referido edital, Link Engenharia, ficará responsável pela construção do bloco com 18 salas de aula, num investimento de R$ 8 milhões. A previsão é que as instalações sejam finalizadas em 10 meses. Todo o processo é acompanhado pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento da Paraíba (SUPLAN), tendo a engenheira Idisa Virgínia Ferreira, como responsável pela gestão do contrato e supervisão das obras.

A diretora do CCBSA, professora Jacqueline Echeverría Barrancos, destaca a importância dessa obra para a otimização dos espaços de pesquisa, extensão e práticas de ensino, além de possibilitar a expansão do Campus V. “Desde o início da nossa gestão buscamos soluções para essa dificuldade que o Campus V enfrenta que é relacionada à falta de um espaço próprio. E, atendendo a uma demanda da comunidade acadêmica participamos há 1 ano da audiência do Orçamento Democrático do Estado, quando nos foi ofertada a possibilidade de construção do bloco de salas de aula e consolidação definitiva no Campus V nas atuais instalações. Após dialogar com a comunidade acadêmica foi iniciado o processo licitatório, que, seguindo os trâmites burocráticos necessários na administração pública está dentro do prazo esperado. Estamos acompanhando o encaminhamento dessa iniciativa com a perspectiva de contar com espaços mais adequados para abrigar nossas atividades de ensino e nossos projetos de pesquisa e de extensão. Também poderemos, a partir da conquista desse novo espaço, consolidar o espaço físico do mestrado em Arquivologia, que em breve deverá estar em funcionamento, melhorar as acomodações da biblioteca, laboratórios, enfim, atenderemos demandas há tempos solicitadas pelos nossos estudantes, professores e técnicos-administrativos”, planejou a diretora.

Texto: Juliana Marques