CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

Festival de Artes de Participação Popular será realizado no Campus da UEPB em João Pessoa com mais de 50 atividades gratuitas

22 de maio de 2018

Rodas de conversa, oficinas, cineclube, palco livre, shows, exposições e muita interação, são algumas atividades previstas para ocorrer durante o Festival de Artes e Participação Social – FARPAS, que será realizado de quarta a sexta-feira, 23 e 24 de maio, nos três turnos, no Campus V da Universidade Estadual da Paraíba em João Pessoa.

Esta edição do evento conta com mais de 50 atividades voltadas à temática “Equilíbrio entre Extremos”. De acordo com o organizador geral do Farpas e docente do curso de Arquivologia, professor Henrique França, embora em 2018 o evento tenha adquirido maiores proporções com a ampliação no número de atividades, a proposta permanece a mesma da primeira edição do evento, realizada em 2017, de usar a linguagem das artes para mobilizar jovens estudantes a refletir sobre questões que atingem a sociedade atual.

“Estamos vivendo um momento de incertezas e turbulências no âmbito, político e social do nosso país, e nós não queremos trazer respostas para os problemas que vivenciamos mas, possibilitar pontos de reflexão”, avalia professor Henrique.

O docente acrescenta, ainda, que, diferente da primeira edição do evento, que contou com uma programação eminentemente focada em temas políticos e sociais, em 2018 o Farpas traz discussões comportamentais, como por exemplo, a roda de conversa sobre suicídio. “Essa foi uma temática que propusemos a partir de uma demanda de jovens que convivemos e, considerando essa necessidade de discussão convidamos especialistas no tema, pessoas que trarão relatos de vida, e é uma das rodas de conversa que está sendo mais procuradas”, explica Henrique.

Com essa perspectiva foram idealizadas as rodas de conversa “O som da humilhação”, “Por que não falamos sobre suicídio?”, “Por ser mulher”, “Como contribuir com a escola pública brasileira?”, “Intolerância e apatia: como contribuem para a violência?”, “E se a cidade fosse minha”; as oficinas “Danças urbanas/dança de rua”, “Produção audiovisual com dispositivos móveis”, “Tape Art”, “Improvisação em Clown”, “Graffiti”, “Lettering”, “Fundamentos práticos da fotografia criativa”.

E ainda, as sessões do cineclube com mostra de curtas paraibanos, exibição do “Documentário 174” e do filme “Era o Hotel Cambridge”, exposição de Yasmin Formiga no corredor de acesso às salas de aula, “Feirinha Farpas” no corredor principal do Campus V, Grafitagem de painéis com os artistas Sombra e Thiago Tabaréu na área de vivência do Campus V e estande de livros na Editora da Universidade Estadual da Paraíba no corredor principal de entrada do Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas (CCBSA). Os intervalos do evento contarão com o “Palco Livre”, aberto à apresentações da comunidade e o encerramento dos dois dias de Farpas será realizado pelas bandas Digzin, Pau de Dar em Doido, Meiofree, Traça e DJ.

O evento é promovido com o apoio dos projetos “Memória, sociedade e cidadania (MUDDE): reflexão para além dos muros acadêmicos”, “Audiovisualmentes: produzindo e mediando conteúdos educacionais como ferramenta de disseminação social e comunicação pedagógica”, Pro-reitoria de Extensão da UEPB, Pro-reitoria de Cultura da UEPB, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas e Escola Estadual José Lins do Rêgo. Participam da comissão organizadora discentes dos cursos de Arquivologia, Ciências Biológicas e Relações Internacionais da UEPB e do ensino médio da Escola Estadual José Lins do Rêgo.

Confira a programação completa do evento aqui.

Texto: Juliana Marques

FARPAS 2018
FARPAS 2018 PROGRAMAÇÃO