CCBSA

CCBSA

Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas

Estudantes do Campus V apresentam pesquisas no 25º Encontro de Iniciação Científica da UEPB

8 de novembro de 2018

Um comitiva de estudantes das graduações em Arquivologia, Ciências Biológicas e Relações Internacionais do Campus V da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) participa, até essa quinta-feira, 8 de novembro, em Campina Grande, do 25º Encontro de Iniciação Científica (ENIC) da UEPB.

O evento, que teve início nesta terça-feira (6), busca a formação de graduandos para a pesquisa, democratização do conhecimento e construção da cidadania. Nesta edição, as palestras e minicursos são norteadas pela temática “Sociedade, Educação, Ciência e Tecnologia”.

Além disso, durante o evento, os graduandos que atuam na área de pesquisa apresentam trabalhos de forma oral divididos entre temários de Ciências (Exatas, Humanas, Biológicas, Agrárias ou da Saúde), Engenharias e Linguísticas, Letras e Artes. Ao todo foram 503 projetos desenvolvidos na UEPB inscritos para apresentação durante o ENIC.

O graduando de Arquivologia, Nivaldo Cabral, que apresentou durante o ENIC o projeto de pesquisa intitulado “Empreendedorismo em organizações arquivísticas e bibliotecas: análise do impacto do modelo de negócio CANVA em órgãos públicos da cidade de João Pessoa-PB”, desenvolvido em parceria com a estudante Rebeca Vieira, sob a orientação da professora Jacqueline Echeverría Barrancos, destacou a importância desse evento para os graduandos apresentarem as pesquisas que desenvolvem e trocarem experiência com outros pesquisadores.

“Participar do Encontro de Iniciação Científica, para mim é uma imensa satisfação, uma oportunidade de divulgar o nosso trabalho para o meio acadêmico, tanto para aqueles pesquisadores que estão em um nível equiparado ao meu, quanto a pesquisadores em nível mais alto”, avalia o discente.

Abertura

A abertura do evento contou com a presença do reitor Rangel Junior; da pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Maria José Lima; do coordenador geral de pesquisa da UEPB, Carlos Henrique Menezes; do representante da diretoria regional da Sociedade Brasileira de Química, professor Germano Veras; da diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, professora Alessandra Teixeira; da representante do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Soraya Maria de Medeiros; e da professora Telma Lúcia Pereira, representando os professores de pós-graduação da UEPB.

Em sua fala, Rangel Junior creditou ao quadro de pessoal da UEPB a solidificação crescente da pesquisa científica institucional. “Mesmo com tantas dificuldades, não deixamos de crescer, de atingir metas e nenhum programa teve sua nota reduzida. Isso se deve às pessoas, aos estudantes, professores e técnicos, que estiveram sempre à frente de nosso projeto”, afirmou.

Na mesma linha, a pró-reitora Maria José Lima ratificou que mesmo com os cenários – local e nacional – de embaraços, a UEPB “não deixou em momento nenhum de investir na pesquisa e na formação de recursos humanos, mantendo a contrapartida de bolsas (muito maior do que as do CNPq) e estimulando a participação dos alunos como voluntários, que mesmo não recebendo bolsas ainda desejam trabalhar com pesquisas”.

Ela explicou que o esforço da Instituição reflete na consolidação da pós-graduação da UEPB que, neste ano, já teve mais um doutorado aprovado (na área de Ecologia e Conservação) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e ainda há dois em análise, ambos para aprovação ainda em novembro.

Para Carlos Henrique Menezes, um dos organizadores do evento, o ENIC enfatiza o preparo dos alunos de Iniciação Científica e os incentiva a lograr êxito em suas vidas profissionais, dentro ou fora da academia, pois é uma grande oportunidade de compartilhamento de saberes multidisciplinares na UEPB.

Texto: Giuliana Rodrigues e Juliana Marques

Foto: Vitória Gomes