CCBS

CCBS

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde

Revista fundada e editada por docentes da UEPB e UFPE se destaca em ranking mundial de influência científica

27 de junho de 2017

A revista “Ethnobiology and Conservation” editada pelos professores Rômulo Alves, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), e Ulysses Albuquerque, da (Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), obteve posição de destaque no SCImago Journal Rank – SJR 201, índice que mede o impacto e influência das revistas disponíveis na base de dados SCOPUS.

No SCImago, a revista está incluída nas categorias da área de Biodiversidade “Animal Science and Zoology” (com 367 revistas na database em 2016), “Plant Science” (com 406 revistas na database em 2016), “Ecology” (com 311 revistas na database em 2016), “Nature and Landscape Conservation” (com 22 revistas na database em 2016) e “Anthropology” (com 315 revistas na database em 2016). Para todas essas categorias, Ethnobiology and Conservation está rankeada no primeiro quartil (Q1), que inclui as publicações consideradas de alta qualidade.

O índice SJR de 0.969 alcançado pela “Ethnobiology and Conservation” em 2016 coloca a revista em primeiro lugar entre as revistas da América Latina da área de biodiversidade. Se forem consideradas as revistas da área de Etnobiologia, o índice alcançado pela Ethnobiology and Conservation a coloca na primeira posição em nível mundial. O índice SJR que utiliza a base de dados Scopus, da editora Elsevier, leva em consideração um período de três anos e estabelece valores diferentes para as citações de acordo com a influência científica do periódico em que foi publicada.

Sobre a Revista

Ethnobiology and Conservation publica contribuições originais em todos os campos da etnobiologia e conservação da natureza. Faz parte do escopo da EC contribuições envolvendo conhecimento ecológico tradicional, ecologia humana, etnoecologia, etnofarmacologia e antropologia ecológica, história e filosofia da ciência.

Contribuições na área da Conservação da Natureza podem envolver estudos que normalmente situam-se no campo dos estudos ecológicos tradicionais, como também em biologia vegetal e animal, etologia, manejo de fauna e flora, aspectos éticos e legais voltados para a conservação da biodiversidade. Todos os textos devem explicitamente enfocar a sua contribuição para a conservação da natureza. Textos meramente descritivos sem uma discussão teórica contextualizada dos achados, embora possam ser aceitos, não receberão prioridade para publicação.

Além da base Scopus, a Ethnobiology and Conservation está registrada em outras bases de dados, como a Web of Science, Latindex, Index Copernicus, Google Scholar e GFMER. Outras informações sobre a revista estão disponíveis no link http://ethnobioconservation.com/index.php/ebc/index. A tabela do SJR 2016 pode ser consultada no link http://www.scimagojr.com/journalrank.php?country=Latin%20America&area=1100.