CCBS

CCBS

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde

Divulgado resultado preliminar da seleção para empréstimo de instrumental odontológico – Câmpus I

20 de setembro de 2019

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou, nesta sexta-feira (20), o resultado preliminar da seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico para alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande.

De acordo com o cronograma estabelecido no edital, a data para apresentar recursos contra o resultado preliminar é o dia 23 de setembro, diretamente na PROEST. O resultado final será publicado no dia 26 do mesmo mês e os instrumentais odontológicos serão entregues aos alunos selecionados nos dias 27 e 30 de setembro.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3315-3450. Confira o resultado preliminar clicando AQUI.

Texto: Tatiana Brandão

O post Divulgado resultado preliminar da seleção para empréstimo de instrumental odontológico – Câmpus I apareceu primeiro em UEPB.

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo

Array ( [post_title] => Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo [post_content] =>

Em um universo de quase 7 milhões de cientistas de uma ampla base de dados sobre pesquisadores de todo o mundo, um docente da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) figura entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo. O professor Rômulo Alves, do Departamento de Biologia da Instituição, integra a lista divulgada em recente artigo publicado pela revista Plos Biology, que contém os dados quantitativos para os cientistas mais citados em todo o mundo.

O estudo divulgado utiliza uma base de dados contendo 6,88 milhões de cientistas. O indicador numérico é composto por, pelo menos, seis diferentes métricas de citação, com arquivos que mostram o desempenho de longo prazo para cada um dos 100 mil cientistas, bem como o desempenho em um único ano, de modo que não cria viés de comparação com jovens pesquisadores.

As métricas utilizadas para chegar aos dados sobre os 100 mil cientistas mais influentes no mundo utilizam um banco de dados que fornece informações padronizadas sobre citações, coautoria, citações para artigos em diferentes posições de autoria, entre outros aspectos. A base mostra dados separados sobre o impacto de carreiras com tempos distintos. São fornecidas métricas com e sem autocitações e a razão entre citações e artigos citados. Os cientistas foram classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos. Os percentuais específicos de campo e subcampo foram fornecidos a todos os cientistas que publicaram pelo menos cinco artigos.

Apenas três pesquisadores paraibanos estão entre os mais influentes mundialmente: o professor Rômulo e outros dois pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Para o professor Rômulo, figurar entre os pesquisadores mais influentes do mundo é motivo de alegria, por representar a consolidação do grupo de pesquisa “Etnozoologia e Conservação”, do qual faz parte. “Minha presença no ranking dos pesquisadores mais influentes me deixa feliz, pois demonstra que nossas pesquisas vêm sendo acessadas por cientistas de todo o mundo, tem servido como referência para outras pesquisas, evidenciando assim o impacto das pesquisas, e revela também a consolidação de nosso grupo de pesquisa na UEPB. Demonstra ainda a qualidade do que a Universidade produz e isso é importante para elevar o nome da Instituição”, disse.

Professor Rômulo é bolsista de produtividade 1C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Pesquisadores que integram a categoria 1 do órgão de fomento são aqueles que possuem gradual inserção nacional e internacional, por meio de palestras e assessorias ad hoc em revistas nacionais e internacionais e de órgãos de financiamento à pesquisa, bem como envolvimento em atividades de gestão científica, incluindo organização de eventos, participação em comitês assessores estaduais ou nacionais, sociedades científicas, revistas científicas, assessoria de órgãos de governo estaduais ou nacionais, e conferências proferidas a convite e/ou em plenárias de congressos, conforme dados do CNPq.

O docente da UEPB também é um fundador e editor, junto com o professor Ulysses Albuquerque, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da revista “Ethnobiology and Conservation” (Etnobiologia e Conservação), que vem se destacando no cenário internacional de pesquisas como uma das principais publicações mundiais da área na Base Scopus, na qual a revista alcançou índice de impacto (CiteScore) de 3,15, o maior valor entre as revistas da América Latina, de todas as áreas acadêmicas.

“Ethnobiology and Conservation” está entre as primeiras posições no mundo, considerando as categorias nas quais a revista está inserida, sendo a 12ª de um total de 357 publicações na área “Anthropology” (Antropologia), 12ª entre 385 na área “Animal Science and Zoology” (Zoologia), 52ª entre 404 na área “Plant Science” (Ciência Vegetal), 17ª entre 140 na área “Nature and Landscape Conservation” (Conservação da Natureza e Paisagem) e 46ª entre 336 na área “Ecology” (Ecologia).

Detalhes sobre o artigo dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo podem ser conferidos no link https://journals.plos.org/plosbiology/article?id=10.1371/journal.pbio.3000384.

Texto: Tatiana Brandão

O post Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em um universo de quase 7 milhões de cientistas de uma ampla base de dados sobre pesquisadores de todo o mundo, um docente da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) figura entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo. O professor Rômulo Alves, do Departamento de Biologia da Instituição, integra a lista divulgada em recente Leia Mais...

O post Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-10 15:06:30 [post_date] => 2019-10-10 15:06:30 [post_modified_gmt] => 2019-10-10 15:06:30 [post_modified] => 2019-10-10 15:06:30 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51938 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ad95c4a70bad221184e43c868c43edb1 [1] => 0d623da918b3c0dcc10883d0c166679d ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 16 [3] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo )

Doing filter:faf_image_filter

Execute image filter

Image process

No image matches

Array ( )

Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ad95c4a70bad221184e43c868c43edb1 [1] => 0d623da918b3c0dcc10883d0c166679d ) )

Execute : Enclosure images

Enclosure save:

Array ( [0] => )

No match on

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo

Array ( [post_title] => Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo [post_content] =>

Em um universo de quase 7 milhões de cientistas de uma ampla base de dados sobre pesquisadores de todo o mundo, um docente da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) figura entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo. O professor Rômulo Alves, do Departamento de Biologia da Instituição, integra a lista divulgada em recente artigo publicado pela revista Plos Biology, que contém os dados quantitativos para os cientistas mais citados em todo o mundo.

O estudo divulgado utiliza uma base de dados contendo 6,88 milhões de cientistas. O indicador numérico é composto por, pelo menos, seis diferentes métricas de citação, com arquivos que mostram o desempenho de longo prazo para cada um dos 100 mil cientistas, bem como o desempenho em um único ano, de modo que não cria viés de comparação com jovens pesquisadores.

As métricas utilizadas para chegar aos dados sobre os 100 mil cientistas mais influentes no mundo utilizam um banco de dados que fornece informações padronizadas sobre citações, coautoria, citações para artigos em diferentes posições de autoria, entre outros aspectos. A base mostra dados separados sobre o impacto de carreiras com tempos distintos. São fornecidas métricas com e sem autocitações e a razão entre citações e artigos citados. Os cientistas foram classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos. Os percentuais específicos de campo e subcampo foram fornecidos a todos os cientistas que publicaram pelo menos cinco artigos.

Apenas três pesquisadores paraibanos estão entre os mais influentes mundialmente: o professor Rômulo e outros dois pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Para o professor Rômulo, figurar entre os pesquisadores mais influentes do mundo é motivo de alegria, por representar a consolidação do grupo de pesquisa “Etnozoologia e Conservação”, do qual faz parte. “Minha presença no ranking dos pesquisadores mais influentes me deixa feliz, pois demonstra que nossas pesquisas vêm sendo acessadas por cientistas de todo o mundo, tem servido como referência para outras pesquisas, evidenciando assim o impacto das pesquisas, e revela também a consolidação de nosso grupo de pesquisa na UEPB. Demonstra ainda a qualidade do que a Universidade produz e isso é importante para elevar o nome da Instituição”, disse.

Professor Rômulo é bolsista de produtividade 1C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Pesquisadores que integram a categoria 1 do órgão de fomento são aqueles que possuem gradual inserção nacional e internacional, por meio de palestras e assessorias ad hoc em revistas nacionais e internacionais e de órgãos de financiamento à pesquisa, bem como envolvimento em atividades de gestão científica, incluindo organização de eventos, participação em comitês assessores estaduais ou nacionais, sociedades científicas, revistas científicas, assessoria de órgãos de governo estaduais ou nacionais, e conferências proferidas a convite e/ou em plenárias de congressos, conforme dados do CNPq.

O docente da UEPB também é um fundador e editor, junto com o professor Ulysses Albuquerque, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da revista “Ethnobiology and Conservation” (Etnobiologia e Conservação), que vem se destacando no cenário internacional de pesquisas como uma das principais publicações mundiais da área na Base Scopus, na qual a revista alcançou índice de impacto (CiteScore) de 3,15, o maior valor entre as revistas da América Latina, de todas as áreas acadêmicas.

“Ethnobiology and Conservation” está entre as primeiras posições no mundo, considerando as categorias nas quais a revista está inserida, sendo a 12ª de um total de 357 publicações na área “Anthropology” (Antropologia), 12ª entre 385 na área “Animal Science and Zoology” (Zoologia), 52ª entre 404 na área “Plant Science” (Ciência Vegetal), 17ª entre 140 na área “Nature and Landscape Conservation” (Conservação da Natureza e Paisagem) e 46ª entre 336 na área “Ecology” (Ecologia).

Detalhes sobre o artigo dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo podem ser conferidos no link https://journals.plos.org/plosbiology/article?id=10.1371/journal.pbio.3000384.

Texto: Tatiana Brandão

O post Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Em um universo de quase 7 milhões de cientistas de uma ampla base de dados sobre pesquisadores de todo o mundo, um docente da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) figura entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo. O professor Rômulo Alves, do Departamento de Biologia da Instituição, integra a lista divulgada em recente Leia Mais...

O post Docente da Universidade Estadual está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-10 15:06:30 [post_date] => 2019-10-10 15:06:30 [post_modified_gmt] => 2019-10-10 15:06:30 [post_modified] => 2019-10-10 15:06:30 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51938 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => ad95c4a70bad221184e43c868c43edb1 [1] => 0d623da918b3c0dcc10883d0c166679d ) [faf_process_image] => ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 16 [3] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => docente-da-universidade-estadual-da-paraiba-esta-entre-os-100-mil-pesquisadores-mais-influentes-do-mundo )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo”

Array ( [post_title] => Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” [post_content] =>

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada por um grupo de professores do Departamento de Psicologia e alunos do Centro Acadêmico do Curso.

A atividade reuniu cerca de 60 pessoas e foi realizada em uma das salas do Departamento. Estudantes e professores debateram sobre os problemas emocionais que afetam a humanidade e têm levado muitas pessoas a cometerem atos extremos contra sua própria vida. No início, a canção “What A Wonderful World” (Que mundo tão maravilhoso), de Louis Armstrong, interpretada em voz e violão pelo aluno Joel Lima, ajudou na reflexão e tornou o ambiente propício ao desabafo. Toda a atividade, foi conduzida pelos professores e psicólogos do curso, Edvan Gonçalves da Silva, Emily Souza Gaião e Juliana Gama. Na sala vizinha, a psicóloga clínica Thaís Guedes, se colocou a disposição para ouvir os alunos.

Inicialmente, os futuros psicólogos fizeram um momento de introspecção. Sentados no chão ou deitado, buscando a posição mais confortável, eles compartilharam alguns dos seus sentimentos e problemas emocionais que atualmente enfrentam, mas têm dificuldade de expressar em palavras. Para realizar a atividade, os psicólogos envolvidos na iniciativa junto com o Centro Acadêmico colocaram em prática o projeto “Deposite”, no qual os estudantes depositaram em caixas espalhadas pelo Departamento de Psicologia, batizadas de “caixa dos afetos”, mensagens relacionadas aos seus problemas emocionais.

O trabalho foi sigiloso e para realizá-lo os professores passaram uma semana recolhendo as mensagens dos alunos. Ao término, eles preservaram os nomes dos autores das frases, tendo revelado na roda de conversa apenas o resultado da experiência. A partir do conteúdo colhido nas caixas, foi aprofundado o debate em torno da saúde mental dos estudantes. Edvan Gonçalves ressaltou que a experiência foi riquíssima e possibilitou aos alunos trazer à tona problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Aos professores foi possível identificar aspectos a serem trabalhados na UEPB. “Nosso trabalho foi no sentido de acolher e dialogar sobre a saúde dos estudantes na Universidade. Foi um trabalho mais de estudar. Nesse processo, nós procuramos debater sobre as potencialidades em saúde mental que precisamos trabalhar no dia a dia para promover o bem-estar”, destacou.

Envolvida no projeto, a professora Juliana Gama destacou que setembro foi apenas um mês de alerta sobre a necessidade de prevenir o suicídio, mas a preocupação com a temática persiste. Ela ressaltou que a UEPB e, particularmente, o Curso de Psicologia têm a missão de continuar pensando sobre a valorização da vida e as dores que afetam todos ao longo do percurso.

Para a psicóloga, o mundo é muito exigente e cria situações para favorecer doenças psíquicas e tornar as pessoas com extrema dificuldade de controlar suas dores. Ela observou que o reconhecimento de que “não somos tudo, nem temos tudo” dói muito, principalmente por meio das redes sociais. “Estamos cada vez mais desaprendendo a lidar com as faltas, com as perdas e com o não ter e como não ser. De repente, quando a gente se vê impotente diante de algo que está faltando, nos sentimos sem força. O discurso posto é de algo inalcançável e muitos desistem”, ilustrou.

Já a professora Emily Souza Gaião alertou para os efeitos das redes sociais e mostrou que muitas vezes a tecnologia passa uma imagem que não reproduz a realidade da vida das pessoas. As dores e angústias são escondidas por trás das fotos e mensagens publicadas nas mídias sociais. Estudante do 9º período e integrante do Centro Acadêmico, Sara Pereira Morais, observou que os profissionais de Psicologia estão sujeitos a sofrerem com os problemas de saúde mental. Ela destacou a necessidade dos estudantes se prepararem para encarar a realidade futura nas clínicas.

“Vivemos tempos complicados. Percebemos que está havendo uma epidemia de casos de suicídio. Por isso é importante trazer essa discussão para dentro do Departamento, para a gente se cuidar e tratar dessas questões, para poder auxiliar outras pessoas”, observou Sara, acrescentando que, inevitavelmente, os psicólogos absorvem os sentimentos e as dores dos pacientes, sendo necessário se cercar de todo o cuidado.

A coordenadora do curso, professora Laércia Maria Bertulino de Medeiros, disse que o Departamento de Psicologia tem se preocupado muito com a temática ao longo de todo o ano. Ela lembrou que o Curso de Psicologia realiza diversos projetos de extensão voltados para as doenças mentais, que abrangem desde a Escuta Psicológica até o trabalho psicoterapêutico.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Karen Silva (Estagiária)

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada Leia Mais...

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-01 00:07:40 [post_date] => 2019-10-01 00:07:40 [post_modified_gmt] => 2019-10-01 00:07:40 [post_modified] => 2019-10-01 00:07:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51726 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b497ab4ec6d59b0d25270dcd85310765 [1] => f491a25a922a9aa5b9e83c265059ee63 ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo )

Doing filter:faf_image_filter

Execute image filter

Image process

Local save:https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Psicologia-3.png

Image process :: Saving local image

grab remote location : https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Psicologia-3.png

Image exists, checking for same file size

Replacing images : - ON

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada por um grupo de professores do Departamento de Psicologia e alunos do Centro Acadêmico do Curso.

A atividade reuniu cerca de 60 pessoas e foi realizada em uma das salas do Departamento. Estudantes e professores debateram sobre os problemas emocionais que afetam a humanidade e têm levado muitas pessoas a cometerem atos extremos contra sua própria vida. No início, a canção “What A Wonderful World” (Que mundo tão maravilhoso), de Louis Armstrong, interpretada em voz e violão pelo aluno Joel Lima, ajudou na reflexão e tornou o ambiente propício ao desabafo. Toda a atividade, foi conduzida pelos professores e psicólogos do curso, Edvan Gonçalves da Silva, Emily Souza Gaião e Juliana Gama. Na sala vizinha, a psicóloga clínica Thaís Guedes, se colocou a disposição para ouvir os alunos.

Inicialmente, os futuros psicólogos fizeram um momento de introspecção. Sentados no chão ou deitado, buscando a posição mais confortável, eles compartilharam alguns dos seus sentimentos e problemas emocionais que atualmente enfrentam, mas têm dificuldade de expressar em palavras. Para realizar a atividade, os psicólogos envolvidos na iniciativa junto com o Centro Acadêmico colocaram em prática o projeto “Deposite”, no qual os estudantes depositaram em caixas espalhadas pelo Departamento de Psicologia, batizadas de “caixa dos afetos”, mensagens relacionadas aos seus problemas emocionais.

O trabalho foi sigiloso e para realizá-lo os professores passaram uma semana recolhendo as mensagens dos alunos. Ao término, eles preservaram os nomes dos autores das frases, tendo revelado na roda de conversa apenas o resultado da experiência. A partir do conteúdo colhido nas caixas, foi aprofundado o debate em torno da saúde mental dos estudantes. Edvan Gonçalves ressaltou que a experiência foi riquíssima e possibilitou aos alunos trazer à tona problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Aos professores foi possível identificar aspectos a serem trabalhados na UEPB. “Nosso trabalho foi no sentido de acolher e dialogar sobre a saúde dos estudantes na Universidade. Foi um trabalho mais de estudar. Nesse processo, nós procuramos debater sobre as potencialidades em saúde mental que precisamos trabalhar no dia a dia para promover o bem-estar”, destacou.

Envolvida no projeto, a professora Juliana Gama destacou que setembro foi apenas um mês de alerta sobre a necessidade de prevenir o suicídio, mas a preocupação com a temática persiste. Ela ressaltou que a UEPB e, particularmente, o Curso de Psicologia têm a missão de continuar pensando sobre a valorização da vida e as dores que afetam todos ao longo do percurso.

Para a psicóloga, o mundo é muito exigente e cria situações para favorecer doenças psíquicas e tornar as pessoas com extrema dificuldade de controlar suas dores. Ela observou que o reconhecimento de que “não somos tudo, nem temos tudo” dói muito, principalmente por meio das redes sociais. “Estamos cada vez mais desaprendendo a lidar com as faltas, com as perdas e com o não ter e como não ser. De repente, quando a gente se vê impotente diante de algo que está faltando, nos sentimos sem força. O discurso posto é de algo inalcançável e muitos desistem”, ilustrou.

Já a professora Emily Souza Gaião alertou para os efeitos das redes sociais e mostrou que muitas vezes a tecnologia passa uma imagem que não reproduz a realidade da vida das pessoas. As dores e angústias são escondidas por trás das fotos e mensagens publicadas nas mídias sociais. Estudante do 9º período e integrante do Centro Acadêmico, Sara Pereira Morais, observou que os profissionais de Psicologia estão sujeitos a sofrerem com os problemas de saúde mental. Ela destacou a necessidade dos estudantes se prepararem para encarar a realidade futura nas clínicas.

“Vivemos tempos complicados. Percebemos que está havendo uma epidemia de casos de suicídio. Por isso é importante trazer essa discussão para dentro do Departamento, para a gente se cuidar e tratar dessas questões, para poder auxiliar outras pessoas”, observou Sara, acrescentando que, inevitavelmente, os psicólogos absorvem os sentimentos e as dores dos pacientes, sendo necessário se cercar de todo o cuidado.

A coordenadora do curso, professora Laércia Maria Bertulino de Medeiros, disse que o Departamento de Psicologia tem se preocupado muito com a temática ao longo de todo o ano. Ela lembrou que o Curso de Psicologia realiza diversos projetos de extensão voltados para as doenças mentais, que abrangem desde a Escuta Psicológica até o trabalho psicoterapêutico.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Karen Silva (Estagiária)

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

Local save:https://i2.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Psicologia-2.png

Image process :: Saving local image

grab remote location : https://i2.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Psicologia-2.png

Image exists, checking for same file size

Replacing images : - ON

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada por um grupo de professores do Departamento de Psicologia e alunos do Centro Acadêmico do Curso.

A atividade reuniu cerca de 60 pessoas e foi realizada em uma das salas do Departamento. Estudantes e professores debateram sobre os problemas emocionais que afetam a humanidade e têm levado muitas pessoas a cometerem atos extremos contra sua própria vida. No início, a canção “What A Wonderful World” (Que mundo tão maravilhoso), de Louis Armstrong, interpretada em voz e violão pelo aluno Joel Lima, ajudou na reflexão e tornou o ambiente propício ao desabafo. Toda a atividade, foi conduzida pelos professores e psicólogos do curso, Edvan Gonçalves da Silva, Emily Souza Gaião e Juliana Gama. Na sala vizinha, a psicóloga clínica Thaís Guedes, se colocou a disposição para ouvir os alunos.

Inicialmente, os futuros psicólogos fizeram um momento de introspecção. Sentados no chão ou deitado, buscando a posição mais confortável, eles compartilharam alguns dos seus sentimentos e problemas emocionais que atualmente enfrentam, mas têm dificuldade de expressar em palavras. Para realizar a atividade, os psicólogos envolvidos na iniciativa junto com o Centro Acadêmico colocaram em prática o projeto “Deposite”, no qual os estudantes depositaram em caixas espalhadas pelo Departamento de Psicologia, batizadas de “caixa dos afetos”, mensagens relacionadas aos seus problemas emocionais.

O trabalho foi sigiloso e para realizá-lo os professores passaram uma semana recolhendo as mensagens dos alunos. Ao término, eles preservaram os nomes dos autores das frases, tendo revelado na roda de conversa apenas o resultado da experiência. A partir do conteúdo colhido nas caixas, foi aprofundado o debate em torno da saúde mental dos estudantes. Edvan Gonçalves ressaltou que a experiência foi riquíssima e possibilitou aos alunos trazer à tona problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Aos professores foi possível identificar aspectos a serem trabalhados na UEPB. “Nosso trabalho foi no sentido de acolher e dialogar sobre a saúde dos estudantes na Universidade. Foi um trabalho mais de estudar. Nesse processo, nós procuramos debater sobre as potencialidades em saúde mental que precisamos trabalhar no dia a dia para promover o bem-estar”, destacou.

Envolvida no projeto, a professora Juliana Gama destacou que setembro foi apenas um mês de alerta sobre a necessidade de prevenir o suicídio, mas a preocupação com a temática persiste. Ela ressaltou que a UEPB e, particularmente, o Curso de Psicologia têm a missão de continuar pensando sobre a valorização da vida e as dores que afetam todos ao longo do percurso.

Para a psicóloga, o mundo é muito exigente e cria situações para favorecer doenças psíquicas e tornar as pessoas com extrema dificuldade de controlar suas dores. Ela observou que o reconhecimento de que “não somos tudo, nem temos tudo” dói muito, principalmente por meio das redes sociais. “Estamos cada vez mais desaprendendo a lidar com as faltas, com as perdas e com o não ter e como não ser. De repente, quando a gente se vê impotente diante de algo que está faltando, nos sentimos sem força. O discurso posto é de algo inalcançável e muitos desistem”, ilustrou.

Já a professora Emily Souza Gaião alertou para os efeitos das redes sociais e mostrou que muitas vezes a tecnologia passa uma imagem que não reproduz a realidade da vida das pessoas. As dores e angústias são escondidas por trás das fotos e mensagens publicadas nas mídias sociais. Estudante do 9º período e integrante do Centro Acadêmico, Sara Pereira Morais, observou que os profissionais de Psicologia estão sujeitos a sofrerem com os problemas de saúde mental. Ela destacou a necessidade dos estudantes se prepararem para encarar a realidade futura nas clínicas.

“Vivemos tempos complicados. Percebemos que está havendo uma epidemia de casos de suicídio. Por isso é importante trazer essa discussão para dentro do Departamento, para a gente se cuidar e tratar dessas questões, para poder auxiliar outras pessoas”, observou Sara, acrescentando que, inevitavelmente, os psicólogos absorvem os sentimentos e as dores dos pacientes, sendo necessário se cercar de todo o cuidado.

A coordenadora do curso, professora Laércia Maria Bertulino de Medeiros, disse que o Departamento de Psicologia tem se preocupado muito com a temática ao longo de todo o ano. Ela lembrou que o Curso de Psicologia realiza diversos projetos de extensão voltados para as doenças mentais, que abrangem desde a Escuta Psicológica até o trabalho psicoterapêutico.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Karen Silva (Estagiária)

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

Local save:https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Roda-de-conversa-Psicologia.jpg

Image process :: Saving local image

grab remote location : https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/Roda-de-conversa-Psicologia.jpg

Image exists, checking for same file size

Replacing images : - ON

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada por um grupo de professores do Departamento de Psicologia e alunos do Centro Acadêmico do Curso.

A atividade reuniu cerca de 60 pessoas e foi realizada em uma das salas do Departamento. Estudantes e professores debateram sobre os problemas emocionais que afetam a humanidade e têm levado muitas pessoas a cometerem atos extremos contra sua própria vida. No início, a canção “What A Wonderful World” (Que mundo tão maravilhoso), de Louis Armstrong, interpretada em voz e violão pelo aluno Joel Lima, ajudou na reflexão e tornou o ambiente propício ao desabafo. Toda a atividade, foi conduzida pelos professores e psicólogos do curso, Edvan Gonçalves da Silva, Emily Souza Gaião e Juliana Gama. Na sala vizinha, a psicóloga clínica Thaís Guedes, se colocou a disposição para ouvir os alunos.

Inicialmente, os futuros psicólogos fizeram um momento de introspecção. Sentados no chão ou deitado, buscando a posição mais confortável, eles compartilharam alguns dos seus sentimentos e problemas emocionais que atualmente enfrentam, mas têm dificuldade de expressar em palavras. Para realizar a atividade, os psicólogos envolvidos na iniciativa junto com o Centro Acadêmico colocaram em prática o projeto “Deposite”, no qual os estudantes depositaram em caixas espalhadas pelo Departamento de Psicologia, batizadas de “caixa dos afetos”, mensagens relacionadas aos seus problemas emocionais.

O trabalho foi sigiloso e para realizá-lo os professores passaram uma semana recolhendo as mensagens dos alunos. Ao término, eles preservaram os nomes dos autores das frases, tendo revelado na roda de conversa apenas o resultado da experiência. A partir do conteúdo colhido nas caixas, foi aprofundado o debate em torno da saúde mental dos estudantes. Edvan Gonçalves ressaltou que a experiência foi riquíssima e possibilitou aos alunos trazer à tona problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Aos professores foi possível identificar aspectos a serem trabalhados na UEPB. “Nosso trabalho foi no sentido de acolher e dialogar sobre a saúde dos estudantes na Universidade. Foi um trabalho mais de estudar. Nesse processo, nós procuramos debater sobre as potencialidades em saúde mental que precisamos trabalhar no dia a dia para promover o bem-estar”, destacou.

Envolvida no projeto, a professora Juliana Gama destacou que setembro foi apenas um mês de alerta sobre a necessidade de prevenir o suicídio, mas a preocupação com a temática persiste. Ela ressaltou que a UEPB e, particularmente, o Curso de Psicologia têm a missão de continuar pensando sobre a valorização da vida e as dores que afetam todos ao longo do percurso.

Para a psicóloga, o mundo é muito exigente e cria situações para favorecer doenças psíquicas e tornar as pessoas com extrema dificuldade de controlar suas dores. Ela observou que o reconhecimento de que “não somos tudo, nem temos tudo” dói muito, principalmente por meio das redes sociais. “Estamos cada vez mais desaprendendo a lidar com as faltas, com as perdas e com o não ter e como não ser. De repente, quando a gente se vê impotente diante de algo que está faltando, nos sentimos sem força. O discurso posto é de algo inalcançável e muitos desistem”, ilustrou.

Já a professora Emily Souza Gaião alertou para os efeitos das redes sociais e mostrou que muitas vezes a tecnologia passa uma imagem que não reproduz a realidade da vida das pessoas. As dores e angústias são escondidas por trás das fotos e mensagens publicadas nas mídias sociais. Estudante do 9º período e integrante do Centro Acadêmico, Sara Pereira Morais, observou que os profissionais de Psicologia estão sujeitos a sofrerem com os problemas de saúde mental. Ela destacou a necessidade dos estudantes se prepararem para encarar a realidade futura nas clínicas.

“Vivemos tempos complicados. Percebemos que está havendo uma epidemia de casos de suicídio. Por isso é importante trazer essa discussão para dentro do Departamento, para a gente se cuidar e tratar dessas questões, para poder auxiliar outras pessoas”, observou Sara, acrescentando que, inevitavelmente, os psicólogos absorvem os sentimentos e as dores dos pacientes, sendo necessário se cercar de todo o cuidado.

A coordenadora do curso, professora Laércia Maria Bertulino de Medeiros, disse que o Departamento de Psicologia tem se preocupado muito com a temática ao longo de todo o ano. Ela lembrou que o Curso de Psicologia realiza diversos projetos de extensão voltados para as doenças mentais, que abrangem desde a Escuta Psicológica até o trabalho psicoterapêutico.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Karen Silva (Estagiária)

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b497ab4ec6d59b0d25270dcd85310765 [1] => f491a25a922a9aa5b9e83c265059ee63 ) )

Execute : Enclosure images

Enclosure save:

Array ( [0] => )

No match on

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo”

Array ( [post_title] => Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” [post_content] =>

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada por um grupo de professores do Departamento de Psicologia e alunos do Centro Acadêmico do Curso.

A atividade reuniu cerca de 60 pessoas e foi realizada em uma das salas do Departamento. Estudantes e professores debateram sobre os problemas emocionais que afetam a humanidade e têm levado muitas pessoas a cometerem atos extremos contra sua própria vida. No início, a canção “What A Wonderful World” (Que mundo tão maravilhoso), de Louis Armstrong, interpretada em voz e violão pelo aluno Joel Lima, ajudou na reflexão e tornou o ambiente propício ao desabafo. Toda a atividade, foi conduzida pelos professores e psicólogos do curso, Edvan Gonçalves da Silva, Emily Souza Gaião e Juliana Gama. Na sala vizinha, a psicóloga clínica Thaís Guedes, se colocou a disposição para ouvir os alunos.

Inicialmente, os futuros psicólogos fizeram um momento de introspecção. Sentados no chão ou deitado, buscando a posição mais confortável, eles compartilharam alguns dos seus sentimentos e problemas emocionais que atualmente enfrentam, mas têm dificuldade de expressar em palavras. Para realizar a atividade, os psicólogos envolvidos na iniciativa junto com o Centro Acadêmico colocaram em prática o projeto “Deposite”, no qual os estudantes depositaram em caixas espalhadas pelo Departamento de Psicologia, batizadas de “caixa dos afetos”, mensagens relacionadas aos seus problemas emocionais.

O trabalho foi sigiloso e para realizá-lo os professores passaram uma semana recolhendo as mensagens dos alunos. Ao término, eles preservaram os nomes dos autores das frases, tendo revelado na roda de conversa apenas o resultado da experiência. A partir do conteúdo colhido nas caixas, foi aprofundado o debate em torno da saúde mental dos estudantes. Edvan Gonçalves ressaltou que a experiência foi riquíssima e possibilitou aos alunos trazer à tona problemas como estresse, ansiedade e depressão.

Aos professores foi possível identificar aspectos a serem trabalhados na UEPB. “Nosso trabalho foi no sentido de acolher e dialogar sobre a saúde dos estudantes na Universidade. Foi um trabalho mais de estudar. Nesse processo, nós procuramos debater sobre as potencialidades em saúde mental que precisamos trabalhar no dia a dia para promover o bem-estar”, destacou.

Envolvida no projeto, a professora Juliana Gama destacou que setembro foi apenas um mês de alerta sobre a necessidade de prevenir o suicídio, mas a preocupação com a temática persiste. Ela ressaltou que a UEPB e, particularmente, o Curso de Psicologia têm a missão de continuar pensando sobre a valorização da vida e as dores que afetam todos ao longo do percurso.

Para a psicóloga, o mundo é muito exigente e cria situações para favorecer doenças psíquicas e tornar as pessoas com extrema dificuldade de controlar suas dores. Ela observou que o reconhecimento de que “não somos tudo, nem temos tudo” dói muito, principalmente por meio das redes sociais. “Estamos cada vez mais desaprendendo a lidar com as faltas, com as perdas e com o não ter e como não ser. De repente, quando a gente se vê impotente diante de algo que está faltando, nos sentimos sem força. O discurso posto é de algo inalcançável e muitos desistem”, ilustrou.

Já a professora Emily Souza Gaião alertou para os efeitos das redes sociais e mostrou que muitas vezes a tecnologia passa uma imagem que não reproduz a realidade da vida das pessoas. As dores e angústias são escondidas por trás das fotos e mensagens publicadas nas mídias sociais. Estudante do 9º período e integrante do Centro Acadêmico, Sara Pereira Morais, observou que os profissionais de Psicologia estão sujeitos a sofrerem com os problemas de saúde mental. Ela destacou a necessidade dos estudantes se prepararem para encarar a realidade futura nas clínicas.

“Vivemos tempos complicados. Percebemos que está havendo uma epidemia de casos de suicídio. Por isso é importante trazer essa discussão para dentro do Departamento, para a gente se cuidar e tratar dessas questões, para poder auxiliar outras pessoas”, observou Sara, acrescentando que, inevitavelmente, os psicólogos absorvem os sentimentos e as dores dos pacientes, sendo necessário se cercar de todo o cuidado.

A coordenadora do curso, professora Laércia Maria Bertulino de Medeiros, disse que o Departamento de Psicologia tem se preocupado muito com a temática ao longo de todo o ano. Ela lembrou que o Curso de Psicologia realiza diversos projetos de extensão voltados para as doenças mentais, que abrangem desde a Escuta Psicológica até o trabalho psicoterapêutico.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Karen Silva (Estagiária)

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

Uma atividade diferente e fora do convencional da sala de aula. Na culminância do “Setembro Amarelo”, campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, estudantes de Psicologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) puderam expressar suas angústias, afetos, tensões, incertezas, ansiedade e demais sentimentos, na roda de conversa “Saúde Mental em Tempos de Suicídio”, organizada Leia Mais...

O post Roda de conversa promove debate sobre problemas mentais no encerramento do “Setembro Amarelo” apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-10-01 00:07:40 [post_date] => 2019-10-01 00:07:40 [post_modified_gmt] => 2019-10-01 00:07:40 [post_modified] => 2019-10-01 00:07:40 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51726 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => b497ab4ec6d59b0d25270dcd85310765 [1] => f491a25a922a9aa5b9e83c265059ee63 ) [faf_process_image] => 360853,360856,360858 ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => roda-de-conversa-promove-debate-sobre-problemas-mentais-no-encerramento-do-setembro-amarelo )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma

Array ( [post_title] => Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma [post_content] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção para a formação de nova turma do curso de Mestrado. O processo seletivo oferece 16 vagas para as seguintes linhas de pesquisa: “Desenvolvimento e Controle da Qualidade de Produtos Farmacêuticos”, sendo oito vagas para pesquisa em Campina Grande e uma para João Pessoa; e “Obtenção e Avaliação da Atividade Biológica de Produtos Naturais, Sintéticos e Biotecnológicos de Interesse Farmacêutico”, com seis vagas para Campina Grande e uma para João Pessoa.

O período de inscrição segue até o dia 25 de outubro, através do endereço https://academico.uepb.edu.br/scapg/. O link para gerar o boleto para pagamento da taxa de inscrição é o https://cpcon.uepb.edu.br/forms/. Os documentos necessários para participação no processo seletivo são os seguintes: formulário preenchido (http://scapg.uepb.edu.br), requerimento de inscrição, uma fotografia 3×4 atualizada, cópias do RG, CPF, Título de Eleitor e comprovante de votação da última eleição ou comprovante de quitação eleitoral, cópia do Certificado de Reservista, cópia do Diploma de Graduação, cópia do Histórico Acadêmico de Graduação e Memorial Descritivo, conforme exposto no edital.

As etapas da seleção envolvem prova de conhecimentos específicos, memorial descritivo e prova de títulos. A bibliografia recomendada, bem como o corpo docente e outras informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital de seleção que pode ser acessado clicando AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção para a formação de nova turma do curso de Mestrado. O processo seletivo oferece 16 vagas para as seguintes linhas de pesquisa: “Desenvolvimento e Controle da Qualidade de Produtos Farmacêuticos”, sendo oito vagas para pesquisa Leia Mais...

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-09-24 18:05:05 [post_date] => 2019-09-24 18:05:05 [post_modified_gmt] => 2019-09-24 18:05:05 [post_modified] => 2019-09-24 18:05:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51535 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 178a0599cdd1d4f96b086689c6409ba4 [1] => 9b6b5dd2884e12263ceaf4bf8d5438bc ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma )

Doing filter:faf_image_filter

Execute image filter

Image process

No image matches

Array ( )

Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 178a0599cdd1d4f96b086689c6409ba4 [1] => 9b6b5dd2884e12263ceaf4bf8d5438bc ) )

Execute : Enclosure images

Enclosure save:

Array ( [0] => )

No match on

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma

Array ( [post_title] => Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma [post_content] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção para a formação de nova turma do curso de Mestrado. O processo seletivo oferece 16 vagas para as seguintes linhas de pesquisa: “Desenvolvimento e Controle da Qualidade de Produtos Farmacêuticos”, sendo oito vagas para pesquisa em Campina Grande e uma para João Pessoa; e “Obtenção e Avaliação da Atividade Biológica de Produtos Naturais, Sintéticos e Biotecnológicos de Interesse Farmacêutico”, com seis vagas para Campina Grande e uma para João Pessoa.

O período de inscrição segue até o dia 25 de outubro, através do endereço https://academico.uepb.edu.br/scapg/. O link para gerar o boleto para pagamento da taxa de inscrição é o https://cpcon.uepb.edu.br/forms/. Os documentos necessários para participação no processo seletivo são os seguintes: formulário preenchido (http://scapg.uepb.edu.br), requerimento de inscrição, uma fotografia 3×4 atualizada, cópias do RG, CPF, Título de Eleitor e comprovante de votação da última eleição ou comprovante de quitação eleitoral, cópia do Certificado de Reservista, cópia do Diploma de Graduação, cópia do Histórico Acadêmico de Graduação e Memorial Descritivo, conforme exposto no edital.

As etapas da seleção envolvem prova de conhecimentos específicos, memorial descritivo e prova de títulos. A bibliografia recomendada, bem como o corpo docente e outras informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital de seleção que pode ser acessado clicando AQUI.

Texto: Givaldo Cavalcanti

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção para a formação de nova turma do curso de Mestrado. O processo seletivo oferece 16 vagas para as seguintes linhas de pesquisa: “Desenvolvimento e Controle da Qualidade de Produtos Farmacêuticos”, sendo oito vagas para pesquisa Leia Mais...

O post Mestrado em Ciências Farmacêuticas lança edital de seleção para formação de nova turma apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-09-24 18:05:05 [post_date] => 2019-09-24 18:05:05 [post_modified_gmt] => 2019-09-24 18:05:05 [post_modified] => 2019-09-24 18:05:05 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51535 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => 178a0599cdd1d4f96b086689c6409ba4 [1] => 9b6b5dd2884e12263ceaf4bf8d5438bc ) [faf_process_image] => ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 17 [1] => 8 [2] => 5 [3] => 11 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => mestrado-em-ciencias-farmaceuticas-lanca-edital-de-selecao-para-formacao-de-nova-turma )

FAF deciding on filters on post to be syndicated:

Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande

Array ( [post_title] => Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande [post_content] =>

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico, em regime de comodato, disponível aos alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande. Estão sendo ofertados para empréstimo cinco instrumentais e três articuladores odontológicos semi ajustáveis.

As inscrições acontecem de 17 a 19 de setembro, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, na PROEST, localizada no térreo do Prédio da Administração Central, Câmpus I. Para efetivar a inscrição, o interessado deve entregar formulário de inscrição e a ficha de justificativa devidamente preenchidos, com cópias da documentação exigida no edital. As cópias devem ser autenticadas ou os originais apresentados no ato da entrega da documentação referida para certificação. Serão selecionados, prioritariamente, os acadêmicos que apresentarem as menores rendas familiares per capita comprovadas.

A publicação do resultado preliminar será feita no dia 20 de setembro, na página da PROEST (http://proreitorias.uepb.edu.br/proest/). Todas as informações referentes a documentação para fins de inscrição e demais normas da seleção podem ser conferidas no edital, clicando AQUI. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3315-3450.

Texto: Tatiana Brandão

O post Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico, em regime de comodato, disponível aos alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande. Estão sendo ofertados para empréstimo cinco instrumentais e três articuladores odontológicos semi ajustáveis. Leia Mais...

O post Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-09-17 09:23:24 [post_date] => 2019-09-17 09:23:24 [post_modified_gmt] => 2019-09-17 09:23:24 [post_modified] => 2019-09-17 09:23:24 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51169 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e293881e4ebf56666467cde7d49f0b6c ) ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 27 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-3-3 )

Doing filter:faf_image_filter

Execute image filter

Image process

Local save:https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2017/09/Instrumental-Odontol%C3%B3gico-2.jpg

Image process :: Saving local image

grab remote location : https://i0.wp.com/www.uepb.edu.br/wp-content/uploads/2017/09/Instrumental-Odontol%C3%B3gico-2.jpg

Image exists, checking for same file size

Replacing images : - ON

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico, em regime de comodato, disponível aos alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande. Estão sendo ofertados para empréstimo cinco instrumentais e três articuladores odontológicos semi ajustáveis.

As inscrições acontecem de 17 a 19 de setembro, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, na PROEST, localizada no térreo do Prédio da Administração Central, Câmpus I. Para efetivar a inscrição, o interessado deve entregar formulário de inscrição e a ficha de justificativa devidamente preenchidos, com cópias da documentação exigida no edital. As cópias devem ser autenticadas ou os originais apresentados no ato da entrega da documentação referida para certificação. Serão selecionados, prioritariamente, os acadêmicos que apresentarem as menores rendas familiares per capita comprovadas.

A publicação do resultado preliminar será feita no dia 20 de setembro, na página da PROEST (http://proreitorias.uepb.edu.br/proest/). Todas as informações referentes a documentação para fins de inscrição e demais normas da seleção podem ser conferidas no edital, clicando AQUI. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3315-3450.

Texto: Tatiana Brandão

O post Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande apareceu primeiro em UEPB.

Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e293881e4ebf56666467cde7d49f0b6c ) )

Execute : Enclosure images

Enclosure save:

Array ( [0] => )

No match on

Decide filter: Returning post, everything seems orderly :Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande

Array ( [post_title] => Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande [post_content] =>

Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico, em regime de comodato, disponível aos alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande. Estão sendo ofertados para empréstimo cinco instrumentais e três articuladores odontológicos semi ajustáveis.

As inscrições acontecem de 17 a 19 de setembro, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, na PROEST, localizada no térreo do Prédio da Administração Central, Câmpus I. Para efetivar a inscrição, o interessado deve entregar formulário de inscrição e a ficha de justificativa devidamente preenchidos, com cópias da documentação exigida no edital. As cópias devem ser autenticadas ou os originais apresentados no ato da entrega da documentação referida para certificação. Serão selecionados, prioritariamente, os acadêmicos que apresentarem as menores rendas familiares per capita comprovadas.

A publicação do resultado preliminar será feita no dia 20 de setembro, na página da PROEST (http://proreitorias.uepb.edu.br/proest/). Todas as informações referentes a documentação para fins de inscrição e demais normas da seleção podem ser conferidas no edital, clicando AQUI. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (83) 3315-3450.

Texto: Tatiana Brandão

O post Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande apareceu primeiro em UEPB.

[post_excerpt] =>

A Pró-Reitoria Estudantil (PROEST) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou edital de seleção de candidatos para empréstimo de instrumental odontológico, em regime de comodato, disponível aos alunos a partir do 4º período do Curso de Odontologia do Câmpus de Campina Grande. Estão sendo ofertados para empréstimo cinco instrumentais e três articuladores odontológicos semi ajustáveis. Leia Mais...

O post Abertas inscrições para empréstimo de instrumental odontológico a alunos do Câmpus de Campina Grande apareceu primeiro em UEPB.

[post_date_gmt] => 2019-09-17 09:23:24 [post_date] => 2019-09-17 09:23:24 [post_modified_gmt] => 2019-09-17 09:23:24 [post_modified] => 2019-09-17 09:23:24 [post_status] => publish [comment_status] => closed [ping_status] => closed [guid] => http://www.uepb.edu.br/?p=51169 [meta] => Array ( [enclosure] => Array ( [0] => ) [syndication_source] => CCBS – UEPB [syndication_source_uri] => http://www.uepb.edu.br [syndication_source_id] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [rss:comments] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/#respond [wfw:commentRSS] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/feed/ [syndication_feed] => http://www.uepb.edu.br/category/centros/ccbs/feed/ [syndication_feed_id] => 6 [syndication_permalink] => http://www.uepb.edu.br/pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-2/ [syndication_item_hash] => Array ( [0] => e293881e4ebf56666467cde7d49f0b6c ) [faf_process_image] => 360860 ) [post_type] => post [post_author] => 25 [tax_input] => Array ( [category] => Array ( [0] => 8 [1] => 5 [2] => 27 ) [post_tag] => Array ( ) [post_format] => Array ( ) ) [post_name] => pro-reitoria-estudantil-divulga-edital-para-emprestimo-de-instrumental-odontologico-a-alunos-do-campus-i-3-3 )