CCAA

CCAA

Centro de Ciências Agrárias e Ambientais

Escola Agrícola Assis Chateaubriand inicia plantio de culturas usadas no Câmpus II da UEPB, em Lagoa Seca

6 de junho de 2017
Clique para exibir o slide.

Com a chegada das chuvas, os produtos cultivados pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (CCAA) do Câmpus II da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Lagoa Seca, bem como pela Escola Agrícola Assis Chateaubriand, já foram plantados e começaram a germinar. Desde o início do período invernoso a terra começou a ser preparada para o plantio, conforme planejamento realizado pelo corpo técnico da Escola no começo do ano. Há cerca de 15 dias, a direção da EAAC demarcou a área destinada para as aulas de campo, e lançou as sementes na terra.

Foram plantadas as culturas de milho, feijão, cana-de-açúcar, além de dois hectares de capim piatã para pastagem de bovinos. Segundo o diretor da EAAC, professor José Félix de Brito Neto, a cana-de-açúcar será destinada ao engenho da agroindústria para fabricação de cachaça, o milho para atender ao refeitório e sua palha para fazer silagem para os animais. O feijão também será destinado para a refeição do Restaurante Universitário do Câmpus II.

A próxima etapa dos trabalhos será implantar uma área de melancia e maracujá, fortalecendo assim o setor de fruticultura da EAAC. O tempo de colheira depende de cada cultura. A cana-de-açúcar por exemplo só deverá estar pronta para ser cultivada dentro de um ano. Já o milho e o feijão serão colhidos em 60 dias.

 

 

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação EAAC